Estado Islâmico estaria planejando ataque a Londres e ameaçado assassinar rainha Elizabeth II

2

Adeptos do Estado Islâmico no Reino Unido estariam planejando um atentado terrorista para o próximo dia 16 de agosto, e o assassinato da rainha Elizabeth II.

A data marca as celebrações pelo fim da Segunda Guerra Mundial e as autoridades britânicas se reunirão no evento. De acordo com informações conseguidas pelos órgãos de inteligência, os terroristas explodiriam uma bomba em Londres, capital da Inglaterra.

De acordo com reportagem do jornal Sunday Mail, uma ameaça direta foi feita à rainha britânica, e que por isso os responsáveis pela segurança da monarca reforçaram as medidas preventivas.

O Estado Islâmico vem trabalhando aos poucos, através de vídeos de propaganda, para atrair a simpatia dos muçulmanos britânicos, já quem os jihadistas do grupo terrorista provavelmente não conseguiriam entrar na Europa sem atrair atenção.


O repórter que produziu a matéria usou um disfarce para se infiltrar entre os adeptos do Estado Islâmico no país, e esteve frente a frente com o terrorista Abdullah Elmir, conhecido como Ginger Jihadi, devido aos seus cabelos vermelhos.

Elmir teria afirmado durante conversas com os parceiros que a campanha do Estado Islâmico no Reino Unido só vai acabar quando a bandeira do grupo terrorista estiver hasteada no Palácio de Buckingham, o principal da monarquia inglesa.

Para conseguir sucesso nas empreitadas, os terroristas do Estado Islâmico no país estariam atuando segundo as regras de um manual, que ensina aos voluntários a agirem como “lobos solitários”, sozinhos, pois dessa forma, os ataques teriam maior chance de serem bem-sucedidos.

Recentemente, um guia de planejamento de ataques terroristas em pontos estratégicos de cidades ocidentais foi encontrado com um extremista, que vinha sendo investigado pelas autoridades britânicas.

O alerta começou quando um jovem australiano de 18 anos fugiu de seu país para se juntar ao Estado Islâmico e enviou um aviso para o jornal Daily Mail sobre os planos do grupo para atacar a capital inglesa.

Outras ameaças semelhantes foram feitas aos Estados Unidos, e os terroristas prometeram decapitar o presidente Barack Obama e transformar o país em um califado.


2 COMENTÁRIOS

  1. Pastor é preso por conduzir veículo embriagado em Maceió, diz polícia
    No veículo, foram encontradas duas armas de fogo.
    Homem foi levado para a Central de Flagrantes I, no Bairro do Farol.
    Um homem foi preso na madrugada desta quarta-feira (12 de agosto 2015) por embriaguez ao volante, em Maceió. Segundo a Polícia Civil, o homem se identificou como pastor evangélico e jornalista. (quanto a identidade de Jornalismo, trata-se de documento falsificado). De acordo com policiais da Central de Flagrantes I, ele foi preso com três homens que já tiveram passagem na polícia por tráfico de drogas.
    A polícia informou que Cícero Robério estava conduzindo um carro Siena, de cor branca, quando trancou a viatura policial da Lei Seca no bairro do Barro Duro. Os militares abordaram o condutor, que estava com aparentes sinais de embriaguez. Ao realizar o teste do bafômetro, foi constatado que ele estava embriagado.
    O pastor estava com três homens, identificados como Alexandre Lima da Silva, Leonis Calisca da Silva e Sandreamo Calisca da Silva, que já tiveram passagem policial por tráfico de drogas. No veículo foram encontradas duas armas de fogo, um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12.
    O pastor foi levado para Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde foi autuado por embriaguez ao volante. Os homens foram autuados por porte ilegal de arma de fogo.
    Fonte: globo.com

DEIXE UMA RESPOSTA