Evangélica, mãe de lutador de MMA assassinado em baile funk diz que perdoa o assassino do filho: “peço a Jesus para converter o coração dessa pessoa”

0

A mãe do lutador de MMA Henrique Gomes de Oliveira, de 27 anos, o Henrique Negão, assassinado na saída de um baile funk, deu declarações sobre o crime que vitimou seu filho e afirmou que perdoa o assassino, e que ora por sua conversão.

O jovem era peso médio e treinava na equipe JT Caverna, na Team Nogueira, dos irmãos Minotauro e Minotouro. Ele foi assassinado com três tiros no rosto na saída baile de funk “Se não aguenta, por que veio?”, na baixada fluminense.

Henrique já lutou em eventos profissionais como Jungle Fight, MMA Contra a Dengue e Senna Fight, e teria uma luta agendada para o dia 16 de novembro, no Acre.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo. A polícia suspeita que possa se tratar de crime de vingança por parte de um homem com quem o lutador discutiu em uma festa há 15 dias, ou por pessoas envolvidas em uma briga que ele teria separado no baile funk.

Antes do sepultamento de Henrique Negão, no cemitério de Nova Iguaçu, sua mãe, a evangélica Eliane Gomes Oliveira, de 52, falou sobre o caso e disse perdar o assassino de seu filho, e que pede que Jesus converta o coração do criminoso.

– Eu o perdoo. Não sei quem foi que fez isso com meu filho, mas peço a Jesus para converter o coração dessa pessoa, para que ele não faça mais ninguém sentir a dor que eu estou sentindo. Meu filho era um ótimo menino – disse Eliane segundo o site Extra, da Globo.

Redação Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

  1. Não o perdoaria se não for levado a justiça e pagar pelos seus crimes, eu não sou hipócrita de dizer que perdoei, sendo que sei que ele vai pagar e deve

DEIXE UMA RESPOSTA