Instituto Paranaense de Cegos: entidade desenvolve ações de auxílio a deficientes visuais

0

O Instituto Paranaense de Cegos (IPC) é uma organização da sociedade civil fundada em 1939, que atua no auxílio a deficientes visuais no estado do Paraná.

Entre as ações do IPC estão o desenvolvimento de projetos que contribuam com a formação social de pessoas cegas e/ou com baixa visão, preparando-as para o convívio social como cidadãs.

A conscientização dos direitos a que essas pessoas tem, e o apoio para o desenvolvimento de suas capacidades fazem parte das estratégias do IPC.

Um dos projetos do IPC, Ver com as mãos, é voltado a crianças e adolescentes com deficiências visuais, e visa a construção de referências culturais, permitindo aos alunos a possibilidade de se expressarem por meio de diversas linguagens artísticas, como Artes Plásticas, Música, Dança e Teatro.

Entre os objetivos, está a meta de capacitar novos profissionais para trabalhar na inclusão das pessoas deficientes visuais no mundo da Arte, com a organização de oficinas, cursos e seminários, além da criação de espaços inclusivos que possibilitem a vivência e o compartilhamento de informações e códigos de sociabilidade entre crianças e adolescentes com deficiência visual.

Para entrar em contato com o IPC e descobrir formas de contribuição ou de trabalho voluntário, acesse a sessão Como Apoiar, no site novoipc.org.br ou envie e-mail para novoipc@novoipc.org.br. Se preferir telefonar, disque (41) 3242 5487.

Redação Gospel+

Ciente de seu papel junto à sociedade, o Gospel+ disponibilizou um espaço voltado para divulgação de projetos sociais focados em ajudar ao próximo.

Acreditamos que a transformação da sociedade acontece não só através da palavra, mas também de ações efetivas e eficazes, com demonstração de amor ao próximo.

Se você conhece ou desenvolve um projeto social que precise de divulgação, entre em contato conosco através do endereço redegmais.com.br/contato e nos conte! Informe as áreas de atuação, formas de colaboração, meios de contato e visitas, para que possamos colaborar e servir ao Pai, servindo a seus filhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA