Faleceu Luiz de Carvalho, pioneiro da música cristã no Brasil, vítima de AVC

14

O cantor Luiz de Carvalho faleceu na última terça-feira, 17 de novembro, aos 90 anos, na cidade de São Bernardo do Campo, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), sofrido em 27 de outubro último.

Carvalho, que também era evangelista, foi um dos pioneiros da música cristã no Brasil, e marcou o início da modernização da música cristã ao introduzir o violão entre os instrumentos de culto em 1955, quando muitos pastores consideravam o instrumento de cordas “profano”. O cantor também foi o primeiro artista cristão a gravar um Long Play (LP) de 33 RPM (rotações por minuto), e o fundador da gravadora Bompastor.

A saúde de Luiz de Carvalho já vinha debilitada desde outubro de 2014, quando ele sofreu uma parada cardiorrespiratória. Em janeiro deste ano, já recuperado, o cantor gravou um vídeo ao lado da filha, Priscila, cantando a música “Em Fervente Oração”, tida como uma das composições clássicas da música cristã brasileira.

Ao longo dos últimos meses, a família de Luiz de Carvalho atualizou a página do cantor no Facebook, apresentando informações sobre seu estado de saúde, que se mantinha grave, mas estável.


No último domingo, 15 de novembro, a filha do cantor publicou uma foto em que ela, o pai e a mãe estavam de mãos dadas, e na legenda informou que estava feliz por saber que Luiz de Carvalho se mantinha consciente, apesar da dificuldade de falar e abrir os olhos. “

“Papai, mamãe e eu JUNTOS, na saúde ou na doença. Sempre olhando para Cristo, autor e consumador da nossa fé! Aquele que não nos desampara, que nunca falha […] Glórias a Deus nas alturas pelos irmãos que estão nos apoiando neste momento de dor. A decisão dos médicos é não realizar mais nenhum procedimento invasivo, pois isso apenas causará maior sofrimento. Mesmo sem abrir os olhos e sem falar, nosso amado cantor sorri quando pedimos. ‘Pai, dá um sorriso para mim, eu estou aqui com você’. E ele sorri. Este é o meu maior presente. Ele sabe que estamos com ele, que não vamos deixá-lo”, escreveu Priscila.

Dois dias após essa publicação, Luiz de Carvalho terminou sua jornada. “Hoje, por volta das 4:30 da manhã os anjos do céu receberam nosso amado Luiz. Ele descansou. Foi cantar lá no céu. Depois de 90 anos aqui nesta terra, mais de 40 álbuns lançados, 2 DVDs e um livro, Deus o chamou. Sabemos que somos estrangeiros nesta terra. Não devemos esperar que Deus nos poupe do dia terrível e triste, mas jamais devemos duvidar de sua companhia quando esse dia chega. ‘Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração’. 2 Crônicas 16:9”.

A filha de Luiz de Carvalho também destacou a importância que seu pai teve em sua própria decisão de seguir a Cristo, e que o testemunho de vida dele a inspirava: “Luiz foi um homem que deu sua vida pelas outras pessoas. São incontáveis os testemunhos que vemos e ouvimos de pessoas que foram aos pés de Cristo através dos louvores, testemunho e pregações de Luiz. 90 anos, dos quais sua maior parte dedicados a trabalhar por Jesus. Agradeço Deus todos os dias pela vida do meu pai. Ele me ensinou a ser tão apaixonada por Jesus como ele, viver para Jesus”.

O sepultamento do cantor foi agendado para esta quarta-feira, 18 de novembro, às 11h30, no Cemitério Vila Euclides, em São Bernardo do Campo.

Assine o Canal

14 COMENTÁRIOS

  1. Vai deixar muitta, muita saudade, meu caro Luiz de Cravalho. O senhor nos emocionou em cada mísica, cada nota musical nos seus lábios. Agradeço a Deus por sua passagem na terra e ter usado o irmão com um talento sem igual. Os efeitos do seu testemunho na nossa vida e obra musical certamente se perpetuará por muitos anos!

  2. Não há como falar de música sacra no Brasil, sem falar de Luiz de Carvalho. Marcou toda uma geração ou gerações de evangélicos que apreciam a boa música cristã. faltaria tempo ou talvez espaço para escrever as inúmeras canções que foram interpretadas por ele: Rude cruz, Alvo mais que a neve, Rosa Vermelha, A Deus toda Glória, Tocou-me, Quando Jesus estendeu a sua mão, Louvado seja o meu Senhor, etc…Que Deus conforte os familiares.

  3. Foi um grande e inspirado cantor. Muitas vezes ouvi seus hinos desfrutando de grande paz e enlevo espiritual, e ainda os ouço com o mesmo interesse e sentimento.

    Obrigado, Luiz de Carvalho, pela forma tão linda como você levou Jesus às pessoas, cantando do amor de Deus que salva o pecador.

    No dia em que Jesus ressuscitou, você cantou que “o mundo encheu-se de flores”, e eu não tenho dúvidas de que no Céu os anjos te recebem agora com as flores do amor que você teve por Jesus e pelas pessoas.



    Assine o Canal
  4. Um grande cantor e compositor, sempre teve a minha Admiração! Os mais belos hinos que já ouvi foram os que ele cantava…….e que gloriosa sua morada no céu onde continuará louvando o amado Salvador, o Senhor Jesus Cristo!

  5. Desde criança, ouço as músicas do estimado Luiz de Carvalho. Hoje, enquanto leio a notícia acima, me emociono e me vem a lembrança de quando meu pai era pastor em uma igreja aqui no interior do Pará. Na época, não tínhamos televisão em casa e nossa diversão em família era ouvir os LPs evangélicos em uma vitrola vermelha na qual, a parte superior servia como caixa de som. Nosso repertório era bem pequeno e entre os poucos que tínhamos, os LPs de Luiz de Carvalho estavam sempre presentes e ouvíamos todos os dias. Uma das canções que ele cantava, “Tocou-me”, tocou-me por toda a minha vida cristã. E nesse momento estou aqui a pensar que a música evangélica brasileira perdeu um de seus ícones, um homem que cantava com a alma voltada para o louvor e a adoração ao Eterno. Ficamos órfãos! No entanto, tenho uma certeza. Se a igreja perdeu um de seus mais perfeitos adoradores, o céu ganhou um barítono incomparável. Obrigado Luiz de Carvalho, por fazer parte de meu aprendizado cristão. Sei que um dia nos encontraremos e outra vez e terei o prazer de ouvi-lo cantar diante do trono de Deus. Que Deus console o coração da família.

  6. De cantor popular de rádio, convertido a Cristo, passou a dedicar-se exclusivamente ao Seu louvor e à proclamação do Evangelho através de sua bela voz, musicalidade e grande capacidade de comunicação popular. Foi um instrumento de Deus na conquista de vidas para Jesus.

  7. ”…ele introduzir o violão entre os instrumentos de culto em 1955, quando muitos pastores consideravam o instrumento de cordas “profano”. kkkk É por isso que digo que religião deixam pessoas bestas e bobas vivendo prisioneiras de suas crenças e imaginações.

DEIXE UMA RESPOSTA