Brasil

Felipe Heiderich irá responder às acusações de pedofilia em liberdade; Juiz manda soltar o pastor

Comments (1)
  1. clamando disse:

    um dos crimes mais horríveis contra a sociedade termina sempre assimpedófilos entram e saem pelas portas da frente de delegacias e de foruns

  2. Joeci Aires disse:

    Bom,só falta ele dizer que foi ação divina.

  3. É a justiça do homem. A de Deus jamais falhará.

  4. Ela até que teve tranquilidade,eu não responderia por mim se fosse com um filho meu.esse merece não cadeia mas pena de morte.sou cristã mas sou acima de tudo mãe.

  5. Eduardo Dú disse:

    Uai… O Deus em que vocês creem não MANDOU perdoar 70 vezes 7 vezes? Não entendo o discurso de vocês reclamando de suposta justiça ou injustiça.

  6. Eduardo Dú disse:

    Cristã e não respeitaria a ordem do Cristo para perdoar 70 v ezes 7 vezes? Bem o tipinho de cristão que está infestando essa parte do planeta.

  7. asriana disse:

    Esta históriaeestámuito mmal contada! Até se esclarecereé injusto julgar alguém.

  8. Por isso que Jesus morreu por nossos pecados,somos totalmente imperfeitos,não temos nada de bom.

  9. Há um princípio jurídico de que a pessoa não pode pagar duas vezes pelo mesmo crime. Isso é injustiça.
    Por outro lado, é bom que isso aconteça. Quantos bastiões da moral e dos bons costumes não estão praticando o mesmo crime neste momento?
    E assim a hipocrisia evangélica cai por terre. É por isso que eu digo que não me comparo com esses tais convertidos.

  10. Dagmar Sousa Jaworski, deculpe, mas já que se declara cristã, Jesus foi bem claro: "mas vós deveis ser santos, como é santo vosso Pai celestial". Se você é imperfeita, então não é cristã. Muda a faixa do CD.

  11. Não sei se foi ação divina, mas ele é pastor ungido.
    Eu diria que foi "desação" divina, já que o todo-poderoso estava vendo e não evitou que a criança fosse molestada por seu ungido.

  12. Lu Mariano disse:

    Roque Oliveira somos tds imperfeitos!! Perfeição só em Jesus, somos pecadores lutando contra o pecado em busca da santidade, porém "santo" não existe um sequer que seja!

  13. Pena de morte é um pensamento materialista; pois, o simpatizante de tal punição, considera que a perca do direito de continuar neste mundo, representa o maior castigo que um criminoso poderia receber. Quanto engano; uma vez que o criminoso condenou a família da vítima, ao sofrimento perpétuo, pela perda do ente querido ou, no caso do estupro, o criminoso condenou a vítima a passar o resto de seus dias, com a terrível lembrança e marcas do infame acontecimento. Portanto, a punição de verdade seria confinamento numa jaula para sempre. É claro que, no caso do estupro, o criminoso, antes da prisão perpétua, seria devidamente castrado, mecanicamente a sangue-frio, com ampla divulgação. Isso, sim, é punição. Depois dessa, um potencial estuprador iria pensar 346 vezes antes de, se quer, olhar libidinosamente para alguém.

  14. Eduardo Dú se fosse a sua filha ou seu filho será que vc perdoaria ? a justiça vem Deus porém tudo que nós fazemos de errado nested mundo iremos colher lei mais a Bíblia e viva para não se tornar fariseu

  15. Eduardo Dú disse:

    Deiliane Abreu , se eu fizesse ou fizer algo contra o que Jesus determinou vou assumir que não estou agindo como determinado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *