Cristãos formam exército para defender cidade bíblica do Estado Islâmico na Síria

1

Um exército formado por cristãos da resistência ao Estado Islâmico tem defendido a cidade de Sadad, na Síria, que é mencionada na Bíblia pelo nome de Zedade, e evitado o avanço dos terroristas.

O grupo de defesa militar é formado por centenas de combatentes de diversas regiões da Síria, de acordo com informações reveladas pelo chefe da Igreja Ortodoxa Siríaca.

Embora o Estado Islâmico já tenha conquistado a cidade de Maheen, os cristãos têm vindo a Sadad de todas as regiões do país para evitar que essa cidade também caia nas mãos dos extremistas muçulmanos.

Segundo o Christian Post, Sadad é vista como uma cidade estratégica por ficar em uma estrada que liga Damasco e Homs.


Em entrevista à revista Newsweek, Mor Ignatius Aphrem Karim II, o líder da Igreja Ortodoxa Siríaca, disse que mais de 500 combatentes cristãos têm lutado para manter os militantes do Estado Islâmico fora da cidade.

Ele mesmo é um dos que foram a Sadad para ajudar no combate, e revelou que quando saiu de Damasco, tinha como meta levantar o moral da tropa: “Eles estão sob ataque”, salientou Karim. “[O Estado Islâmico] está avançando em direção Sadad, mas não foi capaz de entrar. Os jovens em Sadad, com a ajuda de alguns grupos armados, foram capazes de lutar para empurrá-los de volta para trás. Eles são ajudados por alguns grupos vindos de diferentes partes da Síria também”.

Além de tentar proteger a capital do país, Damasco, para que esta não caia nas mãos do Estado Islâmico, os cristãos veem na defesa de Sadad um ponto de honra na luta contra os terroristas e extremistas islâmicos, que pretendem ampliar o território de seu califado.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA