Igreja Presbiteriana aprova realização de casamento gay em seus templos; Opositores preveem a divisão da denominação

81

A Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos realizou uma votação na última quinta-feira, 19 de junho, para decidir se permitiria a realização de casamentos homossexuais em seus templos.

Com 76% de aprovação, a Assembléia Geral que reuniu 1,8 milhão de membros da Igreja Presbiteriana tornou a denominação a primeira das grandes igrejas protestantes do país a dar um passo em direção à aceitação do casamento gay.

Segundo informações do Religion News Service, a votação permite que os pastores que lideram congregações em estados onde o casamento homossexual já é legalizado, e definiu que a linguagem a ser usada nas cerimônias sobre a união deixa de ser “um homem e uma mulher” e passa a ser “duas pessoas”.

Por enquanto, essa mudança ainda não será uma regra na denominação. Somente após a maioria dos 172 presbitérios debaterem e aprovarem a mudança é que a celebração dos casamentos gays passará a fazer parte da constituição da igreja.


“Mas dada a aprovação com três terços dos votos, essa aprovação já é esperada”, comentou a jornalista Lauren Markoe.

Os opositores à realização de casamentos gays nas igrejas Presbiterianas disseram que a aprovação dessa medida entra em conflito com as Escrituras e causaria uma divisão na denominação.

“O Comitê Lay Presbiteriana lamenta essas ações e apela a todos os presbiterianos para resistir e protestar contra eles. Você deveria se recusar a financiar a Assembleia Geral, o sínodo, seu presbitério e até mesmo a sua igreja local, se esses líderes não repudiarem explícita e publicamente essas ações anti-bíblicas”, escreveram os opositores, que acrescentaram: “Deus não se zomba, e aqueles que substituem a verdade imutável de Deus por seus próprios desejos não serão encontrados sem culpa diante de um Deus santo”, concluiu.

A nova regra estipula que os pastores que não quiserem celebrar casamentos homossexuais não serão obrigados.


81 COMENTÁRIOS

    • JEferson,se está indignado por não querer aceitar e respeitar os direitos dos outros,nada
      pode fazer.Tem síndrome de homofobia e não sabe conviver com a diversidade e as diferenças,simples: O mundo árabe te esperar,viu.Aposto que você terá o que merece com
      seu fanatismo e sua homofobia da agonia.

      • Janio tudo bem? Respeito a sua opinião e escolha. Porém, não se deve confundir a invisibilidade do Deus Criador e sustentador de todo o universo, com inexistência. Porque você chama de homofóbico aquele que é contra a sua opinião e decisão, verdadeiramente Deus é amor, e também o justo juiz de toda a terra;e ele possui atributos admiráveis, nos quais citarei apenas dois, a imutabilidade e a fidelidade;ou seja Deus expressa claramente sua contrariedade a prática homossexual em qualquer grau, e também o seu repúdio a essa prática. Podem passar quantos anos forem, Ele continua com a mesma posição, pois Ele não muda. E cada um de nós dará conta de nossas obras. Agora eu te admoesto a se arrempeder e abandonar essa prática, para que porventura alcance misericórdia da parte de JESUS CRISTO, e seus pecados sejam perdoados.

  1. O salário do pecado é a morte. A morte desta igreja será inevitável, que o senhor tenha misericórdia dos fiéis e que o senhor possa guiar os escolhidos para uma outra congregação fiel a palavra de Deus.

    • LUCIANO,não chores,viu.Não vai demorar para a sua,a CCB também fazer.Amar não é
      pecado,nunca foi e nunca será.Usar qualquer artifícios para evitar filhos como operações
      em mulheres, tomar comprimidos…tudo isso são abominações e sua igreja faz.Não gosta de
      gay,vai morar no Irã.Vai e leva sua homofobia,quem sabe,será aceito por lá.Lá gay é
      apedrejado em praça pública até a morte.Se escapar,será entregue á família em desgraça.O destino de crente fanático igual a você é bem pior.Vá só com passagem de
      ida e não volte mais.Quanto à Igreja Presbiteriana,é uma denominação sábia,respeitável
      a nível mundial e só tem a colher o que está plantando:Amor de DEUS e mais poder dado
      por DEUS.Aos julgadores e que não respeitam ao próximo,DEUS dá provação fazendo
      passar no fundo de uma garrafa. É melhor ficar quetinho e atormentado em seus preconceitos.Essa igreja foi a primeira a sair da igreja católica e se existe crentes no
      mundo deve agradecer a ela.Ela não é uma qualquer.Depois da católica,ela é a maior e
      mais importante no mundo.A sua é uma formiguinha diante do tamanho,poder e prestígio
      dla,e ela sabe muito bem o que está fazendo.Respitar o próximo fazer justiça não ´
      pecadoi.Gays tem direito d casar,sim.Mas de trair,não.As leis são iguais para todos.

      • AMAR NÃO É PECADO, MAS CONCORDAR COM ESSAS BESTEIRAS É SIM.
        CONVERSINHA FIADA ESSA DE QUE DEVEMOS ACEITAR ESSAS COISAS.
        PODE ME CHAMAR DE HOMOFÓBICO, MAS EU NUNCA VOU ACEITAR UM CASAMENTO GAY E MUITO MENOS REALIZAR ALGUM.
        E VOCE SR JOAO MANOEL SEU GAY VAI SE PROCURAR AJUDA

  2. Meu caro Janio pare de deturpar as coisas, em momento nenhum foi dito a cima que homosexual tem que morrer, ser queimado em praça pública.Amar ao próximo não significa compactuar com tudo que ele faz.

  3. Eu não concordo, com o casamento de duas pessoas do mesmo sexo, isso não é preconceito, são conceitos e princípios bíblicos que como cristão eu defendo, que penso eu devem ser respeitados, da mesma forma como eu respeito a opinião de cada um, eu não sou homofóbico porque eu não tenho sentimentos aversivos a pessoa que é homossexual, apesar de não ter consentimento a esse ato, eu não iria jamais impedir que ele faça o que ele quer, desde que também não interfira na minha liberdade.
    Da mesma forma como eu não apoio o divórcio, mas não sou inimigo do divorciado, não apoio os que fornicam, mas não sou preconceituoso do fornicador, não sou a favor dos vícios de cigarro, mas não desprezo o viciado, não sou a favor zoofilia, mas se a pessoa ama o cachorro o cavalo o boto, isso é problema pessoal da pessoa, também não apoio essa prática homossexual, mas continuo amando a cada um deles.

  4. E tem “crente”que bate no peito dizendo: “Eu pertenço a uma igreja histórica e tradicional”.
    Jesus não vem buscar igreja historica e tradicional, ELE vem buscar os lavados e remidos pelo seu sangue.
    Olha os exemplos da IPCUSA, é histórica, é tradicional, mas de que adianta isso se não seguem os passos de Cristo?

    Acorda igrejaaaaaa ( …..”e tardando o noivo, todas toscanejaram e dormiram….”)

    Maranata!

    • Calma lá amigo, isso se deu na Igreja Presbiteriana americana.

      A Igreja Presbiteriana brasileira não aceita e inclusive rompeu relações com a igreja americana em função destas e outras heresias.

    • Por isso você saiu, porque a porta de saída é larga,
      e como você é gorrrrrrrrrrrrrrrrrrrdo saiu com facilidade.
      Mas o reino de DEUS tem que haver novo nascimento, e como DEUS vai fazer nascer de novo um desobediente? então so lhe resta a destruição, e condenação.

        • ou é ou não é.
          sim sim , não não.
          ou vai ou racha.
          ou dá ou desce.
          porque esta escrito:
          dar e dar-se vós á, boa medida,sacudida transbordante. generosamente se vós darão, porque a medida com que medirdes vos mediram também.
          Mas que resolve descer, esta escrito: TIRA DELE E DE AO QUE TEM DEZ PORQUE AO QUE TEM SER LHE Á ACRESCENTADO MAIS E MAIS, MAS AO QUE NÃO TEM , ATÉ O QUE TEM LHE SERÁ TIRADO.

          QUEM DA RECEBE, QUEM NÃO DA FICA OLHANDO OS OUTROS RECEBEREM.
          DAR.

          DOM
          ADQUIRIR
          RIQUEZAS
          Vamos ler de novo?
          DAR= Dom de Adquirir Riquezas .

          • dom de adquirir riquezas? aonde vc viu isso na bíblia?

            pode mostrar ao menos UM ÚNICO seguidor de Cristo que era pobre, aceitou a Jesus, e depois disso enriqueceu?

          • ex mendigo, se torna empresario, depois que aprendeu a fé no senhor JESUS.


            Assine o Canal
          • Mostra na bíblia que os cristãos tem que ficar ricos financeiramente… mostra lá alguma pessoa que era pobre, conheceu a Cristo e enriqueceu, fez fortuna…

            Até hj nunca me mostraram isso…

          • quem cre e tem coragem de dar enriquece como a biblia promete.

            DAR
            Dom de
            Adquirir
            Riquezas
            Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça;
            Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.

          • Deus não promete riquezas terrenas aos seus seguidores… a promessa é de ter suas NECESSIDADES supridas, o que é bem diferente.

            Até mesmo nessas empresas que ensinam que os crentes devem ser ricos vemos que a imensa maioria de seus adeptos não vivem essa vida de riquezas que os lideres ensinam.

            A teologia da prosperidade é uma mentira.

          • A biblia esta recheada de pessoas que creram em DEUS, e ficaram riquíssimas, pois esta escrito: ELE ERGUE DO PÓ O DESVALIDO, E DO MONTURO O NECESSITADO, E O FAZ ASSENTAR COM OS PRÍNCIPES.

            9 Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis.

          • “pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que, pela sua pobreza, vos tornásseis ricos.” (2 corintios 8:9)

            Jesus era rico NO CÉU, e aqui na terra era pobre… e os que seguem ele são pobres, mas serão ricos NO CÉU!!!

            Essa é a interpretação correta… e é confirmada pelo o que o próprio Cristo disse ao jovem rico:

            “Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá aos pobres E TERÁS UM TESOURO NO CÉU; depois, vem e segue-me.” (mateus 19:21)

            Novamente, comprovado pela bíblia… a teologia da prosperidade é uma mentira.

          • Uns tem fé para comer carne e outros tem fé para comer legumes.
            Fazer o que se a maioria se satisfaz com chu chu,

            e poucos querem comer da carne.
            QUEM TEM FÉ PARA FICAR RICO VAI FICAR,
            E QUEM NÃO TEM NÃO VAI FICAR.
            A universal tem milhares de pessoas que saíram da pobreza e hoje estão ricas.
            Por exemplo você gosta da miséria, e da pobreza porque tem demônio, e a onde tem demônio tem miséria.

            Mas a Onde DEUS esta existira riquezas em todos os sentidos.
            Por isso a cidade santa terá seus muros de pedras preciosas e suas ruas de ouro.

          • “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.” (1 timóteo 6:9)

          • Mas se tem empresários que viraram mendigos, isso é culpa deles, pois deixaram a DEUS, pois biblicamente sempre foi assim.
            Gideão morava em casas, comia bem, desfrutava de uma vida boa, porém a biblia diz que israel fez o que era mal perante, o SENHOR, Por isso ele os entregou nas mãos dos medianitas. E eles que tinham casas foram morar nas cavernas, porque abandonaram a DEUS, deixaram de sacrificar para ele para sacrificar a baal, e perderam tudo.
            Assim também hoje muitos empresários que outrora estavam bem mesmo dentro da igreja, e deixaram de usar a fé, foram perdendo tudo.

            A BÍBLIA É CLARA COM RESPEITO A ISSO, TODOS QUE DEIXAM A CASA DO SACRIFÍCIO PERDEM TUDO.
            O exemplo clássico é a parábola que JESUS conta do filho prodigo que virou mendigo, e foi comer com os porcos.
            até o dia que sacrificou seu orgulho e resolveu voltar.
            NÃO EXISTE CAMINHO DE VOLTA A NÃO SER O SACRIFÍCIO.

          • Não é necessário fazer sacrifício, pois Jesus já fez por nós, o preço está pago… infelizmente vcs sempre querem fazer os incautos acreditarem que o sacrifício deve ser pago em dinheiro…

            Deus é Pai, e o pai dá as coisas amorosamente aos filhos.

            “Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32)

          • Por isso sacrificamos justamente o dinheiro, porque não servimos ao dinheiro.

            SERVIMOS AO SENHOR JESUS, E sacrificamos no altar de JESUS o deus desse mundo, nos obrigamos o deus desse mundo a se dobrar diante do nosso DEUS, quando o colocamos no altar, E DEUS O SENHOR JESUS OBRIGA O deus desse mundo a nos servir.
            então o dinheiro que é o deus desse mundo é obrigado a nos servir, e fazer o que a gente manda ele fazer.

            JA VOCÊS, SÃO OBRIGADO A SERVIR O dEUS DESSE MUNDO, O DINHEIRO, VOCÊS SÃO OBRIGADOS A SE HUMILHAR PARA TER UM POUCO DE DINHEIRO, E AINDA POR CIMA ELE NÃO OBEDECE VOCÊS, POIS TUDO QUE VOCÊS QUEREM ELE NÃO OBEDECE PARA LHES DAR, POR ISSO VOCÊ É ESCRAVO O DINHEIRO.

          • Não servem ao dinheiro???

            o lider é até listado como o religioso mais rico da forbes, é assumidamente empresário e possui até um banco em sua lista de patrimônio…

            imagine se não servisse ao dinheiro…

          • Nos servimos ao SENHOR JESUS, e o dinheiro nos serve.
            e tudo que queremos o dinheiro é obrigado a nos dar porque ele é servo dos que servem a DEUS, porém ele é senhor dos que não servem a DEUS, por isso você é escravo do dinheiro.
            e o dinheiro não aceita ficar contigo, pois ele manda em você, e você não consegue fazer ele te da nada, por isso fala do que ele te obriga a falar da miseria. porque é miseravel,

          • Acusações, apenas acusações para desviar o foco das perguntas que fiz… e que continua como sempre sem resposta…

            Se a teologia da prosperidade é biblica, porque não vemos ela funcionando na prática na própria bíblia? aonde vemos na bíblia uma pessoa que era pobre, conheceu a Jesus e enriqueceu?

            Nunca vão conseguir mostrar isso, pois a teologia da prosperidade não tem embasamento bíblico.

          • O piro e que tem milhares de crentes acreditando que porque e pobre aqui, la no ceu sera rico, ha ha ha ha ha ha ha .
            Lazaro era mendigo aqui, e lá ele ficou no seio de ABRAÃO Quer dizer ele ficou aos cuidados de quem foi rico com DEUS, aqui.

            A maior injustiça é a igualdade, e lá no céu não haverá igualdade.
            POR ISSO JESUS DISSE:
            E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.

          • A parábola que Jesus contou sobre lázaro e Abraão é apenas uma história para trazer um ensinamento. Não ocorreu de verdade. tal qual a parábola do administrador infiel, a da viúva que incomodava um juiz, do fariseu e publicano… são apenas histórias que Jesus contava para ilustrar, com uma moral.

            Quem tiver o seu coração voltado para o reino de Deus, será salvo, agora quem fica procurando riquezas terrenas não terá o mesmo destino.

            “Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra;” (Colossenses 3:2)

          • e verdade JESUS sacrificou por nos para tirar os nossos pecados e nos dar direito a salvação eterna, e a sacrificar para DEUS para termos o que quisermos,
            10 Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der a sua alma por oferta pelo pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.

            Olha só JESUS sacrificou para tirar o pecado do mundo…
            Mas mesmo assim quem quiser perdão tem que sacrificar o orgulho e perdoar, se não mesmo JESUS tendo morrido por ele não sera perdoado.

            Quem perdoa sera perdoado, e quem Der pouco recebera pouco, e quem der muito receberá muito.
            no Minimo 100% mais.

            A teologia da pobreza normalmente é pregado pelos filhos do diabo e pelos preguiçosos.

          • “Mas mesmo assim quem quiser perdão tem que sacrificar o orgulho e perdoar, se não mesmo JESUS tendo morrido por ele não sera perdoado.Quem perdoa sera perdoado…”

            A única parte do seu comentário que tem respaldo bíblico.

            E sobre perdão, realmente uma coisa muito pouco pregada na iurd… até pq o próprio lider tem dificuldade em perdoar…

          • Olha só a qualidade de pessoa que quer discutir a biblia comigo.
            veja o que a estrela caida disse:
            A parábola que Jesus contou sobre lázaro e Abraão é apenas uma história para trazer um ensinamento. Não ocorreu de verdade. tal qual a parábola do administrador infiel, a da viúva que incomodava um juiz, do fariseu e publicano… são apenas histórias que Jesus contava para ilustrar, com uma moral.

            Nem sabe as coisas que quer discutir , PRIMEIRO VAI ESTUDAR A BIBLIA PARA DEPOIS QUERER DISCUTI-LA.
            A historia de lazaro e o rico, e abraão NÃO É UMA PARÁBOLA, ELA É UMA HISTORIA REAL QUE ACONTECEU E JESUS A CONTOU.
            Pois parábolas NÃO CITA NOME DE PESSOAS,
            APRENDA ISSO , PARÁBOLA NÃO CITA NOME, Apenas adjetivos, como viuvá, fariseu, publicano, semeador, etc…

            VOU REPETIR PARÁBOLAS NÃO CITA NOMES DE PESSOAS.
            NO CASO DE LAZARO E O RICO E ABRAÃO, JESUS CITA O NOME DELES E TAMBÉM DE MOISÉS, ISSO FOI UMA HISTORIA OCORRIDA PROVAVELMENTE NA ÉPOCA DE MOISÉS…

          • eu imaginei que vc também não iria concordar que a parábola de lázaro e abraão trata-se apenas de uma história contada por Jesus usando personagens conhecidos (abraão).

            para ajudar no seu esclarecimento, postarei um excelente artigo que fala sobre isso;

            “INTRODUÇÃO À PARÁBOLA

            Um argumento bastante usado pelos dualistas é de que não se trata de uma parábola, pois ela possui nomes. Ora, isso é totalmente compreensível pelo fato de que os judeus colocavam Abraão acima de Jesus: “Nosso pai é Abraão … És maior do que o nosso pai Abraão?” (cf. Jo.8:39,53; Mt.3:9). O que simplesmente Jesus faz é pôr na boca Abraão exatamente as palavras que ele teria dito em pessoa: “Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tão pouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos” (cf. Lc.16:31).

            Para isso é evidente que teria que citar nomes. Além disso, não há absolutamente nenhuma regra que obrigue que uma parábola não tenha nomes. Jesus contou parábolas sem precisar dizer para as pessoas: “Atenção, isso é uma parábola…”! A parábola do rico e do Lázaro fica entre parábolas, como podemos ver a seguir:

            CAP.14 DE LUCAS – A PARÁBOLA DA GRANDE FESTA
            CAP.15 DE LUCAS – A PARÁBOLA DA OVELHA PERDIDA
            CAP.15 DE LUCAS – A PARÁBOLA DA MOEDA PERDIDA
            CAP.15 DE LUCAS – A PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO
            CAP.16 DE LUCAS – A PARÁBOLA DO ADMINISTRADOR DESONESTO
            CAP. 16 DE LUCAS – A ******** DO RICO E LÁZARO
            CAP.17 DE LUCAS – A PARÁBOLA DO EMPREGADO
            CAP.18 DE LUCAS – A PARÁBOLA DA VIÚVA E DO JUIZ

            Nisso fica claro que a história tratava-se realmente de uma parábola. A parábola diz que “havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele; e desejava alimentar-se das migalhas que caiam da mesa do rico; e até os cães vinham lamber as úlceras” (cf. Lc.16:20,21). Igualmente, vemos que o homem rico da parábola não era apenas rico, mas vaidoso e se vestia do melhor daquilo que podia usufruir: “púrpura e linho finíssimo” (cf. Lc.16:19). Ele “todos os dias se regalava esplendidamente” (cf. Lc.16:19), ou seja, era de absolutamente alta classe.”

            FONTE: desvendandoalenda – blogspot

            Explicação dada, agora voltemos ao assunto que vc foge:

            ” se a teologia da prosperidade é bíblica, aonde vemos na bíblia alguém que era pobre, aceitou a Jesus e ficou rico??? ”

            Vc vai mudar de assunto de novo?

          • Parábolas não cita nomes de pessoas.
            todo teólogo sabe disso.
            todo grande estudioso da bíblia sabe disso.

            PARÁBOLA NÃO CITA NOMES DE PESSOAS.
            Porque as parábolas não são para julgar, ou atacar alguém mas para fazer as pessoas entenderem a realidade com com um conto paralelo, por isso é chamado de parábola. Porque é um conto paralelo a realidade.

            JÁ NO CASO DE LAZARO, Foi um acontecimento provavelmente ocorrido na época de moisés.
            Alias esse sio de abraão já não existe hoje pois JESUS o levou, e o colocou debaixo do altar no céu.

          • entenda o que é uma parábola:

            ” Parábola: deriva do grego parabole (narrativa curta). É uma narração alegórica que se utiliza de situações e pessoas para comparar a ficção com a realidade e através dessa comparação transmitir uma lição de sabedoria (a moral da história).

            A parábola transmite uma lição ética através de uma prosa metafórica, de uma linguagem simbólica.Diferencia-se da fábula e do Apólogo por ser protagonizada por seres humanos.
            Gênero muito comum na Bíblia: As parábolas de Jesus”

            FONTE: infoescola

            E complementando… se o seio de abraão (que vc diz que existia, e depois de Jesus não existe mais), aonde no velho testamento tal lugar é mencionado? pois se ele deixou de existir (segundo vc), então ele existiu… mas aonde é mencionado?

            Eu só vejo Jesus citando tal lugar em sua parábola…

            Aprenda uma coisa… o importante numa parábola não são os personagens, reais ou não, e sim a moral dela, entendeu?

            Jesus nunca quis ensinar que existia o seio de abraão, e sim sobre o risco de colocar seu coração nas riquezas e não pensar na sua salvação.

            E soa até estranho vc falar de teologia, teólogos… logo vc que critica o estudo de Deus e Sua palavra…

          • Stadust,

            Acima você diz:

            ” se a teologia da prosperidade é bíblica, aonde vemos na bíblia alguém que era pobre, aceitou a Jesus e ficou rico??? ”

            Vou demonstrar que antes, na época e depois de Cristo, cristãos enriqueceram.

            João fala que no princípio de tudo Cristo há exista, então Abraão e os demais que eram ricos, por crerem em Deus, criam também em Cristo, portanto cristãos também.

            Na época de Cristo teve José de Arimateia, as mulheres citadas em Lucas, 8,3, Zaqueu…

            Depois de Cristo, aí a lista é grande, e tudo antes, mas antes mesmo da teologia da prosperidade que você acusa como do cão.

            Se tomar as instituições, que em são pessoas jurídicas, todas elas são ricas, a começar pela católica, as protestantes primeiras e as atuais, todas bem financeiramente. Pessoas físicas, eis que são bilhões, e seguindo a mesma tese, pois muitos se converteram e se tornaram pessoas de posses, de grandes posses, destacando-se aqui um que diz viver muito bem, o Wanderlei Santana, tem uma vida fausta, que se não for de rico, é como se fosse, pois desfruta do prazer que o dinheiro oferece.

            Airton Sena, ele e sua família são cristãos, e de grande posses, embora tenha morrido.

            São artistas, empresários, prestadores de serviços, que fizeram pacto e ganharam dinheiro, e há os que não fizeram pacto e ganharam e ganham dinheiro, sendo comum ouvir falar que servem com essas riquezas às ações sociais de igrejas, há os que possuem as próprias instituições de apoio aos necessitados. tanto é que recente a tv globo fez menção dessas ações entre os jogadores da seleção, sejam os evangélicos sejam os católicos.

            Meu caro, tudo o que você possuir não se deixe ser dominado, mulher,, filhos, emprego, dinheiro, status, bebidas, do contrário, domine, e ponha ao dispor do mestre, aí sim você não serve a dois senhores.

          • levi-ano varela

            Nem me preocupo em responder suas sandices, mas como vc tentou responder a clássica pergunta ” aonde na bíblia vemos alguém que era pobre, seguiu a Cristo e enriqueceu” , mas respondeu errado, vou por em perspectiva suas alegações e mostrar como vc de forma levi-ana distorceu o assunto.

            “Abraão e os demais que eram ricos, por crerem em Deus, criam também em Cristo, portanto cristãos também.” (levi varela)

            errado. Abraão não era cristão. Ele sequer conhecia Jesus, que até então não havia se revelado ao mundo. Abraão conhecia ao Deus-Pai, mas não ao Deus-filho.

            “Na época de Cristo teve José de Arimateia, as mulheres citadas em Lucas, 8,3, Zaqueu”

            errado. José de arimatéia era pobre antes de seguir a cristo, levi??? aonde vc viu isso? na bíblia é que não foi… as mulheres idem, tinham posses antes de seguir a Cristo e zaqueu era um publicano desonesto que enriqueceu tomando mais do que devia, conheceu a Cristo e prometeu devolver 4 vezes mais o que tomou a mais… obviamente após conhecer Jesus ficou bem menos rico…

            Aí vc cita airton senna, jogadores da seleção, artistas da globo… nenhum deles está na bíblia, ok?

            levi-ano varela, mais uma vez vc não respondeu a pergunta. Estude a bíblia e volte melhor.

          • DAR = Dom de Adquirir Riquezas??? kkkk. Essa é boa. Onde está isso???

            Vamos, então, entrar nessa viagem…
            DAR = Deus Ama a Rebeldia
            DAR = Diabo Aumenta as Riquezas
            DAR = Dinheiro Arruína a Retidão
            DAR = Dízimo Ajuda a Religião
            DAR = Dia de Alimentar Ratos
            DAR = Diabetes Auxilia no Reumatismo
            DAR = Dor de Arrebentar a Rabiola

            Viu só… Inventar besteiras é fácil. Quero ver sua querida IURD explicar com base na Bíblia essas sandices que ela prolifera. Ela realmente tem o DAR (Dom de Alienar com Religião).

          • Contra baixo.

            Diabo Aumenta a Riqueza?

            Meu caro, se é assim, então o que motiva a maioria das pessoas não serem seguidoras do diabo?

            O diabo dar algo de bom a alguém? Ele veio somente para destruir, enganar e roubar.

            Seus argumentos poéticos estão truncados, procure outro meio de sobreviver;

  5. Sem palabras pra expressar esas absurdo.sem querer julgar, deberían ver a índole deseas pessoas…hereges…
    Fim dos tempos.

    É a apocalpse..

    !!!

    tjo

  6. Muitos afirmam que aqueles que são contra o homossexualismo usam textos da bíblia registrados no velho testamento, vejamos então o novo testamento em romanos 1.18-32 onde Deus usa o apóstolo Paulo para pregar contra o homossexualismo,deixando bem claro qual a orientação bíblica para este assunto, Deus e seus filhos verdadeiros não discriminam nenhum ser humano , mas de forma alguma Ele se compactua com o pecado,(Tiago 4.4), mas ama todo e qualquer pecador, ser religioso é fácil,difícil é seguir a Cristo segundo a sua palavra, por isso há promessas para quem vencer Ap.2:7, Ap. 2.11, Ap. 2:17, Ap. 2:26, …..

    Na 1• epístola aos coríntios 6:9, está escrito:
    Vocês sabem que os maus não terão parte no Reino de Deus, não se enganem, nem pois os imorais, os que adoram ídolos, os adúlteros, os homossexuais, os ladrões, os avarentos, os bêbados, os caluniadores e os assaltantes não terão parte no Reino de Deus.

    O arrependimento, a obediência e a fé em Cristo segundo a sua palavra, nos transformam em novas criaturas 2• coríntios 5:17, nos concedendo a graça da vida eterna!!!

  7. Estes pastores estão loucos.
    O cão que volta ao vomito.
    E ficaram de fora os cães e os mentirosos.
    Se despertarem e arrependeres do seu mal caminho quem sabe assim haja esperança, se não sua parte será no lago de fogo e enxofre preparada para o diabo e seus anjos, os anjos dos demônios que fazem casamentos gays, porque o Deus Maravilhoso não esta mandando ir por este caminho. Ele manda pregar a verdade.
    A verdade dói , mas a verdade cura .

  8. As igrejas hoje estão focadas no enriquecimento de seu “Ministério”. Vivemos pela Graça, e não mais pela Lei que condena, pois o véu se rasgou, e a Lei que nos separava de Deus, hoje não existe mais. A Lei tal de Malaquias 3:8, que diz, que se não devolvermos o dizimo estamos roubando a Deus. E se realmente estivéssemos roubando a Deus, Paulo seria o grande mentor por trás disso. Pois ele mesmo negava receber qualquer tipo de custo das pessoas que ele ensinava, se pondo como não merecedor. Ou seja, se o dízimo é obrigatório, ele exumou a muitos com essa ação. Mateus 23:23, é muitas vezes citado. E sim, nesse capitulo Cristo fala do dízimo. Mas temos de ter em mente que Cristo não podia ir contra as Leis de Moisés. Jesus Cristo viveu no Antigo Testamento, vivendo as Leis, mas pregando a Graça. O NT, dá-se inicio somente com a morte de Cristo. Pois é só nesse momento que o Véu é rasgado e a Lei que nos separa de Deus não existe mais. Assim, tudo se fez novo, e aquele que cuida seguir uma Lei, seja ela qual for, nega a Morte de Cristo. Pois por Ele não vivemos mais pela Lei, e sim pela Graça.

  9. A PCUSA – UMA das Igrejas. Presbiterianas dos Estados Unidos, já deveria ter mudado de nome ha muito tempo. Caiu em colapso desde que abriu-se para o liberalismo teológico, submetendo as Escrituras Sagradas a interpretação cultural e ética; Esquecendo-se dos pilares da reforma protestante (solus Cristus, sola escritura, sola fide, sola gratia, soli Deo glória) e também ao negar o princípio da inerrância das Escrituras.
    Para quem não sabe ainda há pessoas fiéis a Deus nessa denominação, que aliás já não comunga com as diversas Igrejas Presbiterianas como a “Presbyterian Church in America” – igreja reformada Ortodoxa, a igreja Presbiteriana do Brasil (a qual rompeu os laços há tempos) e a Igreja Presbiteriana Independente.
    Esses membros (ainda fiéis a Bíblia) já deveriam ter deixado essa denominação americana há muito tempo, pois só o que conseguem agora é alimentar o desgaste pessoal e o deserviço ao evangelho. É o fim de uma denominação que tanto serviu ao reino num passado distante.

    • Cara Emanuella, com todo o respeito, mas vc não sabe de fato o que foi a reforma protestante. Sugiro ler livros e artigos (inclusive escritos por histroriadores não protestantes) e outros documentos que tratam do assunto dê uma lida. O que se vê na prática desta Ex-Igreja Presbiteriana (PCUSA) é um retorno aos rudimentos, ao pecado, é um retrocesso com linguagem do politicamente correto.
      um abraço.

        • É mais se não fosse Lutero nen existiria a bahia, a inquisição ja teria aniquilado todos os bruxos da africa, a Bahia tem que agradecer aos protestante pela sua existência.

          • Luciano.. de qual inquisição vc está falando??

            da católica que tinham seus tribunais ou da protestante que matava sem nenhum julgamento???

        • Pouco antes da reforma, não era permitido pela igreja ter uma bíblia em casa; apenas os sacerdotes tinham acesso e as leituras eram feitas em latim.

          As interpretações já tinham se tornado “livres” há muito tempo, onde a igreja da época estava rachando de ganhar dinheiro por conta disso e os sacerdotes também utilizavam suas interpretações para manterem o poder, o prestígio e a riqueza.
          Após a reforma, a Palavra foi disseminada a muitos, inclusive os fiéis católicos foram beneficiados por conta da “abertura” que a igreja católica deu para seus fiéis lerem a Bíblia. Então os benefícios da reforma protestante se estenderam a todos os cristãos.
          Não estou dizendo que a reforma foi o mais benéfico evento da história da humanidade e que Lutero fosse a mais maravilhosa e sábia pessoa da história, mas não se pode colocar como se Lutero fosse a personificação do diabo e a reforma a implantação do inferno religioso.

          • kkkkkk

            putz.. mais um papagaio de pastor…

            olha amigo.. antes de Lutero não era possivel ter um biblia em casa…

            sabe porque??

            primeiro que grande parte da população era analfabeta…

            outra grande parte não sabia ler em Grego kkkkk

            e 99% não poderia comprar uma biblia pois essas eram raras
            JÁ QUE ERAM MANUSCRITAS KKKK

            o que Lutero fez foi somente dar a interpretação pessoal dele ao livro.. retirar da biblia o que ele acreditava não ser inspirado…

            e olha que ele ainda tentou mais.. tentou retirar também livros do NT que contradizem a interpretação dele como o livro de São Tiago e de apocalipse…

            e devemos a ele esses absurdos, já que a livre interpretação da biblia nasceu com ele…

            hj temos milhares e milhares de interpretadores pessoais da biblia…

          • Amigo, peço desculpas pelos meus dizeres no inicio de minha postagem anterior (papagaio de pastor)..

            eu achei que me dirigia a outra pessoa…

            sei que o termo “papagaio de Pastor” não cabe a vc.. já li várias postagens suas e vejo que vc é uma pessoa bem mais culta que os tais “papagaios de pastor”…

            mas no caso da tão famigerada “estoria” de que a Igreja proibia as pessoas de terem uma biblia em casa, é bom vc contextualizar os fatos…

            analise esta afirmação do prisma que eu forneci, avaliando que antes de Lutero, as biblias que existiam eram em sua grande maioria escritas a mão, escritas em grego ou já traduzidas para o latim, Lutero ajudou a traduzir a biblia apenas para o alemão.. é um contexto grande e diversificado…

            a afirmação da proibição é muito enganosa, e o simples fato de vc analisá-la da ótica de que a primeira biblia impressa foi a “biblia de Gutenberg” feita por volta de 1455, ou seja, apenas 62 anos antes de Lutero expor as famosas “95 teses”…

            bem.. não é dificil imaginar o preço do equipamento, o trabalho que era a impressão e o tamanho do equipamento, e o preço final de uma obra impressa em tal máquina…

            Mas fica a qui as minhas desculpas pela forma que me expressei e também este ponto de reflexão para que possam observar melhor os fatos históricos.

    • Meu caro Janio pesquise primeiro a diferença entre critica e ofensa.Eu tenho alguns amigos que são gays, converso com todos eles e nunca agredir nenhum deles.Mas isso não significa que eu tenho que apoiar o que ele faz.Isso é ditadura da opinião….

  10. Quanto ao tema, entendo que não devem as igrejas se precipitarem para não servir como escândalos ao efetuarem a solenidade de casamento aberta, deve ser restrita para que as pessoas se acostumem com o que é diferente, e ao mesmo tempo façam estudos para tirar a dúvida se é do berço ou coisa que se decide e pronto, dizendo eu isso em face da existência de crianças que apresentam as características do outro sexo quando sequer sabem distinguir o que é pecado, imoralidade, safadeza.

    Devamos ter calma com esses assuntos.

  11. Stadust,

    Acima você diz:

    ” se a teologia da prosperidade é bíblica, aonde vemos na bíblia alguém que era pobre, aceitou a Jesus e ficou rico??? ”

    Vou demonstrar que antes de Cristo, na época dele e depois os cristãos enriqueceram.

    Antes dele: João fala que no princípio de tudo Cristo há exista, então Abraão e os demais que foram pobre e depois enricaram, por crerem em Deus, e sendo Deus o pai de Cristo, e quem crer no pai crer também no filho, ou seja em Cristo, portanto os de antes de Cristo ter vindo à terra, por lógica também são cristãos.

    Já na época de Cristo, eis que a bíblia fala no seu discípulo José de Arimateia, nas mulheres citadas em Lucas, 8,3, em Zaqueu…

    Bom, já quanto a depois de Cristo, aí, meu caro, a lista é grande. Alerte que a maioria tornou-se rica antes mesmo da teologia da prosperidade que você acusa como sendo do cão.

    Se tomar as instituições de caráter religioso, pois pessoas jurídicas, tem-se que todas elas são ricas, a começar pela católica, e as protestantes primeiras e as atuais, todas bem financeiramente, e todas ligadas a Cristo.

    No tocante a pessoas físicas, eis que são bilhões e bilhões, e seguindo a mesma tese, pois muitos se converteram e se tornaram pessoas de posses com ou sem teologia da prosperidade.

    Aqui neste site, destaca-se um que diz viver muito bem, o Wanderlei Santana, que tem uma vida fausta, que se não for de rico, é como se fosse, desfrutando dos prazeres que o dinheiro oferece, e prega que é cristão, não podendo eu deixar de acreditar.

    O piloto de fórmula 1, Airton Sena, ele e sua família são cristãos, e de grande posses, embora ele tenha morrido, mas vinha destinando parte de seus bens à assistência aos mais carentes, ou seja, não tinha o dinheiro como senhor dele.

    Igual a piloto são artistas, empresários, prestadores de serviços, que fizeram pacto e ganharam dinheiro, e há os que não fizeram pacto e ganharam e continuam ganhando dinheiro, sendo comum ouvir falar que servem com essas riquezas às ações sociais de igrejas. Há os que possuem as próprias instituições de apoio aos necessitados, tanto é que recentemente a tv globo fez reportagem fazendo menção dessas ações dos jogadores da seleção de futebol, sejam os evangélicos sejam os católicos.

    Meu caro, tudo o que você possuir procure não se deixar dominar, como: mulher, filhos, emprego, dinheiro, status, bebidas, do contrário, domine, e ponha ao dispor do mestre, aí sim você não serve a dois senhores. Serve a Deus não apenas com os lábios, mas também materialmente, justo por dispor de recursos.

    • levi-ano varela

      Nem me preocupo em responder suas sandices, mas como vc tentou responder a clássica pergunta ” aonde na bíblia vemos alguém que era pobre, seguiu a Cristo e enriqueceu” , mas respondeu errado, vou por em perspectiva suas alegações e mostrar como vc de forma levi-ana distorceu o assunto.

      “Abraão e os demais que eram ricos, por crerem em Deus, criam também em Cristo, portanto cristãos também.” (levi varela)

      errado. Abraão não era cristão. Ele sequer conhecia Jesus, que até então não havia se revelado ao mundo. Abraão conhecia ao Deus-Pai, mas não ao Deus-filho.

      “Na época de Cristo teve José de Arimateia, as mulheres citadas em Lucas, 8,3, Zaqueu”

      errado. José de arimatéia era pobre antes de seguir a cristo, levi??? aonde vc viu isso? na bíblia é que não foi… as mulheres idem, tinham posses antes de seguir a Cristo e zaqueu era um publicano desonesto que enriqueceu tomando mais do que devia, conheceu a Cristo e prometeu devolver 4 vezes mais o que tomou a mais… obviamente após conhecer Jesus ficou bem menos rico…

      Aí vc cita airton senna, jogadores da seleção, artistas da globo… nenhum deles está na bíblia, ok?

      levi-ano varela, mais uma vez vc não respondeu a pergunta. Estude a bíblia e volte melhor.

      • Stardust,

        Eu citei que quem conhece o pai conhece o filho, mas vc se finge de cego à uma ilação racional que sequer é minha, é bíblica, aí vem me chamar a atenção, meu caro?

        Se não bastasse, é de se indagar, será que Deus faria uma coisa e Cristo faria outra? O pai não quer nem saber e concede riquezas, já o filho vem e diz que somente pobres é que se salvam. É muita má fé ou não da dupla Deus e Jesus se você estiver certo ou não?

        Meu caro, quer dizer que Cristo achava tudo bonitinho quando estava no céu, inclusive assistia seu Pai dando concedendo posses materiais a quem o seguia e a quem não o seguia, assistiu, inclusive, ao celebre embate de Jó e o diabo, mas aí o filho vem pra terra e inverte tudo? Que pai e que filho, saco de gato e cachorro?

        José de Arimateia não deu tudo o que possuía como vocês interpretam erradamente, fato que se repetiu com as mulheres e Zaqueu, pois Deus determina que doe aos que são mão fechada para obra de Deus e para com o próximo.

        O fato de não ter o nome de Airton Sena no novo testamento isso se constitui obstáculo para uma tese principiológica?

        Será que o novo testamento ia se preocupar com a ampliação de bens dos crentes em Cristo? Seria isso importante? Está a felicidade apenas em patrimônio? Apenas na saúde? Apenas em fazer parte de uma religião? É num todo, tanto que Cristo fala que é chegado o Reino de Deus, e nisso contemple tudo o que citei e algo mais.

        Você é muito limitado, meu caro. E o que é pior, achar que Cristo veio aqui fazer apologia à pobreza, como se fosse virtude pra acessar aos céus.

        Vai impedir que publiquem o que escrevi agora, caro proprietário do site, Stuarte?

        • levi-ano varela

          seu texto como sempre cheio de enganos teológicos… mas para não fazer outro texto grande desmontando cada bobagem que vc diz, vou só responder biblicamente a sua ultima pérola:

          levi varela disse: “E o que é pior, achar que Cristo veio aqui fazer apologia à pobreza, como se fosse virtude pra acessar aos céus.”

          Jesus Cristo disse: “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus” (lucas 6:20)

          • Stardust,

            Engano seu, Cristo disse: “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus, SÓ VOSSO, SÓ VOSSO É O REINO DE DEUS” (lucas 6:20)

            Se fosse dessa forma, eu acreditaria nessa sua enganação.

            Mas veja outras qualidades que Ele fala:mansos, amantes de justiça, depressivos, odiados, injuriados, os roubados. os injustiçados, os não amados. os desprovidos de misericórdia, por fim disse:

            Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus.

            Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.

            Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão.
            Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.
            Ou como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o argueiro que está no teu olho, não atentando tu mesmo na trave que está no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás bem para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão.

            Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto.
            Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos.

            O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.

            E por que me chamais, SENHOR, Senhor, e não fazeis o que eu digo?

  12. Stardust, boas colocações as suas. Realmente Jesus e tb os apóstolos foram tiveram os seus ministérios apoiados por pessoas de posse que abraçaram a fé (como Lídia – At 16). O texto bíblico não fala que ninguém enriqueceu por aceitar a fé, pelo contrário, nos primeiros séculos (época da igreja primitiva), muitos perderam bens, os lares e famílias e até a própria vida pela causa do evangelho. O apóstolo Paulo comenta em suas cartas de suas dificuldades e faltas materiais, tb de apoio financeiro de irmãos. Vamos ler a Bíblia!

    “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna,…” (João 5.39)

    • Serafim.

      Paulo passou necessidade para não ficar ouvindo que ele era um sanguessuga da parte de crentes não convertidos, daí prejudicar as igrejas em estado de formação, embora essa recuada dele para trabalhar tenha provocado diminuição na evangelização, nada, portanto, em razão do estado de indigência da igreja, pois nessa situação ficou foi a judeia, a ponto dele pedir a todas as igrejas que ajudassem financeiramente, o que terminou beneficiando Pedro e demais discípulos.

      Qual igreja está pregando num pacote só que a conversão implica em riqueza, meu caro?

      Pergunto, pois até hoje não vi nenhuma assim fazendo, do contrário, fala-se de melhorias de vida como um todo, espiritual, material, social…, diferente quando das calúnias que são levantadas contra algumas igrejas que dão ênfase a esse tema também, o da prosperidade financeira, aliás, não significa enricar, sim fazer muito com o pouco, fazer mais ainda com um pouco mais, e fazer tudo com o muito, ou seja, questão de fé, pois tem gente que tem tudo e não consegue com esse muito financeiro fazer nada.

      • Irmão Levi;
        Entendo a sua colocação à favor das Igrejas Neopentescostais, e concordo, quanto a boa fé e o testemunho de muitos irmãos. Entretanto não posso apoiar a chamada “Teologia da prosperidade”, porque biblicamente falando, essa tal teologia não se sustenta.
        A realidade da maioria dos irmãos dos primeiros séculos, era de necesidade material, de probreza mesmo. A prosperidade bíblica realmente tem o sentido que vc afirma; “Fazer o muito com o pouco”, mas tem base em pelo menos tres aspectos objetivos: 1º dependencia de Deus; 2º Obediência; 3º contentamento e 4º partilha. Nunca teve base no aspecto que tem sido apresentado pelos pregadores da prosperidade que conforme pregam – “fazer sacrifício”, induzindo os fiéis a fazer barganha com Deus.
        Segue a declaração do Ap.Paulo sobre a sua sitação: ” Na minha vida em união com o Senhor, fiquei muito alegre porque vocês mostraram de novo o cuidado que têm por mim. Não quero dizer que vocês tivessem deixado de cuidar de mim; é que não tiveram oportunidade de mostrar esse cuidado.Não estou dizendo isso por me sentir abandonado, pois aprendi a estar satisfeito com o que tenho.Sei o que é estar necessitado e sei também o que é ter mais do que é preciso. Aprendi o segredo de me sentir contente em todo lugar e em qualquer situação, quer esteja alimentado ou com fome, quer tenha muito ou tenha pouco.” (filipenses 4.10-13)

        Abç.

        *sugiro a leitura de livros de História da Igreja, como “AS CATACUMBAS DE ROMA” , CPAD.

        • Serafim

          No cristianismo existe apenas uma teologia, a da prosperidade, o que não pode é qualquer igreja declarar que a felicidade encontra-se fincada nas riquezas.

          Cristo disse que veio trazer o Reino de Deus, isso pra quem acredita, e se alguns acreditam que disponibilizar de recursos se constitui como parte desse Reino, que busquem, pois Deus nos fez adultos não crianças, para sermos regidos por temores exagerados.

          Outrossim, não seria correto pregar a pobreza como meio de se chegar ao céu, pois se para alça-lo a fórmula se constitui em ser pobre, Cristo não precisaria vir morrer na cruz.

          A igreja vivia na catacumba em face da perseguição, como ocorreu com os protestantes neste país, nos esgotos e nas periferias, só foi botar a cara de fora, para os neros começarem a jogar tudo de ruim neste país a eles.

          Já que você frisou da necessidade de se cumprir premissas como dependência, obediência, contentamento e partilha, nunca vi igreja alguma não segui-las e também não deixar de sugerir, pois sobre o tópico que você mais se preocupa, a riqueza, esta é a mais inconsistente, bastando vê o caso citado biblicamente, o de Jó.

          Quanto a fazer barganha, pode dizer se também é ou não barganha o que os evangélicos chamam de voto e os católicos de promessa? Desde quando Deus nos impede de dialogarmos sobre o futuro com Ele? Acaso não foi assim com Jacó ao render um anjo? Também não foi assim com Moisés que pediu certos poderes para enfrentar o povo do Egito?

          Meu caro, Deus se descontenta conosco quando não demonstramos dependência Dele, quando não mostramos resistência em nome Dele, quando nos acovardamos, quando nos tornamos medrosos e tímidos.

          Sugiro a leitura da bíblia.

          • Marcos Oliveira,

            Desculpe, errei, em verdade, é o inverso, a teologia que manda no cristianismo é a da não prosperidade.

            Cristão não prospera em nada, seja o espiritual, o familiar, o social, o financeiro e também não prospera em sair do seu lugar no inferno e ir para o céu.

            Vem como estais, e fica como estais, nada de Reino de Deus, tudo mentira de Cristo que já era chegado há dois mil anos.

          • Você desconhece o que significam os termos “Teologia” e “Prosperidade”. Enquanto não entender estes conceitos vai continuar com essa percepção errônea do tema.

          • Irmão Levi,

            Confusas as suas colocações. “No cristianismo existe apenas uma teologia, a da prosperidade” – A teologia é uma sistematização dogmática da interpretação, leva-se em consideração a exegese (estudo histórico-gramatical) do texto; a hermenêutica ( a interpretação propriamente dita, com as suas aplicações).
            O cristianismo possui diversas teologias desenvolvidas e aplicadas durante os séculos. Ex. Teologia Reformada, Teologia alegória, teologia da libertação, essa última: teologia da prosperidade e outras.
            Essa última nasceu no meio neopentescostal (anos 70), sob as influências de Keneth Haghin, Benny Hinn, Frederick Price, John Avanzini, Robert Tilton, Marilyn Hickey, Charles Capps, Hobart Freeman, Jerry Savelle e Paul (David) Yonggi Cho. A Teol. da prosperidade, Também é conhecida como “confissão positiva”, “palavra da fé”, “movimento da fé” e “evangelho da saúde e da prosperidade”.
            O problema básico dessa “teologia” são os valores e influências doutrinárias que carrega consigo, nesse caso, totalmente carregada de doutrinas heréticas e místicas (vide ensinamentos dos seus propagadores).
            “A igreja vivia na catacumba em face da perseguição” – esse é o fato. A igreja dos primeiros séculos viveu em perseguição até o final do 4º século, com a instituição como religião oficial do imperio romano.
            Em nenhum momento viveu de maneira infiel, nem na proclamação do evangelho, nem na manutenção financeira da Obra e dos necessitados (vide escritos dos Pais da Igreja, Santo Agostinho, etc). Entretanto, viveram o testemunho do evangelho em meio a ameaças, martírio e sofrimento. Não houve enriquecimento, nem folga material/patrimonial, mas com graça fortalecedora, paz no Espírito Santo e ousadia na pregação do evangelho.

            Repense suas opiniões.

            Deus te abençoe.

  13. “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

    Falar de coisas espirituais para quem está preso à letra, aos seus fartos conhecimentos teológicos, que se traduzem em suas inércias na fé. Vêem as igrejas ditas como “seitas” crescerem, se expandirem pelo mundo, alcançando países cuja pobreza reina e que se quer conseguem se manterem com os próprios recursos nesses lugares, mas dependem de ajuda de outras sedes, enquanto os donos da verdade perdem seus tempos criticando, acusando, com seus discursos recados de palavras sofisticadas, nem percebem suas ignomínia.Vamos viver a fé, fé que Jesus que concede a cada um as suas características singulares, mas que em última análise todos O servem e glorificam o seu nome, conforme é claro, A sua perfeita Vontade e sua inerrante Palavra.

DEIXE UMA RESPOSTA