Escritor homossexual se opõe à adoção de crianças por casais gays: “Precisam de modelos”

54

A polêmica em torno das adoções homoparentais voltou à tona por conta de declarações do escritor e cineasta francês Jean Pier Delaume-Myard, que se posicionou de forma contundente contra à formação de famílias em que casais homossexuais adotam crianças.

Jean Pier é porta-voz da La Manif Pour Tous, uma entidade francesa conservadora, que defende o casamento como instituição exclusivamente heterossexual. Homossexual assumido, o escritor e cineasta considera errada a união entre pessoas do mesmo sexo e a adoção de crianças por casais gays.

“As crianças devem ter uma mãe mulher e um pai homem. Qualquer outra opção é uma discriminação. E digo isso como homossexual”, afirmou Jean Pier, em entrevista ao jornal italiano Avenire.

Em sua argumentação, o escritor afirma que o ativismo gay na Europa, assim como no Brasil, tem mais interesse político do que social: “Gostaria de dizer antes de tudo que os lobbies gay não representam todos os homossexuais. No debate sobre a inserção da homogenitoralidade no sistema jurídico italiano, os homossexuais foram passados para trás. Não foram considerados na sua diversidade intelectual, espiritual e política, mas reduzidos a uma prática sexual que implica necessariamente certas exigências, como a união civil e a necessidade de ter filhos”, pontuou.


Católico, Jean Pier apontou o fato de que os ativistas gays, irritados com sua postura, o rotularam como preconceituoso, não aceitando sua opinião diferente: “Homossexual e homofóbico. É o cúmulo. E ainda assim é disso que me acusa a comunidade gay. São os mesmos que dizem que ‘La Manif Pour Tous’ na França é um movimento homofóbico. Mas gostaria de dizer que nem na Itália nem na França sofri a mínima hostilidade por causa de minha orientação sexual”.

Na visão do escritor, quando o pensamento e as ações sociais são formados a partir de uma opção sexual, há uma diminuição do papel intelectual de cada cidadão: “Eu aceitei ser porta-voz de ‘La Manif Pour Tous’ não como homossexual, porque isso é secundário, mas como cidadão. Isso porque não é a nossa sexualidade que orienta o nosso pensamento. Aqueles que pensam assim – é preciso dizer com clareza – são autênticos homofóbicos. É por isso que, ao meu ver, não é ilógico ser homossexual e defender a família”, argumentou.

“Toda criança precisa prioritariamente de um pai e de uma mãe para crescer. Há uma autêntica diferença entre ter dois ‘pais’ ou duas ‘mães’ e ter pais heterossexuais. A verdadeira paridade encontra a sua única fonte no casal que gera. Somente ali ela é incontestável. Pretender eliminá-la é negar a realidade. Todos devemos a vida à paridade homem-mulher”, destacou. “É verdade que um casal homossexual pode trazer a uma criança tanta felicidade quanto um casal heterossexual. Mas não é só isso que conta. Uma criança deve ser capaz de se identificar com os componentes masculinos e femininos de seus pais. Do ponto de vista psicológico, uma menina pode entender que dois homens, que não querem ter uma mulher, possam ao mesmo tempo querer uma menina como filha? O mesmo para um menino diante de duas mulheres que pretendem se passar por suas mães”, concluiu.

54 COMENTÁRIOS

  1. Os canais de notícias gospel são campeões em divulgar mentiras por aí. Nenhum homossexual diria uma coisa dessas, a não ser que fosse louco. Não há qualquer diferença entre homossexuais e heterossexuais, a única diferença é que os primeiros são discriminados por conta de uma interpretação linear e selecionada a dedo da Bíblia, com a única finalidade de justificar explosões irracionais de ódio e julgamentos. Outra mentira nas entrelinhas é usar a palavra “opção”. Homossexualidade é genética, quer vocês gostem disso ou não, não é opção e nunca foi, as pessoas nascem homossexuais e precisam depois ficar aguentando a vida toda a intolerância destes vândalos que acham que estão agradando Deus.

      • Existe sim. Homossexualidade é epigenética, é só vc ler as melhores revistas CIENTÍFICAS ( e não religiosas do mundo) como a scientific American.

        Há mais provas de que a homossexualidade seja genética do que as de que sua Bíblia diga a verdade. Nunca vi cobra falar, homem nascer do barro, mulher nascer da coluna de homem, cabelo dar superforça, fóssil de gigante golias etc.

          • E a teoria bíblica foi encomendada por quem? Impossível saber, já que a Bíblia é do tempo em que a Terra era plana e era o centro do Universo. Depois veio a ciência e provou que era redonda e girava em torno do Sol. Já pensou o que seria do mundo se não fosse a Ciência?

        • Cara quando vi que vc informou que a revista Scientific American havia confirmado que a homossexualidade era genética confesso que corri procurar pois leio bastante revista e jornais e não ouvi nada a respeito, mas amo a informação e fui ver mas que decepção, encontrei na matéria muito a palavra “pode ser”, “teoria”, bom então ainda não é uma comprovação exata, é como a evolução, uma teoria o que me dá o direito de não acreditar, não deu…

          • Por que tanta preocupação com a temática gay? Você poderia me explicar? Pergunto isso porque, pelo que sei, a homossexualidade não é o único pecado condenado pela Bíblia. Isso virou obsessão.

        • se assim fosse gemeos univitelinos teriam de ser gays ou heteros, mai uma abóbrinha, ninguem nasce gay, não existe gene gay, assim como não é doença, é só depravação

    • Não tenho dados científicos, mas garanto que o divórcio e ver pai espancando a mãe causa muito mais transtornos psicológicos à criança do que ser criada num lar onde impere o amor e a harmonia, seja que tipo de amor for.

          • Não mudei o foco não, vc estava dizendo que violência, agressão e separações de casais héteros trariam transtornos psicológicos numa criança, e eu só te lembrei que entre gays tbm existe brigas, separações, agressões, e para uma criança ver dois “moiçolas” se estapiando por causa de outro macho deve dar um bom nó na cabeça do coitadinho.

          • Que eu saiba, os homossexuais não prestam juramento perante o “altar de Deus”, portanto, não tem nenhuma obrigação de serem fieis. Já os cristãos prestam este julgamento e o quebram na maior cara de pau, como se um juramento não valesse nada.

      • Só que a criação não precisa de comprovação científica por ser uma questão de fé, já o fato do homossexualismo ser genético não é uma questão de fé, aliás genética é pura ciência, e para a ciência o homossexualismo não é genético, se vc acredita que assim´é uma coisa, mas genético não é, supera…

      • Acontece que a doutrina da criação não precisa de comprovação científica por se tratar de uma questão de fé, já o fato do homossexualismo ser genético sim pois genética é pura ciência, e para a ciência não é genético, vc pode até acreditar que se seja, mas oficialmente não, supera…

      • Acontece que a doutrina da criação não precisa de comprovação científica pois se trata de uma questão de fé, já o fato do homossexualismo ser genético precisa, pois genética é pura ciência e para ciência não é genético,vc pode até acreditar que seja, mas oficialmente não é, supera…

        • É mesmo? Que coisa, hein! Só queria saber de onde vem essa preocupação exacerbada de vocês em se incomodarem tanto com o que os gays fazem ou deixam de fazer. Deveriam, antes, se preocupar com o que seus líderes religiosos fazem. Cunha, por exemplo.

        • Clamando, um dia desses eu vi uma cena que me deixou triste e incomodado: uma mulher de rua totalmente que transtornada pelas drogas grávida. A barriga estava tão grande que deveria estar nos últimos dias de gravidez. Com certeza aquela criança já nascerá com problemas e necessitará da sua ajuda para adoção. Vai encarar esta responsabilidade? Os gays são corajosos e encaram.

  2. Polícia Civil denuncia pastor por abuso sexual dentro de igreja de Joinville
    04/05/16
    Homem admitiu que levou fiel para sala separada, mas disse à polícia que estava ‘possuído’

    A Polícia Civil de Joinville concluiu esta semana um inquérito que investigava o abuso sexual cometido no fim do ano passado dentro de uma igreja na zona Norte de Joinville. O acusado é o próprio pastor da congregação.

    No depoimento feito à polícia, a vítima, uma mulher de 30 anos, disse que foi abordada pelo pastor logo na primeira vez que foi ao culto. Ele pediu a ela que voltasse no dia seguinte, à noite, para “orar” com ele.

    Ela voltou por volta das 19 horas com a irmã e o cunhado, mas os dois ficaram no templo ouvindo as músicas enquanto ela foi levada para uma salinha separada.
    Durante a oração, o pastor deitou a mulher no chão e começou a passar a mão sobre o corpo dela, principalmente nas partes íntimas. A mulher disse à polícia que ficou paralisada e que a sessão durou entre 30 e 40 minutos.

    Ela procurou a delegada Tânia Harada, titular da Delegacia de Proteção à Mulher, à Criança e ao Idoso de Joinville e fez um boletim de ocorrência por estupro. Também gravou uma conversa em que dizia ao pastor que estava muito constrangida com tudo o que aconteceu e não entendia o porquê de ele ter tocado no corpo dela daquele jeito.

    As gravações fazem parte do inquérito e nelas o homem assume o abuso, mas diz que era preciso tocar no corpo para tirar uma “pomba gira” que havia se apossado dela. Ao ser interrogado pela delegada, o pastor primeiro disse que não lembrava de nada e que não havia abusado de nenhuma fiel. Mas, ao ser confrontado com a gravação, ele admitiu que houve o abuso, mas justificou dizendo que estava possuído.

    A delegada vai indiciar o pastor por posse sexual mediante fraude e não estupro. Um dos requisitos para que o crime fosse tipificado como estupro era haver violência ou grave ameça, o que não foi o caso. O crime de posse sexual mediante fraude também é conhecido no meio jurídico como “estelionato sexual” e está descrito no Código Penal no artigo 215. Porém, a delegada tem indícios de que outras pessoas foram vítimas e podem procurar à Polícia nos próximos dias.

    “Quando há um erro, a gente tem de pagar pelo erro”, diz pastor

    No começo da tarde desta quarta-feira, o pastor disse à reportagem de A Notícia que errou e que pediu perdão à mulher.

    — A igreja não tem nada a ver com isso. O que houve, na verdade, é que eu não estou negando nada. Eu errei. Eu pedi perdão pra ela, tudo. Na verdade, eu não tenho nem como mentir. Eu sou um religioso e não posso mentir. Houve aquele abuso porque ela se bateu, eu fui segurar ela. Mas, eu vou fazer o quê? Quando há um erro, a gente tem de pagar pelo erro.

    O pastor disse que não tem advogado, nem vai contar com a igreja para pagar sua defesa. Ele disse que agiu em seu nome e fez questão de dizer que o fato não tem relação nenhuma com a congregação.

    — Vou ficar numa situação pior. Não tenho nem um carro para vender e pagar um advogado. Já pedi perdão a ela. Mas ela não entendeu. Agora, não sei o que vou fazer.
    A NOTÍCIA

    • Engraçado não vc posta casos de pastores safados mas esquece de postar o de padres pedófilos, vc vai encontrar centenas de notícias a respeito, ou prefere fazer igual ao BentoXVI que acobertava os “papa anjo” do altar e foi convencido a renunciar para colocarem o “papa Chico” para se fazer de bonzinhho pra despistar?

  3. ” Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar” Isaías 40:22, Muito antes da ciência a bíblia já ensinava que a terra era redonda,kkkkkkk

    • Vc acredita que tem um velho europeu barbudo que solta raios e que mora nas nuvens com o único propósito de fiscalizar a vida sexual das pessoas? Que embaixo da terra tem um homem vermelho de chifres e tridente na mão? Achava que Zeus, Pã e Tritão pertenciam à mitologia grega, mas ah… Eu esqueci que o cristianismo é mera cópia das religiões do império romano antigo….

    • Na Idade Média, quem ousasse discordar da teoria de que a Terra era plana, ia pra fogueira. Depois que os cientistas sobreviventes conseguiram provar que é redonda, aí vocês vem com essa passagem de Isaías 40:22. Por que, então, os cristãos fizeram churrasco de Giordano Bruno e condenaram Galileu a cárcere domiciliar até sua morte.
      O que você me diz da passagem em que Jesus foi levado por Satanás a um monte tão alto, de onde dava para ver todos os reinos da Terra? Ora, não precisa ser especialista em Geografia pra deduzir que, pra conseguirem essa façanha, a Terra teria que ser plana. A Bíblia e suas contradições, assim como os crentes que tentam fazer de mitologias verdades incontestáveis.

      • Claúdio “cristãos” é um termo muito genérico, precisamos “dar nomes aos bois”, quem o condenou a morte foi a igreja católica, quanto a passagem da tentação de Jesus, satanás é um ser espiritual e o que foi mostrado pra Jesus foi uma visão, e como eu sei?,raciocine, mesmo se a terra fosse mesmo plana seria impossível Jesus ver a terra toda fisicamente, ok?, a terra é redonda e a bíblia já afirmava isto antes da ciência.

  4. Ismael, quer dizer que Cunha não é líder evangélico no Congresso? Quem o colocou lá, os católicos? Estive lendo sobre sua vida – coisa que vocês não fazem – e descobri que ele se envolve em corrupção desde o governo Collor. Depois foi aliado de Garotinho e também foi afastado por corrupção. Até pouco tempo era afilhado de Malafaia e protegido de Feliciano e Bolsonaro, que integram o PSC, o principal partido da bancada evangélica. A quem você tenta enganar?

    • Eduardo Cunha frequenta uma igreja, mas não é lider na igreja, pode até ter sido na cãmara federal, mas não na igreja e muito menos na minha, então ele NÂO é meu líder, aliás o que faz pensar que o defendo, ele está sendo investigado e se culpado que mofe na cadeia.

  5. Ismael, homossexualidade é genética, sim. É só vc pesquisar nas revistas científicas isentas (obviamente não em cartilhas de igreja, porque daí vc tem a opinião dos evangélicos, e não de especialistas e de cientistas).

  6. Eles querem matar a gente, nos mandar para um campo de concentração, nos prender, como faziam nos anos 80. No final o que os evangélicos querem é nos ASSASSINAR.

  7. Eu lhe faço a mesma pergunta porque tanta preocupação com nós evangélicos, olha, eu não entro em site gay, não me interessa nem um pouco, e sie que o que eu vou ver ali são coisas que não concordo ou aprovo então o que vou fazer lá?, agora vcs são incriveis, batem cartão todos os dias em sites gospels, sabem que ver opiniões que não concordam mais não conseguem dormir sem xeretar, isto sim é obsessão.

  8. Eu lhe faço a mesma pergunta porque tanta preocupação com nós evangélicos, olha, eu não entro em site gay, não me interessa nem um pouco, e sie que o que eu vou ver ali são coisas que não concordo ou aprovo então o que vou fazer lá?, agora vcs são incriveis, batem cartão todos os dias em sites gospel, sabem que ver opiniões que não concordam mais não conseguem dormir sem xeretar, isto sim é obsessão.

DEIXE UMA RESPOSTA