Internacional

Filme sobre Darwin falará sobre fé, ciência, evolucionismo e criacionismo. Veja o trailer

Comments (14)
  1. eliel disse:

    A ciência nunca nôs separará de DEUS , pois ELE é o dono de toda ciência , física , biologia e de todas as outras ciências ! Charles Darwin , apenas se equivocou em suas interpretações , e o mundo decaído tomou éssa teoria como regra , e esta vem influênciando ,esta sociedade que esta carente de Deus !

    pouca ciência nos afasta de Deus , mas muita nos aproxima DELE !
    (Albert Histen )

  2. renato disse:

    O Teoria de Darwin, nos EUA no então do governo de Bush, ele queria implantar esta matéria na grade curricular nas escolas, sobre o evolucionismo.
    Racav2009@gmail.com

  3. Evangelista Junior disse:

    “Como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; E todo aquele que crer nela não será confundido.” Rm. 9:33.

    O ELO PERDIDO – PARTE 1

    Será que nós evoluímos mesmo dos macacos? Será que nós temos mesmo um ancestral em comum? Observando as exposições dos museus de História Natural, achamos que essa quetão foi respondida decisivamente. Mas a pergunta está longe de ser respondida de fato. A representação a que temos acesso, a de que o Homem é descendente dos macacos, é uma mera interpretação dos fósseis encontrados – a interpretação de um grupo de cientistas. Há outras interpretações para os fatos e fósseis encontrados, mas nenhuma delas é encontrada em um só museu do mundo.

    Segundo o modelo da evolução, o Homem e o macaco partilham um ancestral em comum, mas a existência desse ancestral ainda é muito contestada. Por isso ainda se chama elo perdido.

    Quando a teoria da evolução de Darwin foi aceita pela comunidade científica, acreditava-se que no século seguinte, haveriam fósseis o suficiente para provar tal teoria. Os “seguidores” de Darwin, ou os chamados Darwinistas, deveriam provar a verocidade dessa teoria encontrando o prometido elo perdido. Mas parece que “qualquer” elo perdido serve. Volta e meia um esqueleto é encontrado na África e seus descobridores dizem ser o elo perdido. As manchetes de jornal vem e vão e, mais tarde, os ossos são classificados como sendo de Homem ou de macaco. O elo perdido continua perdido…

    Cuidado com o que é exposto nos museus…

    Um exemplo clássico disso, é a famosa história do Homem de Java, descoberto em 1892 por Eugene Dubois:

    – Dubois descobriu um crânio semelhante ao de um macaco muito primitivo e um fêmur a cerca de 10 metros dele. Ele pensou: “obviamente são do mesmo ancestral”.O animal andava ereto como um ser humano e tinha crânio de macaco, então podia ser o elo perdido: o homem-macaco pitecantropo. Os fósseis foram datados de 1 milhão de anos. É importante dizer que a teoria do Homem de Java foi baseada sem nenhuma prova ou estudo científico decisivo, onde os fósseis foram unidos de forma não-garantida.
    Só no final de sua vida Dubois percebeu que o crânio era de um grande macaco, e o fêmur, de um homem. Contudo, o Homem de Java foi exposto proeminente no Museu de História Natural de Nova Yorque até 1984, quando então, foi removido.

    Hoje, museus de todo o mundo expõem modelos de outro esqueleto clamado como sendo o elo perdido: Lucy, a famosa australopithecine descoberta por Donald Johannsen. Segundo Johannsen, Lucy era muito parecida com o Homem, porém, o famoso antropólogo e co-autor do livro Forbidden Archaeology, Michael Cremo, diz que esteve num Congresso de Antropólogos no qual muitos diziam que ela mal se distinguia de um macaco.

    No amor de Cristo Jesus,
    Evangelista Junior.

    Alvarojuniorbm@hotmail.com

  4. Evangelista Junior disse:

    “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.” Rm. 1:21-22.

    O ELO PERDIDO – PARTE 2

    Por mais de um século, estudos de crânios e dentes produziram conclusões não confiáveis sobre a origem do homem. Além disso, a evidência fóssil alegada para demonstrar a evolução humana é fragmentária e aberta a várias interpretações. Evidências fósseis mostrando a evolução de chimpanzés, supostamente os mais próximos parentes vivos dos humanos, são inexistentes.

    Histórias que alegam que fósseis de homens primitivos, parecidos com macacos tenham sido descobertos são exageradas.

    Hoje é universalmente conhecido que o “homem” de Piltdown foi uma fraude, apesar disso, ele esteve em livros-texto por mais de 40 anos.

    Antes de 1977, a evidência para o Ramapithecus era um mero punhado de dentes e fragmentos de mandíbula. Hoje nós sabemos que esses fragmentos foram colocados juntos incorretamente por Louis Leakey e outros de forma que ficassem parecidos com parte da mandíbula humana. O Ramapithecus foi apenas um macaco.

    Descobriu-se que os únicos restos mortais do “homem” de Nebraska eram apenas um dente de porco.

    Quarenta anos após ter descoberto o “homem” de Java, Eugene Dubois admitiu que não era um homem, mas similar a um grande Gibbon (um macaco). Na citada evidência para apoiar essa nova conclusão, Dubois admitiu que retivera partes de quatro outros ossos da coxa de macacos encontrados na mesma área.

    Vários experts consideram as caveiras do “homem” de Peking como sendo restos de macacos que foram sistematicamente decapitados e explorados para a alimentação por homens reais. Sua classificação, Homo erectus, é considerada pela maioria dos experts como sendo uma categoria que nunca deveria ter sido criada.

    Os primeiros ossos dos membros confirmados do Homo habilis foram descobertos em 1986. Eles mostraram que este animal claramente tinha proporções típicas de macacos e nunca deveriam ter sido classificadas como típicas de homem (Homo).

    Os australopithecínios (australopithecines), feitos famosos por Louis e Mary Leakey, são bem diferentes dos humanos. Vários estudos computacionais detalhados de australopithecínios mostraram que suas proporções corporais não eram intermediárias entre o homem e os macacos vivos. Um outro estudo dos ossos de seus ouvidos internos, usado para manter o equilíbrio, mostrou uma surpreendente similaridade com os dos chimpanzés e gorilas, mas grandes diferenças com os dos humanos. Um fóssil australopithecínio – um adulto de 1,05 de tamanho (3 1/2 pés), de braço comprido, de 27 Kg (60 libras) chamado “Lucy” – foi inicialmente apresentado como evidência de que todos os australopithecínios andavam eretos de uma maneira humana. Porém, estudos da anatomia completa de Lucy, não apenas de uma articulação do joelho, agora mostram que isso é muito improvável. Ela provavelmente se pendurava nas árvores e era similar aos chimpanzés pigmeus.(q) Os australopithecínios provalvelmente são macacos extintos.

    Por cerca de 100 anos o mundo foi levado a acreditar que o homem Neanderthal era curvado e parecido com o macaco. Esta crença errônea foi baseada em alguns Neanderthais com doenças nos ossos tais como artrite e raquitismo. Recentes estudos dentários e de raios X de Neanderthais sugerem que eles eram humanos que amadureceram em uma taxa mais lenta e viveram para serem mais velhos que os homens de hoje. O homem Neanderthal, o homem de Heidelberg e o homem Cro-Magnon são hoje considerados completamente humanos. Representações artísticas deles, especialmente de sua porções carnudas são freqüentemente bastante imaginativas e não são suportadas pela evidência.

    Além do mais, as técnicas usadas para a datação desses fósseis são altamente questionáveis.

    …E O ELO CONTINUA PERDIDO…

    No amor de Cristo Jesus,
    Evangelista Junior

    alvarojuniorbm@hotmail.com

  5. Eloise disse:

    eliel, a frase que vc citou é de Louis Pasteur. “Histen” não existe…
    Este filme será interessante. Ele foi realmente um grande cientista, mas seus estudos foram usados pelo diabo para afastar o homem de Deus, trazendo questionamentos sobre a origem do mundo. Na verdade, os cientistas que vieram depois dele é que aprontaram a confusão. Pois tudo que ele provou foi microevolução e seleção natural, conceitos totalmente de acordo com a criação de Deus. O problema foi extrapolar isso para explicar a origem de todas as coisas.
    Mas vamos ver pra conhecer melhor.

  6. Pr. Paulo Cascelli disse:

    Vejo que ainda existem aqueles que se incomodam com opiniões alheias, este homem, simplesmente, usou o que o Senhor deu a todos: o livre arbítrio, a liberdade de expressão, ele verbalizou seu modo de ver e compreender o que estava ao seu redor. Assim como ele existem milhares de pessoas que expõem suas opiniões equivocadas, suas interpretações pessoais e acham que são donas da verdade.
    Tenho certeza que os templos e os púlpitos estão repletos de pessoas com opiniões próprias usando argumentos humanos e terrenos para tentar provar suas convicções espirituais, se esquivando da VERDADE ABSOLUTA DE DEUS, onde não há variação.
    Como Pastor, digo que no tempo certo tudo isso cessará, pois os sinais estão a cada dia mais visíveis e a Escritura está se cumprindo fielmente, assim como está escrito.
    Que cada pessoa use sua liberdade de escolha e medite sobre tudo que anda acontecendo ao seu redor.

  7. Missionária Delair disse:

    Os cientistas podem cavacar a Terra toda, mas jamais encontrarão explicação para o que foi criado pela Palavra e pelo poder de Deus. Mesmo porque tudo já está explicado, na Bíblia!, pelo Criador de todas as coisas, inclusive do homem, do macaco e de outras tantas espécies de seres vivos!

    A teoria da origem das espécies cai por terra e deixa de ser teoria pra ser realidade quando olhamos as maravilhas da Criação de Deus!!!

    Salmos 19:1
    1 OS céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.

    Glórias a Deus!!!

    A Ciência é terrena, a Fé e sobrenatural e eterna!!!

    A Paz!!!!

    http://libertadordeisrael.blogspot.com

  8. Melkes Jr. disse:

    Povo sem lógica.. procurem dentro da história da humanidade e vejam como foi a morte de Charles Darwin.. cara é tão interessando que num dá tempo pra ouvir as besteiras que ele mesmo destorce.. ele morreu com a bíblia aberta no livro de Hebreus.. quem estuda bem sabe disso.. perguntem a alguns professores de história que são ateus.. eles vão dizer. rkskrksrs..! a verdade doi mais quem prova é a história. Ai se alguem tiver dúvida sobre o criacionismo leiam a bíblica vai ser legal o aprendizado.. quem escreveu os livros sagrados foram homens insperidos pelo Espirito Santo.. e não homem que tem sua própria teoria e pensam que nós somos obrigados a aceita-las.. affs..
    Deus tenha misericórdia..
    Amém..!

  9. rossi disse:

    Tenho cá pra mim, que ciência e religião não são de tudo inimigas, a religião tenta entender o criador e a ciência quer expliar a criação, no entanto, tudo o que diz respeito ao veradeiro DEUS criador, só se entende através da fé, Deus e sua criação são soberanos, grandes demais pra serem explicado, ainda que usemos todo o dicionário, não haveriam “palavras” suficientes. Porque as pessoas se preocupam tanto com isto, busquem a salvação e deixem pra ouvir do próprio Deus, como foi o dia em que criou todas as coisas………só isto que desejo, estar lá, a seus pés, a contemplá-lo……………………………

  10. raylanne..Ele vive. disse:

    SAB..A MUITO O HOMEM TEM SE AFASTADO D DEUS…
    ELES BUSCAM NA VIDA COISAS Q NA VERDADE NEM ELES SABEM A RAZAO…
    MAIS UM DIA ELES VERAO Q APENAS CORRERAM ATRAZ DO VENTO..
    PQ O Q ELES MAIS PRECISAM É DA SALVAÇAO EM JESUS CRISTO..

    A HUMANIDADE PRECISA ABRIR OS OLHOS..
    POIS A CIENCIA NUNCA DEIXARAR D EVOLUIR E QUESTIONAR O NOSSO DEUS…
    ..NA BIBLIA DIZ “ORAI E VIGIAI”..
    POIS TEMOS Q ESTAR ATENTOS PARA QUE ESSAS COISAS SUPERFICIAIS NAO VENHA NOS ATINGIR..

    >>SUGIRO ISSI A TODOS NÓS<<.
    POIS JÁ É CHEGADO OS TEMPOS*
    ..QUE DEUS OS ABENÇOE.

  11. ANTONIO CARLOS disse:

    caros,

    o homem faz tanta coisa errada: drogas, bebidas, mortes em estádios, idolatrias, etc, q não dá mesmo de acreditar q é parente do macaco ou até de pertencer ao grupo dos animais. acho q os animais se sentem ofendidos. o q será q a bíblia quer dizer q todo aquele q crer q Jesus é o único e verdadeiro filho de Deus e q nos salvou do pecado deixa de ser criatura e se torna filho de Deus?
    Paz.

  12. eliel disse:

    Eloise !

    agradeço pela correção , a frase é realmente é de Pasteur ! , um dos mais ilustre e famoso cientista .

    agora para me redimir , vai outra frase :

    “A ciência sem religião é “coxa” ; A religião sem a ciência é cega ”
    (Albert Einstein)
    agora com ékuiooooo , rsrssrsrs .

  13. Phellipe disse:

    Lendo os comentários, percebe-se o quanto nossos professores estão deixando a desejar no ensino de Ciências em suas salas de aula. É de surpreender que, dos que comentaram a noticia, a maioria não conhece a teoria da Evolução, repetindo as mesmas frases de quem explicitamente não conhece o assunto, como a famosa e mais repetida frase: “Não viemos do macaco!”

    É, realmente, uma pena!

    Graça e pazzzz!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *