Historiador diz que “Jesus nunca existiu” pois escritores da época não o mencionaram

24

Um historiador norte-americano causou enorme controvérsia ao afirmar que “Jesus nunca existiu”. As afirmações de Michael Paulkovich, que ignora a Bíblia Sagrada, levam em conta os registros de escritores contemporâneos a Jesus para dizer que nenhum deles fez menção ao nazareno.

Paulkovich afirma que na época da “suposta crucificação”, 126 escritores deixaram livros sobre assuntos diversos e nunca mencionaram Jesus, e afirma que Cristo pode ter sido “uma invenção” de rabinos da época, que estariam em busca de uma forma de inspirar o povo.

Os registros do Novo Testamento começam numa época em que já havia 400 anos que nenhum profeta se levantava em Israel, desde Malaquias. Nesse período, os judeus estavam sob o domínio do Império Romano.

Na entrevista concedida por Michael Paulkovich ao jornal inglês Daily Mail, o historiador afirma que acha “estranho que [um líder como Jesus é descrito] não seja citado por tantos escritores da época”.


A polêmica ainda aumenta com a afirmação de que o Evangelho de Marcos, escrito pelo discípulo e apóstolo de Jesus, teria sido “editado” para incluir a superação da morte: “Falsificadores acrescentaram depois o conto da ressurreição fantasiosa”, disse Paulkovich.

As afirmações do estudioso vão em sentido frontalmente contrário às narrativas dos quatro autores dos Evangelhos – Mateus, Marcos, Lucas e João – e também do principal missionário da igreja primitiva, Paulo, que narrou ter se encontrado sobrenaturalmente com o Cristo.

Paulkovich adotou a contra-mão das teses defendidas pela maioria dos historiadores, que se referem a Jesus Cristo como um personagem histórico, que era um judeu da Galiléia e teria nascido entre os anos 7 a 4 a.C. e morrido crucificado pelos romanos entre 30 a 36 d.C.


24 COMENTÁRIOS

  1. Esse cara acho que foi Jesus quem escreveu os evangelhos, por isso ignora eles. Mas na verdade foram autores da época de Jesus quem escreveram.

    Muita coincidência 4 pontos de vista, de diferentes datações, falando dum mesmo Nazareno.Sem falar que Lucas, que foi o último a escrever, Jesus já havia ressuscitado, e segundo fontes, ele falou com a própria mãe Dele para redigir, ou seja, só reafirma a existência Dele.

    • O ateu se esquece que a ciência, não tem explicação para tudo, e nem tem previsão de futuro, diferente de livros proféticos, a qual em nossos dias estão se cumprindo a nossas vistas, como não acreditar que exista um ser soberano? Pois se nos não acreditarmos que existe é duvidar que nós não existimos também, tudo que enxergamos, “arvore, animais, o ar, todas as vegetações, o mar as águas, cada um no seu lugar milimetricamente calculado para a existência” como explicar tudo isso? Como a ciência explica tudo isso, por quê o sol não sai do lugar, o que mantém ele parado no seu devido lugar?” e mesmo se a,ciência conseguisse explicar tudo isso não conseguiria explicar onde tudo começou, a origem da vida e nem teria provas, tudo se resumiria em fé, por isso ateu admiro vocês pela coragem de duvidar em um ser soberano, por isso prefiro acreditar em um Deus criador dos céus e a terra e tudo que existe do que acreditar que nós existimos do acaso, do nada, ainda eu afirmo que se vocês vissem Deus iriam querer saber como ele surgiu, mas já aviso a vocês, que Deus é Deus porque ele tem mistério, e não irá revelar a sua glória, por isso que eu acredito e me prosto ao seus pés, assim como os anjos porque ele é todo, todo, todo, todo poderoso, e me trouxe a existência!! Amo muito a Deus e nunca vou duvidar de sua existência, e já ouvi sua voz, então irmãos queridos amem o todo poderoso, porque ele existe, 1.000.000 de % de certeza, perguntem ao ateu e ele não terá respostas, de onde surgiu a vida, como se fez a primeira fonte de poder ? Sei que não tem respostas para isso, assim como não tem respostas como Deus se fez, e também é compreesivo Deus não revelar, pois isso pertence só a ele, por isso eu prefiro acreditar em Deus!!!!!

  2. Todos que fazem parte da história tendem a não se esconder.

    No caso de Cristo, desde o princípio Ele(Cristo) fugiu das luzes dos refletores.

    Desde que centenas de milhares de crianças foram mortas em razão da suposta vinda do “Rei dos Judeus”, fato ocorrido quando bebê, no famoso episódio ligando-o ao rei Herodes, Cristo se fez uma figura escorregadia, seja para resguardar sua vida ou a dos próprios familiares, tanto que quando procurado por sua mãe e seus irmãos, disfarçou dizendo que os que fazem a vontade de Deus é que são seus irmãos.

    O historiador devia saber que em época de exceção, historiadores são calados e terminam se calando quanto a figuras não aceitas pelo sistema.

    Cristo foi morto ao se insurgir contra a instituição religiosa de sua época, o judaísmo, no caso ao ter uma postura agressiva com os mercadores do templo e ao admitir que era Filho de Deus.

    Quanto ao Império Romano, este fez questão de esconder tudo sobre Jesus, pois este via seus discípulos vieram bater em sua porta, tendo matado inúmeros cristãos nas arenas, insegurança que persistiu até um grupo de destes se juntar ao sistema político formando a primeira igreja evangélica, tanto que o império não aceitou que o nome da denominação não tivesse e nem fizesse menção a si, ou seja, teve que se colocar ROMANA.

    Daí em diante tudo procurou esse império esconder quanto ao seu novo líder, inclusive que Ele(Cristo) possuía irmãos para evitar qualquer exigência de coroação decorrente do liame decorrente da consanguinidade.

    A história dos judeus, indaga-se a esse historiador, quem teve interesse em conduzi-la se o dono do mundo, o império, de tanta fúria o incendiou, o riscou do mapa, fez com esse povo fosse debandado no mundo.

    O historiador fala como se Cristo tivesse vivido num mundo democrático igual ao dele, esquece que os judeus foram perseguidos pelos católicos mundo afora sob a acusação de serem familiares dos que mataram o Filho de Deus. Por favor, é de dar pena a ausência de lucidez de quem não deveria ser desse modo em face da formação, historiador.

  3. Todos que fazem parte da história tendem a não se esconder, há exposição sendo fácil historiá-los.

    No caso de Cristo, desde o princípio Ele fugiu dos refletores.

    Sim, desde que centenas de milhares de crianças restaram assassinadas em razão da suposta vinda ao mundo do “Rei dos Judeus”, fato ocorrido quando bebê, no famoso episódio ligando-o ao rei Herodes, Cristo se fez uma figura escorregadia, seja para resguardar sua vida ou a dos próprios familiares. Quando procurado por sua mãe e seus irmãos, disfarçou dizendo que os que fazem a vontade de Deus é que são seus irmãos, como seja precavidamente evitava que eles fossem expostos.

    O ilustre historiador citado na coluna deveria saber que em época de exceção, historiadores são calados e terminam deixando de historiar as figuras não aceitas pelo sistema político e religioso.

    Cristo foi morto ao se insurgir contra a instituição religiosa de sua época, o judaísmo, no famoso caso da ação contra os mercadores do templo e ao admitir que era Filho de Deus. Já quanto ao Império Romano, este fez questão de esconder tudo sobre Jesus, pois sua mensagem, evidente via seus discípulos, veio bater à sua porta, e como consequência assassinato dos cristãos nas arenas.

    Tal insegurança persistiu até um grupo de destes cristãos se juntar ao sistema político, o império romano, que findou por formar a primeira igreja evangélica, tanto foi que o Império não aceitou que o nome da sua denominação não tivesse nome que fizesse menção a si, no caso ROMANA, Igreja Católica Apostólica ROMANA.

    Dessa “conversão” em diante tudo o Império tentou esconder das suas barbaridades contra o seu seu “novo líder”, inclusive que Ele(Cristo) possuía irmãos, modo de evitar qualquer exigência de coroação de seus parentes por força da consanguinidade.

    A história dos judeus, indaga-se a esse historiador, quem teve interesse em conduzi-la se o dono do mundo, o império, de tanta fúria o incendiou, o riscou do mapa, fez com esse povo fosse debandado no mundo?

    O historiador fala como se Cristo tivesse vivido num mundo democrático igual ao dele, esquece que os judeus foram perseguidos pelos católicos mundo afora sob a acusação de serem familiares dos que mataram o Filho de Deus.

    Por favor, é de dar pena a ausência de lucidez de quem não deveria ser desse modo face à formação de historiador.

  4. Esse cara ai e um louco sem credito no que ele disse e mais um ante cristo que aparese querendo denegrir a imagem do nosso DEUS mais so quero diser que isso e mais uma silada do Diabo contra a DEUS o Satanaz sempre vai se Levantar porque Ele sabe que esta chegando a ora para que Ele seje destruido porque jesus esta voltrando em breve e tudo isso vai terminar com a destruiçao do satanaz acusador

  5. Notícias assim como esta vai ser frequente,muitos vão zombar e dizer onde estar jesus que não volta,e os incautos vão acreditar e entrar no embalo deles. somente os escolhidos vão estar esperando jesus até o fim.tou torcendo para jesus voltar no tempo do carnaval.

    • Então, não fale assim, estou torcendo para JESUS voltar no carnaval como se desejasse ver as pessoas padecendo, não é assim que Ele “JESUS” nos ensinou, devemos ser misericordiosos como Ele foi, devemos deixar as 99 ovelhas e correr atrás da única desgarrada, devemos ter compaixão das almas que estão se perdendo, essa é nossa missão, os que cremos e a nos foi revelado, não devemos desejar o mal, e quem separará o TRIGO do JOIO é CRISTO e não nos, “sim” não joguemos as perolas aos cães e não sentemos nas mesas com escarnecedores, porém, devemos entender esta passagens, afinal, o maior é o amor, não sentar com escarnecedores é não praticar suas obras, não jogar perolas aos cães, são para não debatermos com os que adoram satanás e caçoam e zombam da fé, mas, não diz para desejarmos a vinda de JESUS, só para sentir prazer nos incrédulos padecerem, afinal, JESUS morreu para todos, então devemos sentir tristeza porque o fim será triste a estes outros, e devemos amar como JESUS ensinou. Não digo sermos santos, porque isso só Ele é e foi e sempre será, mas, nos esforçarmos para sermos imitadores d’Ele como Ele ensinou e nos exortou a sermos, sim a verdade é para ser dita, mas, a exortação deve-se ser feita com amor. A PAZ de CRISTO JESUS o rei e SALVADOR a todos que assim crerem e receberem. AMÉM.

    • ELDER LIMA
      Existe referencias sim, alguns anos atras foi descoberto documentos romanos, onde um legislador chamado poncio pilatos mencionava a crucificação do sr. Jesus e como ele era inocente, tem muito mais provas pelos historiadores seculares da época, quer dizer se os ímpios registraram.

      • José Carvalho

        Não adianta, para os incrédulos nem todas as provas do mundo seriam suficientes. Por outro lado, quando se tem Cristo no coração, você tem provas de sua existência a cada 0,0000001 segundos!

  6. Se ao inimigo temes combater,
    Se estás em trevas e não tens poder,
    Que a formosa luz de Deus fulgure em ti;
    E serás feliz assim.

    Deixa penetrar a luz!
    Deixa penetrar a luz!
    Que a formosa luz de Deus fulgure em ti;
    E serás felIz assim.
    2
    Se a tua fé é fraca no Senhor,
    E não mostras fruto ou nenhum fervor,
    Que a formosa luz de Deus fulgure em ti
    E serás feliz assim.

    3
    Se na luz estamos, que divina luz!
    Se nos limpa sempre o sangue de Jesus,
    Temos claridade em nosso coração,
    E vivemos nós na luz.

    4
    Se de Deus, o Espírito Consolador,
    Traz a luz do céu, divino resplendor,
    Penetrando Ele, no teu coração.
    Viverás então de amor.

    5
    Se alegre fores à mansão sem par,
    Ó enfrenta as trevas, que vão se afastar,
    Que a formosa luz de Deus fulgure em ti,
    E serás feliz assim.

  7. por quê a raça humana pode viver mais e muito mais nos dias de hoje??? é muito simples!! é por causa da ciência, até poucos dias atrás foi dada uma notícia que pastores norte americanos iriam morrer com o vírus ebola, mas foram levados da áfrica para super hospitais, onde se submeteram a um novo tratamento, e adivinhem?? deu resultado foram curados do vírus ebola, se não fosse a ciência os pastores a essa hora talvez já estariam mortos, então vou ficar do lado desse historiador pois história faz parte de uma ciência humana. jesus foi inventado.

  8. Como se Jesus Cristo nunca existiu?
    O historiador judeu Flávio Josefo descreveu Jesus como um líder e depois crucificado. Ainda mais, existe uma sentença que fora registrado na época a mando de Poncio Pilatos e que esteja no Vaticano.

  9. É impressionante observar que depois de quase vinte séculos, quase todas as palavras de um “suposto personagem inventado” já foram cumpridas diante dos olhos de todos. O restante das profecias está a caminho do cumprimento.

    Talvez o motivo disso seja este:

    “Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar.” (Lucas 21:33)

    Jesus é real, está vivo e muitos podem sentir a sua maravilhosa presença.

    Lutar contra essa verdade é o mesmo que recalcitrar contra os aguilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA