Igreja Adventista diz que Zé do Caixão aceitou apelo, mas não foi batizado nas águas

0

A Igreja Adventista do Sétimo Dia se manifestou para pôr um fim na celeuma causada pela divulgação da foto de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, em um culto da denominação.

Toda a polêmica começou quando um pastor da igreja anunciou que o cineasta havia decidido pelo batismo nas águas. Com a repercussão, a filha de Mojica, Liz, negou que o pai tivesse se convertido e que estava indo aos cultos apenas para acompanhar a esposa.

Agora, o assessor de imprensa da Igreja Adventista, Felipe Lemos, confirmou que o cineasta foi ao culto e até recebeu o convite para ser batizado, mas apenas isso: “Mojica está indo a uma congregação adventista. Em alguns cultos, existe um apelo ao batismo, que funciona como um convite, em que é feita uma oração especial a quem se apresenta. Ele se apresentou e recebeu a oração, mas não houve batismo”.

Lemos frisou que “não há interesse da nossa igreja em interferir na vida das pessoas”, e por isso, considera a polêmica encerrada: “Ele será sempre bem-vindo, mesmo que seja só simpatizante, assim como qualquer pessoa. Ele pode estudar a Bíblia conosco e, eventualmente, ir modificando sua vida a partir disso, mas é um processo pessoal. Não estabelecemos pré-condições para receber as pessoas nem nenhuma igreja deveria dizer quem pode ou não frequentá-la”, concluiu.


Ao site Catraca Livre, Liz reforçou o interesse do pai em acompanhar a esposa: “A história deles é muito bonita. Tiveram uma relação há mais de 20 anos, se separaram, e ela esperou meu pai por todo esse tempo porque sempre foi apaixonada por ele. Há dois anos, se casaram. Por ser importante para ela, meu pai vai a alguns cultos. Se fosse qualquer outro casal, não seria estranho, mas por envolver o Mojica, vira um alarde”, finalizou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA