Igreja Batista da Lagoinha é condenada a indenizar rapaz agredido por segurança em templo

12

A Igreja Batista da Lagoinha (IBL) e um segurança foram condenados pela 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) a pagar uma indenização de R$ 5 mil a um homem que foi agredido na porta de seu templo.

O caso foi registrado em agosto de 2002, durante a campanha eleitoral daquele ano. O rapaz agredido distribuía panfletos de um candidato na entrada da igreja, e o segurança o agrediu.

O agredido moveu um processo contra a denominação e contra o segurança somente em 2010, oito anos depois, e os desembargadores que julgaram a ação entenderam que o segurança agiu de forma desproporcional, mesmo levando em conta que o agredido reagiu com violência à abordagem inicial.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do TJ-MG, o rapaz relatou que foi advertido, mas se recusou a sair, e então, foi agredido pelo segurança e outros membros, e depois, levado para uma sala do templo, onde teria sido ameaçado por um pastor, que teria enfatizado que seria melhor que ele não registrasse queixa.


O caso foi julgado improcedente na primeira instância pela juíza da 34ª Vara Cível de Belo Horizonte, que considerou o agredido como responsável pelo início de toda a confusão. Na mesma decisão, a magistrada entendeu que o vigilante apenas se defendeu dos ataques.

Insatisfeito, o rapaz recorreu ao TJ_MG, e os desembargadores Eduardo Mariné da Cunha, Luciano Pinto e André Leite Praça reformaram em parte a decisão anterior, determinando que o envolvimento do pastor não configurava culpa, pois de acordo com as apurações, ele havia se oferecido para prestar socorro e atendimento médico ao rapaz.

No entanto, os desembargadores aceitaram a denúncia contra o segurança, que era funcionário do templo, e consideraram que sua conduta foi desproporcional.

A partir do que foi apurado sobre a condição econômica dos réus, a gravidades das lesões sofridas pela vítima e, por outro lado, sua obstinação em permanecer na frente do templo, o relator do processo determinou que a indenização a ser paga ao agredido é de R$ 5 mil.

12 COMENTÁRIOS

  1. Seguranças na igreja? Ora, mas não esta escrito na Bíblia que o anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que O temem e os protegem? Ah, mas é que evangélico não teme a Deus, mas aos vendilhões do Evangelho.

    • Homossexualidade e doenças

      Os atos sexuais dos homossexuais masculinos envolvem práticas que são prejudiciais ao corpo e que envolvem um risco elevado de doenças infecciosas. As práticas de sexo oral-genital, genital-anal e oral-anal são responsáveis por muitos tipos de crises de saúde de grandes proporções entre os homens homossexuais. Muitas doenças comuns, e uma variedade de outros problemas, comprovam o fato de que a AIDS é só a mais noticiada e mortal das várias pragas atingindo os homossexuais.

      O Dr. Paul Cameron comenta:

      Quando um indivíduo se torna homossexual, ele passa a desenvolver hábitos anti-sociais. Quase toda criança é ensinada a evitar as fezes. Quando a mãe educa seu filho a usar o pinico, ela explicitamente o ensina a ver as fezes como sujas, nojentas e prejudiciais à saúde. No entanto, a maioria dos homossexuais acaba aprendendo a se envolver completamente com as fezes. Pesquisas passadas sugerem a seguinte progressão seqüencial típica da atividade gay. A idade média de contato sexual genital dos gays é 13 anos. Dois anos mais tarde, eles usam o ânus para ter relações sexuais… um ou dois anos depois, eles deixam que outros gays lhe lambam o ânus por “prazer sexual”. Quando chegam aos 21 anos, a maioria dos gays já aprendeu a fazer tudo. Eles aprenderam a buscar e gozar atividades que os teriam deixado com nojo quando eram crianças. Alguns buscam excitações maiores como o sadomasoquismo, enfiar o punho inteiro pelo ânus, comer fezes ou beber urina.

      Sexualidade Sem Propósito:

      Os Riscos da Atividade Homossexual

      Embora os ativistas gays tentem constantemente passar para o público a idéia de que o estilo de vida homossexual não oferece perigo algum para ninguém, suas práticas sexuais os tornam vulneráveis a uma variedade de doenças. O Dr. Thomas Schmidt explica:

      É importante entender que ainda que venham a descobrir uma cura para o HIV e a AIDS, os homens homossexuais continuariam a pagar um preço físico horrível por suas atividades, da mesma forma que eles já estavam pagando antes do começo da epidemia. Classificarei esses problemas em termos de trauma físico, infecções não-virais e infecções virais. Em alguns desses problemas de saúde, os homens homossexuais perfazem pelo menos 70 por cento do total de casos registrados. Os médicos que trabalham com homens homossexuais agora recebem treinamento para regularmente procurar em seus clientes pelo menos 15 doenças comuns, sem contar o HIV e a AIDS, e esse número poderia ser duplicado ou triplicado se levássemos em consideração problemas menos comuns.

      Antes de prosseguirmos, precisamos de uma breve e simples lição de anatomia. Não é necessário um diploma médico para compreender o risco de infecção que há quando a boca entra em contato com o pênis ou o ânus, mas poucas pessoas entendem que internamente o ânus é vulnerável a danos. A parte final do sistema digestivo, o intestino grosso, é um longo tubo de uns 15 cm que consiste principalmente do cólon. O cólon termina fazendo uma virada bem acentuada para baixo, onde fica estreito e curto, criando outra área chamada o reto. O último centímetro do tubo é o canal anal, uma área cheia de nervos, alinhada com células epiteliais cubóides estratificadas e cercada pelo músculo esfíncter anal. O reto é alinhado com uma única camada de células epiteliais, em forma de colunas, cujo propósito é absorver líqüidos.

      • clamando , você merece um nobel. Parabens você mostrou o que são as aberrações gays como o sandrete rainha do boquete e o janio que usa a calcinha da mãe e pensa que vira mulher.

        • DELL
          MAS VC. NÃO SABE COMO É TRISTE A GENTE TENTAR AJUDAR ESTAS MISERÁVEIS VIDAS QUE SE DESTROEM BEM COMO A SEUS SEMELHANTES.
          SEM FALAR DO ATAQUE QUE RECEBEMOS DOS ATIVISTAS, ME DÓI O CORAÇÃO SÓ DE PENSAR QUE STAR E SEUS NICK FAKES POSSAM MORRER KKK

    • Sandro, a palavra de Deus diz: Respondeu-lhe Jesus: Dito está: Não tentarás o Senhor teu Deus. Lucas 4.12″
      Ou seja, esse versículo nos faz entender que nao devemos por a prova o Senhor, por mais que ele possua toda fortaleza. Então, antes de Deus nos proteger ou guardar, devemos fazer a nossa parte, para que assim ele cumpra a sua. O que é o caso do segurança em ralação a Batista Lagoinha.
      Espero que vc tenha compreendido agora.

  2. QUER DIZER, ENTRADA DA IGREJA, O CIDADÃO É CONVIDADO A SE RETIRAR, MAS MESMO ASSIM REAGE ENFRENTA O SEGURANÇA, QUE PRESTA UM SERVIÇO IMPORTANTE, AINDA ASSIM CONDENAM A IGREJA. KKK VAMOS INVADIR O TRIBUNAL DO JUIZ, VAMOS INVADIR O SENADO A CAMARA E QUALQUER LUGAR QUE DER NA TELHA, ABRIRAM PRECEDENTE PARA TODO TIPO DE SACANAGEM.

  3. Na verdade o que acho de tudo isso…o porque foi denunciar só agora? Depois de tanto tempo!! Qual seria a intenção??
    Muito engraçado isto. Ainda encontra pessoas para apoiar essa atitude.

  4. Sandro me desculpe mas você não sabe do que está falando. Principalmente sobre segurança.
    Porque é uma igreja tem que ficar exposto a todo tipo de situações. O que a biblia diz não é nesse sentido que você relatou. Então a presidente não pode ter guarda costas, o prefeito, os governantes, e os ricos também não.

  5. Eu sou Cristina Pereira, que contraiu o HIV em 2009 foi-me dito pelo meu médico que não há possível cura para o HIV. Comecei a tomar os meus ARVs, Meu CD4 é 77. Eu vi um site do Dr. Boadi também eu vi um monte de depoimentos sobre ele sobre como ele usa a medicina de ervas para curar o HIV. i em contato com ele e disse-lhe meus problemas, ele me enviou a medicina herbal e eu peguei por 7 dias após, em seguida, eu fui para um check-up e eu era negativo. o medicamento não tem efeito colateral, não há nenhuma dieta especial quando se toma o medicamento visitar sua visita seu site: http://www.drboadiherbalcentre.webs.com

  6. Eu sou Cristina Pereira, que contraiu o HIV em 2009 foi-me dito pelo meu médico que não há possível cura para o HIV. Comecei a tomar os meus ARVs, Meu CD4 é 77. Eu vi um site do Dr. Boadi também eu vi um monte de depoimentos sobre ele sobre como ele usa a medicina de ervas para curar o HIV. i em contato com ele e disse-lhe meus problemas, ele me enviou a medicina herbal e eu peguei por 7 dias após, em seguida, eu fui para um check-up e eu era negativo. o medicamento não tem efeito colateral, não há nenhuma dieta especial quando se toma o medicamento visitar sua visita seu site: http://www.drboadiherbalcentre.webs.com

DEIXE UMA RESPOSTA