Ministério comandado por petista diz que “jihadistas trazem progresso ao Brasil”; Entenda

10

Uma publicação do Ministério da Justiça no Facebook defendendo a imigração de jihadistas para o Brasil causou rebuliço nas redes sociais, com protestos de internautas cristãos de diferentes linhas doutrinárias, além de inúmeros compartilhamentos entre os usuários da rede social.

Em uma publicação da campanha “Eu Também Sou Imigrante”, a legenda dizia que “Imigrantes de todas as partes do mundo ajudaram a construir nosso país”, ao lado da foto de uma senhora de 67 anos que é neta de espanhóis e portugueses.

Nos comentários, o internauta Heder Duarte ponderou que “imigrantes pacíficos são bem-vindos, já os jihadistas devem ser bloqueados de entrar no Brasil”, expressando sua preocupação com uma das estratégias mais ousadas do Estado Islâmico, que tem enviado terroristas à Europa disfarçados de imigrantes para criar células terroristas e perseguir cristãos.

A resposta da equipe comandada pelo ministro José Eduardo Cardozo (PT) foi tão desastrosa que um print screen tornou-se viral. “Temos que desconstruir alguns conceitos […] Os jihadistas, assim como qualquer outro povo, de qualquer outra origem, vêm ao Brasil para trazer mais progresso ao nosso país e merecem respeito”, disse o responsável pelo Ministério da Justiça no Facebook, demonstrando que a proposta feita pela presidente Dilma Rousseff (PT) em seu discurso na Assembleia da ONU em 2014, propondo diálogo com o Estado Islâmico, é um pensamento dominante no PT e tem sido adotada como política de governo.


Indignado, Duarte protestou: “Que absurdo. Eu não li isso. Jihadistas são aqueles terroristas radicais islâmicos que invadem cidades saqueando, roubando, espancando, torturando, estuprando e matando as pessoas. Não existe progresso nenhum no jihadismo. Eles vão exterminar todos os povos. Melhor manter-se informado sobre o califado internacional que sustenta grupos terroristas no Oriente Médio”, disse o internauta, dando um verdadeiro puxão de orelhas no responsável pela infeliz publicação.

Diante da enorme repercussão que a discussão tomou, o Ministério da Justiça optou por apagar o comentário que classificava os extremistas islâmicos como “progressistas” e, sem admitir a tentativa de “descontruir conceitos”, ateve-se a considerar o fato como um equívoco: “O Ministério da Justiça lamenta o erro cometido na resposta na qual confunde jihadistas com um povo. O erro crasso foi corrigido”.

Defesa de jihadistas feita pelo Ministério da Justiça
Defesa de jihadistas feita pelo Ministério da Justiça

Gafes recorrentes

Semanas atrás, outra publicação da mesma campanha gerou revolta por classificar o tráfico de negros para a cultura escravagista como imigração.

Em uma imagem, um jovem negro, identificado como Matheus Gomes, dizia: “Meu avô é angolano, meu bisavô é ganês. Brasil, a imigração está no nosso sangue”.

Uma internauta resumiu a indignação: “Imigrante? pessoas TRAFICADAS e ESCRAVIZADAS foram imigrantes? Alguém nos salve de um Ministério da Justiça desse!”. Em resposta, o Ministério da Justiça limitou-se a dizer que agradecia as contribuições dos comentários e apoiava a importante discussão sobre a escravidão na nossa história.

Escravidão retratada como imigração
Escravidão retratada como imigração

10 COMENTÁRIOS

  1. Progresso kkk ha sim empresa de contratação de Homens bomba dez, que eles pagem imposto pode abrir uma empresa aquio governo aqui gosta de imposto Aqui no Brasil não vão ter muito trabalho para recrutarem jovem.

  2. …unipensar …Deus todo poderoso ,não destroe o mau / adversário pois sabe que precisará de lenha para a fogueira final …toda essas maravilhas & progresso que temos agora ,é do pós guerra (temos o mundo atrasado antes guerra & adiantado pós guerra ) deixo contigo a conclusão !!!

    • …unipensar…se acender a luz ,as trevas dissipam (não precisa combater as trevas) …a igreja já fez muito mau ao mundo & atrasou a ciencia com suas crendices …é certo que religião & muleta há os que precisa…mas se a igreja houvesse feito o dever de casa (cuidado da espiritualidade) ,não estaríamos nesse fundo de poço !!!

  3. Sou trabalhista de esquerda, mas não sou e nunca fui filiado ao PT, e o caso em questão tratou-se de um erro de interpretação da pessoa que digitou – na verdade, uma gafe – erro que foi admitido e lamentado, sendo que quem escreveu não tinha em mente os terroristas islâmicos. Lembro-me de uma vez em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso assinou um documento que continha um erro e isso foi alvo de comentários maldosos de muitas pessoas que pensavam que o próprio FHC havia escrito o referido documento, e não que fosse um erro cometido por quem digitou. Em redações de jornais às vezes acontece de estagiários ou jovens jornalistas cometerem gafes.

  4. Vocês tem preconceito contra outras religiões e, não querem que tenham preconceitos contra vocês!
    Me popem. O tempo todo dizem que os evangélicos não prestam e, usam Cunha, Feliciano e, tantos outros como exemplo!
    Tenham mais coerência!

  5. Não, eu não li isso…ou li?
    Jihadistas trazem progresso aonde?
    Nem nos países em que são maioria os islâmicos.
    Uma calamidade é essa religião do ódio, da intolerância, do crime.

    Já começou errado na Arábia do século VII, com o falso profeta Maomé anunciando o falso deus Allah.
    Desde quando um anjo vem do céu trazendo um livro cheio de absurdos e mentiras?
    E desde quando esse anjo vem trazendo isso por ordem de “Deus”?

    E eles colocam no livrinho sagrado deles Jesus ao lado do profeta deles.
    Só que Jesus foi o modelo de homem perfeito.
    Enquanto o tal de Maomé era um mentiroso, hipócrita, homicida e pedófilo.
    Mentiroso porque esse deus assassino, injusto, cruel e intolerante nunca existiu.
    Hipócrita porque apresentou uma religião falsa como sendo verdadeira.
    Homicida porque mandou matar muitos que não creram nas suas lorotas.
    Pedófilo porque casou e fez sexo com uma menina de 9 anos.

    E o livrinho prossegue, mandando matar os que não se converterem ao islã.
    Já li esse livrinho em português.
    É um amontoado de mentiras, absurdos e coisas ridículas que nunca poderiam ser obra nem sequer de um homem inteligente, muito menos de um deus.

    O paraíso, prometido a quem matar pelo menos um “infiel”, especialmente judeus e cristãos, é um lugar de prazeres físicos.
    Palácios, ouro, pedras preciosas, jardins, vinhedos, comida, bebida, escravos, e muita mulher, de olhos negros, busto volumoso e eternamente virgens, assim como o jihadista com cérebro de camelo teria potência sexual inesgotável.

    O próprio Maomé afirmou que Allah lhe dera a potência sexual de 40 homens!!
    Além disso há no “paraíso”, além das 72 virgens, jovens moços de perpétuo frescor, ávidos de serem devorados em deleites sexuais.
    Sim, o céu islâmico inclui o horrendo pecado da pederastia, o “amor” por meninos!

    A propósito, Allah já existia antes de Maomé e do islamismo.
    Allah era um dos deuses adorados em Meca, o deus da lua.
    Maomé é que deu um jeito de transformá-lo em deus único.
    Hoje a lua crescente é um símbolo islâmico…coincidência?

    Aí já dá pra ver quem é o mentor de toda essa baixaria e mentiras.
    Aquele que entregou o Alcorão ao falso profeta MORRA-MED, quem foi?
    Foi aquele que no céu era Lúcifer e que no inferno é Satanás.

    Nos EUA eles não agem muito, porque são poucos, mas em lugares como a França já se atingiu o nível de calamidade pública.
    Eles tocam o terror nas cidades, tentando impor a “sharia” (lei islâmica), obrigando mulheres a se cobrir todas, ameaçando restaurantes que vendem comida com carne de porco, matando gente simplesmente por ser cristão, por portar uma Bíblia.

    Tentam fechar todo o comércio durante o mês de Ramadan, em que os muçulmanos jejuam do nascer ao pôr do sol ou nas obrigatórias 5 paradas para oração em qualquer dia.
    Mesmo em países cristãos onde eles se instalam, como França e Alemanha.

    Falando em Alemanha, essa tem de abrir os olhos, pois jihadistas estão “fugindo” para lá, disfarçados de refugiados, lobos em pele de ovelha, para matar cristãos e os muçulmanos “traidores” que renegaram o islã e para impor suas crenças ridículas.
    Amanhã esses “refugiados” mostrarão a verdadeira face.

    Esses canalhas falam que mulher na rua sem véu pode ser estuprada sem problemas, sem remorso, afinal isso foi ordem do “deus da lua”, trazida pelo profeta pedófilo e assassino, que hoje não está na paz com Allah, mas se estorcendo nos merecidos tormentos infernais do reino de seu Mestre, o verdadeiro criador do imundo Alcorão.

    O verdadeiro Deus não se alegra com destruição e morte.
    E nem manda matar os que não crêem nele.
    Sair com uma arma na mão para fuzilar “infiéis” ou amarrar bombas no corpo para explodir num lugar cheio deles, não dá o “paraíso” a ninguém.

    E os líderes desses idiotas mandam seus comandados para a morte.
    Por que o líder não vai?
    Nem ele acredita nessa lorota de “paraíso”?
    Uai, mas o “paraíso” não é um lugar de eternas delícias materiais?
    O lógico seria alguém querer ir pra lá o mais rápido possível, não?

    Esses países islâmicos são todos pobres ou miseráveis, até os ricos como a Arábia na verdade são pobres, riqueza é para uma meia dúzia, o resto vive na miséria.
    Então pode-se compreender o objetivo desses jihadistas fanáticos.
    Quem não troca uma vida de fome e privação por uma eternidade vivendo como um rei?

    ALLAH ´U´ ACKBAR !!!!

    “Deus é grande!”, em árabe…

    Essas são sempre as últimas palavras dos terroristas suicidas.

    Blasfemam até na hora da morte, esses fanáticos com cérebro de camelo.

  6. E essa desastrada propaganda sobre imigração inclui mais uma K-GADA fenomenal.
    Um moço negro que diz “Meu avô é angolano, meu bisavô é ganês. Brasil, a imigração está no nosso sangue”.
    Desde quando escravidão é imigração?
    Meia “verdade”, nesse caso era uma imigração forçada.
    Mas esperar o que de um publicitário contratado pelo Menor Preço?

  7. COPIAR E COLAR NO GOOGLE:

    QUANTOS SÃO OS ANÉIS QUE SEPARAM O PT DOS TERRORISTAS ISLÂMICOS QUE ATUAM NO BRASIL?

    Investigado por terrorismo em Brasília já trabalhou na Casa Civil junto com Dilma

    Entidade que financiava o terrorismo do Hamas era dirigida por brasileiro, hoje na cadeia

    Embaixada de amigos radicais do PT preocupa militares: “é área soberana do Hamas agora” no coração de Brasília

    Em 2010, Lula permitiu doações para a Autoridade Palestina reconstruir Gaza. Mas quem controla Gaza é o Hamas…

    A MISTERIOSA CONEXÃO BRASILEIRA DO GRUPO TERRORISTA HAMAS: OS PSICOPATAS NO PODER E A AUSÊNCIA DE LEI BRASILEIRA ANTITERROR.

    Muçulmano brasileiro ligado ao ISIS afirma que as “mortes dos infiéis devem continuar”

    Polícia Federal descobre rede de apoiadores do Estado Islâmico em São Paulo

    Lula e Dilma – Apoio ao terrorismo e aos Jihadistas

    Vergonha internacional: na ONU, Dona Dilma fala em “diálogo” com os terroristas islâmicos

    Governo faz oposição à Israel. O ‘certo’ é apoiar ditaduras e terroristas

    RELAÇÕES PERIGOSAS: AS FARC, O PT E O GOVERNO LULA

DEIXE UMA RESPOSTA