Testemunho de conversão de rabino ao Evangelho tem levado judeus a aceitarem Jesus, diz escritor

18

A conversão de um famoso rabino israelense vem sendo usada por um pregador para levar judeus e muçulmanos à conversão ao cristianismo. A história do rabino Yitzhak Kaduri, que faleceu em 2006 aos 108 anos de idade, tem sido a inspiração de Zev Porat para anunciar o Evangelho.

No livro The Rabbi Who Found Messiah (“O rabino que encontrou o Messias”, em tradução livre), o escritor Carl Gallups relata a história do “mais venerado líder espiritual de Israel”, o rabino Yitzhak Kaduri. Quando faleceu, Kaduri deixou uma carta com instruções para abri-la um ano após sua morte. No documento, o rabino afirma que durante sua vida chegou à conclusão de que o nome do Messias era Yehoshua – escrita formal para Yeshua, ou Jesus em grego.

O reconhecimento de Jesus como o Filho de Deus por um rabino é algo raríssimo, e indica a crença de que o nazareno é o Messias esperado pelos judeus. A partir disso, o pregador Zev Porat afirmou ao WND que sentiu-se inspirado pelo Espírito Santo a ministrar o Evangelho aos compatriotas e também aos muçulmanos.

O próprio autor do livro, Carl Gallups, ficou sabendo dos relatos de Porat, e revelou ter recebido um e-mail do pregador, com relatos da conversão de judeus ao Evangelho. “Zev me contou a história de como ele conheceu um homem chamado Shimon nos arredores de Tel Aviv, enquanto ele estava empenhado em dar seu testemunho na rua, compartilhando o Evangelho e meu livro com muitos judeus”, contou o escritor.


O judeu Shimon teria ficado curioso com as informações recebidas de Porat, e teria procurado o pregador para discutir mais sobre o Messias, afirmou Gallups: “Ele foi para a cidade de Shimon, Herzilya. Quando os dois homens se encontraram, Shimon disse a Porat que ele não conseguia parar de pensar sobre o assunto e disse que não tinha conseguido dormir. Ele relatou que a parte onde é explicado o Salmo 22 e sua relação com a crucificação de Jesus o tinha oprimido, e ele leu o Salmo em sua própria cópia do Tanach. Ele não podia acreditar no que via. Porat passou várias horas com Shimon mostrando-lhe outras passagens similares do Tanach e relacionando-as com a vida, ministério, crucificação e ressurreição de Jesus. Shimon entendeu completamente, e o pregador disse que era incrível ver a presença do Espírito Santo sobre Shimon, e como seus olhos se abriram quando ele chamou Yeshua (Jesus) como Salvador e Senhor”.

O trabalho de Porat explicando as profecias sobre Jesus aos judeus e muçulmanos em Jerusalém tem sido repercutido por todo o mundo, e foi classificado pelo escritor Carl Gallups como “simplesmente avassalador”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

18 COMENTÁRIOS

  1. Iremos sim ao ceu, porque paulo dosse aos corintios que Jesus aparecera nas nuvens e aqueles que dormem em Cristo serao ressuscitados e os vivos serao tranformados a encontrar se com o Senhor nos ares 1cor 15:51-52. Isso acontece antes da grande tribulaçao, e sim desceremos com ele depois da grande tribulaçao quando sim restabelecer o reino na terra. Olha sergio Marcos, o fato de nos chamarmos o reino para terra nao significa que nao havera arrebatameno da Igreja para o ceu.

    • Ha sim, o que paulo diz é seremos arrebatados para encontrar o Sr. Nos ares, nos ares entendeu e de pois ele não diz que iremos para o ceu, então muito cuidado com a frase iremos para o ceú
      pois esta frase nunca foi dita por nenhum apostolo,profeta ou dicipulo nem por jesus, jesus fala das morada celestias em João 14:1-3 porem em apocalipse estas moradas descem para a terra é a Cidade santa que vem e aqui permanece para sempre, e mesmo se fossemos para o ceu seria só por mil anos e depois voltariamos para a terra..porem isso e muito improvavel pois como disse isso não esta escrito.

  2. Por enquanto o coração dos Judeus ainda está endurecido, mas chegará o tempo em que clamarão por Yahweh e então verão ao Cristo, Jesus a quem feriram.

  3. Ele diz que o Mashiayh (“Ungido”) é Yeshua (“Yehoshua”), um homem judeu escuro moreno que usava um talit e cumpria a Torá, e não o jesus retratado por Roma e pelo vaticano ou pela cristandade, um homem ariano (branco), de olhos azuis, loiro, branco e carismático rosado que é adora, e tem a graça e a anulação dos mandamentos. Em relação ao nome, muitos estão buscando pronuncia seu verdadeiro nome, e não o nome mudano e casual (“Jesus”).

    • Muita calma por que se você julga vc é juiz , não diga nada sobre o nome JESUS para que não faça alguém cair da fé por que se vc fazer tropeçar um destes pequeninos é melhor amarrar um pedra pesada e jogar no mar. Até o que eu como posso escandalizar um mais fraco na fé como disse Paulo e isto é pecado tudo é puro para os que são puro,fui batizado no Espírito por este nome ,por ele recibi a testificação em min ABA PAI, os demônios fogem a este nome, as enfermidades também .

  4. Só acho que todo judeu ortodoxo, aquele praticante, que dessem uma conferida na sua “tenach”, em Isaías 53; depois peguem uma bíblia cristã e leiam o mesmo livro e capítulo. Terão uma surpresinha. Outra dica também: Salmo 22, leiam nas duas bíblias. É o que tenho pra hoje.

  5. O QUE muitos esquecem e que , DEUS nao e louco ELE e a propria sabedoria e se nos deixou este nome por salvador e os seus maravilhosos efeitos entao nao nos resta crer em mais ninguem somente neste maravilhoso nome (JESUS ) e a proposito somos gentios esta seria a pronuncia mundial do maravilhoso ( JESUS ) FOI este nome que me libertou a 20 anos atras e os efeitos das afliçoes estao em mim ate hoje pois agora eu sei oque ELE quis dizer quando dice que no mundo teria-mos afliçoes ….eu vou crer ate a minha morte ,,,,,nao me importa se a escrita e grega ou troiana eu creio no poderoso nome de JESUS o (CRISTO )

DEIXE UMA RESPOSTA