Pastor Mark Driscoll é acusado de usar dízimos e ofertas para comprar exemplares de seu próprio livro e transformá-lo em best-seller

13

O pastor Mark Driscoll, fundador da megaigreja Mars Hill, foi acusado de usar dízimos e ofertas da denominação para contratar um serviço de US$ 200 mil e promover seu próprio livro, colocando-o na lista de best-sellers do jornal The New York Times.

O livro Real Marriage: The Truth About Sex, Friendship, and Life Together (em tradução livre, “Casamento real: a verdade sobre sexo, amizade e vida a dois”) ficou na conceituada lista d jornal por uma semana durante o mês de janeiro de 2012.

De acordo com documentos obtidos pela revista World, Driscoll pagou a uma empresa com sede na Califórnia para colocar seu livro entre os mencionados pelo jornal.

“A idéia era fazer parecer que todos esses livros foram comprados de forma espontânea pelos indivíduos”, disse a repórter Warren Cole Smith, explicando que a empresa contratada recebeu o dinheiro para comprar exemplares do livro e parecer que a compra tinha sido feita por leitores.


“Todas as principais listas de mais vendidos desencorajam a prática e eles colocam salvaguardas para impedir que as pessoas fraudem a aparição dos livros na lista de mais vendidos do New York Times”, acrescentou a repórter.

Como parte do contrato entre a igreja e a empresa, 11 mil livros foram adquiridos em todo o país, sob a aparência de que as vendas foram feitas por indivíduos ou pequenos grupos. “É difícil olhar para isso e imaginar que é outra coisa senão uma tentativa deliberada de subverter as organizações de salvaguarda (como o New York Times )”, disse Smith.

A igreja emitiu um comunicado afirmando que “embora não seja incomum ou ilegal, esta estratégia não será usada de novo” pela denominação.

O texto ainda afirma que “o verdadeiro custo desta empreitada foi muito menor do que o que foi relatado, e para ser claro, todos os livros comprados através desta campanha foram doados ou vendidos através dos canais normais. Todo o dinheiro da venda de livros do pastor Mark nas livrarias da Mars Hill têm ido sempre para o caixa da igreja e Pastor Mark não lucra com os livros vendidos”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


13 COMENTÁRIOS

  1. é o pai do ze ze di camargo e do luciano também foi processado por gastar todo seu salario em fichas telefônicas, para fazer suas musicas ser a mais tocada na radio..

    será?

  2. Cada um responde per se, ele que se afumente perante sua denominação, se o mesmo for culpado e claro, pois se o mesmo verdadeiramente for culpado e não confessar, com certeza ja esta julgado e se encontra no erro ate que venha a se arrepender, e quem o ja o condenou? ora se o mesmo esta no erro e não se arrependeu diante dos homens e diante de Deus ele CERTAMENTE esta condenado pela Santa e Gloriosa Palavra de Deus, A BIBLIA, Ai esta a diferença se ele for um verdadeiro crente com certeza ou ja se arrependeu ou ira se arrepender e confessar, porque o verdadeiro crente não aguenta ficar no erro pois ele e cobrado dia e noite por causa do seu erro, pois o verdadeiro crente sabe e sabe muito bem que a mão do Senhor e pesada e sabe tambem que Deus não passou a mão na cabeça de Adão seu primeiro filho humano, imagina se ele vai passar a mão na cabeça dos crentes de hoje se os mesmo estiverem errados mais não passa mesmo, sabendo que Deus deu para a humanidade seu Filho seu unico Filho Jesus Cristo para morrer em nosso lugar para dar-nos o direito de sermos salvos da perdição eterna, por isso um crente verdadeiro não aguenta muito tempo longe do seu Salvador, pois coisa melhor não existiu não existe e nem nunca jamais existira do que estar de bem e em comunhão com o Rei da Gloria JESUS CRISTO, ETA GLORIAS ALELUIAS GLORIAS A DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSS

  3. “Guerra entre Edir Macedo e Valdemiro tem novo episódio: drogas

    A guerra entre Edir Macedo e Valdemiro Santiago está longe de acabar. Não há espaço para bandeira branca, em nenhuma hipótese.

    Por trás dos ataques, tem de tudo um pouco:
    interesses ligados à política, espaço na televisão, perda de fiéis, de faturamento, troca-troca de pastores e bispos. Enfim, um cenário típico de novela, mas daquelas, onde os dois lados só enxergam vilões. Não existem mocinhos. Agora, a coisa entrou também por um enredo mais pesado, com acusação de envolvimento com drogas. Drogas mesmo.

    Edir Macedo está disponibilizando nas redes sociais, como em seu Blog, Facebook e YouTube, vídeo de uma gravação onde um homem, acompanhado da mulher, foi ouvido pelo bispo da IURD Clodomir Santos e revela que passou a se envolver com maconha, crack, cocaína, bebidas, após trocar a igreja Universal pela Mundial.

    Lá, na nova denominação, foi incentivado por
    pastores a usar drogas e fazia reuniões com fiéis, inclusive, completamente drogado. O título é um ataque direto da Universal ao rival Valdemiro: “Era Pastor da Mundial e Fazia Reuniões Drogado!”.

    A apoteose dessa gravação acontece com um
    ritual de exorcismo de Clodomir, sem nada a dever aos bons filmes do gênero. No blog de Macedo, muitos se colocaram a favor da “matéria”, mas houve também quem a criticasse.

    “Pessoal, sou da Universal, mas não concordo com esse tipo de matéria, pois qdo (sic) o homem falha é ele que tem de dar contas dos seus atos e não a instituição a qual ele congrega, na Universal também há pastores que falham, ou vocês duvidam, vamos parar com essa hipocrisia…”, crítica um seguidor.

    Os ataques entre essas igrejas se acentuaram principalmente após Valdemiro Santiago perder a Rede 21, do Grupo Band, para a Universal, no ano passado, por atraso no pagamento para a emissora da família Saad.

    Além disso, uma reportagem do “Domingo Espetacular”, da Record, rede de Macedo, informou que Valdemiro comprou fazendas com dinheiro da Mundial”

    FONTE : coluna flavio ricco – uol

  4. BI$PO BEBI MAIS CEDO, E OUTROS PA$TORES QUE PUBLICAM LIVROS NO BRASIL, USAM DESTE ARTIFÍCIO HÁ MUITO TEMPO. É MUITA PILANTRAGEM ! NÃO SE PODE MESMO CONFIAR NESTE POVO.
    Re

DEIXE UMA RESPOSTA