Igreja que acolheu desabrigados é multada diariamente por descumprir regras de zoneamento

0

Fazer o bem, muitas vezes, coloca em perspectiva a necessidade de obedecer às leis ou enfrentar as consequências de transgredi-la. Uma igreja evangélica, colocada nessa posição, decidiu que cumpriria sua vocação – expressar o amor ao próximo – mesmo que isso custasse uma multa diária.

A Victory Church, situada em Dover, no estado de Delaware (EUA), vem sendo multada diariamente por permitir que uma família estacione seu trailer no espaço atrás do templo, no terreno da igreja. O acondicionamento da casa-móvel no local vem sendo considerado uma violação das leis de zoneamento do município.

De acordo com informações do Gospel Herald, o pastor da igreja, Aaron Appling, afirmou que ele e outros líderes da denominação vinham tentando encontrar um lugar para que Alexis Simms e sua filha pudessem posicionar seu trailer há duas semanas, mas o esforço não trouxe resultado.

Alexis é mãe solteira e foi diagnosticada há alguns meses com lúpus. Em decorrência disso, acabou ficando cega, ao mesmo tempo em que está grávida. Ao procurar ajuda na igreja, o pastor e os fiéis disseram que não gostariam que ela continuasse morando nas ruas.


Eles procuraram a Câmara Municipal da cidade e outras entidades, mas não encontraram um lugar para a mulher viver com a filha. Assim, como forma de oferecer um abrigo temporário à mulher, a igreja comprou um terreno situado nos fundos do terreno da igreja e estacionou o trailer no local.

“Queremos dar apoio a elas, porque não há mais ninguém a que faça isso”, disse o pastor. Infelizmente, alguns dos vizinhos da igreja não ficaram muito satisfeitos e reclamaram com fiscais da região, acusando a existência de um terceiro trailer dentro do terreno que a igreja comprou.

A lei municipal define que três trailers em uma propriedade o classifica como área de uso recreativo ou comercial, o que exige da Victory Church uma aprovação prévia para instalação de um terceiro trailer no terreno.

Se a igreja não cumprir esta regra, pode ser multada em valores que variam entre US$ 100 até US$ 1.000. Os funcionários da prefeitura notificaram a igreja na última terça-feira, dando um ultimato para que as regras sejam cumpridas, e deram 48 horas à igreja para a sua defesa explicar por que as multas por violar o código de zoneamento não deveriam ser aplicadas.

O pastor disse que a situação o fez sentir como se ajudar desabrigados fosse algo incorreto: “Quando chegamos a uma solução [para o problema de Alexis], eles responderam a nós com uma multa. Se nós cumprirmos as regras deles, temos de colocar essas pessoas de volta nas ruas. É ruim de qualquer maneira você olhar para esta situação. Nós sentimos que estamos sendo perseguidos por fazer uma boa ação”, lamentou.

Há alguns meses, a denominação planejou construir pequenas casas para os desabrigados, mas o plano também foi recebido com a protestos dos moradores. O pastor comentou em entrevistas que as pessoas na vizinhança não se deram conta do tamanho do problema que envolve os desabrigados. “Estamos descobrindo que eles simplesmente não percebem o quão terrível é esse problema ou o quão grave ele realmente é”, desabafou.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA