Evangélicos, Marcelo Crivella e Anthony Garotinho lideram pesquisas para o governo do RJ, diz jornalista

23

A corrida eleitoral para o Palácio das Laranjeiras, sede do governo do Rio de Janeiro tem se intensificado com o protagonismo de dois candidatos evangélicos.

Novas pesquisas mostram que o ministro da Pesca Marcelo Crivella (PRB-RJ), bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ), membro da Igreja Presbiteriana, lideram as intenções de voto dos fluminenses.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, os partidos PMDB, PT e PR encomendaram pesquisas sobre as eleições do próximo ano e, embora os resultados sejam diferentes, os cenários mostram uma alternância da liderança entre Crivella e Garotinho.

O pré-candidato petista, senador Lindbergh Farias, que deverá ser apoiado pelo pastor Silas Malafaia, é o terceiro colocado em todos os cenários.


O levantamento realizado a pedido do PMDB foi feito pelo Instituto Ideia e mostra Marcelo Crivella com 19% das intenções de voto, seguido de perto por Anthony Garotinho, com 18%; Lindbergh Farias (PT) com 15%; o vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) com 10%; e o ex-prefeito carioca Cesar Maia (DEM) com 8%.

O Partido dos Trabalhadores encomendou sua pesquisa e o resultado foi bastante semelhante com relação às primeiras posições: Crivella e Garotinho somaram 23% das intenções de voto, contra 18% de Lindbergh, 9% de Cesar Maia e 5% de Pezão.

Na pesquisa encomendada pelo partido de Garotinho, o deputado lidera com 29% contra 20% do bispo Marcelo Crivella; 14% do senador Lindbergh Farias; 8% de Cesar Maia; e 6% do atual vice-governador, Pezão.

Feliciano e Garotinho

As eleições do próximo ano podem aproximar dois personagens políticos que até então, atuavam sob holofotes apenas em questões da bancada evangélica. O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) e Anthony Garotinho estariam negociando uma aliança no estado do Rio de Janeiro.

A informação foi divulgada por Lauro Jardim, no site da revista Veja. Feliciano e Garotinho teriam se aproximado, segundo o pré-candidato ao governo do Rio, porque o pastor assembleiano estaria frustrado com o governador Sérgio Cabral e todo o PMDB, que é da base de apoio a Dilma Rousseff (PT).

No entanto, a justificativa para a aproximação é diferente da parte de Feliciano. O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) teria sido convidado pelo colega parlamentar para mudar seu domicílio eleitoral para o Rio de Janeiro e sair candidato ao Senado com apoio do PR, o que foi recusado pelo pastor.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


23 COMENTÁRIOS

    • oh se merece, esta cidadela dos condenados e um antro de perdição, isto ai e uma Sodoma com Gomorra adma e zenboim as quatros cidades que foram destruídas por causa da perdição, a diferença e que como ela e bem grande tem mais quantidade de Filhos de Deus, os quais deveriam aceitar o conselho de Jesus que diz Sai dela povo meu, o brasil tem muito espaço, os quais em meio aos milhões são muito poucos, pois os verdadeiros são poucos, e deveriam sair desta Gomorra desta Sodoma desta zenboim desta adma, pois no núcleo do centro do inferno e mais ameno que esta cidadela dos condenados, sai dai povo meu diz o senhor corra corra sai sai enquanto há tempo as chamas para este antro de perdição já esta posta a raiz, Clamando se tu estais ai sai dai venha para o interior você terá paz sai deste antro

    • Ainda bem que eu também, pois moro onde o vento faz a curva bem na paz e na tranquilidade, onde todos se conhecem e mesmo que temos diferenças doutrinarias, todos são amigos são solidários são companheiros, como e bom o interior longe muito longe destas cidades sodomaticas,

  1. Ninguém, nenhum outro goverdor do Rio de Janeiro realizou tanto quanto o governador Garotinho: a obra do emissario submarino; estação do Metro siqueira campos ( Copacabana ); estação de Catagalo ( Rosinha ); opiscinão de Ramos; picinão de são gonçalo ( Rosinha ) batalhão de copacabana ; delegacias legal; FarmãcIa popular; restaurantes pupular; café da manhã; casas popular ; cheque cidadão; jovlem pela paz; recuperação da construção naval; asfaltoou muitas estradas; construiu hospitais; escolas; valorização dos médicos; tirou o Rio da falência negociando a dívida monstruósa com os Royalties; estabeleceu calendário para o pagamento dos salários dos funcionários públicos ; pagou os décimos terceiros encotrado atrasados; deu aumentos parcelados em apenas 12; garotinho é um dos poucos polīticos que o povo quer tocar, cumprimentar, abraçar, beijar, fotografar; foi 2 vezes prefeito de campos; dep estadual; secretário de agricultura e se segurança; elegeu Rosinha Governadora no primeiro turno; elegeu a filha dep Claríssa Garotinho; Rosinha é Prefeita de Campos reeleita; garotinho é o deputado mais bem votado do Rio de janeiro e o mais atuante na Câmara; está liderando as pesquisas para retornar ao Palácio Guanabara; Ex-prefeito Saturnino não se elegeu Vereador no Rio, mas se elegeu Senador com Garotinho pelo PSB; Garinho teve 15 milhoes de votos como candidato a presidente; Garotinho governa para todos, mas em especial para os mais pobres e necessitados.
    Carlos Augusto Nogueira –
    meses;

  2. Pegue esses dois, juntamente com toda classe política desse país e joguem dentro de uma privada. São pilantras que provavelmente entupirá o vaso sanitário!!!

  3. Esse tal de rio de janeiro a que puserem o apelido de cidade maravilhosa a qual de longe faz jus a este apelido pois de maravilhosa ela não tem nada. a não ser um antro de perdição em todos os sentidos digno do centro do núcleo do inferno, e os tais cariocas metidos que desfazem de todas as outras cidades do brasil como se esse tal rio de janeiro fosse um anhele que te achas bom, então os mesmo merecem estes políticos, se o tal tramela ops crivela ganhar vai ser bom por demais para os cariocas metidos, porque o secretario de finanças ou fazenda vira importado dos estados unidos, e um homem bastante conhecido no meio da alta roda dos financistas e endinheirado, assim sendo com certeza ele não roubara pois o mesmo e mutio rico e não precisa, ele e um empresário chamado EDIR MACEDO parabéns aos cariocas metidos kkkkkkkkkkkkk

    • Calma aê meu irmão! Agora quem tá sendo preconceituoso é vc. Fala como se o restante do Brasil fosse uma mil maravilhas. Esse sentimento q nutre o seu coração ñ parte de Deus, sabia? Apesar de cariocas, paulistas, mineiros e etc, somos brasileiros, somos irmãos pátreos.

      • Concordo plenamente Irramundo, ele generaliza adjetivos preconceituosos contra milhoes de habitantes nivellando todos por baixo.
        Não é com certeza a atitude digna de um cristão. Isto é tomar o lugar de Deus.

        • Tirando uma casquinha não e Leandro, há seu danado, eu jamais nunca fui e nem sou preconceituoso Leandro, estou somente falando a verdade, se isto ai for uma cidade maravilhosa então o que sera das outras cururuis credo

      • tira dai os crentes verdadeiros, e não sobra nada há não ser perdição, e perdição em todos os sentidos, tira dai os crentes verdadeiramente crentes, e mos tra me o que sobra, ora ora ora ainda queres dizer que nesta cidade esta a paz esta o bom viver esta a união esta os preceitos corretos a que um ser humano deve andar? por bem menos Deus destruiu as quatros cidades, Sodoma Gomorra e as duas cidadelas de adma e zenboim, imagina se Jesus Cristo não tivesse feito o sacrifício, se Deus já não teria destruído este antro, queres por ventura tampar o sol com a peneira? aqui não tem nada de preconceito tem sim a realidade nua e crua

  4. Jornalista afirma que bancada evangélica é a “mais ausente, inexpressiva e processada” do Congresso Nacional. Leia na íntegra
    Publicado por Tiago Chagas em 6 de junho de 2012
    Tags: Bancada Evangélica, Frente Parlamentar Evangélica, Igreja Católica, Igreja Protestante, Igrejas Evangélicas, joel bento carvalho, Política, Protestantismo, Transparência Brasil

    Comentando dados divulgados pelo portal Transparência Brasil sobre a bancada evangélica no Congresso Nacional, o jornalista Joel Bento Carvalho criticou a conduta dos parlamentares religiosos: “Bancada evangélica: a mais ausente, inexpressiva e processada”
    Segundo Carvalho, “fica difícil defender a chamada bancada dita Religiosa ou Evangélica”, com a divulgação dos dados, segundo os quais, os parlamentares da Frente Parlamentar Evangélica constam dos mais faltosos e processados do Congresso Nacional.
    O jornalista afirma que muitos dos parlamentares parecem usar o cargo público apenas para promoção pessoal: “Pelo que se vê a locupletação é ampla, geral e irrestrita. Parecem ter percebido outro veio fácil de enriquecer além da religião. Aliás, não tem nada de evangélica . Evangelizar é o ato de levar o evangelho às ovelhas”.
    Referindo-se às igrejas protestantes tradicionais como exemplo, o jornalista questiona o motivo de igrejas apoiarem candidatos: “Por que essas que são igrejas seculares não entram na política? Por que só alguns pastores das igrejas não alinhadas entram para a política?”, questiona.
    Joel Bento Carvalho afirma ainda que não se deve vincular fé com política: “Qualquer um pode se candidatar a cargos eletivos, mas sem usar a religião. Um religioso verdadeiro mantém distância da política: ‘Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus’. Se não for isso, é falcatrua usando a Religião ou será Deus um pulha também?”.
    Confira abaixo a íntegra do artigo do jornalista Joel Bento de Carvalho, para o portal Luis Nassif:
    Bancada religiosa: a mais ausente, inexpressiva e processada ou será Deus um pulha também?
    Meu Pitaco: Fica difícil defender a chamada bancada dita Religiosa ou Evangélica.
    Pelo que se vê a locupletação é ampla, geral e irrestrita. Parecem ter percebido outro veio fácil de enriquecer além da religião. Aliás, não tem nada de evangélica . Evangelizar é o ato de levar o evangelho às ovelhas perdidas, coisas que só as as igrejas seguidoras de Luthero fazem.
    Por que essas que são igrejas seculares não entram na política? Por que só alguns Pastores das igrejas não alinhadas entram para a política? Qualquer um pode se candidatar a cargos eletivos, mas sem usar a religião.
    Um religioso verdadeiro, mantém distância da Política: Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Se não for isso, é falcatrua usando a Religião ou será Deus um pulha também?
    JBC

  5. Realmente é triste, com todas noticias propagadas pela midia, onde estas servem de parametros, discussoes, motivaçoes e demonstração de poder que antecedem as politicas eleitorais de nosso Estado, mas, o que me chama atenção e numero de evangelicos nesta disputa, nao que devamos deixar de exercer nossa cidadania, aqui faço comentario: “cidadania nao é via de mao unica”.
    Como a politica nos mostra que somos cristao bem distantes, exemplificando; Fulano que apoia beltrano, ciclano e que apoia etc,etc…, e tudo isso, sendo veiculado, imposto e executado em nossas igrejas com voz do ser correto, como correto? se estamos visivelmente separados.
    Lideranças e liderados andando em caminhos contrarios porque? É jogam a responsabilidade para Deus de suas vontades…, precisamos acordar, a mensagem de salvação nos orienta a orarmos por nossos governantes, e nao agruparmos a eles, levando em consideração que
    estas tendencia leva ao desvio do foco da nossa vida que é Cristo e desta forma, consequentemente direcionados a ficarmos distante de Deus. Á orientação de Jesus Cristo para nossa vida é: “Eu Sou o Caminho a Verdade e Vida…”.

  6. Sinceramente, o Rio tá ficando cada vez pior, e para piorar mais ainda, é só votar neste bando que tá aí, Nenhum vale nada, mas os cariocas tem o governo que merecem. kakakakak

  7. Vota no Pezão,então! O C
    abral, patrão do Pezão,,vai passear em Paris.Seus funcionários (da Secretaria de Fazenda),recebem 200 reais de salário-base (nível superior) e 151 reais (nível médio).Tá bom prá você?!

DEIXE UMA RESPOSTA