Malafaia lança campanha contra projeto de Renan Calheiros que tenta censurar a Justiça; Entenda

9

O Projeto de Lei 280/2016, de autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Congresso Nacional, se tornou alvo de uma campanha do pastor Silas Malafaia, que quer mobilizar a sociedade contra a iniciativa.

O projeto trata da punição para quem cometer abuso de autoridade, mas é compreendido por especialistas como uma forma de censura do Ministério Público e da Justiça. No dia 01 de agosto, um grupo de juízes e membros do MP fizeram um protesto contra o PL 280/16 em São Paulo.

“Rapaz, eu fico com vergonha. Estão tentando calar juízes e o Ministério Público. Estão querendo fazer uma lei de abuso de autoridade, e quem está promovendo a lei são os corruptos que estão envolvidos na Lava-Jato lá no Senado. Esses caras tem moral para tentar calar juízes e Ministério Público?”, afirmou o pastor.

“Se tem alguém que não era para defender Ministério Público e ficar quieto era eu, pois estou sendo perseguido por um membro do MP, que deixa de acusar os criminosos – que foi a Parada Gay, que cometeu vilipêndio […] Mas, sabe o que eu penso? Mais do que os meus interesses, está o interesse da nossa nação”, destacou Malafaia.


Na sequência, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) destacou que o projeto de Renan Calheiros visa livrar acusados de corrupção que estão na mira da sociedade e da Justiça: “É uma lei para implodir a Lava-Jato, e não apenas ela. É para colocar medo em juízes e membros do Ministério Público, porque podem sofrer censura, processo, até perder o cargo. Então, você que é cidadão envie e-mails para os senadores dizendo ‘não queremos que a Justiça seja cerceada. Não queremos esse tipo de punição para o Ministério Público e para juízes’. Isso é uma das coisas mais perigosas. Eles estão com medo, porque, tanto o Ministério Público como os juízes e a Justiça, estão botando para quebrar como nós nunca vimos na história do nosso país”, destacou.

“Vamos pressionar os senadores porque isso é uma afronta ao Estado democrático de direito e à sociedade, [da parte] de corruptos que querem ficar livres”, concluiu o pastor. Assista:

Assine o Canal

Confira a lista de e-mails dos senadores:

acir@senador.leg.br
aecio.neves@senador.leg.br
aloysionunes.ferreira@senador.leg.br
alvarodias@senador.leg.br
ana.amelia@senadora.leg.br
angela.portela@senadora.leg.br
antonio.anastasia@senador.leg.br
antoniocarlosvaladares@senador.leg.br
armando.monteiro@senador.leg.br
ataides.oliveira@senador.leg.br
benedito.lira@senador.leg.br
cassio.cunha.lima@senador.leg.br
cidinho.santos@senador.leg.br
ciro.nogueira@senador.leg.br
cristovam.buarque@senador.leg.br
dalirio.beber@senador.leg.br
dario.berger@senador.leg.br
davi.alcolumbre@senador.leg.br
edison.lobao@senador.leg.br
eduardo.amorim@senador.leg.br
eduardo.braga@senador.leg.br
eduardo.lopes@senador.leg.br
elmano.ferrer@senador.leg.br
eunicio.oliveira@senador.leg.br
fatima.bezerra@senadora.leg.br
fernandobezerracoelho@senador.leg.br
fernando.collor@senador.leg.br
flexa.ribeiro@senador.leg.br
garibaldi.alves@senador.leg.br
gladson.cameli@senador.leg.br
gleisi@senadora.leg.br
humberto.costa@senador.leg.br
heliojose@senador.leg.br
ivo.cassol@senador.leg.br
jader.barbalho@senador.leg.br
jorge.viana@senador.leg.br
jose.agripino@senador.leg.br
joseanibal@senador.leg.br
jose.maranhao@senador.leg.br
josemedeiros@senador.leg.br
jose.pimentel@senador.leg.br
joao.alberto.souza@senador.leg.br
joao.capiberibe@senador.leg.br
katia.abreu@senadora.leg.br
lasier.martins@senador.leg.br
lindbergh.farias@senador.leg.br
lidice.mata@senadora.leg.br
lucia.vania@senadora.leg.br
magno.malta@senador.leg.br
marta.suplicy@senadora.leg.br
omar.aziz@senador.leg.br
otto.alencar@senador.leg.br
paulo.bauer@senador.leg.br
paulopaim@senador.leg.br
paulo.rocha@senador.leg.br
raimundo.lira@senador.leg.br
randolfe.rodrigues@senador.leg.br
reginasousa@senadora.leg.br
reguffe@senador.leg.br
renan.calheiros@senador.leg.br
ricardo.ferraco@senador.leg.br
ricardo.franco@senador.leg.br
roberto.muniz@senador.leg.br
roberto.requiao@senador.leg.br
robertorocha@senador.leg.br
romero.juca@senador.leg.br
romario@senador.leg.br
ronaldo.caiado@senador.leg.br
rose.freitas@senadora.leg.br
simone.tebet@senadora.leg.br
sergio.petecao@senador.leg.br
tasso.jereissati@senador.leg.br
telmariomota@senador.leg.br
valdir.raupp@senador.leg.br
vanessa.grazziotin@senadora.leg.br
vicentinho.alves@senador.leg.br
waldemir.moka@senador.leg.br
wellington.fagundes@senador.leg.br
wilder.morais@senador.leg.br
zeze.perrella@senador.leg.br


9 COMENTÁRIOS

  1. …se a igreja houvesse feito o dever de casa (cuidado da espiritualidade ) não estaríamos nesse fundo de poço ,pois quando o mundo entrou na igreja ,Deus saiu …MAS PARA OS DE FÉ ,DEUS ESTÁ NO CONTROLE ,NADA TEMEM !!!

    • não fale abóbrinha, se a igreja pudesse interferir contra a palavra de Deus ai sim as coisas eram diferente, mas tudo que está ai deve-se cumprir, desde a perseguição ao esfriamento da igreja, da depravação gay aos desastres fomes e guerras do planeta, malafaia esta lutando, mas ele e os outros sabem , é porque somos guerreiros e tentamos fazer a diferença, mas vai acontecer pois o anti-cristo esta as portas

  2. Parabéns ao Renan Calheiros! Quanto mais se censurar a justiça atual dos homens, melhor!
    A justiça dos homens, atualmente, É UMA ABOMINAÇÃO PERANTE DEUS (a Bíblia nos mostra várias passagens que condenam a justiça humana atual)! A justiça humana que Deus aprova se resume em uma coisa: PERDÃO! O que for diferente disso é de satanás.
    Diante de Deus, a polícia é uma abominação (a Bíblia nos mostra isso na passagem da mulher adúltera mostrada em um dos evangelhos. Se Jesus aprovasse a polícia, Ele teria dito “Vá, cumpra uma pena e depois não peques mais” ao invés de “Vá e não peques mais”). Ser promotor é estar pecando. Se o juiz assinar mandado de prisão para réus, ele estará pecando.
    E não digam que a violência vai aumentar, porque um cristão não deve temer a violência. Tudo só ocorre QUANDO DEUS PERMITE. Se for assaltado, basta reagir (pois preciosa para o Senhor é a morte dos seus santos, e é melhor um cristão morrer do que sofrer o trauma psicológico de perder um bem). Se for vítima de alguma outra violência, o cristão É OBRIGADO (PELA BÍBLIA) A PERDOAR QUEM PRATICOU O ATO.

      • Não é ironia! É o que A BÍBLIA ENSINA! A Bíblia é EXTREMAMENTE SIMPLES QUANDO SE FALA DE JUSTIÇA HUMANA. A Bíblia define a justiça humana correta em apenas uma palavra: PERDÃO! O que passar disso já é de satanás (ou você acha que Jesus foi um mentiroso ou hipócrita quando disse para a mulher adúltera ir e não pecar mais?). Quem defende a polícia e o poder judiciário atual está negando o que Jesus pregou.

    • Sujeitai-vos, pois, a toda a ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior;
      Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem.
      1 Pedro 2:13,14

DEIXE UMA RESPOSTA