Imprensa ignorou manifestação pela família em Brasília por arrogância, diz jornalista; Leia na íntegra

15

A manifestação realizada por cristãos em Brasília na última quarta-feira, 05 de junho, reuniu, segundo a Polícia Militar, 40 mil pessoas. O evento, organizado pelo pastor Silas Malafaia, contou com a presença de diversas correntes cristãs, inclusive com presença e apoio de católicos.

Entretanto, a manifestação em frente à sede do Poder Legislativo do Brasil foi pouco noticiado pela imprensa em geral. Essa questão foi tema de um artigo do jornalista Reinaldo Azevedo, em sua coluna no site da revista Veja: “Que outra força consegue reunir tanta gente num dia útil? Não sei. O que espanta, no entanto, não é isso, não. A exemplo do que aconteceu com a Marcha para Jesus, no Rio, no último dia 25 (que pode ter levado até 500 mil pessoas às ruas), também a manifestação de hoje foi editorialmente ignorada pela grande imprensa. Qualquer protesto de meia dúzia de gatos-pingados merece muito mais espaço”, criticou.

Segundo Azevedo, os editores responsáveis pelos grandes veículos de imprensa no Brasil tem agido de forma imparcial: “Há uma clara manifestação de arrogância em relação às opiniões e às convicções de milhões de brasileiros, ali representados por muitos milhares. Parece que se parte do seguinte princípio: ‘Se eu não noticio, então não existe’”, disse o jornalista.

O evento realizado foi a síntese de uma resposta organizada por evangélicos aos inúmeros e recentes protestos realizados por ativistas gays, que discordam da postura conservadora defendida pelas correntes cristãs. “A mera comparação pode ser devastadora para aqueles que dizem seguir um jornalismo isento e independente. Todos os protestos contra o Marco Feliciano, por exemplo, que reuniam, muitas vezes, não mais do que duas ou três dezenas de pessoas, mereceram ampla cobertura da imprensa. Até as manifestações de pura truculência às portas de templos religiosos em que ele pregaria ganharam ampla visibilidade”, relembra Azevedo, usando a postura da própria imprensa como ilustração para seu argumento.


“Os que discordam do ponto de vista dos evangélicos podem achar que esse é, sim, um bom caminho. Afinal, como consideram ‘reacionária’ a pauta daqueles cristãos, acham correto que a imprensa abra mão de seu papel, que é noticiar o que sabe, o que apura e o que vê. Trata-se de um engano fatal, amigo! Amanhã, essa mesma imprensa pode ignorar algum outro assunto que você considera fundamental porque está fora da sua (dela) agenda”, escreveu o jornalista.

Confira a íntegra do artigo “Os cristãos tomam a praça do Congresso, mas são banidos do noticiário”, de Reinaldo Azevedo:

Milhares de cristãos tomaram o gramado em frente ao Congresso Nacional nesta quarta-feira. A manifestação conta com o apoio de diversas denominações, inclusive de correntes católicas. Às 17h30, os organizadores do evento anunciavam a presença de 70 mil pessoas; a Polícia Militar do Distrito Federal estimava em 40 mil. Que outra força consegue reunir tanta gente num dia útil? Não sei. O que espanta, no entanto, não é isso, não. A exemplo do que aconteceu com a Marcha para Jesus, no Rio, no último dia 25 (que pode ter levado até 500 mil pessoas às ruas), também a manifestação de hoje foi editorialmente ignorada pela grande imprensa. Qualquer protesto de meia dúzia de gatos-pingados merece muito mais espaço.

Há uma clara manifestação de arrogância em relação às opiniões e às convicções de milhões de brasileiros, ali representados por muitos milhares. Parece que se parte do seguinte princípio: “Se eu não noticio, então não existe”. A mera comparação pode ser devastadora para aqueles que dizem seguir um jornalismo isento e independente. Todos os protestos contra o Marco Feliciano, por exemplo, que reuniam, muitas vezes, não mais do que duas ou três dezenas de pessoas, mereceram ampla cobertura da imprensa. Até as manifestações de pura truculência às portas de templos religiosos em que ele pregaria ganharam ampla visibilidade.

Os que discordam do ponto de vista dos evangélicos podem achar que esse é, sim, um bom caminho. Afinal, como consideram “reacionária” a pauta daqueles cristãos, acham correto que a imprensa abra mão de seu papel, que é noticiar o que sabe, o que apura e o que vê. Trata-se de um engano fatal, amigo! Amanhã, essa mesma imprensa pode ignorar algum outro assunto que você considera fundamental porque está fora da sua (dela) agenda.

É claro que sempre se pode adotar o paradigma Luís Roberto Barroso (sim, ainda falarei de sua sabatina): imprensa boa e isenta é aquela que pensa o que pensamos; imprensa ruim e parcial é aquela da qual discordamos…

Por Reinaldo Azevedo

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


15 COMENTÁRIOS

  1. A manifestação dos idiotas evangélicos, massa de manobra da elite conservadora, que bem serve os interesses daqueles que sempre foram contra o progresso. Somente um povo estúpido e demente pode dar valor à um loco descontrolado que fala gritando e cuspindo como Silas Malacraia e InfeliciANUS, ambos muito preocupados com o “rabo” alheio, e que só fazem é enriquecer às custas dos manipulados evangélicos semi-alfabetizados.

    • Paulo,

      A maioria do povo do Brasil é analfabeta, então você atacou os católicos também, pois são a maioria. Ou seja, de uma tacada só, você acertou quem queria e quem, talvez, não quisesse, os católicos.

      A maioria dos católicos são contra o casamento, então não é pauta de apenas de evangélico.

      Quanto ao mérito de casar ou não, igual os católicos, os evangélicos discordam por entender que pode haver um direcionamento, um norteamento, pró posturas homossexuais aos filhos/netos, em síntese, todas as crianças, daí um prejuízo na solidez de duas pessoas que se juntam e transferem aos seus sucessores os valores.

      Meu caro, é natural as pessoas se oporem ao que é novo, não o homossexualismo, sim o casamento. Sim à exposição na mídia(pessoas do mesmo sexo) em atos como se fosse para elas algo diferente, algo que a maiorias das sociedades criticaram, se opuseram.

      Viver vida de casados, sempre os que prezavam essa prática o fizeram.

      Os tribunais reconhecem tais relações, gerando dela direitos diversos, só que agora o que se quer é que de uma ora para outra, seja encravados à vista de todos, quando até os próprios parentes, pais, amigos ainda não aceitam.

      Tomar os evangélicos, que também são uma minoria, como criminosos, ou seja, homofóbicos, aí a maldade, e tudo que o ser humano faz, recebe de volta. Deus dá em dobro.

  2. é tão dificil entender,as pessoas pensando que os evangélicos protestam contra sexualidade dos outros,o que eu vejo é bem diferente,e que os homossexuais querem que não toquem no assunto,e querem levar a todos a ser ,e inclusive incentivar que os filhos dos outros também venham a ser,mas quanto ao que quiserem fazer ,existe o livre arbítio para cada um agir da maneira que quizer,só que nenhum homossexual está se sentindo bem pois é a força do pecado que opera neles que se sente,ameaçada ,pois quem pratica o pecado é escravo do pecado.

  3. Não há por que omitir os fatos. É evidente que uma concentração que tinha na sua pauta, também, a defesa da família tradicional (homem, mulher e sua prole) opõe-se ao casamento e ao ativismo gays. E isso foi dito lá de maneira clara e inequívoca. Era um aspecto importante do protesto, mas era um deles. Não é menos evidente que a esmagadora maioria da imprensa considera essa opinião “conservadora”, “reacionária”, “atrasada”, escolham aí o adjetivo. O mesmo se diga sobre o aborto, duramente atacado no evento. Eis outro item da pauta dita “progressista”, nunca ninguém conseguiu me explicar por que o mundo e a moral progridem com a morte de fetos…

    A imprensa ou “as imprensas” tenha a agenda que quiser! Como afirmou o pastor, que ela seja livre até para falar mal das opiniões e das pessoas da praça. Mas omitir??? Fazer de conta, como se fez, que a coisa não estava acontecendo??? Tratar a concentração como se estivesse um curso um evento corriqueiro, sem importância? Só não acho que ficou caracterizada a “censura” porque considero que a palavra cabe quando a interdição é aplicada pelo Estado. Mas se trata, sim, de um ânimo censor, que agride a essência do jornalismo.

    Estaremos, agora, diante de um novo paradigma, que consistirá em esconder aquilo de que se discorda? Qual é a medida? Se 500 marcham nas ruas em defesa da maconha, a foto vai parar nas primeiras páginas, afinal, é a “pauta progressista”. Se 70 mil fazem um coro contra a descriminação das drogas, e isso também ocorreu, faz-se de conta que nada aconteceu?

    Reinaldo Azevedo
    +++

    Boa parte da imprensa está sendo comprada por anuncios das ESTATAIS a CEF, O SUS E a PETROBRAS está em todos os canais non stop, FOI A MANEIRA VELADA QUE O GOVERNO ABORTISTA, PRO AGENDA LGBT, PRO LIBERAÇÃO DAS DROGAS, DA LEGALIZAÇÃO DA PROSTITUIÇÃO E DA DEGENERAÇÃO DA FAMILIA TRADIONAL, ESTÁ MANIPULANDO A IMPRENSA ABERTA COM MUITO $$$$ PÚBLICO.

  4. Só a Ana Paula Valadão conseguiu público recorde de 3 milhões de pessoas em Salvador (se chegou realmente a um milhão, está ótimo!!). Agora esse cara botou um monte de cantores de ponta para um movimento tosco e homofóbico e tá rindo à toa! Coitado deste fascista megalomaníaco! E olha que não noticiaram o evento da Ana Paula na época.
    De 30 a 40.000 pessoinhas em um movimento retrógrado! Imagino se não tivesse lanche e transporte gratuito!!!

  5. povo acorda!!!!!!vcs não leram a materia ou o titulo pelo menos?ou não sabem a intenção da manifestação?deveriam procurar saber antes de falar besteiras.,(MANIFESTAÇÃO PELA FAMILIA)se não sabem para que foi a manifestação então ficam calados…..manifestação a favor da familia, não contra ninguém, ou seja todos que estão falando mal ou bem tem uma familia correto?então a manifestação foi a favor da sua familia benção de Deus para cada um.e para os que estão falando mal JESUS AMA VOCÊS……..

  6. Estão todos esquecendo do Coríntios 13. Precisamos de mais amor, mais tolerância, mais compreensão. Precisamos suportar mais e tolerar mais. Sigamos nossas vidas conforme nos ensinou Jesus, com mais perdão e amor pelo próximo. Por favor,em nome do nosso Senhor,deixem os nossos irmão homossexuais em paz e sigamos a nossa vida conforme Jesus nos ensinou: Ama o teu próximo como a ti mesmo. Amém.

  7. Me poupe Reinaldo Azevedo, dar vazão a noticia de um bando de pessoas ludibriada e manipulada por pastor megalomaníaco e nazista. Que transformou o movimento marcha pra Jesus em “farsa pra Jesus” pois a marcha só tinha cunho politico, homofóbico e discurso de intolerância e ódio. E o Senhor principal foi deixado de lado, que foi Jesus. A imprensa está correta não pode dar asa a cobra ou melhor Silas malacheia de dinheiro, Marisa lobo em pele de Cordeiro e o infeliciAnus.

  8. choro de rir com essas briguinhas nos comentários, não tem coisa melhor pra passar o tempo, kkkkkkkkkk, gente é tanta abobrinha que o povo fala, só rindo mesmo.

  9. Azevedo vc etá certo a imprensa não é imparcial o interesante é que a manifestação era para a livre expressão isso não importa a midia a igreja tem seu valor e vai mostra na hora certa

  10. -E POR ISSO QUE NÃO ESTOU ASSISTINDO A NOTICIÁRIO NENHUM PORQUE É TUDO MENTIRA, COMPLÔ CONTRA OS EVANGÉLICOS E A CIDADANIA DE BEM. ALIÁS NÃO ESTÁ DANDO MESMO PRA ASSISTIR A NENHUM NOTICIÁRIO TELEVISIVO PORQUE É TANTA VIOLÊNCIA!, TANTA MALDADE!, TANTA CRUELDADE! TANTAS MANIPULAÇÕES E MENTIRAS POR PARTE DA IMPRENSA E O PIOR TANTA IMPUNIDADE QUE NÃO DÁ PRA ACREDITAR EM MAIS NADA; ENTÃO PARA NÃO SE FICAR TÃO REVOLTADA! TÃO NERVOSA COM TUDO ISSO QUE SÓ FAZ MAL PARA NOSSA SAÚDE FÍSICA, MENTAL E PRINCIPALMENTE ESPIRITUAL, O MELHOR E NÃO ASSISTIR ESSA BATELADA DE LIXO. E SE QUISERMOS REALMENTE SABER ALGUMA COISA QUE NOS DIZ RESPEITO, A GENTE TEM A OPÇÃO DE IR BUSCAR NA INTERNET E NÃO É COMO A TV QUE JOGA UM MONTE DE LIXO PARA DENTRO DE NOSSAS CASAS COMO MUITA IMORALIDADE, VIOLÊNCIA, MENTIRAS, MANIPULAÇÕES MENTIROSAS PARA FAVORECER OS CORRUPTOS ENFIM TUDO O QUE O DIABO GOSTA E QUER PARA A DESTRUIÇÃO DE TODOS. ENTÃO ESTÁ ME DANDO MUITO NOJO DISSO TUDO. OUVE Ó DEUS NOSSA ORAÇÃO ALTÍSSIMO SARA ESSA NAÇÃO QUE ANDA TÃO DOENTE! É O CLAMOR DA IGREJA QUE TE ADORA!!!

    • A imprensa brasileira, bem como a mundial, pertence aos iluninatti e só servem aos propositos da nova ordem mundial cujo objetivo é preparar o mundo para a chegada do anticristo, por isso, não podemos esperar nada melhor no mundo, aos poucos as coisas vão piorar. O casamento gay é o estopim inicial para o apocalipse que a biblia preve. Afinal Deus ja destruiu o mundo uma vez com agua, e duas cidades com fogo, exatamente por essa razão. A promiscuidade e sujeira no coração do homem. Ora vem senhor jesus. Todo mundo conhece jesus no brasil, nos so temos que nos preparar porque quem crer sera salvo e quem não crer sera condenado. Simples assim.

  11. É biblico… nos cristãos estamos sendo excluidos da sociedade como se nós fossemos os errados, ter valores é errado, ser honesto é errado, lutar pela familia é errado?
    Tá faltando respeito com nós que escolhemos seguir a Jesus, que amamos esse Deus e escolhemos segui-lo
    Sei que muito em breve aquela história de marca da besta, chip, etc que parecia tão distante…está cada dia mais perto!!!

    Vamos nos levantar povo do Senhor, para que quando chegar a hora não neguemos AQUELE que morreu por nós!!!

  12. o mais importante em todo e ke O DEUS VERDADEIRO JESUS CRISTO esta vendo..ouvindo tudo nada nada mesmo acontece seim a permiçao DELE ….todas as nações se prostrarao diante do SENHOR e todo joelho se dobrara na SUA PRESENÇA oh ke GLORIAS JESUS ea VIDA e VIDA ETERNA LOUVADO SEJA DEUS ALELUIA ALELUIA JESUS EU TE AMO SENHOR AMEM A PAZ DO SENHOR ATODOS OS IRMAOS EN CRISTO JESUS

  13. Depois das alianças entre os partidos, todos os políticos se tornaram farinha do mesmo saco!
    Podem fazer o teatrinho que quiserem, criando leis e emendas; e a população pode fazer passeata, gastar sola de sapato, se sujeitando a levar borrachada no lombo e pimenta na cara, que de nada adianta!
    Enquanto não tiver fim à lei de imunidade, e o foru privilegiado, as corrupções vão continuar de vento em popa, e as conseqüências, serão as faltas de verbas para as necessidades básicas desta sociedade, e o aumento da violência!
    Os políticos e os juízes corruptos estão carecas de saber, que estes privilégios estão na contra mão de direção da democracia, e da justiça social, mas não querem abrir mão destes privilégios!

    Enquanto a mídia sensacionalista e vendida não divulgar esse assunto, as corrupções persistirão, e as cadeias continuarão superlotadas, mas só de pobres, sem poder aquisitivo, sem eira nem beira!

    Abaixo assinado pelo fim da imunidade:>http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA TERMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL! Os que negarem estes fatos, ou são corruptos, ou estão a serviço dos corruptos.

DEIXE UMA RESPOSTA