Banda Panic! At the Disco decide doar US$ 20 para ativistas gays a cada cristão que protestar contra a homossexualidade em shows

9

A banda pop Panic At The Disco decidiu fazer um contraprotesto e doar US$ 20 para entidades de apoio aos ativistas gays por cada membro da Igreja Batista de Westboro que comparecesse aos seus shows com placas contra a prática homossexual.

Os fiéis da denominação de Westboro são conhecidos por protestar com placas que dizem que “Deus odeia as bichas” (God hates fags, em inglês), e recentemente foram a um show da banda no estado do Kansas para protestar contra o vocalista Brendon Urie, que supostamente seria bissexual.

Ao tomar conhecimento da iniciativa dos fiéis, Brendon publicou no Twitter que doaria US$ 20 para uma campanha de Direitos Humanos em prol dos homossexuais a cada manifestante da Igreja de Westboro que fosse ao evento.

“A Igreja de Westboro diz que hoje vai fazer piquete contra nós. Para cada membro dessa igreja que realmente aparecer, nós vamos doar US$ 20 à campanha #pride2014 de Direitos Humanos”, escreveu Brendon em seu perfil.


Ao final do show, apenas 13 integrantes da Igreja de Westboro tinham comparecido ao protesto, e então o vocalista decidiu aumentar o valor doado para US$ 1 mil, além de acrescentar 5% dos valores que o staff da banda tinha arrecadado com a venda de produtos licenciados durante o show.

Grupo de ódio

A polêmica Igreja Batista de Westoboro ficou conhecida nos últimos anos por seus protestos contundentes contra a homossexualidade e outras questões que, segundo sua liderança,é pecaminoso.

Foram registrados protestos contra os próprios norte-americanos durante funerais de soldados e em até atos em memória às vítimas de tragédia, como no caso da maratona de Boston, por exemplo.

Essa postura levou um grupo de internautas a enviar uma petição online à Casa Branca pedindo que a Igreja de Westboro seja incluída numa lista de entidades que são classificadas como grupo de ódio.

9 COMENTÁRIOS

  1. Nossa! Que lindo a Atitude dessa igreja, é tão bom o quanto a hipocrisia é frequente no meio da igreja. É Claro, Deus só ama os que não são “Gays”, Jesus não morreu pelas prostitutas e pelos homossexuais, mas sim por eles, altíssimos e adorados irmãos que devia estar pregando uma palavra de amor a essas pessoas. A banda fez um protesto bem bolado, mas da ate uma repulsa desses irmãos…

DEIXE UMA RESPOSTA