Igreja Universal condenada a pagar indenização a ex-vizinha por causa de barulho nos cultos

66

A justiça do Rio Grande do Sul condenou a Igreja Universal do Reino de Deus indenizar a mulher que teve de se mudar para poder dar continuidade ao seu tratamento de saúde, devido ao barulho emitido nos cultos da igreja. O valor da indenização foi fixado em R$ 6,5 mil.

A autora da ação indenizatória contra a Igreja contou que fez cirurgia para retirada de um tumor, e por isso recebeu orientação médica para manter-se em repouso, evitando situação de estresse e aborrecimentos. Porém, ela alega que em dias de culto na Igreja era impossível cumprir a recomendação dos médicos.

Ela comentou ainda que os cultos são diários, inclusive aos finais de semanas, acontecendo sempre a partir das 18h e após as 22 horas e sempre com exesso de barulho.

A solicitação de indenização já havia sido negada pela juíza Amita Antonia Leão Barcellos Milleto, mas a autora apelou ao TJRS, destacando como prova um laudo emitido pelo Batalhão Ambiental da Brigada Militar, que comprovou que os ruídos no local superavam os 50 decibéis permitidos pela legislação.


Após audiência junto ao Juizado Especial Criminal, foi constatado de que a acústica do templo da igreja não é suficiente para impedir a prorrogação de ruído, e que há a necessidade de que a igreja adote medidas no sentido de sanar a emissão de ruído acima do padrão estabelecido, através de isolamento acústico.

De acordo com o Tribunal de Justiça, participaram do julgamento os Desembargadores Gelson Rolim Stocker e Luiz Renato Alves da Silva, que votaram de acordo com a relatora.

Por Dan Martins, para o Gospel+

66 COMENTÁRIOS

    • Reinaldo Juvencio Se o pastor não gritar, não consegue externar sua "pretensa autoridade" aos seus "ouvintes como sendo o "rei da cocada preta" para arrancar dinheiro sem constrangimento nenhum em nome de Deus, dos imbecis que lhes dão atenção, e foram ali para isto, não estão inocentes não, sabem como funciona, estão coniventes, querem o escambo, tipo Se Deus é rico, voces que são filhos de Deus 'tambem devem ser, faça o seu sacrificio,voto e demonstre sua fé em dinheiro no altar, e daí grita, "voces vão arrebentarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr".É o teatro do absurdo.

    • c num toma jeito mesmo né igmix. c tem o espirito imundo da inveja rapaz. vai se tratar as terãs feiras na seção do descarrego na iurd filho. c tem problema. só Jesus na sua vida!

    • EX.
      POIS É BEM ASSIM EU DOU DIZIMOS ME CHAMA DE RETROGADO, NÃO RECEBO SALARIO DA MINHA IGREJA, DIZ QUE MEU DEUS É O DINHEIRO, SÓ PORQUE POSSO SAIR A QUALQUER HORA E COMPRAR POR EXEMPLO UM CARRO QUAQUERL, SE PAGO SALARIO AOS MEUS OBREIROS E DIGO EX; OS CARAS TRABALHAM SÃO DIGNOS DO SEU SALARIO, CHAMA – ME LADRÃO , COMO AGRADAR A ESTA CRIATURA, QUE TEM VARIAS SINDROMES COMO AI DESCREVI, CLARO SÃO MUITAS MAIS, É COMO O VENENO DO CIGARRO, JA DESCOBRIRAM MAIS DE TRES MIL SUBSTANCIAS TÓXICAS E AINDA TEM MAIS DE DUAS MIL QUE NÃO SABEM O QUE É, ASSIM É ELE DESTILA MUITO VENENO E TEM MUITO MAIS GUARDADO, POIS RECEBE INSTRUÇÃO NOI OUVIDO DIRETO DE SEU EXU O ZÉ PILANTRA E O ZÉ PILINTRA, SEGUNDO JGMIX DEVERIAMOS RASGAR A BÍBLIA POIS , NÃO SOMOS JUDEUS, NEM ROMANOS NEM DA GALACIA, NEM DE EFESOS, TESSALONICA DE COLOSSENSES, DE FILPENSES, NEM HEBREU
      BOM ELE DIZ QUE NÃO PRECISA E NEM DEVE FAZER COISAS, COMO POR EXEMPLO FEZ ABRAÃO E JACÓ, POIS O DIZIMO É DA LEI, DIZ TAMBÉM QUE ABRAÃO E JACÓ SÓ DERAM UMA VEZ, E ATÉ JACÓ ELE DIZ QUE NUNCA DEU SÓ PROMETEU,.IMAGINE O SENHOR MANDANDO REGISTRAR NA BÍBLIA TODAS AS VEZES QUE ELES DERAM DIZIMOS,HEHEHE ELE É UMA PEÇA

      • clamando

        seu péssimo testemunho já é publico e notorio. vu reproduzir um comentário de um cristão que fala sobre vc e seu amigo iurdiano edy

        “Austregézilo Silva Caio Fábio chama de hipócrita quem o acusa de heresia

        Quem vê a mim, vê o Pai. Eu e o Pai som os Um. A tua palavra – a do Pai – é a verdade. A minha doutrina não é minha mas daquele que me enviou. Não estou discordando em nada, como se vê, do que escrevestes. Vemos a mesma coisa por lados diferentes. Repito Cristo é Deus e Deus é Cristo. Seguindo um, estamos seguindo os Três. Gostei da lição de bíblia no EDY e no CLAMANDO. Agora só uma coisa discutir com “dizimista fiel” é duro, vale apenas pelo exercício que resulta e no ensinamento bíblico correto que acaba aflorando. as que eles não tem jeito não tem mesmo. Deveriam se perguntar, os tais, se Deus aceita coisas feitas erradamente, feitas de acordo com a vontade e desejo dos homens. O dízimo que ia para a “casa do tesouro” está em Neemias 10: 38. Na realidade é os dízimos dos dízimos. Os de má-fé não querem ver isto. Mas, está lá bem claro em Neemias 10: 38. Não são ignorantes, são mal intencionados e desonestos. São os verdadeiros ladrões no evangelho. Ou melhor são todos, partidários do estelionato bíblicos. Confundem Lei e Graça; atropelam as Dispensações; não sabem o que ato voluntário, regido por costumes antigos. Abraão conhecia a questão dos dízimos, entre os povos do oriente; Jacó conhecia por cultura oral, a importância do Voto; O dízimo como instituição foi instituído por Deus; o que veio antes nada tinha a ver com a Lei de Deus. Paulo deixa chalro quando diz que: Digo isto não como quem “manda”… portanto não obrigatório! Mas estas “bençãos” entendem o que leem? Claro que não! Continue batendo “admoestando” com a bíblia estes espíritos embrutecidos, imbuídos de torpe ganância e malévolos, do EDY e do CLAMANDO. k k k k . . .”

        falar mais o que? só resta a vc uma coisa…

        clamando fugindo em 3…2…1…

        • JGMIX O DITADOR E CRUEL LADRÃO

          NO QUE CRE A IGREJA ONDE DEUS ME COLOCOU COMO MINISTRO
          1-EM UM SÓ DEUS, ETERNAMENTE SUBSISTENTE EM TRES PESSOAS: O PAI, O FILHO EO ESPIRITO SANTO (DT.6.4; MT. 28.19; MC 12.29)

          A INSPIRAÇÃO VERBAL DA BÍBLIA SAGRADA, UNICA REGRA INFAL´PIVEL DE FÉ NORMATIVA PARA A VIDA E O CARÁTER CRISTÃO. ( 2 TM. 3.14-17; )

          NA CONCEPÇÃO VIRGINAL DE JESUS, EM SUA MORTE VICARIA, E EXPIATÓRIA , EM SUA RESSUREIÇÃO CORPORAL DENTRE OS MORTOS E SUA ASCEÇÃO VITORIÓSA AOS CÉUS.( IS. 17.14; RM. 8.34; AT. 1.9)

          NA PECAMINOSIDADE DO HOMEM QUE O DESTITUIU DA GLÓRIA DE DEUS E QUE SÓMENTE O ARREPENDIMENTO E A FÉ NA OBRA , EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS CRISTO É QUE PODE RESTAURA-LO A DEUS ( RM. 3.23; ATOS 3.19)

          NA NECESSIDFADE ABSOLUTA DO NOVO NASCIMENTO PELA FÉ EM CRISTO E PELOM PODER ATUANTE DO ESPIRITO SANTO E DA PALAVRA DE DEUS, PARA TORNAR O HJOMEM DIGNO DO REINO DOS CÉUS( JÓ 3.3-8)

          NO PERDÃOM DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SDACRIFICIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR( AT. 10.43 ; RM. 10.13; 3.24-26 E HB 7.25; 5.9 )

          NO BATISMO BÍBLICO EFETUADO POR IMERSÃO DO CORPO INTEIRO UMA SÓ VEZ EM AGUAS , EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPIRITO SANTO, CONFORME DETERMINOU O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO EM NOOS FAVOR ( MT. 28.19; RM. 6.1-6 E CL 2.12)

          NA NECESSIDADE E NA POSSIBILIDADE QUE TEMOS DE VIVER VIDA SDANTA MEDIANTE A OBRA EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS NO CALVÁRIO , ATRAVÉZ DOM PODER REGENERADOR, INSPIRADOR E SANTIFICADOR DO ESPIRITO SANTO, QUE NOS CAPACITA A VIVER COMO FIÉIS TESTEMUNHAS DO PODER DE CRSISTO ( HB. 9.14; 1 PD 1.15 )

          NO BATISMO BÍBLICO NO ESPIRITO SANTO QUE NPOS É DADO POR DEUS MEDIANTE A INTERCESSÃO DE CRISTO COM A EVIDENCIA INICIAL DE FALAR EM OUTRAS LINGUAS, CONFORME A SUA VONTADE. ( AT. 1.5; 2.4; 10. 44-46; 19.1-7 )

          NA ATUALIDADE DOS DONS ESPIRITUSAIS DISTRIBUIDOS PELO ESPIRITO SANTO A IGREJA PARA SUA EDIFICAÇÃO, CONFORME A SUA SOBERANA VONTADE ( 1 CO 12.1-12 )

          NA SEGUNDA VINDA PREMILENIAL DE CRISTO, EM DUAS FASES DISTINTAS. 1 INVISIVEL AO MUNDO PARA ARREBATAR SUA IGREJA FIÉL DA TERRA, ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO .
          2 – VISÍVEL E CORPORAL COM A SUA IGREJA GLORIFICADA , PARA REINAR SOBRE O MUNDO DURANTE MIL ANOS (1 TS 4.16-17; 1CO 15. 51-54; AP. 20.4; ZC. 14.5; E JUDAS 14 )

          QUE TODOS OS CRISTÃOS COMPARECERÃO ANTE O TRIBNUNAL DE CRISTO, PARA RECEBER RECOMPENSA DE SEUS FEITOS EM FAVOR DE CAUSA DE CRISTO NA TERRA ( 2 CO 5. 10 )

          NO JUÍZO VINDOURO QUE RECOMPENSARA OS FIÉIS E CONDENARA OS INFIÉIS, ( AP. 20 11- 15 )

          NA VIDA ETERNA E DE GOZO E FELICIDADE PARA OS FIÉIS E DE TRISTEZA E SOFRIMENTO PARA OS INFIÉIS ( JGMIX ) ( MT. 25.46 )

          LEMBRANDO DE JESUS E SUAS PALAVRAS:
          NÃO CUIDEIS QUE VIM DESTRUIR A LEI OU AOS PROFETAS, NÃO VIM AB.ROGAR MAS CUMPRIR MT.5 .17.
          A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.
          A BÍBLIA REFERE-SE MAIS VEZES AO DINHEIRO DO QUE MESMO A ORAÇÃO E A FÉ.
          JESUS FALOU SOBRE DINHEIRO 90 VEZES DOS 107 VERSÍCULOS DO SERMÃO DO MONTE 22 DELES REFEREN-SE A DINHEIRO, E 24 DAS 49 PARÁBOLAS DE JESUS MENCIONAM DINHEIRO.
          O DÍZIMO É ANTES DURANTE E DEPOIS DA LEI DE MOISÉS, E CONTINUOU NA GRAÇA
          ABRAÃO FOI O PRIMEIRO A DAR DIZIMOS A DEUS, ISTO MUITOS ANOS ANTES DE MOISÉS NASCER, OU DA LEI EXISTIR, HB. 7 2 -7 .
          A BÍBLIA É CLARA EM DIZER QUE ABRAÃO E TODAS AS PESSOA QUE VIVERAM COM DEUS FORAM JUSTIFICADOS POR SUA FÉ EM DEUS ( GL 3.6 )
          E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO..
          FICANDO CLARO QUE CONTRA A PALAVRA SÓ OS QUE NÃO SÃO SJUSTIFICADOS PELA FÉ DE ABRAÃO DAQUELES QUE RECEBEM A JESUS.

          • CLAMANDO

            vc defende a entrega de dízimos ainda pelos cristãos, mesmo que para isso precise distorcer passagens biblicas, dizendo inclusive que jacó dizimou ao anjo…

            CLAMANDO DIZ: A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.

            JGMIX RESPONDE: Jesus falou sobre riquezas e seus riscos, não como os pastores da iurd, e outras igrejas atuais que chegam até a dizer que quem não dizima não será salvo, sendo que não há uma citação biblica que confirme isso. dizem que dizimo é por fé… amor… que amor é esse que se não pagar vai ser condenado??? Jesus nunca mandu os cristãos entregarem dizimos, dizimos nunca foram dinheiro, e dizimos foram abolidos assim como todos os preceitos da lei de moisés. Se fosse para continuar, os apostolos confirmariam!

            CLAMANDO DIZ: E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO.

            JGMIX RESPONDE: em primeiro lugar, sua citação biblica é vaga. nem sequer cita se é 1 de corintios ou 2 de corintios , o que já demonstra a intenção de apenas fazer parecer uma citação biblica séria, mas mesmo que seja a 1corintios, ou 2corintios, nenhum desses textos falam sobre dízimos. como vc sabe que não falam, por isso e aproveitando que vc sabe que a maioria dos cristãos não tem conhecimento biblico vc cita “por cima” só para tentar fazer parecer que dizimo tem base biblica para os cristãos…

            vamos ler a definição de dízimo, no site wikipédia.

            Dízimo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

            Dízimo significa a décima parte de algo, paga voluntariamente ou através de taxa ou imposto, normalmente para ajudar organizações religiosas judaicas e algumas denominações cristãs. Apesar de atualmente estar associada à religião, muitos reis na Antiguidade exigiam o dízimo de seus povos.

            Etimologicamente dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Historicamente eram pagos na forma de bens, e encontra suas origens no Sacerdócio Levítico judaico (Lv 27, 30-34). Por ser Cristo sacerdote segundo a Ordem de Melquisedec, ab-rogou o sacerdócio levítico com todas as suas as leis, dízimos e costumes, conforme narra São Paulo na Carta endereçada aos Hebreus (Hebr 7, 1 – 28). Citando consecutivamente a questão do dízimo nos versículos precedentes, São Paulo arremata: “Com efeito, mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se mude também a lei” (Hebr 7, 12). E ainda: “O mandamento precedente é, na verdade, ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade” (Hebr 7, 18).

            Hoje, os dízimos cobrados por algumas denominações e seitas religiosas, são normalmente voluntários e pagos em dinheiro, cheque ou ações, enquanto historicamente eram pagos na forma de bens, como com produtos agrícolas. Alguns países europeus permitem com força de lei que instituições religiosas instituam o dízimo como obrigatório.

            Origem do dízimo religioso:

            O dízimo nas religiões abraâmicas foi instituído na Lei de Moisés, estipulado para manter os sacerdotes e a tribo de Levi, que mantinha o Tabernáculo e depois o Templo, já que eles não poderiam possuir herdades e territórios como as outras tribos. Também dízimo que era dado em forma de mantimento era usado para assistir os órfãos, viúvas e os pobres. Depois da destruição do Templo no ano 70 DC a classe sacerdotal e os sacrifícios foram desmantelados, assim os rabinos passaram a recomendar que os judeus contribuissem em obras caritativas.

            Para o sociólogo Émile Durkheim em “Lições de Sociologia”, o dízimo teria origem no pensamento mítico, primeiramente como sacrifícios e ofertas aos deuses e divindades para obter “permissão” divina para o bom cultivo de bens mundanos, seja na pesca, coleta, agricultura, etc. Transmutou-se em dízimo em certas religiões, e por fim, transmutou-se em impostos, que seria a versão secular do dízimo.

            Dízimo sob a ótica protestante

            A primeira menção de dízimo na Bíblia está registrada no livro Gênesis, capítulo 14, referindo-se a uma atitude voluntariosa de Abraão, ora Abrão, quando depois de uma guerra, ele deu o dízimo do despojo e não de todos os seus bens a um sacerdote de quem pouco se sabe, chamado Melquisedeque. Um segundo relato, ainda pré Mosaico, é registrado sob a forma de promessa voluntária. Após uma noite em que teve um sonho que julgou revelador, Jacó, neto de Abraão, também comprometeu-se voluntariamente a dar dízimos – “oferecerei o dízimo de tudo que me deres” – caso Deus o guardasse e protegesse.

            Posteriormente, a lei Mosaica previa um imposto de dez por cento (dízimas) dos animais e colheitas recolhidos uma vez ao ano, registrado em Levítico 27. Há também um aspecto mais abrangente desse imposto, relatado em Deuteronômios 14, onde percebem-se alguns aspectos que não foram explicitados em Levítico, como: razão de culto, interação familiar e auxílio a classe sacerdotal. Também está registrado no contexto, que a cada três anos, esses dízimos deveriam ser instrumentos de auxílio social, notadamente para os levitas, estrangeiros, órfãos e viúvas.

            Os próprios sacerdotes, devido a um afroxamento no rigor de cumprir a Lei e desvios na conduta dos homens que cuidavam do serviço sacerdotal, foram avisados e amaldiçoados por Deus, no ministério do profeta Malaquias. E foram advertidos que se não mudassem de comportamento em relação às ofertas e ao dízimo, Deus tornaria as suas bênçãos em maldição e mandaria o anjo do Senhor para preparar os Seus caminhos a fim de que viesse Jesus Cristo com uma nova doutrina.

            Desde a Reforma as igrejas protestantes tradicionais creêm que sob a Graça o dízimo não é válido visto que o Sacrifício de Cristo cumpriu a Torá, houve o fim do templo, e a crença no sacerdócio universal anulava a existência de uma casta sacerdotal. As igrejas protestantes tradicionais (reformadas, luteranas, anabatistas) utilizam-se várias formas para a manutenção, como subscrições, ofertas voluntária e em alguns casos fundos estatais. Mas mesmo assim a prática do dízimo é empregada hoje por várias denominações pentecostais ou neo-pentecostais, principalmente na América Latina.

            fonte: wikipedia

            clamando, se até o site wikipedia, afirma que o dízimo foi abolido… porque vc acha que pode ensinar o contrário?

            somente levitas podiam receber o dízimo obrigatório da lei de moises… vc por acaso é da tribo de levi?

            dizimo sempre foi a décima parte de alimentos… porque vc acha que pode receber em dinheiro?

            abraão deu dízimo voluntariamente e apenas dos despojos da guerra contra os reis… aonde vc vê na biblia que devemos dizimar como abraão dizimou?

            Jesus é nosso maior exemplo… e cadê Ele dizimando?

            Jesus nunca mandou recolher dizimos em nome Dele… e pq vc acha que pode fazer diferente?

            Se dizimo fosse necessário para manter esses “templos” que chamam de igreja, Jesus ou os apóstolos não teriam deixado isso bem claro? e pq vc acha que devemos dizimar em favor desses templos feitos por mãos humanas???

            clamando, se para ensinar a SUA “verdade” vc precisa mentir dizendo que jacó deu dízimo ao anjo e precisa pedir ajuda aos iurdianos, se vê seu desespero em manter o povo na religiosidade…

            ver o povo de Deus sendo ensinado a verdade sobre dízimos, é ver a galinha dos ovos de ouro parar de botar, e líderes gananciosos, orgulhosos como vc não querem que isso aconteça.

            Vamos continuar falando a verdade sobre os dízimos, que não são obrigatórios e cristão que não entrega dízimo não vai ser vitima do devorador, que a própria biblia ensina que era uma especie de gafanhoto e nada tem a ver com demoni que ataca finanças…

            Se o dízimo do clamando não é por obrigação e sim por amor, segundo clamando alega… pq quem não entrega vai pro inferno segundo ele???

            mais uma das contradições clamandianas…

            clamando fugindo em 3…2…1…

    • JGMIX O DITADOR E CRUEL LADRÃO

      NO QUE CRE A IGREJA ONDE DEUS ME COLOCOU COMO MINISTRO
      1-EM UM SÓ DEUS, ETERNAMENTE SUBSISTENTE EM TRES PESSOAS: O PAI, O FILHO EO ESPIRITO SANTO (DT.6.4; MT. 28.19; MC 12.29)

      A INSPIRAÇÃO VERBAL DA BÍBLIA SAGRADA, UNICA REGRA INFAL´PIVEL DE FÉ NORMATIVA PARA A VIDA E O CARÁTER CRISTÃO. ( 2 TM. 3.14-17; )

      NA CONCEPÇÃO VIRGINAL DE JESUS, EM SUA MORTE VICARIA, E EXPIATÓRIA , EM SUA RESSUREIÇÃO CORPORAL DENTRE OS MORTOS E SUA ASCEÇÃO VITORIÓSA AOS CÉUS.( IS. 17.14; RM. 8.34; AT. 1.9)

      NA PECAMINOSIDADE DO HOMEM QUE O DESTITUIU DA GLÓRIA DE DEUS E QUE SÓMENTE O ARREPENDIMENTO E A FÉ NA OBRA , EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS CRISTO É QUE PODE RESTAURA-LO A DEUS ( RM. 3.23; ATOS 3.19)

      NA NECESSIDFADE ABSOLUTA DO NOVO NASCIMENTO PELA FÉ EM CRISTO E PELOM PODER ATUANTE DO ESPIRITO SANTO E DA PALAVRA DE DEUS, PARA TORNAR O HJOMEM DIGNO DO REINO DOS CÉUS( JÓ 3.3-8)

      NO PERDÃOM DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SDACRIFICIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR( AT. 10.43 ; RM. 10.13; 3.24-26 E HB 7.25; 5.9 )

      NO BATISMO BÍBLICO EFETUADO POR IMERSÃO DO CORPO INTEIRO UMA SÓ VEZ EM AGUAS , EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPIRITO SANTO, CONFORME DETERMINOU O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO EM NOOS FAVOR ( MT. 28.19; RM. 6.1-6 E CL 2.12)

      NA NECESSIDADE E NA POSSIBILIDADE QUE TEMOS DE VIVER VIDA SDANTA MEDIANTE A OBRA EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS NO CALVÁRIO , ATRAVÉZ DOM PODER REGENERADOR, INSPIRADOR E SANTIFICADOR DO ESPIRITO SANTO, QUE NOS CAPACITA A VIVER COMO FIÉIS TESTEMUNHAS DO PODER DE CRSISTO ( HB. 9.14; 1 PD 1.15 )

      NO BATISMO BÍBLICO NO ESPIRITO SANTO QUE NPOS É DADO POR DEUS MEDIANTE A INTERCESSÃO DE CRISTO COM A EVIDENCIA INICIAL DE FALAR EM OUTRAS LINGUAS, CONFORME A SUA VONTADE. ( AT. 1.5; 2.4; 10. 44-46; 19.1-7 )

      NA ATUALIDADE DOS DONS ESPIRITUSAIS DISTRIBUIDOS PELO ESPIRITO SANTO A IGREJA PARA SUA EDIFICAÇÃO, CONFORME A SUA SOBERANA VONTADE ( 1 CO 12.1-12 )

      NA SEGUNDA VINDA PREMILENIAL DE CRISTO, EM DUAS FASES DISTINTAS. 1 INVISIVEL AO MUNDO PARA ARREBATAR SUA IGREJA FIÉL DA TERRA, ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO .
      2 – VISÍVEL E CORPORAL COM A SUA IGREJA GLORIFICADA , PARA REINAR SOBRE O MUNDO DURANTE MIL ANOS (1 TS 4.16-17; 1CO 15. 51-54; AP. 20.4; ZC. 14.5; E JUDAS 14 )

      QUE TODOS OS CRISTÃOS COMPARECERÃO ANTE O TRIBNUNAL DE CRISTO, PARA RECEBER RECOMPENSA DE SEUS FEITOS EM FAVOR DE CAUSA DE CRISTO NA TERRA ( 2 CO 5. 10 )

      NO JUÍZO VINDOURO QUE RECOMPENSARA OS FIÉIS E CONDENARA OS INFIÉIS, ( AP. 20 11- 15 )

      NA VIDA ETERNA E DE GOZO E FELICIDADE PARA OS FIÉIS E DE TRISTEZA E SOFRIMENTO PARA OS INFIÉIS ( JGMIX ) ( MT. 25.46 )

      LEMBRANDO DE JESUS E SUAS PALAVRAS:
      NÃO CUIDEIS QUE VIM DESTRUIR A LEI OU AOS PROFETAS, NÃO VIM AB.ROGAR MAS CUMPRIR MT.5 .17.
      A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.
      A BÍBLIA REFERE-SE MAIS VEZES AO DINHEIRO DO QUE MESMO A ORAÇÃO E A FÉ.
      JESUS FALOU SOBRE DINHEIRO 90 VEZES DOS 107 VERSÍCULOS DO SERMÃO DO MONTE 22 DELES REFEREN-SE A DINHEIRO, E 24 DAS 49 PARÁBOLAS DE JESUS MENCIONAM DINHEIRO.
      O DÍZIMO É ANTES DURANTE E DEPOIS DA LEI DE MOISÉS, E CONTINUOU NA GRAÇA
      ABRAÃO FOI O PRIMEIRO A DAR DIZIMOS A DEUS, ISTO MUITOS ANOS ANTES DE MOISÉS NASCER, OU DA LEI EXISTIR, HB. 7 2 -7 .
      A BÍBLIA É CLARA EM DIZER QUE ABRAÃO E TODAS AS PESSOA QUE VIVERAM COM DEUS FORAM JUSTIFICADOS POR SUA FÉ EM DEUS ( GL 3.6 )
      E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO..
      FICANDO CLARO QUE CONTRA A PALAVRA SÓ OS QUE NÃO SÃO SJUSTIFICADOS PELA FÉ DE ABRAÃO DAQUELES QUE RECEBEM A JESUS.

      • CLAMANDO

        vc defende a entrega de dízimos ainda pelos cristãos, mesmo que para isso precise distorcer passagens biblicas, dizendo inclusive que jacó dizimou ao anjo…

        CLAMANDO DIZ: A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.

        JGMIX RESPONDE: Jesus falou sobre riquezas e seus riscos, não como os pastores da iurd, e outras igrejas atuais que chegam até a dizer que quem não dizima não será salvo, sendo que não há uma citação biblica que confirme isso. dizem que dizimo é por fé… amor… que amor é esse que se não pagar vai ser condenado??? Jesus nunca mandu os cristãos entregarem dizimos, dizimos nunca foram dinheiro, e dizimos foram abolidos assim como todos os preceitos da lei de moisés. Se fosse para continuar, os apostolos confirmariam!

        CLAMANDO DIZ: E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO.

        JGMIX RESPONDE: em primeiro lugar, sua citação biblica é vaga. nem sequer cita se é 1 de corintios ou 2 de corintios , o que já demonstra a intenção de apenas fazer parecer uma citação biblica séria, mas mesmo que seja a 1corintios, ou 2corintios, nenhum desses textos falam sobre dízimos. como vc sabe que não falam, por isso e aproveitando que vc sabe que a maioria dos cristãos não tem conhecimento biblico vc cita “por cima” só para tentar fazer parecer que dizimo tem base biblica para os cristãos…

        vamos ler a definição de dízimo, no site wikipédia.

        Dízimo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

        Dízimo significa a décima parte de algo, paga voluntariamente ou através de taxa ou imposto, normalmente para ajudar organizações religiosas judaicas e algumas denominações cristãs. Apesar de atualmente estar associada à religião, muitos reis na Antiguidade exigiam o dízimo de seus povos.

        Etimologicamente dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Historicamente eram pagos na forma de bens, e encontra suas origens no Sacerdócio Levítico judaico (Lv 27, 30-34). Por ser Cristo sacerdote segundo a Ordem de Melquisedec, ab-rogou o sacerdócio levítico com todas as suas as leis, dízimos e costumes, conforme narra São Paulo na Carta endereçada aos Hebreus (Hebr 7, 1 – 28). Citando consecutivamente a questão do dízimo nos versículos precedentes, São Paulo arremata: “Com efeito, mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se mude também a lei” (Hebr 7, 12). E ainda: “O mandamento precedente é, na verdade, ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade” (Hebr 7, 18).

        Hoje, os dízimos cobrados por algumas denominações e seitas religiosas, são normalmente voluntários e pagos em dinheiro, cheque ou ações, enquanto historicamente eram pagos na forma de bens, como com produtos agrícolas. Alguns países europeus permitem com força de lei que instituições religiosas instituam o dízimo como obrigatório.

        Origem do dízimo religioso:

        O dízimo nas religiões abraâmicas foi instituído na Lei de Moisés, estipulado para manter os sacerdotes e a tribo de Levi, que mantinha o Tabernáculo e depois o Templo, já que eles não poderiam possuir herdades e territórios como as outras tribos. Também dízimo que era dado em forma de mantimento era usado para assistir os órfãos, viúvas e os pobres. Depois da destruição do Templo no ano 70 DC a classe sacerdotal e os sacrifícios foram desmantelados, assim os rabinos passaram a recomendar que os judeus contribuissem em obras caritativas.

        Para o sociólogo Émile Durkheim em “Lições de Sociologia”, o dízimo teria origem no pensamento mítico, primeiramente como sacrifícios e ofertas aos deuses e divindades para obter “permissão” divina para o bom cultivo de bens mundanos, seja na pesca, coleta, agricultura, etc. Transmutou-se em dízimo em certas religiões, e por fim, transmutou-se em impostos, que seria a versão secular do dízimo.

        Dízimo sob a ótica protestante

        A primeira menção de dízimo na Bíblia está registrada no livro Gênesis, capítulo 14, referindo-se a uma atitude voluntariosa de Abraão, ora Abrão, quando depois de uma guerra, ele deu o dízimo do despojo e não de todos os seus bens a um sacerdote de quem pouco se sabe, chamado Melquisedeque. Um segundo relato, ainda pré Mosaico, é registrado sob a forma de promessa voluntária. Após uma noite em que teve um sonho que julgou revelador, Jacó, neto de Abraão, também comprometeu-se voluntariamente a dar dízimos – “oferecerei o dízimo de tudo que me deres” – caso Deus o guardasse e protegesse.

        Posteriormente, a lei Mosaica previa um imposto de dez por cento (dízimas) dos animais e colheitas recolhidos uma vez ao ano, registrado em Levítico 27. Há também um aspecto mais abrangente desse imposto, relatado em Deuteronômios 14, onde percebem-se alguns aspectos que não foram explicitados em Levítico, como: razão de culto, interação familiar e auxílio a classe sacerdotal. Também está registrado no contexto, que a cada três anos, esses dízimos deveriam ser instrumentos de auxílio social, notadamente para os levitas, estrangeiros, órfãos e viúvas.

        Os próprios sacerdotes, devido a um afroxamento no rigor de cumprir a Lei e desvios na conduta dos homens que cuidavam do serviço sacerdotal, foram avisados e amaldiçoados por Deus, no ministério do profeta Malaquias. E foram advertidos que se não mudassem de comportamento em relação às ofertas e ao dízimo, Deus tornaria as suas bênçãos em maldição e mandaria o anjo do Senhor para preparar os Seus caminhos a fim de que viesse Jesus Cristo com uma nova doutrina.

        Desde a Reforma as igrejas protestantes tradicionais creêm que sob a Graça o dízimo não é válido visto que o Sacrifício de Cristo cumpriu a Torá, houve o fim do templo, e a crença no sacerdócio universal anulava a existência de uma casta sacerdotal. As igrejas protestantes tradicionais (reformadas, luteranas, anabatistas) utilizam-se várias formas para a manutenção, como subscrições, ofertas voluntária e em alguns casos fundos estatais. Mas mesmo assim a prática do dízimo é empregada hoje por várias denominações pentecostais ou neo-pentecostais, principalmente na América Latina.

        fonte: wikipedia

        clamando, se até o site wikipedia, afirma que o dízimo foi abolido… porque vc acha que pode ensinar o contrário?

        somente levitas podiam receber o dízimo obrigatório da lei de moises… vc por acaso é da tribo de levi?

        dizimo sempre foi a décima parte de alimentos… porque vc acha que pode receber em dinheiro?

        abraão deu dízimo voluntariamente e apenas dos despojos da guerra contra os reis… aonde vc vê na biblia que devemos dizimar como abraão dizimou?

        Jesus é nosso maior exemplo… e cadê Ele dizimando?

        Jesus nunca mandou recolher dizimos em nome Dele… e pq vc acha que pode fazer diferente?

        Se dizimo fosse necessário para manter esses “templos” que chamam de igreja, Jesus ou os apóstolos não teriam deixado isso bem claro? e pq vc acha que devemos dizimar em favor desses templos feitos por mãos humanas???

        clamando, se para ensinar a SUA “verdade” vc precisa mentir dizendo que jacó deu dízimo ao anjo e precisa pedir ajuda aos iurdianos, se vê seu desespero em manter o povo na religiosidade…

        ver o povo de Deus sendo ensinado a verdade sobre dízimos, é ver a galinha dos ovos de ouro parar de botar, e líderes gananciosos, orgulhosos como vc não querem que isso aconteça.

        Vamos continuar falando a verdade sobre os dízimos, que não são obrigatórios e cristão que não entrega dízimo não vai ser vitima do devorador, que a própria biblia ensina que era uma especie de gafanhoto e nada tem a ver com demoni que ataca finanças…

        Se o dízimo do clamando não é por obrigação e sim por amor, segundo clamando alega… pq quem não entrega vai pro inferno segundo ele???

        mais uma das contradições clamandianas…

        clamando fugindo em 3…2…1…

        • ESTRANHO, JGMIX DEFENDE UMA TESE QUE NÃO TEM BASE NENHUMA MENTE, DESCARADAMENTE, SÓ SEI QUE PASSARAM CÉUS E TERRA E AS PALAVRAS DE MEUS DEUS NÃO PASSARA, SEI TAMBÉM , QUE A PESSOA PARA SER MESTRE EM QUALQUER COISA DEVE NO MINIMO TER APRENDIDO EM UMA ESCOLA, E SEI QUE TAMBÉM NÃO É TEU CASO, SEI QUE TEM TEM PODE DAR, E TAMBÉM NÃO É TEU CASO, RESPOSRTA DE QUALQUER PESSOA QUE PERGUNTAR, QUERES DAR O DIZIMO E SER PROSPERO CO MO O CLAMANDO OU QUERES SER ESPERTO COMO JGMIX E VIVER NA MISÉRIA AS CUSTAS DE OUTROS ASSIM COMO FAZ JGMIX AS CUSTAS DA MAMÃE, QUE A MAIOR CARA DE PAU DIZ QUE VIVE PELA FÉ. HEHEH SEI QUE NINGUÉM VAI CRER QUE UN DEUS QUE É DONO DA PRATA E DO OURO TENHA SEUS FILHOS MISERAVEIS, FAZER O CERTO TEM PROMESSAS, E DEPOIS PROVAI-ME SE NÃO ABRIREI AS JANELAS DO CÉU ISTO É FÉ É PARA AQUELES QUE CREEM, QUE NÃO É TEU CDASO, SE FOSSE ESXPERTO NÃO TERIA SIDO DA IURD, NÃO ESTARIA DEPRIMIDO SOFRENDO DE DEPRESSAO, VIVENDO UMA VIDA MISERAVEL, PARANDO O DIA TODO NA NET, SEM PRODUZIR NADA DE UTIL, PODEMOS DIZER UM VAGABA, ONDE ESTÁ TUA MORAL, SE EU FOSSE O ERRADO, SERIA DURANGO PEDINDO, MAS AO CONTRARIO, MINHA VIDA É REGALADA, VIVO BEM, SE TU FOSSE O CARA CERTO QUE SABES A PALAVRA UM ALTO DIDATA, SERIAS TU O PRESIDENTE DESTA IGREJA IMENSA QUE EU SOU, SIM OU VAIS DIZER QUE DEUS NÃO SABE O QUE FAZ, POIS NINGUÉM SOBE AO PODER SE DEUS NÃO QUISER, PORQUE SERA QUE VOCE ESTA NA VIDA MISERAVEL, EM BUSCA DE ADEPTOS PARA UMA SEITA, E TEUS SEGUIDORES SÃO A MARY DESVIADA, DA IURD, E ALGUNS ATEUS GAYS, PORQUE SERA QUE OS REGENERADOS ESTÃO COMIGO E CONTIGO SÓ UMA QUADRILHA, DEUS É INJUSTO? CONTRA PROVAS NÃO HA ARGUMENTOS……..VOCE ESTA DOENTE SOFRE DE VARIAS SINDROMES TEM DESVIO DE CONDUTA E PARANÓICO, E PREPOTENTE, LEVAS UMA VIDA MISERAVEL, E QUERES AINDA SER FEITO REI…………..HEHEH ISTO NÃO É PARA QUEM QUER É PARA QUEM DEUS ESCOLHE
          SE JGMIX FOSSE UM ESCOLHIDO ESTAVA AQUI E NÃO AI

          • clamando já percebendo que não tem mais argumentos parte para as ironias e ofensas pessoais, tipico de quem não tem mais nada a dizer.

            o cristão prova a razão de sua fé com a biblia, o falso usa de acusações e ironias.

            fica provado mais uma vez que dizimos não são obrigatórios aos cristãos!

            clamando fugindo em 3…2….1….

          • CLAMANDO

            tá nervoso? é só falar a verdade para os fariseus que eles mostram sua real condição…

            CLAMANDO DIZ: SE EU FOSSE O ERRADO, SERIA DURANGO PEDINDO, MAS AO CONTRARIO, MINHA VIDA É REGALADA, VIVO BEM

            SENHOR JESUS RESPONDE: Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus. (LUCAS 6:20)

            CLAMANDO DIZ: SE TU FOSSE O CARA CERTO QUE SABES A PALAVRA UM ALTO DIDATA, SERIAS TU O PRESIDENTE DESTA IGREJA IMENSA QUE EU SOU, SIM OU VAIS DIZER QUE DEUS NÃO SABE O QUE FAZ, POIS NINGUÉM SOBE AO PODER SE DEUS NÃO QUISER

            JGMIX RESPONDE: Jesus não vivia pregando no templo, e sim no monte, e outros lugares, agora quem viviam nos templos e sinagogas eram os fariseus e doutores da lei, dizimistas que perseguiam a Jesus, e depois contribuiram para sua crucificação…

            Jesus era pobre, não era doutor da lei como vc, nem exercia cargo no templo…

            clamando diz que segue a Jesus, mas pq não vende ao menos o barco que tem a disposição a 300 km e dá aos pobres?

            clamando diz que segue a Jesus mas quer ensinar dizimos que Jesus não ensinou aos seus discipulos.

            clamando diz que segue a Jesus mas persegue e odeia os que se atrevem a falar a verdade biblica.

            clamando diz que segue a Jesus, mas assim como o diabo, usa a biblia de forma distorcida dizendo que jacó deu dizimo ao anjo para tentar validar um lei abolida de dizimar…

            clamando, essa advertencia do Senhor Jesus é pra vc! presta atenção !

            “Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.” (mateus 7:22-23)

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • JGMIX
            JESUS FALOU EM POBRES DE ESPIRITO LEIA O SERMÃO DA MONTANHA, OUTRA COISA SER POBRE É UMA COISA É CONDIÇÃO SOCIAL E OPORTUNIDADE, QUE NÃO É TEU CASO JGMIX É VAGABA E VIVE PELA FÉ DO SALARIO DA MAMÃE

          • CLAMANDO DIZ: JESUS FALOU EM POBRES DE ESPIRITO LEIA O SERMÃO DA MONTANHA, OUTRA COISA SER POBRE É UMA COISA É CONDIÇÃO SOCIAL E OPORTUNIDADE

            A BIBLIA RESPONDE: “Ouvi, meus amados irmãos. Não escolheu Deus os que para o mundo são pobres, para serem ricos em fé e herdeiros do reino que ele prometeu aos que o amam?” (tiago 2:5)

            JGMIX BIBLICAMENTE OBSERVA: portanto, os pobres que herdarão o reino dos céus são sim os pobres financeiramente, e nada tem a ver com pobreza de espirito…

            CLAMANDO ENVERGONHADO E DESMASCARADO NOVAMENTE PELA BIBLIA FOGE: em 3…2…1…

  1. a juíza Amita Antonia Leão Barcellos Milleto com certeza é mais uma comprada com dinheiro de dizimos e ofertas….. ora, o Batalhão Ambiental da Brigada Militar emitiu um laudo tecnico sobre o ruido dos cultos caberia a juiza Amita Antonia Leão Barcellos Milleto acatar o parecer do laudo. a velha imfluencia da nisto…. compra de sentença

    • principalmente nas festas de ativistas gays de duram a noite toda enchendo o saco da população . isso aii vamos lá Jorge.. vamos lutar por nossos direitos … fora ativistas ..

  2. vou abrir um Zona no lado da tua casa Cristiane dos Santos…musica alta ate de madrugada,brigas,mortes….te convido pra inalguraçao….vamos ve c vc vai gostar…kkkkkkk

  3. Vejam os absurdos, mas são as leis feitas pelos parlamentares, que fazem leis esdruxulez, mas que deveriam ter cuidado das igrejas em preservar seus espaços nos cultos bem protegidos dos barulhos para o alheio. Com isto, tbm digo que a boate Kiss é um exemplo para termos o cuidado dos recintos fechados. E por outro lado, batuqueiros que fazem suas oferendas com batucadas em via publica, não são incomodados, será pelo medo que tem de algum mal que lhes venham fazer, praga, mandingaria, etc.?

  4. Vejam os absurdos, mas são as leis feitas pelos parlamentares, que fazem leis esdruxulez, mas que deveriam ter cuidado das igrejas em preservar seus espaços nos cultos bem protegidos dos barulhos para o alheio. Com isto, tbm digo que a boate Kiss é um exemplo para termos o cuidado dos recintos fechados. E por outro lado, batuqueiros que fazem suas oferendas com batucadas em via publica, não são incomodados, será pelo medo que tem de algum mal que lhes venham fazer, praga, mandingaria, etc.?

    • CLAMANDO

      VC ESTÁ EM PAPAS DE ARANHA COM ESSE JGMIX!

      ele colocou vc numa enrascada bíblica da qual vc não consegue sair! quem mandou defender dízimos sem conhecer o que a bíblia fala realmente do assunto?

      agora vc está pedindo ajuda até dos iurdianos! quem diria! o velho clamando, o ” profeta ” do gospelmais, que tanto falou contra a iurd, por não conseguir provar biblicamente que dízimos são ainda obrigatórios, se alia aos iurdianos…

      daqui a pouco o velho clamando estará fazendo até a fogueira santa!

      clamando, pode se juntar com o levi, o amb, o edy, vai arrebentar e o cássio. serão 5 contra 2, pois eu vou apenas ter a companhia da Palavra de Deus, a bíblia.

      enquanto seus amigos da iurd estão cumprindo o jejum de macedo, vc pode ficar escondido, e voltar com eles pra ver o que vc consegue…

      • a doença é coisa grave , ja esta se tratando na terceira pessoa, heheh qual papas de aranhas aquela em que voce quer que se rasgue toda a bíblia pois voce como diz não era originario daquela terra e por isto voce não faz oque manda a bíblia
        ou papas de aranha porque voce dewscobriu comigo que o dizimo é anterior a lei e é dado por fé e amor, não exixtido obrigatoriedade, mas apenas é feito por aqueles , como diz paulo pertence a este povo, ou seja os cristãos,
        NOSSA OI JGMIX MENTIROSO DESEMPREGADO, QUE VIVE AS CUSTAS DA MAMÃE FICOU BRABINHO COM O CLAMANDO PORQUE MAMNDOU ELE TRABALHAR, É ESTA PALAVRA TRABALHO DA CALAFRIOS NELE MAU ESTAR TONTURA , HEHEHEHEH SER CRISTÃO NÃO É PARA TODOS

        • CLAMANDO

          COMO TRADICIONALMENTE E BIBLICAMENTE FAÇO, IREI FAZER ALGUMAS OBSERVAÇÕES DE SEUS ATAQUES ODIOSOS:

          CLAMANDO DIZ: a doença é coisa grave , ja esta se tratando na terceira pessoa

          JGMIX RESPONDE: Vc deve achar que Jesus sofria de doença também, pois Ele diversas vezes falou de si na terceira pessoa… e aí, clamando???

          CLAMANDO DIZ: o dizimo é anterior a lei e é dado por fé e amor, não exixtido obrigatoriedade, mas apenas é feito por aqueles , como diz paulo pertence a este povo, ou seja os cristãos,

          JGMIX RESPONDE: O dízimo era obrigatório na lei de moisés, nada a ver com fé, nem amor… era obrigatório mesmo, e sua não entrega pelos israelitas causavam inclusive maldições a eles, como lembrado pelo profeta em malaquias. os cristãos não estão inclusos na obrigatoriedade de entrega de dízimos, e Paulo nunca mandou cristãos entregarem dízimos, mas assim como vc mente dizendo que jacó deu dízimo ao anjo com o qual lutou, vc mente ao dizer que Paulo mandou os cristãos darem os dízimos…

          clamando… se dízimos são biblicamente necessários para os cristãos, então porque vc precisa distorcer a biblia mentindo que jacó deu dízimos ao anjo e que Paulo mandou os cristãos dizimarem???

          Põe estas duas passagens completas aí para vermos se elas existem mesmo!!! tá desafiado seu fariseu!

          É clamando… depois de ter de engolir o sapo de sua própria fábula, vc está se vendo numa papa de aranha com o JGMIX e a bíblia…

          clamando engole o sapo , ainda se enrola na teia da aranha e foge em: 3…2…1…

          • aqui sdó foge jmix por medo da verdade, clamando e os outros que aqui popstam trabalham, então ninguém foge, só como seres humanos normais que somos responsaveis,m e não vagabundos como voce que vive as custas da mamãe, vamos a luta, para dar nosso dizimo na casa do senhor, coisa boa os 90% que sobram vira mil por cento, ja pensou se nós que somos roubados, damos dizimos e podemos comprar o que nos der na cabeça versos jgmix que é esperto e não se deixa roubar , é totalmenmte dependente de outros para viver, melhor é dar do que receber, se preferes ser um mendigo e vagaba, que posso eu fazer, hehehe mew deus vontade de trocar de carro outra vez este ano, puxa como é ruim ser fiel ,hahahah, viva na miséria, pois ladrão ou é morte ou cadeia

          • clamando

            uma pessoa que precisa distorcer a biblia para tentar achar motivos pra pensar que dizimos são obrigatórios…

            lembre-se que vc será cobrado por tudo!

      • Jgmix.

        Vai trabalhar rapaz.
        Que você ganha mais.
        E para de ficar preocupado com dinheiro dos outros.
        Duvido que se estes dizimos estivesse indo para sua conta você estaria aqui falando mal de quem devolve o dízimo.
        Judas disse:

        • EDY

          VC NÃO ESTÁ CUMPRINDO O JEJUM DE MACEDO??? NÃO DURA ATÉ AMANHÃ???

          depois de ser desmascarado biblicamente ( mais uma vez ) com aquele texto meia boca a favor de dízimos para cristãos vem me acusar de estar preocupado com dinheiro dos outros… ora, edy… porque então vcs da iurd se preocupam tanto com o dinheiro dos fiéis??? lobos devoradores! hipócritas !

          EDY DIZ: Duvido que se estes dizimos estivesse indo para sua conta você estaria aqui falando mal de quem devolve o dízimo.

          JGMIX RESPONDE: edy, aonde eu falo mal de quem devolve dízimo??? falo contra os lideres gananciosos que ensinam isso, e provo biblicamente que dizimos não são obrigatórios aos cristãos. nas entrelinhas, vc sugere então que só quem recebe dízimos na conta pessoal não é contra… ora… o dízimo deve ir para a conta pessoal edy? explica isso aí!

          EDY DIZ: Judas disse:

          JGMIX RESPONDE: bom, edy… é bem tipico vcs que defendem dízimos e fogueira santa usar as palavras de judas… ele roubava o que era lançado na bolsa e para completar sua ruina vendeu Jesus por 30 moedas…

          Eu fico com as palavras do Senhor Jesus mesmo!

          ” Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (mateus 7:15 )

          iurdiano fugindo em 3…2…1…

          • EX.
            POIS É BEM ASSIM EU DOU DIZIMOS ME CHAMA DE RETROGADO, NÃO RECEBO SALARIO DA MINHA IGREJA, DIZ QUE MEU DEUS É O DINHEIRO, SÓ PORQUE POSSO SAIR A QUALQUER HORA E COMPRAR POR EXEMPLO UM CARRO QUAQUERL, SE PAGO SALARIO AOS MEUS OBREIROS E DIGO EX; OS CARAS TRABALHAM SÃO DIGNOS DO SEU SALARIO, CHAMA – ME LADRÃO , COMO AGRADAR A ESTA CRIATURA, QUE TEM VARIAS SINDROMES COMO AI DESCREVI, CLARO SÃO MUITAS MAIS, É COMO O VENENO DO CIGARRO, JA DESCOBRIRAM MAIS DE TRES MIL SUBSTANCIAS TÓXICAS E AINDA TEM MAIS DE DUAS MIL QUE NÃO SABEM O QUE É, ASSIM É ELE DESTILA MUITO VENENO E TEM MUITO MAIS GUARDADO, POIS RECEBE INSTRUÇÃO NOI OUVIDO DIRETO DE SEU EXU O ZÉ PILANTRA E O ZÉ PILINTRA, SEGUNDO JGMIX DEVERIAMOS RASGAR A BÍBLIA POIS , NÃO SOMOS JUDEUS, NEM ROMANOS NEM DA GALACIA, NEM DE EFESOS, TESSALONICA DE COLOSSENSES, DE FILPENSES, NEM HEBREU
            BOM ELE DIZ QUE NÃO PRECISA E NEM DEVE FAZER COISAS, COMO POR EXEMPLO FEZ ABRAÃO E JACÓ, POIS O DIZIMO É DA LEI, DIZ TAMBÉM QUE ABRAÃO E JACÓ SÓ DERAM UMA VEZ, E ATÉ JACÓ ELE DIZ QUE NUNCA DEU SÓ PROMETEU,.IMAGINE O SENHOR MANDANDO REGISTRAR NA BÍBLIA TODAS AS VEZES QUE ELES DERAM DIZIMOS,HEHEHE ELE É UMA PEÇA

          • CLAMANDO

            assim como seus amigos de iurd, que foram desmascarados com o uso da biblia, sei que vc me odeia por eu ter usado o mesmo recurso com vc.

            era simples, clamando… era só assistir aos seus amigos da iurd fugirem, mas vc quis vir com fábulas… levou uma resposta biblica que vc tá tonto até agora!

            kkkkkkkkkkkkkkk. dou muita risada com as presepadas do clamando! kkkkkkkkk

            no desespero de continuar recebendo dízimos, distorce a biblia, fala que jacó deu dízimo ao anjo!!! quando intimado a provar o que diz, clamando disfarça, muda de assunto…

            até já perguntaram se vc é pastor mesmo… que vergonha clamando! que vergonha!

            Graças a Deus, ele me capacita, e o Espirito Santo me ensina a como desmascarar os iurdianos e seus amigos clamando…

            edir macedo disse: peça peça peça!!!

            clamando, como amigão dos iurdianos, entendeu a mensagem macedonica!

            clamando fugindo em 3…2…1…

    • aqui sdó foge jmix por medo da verdade, clamando e os outros que aqui popstam trabalham, então ninguém foge, só como seres humanos normais que somos responsaveis,m e não vagabundos como voce que vive as custas da mamãe, vamos a luta, para dar nosso dizimo na casa do senhor, coisa boa os 90% que sobram vira mil por cento, ja pensou se nós que somos roubados, damos dizimos e podemos comprar o que nos der na cabeça versos jgmix que é esperto e não se deixa roubar , é totalmenmte dependente de outros para viver, melhor é dar do que receber, se preferes ser um mendigo e vagaba, que posso eu fazer, hehehe mew deus vontade de trocar de carro outra vez este ano, puxa como é ruim ser fiel ,hahahah, viva na miséria, pois ladrão ou é morte ou cadeia

      • clamando

        uma pessoa que precisa distorcer a biblia para tentar achar motivos pra pensar que dizimos são obrigatórios…

        lembre-se que vc será cobrado por tudo!

        • bem dito distorção de personalida tens , pois depois que fostes expulso da iurd, ficou depressivo e com sindromes variadas, a principal, é que todos te odeiam e que te perseguem
          sengunda sindrome obs.. em jomix, mania de grandeza, aliada a prepotencia
          terceira sindrome, eu sou o donbo da verdade, eu sei eu conheço, sendo que nunca estudou derrepente não completou o ensino médio, e nunca cursou um unicon curso de teologio
          quarta sindrome n SE DIZ AUTO-DIDATA
          quinta sindrome, panico foge ao menor problema , não encara seu pseudo oponente……logo foge
          sexta sindrome…….sempre que apertado mente…..falta de carater
          sétima sindrome……para achar que venceu um dialogo põe ele esta fugindo…………..
          oitava sindrome…..não se importa de esclarecer o que é perguntado, pois saabe que suas verdades e teorias são frageis e carecem da sexta sindrome para sobreviver
          nona sindrome…quando a situação se aperta mesmo…apela para todos os tipos de artimanhas……inclusive escreve textos enormes, sempre variando de uns para outros assuntos e dispondo deles a bel prazer torna a usar a sexta sindrome……..claro se nescessario usa a quinta e claro tmbém a usa com frequencia, enfim são tantas,
          MAS UMA DELAS É A PIOR É A SINDROME DE AUTO FLAGELAÇÃO, SIM POIS SABE QUE SEGUNDO A BÍBLIA ELE RECEBERA O CASTIGO ETERNO, MAS MESMO ASSIM O FAZ PARA POSAR DE POBRE COITADO, E ANGARIAR SIMPATIAS
          E ESTAS SEMPRE DE OUTROS, QUE TAMBÉM TEM PROBLEMAS, OU SEJA SUA QUADRILHA………………………
          USE AGORA A QUINTA A SEXTA E A SÉTIMA

          • CLAMANDO

            li suas acusações e vemos que falas de si mesmo. já até perguntaram aqui se vc é pastor mesmo… lembra???

            todos estão testemunhando seu descontrole, achou que ficarias encondidinho muito tempo, mas foi só ser repreendido biblicamente no caso da fábula do sapo que vc usou para mostrar sua verdadeira face.

            CLAMANDO DIZ: USE AGORA A QUINTA A SEXTA E A SÉTIMA

            JGMIX RESPONDE: pra que usar numero tão altos se clamando foge em 3…2…1…

          • hiiiii! me esqueci de uma delas e talvez a pior, sempre põe a culpa de seus pecados sobre os outros, heheh assim é mole o periquito jgmix como o milho e o papagaio aqui é que leva a fama…………..cresça

          • só mais uma coisa quem perguntou sobre meu ministério de pastor foi um membro do teu bando, o cara é gay e ateu, isto é lógico que nunca vai dar crédito a nossa pregação , o mesmo paulo que sempre citon aqui já perguntava, isto, pois a mensagem que prego agora é para cristãos e não é o caso nen deste que indagou assim como voce

          • CLAMANDO

            vc fala de sapo… periquito… meu Deus! e bíblia meu filho?

            até agora vc fugiu das perguntas onde desmascaro suas teorias distorcidas da biblia… mas vou te dar um respiro… só responde ao que vc mesmo alegou… aonde jacó deu dízimo ao anjo???

            é por essas e outras, que nem te reconhecem como pastor… lembre-se que antes de ser pastor, tem de ser homem de Deus e antes de ser homem de Deus tem de ser homem!

            então seja homem e responda a pergunta bíblica… não quero saber da sua vida particular, nem o que vc faz ou fez….só mostre biblicamente o que vc mesmo disse:

            aonde jacó deu dízimo ao anjo???

            Estaremos esperando, clamando… não fuja! estamos eu a bíblia esperando sua resposta, isso se ela vier, pois como vc sabe que falou asneira, quer mudar de assunto…

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • CLAMANDO

            vc fala de sapo… periquito… meu Deus! e bíblia meu filho?

            até agora vc fugiu das perguntas onde desmascaro suas teorias distorcidas da biblia… mas vou te dar um respiro… só responde ao que vc mesmo alegou… aonde jacó deu dízimo ao anjo???

            é por essas e outras, que nem te reconhecem como pastor… lembre-se que antes de ser pastor, tem de ser homem de Deus e antes de ser homem de Deus tem de ser homem!

            então seja homem e responda a pergunta bíblica… não quero saber da sua vida particular, nem o que vc faz ou fez….só mostre biblicamente o que vc mesmo disse:

            aonde jacó deu dízimo ao anjo???

            Estaremos esperando, clamando… não fuja! estamos eu a bíblia esperando sua resposta, isso se ela vier, pois como vc sabe que falou asneira, quer mudar de assunto…

            clamando fugindo em 3…2…1…

      • só mais uma coisa quem perguntou sobre meu ministério de pastor foi um membro do teu bando, o cara é gay e ateu, isto é lógico que nunca vai dar crédito a nossa pregação , o mesmo paulo que sempre citon aqui já perguntava, isto, pois a mensagem que prego agora é para cristãos e não é o caso nen deste que indagou assim como voce

        • CLAMANDO

          vc fala de sapo… periquito… meu Deus! e bíblia meu filho?

          até agora vc fugiu das perguntas onde desmascaro suas teorias distorcidas da biblia… mas vou te dar um respiro… só responde ao que vc mesmo alegou… aonde jacó deu dízimo ao anjo???

          é por essas e outras, que nem te reconhecem como pastor… lembre-se que antes de ser pastor, tem de ser homem de Deus e antes de ser homem de Deus tem de ser homem!

          então seja homem e responda a pergunta bíblica… não quero saber da sua vida particular, nem o que vc faz ou fez….só mostre biblicamente o que vc mesmo disse:

          aonde jacó deu dízimo ao anjo???

          Estaremos esperando, clamando… não fuja! estamos eu a bíblia esperando sua resposta, isso se ela vier, pois como vc sabe que falou asneira, quer mudar de assunto…

          clamando fugindo em 3…2…1…

        • sindrome de panico, bateu o desvairiu, heheheh se fala de bíblia reclama, se uso ditado popular reclamas, tenha calma não fique nervoso, tuas artimanhas como já disse comigo não funcionam, não sou da iurd donde vieste, e só ver como as pessoas aqui do site, são inteligentes , que quando veem voce falando, todos com exceção da mary e dos ateus gays, todos se mantem afastados, para fugir de tua lingua ferina, do desdém que manifesta a palavra do senhor, quem é crente mesmo quer distancia, da tua figura, é só ver quem posta contigo

          • CLAMANDO

            eu sei que na verdade estás furioso… veio com historinha de sapo, e usando a biblia vc foi obrigado a engolir o sapo de sua própria fábula. Vc achou que estavas seguro, na sua religiosidade, por medo dos iurdianos vc se aliava a eles, e quando me viu apenas usando a biblia e calando e pondo eles para correr vc ficou feliz, pois não precisaria mais fingir ser amigo deles para não ser atacado por eles… mas mal vc sabia que eu tinha mais coisas para falar além da iurd ( eu avisei isso nos meus primeiros dias aqui )e é claro que falar a verdade sobre a não obrigatoriedade dos dizimos mexeu com vc, pois vc ensina e recebe dizimos, então novamente vc foi obrigado a se unir aos iurdianos que vc diz não ter nenhuma ligação para tentar me calar.

            usa de mentiras, distorces a biblia, quando diz que paulo pregava sobre dizimos e jacó deu dizimos ao anjo, fostes intimado a provar isso na biblia mas se faz de desentendido, assim como seus amigos da iurd fazem quando são acuados pela verdade.

            fuja clamando, fuja! podes fugir do JGMIX, mas não dos olhos de Deus!

            já estão perguntando se vc é pastor de verdade… e a culpa não é minha, pois é obvio que um pastor de verdade não distorce a biblia!!!

            CLAMANDO FOGE: em 3…2…1…

          • sapo papagaio periquito papas de aranha tudo que eu falo condenas ,l mais depois usa em teus comentários tente ser mais original, pelo menos nisto, e não d9istorça mais a palavra só viva ela se puder é claro, heheheh sei que te pedi coisas impossíveis, pois para ti a bíblia tem só uma folha, hgiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii,m la se foi jgmix de desviado com ladrão

          • CLAMANDO

            assim como seus amigos de iurd, que foram desmascarados com o uso da biblia, sei que vc me odeia por eu ter usado o mesmo recurso com vc.

            era simples, clamando… era só assistir aos seus amigos da iurd fugirem, mas vc quis vir com fábulas… levou uma resposta biblica que vc tá tonto até agora!

            kkkkkkkkkkkkkkk. dou muita risada com as presepadas do clamando! kkkkkkkkk

            no desespero de continuar recebendo dízimos, distorce a biblia, fala que jacó deu dízimo ao anjo!!! quando intimado a provar o que diz, clamando disfarça, muda de assunto…

            até já perguntaram se vc é pastor mesmo… que vergonha clamando! que vergonha!

            Graças a Deus, ele me capacita, e o Espirito Santo me ensina a como desmascarar os iurdianos e seus amigos clamando…

            edir macedo disse: peça peça peça!!!

            clamando, como amigão dos iurdianos, entendeu a mensagem macedonica!

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • CLAMANDO

            assim como seus amigos de iurd, que foram desmascarados com o uso da biblia, sei que vc me odeia por eu ter usado o mesmo recurso com vc.

            era simples, clamando… era só assistir aos seus amigos da iurd fugirem, mas vc quis vir com fábulas… levou uma resposta biblica que vc tá tonto até agora!

            kkkkkkkkkkkkkkk. dou muita risada com as presepadas do clamando! kkkkkkkkk

            no desespero de continuar recebendo dízimos, distorce a biblia, fala que jacó deu dízimo ao anjo!!! quando intimado a provar o que diz, clamando disfarça, muda de assunto…

            até já perguntaram se vc é pastor mesmo… que vergonha clamando! que vergonha!

            Graças a Deus, ele me capacita, e o Espirito Santo me ensina a como desmascarar os iurdianos e seus amigos clamando…

            edir macedo disse: peça peça peça!!!

            clamando, como amigão dos iurdianos, entendeu a mensagem macedonica!

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • JGMIX O DITADOR E CRUEL LADRÃO

            NO QUE CRE A IGREJA ONDE DEUS ME COLOCOU COMO MINISTRO
            1-EM UM SÓ DEUS, ETERNAMENTE SUBSISTENTE EM TRES PESSOAS: O PAI, O FILHO EO ESPIRITO SANTO (DT.6.4; MT. 28.19; MC 12.29)

            A INSPIRAÇÃO VERBAL DA BÍBLIA SAGRADA, UNICA REGRA INFAL´PIVEL DE FÉ NORMATIVA PARA A VIDA E O CARÁTER CRISTÃO. ( 2 TM. 3.14-17; )

            NA CONCEPÇÃO VIRGINAL DE JESUS, EM SUA MORTE VICARIA, E EXPIATÓRIA , EM SUA RESSUREIÇÃO CORPORAL DENTRE OS MORTOS E SUA ASCEÇÃO VITORIÓSA AOS CÉUS.( IS. 17.14; RM. 8.34; AT. 1.9)

            NA PECAMINOSIDADE DO HOMEM QUE O DESTITUIU DA GLÓRIA DE DEUS E QUE SÓMENTE O ARREPENDIMENTO E A FÉ NA OBRA , EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS CRISTO É QUE PODE RESTAURA-LO A DEUS ( RM. 3.23; ATOS 3.19)

            NA NECESSIDFADE ABSOLUTA DO NOVO NASCIMENTO PELA FÉ EM CRISTO E PELOM PODER ATUANTE DO ESPIRITO SANTO E DA PALAVRA DE DEUS, PARA TORNAR O HJOMEM DIGNO DO REINO DOS CÉUS( JÓ 3.3-8)

            NO PERDÃOM DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SDACRIFICIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR( AT. 10.43 ; RM. 10.13; 3.24-26 E HB 7.25; 5.9 )

            NO BATISMO BÍBLICO EFETUADO POR IMERSÃO DO CORPO INTEIRO UMA SÓ VEZ EM AGUAS , EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPIRITO SANTO, CONFORME DETERMINOU O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO EM NOOS FAVOR ( MT. 28.19; RM. 6.1-6 E CL 2.12)

            NA NECESSIDADE E NA POSSIBILIDADE QUE TEMOS DE VIVER VIDA SDANTA MEDIANTE A OBRA EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS NO CALVÁRIO , ATRAVÉZ DOM PODER REGENERADOR, INSPIRADOR E SANTIFICADOR DO ESPIRITO SANTO, QUE NOS CAPACITA A VIVER COMO FIÉIS TESTEMUNHAS DO PODER DE CRSISTO ( HB. 9.14; 1 PD 1.15 )

            NO BATISMO BÍBLICO NO ESPIRITO SANTO QUE NPOS É DADO POR DEUS MEDIANTE A INTERCESSÃO DE CRISTO COM A EVIDENCIA INICIAL DE FALAR EM OUTRAS LINGUAS, CONFORME A SUA VONTADE. ( AT. 1.5; 2.4; 10. 44-46; 19.1-7 )

            NA ATUALIDADE DOS DONS ESPIRITUSAIS DISTRIBUIDOS PELO ESPIRITO SANTO A IGREJA PARA SUA EDIFICAÇÃO, CONFORME A SUA SOBERANA VONTADE ( 1 CO 12.1-12 )

            NA SEGUNDA VINDA PREMILENIAL DE CRISTO, EM DUAS FASES DISTINTAS. 1 INVISIVEL AO MUNDO PARA ARREBATAR SUA IGREJA FIÉL DA TERRA, ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO .
            2 – VISÍVEL E CORPORAL COM A SUA IGREJA GLORIFICADA , PARA REINAR SOBRE O MUNDO DURANTE MIL ANOS (1 TS 4.16-17; 1CO 15. 51-54; AP. 20.4; ZC. 14.5; E JUDAS 14 )

            QUE TODOS OS CRISTÃOS COMPARECERÃO ANTE O TRIBNUNAL DE CRISTO, PARA RECEBER RECOMPENSA DE SEUS FEITOS EM FAVOR DE CAUSA DE CRISTO NA TERRA ( 2 CO 5. 10 )

            NO JUÍZO VINDOURO QUE RECOMPENSARA OS FIÉIS E CONDENARA OS INFIÉIS, ( AP. 20 11- 15 )

            NA VIDA ETERNA E DE GOZO E FELICIDADE PARA OS FIÉIS E DE TRISTEZA E SOFRIMENTO PARA OS INFIÉIS ( JGMIX ) ( MT. 25.46 )

            LEMBRANDO DE JESUS E SUAS PALAVRAS:
            NÃO CUIDEIS QUE VIM DESTRUIR A LEI OU AOS PROFETAS, NÃO VIM AB.ROGAR MAS CUMPRIR MT.5 .17.
            A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.
            A BÍBLIA REFERE-SE MAIS VEZES AO DINHEIRO DO QUE MESMO A ORAÇÃO E A FÉ.
            JESUS FALOU SOBRE DINHEIRO 90 VEZES DOS 107 VERSÍCULOS DO SERMÃO DO MONTE 22 DELES REFEREN-SE A DINHEIRO, E 24 DAS 49 PARÁBOLAS DE JESUS MENCIONAM DINHEIRO.
            O DÍZIMO É ANTES DURANTE E DEPOIS DA LEI DE MOISÉS, E CONTINUOU NA GRAÇA
            ABRAÃO FOI O PRIMEIRO A DAR DIZIMOS A DEUS, ISTO MUITOS ANOS ANTES DE MOISÉS NASCER, OU DA LEI EXISTIR, HB. 7 2 -7 .
            A BÍBLIA É CLARA EM DIZER QUE ABRAÃO E TODAS AS PESSOA QUE VIVERAM COM DEUS FORAM JUSTIFICADOS POR SUA FÉ EM DEUS ( GL 3.6 )
            E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO..
            FICANDO CLARO QUE CONTRA A PALAVRA SÓ OS QUE NÃO SÃO SJUSTIFICADOS PELA FÉ DE ABRAÃO DAQUELES QUE RECEBEM A JESUS.

          • CLAMANDO

            vc defende a entrega de dízimos ainda pelos cristãos, mesmo que para isso precise distorcer passagens biblicas, dizendo inclusive que jacó dizimou ao anjo…

            CLAMANDO DIZ: A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.

            JGMIX RESPONDE: Jesus falou sobre riquezas e seus riscos, não como os pastores da iurd, e outras igrejas atuais que chegam até a dizer que quem não dizima não será salvo, sendo que não há uma citação biblica que confirme isso. dizem que dizimo é por fé… amor… que amor é esse que se não pagar vai ser condenado??? Jesus nunca mandu os cristãos entregarem dizimos, dizimos nunca foram dinheiro, e dizimos foram abolidos assim como todos os preceitos da lei de moisés. Se fosse para continuar, os apostolos confirmariam!

            CLAMANDO DIZ: E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO.

            JGMIX RESPONDE: em primeiro lugar, sua citação biblica é vaga. nem sequer cita se é 1 de corintios ou 2 de corintios , o que já demonstra a intenção de apenas fazer parecer uma citação biblica séria, mas mesmo que seja a 1corintios, ou 2corintios, nenhum desses textos falam sobre dízimos. como vc sabe que não falam, por isso e aproveitando que vc sabe que a maioria dos cristãos não tem conhecimento biblico vc cita “por cima” só para tentar fazer parecer que dizimo tem base biblica para os cristãos…

            vamos ler a definição de dízimo, no site wikipédia.

            Dízimo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

            Dízimo significa a décima parte de algo, paga voluntariamente ou através de taxa ou imposto, normalmente para ajudar organizações religiosas judaicas e algumas denominações cristãs. Apesar de atualmente estar associada à religião, muitos reis na Antiguidade exigiam o dízimo de seus povos.

            Etimologicamente dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Historicamente eram pagos na forma de bens, e encontra suas origens no Sacerdócio Levítico judaico (Lv 27, 30-34). Por ser Cristo sacerdote segundo a Ordem de Melquisedec, ab-rogou o sacerdócio levítico com todas as suas as leis, dízimos e costumes, conforme narra São Paulo na Carta endereçada aos Hebreus (Hebr 7, 1 – 28). Citando consecutivamente a questão do dízimo nos versículos precedentes, São Paulo arremata: “Com efeito, mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se mude também a lei” (Hebr 7, 12). E ainda: “O mandamento precedente é, na verdade, ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade” (Hebr 7, 18).

            Hoje, os dízimos cobrados por algumas denominações e seitas religiosas, são normalmente voluntários e pagos em dinheiro, cheque ou ações, enquanto historicamente eram pagos na forma de bens, como com produtos agrícolas. Alguns países europeus permitem com força de lei que instituições religiosas instituam o dízimo como obrigatório.

            Origem do dízimo religioso:

            O dízimo nas religiões abraâmicas foi instituído na Lei de Moisés, estipulado para manter os sacerdotes e a tribo de Levi, que mantinha o Tabernáculo e depois o Templo, já que eles não poderiam possuir herdades e territórios como as outras tribos. Também dízimo que era dado em forma de mantimento era usado para assistir os órfãos, viúvas e os pobres. Depois da destruição do Templo no ano 70 DC a classe sacerdotal e os sacrifícios foram desmantelados, assim os rabinos passaram a recomendar que os judeus contribuissem em obras caritativas.

            Para o sociólogo Émile Durkheim em “Lições de Sociologia”, o dízimo teria origem no pensamento mítico, primeiramente como sacrifícios e ofertas aos deuses e divindades para obter “permissão” divina para o bom cultivo de bens mundanos, seja na pesca, coleta, agricultura, etc. Transmutou-se em dízimo em certas religiões, e por fim, transmutou-se em impostos, que seria a versão secular do dízimo.

            Dízimo sob a ótica protestante

            A primeira menção de dízimo na Bíblia está registrada no livro Gênesis, capítulo 14, referindo-se a uma atitude voluntariosa de Abraão, ora Abrão, quando depois de uma guerra, ele deu o dízimo do despojo e não de todos os seus bens a um sacerdote de quem pouco se sabe, chamado Melquisedeque. Um segundo relato, ainda pré Mosaico, é registrado sob a forma de promessa voluntária. Após uma noite em que teve um sonho que julgou revelador, Jacó, neto de Abraão, também comprometeu-se voluntariamente a dar dízimos – “oferecerei o dízimo de tudo que me deres” – caso Deus o guardasse e protegesse.

            Posteriormente, a lei Mosaica previa um imposto de dez por cento (dízimas) dos animais e colheitas recolhidos uma vez ao ano, registrado em Levítico 27. Há também um aspecto mais abrangente desse imposto, relatado em Deuteronômios 14, onde percebem-se alguns aspectos que não foram explicitados em Levítico, como: razão de culto, interação familiar e auxílio a classe sacerdotal. Também está registrado no contexto, que a cada três anos, esses dízimos deveriam ser instrumentos de auxílio social, notadamente para os levitas, estrangeiros, órfãos e viúvas.

            Os próprios sacerdotes, devido a um afroxamento no rigor de cumprir a Lei e desvios na conduta dos homens que cuidavam do serviço sacerdotal, foram avisados e amaldiçoados por Deus, no ministério do profeta Malaquias. E foram advertidos que se não mudassem de comportamento em relação às ofertas e ao dízimo, Deus tornaria as suas bênçãos em maldição e mandaria o anjo do Senhor para preparar os Seus caminhos a fim de que viesse Jesus Cristo com uma nova doutrina.

            Desde a Reforma as igrejas protestantes tradicionais creêm que sob a Graça o dízimo não é válido visto que o Sacrifício de Cristo cumpriu a Torá, houve o fim do templo, e a crença no sacerdócio universal anulava a existência de uma casta sacerdotal. As igrejas protestantes tradicionais (reformadas, luteranas, anabatistas) utilizam-se várias formas para a manutenção, como subscrições, ofertas voluntária e em alguns casos fundos estatais. Mas mesmo assim a prática do dízimo é empregada hoje por várias denominações pentecostais ou neo-pentecostais, principalmente na América Latina.

            fonte: wikipedia

            clamando, se até o site wikipedia, afirma que o dízimo foi abolido… porque vc acha que pode ensinar o contrário?

            somente levitas podiam receber o dízimo obrigatório da lei de moises… vc por acaso é da tribo de levi?

            dizimo sempre foi a décima parte de alimentos… porque vc acha que pode receber em dinheiro?

            abraão deu dízimo voluntariamente e apenas dos despojos da guerra contra os reis… aonde vc vê na biblia que devemos dizimar como abraão dizimou?

            Jesus é nosso maior exemplo… e cadê Ele dizimando?

            Jesus nunca mandou recolher dizimos em nome Dele… e pq vc acha que pode fazer diferente?

            Se dizimo fosse necessário para manter esses “templos” que chamam de igreja, Jesus ou os apóstolos não teriam deixado isso bem claro? e pq vc acha que devemos dizimar em favor desses templos feitos por mãos humanas???

            clamando, se para ensinar a SUA “verdade” vc precisa mentir dizendo que jacó deu dízimo ao anjo e precisa pedir ajuda aos iurdianos, se vê seu desespero em manter o povo na religiosidade…

            ver o povo de Deus sendo ensinado a verdade sobre dízimos, é ver a galinha dos ovos de ouro parar de botar, e líderes gananciosos, orgulhosos como vc não querem que isso aconteça.

            Vamos continuar falando a verdade sobre os dízimos, que não são obrigatórios e cristão que não entrega dízimo não vai ser vitima do devorador, que a própria biblia ensina que era uma especie de gafanhoto e nada tem a ver com demoni que ataca finanças…

            Se o dízimo do clamando não é por obrigação e sim por amor, segundo clamando alega… pq quem não entrega vai pro inferno segundo ele???

            mais uma das contradições clamandianas…

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • então é como disse desde o começo, podes rasgar a bíblia pois tudo oque aqui coloquei saiu de la, com uma grande gama de versiculos em variados livros de muitos escritores e de um só autor Deus, então se minto o faço porque meu deus mentiu primeiro, ficando agora o novo e verdadeiro deus com suas palavras
            APRESENTO A TODOS O TODO PODEROSO JGMIX, MAIS CONHECIDO DE NÓS OS IGNORANTES QUE TEMOS UM DEUS MEDIOCRE, COMO LADRÃO E DIFAMADOR , MENTIROSO, E TRAPACEIRO ADULTERO DA PALAVRA DE NOSSO DEUS INEXISTENTE, SALVE DEUS JGMIX ,,,HEHEHEHE
            IMAGINEM NÃO CONSEGUE NEM ESTAR EM UMA IGREJA E VIROU DEUS, HEHEHE PREFIRO SER DESVIACOM COM JEOVA E COM AS SUAS PALAVRAS QUE SÃO PARA TODOS OS POVOS DE QUE SER SERVO DE UM DEUS COMO JGMIX….

          • clamando já percebendo que não tem mais argumentos parte para as ironias e ofensas pessoais, tipico de quem não tem mais nada a dizer.

            o cristão prova a razão de sua fé com a biblia, o falso usa de acusações e ironias.

            fica provado mais uma vez que dizimos não são obrigatórios aos cristãos!

            clamando fugindo em 3…2….1….

          • até onde percebes alguma coisa, e até onde tens entendimento do que ves, em nada tens certeza pois como vives uma mentira, nunca sabes o que é verdade, então se eu disser que JESUS cura, voce vai achar versículos assim como o macedo teu mentor para dizer que esta errado

  5. Será que a lei (50 decibéis permitidos pela legislação) está sendo aplicada com equidade? Será que esta regra está sendo aplicada a todas manifestações religiosas? E, em época de festas populares, ela também é válida? Ela também se aplica a carros particulares que desfilam pelas avenidas ou que estacionam em postos de gasolina até altas horas da madrugada?

  6. JGMIX O DITADOR E CRUEL LADRÃO

    NO QUE CRE A IGREJA ONDE DEUS ME COLOCOU COMO MINISTRO
    1-EM UM SÓ DEUS, ETERNAMENTE SUBSISTENTE EM TRES PESSOAS: O PAI, O FILHO EO ESPIRITO SANTO (DT.6.4; MT. 28.19; MC 12.29)

    A INSPIRAÇÃO VERBAL DA BÍBLIA SAGRADA, UNICA REGRA INFAL´PIVEL DE FÉ NORMATIVA PARA A VIDA E O CARÁTER CRISTÃO. ( 2 TM. 3.14-17; )

    NA CONCEPÇÃO VIRGINAL DE JESUS, EM SUA MORTE VICARIA, E EXPIATÓRIA , EM SUA RESSUREIÇÃO CORPORAL DENTRE OS MORTOS E SUA ASCEÇÃO VITORIÓSA AOS CÉUS.( IS. 17.14; RM. 8.34; AT. 1.9)

    NA PECAMINOSIDADE DO HOMEM QUE O DESTITUIU DA GLÓRIA DE DEUS E QUE SÓMENTE O ARREPENDIMENTO E A FÉ NA OBRA , EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS CRISTO É QUE PODE RESTAURA-LO A DEUS ( RM. 3.23; ATOS 3.19)

    NA NECESSIDFADE ABSOLUTA DO NOVO NASCIMENTO PELA FÉ EM CRISTO E PELOM PODER ATUANTE DO ESPIRITO SANTO E DA PALAVRA DE DEUS, PARA TORNAR O HJOMEM DIGNO DO REINO DOS CÉUS( JÓ 3.3-8)

    NO PERDÃOM DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SDACRIFICIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR( AT. 10.43 ; RM. 10.13; 3.24-26 E HB 7.25; 5.9 )

    NO BATISMO BÍBLICO EFETUADO POR IMERSÃO DO CORPO INTEIRO UMA SÓ VEZ EM AGUAS , EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPIRITO SANTO, CONFORME DETERMINOU O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO EM NOOS FAVOR ( MT. 28.19; RM. 6.1-6 E CL 2.12)

    NA NECESSIDADE E NA POSSIBILIDADE QUE TEMOS DE VIVER VIDA SDANTA MEDIANTE A OBRA EXPIATÓRIA E REDENTORA DE JESUS NO CALVÁRIO , ATRAVÉZ DOM PODER REGENERADOR, INSPIRADOR E SANTIFICADOR DO ESPIRITO SANTO, QUE NOS CAPACITA A VIVER COMO FIÉIS TESTEMUNHAS DO PODER DE CRSISTO ( HB. 9.14; 1 PD 1.15 )

    NO BATISMO BÍBLICO NO ESPIRITO SANTO QUE NPOS É DADO POR DEUS MEDIANTE A INTERCESSÃO DE CRISTO COM A EVIDENCIA INICIAL DE FALAR EM OUTRAS LINGUAS, CONFORME A SUA VONTADE. ( AT. 1.5; 2.4; 10. 44-46; 19.1-7 )

    NA ATUALIDADE DOS DONS ESPIRITUSAIS DISTRIBUIDOS PELO ESPIRITO SANTO A IGREJA PARA SUA EDIFICAÇÃO, CONFORME A SUA SOBERANA VONTADE ( 1 CO 12.1-12 )

    NA SEGUNDA VINDA PREMILENIAL DE CRISTO, EM DUAS FASES DISTINTAS. 1 INVISIVEL AO MUNDO PARA ARREBATAR SUA IGREJA FIÉL DA TERRA, ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO .
    2 – VISÍVEL E CORPORAL COM A SUA IGREJA GLORIFICADA , PARA REINAR SOBRE O MUNDO DURANTE MIL ANOS (1 TS 4.16-17; 1CO 15. 51-54; AP. 20.4; ZC. 14.5; E JUDAS 14 )

    QUE TODOS OS CRISTÃOS COMPARECERÃO ANTE O TRIBNUNAL DE CRISTO, PARA RECEBER RECOMPENSA DE SEUS FEITOS EM FAVOR DE CAUSA DE CRISTO NA TERRA ( 2 CO 5. 10 )

    NO JUÍZO VINDOURO QUE RECOMPENSARA OS FIÉIS E CONDENARA OS INFIÉIS, ( AP. 20 11- 15 )

    NA VIDA ETERNA E DE GOZO E FELICIDADE PARA OS FIÉIS E DE TRISTEZA E SOFRIMENTO PARA OS INFIÉIS ( JGMIX ) ( MT. 25.46 )

    LEMBRANDO DE JESUS E SUAS PALAVRAS:
    NÃO CUIDEIS QUE VIM DESTRUIR A LEI OU AOS PROFETAS, NÃO VIM AB.ROGAR MAS CUMPRIR MT.5 .17.
    A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.
    A BÍBLIA REFERE-SE MAIS VEZES AO DINHEIRO DO QUE MESMO A ORAÇÃO E A FÉ.
    JESUS FALOU SOBRE DINHEIRO 90 VEZES DOS 107 VERSÍCULOS DO SERMÃO DO MONTE 22 DELES REFEREN-SE A DINHEIRO, E 24 DAS 49 PARÁBOLAS DE JESUS MENCIONAM DINHEIRO.
    O DÍZIMO É ANTES DURANTE E DEPOIS DA LEI DE MOISÉS, E CONTINUOU NA GRAÇA
    ABRAÃO FOI O PRIMEIRO A DAR DIZIMOS A DEUS, ISTO MUITOS ANOS ANTES DE MOISÉS NASCER, OU DA LEI EXISTIR, HB. 7 2 -7 .
    A BÍBLIA É CLARA EM DIZER QUE ABRAÃO E TODAS AS PESSOA QUE VIVERAM COM DEUS FORAM JUSTIFICADOS POR SUA FÉ EM DEUS ( GL 3.6 )
    E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO..
    FICANDO CLARO QUE CONTRA A PALAVRA SÓ OS QUE NÃO SÃO SJUSTIFICADOS PELA FÉ DE ABRAÃO DAQUELES QUE RECEBEM A JESUS.

    • CLAMANDO

      vc defende a entrega de dízimos ainda pelos cristãos, mesmo que para isso precise distorcer passagens biblicas, dizendo inclusive que jacó dizimou ao anjo…

      CLAMANDO DIZ: A MUITO CRENTE QUE NÃO APRECIAM MUITO O FATO DE PASTORES AS VEZES FALAR EM DINHEIRO, ESQUENCEN-SE ELES QUE ESTE ERA UM ASSUNTO FREQUENTEMENTE MENCIONADO POR JESUS.

      JGMIX RESPONDE: Jesus falou sobre riquezas e seus riscos, não como os pastores da iurd, e outras igrejas atuais que chegam até a dizer que quem não dizima não será salvo, sendo que não há uma citação biblica que confirme isso. dizem que dizimo é por fé… amor… que amor é esse que se não pagar vai ser condenado??? Jesus nunca mandu os cristãos entregarem dizimos, dizimos nunca foram dinheiro, e dizimos foram abolidos assim como todos os preceitos da lei de moisés. Se fosse para continuar, os apostolos confirmariam!

      CLAMANDO DIZ: E POR FIM LENDO PAULO AOS CORINTIOS CAP. EM ESPECIAL DO 11 AO 15 VEMOS CLARAMENTE A ORDEM E NECESSIDADE DO DIZIMO.

      JGMIX RESPONDE: em primeiro lugar, sua citação biblica é vaga. nem sequer cita se é 1 de corintios ou 2 de corintios , o que já demonstra a intenção de apenas fazer parecer uma citação biblica séria, mas mesmo que seja a 1corintios, ou 2corintios, nenhum desses textos falam sobre dízimos. como vc sabe que não falam, por isso e aproveitando que vc sabe que a maioria dos cristãos não tem conhecimento biblico vc cita “por cima” só para tentar fazer parecer que dizimo tem base biblica para os cristãos…

      vamos ler a definição de dízimo, no site wikipédia.

      Dízimo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

      Dízimo significa a décima parte de algo, paga voluntariamente ou através de taxa ou imposto, normalmente para ajudar organizações religiosas judaicas e algumas denominações cristãs. Apesar de atualmente estar associada à religião, muitos reis na Antiguidade exigiam o dízimo de seus povos.

      Etimologicamente dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Historicamente eram pagos na forma de bens, e encontra suas origens no Sacerdócio Levítico judaico (Lv 27, 30-34). Por ser Cristo sacerdote segundo a Ordem de Melquisedec, ab-rogou o sacerdócio levítico com todas as suas as leis, dízimos e costumes, conforme narra São Paulo na Carta endereçada aos Hebreus (Hebr 7, 1 – 28). Citando consecutivamente a questão do dízimo nos versículos precedentes, São Paulo arremata: “Com efeito, mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se mude também a lei” (Hebr 7, 12). E ainda: “O mandamento precedente é, na verdade, ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade” (Hebr 7, 18).

      Hoje, os dízimos cobrados por algumas denominações e seitas religiosas, são normalmente voluntários e pagos em dinheiro, cheque ou ações, enquanto historicamente eram pagos na forma de bens, como com produtos agrícolas. Alguns países europeus permitem com força de lei que instituições religiosas instituam o dízimo como obrigatório.

      Origem do dízimo religioso:

      O dízimo nas religiões abraâmicas foi instituído na Lei de Moisés, estipulado para manter os sacerdotes e a tribo de Levi, que mantinha o Tabernáculo e depois o Templo, já que eles não poderiam possuir herdades e territórios como as outras tribos. Também dízimo que era dado em forma de mantimento era usado para assistir os órfãos, viúvas e os pobres. Depois da destruição do Templo no ano 70 DC a classe sacerdotal e os sacrifícios foram desmantelados, assim os rabinos passaram a recomendar que os judeus contribuissem em obras caritativas.

      Para o sociólogo Émile Durkheim em “Lições de Sociologia”, o dízimo teria origem no pensamento mítico, primeiramente como sacrifícios e ofertas aos deuses e divindades para obter “permissão” divina para o bom cultivo de bens mundanos, seja na pesca, coleta, agricultura, etc. Transmutou-se em dízimo em certas religiões, e por fim, transmutou-se em impostos, que seria a versão secular do dízimo.

      Dízimo sob a ótica protestante

      A primeira menção de dízimo na Bíblia está registrada no livro Gênesis, capítulo 14, referindo-se a uma atitude voluntariosa de Abraão, ora Abrão, quando depois de uma guerra, ele deu o dízimo do despojo e não de todos os seus bens a um sacerdote de quem pouco se sabe, chamado Melquisedeque. Um segundo relato, ainda pré Mosaico, é registrado sob a forma de promessa voluntária. Após uma noite em que teve um sonho que julgou revelador, Jacó, neto de Abraão, também comprometeu-se voluntariamente a dar dízimos – “oferecerei o dízimo de tudo que me deres” – caso Deus o guardasse e protegesse.

      Posteriormente, a lei Mosaica previa um imposto de dez por cento (dízimas) dos animais e colheitas recolhidos uma vez ao ano, registrado em Levítico 27. Há também um aspecto mais abrangente desse imposto, relatado em Deuteronômios 14, onde percebem-se alguns aspectos que não foram explicitados em Levítico, como: razão de culto, interação familiar e auxílio a classe sacerdotal. Também está registrado no contexto, que a cada três anos, esses dízimos deveriam ser instrumentos de auxílio social, notadamente para os levitas, estrangeiros, órfãos e viúvas.

      Os próprios sacerdotes, devido a um afroxamento no rigor de cumprir a Lei e desvios na conduta dos homens que cuidavam do serviço sacerdotal, foram avisados e amaldiçoados por Deus, no ministério do profeta Malaquias. E foram advertidos que se não mudassem de comportamento em relação às ofertas e ao dízimo, Deus tornaria as suas bênçãos em maldição e mandaria o anjo do Senhor para preparar os Seus caminhos a fim de que viesse Jesus Cristo com uma nova doutrina.

      Desde a Reforma as igrejas protestantes tradicionais creêm que sob a Graça o dízimo não é válido visto que o Sacrifício de Cristo cumpriu a Torá, houve o fim do templo, e a crença no sacerdócio universal anulava a existência de uma casta sacerdotal. As igrejas protestantes tradicionais (reformadas, luteranas, anabatistas) utilizam-se várias formas para a manutenção, como subscrições, ofertas voluntária e em alguns casos fundos estatais. Mas mesmo assim a prática do dízimo é empregada hoje por várias denominações pentecostais ou neo-pentecostais, principalmente na América Latina.

      fonte: wikipedia

      clamando, se até o site wikipedia, afirma que o dízimo foi abolido… porque vc acha que pode ensinar o contrário?

      somente levitas podiam receber o dízimo obrigatório da lei de moises… vc por acaso é da tribo de levi?

      dizimo sempre foi a décima parte de alimentos… porque vc acha que pode receber em dinheiro?

      abraão deu dízimo voluntariamente e apenas dos despojos da guerra contra os reis… aonde vc vê na biblia que devemos dizimar como abraão dizimou?

      Jesus é nosso maior exemplo… e cadê Ele dizimando?

      Jesus nunca mandou recolher dizimos em nome Dele… e pq vc acha que pode fazer diferente?

      Se dizimo fosse necessário para manter esses “templos” que chamam de igreja, Jesus ou os apóstolos não teriam deixado isso bem claro? e pq vc acha que devemos dizimar em favor desses templos feitos por mãos humanas???

      clamando, se para ensinar a SUA “verdade” vc precisa mentir dizendo que jacó deu dízimo ao anjo e precisa pedir ajuda aos iurdianos, se vê seu desespero em manter o povo na religiosidade…

      ver o povo de Deus sendo ensinado a verdade sobre dízimos, é ver a galinha dos ovos de ouro parar de botar, e líderes gananciosos, orgulhosos como vc não querem que isso aconteça.

      Vamos continuar falando a verdade sobre os dízimos, que não são obrigatórios e cristão que não entrega dízimo não vai ser vitima do devorador, que a própria biblia ensina que era uma especie de gafanhoto e nada tem a ver com demoni que ataca finanças…

      Se o dízimo do clamando não é por obrigação e sim por amor, segundo clamando alega… pq quem não entrega vai pro inferno segundo ele???

      mais uma das contradições clamandianas…

      clamando fugindo em 3…2…1…

  7. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-33; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

  8. Nao existe a obrigatoriedade do dizimo. O pessoal que prega isso sao os que precisam dele para a propria subsistencia, eu ate’ entendo os motivos deles, afinal tem contas e as mensalidades dos carros e dos apartamentos para quitar … No entanto seria mais honesto se dissessem isso com todas as letras, “Me ajude gente, eu nao trabalho, vivo disso aqu, e preciso dos dez por cento da renda de vcs para manter o meu padrao de vida.” Pronto. Tenho certeza que os fieis deles nao se importariam em doar. Mas dizer que e’ uma lei obrigatoria de Deus, ai ja’ e’ pilantragem em nivel maximo.

    http://youtu.be/3T_M0AdXn30

  9. vejamos testemunho, de jgmix autor das perolas que aqui são postadas,
    desempregado, subentenda-se não por falta de vagas no mercado de trabalho, sim parado só fica osw vagaba
    dois vive pela fé , sim só que ele não diz que sua fé alcança o salario de sua mãe, contrario a salomão que diz para ele vai ter com a formiga ó preguiçoso ,olhe seus caminhos e seja sabio, paulo também a jgmix diz para não ser pesado aos irmãos fui trabalhar, até que eles possam me sustentar, tipo assim quem vive para pregar o evangélho, viva dele, vejam palavras de paulo e não minhas.
    tres volto ao salomão, um pouco parado , um pouco deitado, um pouco sentado logo vira a tua ruina
    quarto quem quer ganhar almas, não se apega a doutrinas bíblicas , pois estas em qualquer igreja é ensinada pelo pastor, sendo que aqueles que ministram junto ao altar, saem e pregam salvação cura divina libertação e batismo com espirito, ou seja ganham almas, e estes divinamente não só instruidos pelo seu pastor, sim pois o próprio DEUS diz faria eu alguma coisa sem antes revelar ao meu servo, DEUS é ordeiro e deixa os exemplos para ser seguidos, não importando se no lugar e tempo e para quem fala, logo então ele ordena ao pastor a ordenação de ministros, sempre foi assim
    quinto as ordens de jgmix contrarias as palavras de DEUS torna-se pecado e contra o ESPIRITO SANTO sim pois toda palavra saiu da boca do senhor e gerado no homem pelo seu espirito, não tendo testemunho, e sem nunca ter sido ungido por ninguém se levantou a pastor e ministradore do templo, enquanto isto as almas gemem na expectativa da salvação, mais isto também é bom pois imaginem que tipo de fruto daria jgmix, pois aqui seus unicos adeptos, são gays e ateus, e a mary que sendo ma mesma seita que ele a iurd, como sempre só pregam, nada com nada, tem mais , mas deixo para os próximos capitulos desta novela mexicana,
    de um lado um testemunho de 39 anos uma vida de sucesso material e espiritual
    DE OUTRO UMA VIDA DE INSUCESSOS E DE AMARGURAS E POBREZA DE ESPIRITO E VIDA BEM RESOLVIDA, VEJAM NÃO PRECISA SER RICO EM DINHEIRO, MAS UMA VIDA ABVENÇOADA, ESPOSA FILHOS FAMILIA, IGREJA , COMO DIZ PAULO QUE PRIMEIRO SIRVAM E DEPOIS SE APROVADOS ADQUIRIRAM DUPLA HONRA JUNTO A DEUS E A IGREJA, É SÓ POBREZA

    • CLAMANDO

      JGMIX PERGUNTA: clamando diz que segue a Jesus, mas pq não vende ao menos o barco que tem a disposição a 300 km e dá aos pobres?

      mas clamando ignorou a pergunta…

      JESUS RESPONDE: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! (Lucas 18:24)

      CLAMANDO FOGE: da pergunta e em 3…2…1…

      • CLAMANDO

        essa pergunta não foi fácil, vc errou a resposta assim como fez ao responder a minha pergunta sobre um cristão que tenha dizimado na biblia e vc respondeu abraão… que feio! não é a toa que perguntam se vc é pastor!

        e as outras perguntas?

        clamando, se até o site wikipedia, afirma que o dízimo foi abolido… porque vc acha que pode ensinar o contrário?

        somente levitas podiam receber o dízimo obrigatório da lei de moises… vc por acaso é da tribo de levi?

        dizimo sempre foi a décima parte de alimentos… porque vc acha que pode receber em dinheiro?

        abraão deu dízimo voluntariamente e apenas dos despojos da guerra contra os reis… aonde vc vê na biblia que devemos dizimar como abraão dizimou?

        Jesus é nosso maior exemplo… e cadê Ele dizimando?

        Jesus nunca mandou recolher dizimos em nome Dele… e pq vc acha que pode fazer diferente?

        foge clamando, foge! tem uma verdade vindo na sua cola!

        clamando fugindo em 3…2…1…

  10. CLAMANDO

    JGMIX PERGUNTA: clamando diz que segue a Jesus, mas pq não vende ao menos o barco que tem a disposição a 300 km e dá aos pobres?

    mas clamando ignorou a pergunta…

    JESUS RESPONDE: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! (Lucas 18:24)

    CLAMANDO FOGE: da pergunta e em 3…2…1…

DEIXE UMA RESPOSTA