Brasil

Deputado Marco Feliciano questiona exposição de crianças a conteúdo sexual no trailer do filme nacional “E aí, comeu?”

Comments (2)
  1. detesto os filmes brasileiros, principalmente os de comédia, tem palavrão demais, baixaria demais…nem todo brasileiro é assim.

  2. Politico que tentam colocar kits gay nas escolas, consente no abuso de imagem de crianças em trabalhando em lixão, promovendo casamento de crianças em cenas de novelas, que libera o consumo de drogas, querem o que do Brasil, é bom saber o nome dos partidos politicos que aprovaram e não votar em seus candidatos.

    1. Que tal saber os partidos políticos mais envolvidos com corrupção, como o PSC e o PR por exemplo

    2. Sejam quais forem deverão ser banidos para o bem da Nação.

    3. Joabe Rios Quem apoia coisas assim não merece voto se corrupto tem que sair.

  3. Falta do que fazer no Congresso

    Bem feito para os otários que votam nesse palhaço

    1. Palhaço porque esta defendendo a moral que já esta deteriorada.

    2. Ele não esta defendendo a moral, para isso existe classificação indicativa nos filmes improprios para menores, também não ha perversão dos atores pois caso contrario a produção do filme estaria cometendo crime previsto no CP e caberia interveção do MP.

      O que esse desocupado esta fazendo (tentando fazer) é fama para garantir sua reeleição. E, pasme, ainda tem otário que vota nele.

    3. Muito prazer;sou a otária que votou nele!….E vou votar de novo!

    4. Artur Stoppelli ,Muito obrigada!O prazer é todo meu sim!

    5. Falta do que fazer? você se engana êle esta preocupado com a moral e os bons custumes baseando-se nos principios biblicos e no incentivo a prostituição infantil.

  4. filme brasileiro retrata a historia de probreza e miseria … Fora todo palavrao ….falta de temor

  5. Aff esse vagabundo tem a mente poluída e o filme tem que ser censurado, porque ele tem uma imaginação fértil…Mas garanto que se tivesse alguma apologia ao racismo, a homofobia e filho da puta do caralho estaria até financiando o filme…

    1. guardando as devidas proporções de cada coisa sei, que é valido a preocupação, pelos jovens e crianças que cedo tem a sua mente bombardeada, por elementos gays , veiculados por tvs e filmes, que cedos os desperta para a sexualidade, e guilherme, este mesmo cara de pau que voce critica é o mesmo safado que deixou passar a lei através do tribunal de justiça, juntamente com seus ministros a união dos gays e podendo até adotar crianças, e deixou passar em branco quando no senado, esta semana colocaram os gays no mrsmo patamar, que os negros, estes por sua vez devem estar ofendidos, em estar no mesmo patamar que os gays, isto ai agora é só para ingles ver,

  6. esse imbecil deveria se preocupar com a pedofilia que abunda no meio evangélico –

    m

  7. Clovis Bessa disse:

    Não vi o trele do filme mas caso esta reportagem esteja correta aprovo a atitude do deputado

  8. Infelismente os filmes brasileiros tem liguagem obsenas e muitas apelações para a sexualidade e devassidão não só os filmes como as novelas tambem, não podemos calar a tudo isso, façamos a nossa parte conversando com nossos filhos e denuciando essas coisas.
    aprovo inteiramente a atitude do deputado, um pais aonde se combate a pedofilia temos que denuciar estes meios de comunicação que agem dessa forma.

  9. um certo monarca disse certa vez uma frase:Para felicidade geral da nação diz ao povo que fico.O povo não cristão pouco ou nada tem a ver com certos conceitos morais, portanto é de se esperar que muitos se identifiquem com os temas abordados em certos filmes.Para felicidade geral da nação, nós cristãos devemos dizer ao povo;entre a patria e DEUS ficamos com o nosso DEUS, e se nossa posição é ofensiva a vós outros que assim seja.
    infelizmente!

  10. Gostatria de ver Marcos Feliciano realmente, trabalhando e fazendo vale o alto salario que ele ganha.O Brasil não tem mais problema ne.ta tudo resolvido pra ele esta perdendo o tempo com essa palhaçada.me poupe aff.

  11. Nelson Faria disse:

    Parabéns Marco Feliciano, é isso mesmo , que a moralidade e o respeito a familia , possa ser preservado neste país custe o que custar, caso contrario o juizo de Deus será implacavél

  12. aprovo a atitude do deputado marco feliciano, não podemos aceitar este tipo de coisa com nossas crianças.apesar de estamos em uma sociedade podre, onde tudo de ruim que acontece com o nosso povo as pessoas que são igual e de pensamento impuro são pessoas que não concorda com a postura do deputado marco feliciano só porque ele é evangelico.e é um dos bons neste pais tão corrupto.tenho certeza que quando o povo brasileiro acorda e entender que muitos querem fazer do nosso pais, um pais digno de ser chamado de modelo para muitos paises.quem critica com certeza são pessoas que não fazem nada para melhora nem mesmo a sua vida.

  13. Concordo com este deputado, ontem estava no cinema, com uma sala cheia de crianças, e esse trailer só falando palavrão e obsenidades, e até comentei para o pessoal como deixam esse trailer passar naquele horário. Como o próprio trailer do filme fala : "Tudo que se fala numa mesa de bar", tenho o maior trabalho para não deixar a criançada longe de um buteco para não aprender bobagens, e quando vou assistir um filme com classificação livre, me passa um trailer como esses.

    1. Me compadeço dessas pessoas que tentam se promover, ou promovem seus filmes através de algo que vai gerar uma polêmica… me compadeço mesmo… (Mateus 18:6) – Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar.

  14. O cinema brasileiro, é de péssima qualidade, e sem criatividade, por isso tenta apelar para a polemicas, violencia, e pornografia, para faturar em cima do mau gosto e da ignorancia de parte do nosso povo.
    Façamos a nossa parte denunciando essas barbaridade, e como sempre diz o apresentador Ratinho, levemos os nossos filhos na igreja para que aprendam principios morais e eticos , e não tenhamos que busca los na cadeia mais tarde

  15. Como representante politico do povo brasileiro, acho válido e necessario essa preocupação do deputado. chega de imoralidade. É preciso mudar essa imagem deploravel dos filmes nacionais, é exceto aqueles que tem seriedade.Que o mesmo aconteça com musicas, programas, etc.

  16. Jairo Luis Jairo disse:

    Esse deputado só não é mais imbecil porque não é maior. Até quando vão acreditar que as crianças de hoje ainda são como as retardadas dos tempos pré-intenrnet? Hoje qualquer criança que sabe acessar a internet tem acesso ao conteúdo sexual que quiser. NEM DEUS CONSEGUE EVITAR ISSO.

  17. Jairo Luis Jairo disse:

    HOJE A EDUCAÇÃO SEXUAL DAS CRIANÇAS COMEÇA DEPOIS QUE MUITAS JÁ SÃO ATÉ "CASADAS". Na Noruega começa aos 4 anos de idade.

  18. Puritanismo excessivo por parte desse jovem deputado cristão que não perde oportunidade de falar besteiras a respeito de uma manifestação cultural que não tem nada de devassa e muito menos pretende destruir a hipocrisia moral do cristianismo reinante nesse país.A miséria de mães e pais sem perspectiva e uma educação que não prepara nossos futuros cidadãos representa um sério problema que poderia servir de bandeira para esse funcionário público eleito pela cristandade que também é vítima da ineficácia do Estado para solucionar as mazelas sociais do Brasil.

  19. Pitagoras disse:

    E o que é pior, filme feito com dinheiro público. Cinema brasileiro de modo geral é obsceno e de 5a. categoria. Uma vergonha.

  20. Ilton Rocha disse:

    Essa linguagem ridícula tem que ser abolida dos filmes nacionais. Mas ridícula, ainda, são as pessoas que apoiam essa "amostra" do vocabulário português,

  21. Louvdado seja o nome do SENHOR!!!! Até que enfim um político evangélico TRABALHANDO… Deus lhe abençoe Deputado Marco Feliciano!!!

  22. Se não importa com a moral Sr. Artur Stoppelli, seja pelo menos sábio… CALE-SE!!! JESUS TE AMA ASSIM MESMO VIU???

  23. Afonso Drame disse:

    Amemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

  24. Lúcia disse:

    Ta cada dia mais dificil criar filhos, as crianças estao sendo expostas prematuramente a todo tipo de situaçao improprias e inconvenientes para suas faixas etaria. Tem de se criar leis para punir este tipo de comportamento dos adultos. Isto tem de ser se possivel considerado ate um “crime”, tem de ter puniçao, pesar no bolso para aprenderem. Pudor ja nao existe mais, as pessoas estao perdendo as estribeiras, bom senso passa longe, quilometros, é preciso chamar à censura este tipo de programaçao. Os programas infantis, tem erotismo demais, os pais tem de ficar de cima assistindo junto com o filho, eta mundo mal, jaz no maligno mesmo.

  25. Augusto disse:

    Não vi nem quero ver este filme que deve ser chulo e produto da decadência terceiro mundista do Brasil, aliás, principalmente dos cariocas. Brasil é terra sem lei onde todos fazem o que querem e fica por isto mesmo. O título do filme ainda deprecia o gênero feminino, posto como objeto a ser “comido” ou usado e aproveitado. Na década de setenta ainda fazia sentido este tipo de filme pois era novidade mas agora não tem mais atrativo. Bruno mazeo e marcos palmeira, seus sem-graça, vão gastar seu tempo em algo mais produtivo e edificante. Vocês tem que melhorar o mundo e não piorar mais do que já está. Este filme só enlameia as vossas biografias ao aviltar o gênero humano.

  26. Pastor Marcos que Deus nunca tire o seu coraçao da politica, pois precisamos de pessoas de DEus no mei politico , nao temas pois DEUS é contogo. Mc; 8;38…Para sua meditaçao..

  27. Leonardo Lima disse:

    Até que enfim hein Feliciano. Enfim disseste algo que se aproveite. Boa iniciativa.

  28. Diz à palavra de DEUS ; CUIDAI BEM DE MINHAS CRIANÇAS POIS À ELAS PERTENCEM O REINO DE DEUS .Serão amanhã o futuro da Nação Brassileira , qual o legado será deixado e preservado , Sodoma ou Gomora , promiscuição , prostituição , NÃO podemos permitir que esses inocentes sejam arrancado deles Á INOCÊNCIA .

  29. Esse Pastor é falso moralista, não está respeitando a liberdade de expressão e opinião… esses direitos constitucionais…
    é simples não gostou não assista… acha que vá trazer algum prejuízo intelectual para crianças, as que está sobre sua tutela não permita que elas assistam…
    Mas respeitem a opinião divergente…
    e quanto aos comentários sobre filmes nacionais, mesma linha de raciocínio… não gosta; simples não assista…
    e aos filmes de hollywoodianos tem vocabulário igual aos nacionais… cenas com sexo…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *