Destaque

Evangélica que perdeu o título de Miss EUA por ser contra o casamento gay se envolve em nova polêmica

Comments (9)
  1. Carlos Roberto disse:

    Apenas corrigindo a informação,

    A palavra “CASAMENTO” está empregada na matéria ERRDAMENTE. Não há a mínima possibiilidade, fundamentado nas Escrituras, e na lógica de se afirmar que a união carnal entre dois marmanjos seja um “Casamento”.veja:

    CASAL(?) GAY
    VERDADES E MENTIRAS

    Em razão da falta de verdade nas informações passadas pela imprensa sobre o tema acima citado, deixo aqui as minhas considerações fundamentadas apenas nos princípios do zelo pela veracidade na formação de opinião de nossa sociedade. TODOS os meios de comunicação invariavelmente erram ao afirmar que a união de duas pessoas de mesmo sexo forma um CASAL.

    Como Cristão, gostaria de ver matéria referente ao assunto publicada por este órgão informativo. Afinal, temos como evangélicos, a OBRIGAÇÃO de esclarecer o nosso publico sobre ações nefastas desta natureza que agridem a nossa fé e os nossos princípios cristãos.

    Parece que o meu dicionário é diferente dos existentes por aí. Veja só as definições que encontrei:
    Casal s.m. usado fidedigna e ortodoxamente (portanto, não colide com os mais nobres e respeitáveis dicionários nacionais [onde ramifica-se a oficial estrutura lingüística de uma nação]) nos significados abaixo:

    Par composto de macho e fêmea (homem e mulher) unidos por casamento; o termo atualmente continua restrito a pares heterossexuais (vide dicionários de boa procedência).
    Um casal de filhos (de sexo diferente);
    Um casal de animais de estimação (de sexo oposto);
    Par composto de macho e fêmea;
    Derivação: por extensão de sentido:
    Duas coisas iguais; par, parelha (Nota: COISAS não significa: PESSOAS)

    É desprezível ver pessoas tentando justificar o injustificável, legalizar a ilegalidade, dar ar de moralidade a imoralidade, etc…
    Criou-se no Brasil um JUIZADO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE visando dar segurança e proteção aos que figuram como dependentes desta regulamentação. No caso específico as crianças abandonadas. Assim, esperava-se que estes direitos fossem resguardados e RESPEITADOS, no entanto diante das decisões que alguns magistrados estão tomando, vê-se claramente o contrário. As leis que deveriam proteger estão sendo postas de lado quando estes ocupantes de cargos tão importantes decidem por considerar uma união entre duas pessoas do mesmo sexo como natural, legal e moral. Ao afirmarem em seus despachos que uma relação entre dois homens ou duas mulheres formam um CASAL(?) estável, violam todos os princípios de direito e de moralidade que conhecíamos até hoje. Ainda mais, permitem que estas uniões absurdas possam ADOTAR crianças como “filhos” na composição de uma família. Ora, se a lei é para evitar que crianças sejam expostas ao CONSTRANGIMENTO, ao RIDÍCULO e ao VEXAME é incoerente sujeitar estas mesmas crianças a uma união onde o pai é uma mulher e a mãe um homem. É abominável ver decisões jurídicas desta natureza sendo tomadas ferindo frontalmente os direitos de nossas crianças, submetendo-as ao ridículo de terem que comemorarem o “dia dos pais” ou “das mães” sem saber o que é verdadeiramente a figura de um PAI ou MÃE. “Honra o teu PAI e a tua MÃE” – Êxodo 20 : 12 – diz a Bíblia no enunciado das leis que definem o sucesso de um filho na sua relação familiar e não há duvidas de que o texto trata exclusivamente de uma união estável entre um HOMEM e uma MULHER, entre um MACHO e uma FÊMEA.
    No episodio da criação, a narrativa deixa claro que não há espaços para interpretações distorcidas quanto à origem da formação de uma família quando diz “MACHO E FÊMEA OS CRIOU”, isto invalida qualquer decisão seja em que instância jurídica for. Tem mais; “Vós, MULHERES, sujeitai-vos aos vossos MARIDOS…” Efésios 5 : 22; “Portanto deixará o HOMEM o seu PAI e a sua MÃE, e se unirá a uma MULHER e serão os dois uma só carne” Efésios 5 : 31. Na arca, Noé foi ordenado por Deus a colocar dentro um casal – MACHO e FÊMEA – de cada espécie como garantia de reprodução após o dilúvio. O próprio Jesus teve José – homem – como PAI e Maria – mulher – como MÂE. Os termos “ESPOSA” e “ESPOSO” são incisivos e muito claros não dando margem para dúbia interpretação. Não há duvida alguma sobre a originalidade, a legalidade e a moralidade da formação familiar estabelecida desde os primórdios dos tempos, o que há é uma vontade exacerbada de dar um ar de legalidade a distorções e desvios de comportamento sem levar em consideração o que na verdade é e nunca deixará de ser, que um casal só se forma pela união de seres de sexos OPOSTOS.
    Voltando às leis que visam dar proteção às crianças e aos jovens. É inconcebível que uma criança tenha que se sujeitar ao RIDÍCULO de ter como PAIS dois homens ou duas mulheres sem que tenham condições de expressarem com opiniões formadas sobre o que pensam da situação em que estão sendo envolvidas. Levar uma criança ao constrangimento ou expô-la ao ridículo é CRIME previsto em lei e isto não está sendo considerado nem mesmo sendo levado em conta pelos magistrados. O negócio é atender a anseios mal resolvidos á revelia da lei que eles mesmos criaram para dar proteção aos que dela dependem sem poder emitir qualquer juízo de valor ou de opção. Crianças são OBRIGADAS a aceitarem e a conviverem com a tal paternidade quando na verdade deveriam ser tratadas com o maior respeito e dignidade pelos responsáveis em aplicar e gerenciar as leis em nosso Brasil. OBRIGADAS sim, pois como imaginar que um bebe ou uma criança de dois, três, quatro anos possam emitir juízo de valor numa decisão ARBITRÁRIA como esta. Arbitrária, pois elas só se darão por conta destes absurdos quando já tiverem idade adulta e aí os estragos já estarão consumados e serão irreparáveis.
    Decide-se num tribunal entre magistrados, advogados, réus interessados, mas a parte mais IMPORTANTE – a criança – não é ouvida, sendo submetida a decisões que afrontam os princípios da formação familiar genuinamente estabelecida por DEUS.
    Gostaria de lembrar a “chave” e a “fechadura” onde só o casamento das duas pode abrir a porta; onde chave com chave ou fechadura com fechadura jamais terão capacidade de exercerem o comando de abertura de qualquer ambiente. A coisa é simples e fácil de entender, no entanto por motivos não nobres nossas autoridades fazem vistas grossas para a imoralidade e as distorções do sentido da família.
    Há outras alternativas saudáveis que podem resolver a contento os problemas de crianças abandonadas, e isto passa pelo rompimento com a legalização da imoralidade e dos devaneios de pessoas desequilibradas e doentes nas suas emoções.
    Estamos caminhando rumo a um abismo moral perigoso que coloca em xeque a instituição maior de nossa sociedade, a FAMÍLIA. O preço pago já é muito alto pelas distorções e pelas decisões equivocadas de nossos tribunais e se algo não for feito com urgência, nos veremos num caminho sem volta restando-nos apenas assistirmos melancolicamente ao fim do maior pilar de sustentação da humanidade, a família.
    Precisamos reagir enquanto há tempo para isto, do contrário seremos culpados pelos insucessos de nossas relações nos lares, na sociedade ou onde quer que haja a presença do homem como produto da preocupação de Deus em cuidar do mundo que Ele mesmo criou.
    “…e não vos conformeis com este mundo, mas… Romanos 12 : 2”

    Grato.

    Carlos Roberto Martins de Suza
    crms2casa@hotmail.com

  2. LUIS HENRIQUE disse:

    Nós sabemos que nesse meio existe muita pornografia, drogas e tantas outras coisas que não convém a um servo de Deus participar. Agora se alguém acha que está preparado para dizer as verdades bíblicas num lugar desses, deve estar revestido de muuuuuita oração.

  3. Missionária Delair disse:

    ESTA É A HORA DA DECISÃO!!!!

    Ou decidimos seguir Jesus ou as filosofias do mundo!

    Essa moça perdeu um título dado por homens, mas aos olhos de Deus ela receberá o galardão por não ter negado Jesus mesmo diante de toda pompa, do luxo, das personalidades que escolhem mais o status e o viver de aparência.

    Mas nós sabemos que isso tudo é só aparência mesmo. Por dentro são pessoas sofridas, de alma vazia, que preferem seguir o curso deste mundo e são sérias candidatas a perderem a Salvação eterna.

    Parabéns pra essa moça! Que Deus abra outras portas para ela. Principalmente porque ela reconheceu que seu passado não agradava a Deus.

    Deus nos convida sempre ao “arrependimento das obras mortas”.

    Judas 1:12
    12 Estes são manchas em vossas festas de amor, banqueteando-se convosco, e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;

    Hebreus 6:1
    1 POR isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus,…

    Que Deus nos abençoe!!! PAZ a todos!!!

    http://libertadordeisrael.blogspot.com

  4. Ane disse:

    Carlos Roberto, pela primeira vez concordo com você…

  5. André disse:

    Ela resolveu nadar “”contra a correnteza””, então o que eles puderem fazer para tentar desmoralizá-la, eles farão, como tudo aquilo que é…verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe…se transforma em algo que para eles ( os que são das trevas ) como algo detestável…

  6. Melkes Jr. disse:

    Dentro da ciência hoje, tenta-se provar que existe sim afiniadades para um homem ter os mesmos desejos sexuais que as mulheres tem.. só que isso é coisa do capeta e a biblia prova, agora tem algumas que não sabem lêr e nem querem estudar e ficam contando balera, se num lê a bíblia num vai entender nunca o porque do não ao homossexualismo coisa do diabo.. Como falei ein alguns comentários em enquetes como essa.. se fosse pra ter homem com homem ou mulher com mulher, Deus não teria feito Adão e Eva, e sim Adão e Ivo..(rsrsrsrsrs).. Deus tenha misericórdia de muitos atôa(Ateu)..!

  7. JOELINE disse:

    ESTAMOS ALÉM, MUITO ALÉM DE SODOMA E GOMORRA.É NECESSÁRIO VIGILÂNCIA PARA NÃO FICARMOS CORROMPIDOS , COMO A MULHER DE LÓ.

  8. PAULO disse:

    HOJE NOS OLHAMOS PRA UM CRENTE E NEM DA PRA SABE QUE A PESSOA E CRENTE OU NAO.

    PAULOO83@HOTMAIL.COM.BR

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *