Fundador da Igreja Maranata é preso novamente por se manter praticando crimes, diz promotor; Justiça decretou prisão domiciliar ao pastor

5

As investigações do Ministério Público sobre o desvio de aproximadamente R$ 24 milhões entre dízimos e ofertas da Igreja Maranata, no Espírito Santo, levaram a Justiça a decretar a prisão de 10 pastores da denominação.

O fundador da igreja, pastor Gedelti Gueiros, foi preso em sua casa na última segunda-feira, 24 de junho, e enviado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana, na região metropolitana de Vitória, capital do Estado.

Após uma liminar impetrada pelo advogado do pastor, Fabrício Campos, a Justiça concedeu relaxamento da prisão preventiva e decretou a prisão domiciliar de Gedelti Gueiros. A prisão preventiva havia sido autorizada, pois, segundo o promotor de Justiça Paulo Panaro, os líderes da denominação que haviam sido afastados da administração da igreja por determinação judicial, continuavam tomando decisões e praticando crimes como estelionato, de forma indireta.

De acordo com o G1, o pastor Gedelti deverá entregar seu passaporte, e está proibido de ir aos maanains – nome dado aos templos da igreja – e de participar de reuniões no Presbitério de Vila Velha, além de não poder manter contato com os atuais administradores da Maranata ou testemunhas no processo.


Essas proibições são as mesmas feitas na primeira vez que o pastor havia sido preso, em março deste ano: “Embora haja uma ordem judicial afastando-os da administração, os acusados continuavam praticando os mesmos atos ilícitos de forma indireta. Ficou claro que o ex-presidente da instituição continuava participando da administração, várias testemunhas prestaram depoimentos que relatavam essa participação”, disse o promotor Paulo Panaro.

Além do pastor Gedelti Gueiros, foram presos os pastores Arlínio de Oliveira Rocha, que também está detido em prisão domiciliar devido a problemas de saúde; Antônio Angelo Pereira dos Santos; Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira; Antonio Carlos Peixoto; Amadeu Loureiro Lopes; Jarbas Duarte Filho; Leonardo Meirelles de Alvarenga; e Wallace Rozetti, que foram enviados ao CDP de Viana. Já Carlos Itamar Coelho Pimenta, advogado e militar aposentado, está detido no Quartel da Polícia Militar, em Vitória.

Presbitério da Igreja Maranata foi interditado por ordem da Justiça
Presbitério da Igreja Maranata foi interditado por ordem da Justiça

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

  1. A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, Efésios 3:8 Pequei, porventura, humilhando-me a mim mesmo, para que vós fósseis exaltados, porque de graça vos anunciei o evangelho de Deus?
    2 Coríntios 11:7, se acreditassem em DEUS não agiriam como agem.

  2. O dono da CGADB é Deus!
    MAS o usufrutuário vitalício é o José Wellington! Legal, hein?
    Nunca iremos ouvir ou ler do Fidel Castro que ele (e a família) são os donos de Cuba. No entanto, não abrem mão de serem usufrutuários vitalícios.
    A propriedade pode ser menos interessante do que o USUFRUTO. Por isso é que esses usurpadores fazem de tudo para continuar USUFRUINDO.
    Vampiros tosquiadores!
    Na Bíblia deles colocaram a “BOA OVELHA” no lugar do BOM PASTOR.

  3. Como é difícil compreender o ser humano. Pessoas que, teoricamente, são chamadas por Deus para o ofício ministerial e o trocam por alguns trocados de reais. A Bíblia diz que devemos pastorear o rebanho de Deus sem ganância (de financeira, poder e posição na sociedade).
    Quando a gente pensa que os problemas de ordem pessoal, ministerial, espiritual, falcatruas, desvios de dinheiro, terminaram, surge mais uma paulada nas nossas coisas.

    O que não se ver em muitas dessas igrejas com melhores condições financeiras é algum membro desempregado, com família para dá o suporte necessário sendo chamado por uma liderança e dele recebendo ajudas para continuar vivendo. São pouquíssimas que fazem isso.

    Uma coisa é certo. Ai daquele por quem vier o escandá-lo.

  4. DÍZIMOS, AINDA VAI DAR MUITO O QUE FALAR – ASSIM DIZ O DIABO. JÁ HOUVE TEMPOS EM QUE CABELOS GRISALHOS ERAM SINÔNIMO DE HONESTIDADE E RETIDÃO MORAL. AINDA LANÇAM EM ROSTO ALHEIO O DITADO – QUANDO ALGUÉM SE RECUSA BIBLICAMENTE A PAGAR DÍZIMOS – ONDE ESTÁ O DINHEIRO ALI ESTÁ SEU CORAÇÃO – FORA DE CONTEXTO CLARO. VADE RETRO SATANÁS

  5. E O MONSENHOR LARAPIOS VATICANUSIOS QUE METEU A MAO NO BANCO –DO VAISTICANOS -SEIS NO FALA NADA NAO O CARA POIS TODO MUNDO NO BOLÇO -feis os larápios daqui de trombadinhas –o dinheiro que ele roubou da pra encher tapar costurar –as bocas de muitos mas muitos catulicos – que so ve o erros dos outros -ele e um danadinho so roubou a pequena soma de 20.000.000 de euros -e ai como vai ficar –com certeza o Chiquinho vai tampar como sempre os papados faz num e memo –dai se como todo mundo não sabe das falcatruas que existe dentro dos antros catulicos não e mesmo –extra extra –jornal da record monsenhor chefe do imobiliário do banco do vaisticano surrupia a pequena quantia de vente milhões de euros do vasticano –uai e esse trem tem banco –mis e craro qui tem e ai não vao falar nada —eu não sou desta igreja Maranata –mas caras qual e que e –se for colocar as roubalheiras dos povos chefes dos vaisticanos na balança –caramba meu so carreta de 43 rodas –que carregam 70 toneladas para aguentar carregar tantos reais dólares euros –vai nessa continua acusando —bando de insubordinados –e tem dito

  6. Onde há fumaça há fogo, mas ninguem foi condenado ainda pra ser preso. Engraçado que com políticos isso nao acontece. Então, o quanto isso é verdade e o quanto isso é artimanha pra difamar ainda mais os evangélicos? Sim, pq evangélico não pode espirrar sem q alguém nao venha questionar o pq do espirro. Fala sério! Se forem ladrões que paguem. MAs se tiverem inocentes nesse meio? Não há pedido de desculpas que limpem um nome jogado na lama. Isso é muito triste. Espero que sejam inocentados e movam uma ação contra todos estes que mancharam a sua honra e tirem até as calças desses que fizeram questão de jogar o nome de servos de Deus na lama.

  7. Apesar de Ateu e Anarquista eu vou aqui defender o direito constitucional que qualquer instituição religiosa tem para fazer o que bem entender com o dinheiro que ela arrecada e o Estado não tem que se meter nisto! Que tranqueira é esta do estado se meter no que as Igrejas fazem com o raio do Dizimo! Isto é problema interno da Igreja! Se algum membro está insatisfeito com que os seus lideres religiosos fazem com suas arrecadações ou mude de igreja ou mude a sua igreja, ninguém é obrigado a dar nada e a seguir religião nenhuma! Eu não estou defendendo a instituição de arrecadação de ofertas e o escambau, só estou defendendo a Liberdade Religiosa! E se alguma instituição religiosa meteu a mão no dinheiro do Estado é bem feito, pra deixar de ser palhaço! A constituição reza pro estado não dar dinheiro pra religião nenhuma e instituição de caridade de igreja não precisa de dinheiro porque Jesus não cobrava pra fazer milagre!

  8. Nunca foi tão fácil criticar, reclamar e apontar os erros dos outros como agora. A Internet garante esse canal aberto aí para os trolls e outros críticos de plantão. Mas é claro que esse comportamento em si não é nada novo. As pessoas sempre foram assim. Só que antes não tinham o megafone da Internet para anunciar seus pensamentos.

    Eis aqui uma proposta, um princípio pelo qual você talvez ache melhor viver: o princípio do “você está responsável por isso”. Funciona assim:

    Toda vez que você quiser criticar, reclamar sobre uma situação ou alguém, você ficará responsável por consertá-la. Se não quiser ficar responsável por fazer alguma coisa a respeito, então cale a boca.

    Por exemplo: você critica a falta de limpeza no local de trabalho. Então agora você é responsável por consertar o problema. Pegue a vassoura, ou vá falar com o chefe da limpeza, ou vá solicitar mais baldes de lixo para sua seção, ou vá passar a lavar o próprio prato lá na cozinha depois do almoço. Pronto, você está responsável. Se não quiser ficar responsável por isso, então por favor não critique a limpeza. Poupe os ouvidos dos outros.

    Você achou que a apresentação do gerente de marketing da empresa foi um tédio. Uma hora de blá, blá, blá que não acrescentou em nada. Então agora você é responsável por melhorar a qualidade das apresentações na empresa. Vai dar seu feedback (e quem sabe o dos colegas também) aos que fazem apresentações, vai sugerir melhoras, vai contribuir com ideias, vai contatar o RH sobre treinamento de comunicação para os apresentadores, talvez até dar um livro sobre o assunto para os “chatos”. Do contrário, feche a matraca e foque na sua vida.

    Talvez você ache esse princípio um pouco radical. Mas se em vez de reclamar, todos aplicassem esse princípio no trabalho, em casa, na escola, na comunidade, na cidade e na própria vida, imagine como tudo iria melhorar.

    Então lembre-se: quando a sua língua coçar e você se sentir tentado a criticar alguém ou alguma coisa, primeiro pergunte-se se está preparado a ficar responsável por melhorar a situação. Senão, escolha o silêncio.

    PS. Veja Jesus aplicando esse princípio: Em declinando a tarde, vieram os discípulos a Jesus e lhe disseram: É deserto este lugar, e já avançada a hora; despede-os para que, passando pelos campos ao redor e pelas aldeias, comprem para si o que comer. Porém Ele lhes respondeu: Dai-lhes vós mesmos de comer. — Marcos 6.35-37

DEIXE UMA RESPOSTA