Freira encanta o público e os jurados ao cantar no The Voice da Itália; Assista

28

Na última quarta-feira (19), a participação de uma freira surpreendeu os jurados da edição italiana do The Voice. A irmã Cristina Scuccia interpretou a “No one”, de Alicia Keys e, com sua voz, chamou a atenção de todos os jurados, que se surpreenderam ainda mais quando viraram suas cadeiras e se depararam com ela em sua indumentária religiosa.

O júri do programa é formado por J-Ax, Noemi, Piero Pelù e Raffaella Carrà, e todos viraram sua cadeira, escolhendo a freira para seu time, e ficaram boquiabertos ao perceberem se tratar de uma religiosa. Com 25 anos de idade, Cristina Scuccia é membro das Irmãs Ursulinas da Sagrada Família.

Além de sua performance musical, que empolgou o público e os jurados, a freira chamou atenção também com sua resposta quando questionada se realmente era uma freira e sobre qual o objetivo de uma religiosa no programa.

– Sim, eu sou verdadeiramente uma irmã. Eu vim aqui porque eu tenho um dom e eu quero compartilhar esse dom. Eu estou aqui para evangelizar – afirmou.


Os juízes a questionaram também sobre qual seria a reação dos líderes da igreja católica com sua participação no programa, ao que ela responder afirmando acreditar que será positiva, visto que o próprio papa Francisco, líder da Igreja Católica, convida os religiosos a “sair para evangelizar”.

– Olha, eu não sei, espero um telefonema do Papa Francisco de saudação. Ele nos convida a sair, evangelizar, a dizer que Deus não nos tira nada, pelo contrário, nos dá ainda mais. Eu estou aqui por isso – afirmou a freira.

Visto que todos os juízes a queriam em seus times, a freira escolheu J-Ax como técnico, já que ele foi o primeiro a virar a cadeira em aprovação a sua performance. Ao ser escolhido, o cantor disse que juntos seriam “o Diabo e a água benta”.

– Nós os dois somos imbatíveis. E sabe por quê? Nós somos o Diabo e a água benta. Venha comigo! – afirmou J-Ax ao ser escolhido pela freira.

Assista à apresentação:

Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+

28 COMENTÁRIOS

  1. dividir nosso talento ao evangelizar, que seja para glória de Deus e seu filho o senhor Jesus é muito bem vinda, que não seja para idolatria de maria ou nenhoutro que leve a glória de meu senhor é bem vinda

    • Hum Hum Taquara, tu conheces uma taquara? tu disseste taquara tem alguma serventia a taquara? por ventura podes dizer para nos outros como e uma taquara? poderia descrever de que familia pertence a taquara? poderia dizer para nos outros o que pode se fazer com taquara?poderia porventura um crente verdadeiro ter inveja de uma freira adoradora da maria do catolicismo romano? explica em definição em que poderia um crente verdadeiro ver ou sentir em uma freira adoradora da maria da catolica do qual possa nos outros sentir inveja das tais?

  2. Ja existe vários padres com este jeito de evangelizar, na minha opinião é fogo de palha, dura so um momento e depois acaba não evangelizando ninguem.o padre marcelo não saía do progama da Xuxa e ela continua do mundo, nunca vi ela em igreja nenhuma, haaa mais leva tempo! Sei que leva tempo, mais na minha modesta opinião acho que ela so queria o ibope dele assim como a rede globo também. A rede Globo deu um progama pra ele aos domingos mais foi pensando em seus propios interesses que não quer que os evangelicos seja uma religião dominante no país.

    • pare de ignorância! não fale do que vc não sabe, o padre marcelo é visto sempre nas igrejas e quem ver é quem frequenta, acho que vc não frequenta e deseja ver como?

  3. Esses programas são um porre, fazem sucesso nos Eua e sao vendidos para o resto do mundo que consome todo o lixo americano. The voice brasil, the voice italia, the voice alemanha, the voice israel, the voice nao sei o que.. BB brasil, BB australia, bb toquio… enfadonho..

    • Pq a funçao de pastor não e’ compativel com a de politico, deve-se escolher ou uma coisa ou outra.. Pergunta ao Stardust que ele te explica melhor dentro das escrituras.

    • Ele é político, sim, pois além de chefe de estado é chefe da ICAR.
      E, no caso da igreja ele é religioso, mas tem que ser político tb. A política faz parte de nossa vida, se vc olhar a palavra em si e seu significado etimológico vc entende a política na sua pureza.
      O sistema e os homens corruptos, é que enlameiam a política.

  4. Não é minha intenção julgá-la, mas este “método” de evangelização, utilizado por muitos religiosos, é frágil. Sim, é importante louvar, agradecer, mas isso não é tudo: não sou católico porque ouço as músicas do Pe. Marcelo Rossi ou do Pe. Fábio de Melo (e nem gosto, para ser sincero). Sou católico porque creio que a nossa Igreja foi fundada por Jesus, porque creio que a interpretação católica da fé cristã é a mais coerente. Não me importa se o atual papa é carismático ou não, se a Igreja Católica tem ou não muitos fiéis… sou católico por convicção, e não por propaganda.

    Quanto aos comentários relacionados à suposta “idolatria católica”, só posso lamentar. São ideias compradas e que ferem cada vez mais a unidade que Cristo desejava para a Sua Igreja. Qualquer católico consciente, que estuda o Catecismo e os documentos da Igreja, sabe que isso não passa de um mito que visa engordar seitas proselitistas.

    É lamentável perceber que muitos irmãos evangélicos ainda fazem o que Lutero desejava: contar uma boa e grossa mentira pelo bem da igreja (protestante).

    Paz a todos.

  5. JEAN
    MANCEBO
    DJ 28
    EIS AQUI A IGREJA QUE STARDUST FREQUENTA, E TAMBÉM ONDE ELE AJUDA A FAZER A OBRA, POSTOM SÓ PARA ESCLARECER SUAS PERGUNTAS
    LBV, uma seita que adora Satanás

    Dentre muitas heresias, a LBV afirma que Satanás deve ser amado

    Poucas são as pessoas que ainda não receberam um telefonema da “Legião da Boa Vontade” pedindo contribuição para ajudar obras assistenciais da entidade. Com esta abordagem, a LBV que é uma mistura de religião e
    instituição filantrópica, tem conseguido arrebanhar milhares de contribuintes e adeptos em todo o Brasil, além de propagar sua ideologia ecumênica, que é declaradamente Kardecista.

    O presidente da LBV, José Paiva Neto, prega a paz, amor e fraternidade citando sempre o nome de Jesus. No entanto, o seu discurso é uma apologia das ideologias da nova era, que busca criar um modelo dominador para o
    mundo, prometendo a tanto sonhada paz mundial.

    A LBV com a intenção de divulgar a “religião de Deus”, que foi um idealismo de Alziro Zarur para a instituição, organiza e realiza concentrações onde reúne seus simpatizantes, onde Paiva Neto dissemina suas filosofias religiosas misturadas com suas propostas de assistencialismo.

    Dentre os muitos ensinos blasfemos ensinados pela LBV, se destaca o poema ao irmao satanas. Para Paiva Neto Satanás é um irmão que precisa de perdão e Jesus é um ser evoluído pelo resultado de diversas encarnações até que chegasse à unidade com o Pai. Estas blasfêmias estão registradas em “A Bíblia para o povo” de Paiva Neto e “Livro de Deus” de Alziro Zarur.

    Este poema de Satanás consegue deixar qualquer cristão indignado, veja um trecho dele escrito na Pagina 288 do “Livro de Deus” de Alziro Zarur.

    “Se Deus é perfeito no que faz,
    E nada do que fez ao mal destina,
    Porque odiarmos nós a Satanás,
    Se ele, também, é criação divina?
    E se Jesus nos veio esclarecer
    Que amássemos até o inimigo,
    Por que não transformar num bom amigo
    A satanás, em vez de o combater?
    Amigos meus, oremos por satã,
    Amemo-lo de todo o coração,
    E respondamos sempre com perdão
    Aos males que nos faça, hoje e amanhã.
    E, um dia, todos nós iremos ver,
    Satanás redimido a trabalhar
    Por aqueles que veio tresmalhar
    Dos rebanhos de Cristo, e reviver!
    Porque se assim, amigos, não quiserem
    Aqueles que se chamam cristãos,
    Lavemos, desde já nossas mãos,.Por mim com honra, eu amo a Satanás, Meu
    pobre irmão perdido nos infernos, Com este amor dos sentimentos ternos, Para
    que ele também receba a paz “.

    Nossa intenção em escrever este artigo é mostrar aos amados as filosofias religiosas da LBV. E quero dizer que o Jesus que a bíblia revela não evoluiu por diversas vezes até se unir com o Pai. A bíblia nos ensina que ele é
    Deus, preexistente, eterno e criador de todas as coisas, ele estava no princípio com Deus.( João 1.1 Hebreus 1.8 Cl 2.16). O fato deles ensinarem que Jesus evoluiu vem da crença de que os homens por meio de reencarnações
    posteriores poderão chegar a ser um Deus. Se esta fosse uma possibilidade não havia necessidade de ser anunciada por Deus uma salvação, uma redenção. Ou o homem é salvo por meio de Cristo ou ele terá seu destino eterno bem amargoso e aflitivo com Satanás no inferno. E nos parece que Jesus, aquele que a LBV tem como um iluminado, não é a favor dos ensinos da LBV sobre satanás, aliás, ele nos iluminou acerca do destino de Satanás quando diz que o inferno está preparado para satanás e seus anjos(Mt 25.41) e ainda afirmou isto na revelação do Apocalipse dizendo que o diabo será lançado no lago de fogo e enxofre para serem atormentados para sempre( Ap 20.10).

    Não! Diria os universalistas LBV, Deus é amor. Sim, Deus é amor, mas este não é o único atributo que permeia sua natureza, Ele é também justiça, ele faz também juízo, ele é soberano para dar o destino que merecer as suas
    criaturas e seu amor, quando deliberadamente rejeitado como o fez satanás, dá ocasião à sua justiça.

    Ora, Jesus disse que satanás nunca se firmou na verdade e ele é o pai da mentira ( João 8.44) e a Escritura nos afirmam que quem pensa igual a Alziro Zarur foi cegado pelo diabo(2 Co 4.4) que trabalha para arregimentar a
    humanidade contra Deus.

    Se você for um contribuinte da LBV eu o convido a pensar sobre este teu seu investimento. Você esta ajudando, esta entre outras blasfêmias a serem propagadas, enquanto poderias estar trabalhando pelo reino de Deus. Pense
    nisto.

  6. Lendo as principais comunidades católicas na web e numa análise pessoal a conclusão é que, em primeiro lugar, devo dizer que achei aquilo fora de propósito. Uma religiosa cantando e dançando uma música secular e profana num palco mundano… Imagino o que Madre Teresa diria sobre esse fato. Alguns protestarão afirmando que é um novo modo de evangelizar. Evangelizar? A que preço? Conformando-se ao jeito de ser e às expectativas do mundo? Um famoso religiosos católico de Lisboa diria que o que o mundo espera do consagrado é que ele não se iguale ao mundo.

    Não me admira que os jurados tenham feito aquela cara de espanto. O último tipo de pessoa que se poderia imaginar num palco daqueles é um freira! A prova mais clara dessa incompatibilidade é a cara de susto dos jurados, porque o mundo e os jurados parecem-me representar bem esse mundo, reconhece bem o que é seu e o que não é.

    Interessante também a pergunta de Raffaela Carrà sobre qual seria a reação do Vaticano àquela apresentação. Até na mente da Sra. Carrà aquela performance se opõe ao que se espera do comportamento das religiosas. Qual a resposta da freira? “Olha, não sei, espero um telefonema do Papa Francisco. Ele nos convida a sair, evangelizar, a dizer que Deus não nos tira nada, pelo contrário, nos dá ainda mais. Eu estou aqui por isso”. Será que é isso mesmo que Francisco tem em mente quando nos convida a sair, evangelizar, etc.? Precisamos ter cuidado para não interpretar erroneamente as palavras, senão vamos terminar “evangelizando” no “Rock in Rio” ou na “Parada Gay” de São Paulo, no trio da Ivete Sangalo no Carnaval baiano. na Ssapucaí.

    • Concordo com você, Mauro. Devemos evangelizar segundo os métodos que nos são apresentados nas Escrituras; devemos seguir o exemplo dos santos, que jamais fizeram concessões.

      Estes “métodos” qe são utilizados por muitos religiosos hoje em dia são fracos; não dão o testemunho de sobriedade e santidade, tão caros à fé cristã. Na verdade, creio que este tipo de “evangelização” – pseudo-evangelização, na verdade – não leva as pessoas a Cristo: na verdade, só as afasta.

      A fé católica é a fé do Catecismo, dos Padres da Igreja, dos santos e dos papas. É esta fé que precisa ser pregada.

DEIXE UMA RESPOSTA