Menina de três anos diz ter visto Jesus depois de quase morrer afogada em piscina

16

Uma menina de três anos de idade disse ter visto Jesus depois de quase morrer afogada ao entrar na piscina para tirar de lá seu gato de estimação.

O fato registrado em Gibson County, no estado norte-americano do Tennessee. Ella Kimbro contou aos pais que Jesus a trouxe de volta à vida quando ela se afogou na piscina inflável que havia sido montada para aliviar o calor do forte verão dos Estados Unidos.

O pai, Johnny Kimbro, contou à emissora WMC, afiliada da rede ABC, que tirou sua filha da piscina desesperado e achou que ela tinha morrido: “O que eu me lembro é de estar sobre a minha filha e tentar sentir seu pulso e constatar que não havia pulsação”, disse.

Quem deu falta da menina foi a mãe, Christy, que olhou para o local onde a piscina havia sido montada e não viu Ella. Ao correr na direção da piscina, a mãe viu o corpo da menina flutuando. “Ela estava azul, ela estava fria. Puxei-a para fora da piscina, mas ela não estava respirando”, relembra Christy. “Eu pensei que ela estava morta, quando vi pela primeira vez. Lembro-me de gritar ‘Oh meu Deus, ela está morta!'”, acrescenta Christy.


O pai diz ter conferido as pupilas da menina e notar que elas estavam dilatadas. Aflito, fez respiração boca a boca e massagem cardíaca em Ella por alguns minutos, quando a menina recuperou a consciência.

De imediato, os pais chamaram socorro, e Ella foi transferida para o Hospital Infantil de LeBonheur de helicóptero, e ficou sob observação por cinco dias. Quando finalmente teve alta, contou a experiência com Jesus.

“Ela disse que se afogou. Ela viu uma luz brilhante e um homem andando com ela, com cabelos longos. Minha irmã lhe mostrou uma foto em seu telefone e perguntou quem era (era uma imagem de Jesus). Ella disse que aquele era o homem que a salvou. Ela nunca tinha ouvido uma história sobre luzes brilhantes antes”, relatou a mãe.

Agora, totalmente recuperada, Ella agora estará sob constante vigilância dos pais para evitar novos acidentes: “Se você tem uma piscina, eu sugiro que você comece o treinamento respiração boca a boca e massagem cardíaca, porque foi isso o que ajudou a salvar a vida dela”, aconselha Christy.


16 COMENTÁRIOS

  1. A menina viu, mas a mãe não crê em Jesus tanto que ela orienta no final:

    “Se você tem uma piscina, eu sugiro que você comece o treinamento respiração boca a boca e massagem cardíaca, porque foi isso o que ajudou a salvar a vida dela”, aconselha Christy.”

  2. Ela viu a “foto” de Jesus e disse que era ele?
    Não vou questionar o que ela viu, acredito que tenha visto, Jesus, ou um anjo!
    Mas, dizer que era Jesus, por causa de uma suposta foto, que sabemos não ser o fiel retrato de Jesus porque em sua época não existiam máquinas fotográficas e nenhum pintor o retratou, é forçar demais a barra!

  3. Eu sempre achei que crianças tem uma visão sensorial mais aguçada, por serem mais puras e ainda não estarem impregnadas de energias negativas desse mundo – e digo isso por experiência própria.
    Eu fui uma criança muito doente, e sempre tinha que estar perto de médicos e em tratamentos seguidos. Numa dessas vezes tive que ficar com minha vó que, morava no seu local de trabalho, e, por esse motivo, me deixava no quarto sozinha com uma cartilha do alfabeto pois eu tinha vontade de aprender a ler. E aprendi a ler com 3 anos, lia até jornal!
    Num final de ano, já em casa de meus pais, estava deitada em minha cama qd entraram duas pessoas em meu quarto, um homem e uma mulher, mas eles não falaram comigo e começaram a mexer numa árvore de natal que minha mãe tinha armado. O que me chamou a atenção é que a mulher estava vestida como uma princesa e tinha o cabelo em tranças preso no alto da cabeça e era muito bonita e o homem parecia um soldado romano com sandálias trançadas até a altura dos joelhos e era muito bonito tb. E eu quietinha na cama fiquei olhando tudo que eles faziam, até que mexeram nos enfeites da árvore de natal e colocaram um outro no lugar que estava com eles, mas qd se viraram para ir embora, o enfeite caiu no chão. Eu esperei um pouco pra ver se eles não voltavam e fui até o chão e peguei aquele enfeite, parecia uma pena prateada e brilhante e eu levei até meus pais que olharam, viram que não era da casa, mas não se importaram muito com o que eu contei. Afinal, poderia ser uma fantasia infantil, pensaram eles…
    Algum tempo depois eu me perdi do meu pai no centro da cidade e fui salva por duas mocinhas loiras, que sempre considerei que eram anjos ! Todas essas coisas aconteceram na minha infância, mas a medida que fui crescendo, nunca mais presenciei e vivi eventos dessa natureza… até o dia que sofri um acidente de automóvel, onde eu vi do alto o meu corpo ensanguentado. Mas, foi momentâneo e até hj nunca mais experienciei coisas desse tipo.
    Já li outro caso aqui de uma criança que viu Jesus antes de morrer, acredito, não só por uma questão de fé, mas por saber que é possível e é verdade!

  4. Sempre quis ver Jesus, eu o imagino como judeu, mas ficaria muito decepcionada se Jesus fosse como os quadros o pintam. Mas talvez ela tenha visto Jesus, mas é uma menina de 3 aninhos, as palavras não muito sentido para ela, vai ver não entendeu a mãe direito, quando ela mostrou a foto.

    Quanto a mãe dizer sobre aprender massagens cardíacas acho que não é todo mundo que tem a mesma sorte que a menina, e mesmo que Jesus tivesse feita a garotinha voltar a vida, teria muitas complicações pela água no pulmão.

DEIXE UMA RESPOSTA