Destaque

Estudo diz que crenças religiosas contribuem para saúde mental e física

Comments (3)
  1. Estudo diz que crenças religiosas contribuem para saúde mental e física

  2. o melhor para de enteda como ter boa mente e saude

  3. Estudo diz que crenças religiosas contribuem para saúde mental e física

  4. A ciência confirmando para os que não creem, algo que os que creem sabe por experiência a anos e anos!!!

    1. André Ibaque disse:

      Isso não faz elas estarem certas…

    2. Como EU NÃO CONFIO nem nesse site e nem na fonte cristã que colaram aqui, busquei a MATÉRIA ORIGINAL.
      E as FALHAS GROSSEIRAS da pesquisa APARECERAM. Não é de me admirar que esse site tenha tomado a pesquisa como FANTÁSTICA e VERDADEIRA. ¬¬
      http://www.medicaldaily.com/articles/11642/20120821/god-religion-health-muslim-christian-jewish-buddhist.htm

      Traduzindo com o google chrome é possível ver um parágrafo que COMPROVA a FALHA no método.
      "O estudo tem as suas limitações. O principal delas foi o pequeno tamanho de amostra (pessoas). A maioria esmagadora foi cristã. E o fato de que os traços de personalidade e avaliação de saúde física e mental foram auto-referida (DITAS DE BOCA e NÃO COMPROVADAS MEDICAMENTE). O estudo também não compara a saúde mental dos participantes com as pessoas que se identificaram como atéias ou que se consideravam espirituais sem estarem ligadas a algum tipo de religião."

      LOGO,
      1) NÃO SE PODE CONSIDERAR ESSE ESTUDO VÁLIDO JÁ QUE NÃO HOUVERAM MÉTODOS CIENTÍFICOS. Apenas entrevistas.
      Até parece que se perguntassem a um crente se sua religião faz bem pra saúde ele diria o contrário. rs
      2) Também pelo fato de não terem NÃO RELIGIOSOS para fazerem algum tipo de comparação.

      É fato que a religião pode ter um efeito "placebo" em algumas curas. Aquela sensação de que algo externo está atuando mas no fundo quem está atuando é vc mesmo e o poder da sua mente. Sua mente e tão somente ela sempre te enganando e criando delírios dos mais satisfatórios para suas necessidades.

      Porém, os efeitos da religião já foram comparados a drogas alucinógenas e podem ser devastadores na questão psicológica. Castração, anulação e deteriorização da auto-estima, problemas no desenvolvimento social e em grupo, etc.

    3. Se falar alguma coisa contrária ao que você quer ouvir… Com certeza deve ser mentira… eheheheheheh

    4. Não, Vanderlei. Acontece eu t conheço e percebo q tem SÉRIOS problemas com interpretação de texto. Nem fazendo um estudo científico maravilhoso vc é capaz de dar atenção e utilizar seu raciocínio lógico.
      A questão aqui não é eu estar certo ou errado. É a COMPROVAÇÃO da FONTE da matéria e da pesquisa. E isso, diante do que eu trouxe, pra quem entende o mínimo de método científico, não há como negar.
      Mas como eu sei q vc nao entendeu NADA do q discutimos por 1 mes e meio, nem tenho esperanças que entenda agora.

    5. Se eu pensar diferente de você deve ser porque sou mais burro, não sei interpretar e por ai vai… Se a pesquisa diz que religiosos tem razão, então devem ter sido forjados os resultados, enganação, amostragem pequena, tendenciosa… blá-blá-blá…
      Se houver um pouco de honestidade intelectual, há de verificar que, mesmo a amostra não tendo sido a ideal, aumentaria o margem de erro, mas o resultado seria nesta direção…

    6. Vanderlei. Se vc pensar diferente, como qualquer ser humano SENSATO, DEVE ME PROVAR PORQUE está pensando diferente. E seus argumentos serão avaliados.
      As coisas não se dão APENAS no campo do "eu acho". E essa pesquisa foi feita assim! Nas coxas!
      "mesmo a amostra não tendo sido a ideal, aumentaria o margem de erro, mas o resultado seria nesta direção…"
      Vc tem algum dom de premonição? Pq isso significa que vc GARANTE que o estado de saúde das pessoas era perfeito e que não estavam mentindo pra defender suas religiões, né?

      Pq quando EU era crente, se alguém me perguntasse se minha religião fazia BEM eu diria SEM PESTANEJAR que fazia. Mesmo ignorando qualquer questão crônica de saúde decorrente INCLUSIVE da pressão religiosa que eu sofria e que muitos sofrem.

      Portanto, vc está AFIRMANDO sem NENHuM CONHECIMENTO que o resultado APONTARIA pra essa direção apenas pq é interessante PRA VOCÊ.
      Desculpa. mas isso está LONGE de ser "honestidade intelectual".

      Vcs NUNCA conseguem assumir q estão errados. Assim realmente fica difícil travar qualquer diálogo racional.

    7. Grande verdade: "Vcs NUNCA conseguem assumir q estão errados. Assim realmente fica difícil travar qualquer diálogo racional."

    8. Vou ilustrar com algo bem simples pra você entender… Uma pesquisa de intensão de votos apresenta quem tá vencendo e dependendo da amostragem a margem de erro é meior ou menor.
      Deu pra entende?
      No caso de uma pesquisa simples, como esta, não havia tantas variáveis… Entendeu?

    9. Boa a pesquisa apresentada na revista Galileu de setembro nas páginas 72 a 77. Mostra que quem segue os princípios cristãos será mais correto do que quem não crê nestes princípios… Isso é óbvio, mas ateus gostam de achar que não é bem assim….

    10. Que bom que assumiu o papel de vcs! Adorei. Até curti.

      Vc ESTÁ MESMO querendo me ensinar o BÁSICO?? ah não. rs

      Não existe "pesquisa SIMPLES", Vanderlei. Existe PESQUISA. Série, comprovada e retestada. E, existe esse "caderno de perguntas de colégio" que foi chamado de pesquisa.
      Vc é mto inocente de achar que um estudo com um teor tão polêmico como esse seria feito tão rápido, com TÃO pouca gente e ainda sem nenhuma bateria de exames em cada um deles comprovando suas respostas.

      PESQUISADOR VÊ MÁ FÉ EM ESTUDOS QUE LIGAM RELIGIÃO E SAÚDE
      http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/pesquisador-ve-ma-fe-em-estudos-que-ligam-religiao-e-saude

      Já li e OUVI coisas estranhas sobre o assunto. Acho q vc ainda se lembra da minha profissão, né?

    11. Voc~e não viu os comentários? "Sou aluna do doutorado na USP e pesquiso sobre Religiosidade e Qualidade de Vida Relacionada à Saúde. Em 80% dos estudos existe relação positiva entre religião e saúde. Sugiro a leitura dos livros: The Handbook of Religion and Health (Harold Koenig), The Rebirth of the Clinic (Daniel Sulmasy), Espiritualidade no Trabalho em (..)"

    12. Eu já não te mostrei os vídeos de algumas comunidades adventistas? E o melhor, não se trata de pesquisas, se trata de FATOS, REALIDADE… Mas, se esconda atrás de pesquisas que existem para todos os gostos.

    13. Para qualquer pesquisa a garantia é ela ter sido feita por outos pesquisadores, eliminados a maior quantidade possível de variáveis, amostras representativas do todo e compatíveis com o universal a ser avaliado… Resumo, qualquer pesquisa pode ser tendenciosa, mas isso se aplica a TODOS e não somente aos evangélicos.
      Quando aparece pesquisas aqui neste site que de alguma forma são favoráveis a tua opinião, você esquece de avaliar todas as questãos e já dá a tua opinião a favor, determinando a correção dos resultados, enquanto que se for uma pesquisa contrária a tua opinião… eheheheeheh
      Você faz isso direto e agora faz pose de analista de pesquisas, ou de desmascarador de fraldes… eheehehhe piada… você é a fralde…. eheheheheheh
      Quer ser imparcial? Seja… Mas, seja imparcial mesmo, duvide da tua dúvida… ehehehehe
      Qualquer pesquisa pode ser questionada. Isso é básico e isso é ciência também… Mas, é tendendioso só questionar o que você não concorda.
      O pouco que já conversamos e que num outro tópico tu colocou como se já me conhecesse muito… eheehheheh – Aqui você não aceita eu usar a mesma tática??? ehehehehehehh
      O que já conheci de você é essa sua parcialidade… E olha que não precisa conversar muito para se chegar a esta conclusão… Outra coisa é o teu pedastismo para dar ares de autoridade… ehehehehehe
      Mas, tudo bem, esse é o teu jeito de ser. Aceito… Respeito…

    14. Revista Brasileira de Psiquiatria
      Print version ISSN 1516-4446
      Abstract
      MOREIRA-ALMEIDA, Alexander; LOTUFO NETO, Francisco and KOENIG, Harold G. Religiosidade e saúde mental: uma revisão. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2006, vol.28, n.3, pp. 242-250. Epub Aug 10, 2006. ISSN 1516-4446. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000006.

      OBJETIVO: A relação entre religiosidade e saúde mental tem sido uma perene fonte de controvérsias. O presente artigo revisa a evidência científica disponível sobre a relação entre religião e saúde mental. MÉTODO: Os autores apresentam os principais estudos e as conclusões de uma revisão sistemática abrangente dos estudos sobre a relação religião-saúde mental. Utilizando-se de várias bases de dados, a revisão identificou 850 artigos publicados ao longo do século XX. O presente artigo também inclui uma breve contextualização histórica e metodológica, além de uma atualização com artigos publicados após 2000 e a descrição de pesquisas conduzidas no Brasil. DISCUSSÃO: A ampla maioria dos estudos de boa qualidade encontrou que maiores níveis de envolvimento religioso estão associados positivamente a indicadores de bem estar psicológico (satisfação com a vida, felicidade, afeto positivo e moral mais elevado) e a menos depressão, pensamentos e comportamentos suicidas, uso/abuso de álcool/drogas. Habitualmente, o impacto positivo do envolvimento religioso na saúde mental é mais intenso entre pessoas sob estresse (idosos, e aqueles com deficiências e doenças clínicas). Mecanismos teóricos da conexão religiosidade-saúde mental e as implicações clínicas destes achados são discutidos.

      CONCLUSÕES: Há evidência suficiente disponível para se afirmar que o envolvimento religioso habitualmente está associado a melhor saúde mental. Atualmente, duas áreas necessitam de maior investimento: compreensão dos fatores mediadores desta associação e a aplicação deste conhecimento na pratica clínica.

      Keywords : Saúde Mental; Religião; Religião e Medicina; Religião e Psicologia; Espiritualidade.

    15. E ai????
      Que tal????
      Foram analisados 850 artigos publicados ao longo do século XX e qual foi a conclusão???
      Existe evidências SUFICIENTES para afirmar que a religiosidade está associada auma melhor saúde mental.

    16. Fiz a busca sobre Harold Koenig
      http://www.amebrasil.org.br/html/koenig.htm
      Sua abordagem psiquiátrica sobre o assunto é a mesma que conheço e citei acima, ou no outro tópico q estamos debatendo. A espiritualidade atua no linha "efeito placebo", dando mais força física e psíquica a quem passa por alguma doença ou aflição. Isso claro, RELEMBRANDO O QUE EU JÁ DISSE,
      ISSO SÓ FUNCIONA PRA QUEM PRECISA E ACREDITA NISSO.

      A pesquisa dele é válida e plausível. ELe é um renomado pesquisador, que tem uma larga bibliografia publicada e COMPROVADA pela comunidade científica.
      Seu estudo não prioriza nenhuma religião especificamente. Mas o uso da fé e da espiritualidade como formas complementares de terapia e auto-cura.

      Mto boa a pesquisa de vc fez. FINALMENTE me trouxe argumentos a serem discutidos.

      Daniel P. Sulmasy é PHD tb em biomédica, chegando inclusive a uma comissão interna de bioética da Casa Branca junto ao presidente Obama.
      É um cara super conceituado e também tem publicações a respeito. Seu ponto de vista é basicamente o mesmo do autor de cima. Utilizar a FÉ e NÃO a religião, como ferramenta útil para o tratamento de pacientes, considerando o lado energético espiritual de todos nós.

      – SOBRE CIENTISTAS MENTIREM:
      É ÓBVIO que isso acontece. Onde tem seres humanos temos sempre os mau caráter, etc.
      POR ISSO a comunidade científica EXIGE que para que uma tese seja comprovada ela passe por uma JUNTA a ser testada e retestada até que seja publicada como CORRETA e DIGNA de aceitação mundial.
      Agora, IMAGINE se fizessem uma pesquisa (que já tem) pra saber QUEM escreveu a bíblia e QUEM auditou suas traduções.
      E ainda, se pastores dizem 100% verdades em suas igrejas ou se manipulam as pregações para obterem lucros pessoais.
      Com isso chegamos a seguinte conclusão. ONDE TEM SER HuMANO TEM MENTIRA E DISTORÇÕES.
      AINDA BEM que quem não tem rabo preso com questões filosóficas, que é a MAIORIA por esse link q vc mandou, NÃO MENTE. Até pq o princípio em si da ética profissional de pesquisador é BUSCAR A VERDADE. E não camuflá-la. Quem infelizmente sempre teve esse papel foi a igreja. E isso é inegável.
      Não é atoa que o vaticano mandou prender, matar e queimar milhares de historiadores, botânicos e cientistas por contradizerem a bíblia a séculos atrás, e tem vários documentos secretos guardados a 7 chaves até hoje em Roma.

      – SOBRE A MATÉRIA "Cientista estuda cientistas" da SUPER INTERESSANTE.
      Como sempre, pesquisei a fonte. Já li algumas coisas de Kevin Dunbar.
      E sua bibliografia é interessante. Seu estudo é focado na FORMA DO SER HUMANO RACIOCINAR. E isso naturalmente se confrontou em como isso se dá na vida acadêmica e científica.
      Na matéria é perceptível o trecho em que ele diferencia os "bons" dos "ruins". E deixa claro a questão de algumas pesquisas terem incentivos fiscais. Ou seja, muitas pesquisas são PATROCINADAS com um objetivo PONTUAL de alguma GRANDE EMPRESA ou EMPRESÁRIO.
      É ÓBVIO QUE VC VIVE NO MESMO PLANETA QUE EU NÉ? Onde TUDO gira em torno de dinheiro.

      Nenhuma empresa visa 100% caridade. Até plano de saúde é negócio com vida alheia e dane-se quem não pode pagar.
      Nem mesmo sua igreja e muitas outras são 100% "ong's de caridade". Tem sempre uma questão de lucro envolvida. Mesmo que essa não seja o discurso oficial.
      O MUNDO gira em torno disso.
      E no meio destes, SEMPRE TEMOS PESSOAS ÉTICAS e PROFISSIONAIS que NÃO QUEREM FAZER PARTE DESSE SISTEMA. Ou que conseguem ter financiadores interessados no bem da humanidade. Parece impossível? Claro que não. Temos algumas dúzias de ateus ricos que vivem pra isso. Caridade e amor ao próximo. Oprah Winfrey e Angelia Jolie por exemplo.

      Portanto, mesmo precisando pagar suas contas, existem OBVIAMENTE cientistas interessados 1º na descoberta e no bem ao próximo. os outros CLARO. Servem as empresas e pensam no próprio bolso.
      Mas como eu já disse e a própria matéria confirma, Isso tem em TODOS OS LUGARES.

      A matéria é muito boa. Deixa bem claro tb a necessidade de toda tese ser avaliada em grupo. Confirmando o que eu SEMPRE LHE FALEI.

    17. E as provas A NOSSA VOLTA são suficientes pra ver até onde a ciência chegou. Temos provas diárias de até onde a tecnologia e a engenharia nos trouxe e nos favoreceu. Mentiroso ou não, acidentalmente ou não, tendenciosos ou não, esses homens e mulheres salvaram MILHARES De vidas graças a medicina avançada e muitas outras técnicas que ajudaram a erradicar e prevenir doenças de toda espécie que assolavam esse planeta nos tempos em que só havia a cultura religiosa e mais nada.

      -Sobre a matéria sobre "como detectar uma pesquisa tendenciosa".. NOSSA.
      Seria ridículo se eu dissesse que é TUDO O QUE EU TE DISSE ATÉ HOJE.
      Funciona da MESMA FORMA para um pequeno grupo cristão que defende uma tese mal apresentada dizendo ser legítima como a DESTA MATÉRIA no site.
      SEM TIRAR NEM POR. Tem sempre questões econômicas envolvidas.

      Kenneth Rochel de Camargo Jr disse TUDO. Inclusive comparando a indústria do tabaco.
      A diferença é que a "indústria" que relaciona esse tópico que estamos é OUTRA. É a "industria da fé".

      ..
      CLARO q qq pesquisa é tendenciosa. Por isso o 1º passo a ser avaliado é a biografia do autor.
      2º é ver que tipo de bibliografia ele tem e SE É APROVADA pela comunidade científica.
      ISSO já são indícios de que não é uma pesquisa comprada por alguma organização farmacêutica, religiosa ou financeira. AINDA ASSIM por ser.
      A pesquisa Ibope, por exemplo, é visivelmente manipulada pelo governo em questão. A gente FINGE q acredita e eles vão deixando seus furos.

      Alguma pesquisa favorável a minha opinião AQUI, acho mto raro. Mas uns 20% das vezes eu já vi esse site acertar. E é ÓBVIO que se acerta não faz mais do que obrigação. AFINAL, se diz um site "jornalístico". E um dos DEVERES do jornalismo é informar e instruir a população. Fora q eu não GANHO do gospel + pra ficar ELOGIANDO quando acertam.
      Eu não estou do lado da "Minha opinião". Eu sou um pesquisador como qualquer outro. Eu luto pela VERDADE. Não aceito coisas prontas.
      Talvez POR ISSO sua revolta com minha argumentação. Eu simplesmente levanto questionamentos e acho o fundamento para o que for. Não trabalho no campo das ideias nem rendo minha "fé" a contos.

      ahn ahn. Eu sou a fraude. Nossa. perdi o sono essa noite por isso.
      Eu só nao vou perdeu meu tempo te analisando pq vc não está pagando um centavo por isso e seu caso é praticamente impossível.

      "Quer ser imparcial? Seja… Mas, seja imparcial mesmo, duvide da tua dúvida"
      JURA? Vc realmente não sabe ler. Duvidar da dúvida é justamente o que faço com vc e faço aqui! Questiono, refuto e busco provas! O tempo TODO!
      Se eu não fizesse isso AÍ SIM vc poderia me chamar de parcial. Algo que esse site entende muito bem.

    18. "Qualquer pesquisa pode ser questionada."Isso é básico e isso é ciência também"
      JURA? Engraçado. Quando começou falando comigo eu NUNCA ouvir vc falar NADA de ciência. Como EU falo sobre isso constantemente de repente vc parece ter virado o caçador de erros da ciência. rs
      Mas desculpe.. Mas já não é o que eu faço? Então estamos juntos nessa! Olha q coisa boa. Vc está aprendendo a auditar pesquisas de forma empírica! A verificar se são validas ou não!
      Só q pelo visto sua interpretação de texto ainda está prejudicando suas conclusões finais.
      Se vc já é formado eu fico IMAGINANDO QUEM AVALIOU seu TCC como deve ter mandando fazer de novo ou ARRANCADO OS CABELOS ao ver sua defesa.
      Vc lê mas não assimila. Me apresenta provas contra seus próprios argumentos!
      NENHuM dos links que vc me apresentou favorecem a ideia de que a pesquisa DESSA MATÉRIA DAQUI possa estar correta.
      "Mas, é tendendioso só questionar o que você não concorda."
      Não é tendencioso. É óbvio! Eu lido com realidade! Eu não lido com contos ou coisas espirituais.
      Vc percebe que concordar com algo concreto e humano é mais racional?
      Por exemplo: Vc acha mesmo q eu deveria duvidar de pesquisas q compravam a homossexualidade? Por que se EU SOU, JÁ ESTUDEI SOBRE ISSO e conheço MILHARES De outros homossexuais???
      Até pq é uma condição humana palpável.
      Agora, questionar uma pesquisa MAL FEITA, onde foram feitas PERGUNTAS, sem nenhuma comprovação médica, de que "CRENÇAS RELIGIOSAS" fazem bem, em um site GOSPEL, vc há de convir que há alguma coisa errada.
      Vc não só se convenceu que está ATÉ AGORA tentando derrubar meu argumento inicial. Só porque eu desmontei a direção "tendenciosa" do texto. Aliás, seja honesto, como vc adora dizer, e reclame com o AUTOR DESSE TEXTO AQUI DO SITE! ELe si DIRECIONOU o texto da pesquisa pra uma direção confortável!

      "O pouco que já conversamos e que num outro tópico tu colocou como se já me conhecesse muito…Aqui você não aceita eu usar a mesma tática??? ehehehe"
      Vou falar pela milionésima vez q sou psicólogo. E já fui evangélico. LOGO, eu CONHEÇO o seu mundo e sou TREINADO pra entender de pessoas. Além de ter o dom natural. O q significa que TODO O seu modo de pensar, história de vida, jeito de escrever, são facilmente detectáveis. Logo, inevitavelmente eu t conheço MAIS do q vc me conhece.
      Eu quase nada falei sobre minha vida. Logo, vc acaba conhecendo MENOS! Isso é NATURAL. Não é "joguinho de poder". É automático.

      Vanderlei, eu poderia te dar agora pelo menos umas 10 características depreciáveis detectadas em vc em resposta a sua IMAGEM distorcida de mim.
      Mas como eu já disse, não estou ganhando pra isso e nem muito menos vou perder MAIS TEMPo do q já perdi discutindo esse "BE A BA" com vc.
      A única coisa q deixei bem claro, sua deficiência em interpretação de texto, eu mantenho pq é básica e não é tão ofensiva.

      O resto, vc pode continuar achando o que quiser pq quem paga as minhas contas AINDA sou eu. E quem precisa gostar são minha família e meu marido. O resto é média e isso eu não faço com ninguém. ;)

    19. E ai????????

      Revista Brasileira de Psiquiatria
      Print version ISSN 1516-4446
      Abstract
      MOREIRA-ALMEIDA, Alexander; LOTUFO NETO, Francisco and KOENIG, Harold G. Religiosidade e saúde mental: uma revisão. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2006, vol.28, n.3, pp. 242-250. Epub Aug 10, 2006. ISSN 1516-4446. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000006.

      OBJETIVO: A relação entre religiosidade e saúde mental tem sido uma perene fonte de controvérsias. O presente artigo revisa a evidência científica disponível sobre a relação entre religião e saúde mental. MÉTODO: Os autores apresentam os principais estudos e as conclusões de uma revisão sistemática abrangente dos estudos sobre a relação religião-saúde mental. Utilizando-se de várias bases de dados, a revisão identificou 850 artigos publicados ao longo do século XX. O presente artigo também in…clui uma breve contextualização histórica e metodológica, além de uma atualização com artigos publicados após 2000 e a descrição de pesquisas conduzidas no Brasil. DISCUSSÃO: A ampla maioria dos estudos de boa qualidade encontrou que maiores níveis de envolvimento religioso estão associados positivamente a indicadores de bem estar psicológico (satisfação com a vida, felicidade, afeto positivo e moral mais elevado) e a menos depressão, pensamentos e comportamentos suicidas, uso/abuso de álcool/drogas. Habitualmente, o impacto positivo do envolvimento religioso na saúde mental é mais intenso entre pessoas sob estresse (idosos, e aqueles com deficiências e doenças clínicas). Mecanismos teóricos da conexão religiosidade-saúde mental e as implicações clínicas destes achados são discutidos.

      CONCLUSÕES: Há evidência suficiente disponível para se afirmar que o envolvimento religioso habitualmente está associado a melhor saúde mental. Atualmente, duas áreas necessitam de maior investimento: compreensão dos fatores mediadores desta associação e a aplicação deste conhecimento na pratica clínica.

      Keywords : Saúde Mental; Religião; Religião e Medicina; Religião e Psicologia; Espiritualidade.

    20. Enquanto que até agora achava que a religiosidade não servia pra nada… Saiu com o rabinho entre as pernas, empolando peito??? ehehehehehehheehehheheheheheheheheh
      Me faz sentir graça de você…

    21. Resuminho fácil pra você entender…Não interessa se é efeito plascebo ou qualquer outra razão que você do alto do teu salto precisa "reverenciar"… As crenças religiosas contribuem para a saúde mental… E é isso… Você podia dormir sem essa se fosse mais humilde…. ehehehehehehehehehehheheheheheheheeh

    22. Definitivamente vc tem MAIS problemas do que interpretação de texto. Eu desisto. Vou ter q passar a t ignorar. Parece q eu to falando com um paciente das clínicas q já visitei.
      Desculpe, mas não posso mais gastar meu tempo com alguém que repete tudo o q falo achando ser o contrário.
      Ouso dizer que além de Dislexia vc parece ter outro quadro avançado de Transtorno compulsivo obsessivo. CLARAMENTE não medicado.
      Por isso seu senso de julgamento e avaliação está sofrendo interferência. Não conseguindo assim ler e entender o óbvio.
      OU, vc tem algum problema NATO de deficiência de aprendizado.
      Busque tratamento, recorra menos a sua religião e seja feliz.

    23. eheheheheheh
      valeu a dedicação…

  5. Para mim religião e bengala, a maioria precisa delas, uma parte é feliz sem, eu tenho fé na natureza, na ciência, etc…metade dos pastores americanos sofrem de depressão… saúde mental é individual;
    pastores deprimidos
    http://www.cristianismohoje.com.br/interna.php?subcanal=31&id_conteudo=854

    1. texto retirado do link acima:
      Numa pesquisa da entidade, 57% dos pastores ouvidos admitiram que deixariam suas igrejas locais, mesmo se fosse para um trabalho secular, caso tivessem oportunidade. E cerca de 70% afirmam sofrer depressão e admitem só ler a Bíblia quando preparam suas pregações. Do lado de cá do Equador, o nível de

    2. Pastores lidam com pessoas, compare a pesquisa com professores, o resultado será semelhante, não?

    3. faço minha a resposta abaixo:

      John John Machado · Quem mais comentou · IBMR
      Como EU NÃO CONFIO nesse site e nem na fonte cristã que colaram aqui, busquei a MATÉRIA ORIGINAL.
      E as FALHAS GROSSEIRAS da pesquisa APARECERAM. Não é de me admirar que esse site tenha tomado a pesquisa como FANTÁSTICA e VERDADEIRA. ¬¬
      http://www.medicaldaily.com/articles/11642/20120821/god-religion-health-muslim-christian-jewish-buddhist.htm

      Traduzindo com o google chrome é possível ver um parágrafo que COMPROVA a FALHA no método.
      "O estudo tem as suas limitações. O principal delas foi o pequeno tamanho de amostra (pessoas). A maioria esmagadora foi cristã. E o fato de que os traços de personalidade e avaliação de saúde física e mental foram auto-referida (DITAS DE BOCA e NÃO COMPROVADAS MEDICAMENTE). O estudo também não compara a saúde mental dos participantes com as pessoas que se identificaram como atéias ou que se consideravam espirituais sem estarem ligadas a algum tipo de religião."

      LOGO,
      1) NÃO SE PODE CONSIDERAR ESSE ESTUDO VÁLIDO JÁ QUE NÃO HOUVERAM MÉTODOS CIENTÍFICOS. Apenas entrevistas.
      Até parece que se perguntassem a um crente se sua religião faz bem pra saúde ele diria o contrário. rs
      2) Também pelo fato de não terem NÃO RELIGIOSOS para fazerem algum tipo de comparação.

      É fato que a religião pode ter um efeito "placebo" em algumas curas. Aquela sensação de que algo externo está atuando mas no fundo quem está atuando é vc mesmo e o poder da sua mente. Sua mente e tão somente ela sempre te enganando e criando delírios dos mais satisfatórios para suas necessidades.

      Porém, os efeitos da religião já foram comparados a drogas alucinógenas e podem ser devastadores na questão psicológica. Castração, anulação e deteriorização da auto-estima, problemas no desenvolvimento social e em grupo, etc.

    4. Seria necessário muita honestidade intelectual para admitir que a pesquisa aponta para uma direção obvia…

    5. kd a pesquisa com ateus?? a maior parte da pesquisa é feita com cristãos… kd o distanciamento?? comprovação??? se vc perguntar para um alcoolatra se a bebida é boa, ele falará que sim…Para mim ou um ateu, religião é bengala de gente que tem medo da morte e de enfrentar a vida e precisa de um ser invisível.. o ateu é feliz não crendo, o religioso tendo a bengala, são modos diferentes de ver o mundo… mas não é felicidade, se fosse assim os pastores não seriam frustrados como mostrei acima.

    6. Poderia ser feita uma pesquisa com os ateus para ver a descrença proporciona mais paz de espírito, etc… E pode até ser que o resultado seja favorável… Isso iria denegrir a fé cristã? Não. Mas parece que se alguém elogiar ou falar/apresentar alguma pesquisa, estudo destacando a fé cristã… Alguns intolerantes já se revoltam com a pesquisa… temo até pela vida deles.. ahahahhahah

    7. Vanderlei Ricken Um ateu acredita na natureza, nele, na ciência, pode tranquilamente ser feliz sem acreditar num ser invisível… mas acreditar num ser invisível tb não é garantia de felicidade como mostrou pesquisa feita com pastores, que deveriam dar o exemplo
      "Numa pesquisa da entidade, 57% dos pastores ouvidos admitiram que deixariam suas igrejas locais, mesmo se fosse para um trabalho secular, caso tivessem oportunidade. E cerca de 70% afirmam sofrer depressão e admitem só ler a Bíblia quando preparam suas pregações. Do lado de cá do Equador, o nível de
      "

    8. Qual a porcentagem que representam os pastores em relação aos membros?
      Numa igreja com 700 membros um partor…. 001%??? Bem alto… ehehehehe

    9. não tem desculpa amigo, ta ai a pesquisa, deve se repetir no resto, principalmente na religião cristã, que tira a naturalidade do homem, não pode beber, sexo só no casamento, só papai e mamãe, não pode festas mundanas, não pode isto, não pode aquilo.. acaba tornando os que não são muito convivtos em pessoas frustradas, pela metade.

    10. Realmenrte a pesquisa tá ai… Só basta entender o que ela está apresentando. E não parece ser tão difícil assim… Acho que você consegue.

    11. Ainda bem que sou pela metade, os prazeres mundanos não fazem faltam na minha vida.Sou cristã convicta.

    12. Boa a pesquisa apresentada na revista Galileu de setembro nas páginas 72 a 77. Mostra que quem segue os princípios cristãos será mais correto do que quem não crê nestes princípios… Isso é óbvio, mas ateus gostam de achar que não é bem assim….

    13. Vanderlei Ricken Onde foi feito esta pesquiza, no quintal de alguma igreja evangélia americana???? japoneses, são calmos mesmo diante das tragédias, organizados, limpos, tem a maior taxa de longividade do mundo, respeitam os mais velhos, são éticos ao extremo, a violencia e morte no transito são baixissimos, são budistas e xintoistas… indianos, apesar da pobreza de lá, vc dificilmente será roubado, a maioria ainda casam virgem, respeitam os mais velhos, a natureza, etc…são hindus.. os paises mais pacificos da europa, são agnósticos e ateus na maioria, tem droga, casamento gay e aborto legalizado, no entanto os crimes e morte no transito são baixissímos, alem de serem bem organizados….EUA, Brasil, america látina, cristãos, tem altos indices de crimes e morte no transito…

    14. Marilda Alves de Sousa que fique assim se é feliz… por isto tem menos homens nas igrejas evangélicas, homens tem mais dificuldade de cumprir as leis da biblia.

    15. sobram mulheres, muitas tem que ficar para titia, ou casar com algum pagão, rsrs

    16. eheheheheheeheh
      É sempre assim… o preconceito sempr a frente… eheehehehehehhe
      Você faz juz a ser agnóstico… Fecha os olhos a tudo que for contrário.
      Leia a revista GALILEU deste mês.

    17. Longevida, sem pobreza, ênfase na educação, isso que estas comunidades não são de 100% de adventistas…

    18. No caso do artigo da galileu, pode-se aplicar os resultados para os japoneses também, pois a ênfase não é necessariamente ser cristãos, mas ter princípios religiosos… Os testes foram com princípios cristãos, mas pode ser ampliado, com certeza.

    19. Vanderlei Ricken qual o percentual de adventistas praticantes entre os cristãos???? sabe o numero de japoneses?? 140 milhões… comparar uma seita com nações superpopulosas, india, japão, norte da europa ???? KKKKKKKKKKKKKKK, rsrssrsrsrs, kkkkkkkkkkk

    20. A Bíblia diz: pelos seus frutos os conhecereis.
      Você poderia mostrar uma cidade com ateus para se comparar, né?

    21. Na tua cabeça, o que acontece nestes lugares com um número maior de adventistas signifique algo ruim?????

    22. Falo paises, suécia, dinamarca, noruega, etc….

    23. Paulo, tem menos homens em todos lugares, agora então com tantos gays por ai! ainda bem que sobrou um homem pra casar comigo e me fazer feliz, he he.

    24. É verdade, renunciar os prazeres da carne num é fácil não, como o homem só pensa naquilo, fica difícil de aguentar, mas por incrível que pareça conheço "alguns" coisa rara, que foram fiéis até Deus colocar uma varoa em sua vida.

    25. Paulo, estas comunidades são uma amostra do que poderíamos ter como nação.

    26. Vanderlei Ricken Dificil isto acontecer no mundo real… tanto o cristianismo, como o comunismo, são Utopias, pouco digeridas pela maioria dos seres humanos, só funconariam forçadas como já ocorreu e ainda ocorre em alguns paises… nos humanos, por natureza gostamos de dinheiro, podeer, individualidade, sexo com variantes, bebidas, festas profanas, teatro e cinema mundanos, etc… coisas incompátiveis tanto no comunismo como no cristianismo….acho que se vc é feliz assim, continue, é seu direito a busca de sua felicidade…. mas a maioria dos seres humanos, principalmente do sexo masculino, não se enquadram nestes dogmas.

    27. Paulo, concordo… realmente não acredito que isso algum dia iria acontecer em alguma nação… Nem ao menos tenho isso como uma utopia. A minha crença é quanto ao que irá acontecer depois, lembra daquela profecia de Daniel 2 ? Nos dias destes "reis" o Deus dos céu suscitará um reino que não será jamais destruído. Isso irá acontecer, creio, depois da volta de Jesus a Terra.
      A nossa sociedade está caminhando na direção em que as profecias apontam…
      Sobre a felicidade… Eu já encontrei a felicidade e ela está no contrário daquilo que o mundo prega como felicidade. As pessoas vão atrás de "liberdade", drogas, bebidas, sexo livro, etc e etc… Tudo isso é hedonista e não satisfaz, realmente…
      Eu encontrei a felicidade no ajudar outras pessoas… Justamente naquilo que Jesus pregou quando aqui na Terra.
      Amar ao próximo como a nós mesmos, amar os inimigos, orar por eles…

    28. Então é o que falei a felicidade é individual, para um alpinista é subir ao Evereste, para o caçador um safari na africa, para um vegetariano, não matar os animais, para um religioso seu livro santo e seus ensinamentos, multiplas visões do que é felicidade… tem para todos.

    29. É mais ou menos isso… Se bem que não acredito na felicidade de quem acha que será feliz fazendo o mal para os demais… Eu já fiz várias coisas a procura da felicidade, como acredito que todos também fazem, mas encontrei onde jamais poderia imaginar, pois o senso comum é que a felicidade está no meu prazer sexual sendo satisfeito, eu comendo carne cheia de gordura(churrasco), mas, não é ali que encontrei o que procurava.
      Acho que falar soa muito estranho o que digo, tem que ser experimentado… E não é difícil… É só começar… Ajudando alguém necessitado. Tem coisa que, depois que fazemos, é que sentimos a recompensa.

    30. Vanderlei Ricken Para ajudar o próximo, não é necessário ser cristão, basta ser humano(no verdadeiro sentido da palavra), Chico xavier, vendeu e vende milhões de livros até hoje, sempre ajudou o próximo, morreu pobre….Bill gates, agnóstico, doou metade de sua fortuta para causas beneficentes, etc… Um churrasquinho é bem gostoso rsrsr, mas não sempre, uma salada acompanhada com uma proteina animal é ideal, vegetarianos radicais tem que compensar tomando comprimidos a base de ferro, somos onivoros não vegetarianos, a natureza é sábia.

    31. De fato, em tese, não é necessário ser cristão para ajudar o próximo, mas normalmente, as pessoas que tem uma orientação baseada numa expectativa em relação a uma vida futura tem um desprendimento maior em relação a esta vida. Os espíritas são um exemplo do que falo, madre Tereza, e tantos outros cristãos que fundaram orfanatos, leprozários, hospitais, e etc.
      Sobre o churrasquinho, embora seja gostoso, não acrescente em nada pra saúde. Muito pelo contrário. A gordurinha a queimar na brasa a fazer aquele barulho carracterístico, acaba que por impregnar a carne de benzopireno(equivalente a uns 500 cigarros). Mas tudo é uma questão filosófica… Creio não necessitar de nada que face ou produza o sofrimento de outros seres vivos que tem um sistema nervoso(sentem dor).
      Sobre o Ferro… Uma dieta balanceada não tem falta de nada… Se carne fosse a solução, não haveria anemia entre carnívoros. Enquanto que a proporção entre vegetarianos, pelo que me conste, é praticamente numa.
      Não existe nada de que precisamos e que a carne seja a fonte exclusiva. Excessão a vitamina B12 que é cumulativa no ornanismo e que o vegetariano restrito(vegano) precisa a cada 3 anos, ao menos, avaliar como anda o seu índice de B12.
      Porém, não cremos que seja pecado comer carne… A carne não é o melhor alimento, em termos de saúde, mas dependendo da situação poderá ser necessário a sua utilização.

    32. Claro podemos até evitar a carne vermelha, mas principalmente as mulheres que ainda menstruam não podem tira-la da dieta…tenho vários amigos vegetarianos, já vi vegetarianos gordos e até com colesterol alto.. uma dieta equilibrada, respeitando os grupos de alimentos é a mais sensata o resto é modismo ou filosofia(claro que acho aceitável, nada contra).
      é comprovado que tanto o excesso de carne, quanto as dietas radicais são prejudiciais a saúde…alem da anemia, falam de envelhecimento precoce
      veja esta artista da globo é um exemplo vegetariana radical há mais de 30 anos, tem 54 e aparência de 70
      https://portaldoplimplim.wordpress.com/2011/10/15/cassia-kiss-magro-revela-processo-de-criacao-de-dulce/

    33. tinha um prof meu que era vegetáriano, e fazia anuncio de sua dieta a colocando nas alturas, magro, parecia que não tinha energia, falava lentamente… unica coisa que tinha de bom, que era uma pessoa muito calma.

    34. veja que a nossa pele é o retrato de como estamos por dentro(nossos orgãos), tenho 54 anos, aparento menos 10, segundo meus amigos….meu pai chegou aos 92 anos

    35. A longevidade está relacionada a uma série de fatores, dentre eles a herança genética… alimentação balanceada, vida regrada, etc.
      Nós usamos muito um termo que é temperança(equilíbrio) em tudo… No dormir, na alimentação(excesso do que faz bem, fará mal)…
      Vegetariano com excesso peso, colesterol, falta de disposição, e pele envelhecida prova que tá fazendo a coisa errada ou tentando fazer a coisa certa da forma errada…
      A minha comunidade é bem comum ser de vegetarianos… E observamos problemas relacionados a carencia de alguma coisa nos carnívoros… Muitos dos que são vegetarianos estavam com sérios problemas antes de "radicalizarem"… Câncer, diabetes, derrames, anemias, etc…
      Assista a alguns vídeos com o médico Silma Cristo, veja que interessante.
      http://www.youtube.com/watch?v=9mlwycgSn-o&feature=related

    36. O certo é a dieta balanceada, somos onívoros, não carnívoros, não vegetarianos. falam os principais nutricionistas do mundo.. não sou eu que falo, falo como observador, de meus amigos e pessoas públicas vegetarianas…vejo resultados melhores em pessoas que respeitam todos os tipos de alimento com equilibrio.
      a gente deixar de se alimentar de animais, eles não deixarão de ser mortos por isto, é só filosofia de vida(respeito).
      na india(são vegetarianos),a vava é sagrada anda levremente, entra até nas casas, animais invadem plantações e atacam humanos.. eles tem que matar muitos animais para sobrevivência…já imaginou se todos pararmos de comer carne??? estes rebanhos se espalharão, comerão plantações, teremos que mata=los e castra-los, para não invadir as plantações. A MATANÇA NUNCA CESSARÁ, é a famosa cadeia alimentar, criada por "deus"…hoje faltam predadores que já foram extintos pelo homem…
      http://www.youtube.com/watch?v=fxbHxTBrG1
      A Australia é prova deste desequilibrio
      http://www.ozzystudy.com.au/preparando-a-viagem/conheca-a-natureza.html

    37. Americanos não são exemplos de boa alimentação… franceses comem de tudo são magros e vivem muito, assim como os povos do mediterraneo, portugueses, italianos, espanhois, gregos,etc… tb os japoneses, que só não comem muito carne vermelha pois é caro….. mas longe destes povos serem vegetarianos….os americanos comem 5 vezes mais que os indianos é gula mesmo.

    38. eu sou onívaro, não sou gordo, nem tenho colesterol ou glicose alterado…como de tudo com moderação.

    39. Vc como a maioria dos crentes, são muito americanizados…. estados unidos não é exemplo de quase nada de bom para o mundo.

    40. É verdade… EUA na nossa visão profética terá um desempenho extremamente terrível nos próximos anos… O cordeiro(país da liberdade) falará como Dragão.
      Se você puder em algum momento, assistir, acho que acrescentará…

    41. tinha colocado ele mais acima, é que o endereço não foi completo, quero dizer que mesmo que todos os humanos, se torrassem vegetarianos, ainda teriamos que matar, castrar, esterelizar os animais…"!deus" criou a cadeia allmentar, nós fazemos parte dela(somos onivoros), e a natureza esta descontrolada, animais sempre morreram para alimentar outros, mesmo parando de come-los.. teremos que controlar os rebanhos, pois eles destruirão as plantações, atacarão as pessoas, como ocorre na india(vegetariana), homens disputam território com animais.i

    42. veja tb este, mostra o que ocorreu com o dedo do homem…que agora é o unico predador da australia, para que a população animal fique controlada
      http://www.ozzystudy.com.au/preparando-a-viagem/conheca-a-natureza.html

    43. Ah, sim entendi…
      Só que o cadeia alimentar existe independente do homem… Se matarmos os predadores naturais é claro que deveremos agir no lugar deles, mas se preservarmos todo, ele por si só se regula… No caso dos javalis, com certeza eles foram largados no mato, numa região sem onças… Dai já viu…
      E a questão alimentar no mundo também seria mais fácil alimentar a população sem carne, aproveitando os atuais locais destinados a pecuária e/ou destinados ao plantil de ração animal para produzir alimentos aos humanos, prioritariamente…

    44. "tentativas desastrosas de introduzir certas espécies que não pertenciam à fauna causaram danos irreparáveis ao ecossistema australiano"…
      É isso ai… colocar o que não é próprio daquela região é só para ter desequilíbrio.
      Até com a flora acredito que isto aconteça… Cada coisa no seu lugar…

    45. Vc esquece que vivemos num ambiente em desequilibrio, todos os rebanhos existentes, gado, aves, serão abandonados, caso todos virem vegetarianos, estes animais competirão por aliemtos com o homem…..destruindo plantações o quer forçara a gente a mata-los ou no minimo castra-los(que será difícil e anti-economico)… isto já ocorre na india, que costatemente a população é atacada por elefantes, e outros bichos, mesmo eles sendo vegetarianos matam para se defender e defender sua plantaçãos. não é tão simples assim…..nós se alimentamos de carne e vegetais por que temos condição de metabolizar estes alimentos(foi vontade da natureza, ou deus para vcs)…deus não deu a vaca esta mesma vontade… por que brigar com algo que é da natureza do homem???

    46. veja que na australia o canguru virou prada devido a morte dos predadores, a comercialização da sua carne(com baixíssimo colesterol esta sendo a resposta viável ao controle desta população de cangurus

    47. Estamos falando de uma situação surreal, hipotética… Caso algum dia todos resolvesse deixar de comer carne, teria que ser gradualmente… Gradualmente as pessoas deveriam deixar de produzir carne… aves, peixes, bovinos, suínos, etc… e gradualmente passar a plantar outras coisas/opções…
      Radicalmente não dá… Seria um tsunami…

    48. Como você falou, estamos num ambiente em desequilíbrio… Hoje temos verdadeiras indústrias de carne… Muitos empregos… a economia depende disso… Seria um caos uma mudança drástica.
      Só é possível fazer uma mudança mais "radical" na tua vida… Dai tudo bem… Apesar de alguns dilemas e dificuldades, mas dá pra se contornar…

    49. Como já falei antes, vegetarianismo, assim como viver sob certas óticas religiosas tipo o cristianismo é para poucos, uma Utopia para a maioria, é muito difícil os seres humanos brigarem contra seus instintos,,,deus não teria dado o gosto de comer carne, se não fosse para ser, tanto que ficam anemicos quando não comem…
      Agora temos que respeitar a filosofia ou modismos de uma minoria….monges budistas, hindus, os essênios na epoca de cristo ja tinham esta prática, no oriente já existem bem antes dos essenios…. mas é dificil, requer muita determinação… quando jovem tentem uma época, não aguentei mais de um mês, rsrsr….carne e leite de soja, não dá arghhh, vivia mal humorado e com dor de cabeça(abstinência de proteina animal), depois passei a dieta certa, tipo mediterrânea, carnes, peixe, legumes, frutas, azeite.. esta sim é palatável.

    50. eheheheheheheh
      O que te motivou? Saúde ou religião, na época?

    51. Esse negócio de anemia é furada… Não se preocupe com isso não… eheheheh
      Na real existe um mito da proteína, como se precissássemos de grandes quantidades e iss não é real.
      Só pra voc~e ter uma ideia, na fase que o corpo humano passa por uma explosaõ do crescimento(quando bebê), ele só toma leite e o leite tem 1% de proteina…
      Depois da adulto, que não precisa tanto de proteína o cara quer comer só proteína???? viagem…
      Os alimentos integrais já tem proteína na forma e quantidade que precisamos… Exemplo: arroz integral.

    52. saude mesmo, tinha um pouco de filosofia hippie na época, as pessoas queriam viver em comunidades rurais, viver mais próximo a natureza, etc…nos anos 70, apesar das drogas e sexo livre foi a época que se começou falar de ecologia, dieta, ioga, bem estar, etc..

    53. Eu moro num local mais afastado da cidade e minha intensaõ é ir mais pro interior mesmo… Gosto desta questão natural… Se eu mesmo plantar a minha horta, dai nem vitamina B12 será necessário repor… Afinal, são bactérias que as produzem e como os animais não lavam o que comem(impossível pra nós pr outras razões problemáticas…), acabam por ingerir o quantidade de que precisam… Quando temso contato cm uma horta, até o contato já proporcionaria um percentual de B12…

    54. sobre ultimo link que enviou estes atletas tem que consumir suplementos ou consumir ovos leite.. veja mitos e verdades da dieta vegetariana
      http://alimentarium.blogspot.com.br/2012/08/vegetarianos-sao-mais-fracos.html

    55. parte do link, interessante

      APRESENTAM MENOS DIABETES, COLESTEROL E PROBLEMAS DO CORAÇÃO? Verdade. Segundo o nutrólogo Ribas Filho, há cinco grandes estudos mostrando que as pessoas que não comem carne têm menos diabetes, colesterol mais controlado, são mais magras e, portanto, apresentam menos problemas de coração. "Mas essas pesquisas também mostraram que o vegetariano reflete muito sobre o que come, se preocupa com a dieta, e é esse comportamento de controle alimentar que dá resultados positivos, não a ausência da carne em si", afirma.

    56. Sim, é uma boa dieta também… Se tirar a carne não faltará nada…

    57. fica sem gosto, rrsrs… leite, queijo e carne de soja não dá gosto… agora, vegetais sempre!!

    58. estes alimentos a base de soja são fake, enganam os olhos, mas não o paladar.

    59. Como eu já tinha comentado, o corpo não precisa de tanta proteína assim… E estes produtos de soja não são grandes coisas não… Tem a sua utilidade, mas dá uma decepção na hora da mastigação… eheheheh

    60. verdade.. é como colocar adoçante para substiuir o açucar…acho que vc já foi acostumado desde pequeno. sua familia já era adventista???
      para mim é complicado, meu pai era português, minha mãe baiana, festas de natal com bacalhoada, perú, rabanada, castanhas, nozes, etc… durante o ano, muito bacalhau, azeite, tb muqueca(peixe cozido), feijoada, vatatá(a base de peixe camarão, etc… é complicado para mim, .. o churrasco não faço muita questão, pois quando jovem ia a muitos, enjoei, rrs… mas uma boa carne de panela ainda curto. mas tudo acompanhado de muita folha, até nos churrasco, não dispenso um abacaxi(ótimo para digestão das carnes)

    61. Eu atéque gosto do adoçante… melhor mesmo é a fruta in natura, mas, tem alguns sucos que o açúcar é fundamental…
      A minha família não era adventista não… Eu fui seguir a fé, antes dos meus pais e com muita perseguição e contrariedades deles… Algum tempo depois, todos os meus familiares foram pra igreja adventista… Foi muito bom pra minha família… Nós tínhamos problemas com drogas, além de cigarro e bebidas… A minha mãe sempre estava doente e após a mudança alimentar, ela teve mais uns 30 anos de vida numa qualidade que nunca havia antes experimentado. Hoje, ela está mais caidinha, tá com alzheimer. Na minha infância não tenho muitas lembranças dela cuidando de mim, lembro mais das minhas irmãs e irmãos, pois ela era meio ausente devido a saúde debilitada.
      A questão cultural é sempre difícil de ser rompida, se necessário. A minha esposa é cearense… Já morei lá dois anos, agora estou no RS. Aqui tem bastante churrasco, mas é nenhuma tentação pra mim não.
      Eu, se desejar comer, como… Só que dificilmente sinto essa vontade. Em casa, o mais fácil é entrar um peixe… Hoje, inclusive comi sardinha, destas de latinha mesmo… ehehehehe misturado com macarrão… Só pra dar um gostinho…

    62. muito gostoso marcarrão com sardinha em lata, rrsrs…, tb adoro arroz com ovo frito, mal passado. outro dia ví uma reportagem sobre alimentação em portugal, mostrou que a sardinha em lata, devido ao cozimento, tem a concentração 10 vezes maior de calcio que a sardinha fresca ou frita, os ossos dissolvem na carne com o cozimento.

    63. Legal, essa da sardinha tem lógica…eu não sabia dessa.
      Mas, a questão do cálcio, é o seguinte: As verduras e muitos outros alimentos tem cálcio… e olhe que nem valo do leite… pois outros tantos tem em quantidade suficiente, mas se o corpo não estiver "usando" dai pode ingerir cálcio aos montes que o corpo não utiliza e é descartado… por isso é fundamental fazer exercícios físicos, dai sim, o cálcio é aproveitado… É aquele esquema, se os ossos naõ estiverem sendo forçados, não utilizará.

    64. mas a sardinha não é só calcio, tem o OMEGA 3 uma gordura benéfica, tb encontrada no atum…. o assunto rendeu, rsrs….eu só sei que para conseguir ferro suficiente atraves de vegetais, precisamos comer uma pequena bacia deles por dia, o que um pequeno bife tem de ferro. por isto sempre acabam no suplemento

    65. Afinal, onde é que o boi arranjou o ferro??????

    66. Já viu a quantidade de grama que ele come?? qual o ser humano que conseguiria comer a mesma quantidade de verde?? outro detalhe, de onde vem o colesterol do boi??? vc sabia que 70% do colesterol que possuimos é genético?? é produzido pelo nosso próprio figado.

    67. verdades e mentiras sobre a carne vermelha
      http://revistashape.uol.com.br/component/content/36/materia/Carne-vermelha-mocinha-ou-vila
      Vegetariana por opção
      Se você escolheu não comer carne por acreditar na causa, fique atenta aos alimentos que ajudam a suprir sua falta. Os legumes e as verduras, principalmente de cor verde escura, apresentam grande quantidade de vitaminas e minerais, essencial para nosso organismo funcionar bem. Mas isso não é suficiente, pois o ferro dos alimentos de origem vegetal é mais difícil de ser absorvido. Para ajudar o organismo a absorver este nutriente, a saída é consumi-lo juntamente com fontes de vitamina C. Outro nutriente que costuma fazer falta é a vitamina B12, raramente encontrada em alimentos de origem vegetal. Neste caso, o único jeito é partir para os suplementos.

    68. Claro que tudo é proporcional (peso animal / Alimentação).
      Ea vantagem numa alimentação equilibrada é que com a vitamina C a assimilação do ferro é maior.
      Veja esta resposta… http://www.natureba.com.br/nutricao-vegetariana/vegetais-com-calcio-ferro.htm
      E as quantidades de vegetais ue se tem que comer não são assim tão exageradas não… eheheheeh
      Uma coisa fundamental que aprendi é não se preocupar tanto com a alimentação… Como moderadamente, equilibradamente, variedades, e não precisa se preocupar com mais nada… A alimentação tem que ser uma coisa boa, relaxante e não um momento de preocupação, até mesmo em relação aos nutrientes… Hoje, as pessoas tem o hábito de complicarem muito o que por natureza é simples…

    69. Só estou fazendo o papel de "advogado do diabo", rsrsr acho legal quem tem a determinação de ser vegetariano, realmente eu não conseguiria, o máximo é a que faço…. só acho que a vegetariana tem que ser bem acompanhada, principalmente por mulheres gravidas, crianças, etc…hoje vejo muitos fazendo por modismo.. já é dificil fazermos dietas normais, sem muita restrição(por causa do corre-corre atual), imagina para quem é vegetariano?? nas cidades grandes já tem restaurantes, mas geralmente mais caros que os normais, etc…

    70. conheço vários que deixaram de ser por falta de tempo….

    71. acabam parando em lugares e comendo batatas fritas ou só feijão/arroz e salada…rsrsr

    72. Veja este video só para concluir… é uma coisa boa, mas é muito complicado…sera que os pobres humanos médios, estão preparados, para tanta formulas e contas??? rrs

      http://www.youtube.com/watch?v=1riui-CWotw

    73. Eu acredito que o maior benefício é sobre a sua mente… você passa a ver as coisas de uma forma diferente… A valorização da vida… humana, principalmente, e como consequêncai, a animal… O gosto pelas coisas simples e naturais da vida, em todos os aspectos, até na sexualidade.
      Valeu o nosso papo… normalmente mais acalorado… ehehehehhe
      Mas, vejam como são as coisas… Temos "muita coisa" em comum… eheheheheheheh

    74. Sobre os videos é filosofico isto, matar animal é anti-natural, evolução???? isto é papo de budista(animal tem alma segundo eles).. não de cristãos…o cara do vídeo fala que nós não temos condição de digerir carne?? rsrs..se conseguimos digerir mais rapidamente o ferro dela, nos vegetais precisamos da ajuda da vitamina C… a matança por alimento é algo natural, criado por "deus"..É filolofia, não é natural…o cara falou muita besteira.. somos onivoros.
      exemplo: não sinto saciedade quando só como vegetais, continuo com sensação de fome… isto é natureza o resto é papo de Budista.

    75. isto é realidade:

      Você já deve ter ouvido que a carne vermelha “apodrece” no organismo. “Isto é mito, já que possuímos enzimas capazes de digeri-la”, esclarece a nutricionista Raquel Bicudo Mendonça. Afinal, o ser humano é preparado para ser carnívoro. Aquela sensação de peso no estômago que sentimos ao ingerir muita carne é explicada pelo fato de que as proteínas começam a digestão no estômago, o que para algumas pessoas pode ser um processo mais lento. A sensação de saciedade também dura mais, por ser um alimento rico em gordura saturada.

    76. agora concordo que é saudável, mas é dificil, temos que viver sempre em manutenção e fazendo controles anti-naturais, principalmente nas mulheres gravidas, idosos e crianças.

    77. O cara deve ser budista mesmo, mas gostei de alguns pontos que ele falou.
      Tudo acaba por ser meio filosófico mesmo… Somos onívoros, mas não comemos cães(no Brasil), não comemos vermes, insetos, e outros tantos bichos estranhos para alimentação.
      Acho que alguns tipos de alimentos devem ser utilizados só em emergências… A carne, por exemplo.

    78. só filosofia de não matar animais(bonito e romantico)… teremos que continuar presenciando a morte deles(cadeia alimentar)criada por "deus", que inclusive fazemos parte dela, ou mesmo no controle de população descontrolada, tipo javalis no sul, coelhos na australia, ratos, etc…o brasil nunca teve falta de alimentos para comermos insetos e cachorros, na india as vezes se passa fome, com várias vacas no quintal da casa comendo suas plantações, rrsrsr

      e detalhe, será que as plantas não sentem?? são seres inertes???

    79. Claro que o mundo não mudará, mas que seja o meu mundo… Este eu posso mudar.
      O vegetais não tem sistema nervoso como os animais, então… Se entende que não sintam dor.
      Algumas culturas poderiam argumentar a favor do canibalismo… Já que somos onívaros…
      Eu acho que onívaros para situações emergenciais… não para o dia a dia.
      Deus não criou o mundo como está hoje, mas isso já outra história…
      Sobraria mais comida pra todo o mundo se não houvesse rebanhos e nem plantações em função de animais… Sem contar a água utilizada…

  6. Como EU NÃO CONFIO nesse site e nem na fonte cristã que colaram aqui, busquei a MATÉRIA ORIGINAL.
    E as FALHAS GROSSEIRAS da pesquisa APARECERAM. Não é de me admirar que esse site tenha tomado a pesquisa como FANTÁSTICA e VERDADEIRA. ¬¬
    http://www.medicaldaily.com/articles/11642/20120821/god-religion-health-muslim-christian-jewish-buddhist.htm

    Traduzindo com o google chrome é possível ver um parágrafo que COMPROVA a FALHA no método.
    "O estudo tem as suas limitações. O principal delas foi o pequeno tamanho de amostra (pessoas). A maioria esmagadora foi cristã. E o fato de que os traços de personalidade e avaliação de saúde física e mental foram auto-referida (DITAS DE BOCA e NÃO COMPROVADAS MEDICAMENTE). O estudo também não compara a saúde mental dos participantes com as pessoas que se identificaram como atéias ou que se consideravam espirituais sem estarem ligadas a algum tipo de religião."

    LOGO,
    1) NÃO SE PODE CONSIDERAR ESSE ESTUDO VÁLIDO JÁ QUE NÃO HOUVERAM MÉTODOS CIENTÍFICOS. Apenas entrevistas.
    Até parece que se perguntassem a um crente se sua religião faz bem pra saúde ele diria o contrário. rs
    2) Também pelo fato de não terem NÃO RELIGIOSOS para fazerem algum tipo de comparação.

    É fato que a religião pode ter um efeito "placebo" em algumas curas. Aquela sensação de que algo externo está atuando mas no fundo quem está atuando é vc mesmo e o poder da sua mente. Sua mente e tão somente ela sempre te enganando e criando delírios dos mais satisfatórios para suas necessidades.

    Porém, os efeitos da religião já foram comparados a drogas alucinógenas e podem ser devastadores na questão psicológica. Castração, anulação e deteriorização da auto-estima, problemas no desenvolvimento social e em grupo, etc.

    1. O estudo aponta numa direção bem previsível.

    2. Ainda bem q eu expliquei BEM direitinho acima POR QUE essa pesquisa é furada. :)

    3. Simples a explicação "Como eu não confio neste site e nem na fonte cristã"… ehehehhehehe
      O preconceito a qualquer pesquisa, estudo que elogie, valorize a fé cristã… só pode ser enganação(na tua cabeça)…

    4. Ué, se vc confia é pq seu senso de julgamento estão comprometido. Só pq é "cristão" deve-se confiar 100%?
      Que inocência é esse q vc tem?
      Não confio nesse site pq já tive DÚZIAS de provas que é um site tendencioso e que se vale de BLOG como fonte. O site NEM COLOCA O LINK ORIGINAL DAS MATÉRIAS EM BAIXO com medo das pessoas lerem e verem as discrepâncias de informação.
      TANTO que MAIS UMA VEZ BUSQUEI E ACHEI.
      Se isso não é ser tendencioso e é ser preconceituoso religioso se confirma o que eu penso sobre vc.
      Tens uma GRAVE deficiência na área de interpretação de texto.

    5. É só mais uma pesquisa.. dentre tantas outras… Pode-se ser o início para se pesquisar mais detalhadamente, incluindo melhores formas de se avaliar, aumentar a amostragem… etc…
      Não se deve aceitar e nem regeitar por ser favorável ao cristianismo.

    6. Bom, pelo visto vc não entendeu NADA do que eu escrevi.
      Mas eu sou paciente.
      A pesquisa não está sendo rejeitada pq é "favorável ao cristianismo". Ela está sendo rejeitada pq NÃO UTILIZOU MÉTODOS CIENTÍFICOS COERENTES e NORMALMENTE ADOTADOS.
      Caso vc não tenha lido direito, TAMBÉM foram questionadas pessoas de OUTRAS RELIGIÕES.
      Portanto ela nem mesmo deveria ter sido publicada como notícia.
      Isso foi inclusive um sinal de falta de ética profissional do AUTOR.

      Já houveram outras pesquisas semelhantes e as direções não foram favoráveis ao cristianismo. Mas sim ao fato de que a crença SAUDÁVEL e sem tantos dogmas pode favorecer o bem estar das pessoas que PRECISAM CRER EM ALGUMA COISA.

      Foi esse ponto q a pesquisa acima TAMBÉM FALHOU. Conforme JÁ DISCUTIMOS, existem pessoas IMUNES a necessidade de crença. Estes NÃO NECESSITAM destas para alcançar ou manter o bem estar.

      JÁ NISSO a pesquisa foi tendenciosa. Dando a falsa compreensão de que o dito "bem estar" só é alcançado através da "religião".

      Essa pesquisa foi uma lástima geral. Só a quantidade de pessoas entrevistadas já da vontade de rir.

    7. É mesmo? Não diga… Quer dizer então que você agora decide sempre pela qualidade da pesquisa e não pelo que ela concluiu? Quem não te conhece… pode até achar que é verdade.

    8. não confia no site mas tá fazendo parte dele nem que seja pra criticar, me polpe.

    9. Boa a pesquisa apresentada na revista Galileu de setembro nas páginas 72 a 77. Mostra que quem segue os princípios cristãos será mais correto do que quem não crê nestes princípios… Isso é óbvio, mas ateus gostam de achar que não é bem assim….

    10. Desculpe, Marilda. Mas meu caráter não tolera a desinformação nem a distorção de valores ou da imagem de outros seres humanos. Não fico de braços cruzados enquanto isso acontece.
      Por isso ESTOU e ainda me verá MUITO por aqui. :)

    11. Vanderlei Ricken Ué. Se tivesse entendido QUAL O PROCESSO DE VALIDAÇÃO de uma pesquisa científica SÉRIA teria INCLUSIVE concordado comigo. Como DISCORDA, vejo que pra vc os "meios justificam os fins". Ou seja, que não importa o jeito que seja feito. Desde que fortaleça a sua ideia de crença.

      Quem não me conhece? rs Pq? VOCÊ me conhece pq troca mensagens comigo a 1 mês e meio?

      Galileu: Link? Não darei veredito até ler a matéria INTEIRA.

    12. Vanderlei Ricken Ateus não "ACHAM". ESSA é a nossa diferença.

    13. Ateus acham mais do que você imagina… Não tenhoi link, tenho a revista.

    14. Mas deve ter na internet. Faz um google se quiser q eu leia e me mande o link!

    15. Vanderlei Ricken Evangélicos não "acham" não né. Imagine. É tudo alucinação ateia. ¬¬

    16. Infelizmente não estou preocupado em te arranjar um link… Se você tiver oportunidade de ler a revista, beleza, senão, paciência. Os evangélicos "acham" também sim… Eu não disse que eles não acham… Voc~e é que disse que os ateus não acham…

    17. Ah ok então. Eu não vou ler sobre isso pq tenho dúzias de outras coisas pra ler e esse assunto eu já domino.
      Por isso tenho q ter prioridade em outras coisas. Só retorno a essas matérias por sua causa.

    18. Nossa… Que honra conseguir mudar as direções de interesse e pesquisa do John…. ehehehehehe
      Já domino é forte… eheheehh
      Eu sempre estou aprendendo… e quanto mais sei, mais sei que tenho muito mais a aprender… Só sei que nada sei. eheheheheheh

    19. Se ficar com saudades releia! rs Pq realmente já me esgotei com vc. E olha q isso é DIFICIL. rs Só responderi o q achar pertinente. Se não fico com vc e seus devaneios por horas.

    20. eheheheeh
      Desculpa ia…
      Não achei que estávamos tão intensos assim… eheheheh

  7. Alguns podem achar que para saber se a limonada está doce suficiente é necessário tomar toda a jarra em vez de apenas tomar uma colher de limonada… eheheheehhe
    É óbvio que quanto mais eu tomar da limonada maior será a certeza de que ela está doce ou não.
    Mas, o que este estudo demonstra claramente é que as crenças religiosas contribuem para a saúde mental e física. Já vi um outro estudo nesta mesma linha, só que a diferença era que apenas para as pessoas que consideravam a sério a su crença é que se beneficiavam… Em outras palavras a pessoa que acredita numa coisa e vive de forma coerente com o que acredita é beneficiado por com saúde mental e física. porém, os que vivem de forma incoerente… tipo os que vivem em pecado, sabendo que é pecado, para estes a crença é fator de desequilíbrio mental.

    1. Boa a pesquisa apresentada na revista Galileu de setembro nas páginas 72 a 77. Mostra que quem segue os princípios cristãos será mais correto do que quem não crê nestes princípios… Isso é óbvio, mas ateus gostam de achar que não é bem assim….

    2. Revista Brasileira de Psiquiatria
      Print version ISSN 1516-4446
      Abstract
      MOREIRA-ALMEIDA, Alexander; LOTUFO NETO, Francisco and KOENIG, Harold G. Religiosidade e saúde mental: uma revisão. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2006, vol.28, n.3, pp. 242-250. Epub Aug 10, 2006. ISSN 1516-4446. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000006.

      OBJETIVO: A relação entre religiosidade e saúde mental tem sido uma perene fonte de controvérsias. O presente artigo revisa a evidência científica disponível sobre a relação entre religião e saúde mental. MÉTODO: Os autores apresentam os principais estudos e as conclusões de uma revisão sistemática abrangente dos estudos sobre a relação religião-saúde mental. Utilizando-se de várias bases de dados, a revisão identificou 850 artigos publicados ao longo do século XX. O presente artigo também inclui uma breve contextualização histórica e metodológica, além de uma atualização com artigos publicados após 2000 e a descrição de pesquisas conduzidas no Brasil. DISCUSSÃO: A ampla maioria dos estudos de boa qualidade encontrou que maiores níveis de envolvimento religioso estão associados positivamente a indicadores de bem estar psicológico (satisfação com a vida, felicidade, afeto positivo e moral mais elevado) e a menos depressão, pensamentos e comportamentos suicidas, uso/abuso de álcool/drogas. Habitualmente, o impacto positivo do envolvimento religioso na saúde mental é mais intenso entre pessoas sob estresse (idosos, e aqueles com deficiências e doenças clínicas). Mecanismos teóricos da conexão religiosidade-saúde mental e as implicações clínicas destes achados são discutidos. CONCLUSÕES: Há evidência suficiente disponível para se afirmar que o envolvimento religioso habitualmente está associado a melhor saúde mental. Atualmente, duas áreas necessitam de maior investimento: compreensão dos fatores mediadores desta associação e a aplicação deste conhecimento na pratica clínica.

      Keywords : Saúde Mental; Religião; Religião e Medicina; Religião e Psicologia; Espiritualidade.

  8. Por outro lado, os indivíduos ateus ou agnósticos possuem, segundo os resultados do estudo, maior número de pensamentos negativos que terminam por intensificar o sofrimento psíquico.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quantos ateus e agnósticos fizeram parte dessa pesquisa?o que foi perguntado pra se chegar a essa conclusão?cade o conteúdo da pesquisa?essa pesquisa de fundo de quintal provavelmente feita por órgãos religiosos não pode ser levada a serio.

  9. Fabio Costa disse:

    Uma coisa é quem fez as pesquisas, a outra é quem as divulga. Da mesma forma que ateus e agnósticos dizem “A Bíblia possui muitas versões” eu coloco que “jornais tem muitos donos”. Daí não se pode associar a pesquisa em si a uma pretensão religiosa, pois se assim fosse, haveria uma religião e não várias na pesquisa!
    Um outro ponto: Um significante número de pastores sofrem com depressão e stress! Ops, pastores, vejam bem! Tal como professores, controladores de voos, policiais, corretores de bolsas de valores, etc. Ou seja, em comum estes profissionais lhe dão com tensão emocional, pressão pela responsabilidade que possuem, perigo, etc. Não vamos aqui, por exemplo comparar o ambiente do professor com o de um aluno, as diferenças são gritantes. Portanto, não comparem uma pesquisa feita exclusivamente com pastores há algum tempo atrás com essa pesquisa de agora, feita com membros de diversas religiões!

  10. Acho difícil a comprovação deste tipo de afirmação, mas é por isto que o nome se chama "trabalho" científico.
    Sou cristão e já experimentei diversas curas, mas nunca me preocupei em comprová-las. Esta "comprovação" é difícil pois creio que mesmo um descrente pode se beneficiar da oração alheia (ou chamada "interseção" pela vida dele). Para se conseguir verificar as diferenças entre todos os crentes e descrentes seria necessário "isolá-los", impedindo até as orações indiretas em favor deles. Coisa que só ocorrerá com o arrebatamento (retirada dos crentes deste mundo). Aí teremos um experimento com resultados mas exatos, sem "influência" externa.

  11. Anny Rosy disse:

    e mesmo assim, os hospitais , os manicomios, as clinicas para drogados estão lotadas de religiosos!!

    1. Agora te pergunto vc conhece o histórico de cada um? pq eles estão lá? será mesmo Deus o culpado?

    2. Anny Rosy disse:

      não digo de todos,mais a maioria eu sei!!

    3. Vc tem até razão pq muitos não sabem nem o que é ser cristão, frequentam uma igreja mas é só número o pensamento anda longe, não tem raiz, ai , a primeira tempestade que vem vai parar mesmo em algum hospício, hospital, não creem no Deus que serve. Bom, a coisa é tão complicada que pra mim que estou fora disso, (graças a Deus) é fácil falar.

  12. Apesar da importância da religião e da espiritualidade para a população, até recentemente esses temas não
    eram incluídos no currículo de profissionais de saúde e nem tinham lugar na prática clínica.Agora estão revendo isto.Pesquisadores avaliam efeitos da espiritualidade sobre o organismo; segundo novo estudo, mais da metade dos médicos acreditam que fé influencia na saúde

    Não importa qual é a crença nem se ela envolve um deus. O fato é que práticas como oração e meditação vêm se tornando, cada vez mais, alvo de estudo de pesquisadores da área da saúde, que investigam, em vários países, os efeitos da fé sobre o organismo humano.

  13. Marina disse:

    E verdade, todos os instituições estão lotadas de religiosos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *