Igreja Presbiteriana pode aprovar mudança constitucional para aceitar o casamento gay em breve

183

A Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos pode estar se aproximando de uma mudança na sua constituição que iria abençoar o casamento gay.

A Assembléia Geral da Igreja votou por aceitar o casamento gay em junho passado, e agora, o próximo movimento deverá ser a conclusão da avaliação da matéria pelos 172 presbitérios para mudar a posição da Igreja sobre o casamento gay.

De acordo com informações do Christian Today, até o momento, a votação foi concluída em 40% por cento dos presbitérios que regem a igreja, com 51 presbitérios votando a favor da aceitação do casamento gay, enquanto 23 votaram contra a alteração constitucional.

Se o cenário prévio for levado em consideração, a possibilidade de aceitação do casamento gay na tradicional denominação protestante é grande.


Caso seja aprovada, a mudança na constituição da Igreja Presbiteriana estabeleceria que o casamento é um “compromisso único entre duas pessoas”, ao contrário da definição que atualmente é aceita e que diz que o casamento é um “compromisso único entre e homem e uma mulher”.

O Charisma News informa que alguns pastores presbiterianos já receberam permissão para celebrar casamentos entre pessoas do mesmo sexo nos Estados norte-americanos onde a prática é reconhecida pela legislação.

A maior abertura à homossexualidade na Igreja Presbiteriana não é recente. Há quatro anos, a denominação passou a aceitar a ordenação de homossexuais para ministérios eclesiásticos, após uma apertada votação.

Divergência

O embate sobre a aceitação do casamento gay nas igrejas norte-americanas é protagonizado por aqueles que que defendem a ideia como forma de legalizar o que já acontece na realidade e por outro lado, pelos que apontam a Bíblia como razão para continuar reprovando a homossexualidade.

O pastor Rob Bell, notório apoiador do casamento gay, disse recentemente que é inevitável que as uniões homossexuais sejam permitidas e reconhecidas entre os evangélicos. “Muitas pessoas [homossexuais] já estão lá [na igreja]. Achamos que é inevitável e estamos a momentos de distância da aceitação da Igreja”.

Já o pastor Woody Butler entende que a aceitação do casamento gay marcará a queda da igreja: “Muito poucas igrejas pentecostais cheias do Espírito Santo abriram as portas para o casamento gay, mas infelizmente algumas já abriram. Para mim, as denominações que fazem isso estão dando um passo para a queda da igreja nos Estados Unidos”, disse o líder da Life Church Charleston, na Carolina do Norte.

183 COMENTÁRIOS

  1. Deve uma novidade solabibliana e/ou inspirada pelo Esp Santo(que so pode ter mudado de opinião) para os presbiterianos dos EUA.

    Que edificante exemplo do grupo WASP( anglo saxão branco e protestante) que governa o mundo.

    • Leandro, não é que houve mudança de opinião do Espírito Santo, mas da percepção da igreja em relação ao propósito de Deus para os homoafetivos. A verdade não muda, sendo apenas a compreensão da verdade que se aprimora com o passar dos tempo e conforme os cristãos vão compreendendo melhor a revelação de Deus. O Senhor quer que os crentes incluam os gays.

        • “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?
          De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele”? (Romanos 6:1-2).

          “Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências;
          Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça”. (Rm 6:12-13).

          • “Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.” 1 João 2:4-5

        • Vamos colocar o texto no seu devido contexto:

          “Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor. Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.”

  2. A decadência da igreja é evidente, a luta de muitos irmãos na história da igreja parece estar sendo em vão, o que achariam dos puritanos nos nossos dias?! O politicamente correto esta destruindo as pessoas nos dias de hoje. O apóstolo Paulo é categorico em dizer “Não erreis…pois não herdarão o Reino.”, isso não é negociável, a grande questão é: Para ter uma maior aceitação do evangelho e para não perder os membros tudo é justificavel e permitido ainda que esteja tudo fora da proposta real do Cristianismo?! Que Deus tenha misericórdia de nós, que possamos ter guarida em Cristo e sua palavra nosso baluarte, pois a tendencia é piorar e muito.

  3. Parabéns a Igreja Presbiteriana pela extraordinária e louvável mudança! É de exemplos assim que as demais igrejas necessitam. Em alguns anos, a maioria das igrejas, compreendendo melhor a Bíblia e a revelação de Deus no tocante a inclusão dos gays na comunidade da fé, dará semelhante passo.

  4. >>> “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne”. (Gênesis 2:24).
    >>> “Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne”. (Efésios 5:31).
    >>> “Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher”… (Mc. 10:7).
    As (ditas) igrejas que aprovarem o casamento contrário a Palavra de Deus, infelizmente estarão negando a fé.
    Os Traços de Caráter Anticristão sinalizam a apostasia nas igrejas evangélicas em todo o mundo.
    Entretanto, sabemos que isso é apenas a Bíblia se cumprindo, pois já foi dito, que haveria homens traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, que teriam aparência de piedade, mas são falsos cristãos. E a ordem que recebemos para o trato com esses enganadores foi;
    “Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. DESTES AFASTA-TE”. (2 Tm 3:5).
    Não esqueçamos que:
    >>> … ”MAIS IMPORTA OBEDECER A DEUS DO QUE AOS HOMENS”. (Atos 5:29).
    E Deus disse:
    >>> “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; ABOMINAÇÃO é”; (Lv. 18:22).

    E apesar dessa passagem estar no VT, essa ordem é uma das cláusulas pétreas da Palavra de Deus e sua validade foi confirmada em;

    >>> Romanos 1: 27-28 – “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, HOMENS COM HOMENS, COMETENDO TORPEZA, e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao SEU ERRO.
    E, como eles NÃO SE IMPORTARAM DE TER CONHECIMENTO DE DEUS, assim DEUS OS ENTREGOU a um sentimento perverso, PARA FAZEREM COISAS QUE NÃO CONVÊM;”.

    Também em;
    >>> 1 Coríntios 6:10 – “ Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os SODOMITAS, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus”.

    É o que diz a Bíblia, e, eu CREIO nela.

  5. Jovanir Santos, com perfil do facebook, comentou acima:

    “Eu vou dizer pra todos, nós podemos mudar a constituição e estatuto das igrejas pra aceitar qualquer lei ou norma, eu quero ver mudar a Bíblia que é a Palavra de Deus, pois Ele mesmo não muda. É por isso que muitos irão escutar aquela frase: Apartai-vos de mim pois vós que praticais a iniquidade. Mateus 6:23.”

    Meu querido, não é a Bíblia que muda, não é a verdade de Deus que se transforma, mas sim a compreensão que o homem tem da revelação de Deus que se aprimora. Quando Jesus disse que tinha muitas coisas para dizer, mas que os discípulos não podiam compreender naquele tempo, ele ilustrou esse fato, ou seja, o fato de que “a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.” Provérbios 4:18

    No coração de Deus há um lugarzinho para cada homoafetivo e ninguém vai tirá-lo de nós.

    • Sandro

      Desculpe, mas outra vez tenho que discordar.

      Sim, no coração de Deus há um lugarzinho não apenas para cada homoafetivo, mas para qualquer ser humano desse planeta, por pior que seja.

      Mas no coração dele, não há lugar para o pecado.

        • Sandro

          Exatamente, mas não podemos esquecer, que o amor de Deus não pode execeder a sua justiça, a maior prova de seu amor foi justamente nos enviar o seu filho para não sermos condenados.

          Por mais que ele nos ame, ele não pode nos forçar ao arrependimento dos pecados.

    • “Meu querido, não é a Bíblia que muda, não é a verdade de Deus que se transforma, mas sim a compreensão que o homem tem da revelação de Deus que se aprimora. Quando Jesus disse que tinha muitas coisas para dizer, mas que os discípulos não podiam compreender naquele tempo, ele ilustrou esse fato”

      Errado Sandro. Veja o texto:

      “Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora. Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir.” – João 16:12-13

      Eles não podiam suportar, pois, o Espírito Santo ainda não havia descido sobre os discípulos, após a vinda dEle não houve mais nada em oculto quanto à revelação de Deus. E este mesmo Espírito inspirou Paulo em sua carta aos Romanos. Queira você ou não.

      Uma coisa é inclusão dos gays, não sou contra, a igreja é para todos, e nela habita todos os tipos de pecadores, pois, Jesus está edificando à sua igreja, como um mestre de obras pega os materiais brutos para esta edificação, trabalha os mesmos, une-os, até que formem um edifício bem ajustado sobre o fundamento que é Cristo. Ou seja, estamos em aperfeiçoamento e nele incluem-se todos, os mentirosos, adulteros, gays, viciados, iracundos, maldizentes, etc, etc, etc.

      A igreja que não aceita ou expulsa um homossexual como no seu caso não entendeu o evangelho, porém, a igreja que corrobora com um comportamento pecaminoso relativizando-o incorre no mesmo erro.

      Seja homem (no sentido amplo e não na sexualidade), ao invés de render-se à carne renda-se ao criador. Todos nós temos nossas lutas, uns mais outros menos, porém, o vencedor busca vencer a carne e render-se ao Espírito e isto vale para todo e qualquer comportamento carnal, não só ao homossexualismo. Uns são alcoolotras mas se dominam, outros viciados em pornografia mas se dominam, e por aí vai. A questão não está no desejo mas na ação.

      Também tenho minhas lutas mas ao invés de sucumbir a elas, torcer as escrituras, e levantar uma bandeira de aceitação à minha prática tento dominá-la dia a dia, não na minha força, mas apegado à graça busco em Deus dia a dia a sua santificação, pois é Ele quem a opera em nós.

          • “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?
            De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele”?
            (Romanos 6:1-2).
            Assim como todo o rol de pecados listados na Bíblia, o seu sentimento por outro homem também é pecado. Quem diz ser um cristão verdadeiro, de maneira nenhuma viverá na prática do pecado voluntariamente, é verdade que todos pecamos diariamente, mas se esse pecado se tornar uma rotina e não houver arrependimento, coração contrito, infelizmente o fim será triste.
            “Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados”, (Hebreus 10:26).
            Não podemos relativizar a Palavra de Deus para que atenda as nossas concupiscências.
            “Não deis lugar ao diabo” (Efésios 4:27 ).

      • “Ou seja, estamos em aperfeiçoamento e nele incluem-se todos, os mentirosos, adulteros, gays, viciados, iracundos, maldizentes, etc, etc, etc.”

        Parei aqui, pois não é cristianismo misturar os homoafetivos a tudo que não presta, como você fez. Você, Marcos Oliveira, é um mais um fariseu hipócrita e cínico.

        • Incluiu os homoafetivos no meio de tudo que é comportamento de desequilíbrio, imoral e inaceitável no cristianismo, mas, esperto como uma raposa, aquela velha raposa chamada Caifás, mas não incluiu a palavrinha “heterossexual”.

        • Sandro,vou reler o texto de Marcos Oliveira.Não é à to que você o chamou de fariseu hipócrita.Segundo o Professor de História Alexandre
          Machado, o Marcos é o pior dos piores,ou seja,mais nocivo que o dell e
          os demais fanáticos que comentam no site,só que eu não consigo ver o
          ranso ruim que os fariseus nele,por enquanto,m
          as estou em análise,e a minha resposta será bem dada,de desmascarar mesmo.

          • Janio, já reconheci na igreja duas formas de abordagem contra os gays: uma explicitamente agressiva e que,por isso mesmo, é repudiada; outra, porém, é muito perigosa em face de sua dissimulação, pois, com lábia falaciosa e argumentos que aparentam amor pelos gays, seduzem incautos para o mesmo fim dos agressivos, ou seja, nos excluir.

        • Pode não ser o se “cristianismo” mas é o Cristianismo bíblico que categoriza a homossexualidade como pecado tanto quanto os demais citados.

          Infelizmente todas as vezes que um longo texto é exposto a você como eu fiz, o Wagner e muitos outros, você fica procurando alguma brecha para desqualificar o conteúdo inteiro do que foi colocado.

          Se você quer viver sua vida se esquivando não é problema meu. É triste ver em seus comentários algo totalmente perceptível que é a sua busca desenfreada em buscar apoio ao que você acredita como certo.

          Deus criou o homem à sua imagem e semelhança, você tem feito o contrário e busca criar um deus à sua imagem e semelhança, ou seja, um que concorde com o Sandro e que tenha o mesmo pensamento. Com certeza você já encontrou, pois, o que não faltam são deuses, mas Deus só há um.

      • Marcos Oliveira:

        “Seja homem (no sentido amplo e não na sexualidade), ao invés de render-se à carne renda-se ao criador.”

        Render-se à carne? Você sabe o que é amar uma pessoa e viver com ela há vários anos, morando sob o mesmo teto, rindo e chorando juntos, cuidando um do outro, viajando um como o outro, fazendo planos para até quando a velhice chegar? Você sabia que amo meu namorado e vou me casar com ele? E você vem agora falar em “render-se à carne”? Esse é o problema com vocês, evangélicos: vocês não enxergam o ser humano que há nos homossexuais, vocês só nos enxergam como seres perversos, promíscuos, criaturas bizarras e enlouquecidas por sexo. Triste, muito triste!

        • Sandro minha pergunta é: Você compreende o que você é na essência???

          O homem não é o seu corpo, ou sua alma (sentimentos). Se você ler em Lucas 16 onde Jesus fala sobre a parábola do rico e lázaro, após a morte dos dois, Jesus narra que o rico vendo lázaro pediu para que ele molhasse a ponta dos dedos e refrescasse a sua língua.

          Do que Jesus fala nesse verso: olhos, lingua, dedos??. Eles já estavam mortos! Não era do corpo carnal e sim do espírito (parte eterna que nunca vai deixar de existir). O cristão não vive conforme o que os seus 5 sentidos passam de informação para seus sentimentos. O seu corpo te dá consciência de tudo que está ao seu redor e você compreende e interage com o derredor seu, através dos seus 5 sentidos (tato,paladar,audição,olfato,visão), mais não é isso que define o que o cristão vai ser!
          O que define a vida do cristão é o que Deus (Fé) diz sobre esses assuntos. A questão da imoralidade sexual Sandro não é de hoje, por falar que o assunto é contemporâneo, e que a igreja é atrasada. Se vermos a historia desde a igreja primitiva, veremos os apóstolos levando o evangelho em várias cidades (Éfeso por exemplo) e pregando sistematicamente contra toda e qualquer imoralidade sexual.

          Qualquer igreja pode mudar seu estatuto e com certeza essas pessoas o estão fazendo isso, vão achar explicações até bíblicas para isso, mais a verdade de Deus não se muda.

          O fato que importa Sandro é um só: ” quando temos Jesus, deixamos para trás tudo que o mundo nos oferece de prazeres provenientes do pecado, pois ESCOLHEMOS amar mais a Jesus do que o pecado”.

          • Meu caro Jean Marcelo, o seu equívoco é ver a homoafetividade apenas do ponto de vista da sexualidade e, mesmo assim, de forma deturpada.

            Quando falo de homoafetividade, não falo apenas de sexo, muito pelo contrário, pois esta é a parte, digamos, mais pequena do ser. Falo de amor, de companheirismo, da união entre duas pessoas que se amam.

          • Esse tema Sandro é muito complexo para se resumir em poucas palavras, mais tentarei fazê-lo.

            O ÚNICO propósito de Deus na criação de Deus para Adão e consequentemente a humanidade, foi de gerar outras pessoas para que a família de Deus aumentasse sobre a terra. Nesse propósito Deus colocou homem e mulher. O relacionamento entre duas pessoas de sexo diferente proporciona isso. Não é só questão de sexo realmente.

        • Nossa,Sandro,como o Marcos Oliveira é preconceituoso e homofóbico.A máscara dele caiu,sim.É mais um fariseu de plantão menos fanático por
          ser culto e mais sofisticado.A essência é a mesma.Conheço vários casais
          gays homens que estão juntos a mais de 40 anos com amor e fidelidade.É
          que se amam,envelhecerão e morrerão juntos,só a morte para separá-los.O Marcos acha que essa condição de vida num gay é carnal.Quer
          que o gay vire um paulo de Tarso.É uma condição de vida igual ade um
          homem e mulher.Os relacionamentos gays são menos porque não tem
          Leis para uní-los.Já os héteros são protegidos por Leis para que o casamento seja para sempre.

        • Render-se à carne?

          R: Seu conceito de carne é diferente do meu.

          Você sabe o que é amar uma pessoa e viver com ela há vários anos, morando sob o mesmo teto, rindo e chorando juntos, cuidando um do outro, viajando um como o outro, fazendo planos para até quando a velhice chegar?

          R: Claro, sou casado a 13 anos.

          Você sabia que amo meu namorado e vou me casar com ele?

          R: Isto é problema seu e dele. Só acho que seu conceito de amor também é diferente do meu.

          E você vem agora falar em “render-se à carne”?

          R: Mais uma vez seu conceito de carne é diferente do meu.

          Esse é o problema com vocês, evangélicos: vocês não enxergam o ser humano que há nos homossexuais, vocês só nos enxergam como seres perversos, promíscuos, criaturas bizarras e enlouquecidas por sexo.

          R: Mais uma vez seu conceito de carne é diferente do meu.

      • Ótima Colocação Marcos,

        está na hora de acabar com esse argumento de quem está na igreja é porque se acha santo! Essa fala é recorrente por pessoas que defendem que o homossexualismo. Vemos as chamadas igrejas INCLUSIVAS, que nada mais é do que um local onde pessoas se reúnem para “encaixar” Deus na sua vontade e não abandonar o pecado e se rende à vontade de Deus.

        A igreja que é chamada de fundamentalista, radical, nada mais é do que um grupo de pessoas que se reúnem e são confrontadas todos os dias no seu modo de vida, no seu modo de agir, onde sempre o Espírito Santo está nos convencendo a abandonar nossos pecados, pegar nossa cruz (renúncia das nossas vontades carnais) e seguir a Jesus.

        Na igreja não existe nenhum santo, pelo contrário está cheio de pessoas que estão convencidas que precisam da graça, do amor de Deus que só o arrependimento e confissão de pecados e consequentemente abandono, será a solução.

        • Jean Marcelo,igreja fundamentalista não existe,mas seita,vá pregar suas
          heresias no Estado Islâmicos.A fé deles é fundamentalista que você tanto
          defende,vá,leva sua laia,sua lacraia,seu asseclas e não voltem mais.Na
          religião dominante daqui,quem domina é o ESPÍRITO SANTO DE DEUS sem fazer morada em corpos humanos sujos,e por isso há LIBERDADE.Em sua seita do jugo pesado e das hipocrisias,não existe
          luiberdade e nem respeito pelas pessoas,mas,sim,falsos crentes possessos
          se achando santos dos santos,ungidos, se sentindo estrelas,mas todos com
          maus testemunhos de vida,sem amor ao próximo e nem convertidos são,são convencidos e,por isso são FARISEUS.

          • Jânio Manoel Santana, você esta descontrolado!

            Você viu em meu comentário alguma sugestão de usar por acaso os expedientes que Estado Islâmico usa?????. Por favor, não seja trágico.

            Se você quer falar do Espírito Santo, complete qual é o propósito que Ele veio para habitar no ser humano que nasceu de novo. Jesus mesmo disse em João que quando o Espírito Santo viesse, convenceria o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Se o Espírito Santo habita em qualquer ser humano é com propósito que Ele o faz!

            Se você não entendeu meu comentário, vou DESENHAR para você:

            1 – Igreja inclusiva = Igreja que tentar adequar o relacionamento com Deus sem largar o pecado.

            2 – Igreja que É CHAMADA de fundamentalista = Igreja que é confrontada nos seus pecados pelo próprio Espírito Santo e chamada a viver uma vida santa.

            Não venha estabelecer rótulos com essa fala DECORADA de fundamentalista,não!.

            E outra coisa intolerante é VOCÊ que não suporta uma opinião divergente da sua e baixa o nível dos comentários!. Se você não buscar SANTIDADE, é um problema seu. Se VOCÊ não quer entender que o que a Bíblia diz que é PECADO, é pecado , é um problema seu!

          • JEAN MARCELO,no Brasil existem 115 mil placas de seitas.Por favor,
            cite pelo menos o nome de uma que seja santa,pura e perfeita.Mas
            seja sério,imparcial.Todas se desviaram seguindo as falsas doutrinas
            do falso profeta balaão e das setes igrejas do Oriente que,aos poucos
            foram sendo destruídas e nem existem mais.Se você defende o fundamentalismo,sucesso.Quando você pecar com as mãos,corte-as;quando pecar com os olhos,fure-os,vá em frente,seja um fanático fundamentalista.Você,na verdade é um fariseu fanático,homofóbico e um poço de hipocrisias.Seu comentário é um
            lixo.Fanático,lunático…Vá ler a Bíblia e pare de usar frases soltas
            e isoladas que a convém.Poço de heresias.

    • Provavelmente você não vai ler todas as passagens por mim postadas, pois a maioria das pessoas preferem ir pelo que ouvem do que ir buscar direto na fonte, você não é o primeiro e nem será o ultimo e eu também já fui assim.

      O que eu quero é que você entenda e que a condenação é pra todos que amam e praticam o pecado seja ele hétero, homossexual e por que não dizer, muitos que estão dentro das igrejas disfarçados de ovelhas e são lobos espreitando sua presa e se dizem crentes.
      Se você querer tem uma infinidade de passagens que me mostraram a verdade e abriram meus olhos.
      Esta passagem bíblica está no livro de Romanos capítulo 1:18-32

      18 Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.
      19 Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
      20 Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
      21 Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
      22 Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
      23 E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
      24 Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
      25 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
      26 Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
      27 E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
      28 E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
      29 Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
      30 Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
      31 Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
      32 Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

      Gálatas 5:16-21
      16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
      17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
      18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
      19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
      20 Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
      21 Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
      1 corintios 6:9,10
      9 Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,
      10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
      11 E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.

  6. Lucas Santiago Garcia, comentou no espaço acima de nós, os anônimos:

    “O que dizer…. Se isso acontecer é um passo para o retrocesso, é o fim da igreja de Cristo como conhecemos!”

    Meu querido, isso jamais é um retrocesso! Muito pelo contrário, pois se trata de um avanço, da mesma forma que significou um avanço quando os negros passaram a ter o direito de ser tornarem evangélicos, muito embora tenha sido grande o número de evangélicos que, brandindo a Bíblia na mão, citavam, aos berros e gritos, nos EUA, versículos bíblicos em apoio da escravidão.

        • A Bíblia não diz que é errado ser negro, nem foi sobre isso que falei. O que abordei, estabelecendo comparação, foi a mudança de visão da igreja sobre o negro como escravo, e, agora, do homossexual como pecador. Entendeu, Dias?

          • Não havia apenas escravos negros nessa época e estudamos em Filosofia da educação que em determinados lugares e épocas ,embora a escravidão ferisse a ética ela era moralmente aceita; e Paulo não seria capaz de sozinho mudar o sistema de escravidão vigente em seu tempo. Quanto ao homossexualismo ele permanece sendo pecado pois não é simplesmente uma visão da igreja e sim valores e leis divinas e embora a sociedade atual queira relativizar,ainda se constitui em pecado para Deus.

    • Sandro

      Que comparação mais sem pé nem cabeça,comparar negro com gay?

      Negro é uma raça homossexualidade é um pecado.

      Alem de gay é burro.

      Já pegou aids no cérebro?

          • Leia o texto de novo, ou terei de concluir que você é um estúpido.

            Mas, considerando sua limitação intelectual, cognitiva, aí vai:

            A igreja que antes condenava os negros à escravidão, inclusive citando a Bíblia para fundamentar essa visão ou posição, reviu sua equivocada interpretação dos textos paulinos sobre a escravidão e evoluiu para incluir os negros. A mesma igreja agora esta revendo sua visão sobre a homoafetividade e incluindo os homoafetivos. Entendeu, néscio? Espero que sim, pois não me é possível desenhar para você entender.

      • Gay é pecado apenas para quem crê na religiosidade judaico cristã.

        Para nós que estamos fora desse nicho, é uma orientação sexual ou condição sexual, tanto quanto qualquer outra.

        Sou descrente hétero e uma das coisas que mais odeio, são descrentes homofóbicos. Para mim, é contraditório pq a homofobia tem origem na religião judaico cristã.

        Como um descrente, pode ter uma conduta de origem religiosa?

        Não gosta da homossexualidade? Blz. Não quer para si? Tudo bem(eu mesmo não me imagino com alguém do mesmo sexo). Mas temos que respeitar.

        • Slash, se pessoas como você estivessem na igreja, haveria nelas uma revolução.

          É triste perceber que as igrejas, por sua visão limítrofe e preconceituosa, mais afaste do que inclua pessoas inteligentes em seu meio. É que o ignorante orgulhoso, pedante e arrogante, não suporta o homem inteligente, sábio.

  7. Artigo 226 da Constituição Federal de 1988
    Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.

    3º – Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento. (Regulamento) ou seja, aberração gay não casa se junta e forma dupla que só serve pra espalhar doenças, envergonhar a familia e desgraçar a sociedade.

    • A Constituição reconhece, MAS NÃO LIMITA, a união estável entre homem e mulher, ou você acha que os Ministros da Suprema Corte, os guardiães da Carta Magna, que aprovaram por UNANIMIDADE a união civil homoafetiva, poderiam ter cometido um erro tão grande?

  8. A função da igreja é alertar o homem do pecado e lhe mostrar que Cristo é a única salvação, e o que estou vendo são “igrejas” que estão sendo CONIVENTES E INCENTIVADORAS DO PECADO!!

    o

  9. A função da igreja é alertar o homem do pecado e lhe mostrar que Cristo é a única salvação, e o que estou vendo são “igrejas” que estão sendo CONIVENTES E INCENTIVADORAS DO PECADO!!

    O que Cristo quer, é o pecador, e não o seu pecado!

      • Sandro

        Gigamos que a “função” de Cristo seria e é, justamente fazer essa separação, nos deixando “isentos” de qualquer condenação.

        Mas isso apenas se nos arrependermos e deixa-lo ser senhor de nossas vidas.

        • Penso que Cristo nos salva apesar de nossos pecados, até porque, como disse Isaías, a nossa justiça é como trapos de imundícia (Isaías 64:6), o que não significa sair por aí fazendo o mal com a suposição de que não nos trará consequências. Mas, realmente não é possível viver sem pecar. Todos os dias pecamos, pecamos por ação e omissão, pecamos por pensamentos e pecamos até sem saber que estamos pecando. É claro que, através da reforma íntima e com a ajuda de Deus, vamos procurando, dia após dia, ser melhores do que fomos ontem, mas isso não nos tornará imunes ao pecado. Sabe. Elder Lima, algo que me marcou muito dolorosamente, e ainda hoje me causa dor, é que eu fui excluído porque, segundo o entendimento da igreja, como gay eu não poderia permanecer na igreja. Ora, mesmo que fosse pecado ser gay, ter um namorado e viver com ele, isso, no meu entendimento, não seria motivo para eu ser expulso, e por várias razões, dentre as quais a de que todos pecam e nem por isso todos são expulsos da igreja, e também porque não é expulsando um pecador da comunidade da fé que você o atrairá para Cristo. O fato é que a igreja é tremendamente injusta e seletiva em seus julgamentos e sentenças; a igreja não é amorosa, compassiva e inclusiva, e o senso que ela tem de justiça, assim como o zelo sem entendimento com que lida com os homoafetivos, são iguais aos dos antigos fariseus. Deste raciocínio não há como escapar.

          • Sandro

            Eu compreendo, e realmente lamento muito.

            Nas palavras de Paulo: “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias virão tempos difíceis;
            pois os homens serão amantes de si mesmos, avarentos, pretenciosos, soberbos, maldizentes, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios,
            sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem,
            traidores, insolentes, presunçosos, amando mais os prazeres do que a Deus,
            tendo a aparência de piedade, porém negando o poder dela. Foge também destes homens.”

            2 Timóteo 3:1-5

  10. HAJA COVARDIA destes que se auto intitulam presbíteros, eles criaram suas próprias leis, e nem se importam com a lei de Deus, o que importa é o plano de Deus para tornar uma sociedade perfeita, o que desejo de Deus é que todos os pecadores venham a si arrepender para que tenham direito à salvação para a nova terra. REPEITO OS GAYS, MÁS, QUE SE CONFORMEM APENAS COM O CASAMENTO CIVIL(LEI DOS HOMEM) O CASAMENTO NA IGREJA É PARA AQUELES QUE RESPEITAM AS LEIS DE DEUS. Esses covardes estão aceitando essa aberração para ganhar mais membros para suas igrejas, eles não se importam em converter as pessoas de seus erros. GAYS, o desejo de Deus é que vocês se arrependam de seus erros, não tentem mudar a lei de Deus.
    ESSE É O RECADO DE DEUS:
    “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)
    “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9)
    CONTINUEM TENDO ESPERANÇA NA SALVAÇÃO ETERNA, CRISTO VAI VOLTAR. LUTEM CONTRA ESSES DESEJOS PECAMINOSOS.

  11. Bom, gostaria de dizer uma coisa sobre isso.

    Quem me conhece, sabe que sou LAICISTA e portanto, defendo o casamento gay no CIVIL ou seja no CARTÓRIO, por achar que a igreja não tem autoridade nenhuma para impor qualquer restrição ao estado. O estado deve ter autonomia para fazer o que julga correto ou pelo menos, deveria ter.

    Já para o casamento religioso, digo que É LIVRE DECISÃO DE CADA PADRE, BISPO, PASTOR e etc… . Pq isso? Muito simples. Tal como não aceito a igreja importo qualquer coisa ao estado, não acho correto que o estado venha a impor qualquer coisa a IGREJA(espaço religioso). Ou seja, ao estado não cabe obrigar igrejas a casarem gays ou a impedi-las, se assim elas por livre vontade, desejarem.

    E acho que nós, pessoas fora da religiosidade, não devemos criticar ou apoiar os presbiterianos. Pessoas religiosas, essas sim podem pq é um assunto exclusivo da religião.

    • Muito bom seu comentário, Slash. Faço, porém, uma observação no sentido de dizer que nunca foi intenção do Estado interferir na religião, seja cristã ou não, para impor o casamento gay.

        • Veja, Clamando, um exemplo de casamento gay. Observe o carinho, o respeito, a dignidade, os noivos, a família e os amigos reunidos em simplicidade e amor:



          Assine o Canal
          • clamando,zezé,lulala,luciano,dias,ta serto,cesar7 e outras lacraias de
            seitas fanatizadas:Assistam um casamento gay em igrejas e cortem os
            pulsos fariseus podres e hipócritas.Você não são nada,não apitam em nada e não mandam em nada( digo as seitas de vocês) e por
            isso viva o casamento e a família e o amor incondicional de JESUS.
            Pois o amor por interesse não é amor,é calculismo,é hipocrisias.

          • Luciano ,clamando e seu grupo de fariseus fanáticos:Cuidado, quando assistirem ao vídoe do casamento gay, para não manifestarem com
            espíritos zombeteiros e enganadores possessos de ódios,pois estes
            espíritos enganadores fazem parte de vocês,estão dentro e vocês,
            enganando-os,e vocês acreditando que são santos,puros e perfeitos,
            seus fariseus de lixos.

    • veja slash
      o próximo passo depois de aprovado o casamento gay, eles mentem quando dizem que não querem casar na igreja.
      Após a recente aprovação do casamento gay pelo parlamento britânico, um casal homossexual foi à Justiça solicitar que as igrejas cristãs do país sejam obrigadas a celebrar cerimônias de enlace matrimonial de pessoas do mesmo sexo.

      • olha eles ai novamente.
        Um casal gay milionário entrou na justiça para processar a decisão do governo no Reino Unido que permite as igrejas decidirem se irão ou não celebrar o casamento de pessoas do mesmo sexo.
        Os homens querem que o governo obrigue as igrejas a realizarem essas uniões, já que o casamento civil já está autorizado.
        Barrie Drewitt-Barlow disse que ele e seu companheiro têm o direito de “utilizar a igreja que querem” casar, já que eles frequentam uma paróquia.
        “Não é uma reflexão sobre a nossa igreja local, que tem dado todo apoio para nós. O fato é que entendemos que as suas mãos estão atadas por um grupo maior de pessoas dentro da igreja”, disse ele.
        Drewitt-Barlow diz que não se sente bem ao levar os cristãos para o tribunal, mas ele entende que este é o único caminho para que a igreja aceite celebrar seu casamento.
        Quer pregar b
        Tony, parceiro de Barrie, quer um casamento grande “com tudo que tem direito”, mas está disposto a esperar a decisão da justiça. “Isso me incomoda muito, pois eu quero muito uma cerimônia grande, com tudo que se tem direito. Eu só não vejo que isso acontecerá de imediato.”
        Quando o Parlamento britânico legalizou o casamento gay, deixou a Igreja da Inglaterra fora da obrigação de realizar a união entre pessoas do mesmo sexo. A princípio a igreja realizaria cerimônias, sem usar a palavra “casamento”, mas uma recente reunião de clérigos resolveu não celebrar esse tipo de união.

      • clamando burro,casamento em igrejas já existem,falta ficar normal,popular,ter LEIS,só isso.pode dar os seus ataques de pelancas,você passa,vai para o inferno
        levando todo o seu ódio e tudo de ruim dentro de você e os gays continuam,e só
        DEUS tem poder para destruí-los,mas parece que DEUScada vez mais abençoa
        esta população,por esta ser a que mais sente compaixão pelo próximo de um
        modo geral para não generalizar.

    • Ai já é besteira.

      Se procurarem uma igreja inclusiva, tudo bem. Mas já que vc citou um exemplo onde querem obrigar o estado a impor algo as igrejas. E é um exemplo váido.

      Vou citar um exemplo oposto, onde a igreja quer restringir as ações do estado. No caso, o exemplo é do nosso próprio país onde a bancada evangélica move mundos e fundos para impedir que CARTÓRIOS casem duas pessoas do mesmo sexo.

      Ambos os casos, errados. Ambos os exemplos, vão contra os princípios do Estado Laico.

      • SLASH
        VC. SABE QUE UMA PORTA BERTA DA DIREITO A ABRIR OUTRAS DEVERIAM ESTAR SATISFEITOS EM TER SEUS DIREITOS RECONHECIDOS, NA UNIÃO ESTAVEL, MAS NÃO QUEREM CASAR NO CÍVIL E DEPOIS SERÁ NA IGREJA UMA COISA PUXA OUTRA, ASSIM COMO CLODOVIL ERA GAY ASSUMIDO E RESPEITADO, TEMOS JEAN WILLYS UM DEPRAVADO, QUE NA CONTRA – MÃO DA FAMÍLIA FECHA AS PORTAS PARA VCS.

        • Clamando

          O problema com a União Civil estável é que ela é difícil de se obter. Por isso que o casamento civil é necessário.

          E eu já falei que não sou homossexual.
          Só que não compactuo com a homofobia evangélica. Alias, eu não concordo com nada que os evangélicos façam. Malafaia é um DEMÔNIO que só está pregando o ÓDIO na nossa sociedade e nos colocando uns contra os outros.

  12. Deve-se destacar que este é apenas um ramo do presbiterianismo; é liberal, ecumênico, e há muito se distanciou da verdade bíblica. Porem, existem grupos de igrejas presbiterianas que são fundamentadas na palavra, firmadas nos ideais da reforma, que não concordam com estes ensinamentos e posições, tanto nos EUA, como aqui no Brasil. Embora esta seja uma tendencia crescente, há grupos que não aderiram e nunca vão aderir a isto.

      • Sandro,
        Quero deixar claro que respeito o direito civil de cidadãos homossexuais. Se querem legalizar o seu relacionamento, ter direitos reconhecidos, é correto, e o Estado deve legislar sobre isto, e a bíblia recomenda aos que nela creem obedecerem às autoridades (Romanos 13:1-7) que foram instituídas por Deus para o bem estar social. Mas a mesma bíblia, quando estudada coerentemente, com boa hermenêutica, exegese, boa teologia, vai definir que o Homem que quiser entrar num relacionamento salvífico com Deus deverá arrepender-se dos pecados e mudar de vida, de comportamento (infelizmente muitos que se dizem cristãos não obedecem isto). Quanto à “evolução” de igrejas para aceitar o homossexualismo, isto é fato, é uma tendência, e biblicamente esperado (1ª Tm. 4:1-5; 2ª Tm 3:1-7) mas como sempre, existirão aqueles que não se dobrarão, mantendo-se fieis a palavra. Assim aconteceu por ocasião do Liberalismo Teológico (Sec.XVIII) que partindo especialmente da Alemanha, chegou aos EUA, e causou grande estrago nas igrejas, mas houve reação e defesa dos princípios, através de um grande grupo de fieis. E vai ser assim também agora! Tem teólogos e igrejas fieis, que não aceitarão isto. Todo homossexual é bem vindo à igreja, mas para ser salvo tem que abandonar o pecado e ser nova criatura (objeto de fé). Como disse, respeito os direitos civis, mas em relação à fé, a bíblia é a ultima palavra. Por fim, comparar Negro (raça) com homossexualismo (ismo: comportamento, condição, opção ou preferência) não tem sentido. Respeito seu pensamento, o que não me impede de discordar terminantemente. Um abraço.

        • Caro LV,Bragança,

          Você escreve como quem mostra conhecimento em assuntos teológicos, o que revela que não é um simples papagaio repetidor de clichês evangélicos, ignorante e desconhecedor de fatos como hermenêutica, exegese, liberdade de consciência, direitos civis e laicidade, entre outros saberes.

          Entretanto, apesar de você fazer uma leitura impecável e elogiável a respeito dos direitos civis das pessoas homoafetivas e sua correlação com o Estado laico, você cai nos mesmos erros e limitações da mente religiosa intolerante para com outras visões de Deus, da religão, dos homoafetivos.

          Exemplo disso é seu injusto juízo de valor a respeito do Liberalismo Teológico, pois você, ao classificar suas consequências como um “grande estrago nas igrejas”, revela o quão pequena, mesquinha, rasa e superficial é sua leitura, sua análise a respeito do tema.

          Depois, como todo sectário, você vai ver em um “pequeno grupo de fiéis” o grande arauto da verdade, o detentor do monopólio da revelação, o guardião dos oráculos de Deus e prevendo, ainda, que caberá a esse “pequeno grupo” salvar o cristianismo de seus algozes, ou seja, os que desejam incluir pessoas como eu e os demais gays no corpo de Cristo, ou seja, a igreja. E tudo isso apenas porque igrejas mais conscientes da revelação de amor e inclusão do Evangelho agora estão dispostas a admitir que os gays também podemos nos casar e participar da comunidade da fé.

          Concluindo seu comentário, você repete a mesma surrada e descaridosa ladainha dos crentes que dizem amar os gays e que poderão até incluí-los nas igrejas desde que estes façam o que aqueles nunca conseguiram, ou seja, deixar seus pecados. Não que eu creia que a homoafetividade seja pecado, absolutamente, mas vocês creem que é e impõe que os gays nos tornemos livres desse “pecado” e que nos transformemos em héteros para que possamos integrar suas igrejas, mas, por outro lado, vocês liberam os demais membros para permanecerem na igreja mesmo que muitos deles cometam pecados contra o amor, tais como: não amar, ser egoísta, invejoso, mesquinho, maledicente, orgulhoso, malicioso, rude para com esposa e filhos, cruel para com animais, sem hospitalidade, sem misericórdia e compaixão, enfim, impondo, como disse Jesus, fardos aos outros que vocês mesmos não são capazes de carregar. Nós, gays, temos de deixar de ser gays para integrar a igreja, mas vocês, crentes, podem nela permanecer a despeito de seus pecados contra o amor.

          E antes que eu conclua, entenda que em momento algum comparei gays com negros no sentido de raça, de etinologia, mas no sentido de comparar a mudança de visão da igreja evangélica em relação a um grupo de pessoas – os então escravos, que eram tão vítimas de lideranças evangélicas míopes e descaridosas como nós, gays, somos hoje -, com a mudança que esta ocorrendo em relação a outro grupo de pessoas, isto é, os gays, anteriormente desprezados e agora em processo de admissão na igreja por líderes cristão mais amorosos, sábios e conscientes do papel da igreja em incluir.

          Mas porque aquela liderança tinha uma visão míope da Bíblia em relação aos negros de então? Ora, simplesmente porque lia equivocadamente os textos paulinos que falam em escravos, pensando que as orientações do apóstolo, dadas para aquele tempo, se aplicavam também para o período do abolicionismo americano. É precisamente a mesma leitura deturpada de Paulo que leva a atual liderança evangélica a ver nos escritos de Paulo base bíblica para condenar e excluir os gays. E foi em razão dessa visão deturpada que fui excluído da igreja em plena fase de crescimento cristão causando uma ferida muito grande no coração de um jovem então evangélico.

        • LB,Bragança,lendo seus comentários,percebo que você está sendo injusto
          com os gays.Parece que só os gays são pecadores e os outros são
          santos,puros e perfeitos.Não queira transformar os gays em Paulo de Tarso,pois Paulo é santo,e santos se contam nos dedos.Igrejas faz casamentos de pecadores em geral,casamentos arranjados,casamentos sem
          amor e por interesses e todo tipo de casamentos.Que você queira ou não,a
          aceitação do casamento gays nas igrejas já está sendo um fato
          e não boatos.Só as seitas e heresias que se sentem as donas da verdade é que resistem,mas estas facções devem cuidar de seus rebanhos
          fanatizados e lunatizados,e que não sabem respeitar e nem conviver com
          as diferenças e a diversidade.na paz.

          • janio manoel de santana
            Reli meu comentário, e não vi onde fui injusto. Reconheço o direito cível do cidadão homossexual em legalizar seu relacionamento, e o dever bíblico da igreja em respeitar isto. Afirmei que o Homem (homo ou Hetero) que quiser entrar num relacionamento salvífico com Deus tem que se arrepender dos pecados e mudar de vida, de comportamento. Teci meu comentário à luz do artigo acima, portanto não caberia aqui falar de outros “casamentos” que também julgo errados. Eu sei que igrejas fazem e farão cerimônias religiosas em casamentos de homossexuais, mas também sei que muitas igrejas históricas (batistas, presbiterianas, congregacionais…) não farão, por convicções bíblicas. E não são igrejas frequentadas por fanáticos incapazes de pensar; muitos membros graduados, mestres e doutores em várias áreas do conhecimento. O Respeito à diversidade não significa concordar com ela.

    • studebaker
      realmente faz tempo que abriram suas portas para o mundo, até demorou, mas tem muito enrustido la, é somente a palavra se cumprindo, são os ultimos dias por ventura achará fé na terra quando o filho do homem voltar, poucos vão estar ainda se limpando.
      este é o futuro do mundo e seu destino é o inferno, parece que vão mudar estas placas de igrejas presbíteriana inclusiva batista, vão se chamar stardustiana.

  13. Constituição de igreja não vale nada,É apenas um papel com ensinamentos de homens,oque vale mesmo é a palavra de Deus que é infalível,E o homem sempre falivel diante do secular,bando de medrosos que se rendem aos caprichos deste século.

  14. Também acho que em breve muitos vão aceitar uniões homo-afetivas com naturalidade… Vendo as notícias da atualidade dá para entender em que fase da História estamos: perseguição intensificada, apostasia, aquecimento global, grandes terremotos…

      • Concordo,mais vai ser para queda,É jesus testando os anjos das igrejas,lembrei agora das 7 cartas enviadas as 7 igrejas que está escrito em apocalipse.
        Deus vai pedir conta de todas elas.

        • Luciano,assecla de belzebu:todas essas 7 igrejas desapareceram da face
          da terra,foram morrendo aos poucos,pois as doutrinas delas eram iguais
          as doutrinas das seitas de hoje.JESUS tem a favor delas a fé e os louvores
          e nada mais.O resto era só heresias de gente podre,feia,ardida e incardida
          de corpo ealma como você,que nem a Bíblia conhece,só partes isoladas e vive a acusar,julgar e condenar os outros.FARISEU PODRE E HIPÓCRITA.
          Vá ler a Bíblia tolo,incauto,fanático,homofóbico,burro…..

          • luciano,não sou afeminado como você que,embora seja hétero,sofre
            de impotência sexual e nada funciona.Só a INVEJA e o ÓDIO de quem
            é feliz.Fanático.Frustrado,aposto que seu casamento (cagamento)foi
            arranjado.Vai vomitar sua infelicidade em outra esquina,coisa feia,coisa do mal,coisa ruim.

  15. Por paradoxal que seja, afirmo e reafirmo convicto:

    Graças a Deus existem ateus desmascarando fariseus!

    Jesus disse que as próprias pedras poderiam clamar, e elas estão clamando contra os fariseus.

    Obrigado, irmãos ateus, por ajudarem a espiritualidade denunciando, dos fanáticos, as falsidades.

  16. Depois criticam os neopentecostais. As ditas igrejas “sérias” estão caindo e os líderes neopentecostais se pronunciam a favor da família. Nunca vi tanta hipocrisia como na presbiteriana daqui (IPB) cheia de moralismo,mas tb cheia de pessoas sem vida com Deus.

  17. Falta pouquíssimo tempo, para o anticristo se manifestar, e ai, estes terão o seu “Messias”, o verdadeiro deus, nos quais estes filhos de Satã verdadeiramente, inegavelmente creem de todo o coração e o servem fielmente, sendo na verdade seus escravos…

    • Então você é quem define, com seus limítrofes e preconceituosos parâmetros, quem é ou não é cristão? Não acha muita pretensão de sua parte? Não concorda com a igreja presbiteriana? É simples: não a frequente, mas respeite o direito da igreja em interpretar a Bíblia conforme sua própria consciência. A propósito, pastor, você vive como Paulo viveu, ou seja, tendo sua própria profissão e não sendo pesado aos irmãos? “Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus.” (1º Tessalonicenses 2:9)

  18. quando leio essas noticias, mais convicto estou de que Jesus esta voltando.
    Romanos 1:24 a seguir, e mudaram a verdade de Deus em mentira, amaram mais a criatura do que o criador, por isso Deus também os entregou as suas paixões infames, se corrompendo entre si……

  19. Essas chamadas “igrejas evangélicas” deveriam utilizar outro livro pra se apoiar.
    Que tal um livro de pecados e injúrias contra Deus? Seria mais adequado pra elas.
    Casamento é entre homem e mulher, e não entre pessoas do mesmo sexo, isso é no mínimo, nojento e repugnante.
    Deus ama o pecador, porém odeia o pecado. A PALAVRA DE DEUS, A BÍBLIA, NÃO MUDA. DEUS NÃO É MENTIROSO, NELE NÃO HÁ PECADO ALGUM.
    AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA A IGREJA DO SENHOR JESUS.
    EIS QUE JESUS JÁ ESTÁ AS PORTAS!
    QUE OS CRISTÃOS POSSAM ESTAR PREPARADOS ASSIM COMO AS VIRGENS PRUDENTES, MAS SABEMOS QUE INFELIZMENTE, MUITOS VÃO PASSAR A ETERNIDADE NO INFERNO.
    É A PALAVRA DE DEUS QUEM NOS FALA.

    • Silvia Rocha, por que todo esse ódio? Não gosta da Igreja Presbiteriana? É simples: não a frequente, já que ela tem, da Bíblia, a mesma visão obscurantista e preconceituosa que você.

      A propósito: você é feliz no amor? Tem um homem para chamar de seu? Pergunto por que em muitas mulheres que manifestam ódio e aversão contra gays há sempre uma neurose de base afetiva sexual. Lembro-me de uma mulher que lançava fogo pela boca contra gays: era uma infeliz que homem algum suportava, e como não conseguia um homem descontava em gays.

      Não estou dizendo, obviamente, que esse é o seu caso, mas sempre suspeito de mulheres com discurso muito raivoso contra gays. Suas palavras classificando o casamento entre homoafetivo como “nojento e repugnante” revela ódio e ressentimento.

  20. Antes era o evangelho que mudava as pessoas, hoje é o contrario…é as pessoas que mudam o evangelho. pessoas anti cristãs se infiltram na igreja por bom tempo, assumem posições na igreja, a fim de destrui-la. Lembremos que as denominações se encurvaram anti as bestas homossexuais e a babilonia, mas a IGREJA DE CRISTO NÃO !!! A IGREJA DE CRISTO SERA FIRME NA SUA DECISÃO , CONTRA A ABOMINAÇÃO HOMOSSEXUAL. O segredo é termninarmos com as denominações as instituições religiosas, ou seja, acabarmos com os cnpjs, e vivenciarmos o cristianismo como era no principio, se reunir nos lares, AI EU QUERO VER CASAMENTO GAY NA IGREJA VERDADEIRA D CRISTO. Ninguem pode obrigar ninguem em uma reunião nos lares. Nos lares podemos aceitar quem entra e quem não entra, quem faz parte do grupo e quem não fara.NÃO PRECISAMOS REUNIRMOS DE BAIXO DE UMA PLACA DE DENOMINAÇÃO, MAIS SIM DEBAIXO DA PALAVRA DO ETERNO.

  21. Toda essa guerra que os pastores e denominações brasileiras fazem em relação ao casamento gay, e a falácia que criaram que o governo vai obrigar pastores e padres a realizar o casamento gay.
    Gira em torno de uma situação Americana e somente Americana e não tem nada a ver com o Brasil.
    ” O fato de que todo JUIZ de PAZ no EUA são também Padres e Pastores, o que claro não ocorre no BRASIL.”
    Com isso muitas vezes o governo Americano precisa obrigar o JUIZ de PAZ, o qual também é Pastor a celebrar o casamento civil naquele país.
    Agora em nossa nação tupiniqum Pastores, gritam e bradam que ocorrerá o mesmo é ridículo e desonesto da parte deles.

    Todos tem direito ao casamento civil e a igreja não tem direito de interferir, ela que cuide de seus rebanhos, e muito menos ocultar a verdade e envenenar fundamentalistas alienados.

  22. Tomara a Igreja Presbiteriana do Brasil siga o mesmo caminho de inclusão, diga se de passagem uma das poucas grandes denominações brasileiras, a qual não se houve noticias de estelionato e outras barbáries de igrejas que ouvimos por ai, é uma igreja séria e não prega o sofisma da Teologia da Prosperidade pra mim muito pior e mais nefasto que qualquer outra coisa pois está teologia é culto a MAMOM, estranho maioria das igrejas fundamentalistas cultuam a Mamom, elegem deputados como o nojento Feliciano e Eduardo Cunha que ainda está semana, aprovou e defendeu as passagens para mulheres de políticos e mais um acréscimo de 18% nas verbas para os calhordas. Feliciano ontem na folha disse ser justa a passagem para as esposas de deputados. é de rir.
    Voltando ao Assunto, assim que a igreja presbiteriana aceite essas pessoas no mínimo metade dos grupos de louvores, teatro e música das diversas igrejas migrará para lá.
    Vocês vão perder muitos mais muitos talentos que sofrem e estão escondidos em suas legalistas igrejas.

  23. omara a Igreja Presbiteriana do Brasil siga o mesmo caminho de inclusão, diga se de passagem uma das poucas grandes denominações brasileiras, a qual não se houve noticias de estelionato e outras barbáries de igrejas que ouvimos por ai, é uma igreja séria e não prega o sofisma da Teologia da Prosperidade pra mim muito pior e mais nefasto que qualquer outra coisa pois está teologia é culto a MAMOM, estranho maioria das igrejas fundamentalistas cultuam a Mamom, elegem deputados como o nojento Feliciano e Eduardo Cunha que ainda está semana, aprovou e defendeu as passagens para mulheres de políticos e mais um acréscimo de 18% nas verbas para os calhordas. Feliciano ontem na folha disse ser justa a passagem para as esposas de deputados. é de rir..

  24. Dias escreveu:

    “Paulo não seria capaz de sozinho mudar o sistema de escravidão vigente em seu tempo.”

    Mas poderia pelo menos ser um revolucionário e dar o exemplo fazendo o que é certo, e o certo, de acordo com o Evangelho de Cristo, é que todos somos livres e não há escravos. Paulo, ao devolver um escravo para seu “dono”, manifestar misoginia e dizer que praticantes de atos homossexuais e os defensores dessas pessoas merecem punição e morte, revelou qualquer coisa, menos o espírito de Cristo, que é liberdade, igualdade e inclusão de todas as pessoas, incluindo mulheres e gays.

    • Tudo o que há de bom e elevado em Paulo – e há coisas inspiradas, como seu hino ao amor em 1º Coríntios 13 – eu admito e louvo, mas tudo o que há de pequeno, mesquinho, descaridoso em seus escritos, como sua misoginia, sua postura em face da escravidão, sua sentença de morte para pessoas que praticavam atos homossexuais e seus defensores, eu rejeito enfaticamente.

  25. Comentário do leitor Antonio Carlos Candia Junior (na parte de cima):

    “A grande maioria da população dos EUA apoia o matrimônio de pessoa do mesmo sexo. A grande maioria de judeus e católicos também. As igrejas que não aceitam caminham contra a maré.. que assim seja, elas é que vão perecer ( Em 2003, apenas 20% dos jovens evangelicos aceitavam o casamento gay, e em 2014 o índice saltou para 42%) como tinha muitas igrejas que não aceitavam o casamento entre brancas e negros.”

  26. Caro LV,Bragança,

    Você escreve como quem mostra conhecimento em assuntos teológicos, o que revela que não é um simples papagaio repetidor de clichês evangélicos, ignorante e desconhecedor de fatos como hermenêutica, exegese, liberdade de consciência, direitos civis e laicidade, entre outros saberes.

    Entretanto, apesar de você fazer uma leitura impecável e elogiável a respeito dos direitos civis das pessoas homoafetivas e sua correlação com o Estado laico, você cai nos mesmos erros e limitações da mente religiosa intolerante para com outras visões de Deus, da religão, dos homoafetivos.

    Exemplo disso é seu injusto juízo de valor a respeito do Liberalismo Teológico, pois você, ao classificar suas consequências como um “grande estrago nas igrejas”, revela o quão pequena, mesquinha, rasa e superficial é sua leitura, sua análise a respeito do tema.

    Depois, como todo sectário, você vai ver em um “pequeno grupo de fiéis” o grande arauto da verdade, o detentor do monopólio da revelação, o guardião dos oráculos de Deus e prevendo, ainda, que caberá a esse “pequeno grupo” salvar o cristianismo de seus algozes, ou seja, os que desejam incluir pessoas como eu e os demais gays no corpo de Cristo, ou seja, a igreja. E tudo isso apenas porque igrejas mais conscientes da revelação de amor e inclusão do Evangelho agora estão dispostas a admitir que os gays também podemos nos casar e participar da comunidade da fé.

    Concluindo seu comentário, você repete a mesma surrada e descaridosa ladainha dos crentes que dizem amar os gays e que poderão até incluí-los nas igrejas desde que estes façam o que aqueles nunca conseguiram, ou seja, deixar seus pecados. Não que eu creia que a homoafetividade seja pecado, absolutamente, mas vocês creem que é e impõe que os gays nos tornemos livres desse “pecado” e que nos transformemos em héteros para que possamos integrar suas igrejas, mas, por outro lado, vocês liberam os demais membros para permanecerem na igreja mesmo que muitos deles cometam pecados contra o amor, tais como: não amar, ser egoísta, invejoso, mesquinho, maledicente, orgulhoso, malicioso, rude para com esposa e filhos, cruel para com animais, sem hospitalidade, sem misericórdia e compaixão, enfim, impondo, como disse Jesus, fardos aos outros que vocês mesmos não são capazes de carregar. Nós, gays, temos de deixar de ser gays para integrar a igreja, mas vocês, crentes, podem nela permanecer a despeito de seus pecados contra o amor.

    E antes que eu conclua, entenda que em momento algum comparei gays com negros no sentido de raça, de etinologia, mas no sentido de comparar a mudança de visão da igreja evangélica em relação a um grupo de pessoas – os então escravos, que eram tão vítimas de lideranças evangélicas míopes e descaridosas como nós, gays, somos hoje -, com a mudança que esta ocorrendo em relação a outro grupo de pessoas, isto é, os gays, anteriormente desprezados e agora em processo de admissão na igreja por líderes cristão mais amorosos, sábios e conscientes do papel da igreja em incluir.

    Mas porque aquela liderança tinha uma visão míope da Bíblia em relação aos negros de então? Ora, simplesmente porque lia equivocadamente os textos paulinos que falam em escravos, pensando que as orientações do apóstolo, dadas para aquele tempo, se aplicavam também ao período do abolicionismo americano. É precisamente a mesma leitura deturpada de Paulo que leva a atual liderança evangélica a ver nos escritos de Paulo base bíblica para condenar e excluir os gays. E foi em razão dessa visão deturpada que fui excluído da igreja em plena fase de crescimento cristão, o que causou uma ferida muito grande no coração de um jovem então evangélico, ou seja, eu mesmo.

    • Sandro,
      Não tenho a menor intenção de ofendê-lo, denegrir sua imagem, desrespeitá-lo como pessoa. Gosto de discutir idéias, e luto por minhas convicções. Você nunca verá em meus comentários qualquer palavra de menosprezo aos homossexuais, mesmo que eu não concorde. Perdoe-me se algo o ferir.
      O cristianismo bíblico só tem uma visão de Deus, aquela que a bíblia dita. E há sim limitações, aquelas impostas pelo próprio Deus, em sua inspirada palavra; ela é a autoridade final.
      Injusto juízo quanto ao liberalismo? Um movimento que nega a autoridade da Bíblia, sua inspiração, infalibilidade; que nega a divindade de Cristo, o nascimento virginal; a necessidade da morte expiatória e ressurreição de Cristo, que nega o sobrenatural, que coloca o sentimento/experiência do Homem acima da verdade bíblica. Um movimento que levou à secularização da igreja, resultando na péssima teologia, nas aberrações que temos hoje com o nome de igreja (só pra ficar no mínimo). Não faço uma análise rasa, superficial do tema de forma alguma. Sei o terreno que piso; o “estrago” não foi grande, foi gigantesco. ´
      Não sou eu que teorizo sobre um pequeno grupo. A bíblia já o diz: “entrai pela porta… estreita é a porta e difícil o caminho… poucos encontram…” Não vejo ninguém como detentor do monopólio da revelação, até porque ela é um ato de Deus, pelo qual ele se faz conhecido a todos os homens em todos os tempos, (rev. Geral) e se faz conhecido como salvador àqueles que hão de herdar a salvação (especial). Não creio em salvação do cristianismo, mas sim em obediência à verdade conforme revelada nas escrituras, por uns poucos. De fato, minha visão escatológica é que tudo, incluindo o cristianismo irá degenerar-se cada vez mais, até uma intervenção divina.
      Você tem razão, entendo a homossexualidade como pecado, conforme descrito na bíblia (não só nos escritos paulinos, mas um estudo da santidade de Deus condena não só este, mas outros pecados cometidos por nós). Concordo contigo em que muitos que condenam a homossexualidade, não têm o mesmo ímpeto em condenar adúlteros, mentirosos, fofoqueiros; em condenar o divórcio, a fornicação, o comprar e não pagar, o roubo, e tudo o que citastes em teu comentário. É lastimável isto, vergonhoso sim. Mas existem grupos sérios, que manifestam amor, cuidam uns dos outros, que cobram mudança na vida; participo de um grupo onde tudo isto é tratado com amor, mas também com disciplina. Quem não segue os padrões estabelecidos pelo Senhor em sua revelação,depois de muito acompanhamento, conselhos, não se arrepende, é excluído.
      Não tenho tempo para tratar sobre escravidão, mas a bíblia em princípio, normatizou algo que já era praticado na sociedade, estabeleceu condições mais humanas e criou condições para libertação. Sugiro um artigo simples na “Enciclopédia histórico-teológica da igreja Cristã”, vol. II, pag. 45, onde há também uma bibliografia resumida; sugiro ainda ler sobre William Wilberforce e Thomas Clarkson. Felicidades.

      • LV, Bragança, farei breves apontamentos ao seu texto:

        “Não tenho a menor intenção de ofendê-lo, denegrir sua imagem, desrespeitá-lo como pessoa. Gosto de discutir idéias, e luto por minhas convicções. Você nunca verá em meus comentários qualquer palavra de menosprezo aos homossexuais, mesmo que eu não concorde. Perdoe-me se algo o ferir.”

        Parabéns pela conduta, a única possível a um verdadeiro cristão. Pena que muitos de seus líderes, e irmãos de fé, não compartilhem da mesma maneira de pensar e agir.

        “O cristianismo bíblico só tem uma visão de Deus, aquela que a bíblia dita.”

        A Bíblia contém algo da visão de Deus, sim, mas não toda a visão, porque a revelação é dada conforme a capacidade de entendimento de cada um. Observe, ainda, que há outras manifestações do sagrado, outras revelações do divino em diversas religiões que não a cristã, deste fato dando Simão Pedro eloquente testemunho ao dizer:

        “Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas;Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo.” Atos10:34-35

        Ademais, se a Bíblia contivesse toda a expressão da verdade, e fosse tão simples o seu entendimento, como você coloca, então não veríamos, no próprio cristianismo, tantas denominações travando guerras, lutas, batalhas sobre doutrinas e costumes, e mutuamente se esvaziando através de agressivo e constante proselitismo.

        Quanto às críticas que você faz ao liberalismo, elas só representam a sua visão do sagrado e contra o liberalismo. Sim, o liberalismo cujo único intento foi e continua sendo o de livrar a Bíblia de tudo o que nela existe de falhas, de enganos, de erros grosseiros contra a ciência, a filosofia, a história, a antropologia, a arqueologia, a astronomia, a sociologia, os fatos, enfim, que não admitem erros e são passíveis de dúbias ou falsas interpretações, bem como de apelos à fantasias, a mitos, lendas como realidades a comprovar a exatidão de uma coleção de livros escritos no deserto e cujos guardiães não foram capazes, como o foram devotos de outras religiões, de preservar sequer um único manuscrito original. A propósito, é interessante observar que em sua resposta você não referiu nenhum dos absurdos, dos atentados e insultos a Deus e ao verdadeiro sentido da Bíblia que significa apresentar, como fatos literais e históricos, lendas como a de cobras e jumentas que falam, de sátiros que pulam, de navios que abrigam milhões de espécies de animais, de baleias que cospem homens vivos, de anjos que que comem carne, de ursos que devoram meninos porque estes brincaram com um profeta careca, do sol que fica parado por ordens de um homem, entre tantos e tantos outros relatos que só a mente tolhida pela ignorância ou superstição poderia ter como fatos históricos, reais. Sim, nada disso você mencionou, mas falou, por exemplo, de uma moça que deu a luz um menino e que algumas equivocadas traduções colocaram como uma virgem. Depois, você fala em “secularização” da igreja, mas o que nos apresenta em oposto a isso? Esse cristianismo fundamentalista de agressivo proselitismo, que nada produz de grande e proveitoso para a humanidade no sentido de mais conhecimento, de mais saber, de mais erudição? Um cristianismo fragmentado por infindáveis grupos opostos em litígios internos e eternos? Um cristianismo que se mete na esfera própria do Estado, que se imiscui em assuntos de política mundana, que obstaculiza direitos civis de minorias, que industrializa e mercantiliza a fé fazendo-a degenerar em mero balcão de negócios como no mais selvagem, excludente e predador capitalismo? É isso o que você tem a oferecer em contrapartida ao liberalismo e progressista cristianismo? Não, obrigado, não me serve!

        “Não creio em salvação do cristianismo, mas sim em obediência à verdade conforme revelada nas escrituras, por uns poucos. De fato, minha visão escatológica é que tudo, incluindo o cristianismo irá degenerar-se cada vez mais, até uma intervenção divina.”

        Aqui você comete um outro erro grave, muito grave ao próprio fundamento da fé protestante e que é a doutrina da graça, conforme exposta por Martinho Lutero. Sim, pois não é, na visão do reformador, a obediência que salva, mas apenas a fé, a graça de Deus. E depois, ao dizer que crê em uma verdade “revelada” por uns poucos, não percebe que é Deus, por Seu Espírito, quem revela a verdade, e Ele não é pouco.

        “Você tem razão, entendo a homossexualidade como pecado, conforme descrito na bíblia (não só nos escritos paulinos, mas um estudo da santidade de Deus condena não só este, mas outros pecados cometidos por nós)”

        Pecado na sua visão, pois há outras visões, outras interpretações mais amorosas e inclusivas, e, portanto, mais conforme o Espírito de Cristo, que é amor e acolhimento.

        ‘Concordo contigo em que muitos que condenam a homossexualidade, não têm o mesmo ímpeto em condenar adúlteros, mentirosos, fofoqueiros; em condenar o divórcio, a fornicação, o comprar e não pagar, o roubo, e tudo o que citastes em teu comentário. É lastimável isto, vergonhoso sim.”

        Observe que não falei em condenar; eu falei sobre excluir, e isso tem muita diferença. As igrejas condenam, sim, esses defeitos todos, mas não excluem os membros que os manifestam. Algo completamente diferente do que fazem com os homoafetivos que descobre em seu meio, pois a todos estes exclui. Com certeza, não tenho dúvidas, a sua seita também deve manter em seu meio os que pecam contra o amor, a caridade, a misericórdia e a compaixão, mas exclui, expulsa, bani de seu meio os gays.

        “Não tenho tempo para tratar sobre escravidão, mas a bíblia em princípio, normatizou algo que já era praticado na sociedade, estabeleceu condições mais humanas e criou condições para libertação.”

        Concluindo, você vem com uma justificativa absurda e até blasfema em relação a escravidão existente nos tempos bíblicos, período em que foi consentida e até praticada pelos judeus, e tolerada pelos cristãos. Aqui você erra contra fatos bíblicos e históricos, pois Deus jamais normatizou e normatizará algo de ruim, de danoso, de cruel, de contrário a Seu espírito de amor e justiça, sendo este o espírito de Cristo:

        “O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.” Lucas 4:18-19

        Nada, portanto, que compactue com o gravíssimo pecado da escravidão, pecado que não chegou ao fim por “normatizações bíblicas”, mas em razão do iluminismo que brilhou no coração dos abolicionistas, os mesmos que tiveram muito trabalho com os evangélicos que bradavam, Bíblias em mãos e agitadas ao vento, pela continuidade do sistema escravocrata americano. Estes são os fatos contra as falácias.

        • Caro Sandro,

          Sua resposta está no padrão que eu já esperava, não há como fugir, é o resultado da sua cosmovisão, assim como minha cosmovisão direciona minha resposta. Mas é sempre bom ver o contraditório, o diferente. Enriquece o conhecimento, e nos faz pessoas melhores. Vou apenas replicar algumas coisas que você coloca.
          A bíblia é a palavra de Deus, sua revelação inspirada e autoridade final para a fé salvifica.O seu todo tem igual valor, não posso escolher o que aceitar ou tirar.
          O texto de Atos não afirma o que você diz, mas que Deus salvará pessoas de todas as nações, com base no sacrifício de seu Filho. Em outras palavras, aquele que em qualquer nação reconhecer o seu pecado, entender a mensagem do evangelho, será salvo. Não é algo meritório, nada podemos fazer, a não ser confiar na graça do Senhor. E Pedro afirma isto “
          Você vem com a mesma ladainha dos acusadores da bíblia, de que ela contem erros contra a ciência, falhas etc. Tenho enfrentado isto nos meios acadêmicos, e o fato é que quem as faz, não quer ouvir respostas, porque pressupõe ignorância de quem nela crê. Respostas têm sido oferecidas, com boa hermenêutica, exegese, análise gramático-histórico, com uma teologia concisa, mas é mais fácil ficar no campo periférico e repetir as acusações, afinal (pressupõe-se ) não há conhecimento cientifico do outro lado! O cristianismo nada produz… você se esqueceu por exemplo de Calvino, que deixou influencias na administração e economia; uma das maiores universidades do mundo teve em seu inicio o incentivo de um pastor, John Harvard de Charlestown que doou dos bens herdados de sua família e sua biblioteca particular, e eu poderia continuar listando vários outros, que contribuíram para a humanidade, apesar de sua crença.
          Concordo com você, a igreja não tem que se meter no governo civil, criar obstáculos à administração, deve haver separação entre Estado e igreja. Também sou contra a mercantilização da fé, as bodegas religiosas que por ai existem. Não participo disto, e combato esta idéia.
          Você me acusa de cometer um erro grave ao fundamento da fé protestante (não me considero protestante, e o termo evangélico com sua atual conotação, também não me serve como identificador.). Você não entendeu, interpretou mal o que disse. “… mas sim em obediência à verdade… “ aqui já é posterior à ação da graça de Deus, pois só alguém que foi alcançado pela graça é que tem condição de evidenciar esta obediência à verdade. E “por uns poucos” não refere-se a “verdade revelada”, mas a “obediência”. Tenho plena convicção de que revelação é um ato de Deus.
          Quanto à exclusão de outros pecadores, você não leu com atenção o meu comentário, pois afirmei que faço parte de um grupo onde qualquer que comete pecados ( adúlteros, fofoqueiros, caloteiros, etc ) e depois de confrontados, exortados com amor, não se arrependem e mudam, são excluídos. E conheço vários outros grupos que também fazem assim.
          Quanto à escravidão, você acusa-me de ser blasfemo e errar contra fatos bíblicos e históricos, quando disse que a bíblia normatizou uma prática social. Eu apontei um artigo e dois personagens para pesquisa. Te faço um desafio: pesquise sobre o assunto do ponto de vista tológico-conservador, (sem preconceito). Dê uma chance ao contraditório! Os versos de Lucas 4:18,19 (citação de Isaias 61) não falam de libertação de escravos físicos, mas dos oprimidos espiritualmente. Está falando da obra de salvação que o Messias veio fazer. Entenda, não sou favorável à escravidão, creio que foi algo terrível, e graças a Deus que acabou.

  27. Os homens de termo podem até votar sim para esta mudança, mas os homens e mulheres de juelhos no chão jamais aceitarão está decisão.
    O que irá acontecer é que a maioria das igrejas locais, não irão obedecer a decisão e se desligarão da federação.
    Creio que na Igreja Presbiteriana do Brasil isto nem será discutido neste século.

    • Aberrações são igrejas para gays e lésbicas. Contrariando completamente a palavra de Deus. mas no grande dia do julgamento de Deus tudo será esclarecido. Maranata

      • Aberração é você que se acha o dono da verdade. Quem escreveu a bíblia foi homens, humanos como você, com uma cabecinha há 5 mil anos atrás, não foi Deus. Portanto, você não passa de um lixo que se acha dono da verdade.

  28. Eu vejo que a palavra de Deus vem se cumprindo e a cada dia os sinais Vão se intensificando Eu não estou falando ou Criticando ou defendendo direitos de escolha de religião ou Crença A B C ou D ou também direitos de Grupos A B C ou D porque Deus deu o livre Arbítrio ou Seja a Livre escolha aos Homens , Quando Jesus disse la no calvário , Pai perdoa-os Pois não sabem o que fazem , naquele tempo a minoria tinha acesso as informações de quem ele era ou quem Ele É , Hoje temos a Bíblia escrita e traduzida para diversos idiomas e temos acesso as informações e temos a liberdade de escolha , mas um dia teremos de dar conta dos nossos atos e todos (segundo a Palavra de Deus) seremos Julgados todos sem exceção ou distinção de crença ou de cor . Se Você tropeçar Hoje e bater a sua Cabeça no Chão e Morrer para onde Você vai ? Sua Crença seu ponto de Vista vai Adiantar alguma coisa vai mudar o curso da História vai Salvar o mundo? Eu Acho que Não porque Elas Morrem ou são transformadas em um Livro se você for uma pessoa muito influente, Porém Segundo a Palavra de Deus Você entrou na fila para ser Julgado , mas como eu disse no Inicio cada um tem o direito de escolher o que quiser e fazer o que quiser da sua Vida e acreditar também faz parte da liberdade do ser humano todos os comentários e opiniões vão sempre em conformidade com o que Nós achamos é a nossa opinião é a nossa liberdade de expressão mas Pelo que vem acontecendo e pelo que esta escrito Na Biblia os sinais que ja estão acontecendo estão ai para que quiser enxergar e Deus não mudou o que foi escrito na sua palavra o Ser Humano Acreditando ou Não Nele e na Palavra Dele Ele sempre vai continuar sendo DEUS.

  29. Caro Tiago Chagas (editor do artigo):

    O título da matéria está no mínimo tendenciosa! Primeiro, trata-se de uma Igreja Presbiteriana específica dos Estados Unidos. Não colocar esta distinção no título – pelo fato de estarmos no Brasil – muitos leitores terão a primeira impressão que trata-se da Igreja Presbiteriana do Brasil, o que não é verdade. Segundo, que nos EUA existem várias Igrejas Presbiterianas, sendo que, a única que se afundou no liberalismo é a PCUSA, as demais Presbiterianas (PCA, EPC, I. P. de Cumberland, etc) não são ligadas a esta denominação apóstata, elas permanecem firmes contra o liberalismo e são totalmente contrárias a PCUSA. Por último, a Igreja Presbiteriana do Brasil não possui nenhuma ligação com a PCUSA.

    Deixo aqui um link de um artigo do Rev. Augustus Nicodemus Lopes que explica esta questão:

    http://bereianos.blogspot.com.br/2014/06/agora-gays-podem-casar-na-igreja.html

    Espero que corrijam a matéria. Em Cristo!

    Ruy Marinho

  30. Um grupo de amigos, resolve ir a uma concessionaria para comprar carros novos,pois eles tinham um so desejo,formar uma nova tribo.Ao retira-los, iriam rebaixa-los da mesma maneira para formar um clube de automotivo,cheio de ideias proprias.Depois de terem comprados os carros,procuraram o despachante para legalizar suas alteracoes no veiculo junto ao Detran.Tudo pronto, passaram a se encontrar em varios pontos da cidade,ate que os carros apresentaram problemas de suspensao,e entao, eles os levaram a concessionaria em busca de garantia.Ao chegar foram prontamente atendidos,e solicitaram ao atendente suas garantias.O atendente disse a eles que a concessionaria, nao poderia lhes dar garantia, pois os carros haviam sido alterados e o fabricante nao se responsabilizaria por tais modificacoes.Eles,alegaram seus direitos, dizendo que o Detran havia permitido a circulacao dos carros, e mostraram os devidos documentos legalizados.Entao o atendente disse a eles, que o Detran poderia ate permitir a circulacao, porem quem era a autoridade maxima para dar a garantia era o Fabricante, e que no Manual do proprietario estava escrito que se fossem alteradas as caracteristicas, os veiculos perderiam a garantia.E a parabola das escolhas permitidas por lei,mas que nao significam que sao aprovadas por aquele que oferece, nao somente a garantia, mas ate mesmo refaz o que for necessario para o perfeito funcionamento de todas as pecas e o conjunto,pois ele as criou e as chamou cada uma pelo nome.ATOS 4/19-Mas Pedro,e Joao lhes responderam;Julgai se e justo diante de Deus ouvir-vos antes a vos, do que a Deus,pois nos nao podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.ATOS 5/28e29-Expressamente, vos ordenamos que nao ensinasseis neste nome;contudo.enchestes Jerusalem de vossa doutrina; e quereis lancar sobre nos o sangue deste homem.Entao Pedro e os demais apostolos afirmaram;Antes,importa obedecer a Deus do que os homens.

  31. Artigo 226 da Constituição Federal de 1988
    Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.

    3º – Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento. (Regulamento) ou seja, aberração gay não casa se junta e forma dupla que só serve pra espalhar doenças, envergonhar a familia e desgraçar a sociedade.
    ou seja , não existe lei de juiz nenhum maior que a constituição.

  32. Janio, seu problema é que você entende como fundamentalista aqueles que matam pelo que defendem.
    Eu entendo como fundamentalismo aqueles que morrem pelo que creem. Nesse caso vou ter que DESENHAR para você – MAIS UMA VEZ – o que eu falei, porque quando você vê o nome FUNDAMENTALISTA já vem a discriminação e raiva na sua mente.

    O que eu disse: FUNDAMENTALISTA é aquele que está dentro da igreja sendo confrontado nos SEUS pecados pelo Espírito Santo. Esse crente FUNDAMENTALISTA que cito é aquele que PROCURA através da submissão à Bíblia, estabelecer o único FUNDAMENTO de fé que é Jesus Cristo a pedra angular.

    Cara me tira da sua patologia de achar que todo mundo que tem opinião contrária à relação homossexual não ser pecado, ser capaz de matar, torturar, etc,etc…..

    Vá se tratar!

    • Quanto à questão das 115000 “seitas” que existem, conforme você falou, obrigado por concordar com a minha fala, pois eu disse que os FUNDAMENTALISTAS estão dentro das IGREJAS SENDO CONFRONTADOS COM SEUS PECADOS.

      A única diferença é que falando por mim, não quero adequar Deus aos meus caprichos, mais quero sim, saber cada vez mais quais são os pecados que tenho e através da operação do Espírito Santo abrir mão de cada um deles para estar com Jesus, porque OU TEMOS JESUS OU FICAMOS COM O PECADO!. Os dois não tem jeito!

DEIXE UMA RESPOSTA