Oração tem efeitos sobre o cérebro e traz benefícios: “Fé e ciência estão conversando”, diz neurocirurgião

4

O poder da oração, para quem crê, é real e proporciona resultados perceptíveis, e já há algum tempo, a ciência vem trazendo embasamento para essas convicções, com descobertas a respeito do funcionamento do cérebro humano.

O programa Encontro com Fátima Bernardes, na TV Globo, abordou esse tema recentemente e o neurocirurgião Fernando Gomes explicou como o cérebro funciona durante os momentos de oração, mostrando que áreas ligadas à concentração e a emoção ficam ativadas.

“A fé a ciência estão conversando. Está diferente. Trabalhos neurocientíficos mostrando como trabalha o cérebro durante a oração já mostraram que algumas áreas como o lobo frontal, que está relacionado com a concentração e a atenção e a parte emocional do cérebro – o sistema límbico – ficam mais funcionantes durante a oração. E ao mesmo tempo, o que é interessante, a parte posterior do cérebro, a região parietal, que é responsável por termos entendimento do meio-ambiente, da dimensão do nosso corpo físico, do tempo, se silencia”, destacou Gomes.

O vídeo com as explicações do médico está repercutindo de forma intensa nas redes sociais, com milhares de compartilhamentos.


Gomes chamou atenção para as descobertas científicas nessa área que comprovam que a oração exerce efeito positivo sobre pessoas internadas em estado grave. Um levantamento constatou que pacientes que receberam orações de amigos, parentes ou até mesmo desconhecido tiveram menos complicações do que pacientes nas mesmas condições clínicas, mas que não receberam apoio espiritual.

“Certas coisas a ciência não consegue explicar, mas a gente percebe o que acontece. Por exemplo, há trabalhos científicos feitos em UTI, mostrando que pessoas que receberam orações, comparadas com um grupo que não recebeu orações, tinham menos complicações”, disse.

Para assistir ao vídeo com as explicações, acesse este link.


4 COMENTÁRIOS

  1. vale lembrar que se trata de qualquer tipo de crenca.
    portanto a grande questao eh a esperanca da feh.
    nao importa se em Buda, Alah, Cristo ou Satanas.
    a feh, ou seja, a esperanca e a positividade, ajuda realmente.
    mas nao eh exclusivamente a feh crista.

  2. Saindo da Caverna da Depressão

    Lendo I Reis 19, vemos um período ruim para Elias, ele havia passado por tantas coisas, vencido grandes desafios, mas deixou-se abater por uma ameaça. Elias pediu ao Senhor que retirasse sua vida e lamentava ser o único servo do Senhor. Mas, ele estava enganado, pois, o Senhor afirma no versículo 18 que Ele deixara 7 mil homens que não se entregaram a Baal.

    Elias precisava ir para Horebe, o monte de Deus, foi alimentado pelo anjo do Senhor e com este alimento
    teve forças para andar por 40 dias e 40 noites até o monte, porém ele não ficou no monte, ao invés disto, ele se escondeu em uma caverna ao lado do monte.

    Foi o medo de Elias que o abateu, ele que havia vivenciado em tantas ocasiões o poder de Deus, se abatera pela ameaça de uma mulher chamada Jezabel. A questão é que aquilo entrara em seu coração e abateu sua alma.Quantas lutas já vencemos em Cristo? e ainda temos medo?. Às vezes observo o quanto eu era mais valente e sem medos de enfrentar o que fosse. Não tinha
    medo de desafios, ao contrário, eles me atraiam. Mas, conforme o tempo vai passando parece que deixamos que o medo nos influencie mais. Se olharmos para uma criança ela vai para qualquer brinquedo em um parque de diversões, já um adulto pensa e escolhe muito bem se vale a pena se ariscar. Aprendemos a avaliar os riscos e isto é correto, porém erramos quando não observamos o poder de nosso Deus, então os pequenos riscos se tornam maiores.

    Jezabel era uma mulher de poder, porém incomparável ao poder de
    Deus. E Elias estava cheio da unção e da presença do Senhor. Assim ele entrou em um quadro de depressão. Lemos nos versículos 4 ao 8 de I Reis 19 que Elias após pedir a sua morte a Deus, ele só dormia.

    Mesmo antes de entrar na caverna Elias já estava espiritualmente dentro dela, pois não havia mais alegria em viver. Assim que entrou nela encontrou o ambiente perfeito
    para o estado de espirito que estava. Lugar escuro, úmido, cheio de insetos e animais noturnos e peçonhentos. Qual é a caverna que você se encontra? É a caverna da depressão? Do medo? Da vergonha?

    Se você sofreu uma derrota, não entre na caverna, pois ela eternizará este período ruim de sua vida. Ouça a voz do Senhor, pois Ele te pergunta: – o que fazes ai? Como perguntou para Elias.

    “E ali entrou numa caverna e passou ali à noite; e eis que a
    palavra do SENHOR veio a ele, e lhe disse: Que fazes aqui Elias?” I Reis 9:09

    Elias, em seu quadro depressivo, mesmo ouvindo a voz do Senhor, não se motivou, ao invés disto ele buscou justificar suas razões em estar naquele estado.

    “E ele disse: Tenho sido muito zeloso pelo SENHOR Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei, e buscam a minha vida para ma
    tirarem.” I Reis 19:10

    Jó estava em uma situação lamentável, ele perdera tudo o que tinha de bens materiais e também seus preciosos filhos e ainda seu corpo adoecera, a única coisa que lhe sobrou fora sua esposa amargurada e ranzinza que ao invés de lhe apoiar, lhe induzia a pecar contra Deus e morrer (Jó 1,2). Mas, quando Jó conseguiu olhar para fora do foço, ou fora da caverna então ele finalmente viu a Deus e Jó confessa que antes ele conhecia a Deus de ouvir falar, mas finalmente o conhecia de com Ele andar.

    “Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos.” Jó 42:5

    Deus pergunta pela segunda vez para Elias o que ele fazia ali e novamente Elias fala de suas considerações para se mantiver na caverna. Então, assim como Jesus chamou Lázaro para fora da caverna (que era como sua cova, pois ali fora sepultado), Deus chama Elias. Antes de sair, porém, Elias espia de dentro da caverna e vê passar por ele um forte vento, depois um terremoto e um fogo. Quando você está dentro da caverna só enxerga as dificuldades.
    Mas, não vê os benefícios que elas te trazem, pois um forte vento retira das arvores as folhas mortas e secas, a limpando para frutificar ainda mais. O terremoto sacode as coisas para que se ajeitem, e o fogo é o que purifica a tudo, até a prata.

    Então finalmente vem a voz macia e suave, só então Elias sai da caverna.

    “E sucedeu que, ouvindo-a Elias, envolveu o seu rosto na sua capa, e saiu para fora, e pôs-se à entrada da caverna; e eis que veio a ele uma voz, que dizia: Que fazes aqui,
    Elias?” I Reis 19:13

    Deus então passa a Elias suas tarefas, era necessário que ele ungisse dois reis e um profeta, isto tudo porque havia nele a unção de Deus. Ele era importante, Deus ainda tinha coisas importantes para ele fazer, assim como tem para você.

    Não é fácil sair da caverna, vemos na história que muitos reis e homens valentes buscavam abrigo nas cavernas, mas sair delas é necessário para vivermos o novo de Deus. Elias saiu e nem Jezabel nem
    homem algum retirou a sua vida como ele temia, alias Elias nem chegou a morrer, antes foi arrebatado por Deus em um carro de fogo.  Se você está lendo este texto, esta é a hora que Deus te manda sair da caverna e fique atento a sua voz, pois hoje é o dia Dele te entregar novas missões, maiores e mais importantes que as anteriores, pois agora você conseguiu passar e ser aprovado nesta prova.

    Viva o melhor de Deus, agora é a hora, saia da caverna.

DEIXE UMA RESPOSTA