Muçulmana que decapitou menina disse que cometeu o crime porque “Alá ordenou”

10

A mulher extremista muçulmana que decapitou uma menina de 4 anos de idade e exibiu a cabeça em público, enquanto gritava palavras de ordem anunciando “o fim”, afirmou que o crime foi um pedido de Alá, o deus do islamismo.

Gulchehra Bobokulova, 38 anos, mãe de três filhos, afirmou a repórteres que a decapitação da menina – de quem ela era babá – foi feita porque “Alá ordenou”.

Segundo informações da BBC, a confissão foi feita enquanto ela era levada ao tribunal de Moscou, onde foi ouvida pela Justiça russa. A mulher será submetida a exames para comprovar sua sanidade mental, pois há suspeitas de que ela tenha algum distúrbio.

Pelo que a Polícia apurou até o momento, a extremista teria aguardado a saída dos pais da menina do apartamento para matá-la. Câmeras de segurança que a filmaram próxima a uma estação de metrô da capital russa mostraram o momento que ela tirou a cabeça da menina de uma bolsa e passou a exibi-la, gritando “Allahu Akbar” (“Alá é grande”) e “eu sou uma terrorista”.

Testemunhas disseram que ela também protestava sobre questões políticas e anunciava o fim do mundo, com frases como “eu odeio a democracia”, “eu sou uma mulher-bomba”, “eu vou morrer em um segundo” e “o fim do mundo está chegando em um segundo, eu sou sua morte”.

Embora não tenham encontrado explosivos com a mulher, os investigadores procuram saber se há alguém envolvido com o crime, e se ela teria sido “incitada” a matar a criança e fazer ameaças em nome da religião muçulmana.

Os russos se mobilizaram para expressar seu pesar por esta tragédia, e em homenagem à criança, muitos cidadãos de Moscou têm ido à estação de metrô Oktyabrskoye Polye e ao apartamento onde ela vivia para deixar brinquedos e flores.

10 COMENTÁRIOS

  1. Cristãos ficam chocados – todos nós ficamos! – com atrocidades praticadas pelos radicais do Islã, mas se esquecem que é da índole do fundamentalismo abraâmico a violência, afina, quem não enxerga nas ações dos hebreus o mesmo “modus operandi” do Estado Islâmico?

    “E o Senhor nosso Deus no-lo entregou, e o ferimos a ele, e a seus filhos, e a todo o seu povo.
    E naquele tempo tomamos todas as suas cidades, e cada uma destruímos com os seus homens, mulheres e crianças; não deixamos a ninguém.” (Deuteronômio 2:33 e 34)

    “Todo o que for achado será traspassado; e todo o que for apanhado, cairá a espada. E suas crianças serão despedaçadas perante os seus olhos; as suas mulheres violadas.” (Is. 13:15)

    “Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu próximo. E os filhos de Levi fizeram conforme a palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns 3.000 homens.” Ex. 32:27

    “Não deixarás viver nenhuma feiticeira.” (Ex. 22:17)

    “Enviarei as feras dos campos as quais lhes deixarão sem os seus filhos.” (Lev. 26:22)

    “E os seus arcos despedaçarão os mancebos, e não se compadecerão do fruto do ventre; o seu olho não poupara os filhos.” (Is. 13:18)

    A Bíblia é um livro que se você torcer é capaz até de sair sangue, da tanta violência que há.

    • Sem falar que Deus queria que Abraão matasse seu único filho como sacrifício. Deus matou o filho de Davi com Betseba, e muitos outros casos que mostram a incoerência cristã.

    • Em outras palavras, acabei de lembrar essas atitudes lá em cima. A crentalhada pira com comentários parciais e inteligentes.
      Eu tenho medo de possuídos, seja pelo que for.

  2. Ela esta correta , pois essa e a ordem de Ala, do isla e de seu profeta maome, essa assassina nao tem nada de extremista, absolutamente, ela esta apenas sendo e obedecendo o que o corao essina, o que o islamismo ensina, Duvida ? Leia o corao e veras pessoalmente o quanto de odio, de maldade e de perveridade esta escrito no corao.

DEIXE UMA RESPOSTA