Nos Estados Unidos, papa Francisco vê ONGs cobrarem postura mais firme contra a pedofilia

85

A visita do papa Francisco aos Estados Unidos vem sendo marcada por protestos de Organizações Não-Governamentais (ONGs) que denunciam e cobram uma resolução dos casos de pedofilia na Igreja Católica.

De acordo com essas ONGs, o papa estaria agindo de maneira negligente quanto aos casos de pedofilia.

“O papa nega o quão sério é o problema e minimiza a situação. Ele nega que crianças continuam sendo violadas”, afirmou Barbara Blaine, em entrevista à BBC. “Na verdade, ele nem deveria se ocupar disso, deveria mandar os casos para que a polícia investigasse”, sugeriu.

Barbara é a fundadora da ONG SNAP (sigla de Survivors Network of those Abused by Priests, que significa, em tradução livre, “rede dos sobreviventes abusados por padres”), que reúne vítimas e foi criada no final dos anos 1980.


Considerando que as ações tomadas por Francisco contra a pedofilia, como a expulsão de sacerdotes, são insuficientes, Barbara afirmou que as pessoas que integram o movimento contra a pedofilia esperam que o papa fale sobre o assunto quando discursar na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) na próxima sexta-feira, 25 de setembro.

Na última quarta, em pronunciamento feito na Catedral de São Mateus Apóstolo, em Washington, o papa exigiu que os bispos americanos trabalhem para que esse tipo de escândalo não volte a assombrar a Igreja Católica nos Estados Unidos: “Eu sei quanto a dor dos últimos anos pesou em vocês, e eu apoiei seu generoso comprometimento em levar a cura para as vítimas, e trabalhar para assegurar que tais crimes nunca se repitam”, comentou, resumidamente.

Até hoje, os casos de pedofilia que ganharam as manchetes ao longo dos últimos anos, são vistos como uma mancha na história recente da Igreja Católica, que vem lutando para desfazer a imagem negativa construída ao longo da Idade Média.

85 COMENTÁRIOS

    • As igrejas de verdade conduzem à polícia.

      A igreja que não é de Cristo, esconde.

      Cristo não deixou que os pecados dos seus discípulos não fossem mostrados.

      A católica, se de Cristo realmente fosse, escancaria, e por ser crime hediondo, conduzisse à prisão os culpados.

      Continuam ainda os padres sozinhos com crianças desacompanhadas dos pais, e de adultos da paróquia.

        • Com todo o respeito que eu tenho pelo ser humano católico,o que há nesse mundo mais “herege”do que se ajoelhar frente a um pedaço de pau,madeira,pedra e etc?
          Sendo que o senhor ordenou que assim não fizesse?!Dá licença.

          • É isso aí vanessa,o espírito da jezabel está entre os católicos,enquanto o espírito de Elias está entre os evangélicos dando autoridade para pregar contra os que idolatram imagens.

          • Vanessa.

            Esse povo católico é muito protestante, minha cara.

            Quase tudo que tem na bíblia esse povo protesta.

            Protesta quando diz que nenhum homem é perfeito, ao dizer que o papa é infalível;

            Protesta o sacrifício da morte de Cristo ao dizer que missa paga tem o condão de extrair do inferno alma ruim e conduzi-la para o céu.

            Protesta os irmãos de Cristo, protesta um juízo apenas quando diz ter o purgatório.

            Eta povo protestante da bíblia. Hereges filhos de cobra, a que enganou Eva e Adão;

          • Casos de pedofilia cometidos por pastores brasileiros superam os de padres no noticiário

            No Brasil, país tido como o mais católico do mundo, a Igreja Católica não foi atingida pelo tsunami de denuncias de pedofilia que abalou a tradicional hierarquia religiosa de países como Alemanha, Bélgica, Holanda e Irlanda.
            Aqui, tem havido no noticiário da internet muito mais casos de pastores pedófilos ou suspeitos dessa prática do que os seus colegas padres, sem que a grande imprensa dê conta disso.
            Três exemplos recentes. No dia 20 de junho, a Polícia Civil de Duque de Caxias (RJ) prendeu o pastor Juarez Ferreira da Silva, 52, que estava foragido por ter sido condenado a 12 anos de prisão por ter estuprado quatro meninas. No dia 1º de julho, o pastor Dionísio da Silva Mattos, 55, de um templo da Assembleia de Deus em Magé, na Baixada Fluminense, foi preso sob a suspeita de ter abusado de uma menina de 12 anos. Dias depois, a imprensa portuguesa informou que o pastor Celso Miranda, 43, da mesma denominação, fugiu para o Brasil porque teria violentado um menino de 13 anos.
            A imprensa dá muito mais visibilidade aos casos de padres pedófilos, como se as vítimas deles fossem mais importantes. Os padres de Arapiraca (AL), por exemplo, têm sido contemplados pela cobertura dos grandes jornais, portais e TVs. A prisão do pastor protestante Edimário Gama de Freitas, 65, sob a acusação de abusar de filhos de fiéis, só foi noticiada pela imprensa regional, na Bahia.
            Se não fosse o noticiário da internet, principalmente de sites de pequenas cidades, não se saberia da existência de tantos pastores evangélicos suspeitos de abusar de crianças. Geralmente, as vítimas são de famílias pobres e ingênuas. Acreditam, pelo menos inicialmente, que massagens de pastor podem expulsar o Satanás do corpo e em sessões de oração de “cura interior”.
            Whatsapp
            Compartilhar
            Com base apenas nesse noticiário, não é possível dizer que existem proporcionalmente mais pastores pedófilos do que padres. Para isso, haveria a necessidade de um estudo aprofundado, que levasse em conta, por exemplo, a quantidade de pastores e de padres.
            Fonte: Paulopes

          • Janete,

            Claro, as evangélias não escondem; Mandam pra polícia. Vocês preferem esconder criminosos, então omissos, então coniventes.

          • Francisco,

            Falou bem. As evangélicas até tentam esconder, mas não conseguem;

            Já a católica esconde e paga caro quando o assunto vem à tona.

            Mas mesmo assim, vê-se que não tem jeito, posto que o mundo está de orelha em pé. E diferente de antes, está levando pros tribunais. É o mundo todo, O justo juízo Deus de sendo aplicado.

  1. BARBARA E DEMAIS MENBROS DESSE E OUTROS GRUPOS SOBRE CRIMES ESTAO MAIS QUE COBERTAS DE RAZAO, OS SACERDOTES QUE SEJAM PUNIDOS PELA JUSTICA, SE ENCONTRADAS PROVAS!

    O PAPA NAO DEVE TOMAR PRA SI O QUE CABE AS AUTORIDADES:
    CADEIA NOS TARADOS PEDOFILOS!

  2. Como o assunto é pedofilia nos EUA…
    PEDOFILIA É 2 X MAIOR EM IGREJAS PROTESTANTES, segundo pesquisa americana
    Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor / Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor / 5 de abril de 2002. Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica. A maioria das denúncias de pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor /
    Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
    Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor /
    5 de abril de 2002.
    Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
    Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry
    Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
    Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
    Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
    As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias
    de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
    Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados
    a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas
    preventivas pelas igrejas.
    “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”,
    diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros
    sobre abusos na igreja.
    Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas
    romanas.
    Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
    Atualizar: MISTER R – isso mesmo, o nosso querido PAPA admite que até em nosso grupo há pessoas com essa doença. E os protestantes empurram pra debaixo do tapete e apontam o dedão pros outros.
    Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes (FONTE PROTESTANTE)
    Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
    Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor
    Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
    Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
    Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
    Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
    As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
    Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas preventivas pelas igrejas.
    “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”, diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros sobre abusos na igreja.
    Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas romanas.
    Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
    Desde 1993, em média, cerca de 1 % das igrejas pesquisadas relataram denuncias de abusos anualmente.
    isso significa que, em média, cerca de 3.500 denúncias por ano, ou quase 70 por entre o grupo predominantemente protestante, diz Cobble.
    Sem o sinal #
    http://www.#csmonitor.#com /2002/ 0405/ p01s01#-ussc.html
    www#csmonitor.#Com /2002/ 0405/ p01s01#- ussc.html /(page)/2
    fonte: CAI A FARSA

  3. O interessante disso tudo é que ninguém manifestou contras as seitas protestantes.
    PEDOFILIA É 2 X MAIOR EM IGREJAS PROTESTANTES, segundo pesquisa americana
    Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor / Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor / 5 de abril de 2002. Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica. A maioria das denúncias de pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor /
    Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
    Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor /
    5 de abril de 2002.
    Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
    Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry
    Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
    Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
    Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
    As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias
    de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
    Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados
    a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas
    preventivas pelas igrejas.
    “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”,
    diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros
    sobre abusos na igreja.
    Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas
    romanas.
    Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
    Atualizar: MISTER R – isso mesmo, o nosso querido PAPA admite que até em nosso grupo há pessoas com essa doença. E os protestantes empurram pra debaixo do tapete e apontam o dedão pros outros.
    Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes (FONTE PROTESTANTE)
    Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
    Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor
    Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
    Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
    Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
    Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
    As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
    Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas preventivas pelas igrejas.
    “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”, diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros sobre abusos na igreja.
    Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas romanas.
    Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
    Desde 1993, em média, cerca de 1 % das igrejas pesquisadas relataram denuncias de abusos anualmente.
    isso significa que, em média, cerca de 3.500 denúncias por ano, ou quase 70 por entre o grupo predominantemente protestante, diz Cobble.
    fonte: CAI A FARSA

  4. 5 segredos obscuros da Igreja Católica

    Ao longo da sua longa história, a Igreja Católica tem sido abalada por escândalos que vão desde a criação da Ordem dos Templários, o julgamento de Galileu até a Madre Teresa​​. Ao longo do século 20 e 21, muitos escândalos vieram à tona, mesmo com a Igreja tentando mantê-los em segredo.

    Confira 5 segredos obscuros da Igreja Católica e se surpreenda:

    O escândalo dos Orfãos de Duplessis

    Nos anos de 1930 e 1940, uma revolução conservadora inaugurou uma era na cidade de Quebec no Canadá, conhecida como ” A Grande Escuridão”. Liderados pelo Premier Maurice Duplessis, o período foi marcado por atos de corrupção sem precedentes e de repressão, muito dos quais envolvendo a Igreja Católica.

    A partir dos anos 1940, o governo Duplessis, em colaboração com a Igreja Católica começou a diagnosticar crianças órfãs com problemas mentais que elas não possuíam. Como resultado desses falsos diagnósticos, milhares de órfãos foram enviados para
    instituições psiquiátricas da igreja, que recebiam subsídio do governo.

    Diversos orfanatos foram convertidos em manicômios para crianças para que a Igreja Católica pudesse ganhar mais dinheiro com os subsídios. Cerca de 20 mil crianças foram erroneamente diagnosticada e presas desta maneira.

    Para piorar a situação, muitos dos órfãos não eram exatamente órfãos. Alguns deles eram simplesmente os filhos de mães solteiras levados à força para a custódia da Igreja, que desaprovada a própria existência do parto fora do
    casamento. Depois de serem internadas, as crianças eram submetidas a uma vida de pesadelo, que incluía o abusos sexuais, terapia de eletrochoque e lobotomias forçadas.

    Algumas crianças foram usadas em testes de drogas e outras experiências médicas.Muitos morreram como resultado de seu tratamento. Na década de 1990, cerca de 3.000 sobreviventes do escândalo dos Orfãos de Duplessis trouxeram a história a tona. O Governo fez um acordo monetário com as vítimas mas a Igreja Católica tentou abafar seu papel no escândalo mantendo-se em
    silêncio.

    O escândalo das Crianças Britânicas

    Durante os séculos 19 e 20, em torno de 150.000 crianças britânicas foram enviadas para a Austrália, Nova Zelândia, Canadá e Rodésia.

    O esquema de tráfico infantil tinha como objetivo a criação de colônias de caucasianos (brancos). As crianças britânicas foram escolhidas para serem enviados pois de acordo com referências da época elas eram um “bom estoque de pessoas brancas.”

    Entre os anos 30 e início dos anos 60, a Igreja Católica enviou pelo menos 1.000 crianças britânicas e 310 crianças maltesas para escolas católicas na Austrália, onde muitos foram forçadas a trabalho escravo principalmente no ramo da construção.

    Além de trabalhos forçados, inquéritos posteriores descobriram que muitas das crianças enviadas pela Igreja eram brutalmente espancadas, estuprados. Muitas crianças passavam fome e eram alimentadas com restos e no chão, como animais. Décadas mais tarde,
    em 2001, a Igreja Católica na Austrália confirmou os crimes cometidos e emitiu um pedido de desculpas.

    O roubo de crianças na Espanha

    Na década de 1930, o regime fascista de Francisco Franco procurou purificar Espanha através do roubo de bebês de pais “indesejáveis”. O regime dizia que os bebês deveriam ser criados em um ambiente “politicamente aceitável”. O regime inicialmente direcionou às crianças de esquerdistas, mas atingiu também mães solteiras. Aproximadamente 300 mil
    bebês acabaram roubados de seus pais.

    O esquema de roubo de bebês foi realizado com a grande colaboração da Igreja Católica da Espanha. Depois de Franco subir ao poder, ele se declarou o defensor da Espanha católica. Assim, a Igreja controlava a maior parte dos serviços sociais na Espanha. Isso permitiu que milhares de crianças fossem roubadas de seus pais por médicos católicos, padres e freiras.

    Em muitos casos, os enfermeiros em hospitais católicos levavam os bebês recém-nascidos de sua mãe
    para serem examinados. A enfermeira, então, voltava com um bebê morto mantidos no gelo com o propósito de convencer a mãe que o bebê tinha morrido. Depois que os bebês eram roubados de suas mães, eram vendidos em um mercado negro de adoções.

    Depois da morte de Franco, em 1975, a Igreja manteve seu controle nos serviços sociais na Espanha e continuou o esquema. Os sequestros de crianças só diminuíram no fim de 1987, quando o governo espanhol começou endurecer os critérios de adoção. Estima-se que cerca de 15 por cento das adoções na Espanha
    entre 1960 e 1989, faziam parte do esquema de seqüestro.

    Lavagem de dinheiro Nazista no Banco do Vaticano

    Em 1947, um agente do Tesouro dos EUA chamado Emerson Bigelow escreveu um relatório altamente confidencial, que alegou que a Igreja Católica tinha contrabandeado ouro nazista através do banco do Vaticano. O próprio relatório foi “perdido”, mas uma carta escrita por Bigelow explicou que ele continha informações de uma fonte confiável revelando que a Croácia tinha contrabandeado cerca de 350
    milhões de francos suíços em ouro para fora do país no final da guerra.

    De acordo com Bigelow, aproximadamente 200 milhões de francos ficaram no Banco do Vaticano sob custódia. Um porta-voz do banco do Vaticano negou as alegações, mas a Igreja Católica permanece envolvida em ações judiciais sobre a sua suposta lavagem de ouro nazista. Em 2000, uma ação coletiva foi movida por cerca de 2.000 sobreviventes do Holocausto e familiares que buscavam a restituição do Vaticano até US$ 200 milhões, utilizando os dados de Bigelow e outros documentos recentemente
    liberados por agências de espionagem que alegam que o Vaticano tinha ouro confiscado dos judeus no regime Nazista. A ação está parada na justiça dos EUA até hoje.

    Os manicômios de Maria Madalena

    Com base em seus dogmas ultraconservadores sobre a sexualidade, muitas mulheres foram presas pela Igreja Católica suspeitas de prostituição ou “promiscuidade”. Elas eram aprisionadas em instituições para doentes mentais dirigidas pela Igreja conhecida como Manicômios de Maria Madalena. Inicialmente, as
    mulheres recebiam “tratamento” devido ao seu comportamento pecaminoso ou por serem promiscuas. Muitas mulheres foram enviadas para os manicômios por suas próprias famílias.

    As principais instituições desse tipo se encontravam na Irlanda. Lá as mulheres eram presas  e forçadas a fazerem trabalho escravo, principalmente relacionadas a lavagem de roupas, durante sete dias por semana. É claro que a Igreja estava sendo paga pelo trabalho das mulheres. Essas lavanderias geravam um grande lucro para a igreja local. As mulheres presas também era
    espancadas, má alimentadas e sofriam abuso sexual. Estima-se que mais de 30.000 mulheres foram presas nessas instituições.

    Os manicômios foram operados na Irlanda do final do século 18 ao final do século 20. Eles só se tornaram uma questão de debate público em 1993, quando 155 corpos foram descobertos em uma vala comum no norte de Dublin. As autoridades que administravam o manicômio haviam enterrado as mulheres em segredo, sem dizer a suas famílias ou mesmo das autoridades que eles tinham morrido.

    Em 2013, as autoridades irlandesas concordaram em pagar, 45.000 mil dólares como indenização para cada sobrevivente após o Comitê contra a Tortura das Nações Unidas pedisse ao governo para tornar uma atitude.

      • Emanuelle,só tem um jeito,se ele estiver prove o contrário e desmascare-o,diante de todos para que ele se envergonhe e não minta mais,mas se for verdade declare o seu conhecimento da verdade certo,e estará ajudando no conhecimento de tantos que leem este site. Obs: Sonsa estou aguardando as minhas resposta,se não sabe procure que sabe e não MENTIROSO,para responder por você,certo.

  5. Graça a Deus, faço parte da Igreja Católica Apostólica Romana. Na história desta, sim, posso afirmar que houveram muitas páginas ou atos escandalosos começando pelo exemplo de Judas, que traiu o Senhor, o de Pedro, que o negou por três vezes, e o de Tomé, que depois de conviver longo tempo com o Senhor, mesmo assim não pôde crer na sua Ressurreição antes de tocar as suas santas chagas. Poderia somar a estes exemplos o de todos os outros Apóstolos, exceto João, que fugiram para salvar as próprias peles quando Jesus foi preso. Então, os homens que integram a Igreja, desde o começo, sempre foram imperfeitos, falhos, fracos e pecadores. Nenhum problema em admitir isso.

    Nada disso, porém, afeta a santidade e a pureza da imaculada Esposa de Nosso Senhor Jesus Cristo, que é a mesma Igreja. Cometeu erros, escândalos no correr de sua história, sim, sempre existiram e continuam existindo, partindo de alguns de seus filhos ingratos e traidores, Podemos acrescentar como exemplo o herege Lutero.

    Podridão ou manchas na própria Igreja, em sentido absoluto não existe. Nenhuma sequer.
    Ocorre que “a Igreja é, aos olhos da fé, indefectivelmente (infalivelmente) santa. Unida a Cristo, é santificada por Ele e nEle se torna também santificante.” (Lumen Gentium n.39 / CIC §823-824).

    A a Igreja é santa, mesmo com escândalos envolvendo padres, bispos ou leigo. Olhamos para ela com os olhos da fé que se vê muito além das aparências, e enxergam que a Igreja é a continuidade da Encarnação do Cristo neste mundo. A Igreja é o Corpo de Cristo (Cl 1, 18). “Cristo amou à Igreja e se entregou por ela, para santificá-la, purificando-a através do batismo, em virtude da palavra, e apresentá-la resplandecente a si mesmo, sem qualquer mancha, ruga ou coisa semelhante, mas para que seja santa e imaculada” (Efésios 5,25-27). É por isso que Quem persegue a Igreja, persegue o Cristo (At 9, 1-6)
    É por isso que ela não se desvia do seu Caminho, não naufraga, não se perde. O próprio Jesus nos prometeu que estaria conosco até o fim dos tempos e que as portas do inferno não prevaleceria contra a tua Igreja.
    O Espírito Santo a assiste, e mesmo com tantos pecados de filhos traidores, que lhe dão as costas e não ouvem a sua voz, ela permanece fiel à sua missão e cumprindo plenamente o seu propósito.

    Sim, porque é por meio da Igreja que nós chegamos à salvação, já que é por meio dela que temos o Batismo, – porta de entrada para a vida cristã; – é por meio dela que comungamos Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, na sagrada e preciosa Eucaristia; é por meio da Igreja que alcançamos o perdão dos nossos pecados, pela Confissão, como Jesus determinou, dizendo aos primeiros pastores desta mesma Igreja, que é una e indivisível: “Os pecados que perdoardes serão perdoados, e os que retiverdes serão retidos” (Jo 20,22-23).

    É somente na Igreja, sendo membros da Igreja, que podemos ser cristãos de fato. A Igreja, então, continua cumprindo fielmente a sua missão, continua sendo fiel Esposa de Cristo, nos santos da Terra e nos do Céu, em perfeita Comunhão com Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

    Assim, por mais bobagens ou mesmo barbaridades que alguns filhos da Igreja cometam, por mais pecados que acumulem, a autêntica Igreja fundada por Cristo continua pura e sendo divinamente conduzida.

    Ora, a Igreja não pode ser julgada a partir dos seus traidores, e sim a partir daqueles que lhe são fiéis. Esse exemplo pode ser aplicado à família: se um membro da família não tem bom caráter, não siginifica que a família inteira é de mau caráter. Outro exemplo está no local de trabalho: se numa turma de trabalhadores, um não desempenha com responsabilidade e ética o seu trabalho, não siginifica que todos são maus trabalhadores.

    Não Igreja não se deve olhar somente para o padre acusado de pedofilia. Deve-se olhar para Francisco de Assis, Vicente de Paulo, João Maria Vianney, Maximiliano Maria Kolbe, Filipe Neri, Pio de Pietrelcina, Gianna Beretta Molla, Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce dos Pobres, etc, etc, etc… Deve-se olhar para aqueles que deram a vida por Cristo e pelo irmão. Deve-se olhar para o exemplo de Pedro e de todos os Apóstolos depois de Pentecostes, quando foram batizados no Espírito Santo e se tornaram de fato santos. Deve-se olhar para São Paulo, para a Santíssima Virgem Maria. Deve-se olhar para os nossos irmãos mártires. Deve-se olhar para aqueles que viveram a vida com radicalidade e deixaram tudo por amor ao Reino de Deus, etc, … São estes que representam a Igreja Católica Apostólica Romana.

    São os milhões de santos da Igreja, canonizados ou anônimos, os do Céu e os da Terra, que a representam, simplesmente porque são estes que fizeram e fazem o que a Igreja manda fazer. São estes que a honram e lhe são fiéis. Os que a desobedecem, os que a traem, não podem de modo algum representá-la.

    • Emanulle,antes de agradecer a DEUS,verifique o terreno que você esta pisando que é um mar de lama, e DEUS não se envolve em coisa suja não,então Ele não vai ouvir o seu agradecimento,pelo contrário vai lhe condenar por você saber e permanecer na lama. Obs: Sonsa não se esqueça das minhas resposta chame alguém que tenha compromisso com a verdade,porque até agora são todos iguais a você e o Lopes, aos quais tem com bordão: e só a mentira prevalecerá.

  6. http://noticias.gospelmais.com.br/casos-pedofilia-cometidos-pastores-superam-padres-22204.html

    Casos de pedofilia cometidos por pastores brasileiros superam os de padres no noticiário

    No Brasil, país tido como o mais católico do mundo, a Igreja Católica não foi atingida pelo tsunami de denuncias de pedofilia que abalou a tradicional hierarquia religiosa de países como Alemanha, Bélgica, Holanda e Irlanda.
    Aqui, tem havido no noticiário da internet muito mais casos de pastores pedófilos ou suspeitos dessa prática do que os seus colegas padres, sem que a grande imprensa dê conta disso.
    Três exemplos recentes. No dia 20 de junho, a Polícia Civil de Duque de Caxias (RJ) prendeu o pastor Juarez Ferreira da Silva, 52, que estava foragido por ter sido condenado a 12 anos de prisão por ter estuprado quatro meninas. No dia 1º de julho, o pastor Dionísio da Silva Mattos, 55, de um templo da Assembleia de Deus em Magé, na Baixada Fluminense, foi preso sob a suspeita de ter abusado de uma menina de 12 anos. Dias depois, a imprensa portuguesa informou que o pastor Celso Miranda, 43, da mesma denominação, fugiu para o Brasil porque teria violentado um menino de 13 anos.
    A imprensa dá muito mais visibilidade aos casos de padres pedófilos, como se as vítimas deles fossem mais importantes. Os padres de Arapiraca (AL), por exemplo, têm sido contemplados pela cobertura dos grandes jornais, portais e TVs. A prisão do pastor protestante Edimário Gama de Freitas, 65, sob a acusação de abusar de filhos de fiéis, só foi noticiada pela imprensa regional, na Bahia.
    Se não fosse o noticiário da internet, principalmente de sites de pequenas cidades, não se saberia da existência de tantos pastores evangélicos suspeitos de abusar de crianças. Geralmente, as vítimas são de famílias pobres e ingênuas. Acreditam, pelo menos inicialmente, que massagens de pastor podem expulsar o Satanás do corpo e em sessões de oração de “cura interior”.
    Whatsapp
    Compartilhar
    Com base apenas nesse noticiário, não é possível dizer que existem proporcionalmente mais pastores pedófilos do que padres. Para isso, haveria a necessidade de um estudo aprofundado, que levasse em conta, por exemplo, a quantidade de pastores e de padres.
    Fonte: Paulopes

  7. Casos de pedofilia cometidos por pastores brasileiros superam os de padres no noticiário

    No Brasil, país tido como o mais católico do mundo, a Igreja Católica não foi atingida pelo tsunami de denuncias de pedofilia que abalou a tradicional hierarquia religiosa de países como Alemanha, Bélgica, Holanda e Irlanda.
    Aqui, tem havido no noticiário da internet muito mais casos de pastores pedófilos ou suspeitos dessa prática do que os seus colegas padres, sem que a grande imprensa dê conta disso.
    Três exemplos recentes. No dia 20 de junho, a Polícia Civil de Duque de Caxias (RJ) prendeu o pastor Juarez Ferreira da Silva, 52, que estava foragido por ter sido condenado a 12 anos de prisão por ter estuprado quatro meninas. No dia 1º de julho, o pastor Dionísio da Silva Mattos, 55, de um templo da Assembleia de Deus em Magé, na Baixada Fluminense, foi preso sob a suspeita de ter abusado de uma menina de 12 anos. Dias depois, a imprensa portuguesa informou que o pastor Celso Miranda, 43, da mesma denominação, fugiu para o Brasil porque teria violentado um menino de 13 anos.
    A imprensa dá muito mais visibilidade aos casos de padres pedófilos, como se as vítimas deles fossem mais importantes. Os padres de Arapiraca (AL), por exemplo, têm sido contemplados pela cobertura dos grandes jornais, portais e TVs. A prisão do pastor protestante Edimário Gama de Freitas, 65, sob a acusação de abusar de filhos de fiéis, só foi noticiada pela imprensa regional, na Bahia.
    Se não fosse o noticiário da internet, principalmente de sites de pequenas cidades, não se saberia da existência de tantos pastores evangélicos suspeitos de abusar de crianças. Geralmente, as vítimas são de famílias pobres e ingênuas. Acreditam, pelo menos inicialmente, que massagens de pastor podem expulsar o Satanás do corpo e em sessões de oração de “cura interior”.
    Whatsapp
    Compartilhar
    Com base apenas nesse noticiário, não é possível dizer que existem proporcionalmente mais pastores pedófilos do que padres. Para isso, haveria a necessidade de um estudo aprofundado, que levasse em conta, por exemplo, a quantidade de pastores e de padres.
    Fonte: Paulopes

    • Parabéns Janete! Os protestantes gostam muito de tapar o sol com a peneira, mas a realidade é essa. Não importa qual a religião, mas precisamos agir com dignidade e sensatez admitindo a verdade.

      • Emanuelle,

        Vai olhando assim. Quem sofre são crianças. O vaticano já era pra ter conseguido uma marco regulatório impedindo que padres permaneçam sozinhos com crianças, enviando os que estão sob suspeita para as autoridades policiais como fazem os evangélicos.

        Tenham pena de suas crianças.

          • PASTOR AFIRMA TER ESTUPRADO CRIANÇA DE 10 ANOS “EM NOME DA GLÓRIA DE DEUS”.
            ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2015-08-18/pastor-afirma-ter-estuprado-crianca-de-10-anos-em-nome-da-gloria-de-deus.html

            PASTOR ACUSADO DE PEDOFILIA É PRESO EM FORMOSA
            diariodegoias.com.br/cidades/16147-pastor-acusado-de-pedofilia-e-preso-em-formosa

            PASTOR, VEREADOR ENVOLVIDO EM ESCÂNDALO SEXUAL RENUNCIA EM CAMPO GRANDE
            noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/04/28/pastor-vereador-envolvido-em-escandalo-sexual-renuncia-em-campo-grande.htm

          • PASTOR ACUSADO DE ESTUPRAR ADOLESCENTE É PRESO APÓS FICAR 2 ANOS FORAGIDO
            extra.globo.com/noticias/mundo/pastor-acusado-de-estuprar-adolescente-preso-apos-ficar-2-anos-foragido-16090232.html

            PASTOR É PRESO SOB ACUSAÇÃO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE ADOLESCENTE DE 14 ANOS
            noticias.gospelmais.com.br/video-pastor-preso-acusacao-abusar-adolescente-75397.html

            MISSIONÁRIO DE IGREJA EVANGÉLICA É ACUSADO POR FAMÍLIA DE ABUSAR DE MENINA DE 12 ANOS: “CONFIÁVAMOS NELE”
            noticias.gospelmais.com.br/missionario-acusado-abusar-menina-12-anos-72342.html

          • PASTOR NORTE-AMERICANO É PRESO ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE MENINAS
            noticias.gospelmais.com.br/lider-seita-jesus-preso-abusar-meninas-74790.html

            PASTOR É CONDENADO POR ABUSAR SEXUALMENTE DE SEUS PRÓPRIOS NETOS E OUTRAS 15 VÍTIMAS
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-condenado-abusar-sexualmente-netos-74123.html

            PASTOR É PRESO SOB SUSPEITA DE ABUSAR SEXUALMENTE DE SEU FILHO DE 13 ANOS DE IDADE
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-abusar-filho-13-anos-idade-72624.html

          • PASTOR É ACUSADO DE ESTUPRAR AS PRÓPRIAS FILHAS, A MAIS NOVA TEM APENAS 11 ANOS
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-acusado-estuprar-filhas-71663.html

            PASTOR DA IGREJA MUNDIAL É ACUSADO DE ESTUPRAR ADOLESCENTE DE 14 ANOS E AFASTADO DA FUNÇÃO
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-igreja-mundial-acusado-estuprar-adolescente-71077.html

            PASTOR SUSPEITO DE COMETER 10 ESTUPROS É PRESO EM OURILÂNDIA DO NORTE, NO PA
            g1.globo.com/pa/para/noticia/2014/08/suspeito-de-cometer-10-estupros-e-preso-em-ourilandia-do-norte-no-pa.html

          • O PASTOR EVANGÉLICO É ACUSADO DE ESTUPRAR PELO MENOS OITO MULHERES NO SUDESTE PARAENSE
            http://www.diarioonline.com.br/noticias/policia/noticia-298611-.html

            PASTOR FORAGIDO APÓS SER CONDENADO POR ESTUPRAR E ENGRAVIDAR ENTEADA DE 12 ANOS É PRESO
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-condenado-estuprar-enteada-12-anos-preso-70606.html

            PASTOR É PRESO POR ESTUPRAR, AGREDIR E AMEAÇAR A PRÓPRIA FILHA DE 12 ANOS DE IDADE.
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-estuprar-agredir-ameacar-propria-filha-68933.html

          • PASTOR EVANGÉLICO É PRESO POR ABUSAR SEXUALMENTE E ENGRAVIDAR MENINA DE 12 ANOS
            goo.gl/R7Yh01

            PA: PASTOR EVANGÉLICO É PRESO EM FLAGRANTE COM MENINA DE 12 ANOS EM MOTEL
            goo.gl/3vqKpk

            MT: PASTOR CONFESSA QUE ABUSOU SEXUALMENTE DE UMA CRIANÇA DE 10 ANOS DENTRO DE SEU GABINETE PASTORAL
            goo.gl/V7AUMo

          • PASTORES DEIXAM COALIZÃO EVANGÉLICA APÓS ENCOBERTAREM CASO DE COLEGA QUE ABUSOU SEXUALMENTE DE CRIANÇAS
            goo.gl/HORw6n

            MS: PASTOR ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE MENINO DE 12 ANOS FECHA IGREJA E DESAPARECE; Polícia investiga o caso…
            goo.gl/EqPkBB

            ES: DIÁCONO DE IGREJA MARANATA (42) É PRESO SUSPEITO DE ESTUPRAR ADOLESCENTE DE 14 ANOS.
            bit.ly/1fwAet3

          • EXÉRCITO DE SALVAÇÃO É ACUSADO DE “ALUGAR” CRIANÇAS PARA PEDÓFILOS PRATICAREM ABUSOS SEXUAIS
            goo.gl/9SxGg2

            EX-MISSIONÁRIO DOS EUA É CONDENADO POR TIRAR FOTOS PORNOGRÁFICAS DE CRIANÇAS NA AMAZÔNIA
            oesta.do/1fayl53

            RJ: PASTOR EVANGÉLICO PRESO EM FLAGRANTE POR ESTUPRAR ENTEADA DE APENAS 7 ANOS DE IDADE
            goo.gl/iXVJb3

          • BA: PASTOR QUE ESTUPROU ADOLESCENTE EM SERRA DOURADA ESTÁ FORAGIDO
            http://www.bocaonews.com.br/noticias/policia/policia/74186,pastor-que-estuprou-adolescente-em-serra-dourada-esta-foragido.html

            PR: PASTOR E BISPO EVANGÉLICOS SÃO PRESOS EM MOTEL ACOMPANHADOS DE ADOLESCENTE COM PROBLEMAS MENTAIS
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-bispo-evangelicos-sao-presos-em-motel-com-adolescente-62541.html

            SP: PASTOR É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE CRIANÇA DE 3 ANOS
            noticias.terra.com.br/brasil/policia/,5b64b23854b02410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

          • SP: PASTOR EVANGÉLICO ACUSADO DE ESTUPRO É PRESO APÓS SER FOTOGRAFADO POR UMA DE SUAS VÍTIMAS
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-acusado-estupro-preso-apos-fotografado-vitima-62133.html

            Cuiabá: OBREIRO DE IGREJA EVANGÉLICA É PRESO ACUSADO DE COAGIR ADOLESCENTES EVANGÉLICAS A POSAREM NUAS PARA FOTOS
            noticias.gospelmais.com.br/obreiro-igreja-evangelica-preso-coagir-adolescentes-posarem-nuas-61281.html

            Rondônia: PASTOR EVANGÉLICO É PRESO EM FLAGRANTE ABUSANDO SEXUALMENTE DE MENINA DE 14 ANOS QUE FREQUENTA SUA IGREJA
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-flagrante-abusando-sexualmente-menina-de-14-anos-61038.html

          • Maranhão: PASTOR É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL DE MENORES; VÍTIMAS SERIAM ADOLESCENTES FREQUENTADORES DE SUA IGREJA
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-acusado-abuso-sexual-adolescentes-igreja-60661.html

            MISSIONÁRIO AMERICANO ADMITE TER ABUSADO DE CRIANÇAS NO AM
            http://www.paulopes.com.br/2013/09/missionario-americano-admite-abuso-de-crianca-no-amazonas.html

            POLÍCIA FEDERAL APREENDE IMAGENS DE PORNOGRAFIA INFANTIL EM SEDE DE ONG MISSIONÁRIA NO AMAZONAS
            noticias.gospelmais.com.br/pornografia-infantil-ong-missionaria-policia-federal-apreende-imagens-60515.html

          • MG: PASTOR E DIÁCONO SÃO PRESOS SOB ACUSAÇÃO DE ESTUPRAREM FILHOS DE FIÉIS DE SUAS IGREJAS. MENINOS TEM 12 E 14 ANOS.
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-diacono-presos-acusacao-estuprarem-filhos-fieis-igrejas-60458.html

            Rio/Bangú: PASTOR EVANGÉLICO É PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR FIEL DE 12 ANOS
            extra.globo.com/casos-de-policia/pastor-evangelico-preso-acusado-de-estuprar-fiel-de-12-anos-9927415.html

            RJ: CANTOR GOSPEL É PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA
            oglobo.globo.com/rio/cantor-gospel-preso-acusado-de-estuprar-propria-filha-9609846

          • PASTOR PRESO POR ESTUPRO ALEGA TER RECEBIDO ORDENS DE DEUS PARA ABUSAR DE MENINA DE 13 ANOS
            gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/06/noticias/cidades/gazeta_online_norte/1448658-pastor-abusa-de-menina-de-13-anos-e-justifica–fiz-a-mando-de-deus.html

            POLICIA PRENDE MISSIONÁRIO QUE ABUSAVA SEXUALMENTE DAS FILHAS EM MEDIANEIRA. Vítimas tinham idades entre 10 e 15 anos.
            http://www.guiamedianeira.com.br/noticia/5689/Policia+prende+missionario+que+abusava+sexualmente+das+filhas+em+Medianeira

            PASTOR É PRESO POR MOLESTAR SEXUALMENTE NETA DE 2 ANOS DE UM FIEL
            g1.globo.com/goias/noticia/2013/04/pastor-e-suspeito-de-abusar-da-neta-de-fiel-que-o-hospedou-em-casa.html

          • PASTOR É PRESO POR SUSPEITA DE ABUSO SEXUAL DE JOVENS EM RITO
            g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2013/03/pastor-e-preso-por-suspeita-de-abuso-sexual-de-jovens-em-rito-espiritual.html

            PASTOR EVANGÉLICO É PRESO NO INTERIOR DE GOIÁS; ELE DIZIA QUE SEU PÊNIS ERA ‘ABENÇOADO’
            http://www.pavablog.com/2013/01/08/pastor-evangelico-e-preso-no-interior-de-goias-ele-dizia-que-seu-penis-era-abencoado/

            PASTOR É PRESO SOB ACUSAÇÃO DE ABUSAR DE FILHA, ENTEADA E CÃO
            http://www.paulopes.com.br/2013/01/pastor-eh-acusado-de-violentar-filha-enteada-eh-cachorro.html

          • PASTOR EVANGÉLICO ESTUPRA E TOCA FOGO EM MENINA DE 10 ANOS – CUIDADO, IMAGENS FORTÍSSIMAS
            http://www.tribunadebarras.com/2011/10/pastor-evangelico-estupra-e-toca-fogo.html

            RS: FALSA PASTORA MISTURAVA SEXO COM MENORES E DROGAS EM CULTOS
            http://www.guiame.com.br/noticias/gospel/mundo-cristao/falsa-pastora-misturava-sexo-com-menores-e-drogas-em-cultos.html

            PB: PASTOR ENGRAVIDA DUAS JOVENS E DIZ QUE FOI OBRA DO ESPIRITO SANTO E DE DEUS
            http://www.youtube.com/watch?v=ZrVT6CultgY#t=20

          • MEMBRO DE CONGREGAÇÃO EVANGÉLICA É SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL EM LONDRINA
            bonde.com.br/?id_bonde=1-3–77-20141104

            PASTOR COM EXTENSA FICHA CRIMINAL É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL DE MENINAS
            holaciudad.com/pastor-hispano-es-acusado-abuso-sexual-ninas-n224192

            PASTOR É PRESO APÓS ABUSAR DE ADOLESCENTE SOB PRETEXTO DE CURAR SUA HOMOSSEXUALIDADE
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-apos-abusar-adolescente-72041.html

          • O PASTOR EVANGÉLICO É ACUSADO DE ESTUPRAR PELO MENOS OITO MULHERES NO SUDESTE PARAENSE
            diarioonline.com.br/noticias/policia/noticia-298611-.html

            PASTOR FORAGIDO APÓS SER CONDENADO POR ESTUPRAR E ENGRAVIDAR ENTEADA DE 12 ANOS É PRESO
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-condenado-estuprar-enteada-12-anos-preso-70606.html

            PASTOR É PRESO POR ESTUPRAR, AGREDIR E AMEAÇAR A PRÓPRIA FILHA DE 12 ANOS DE IDADE.
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-preso-estuprar-agredir-ameacar-propria-filha-68933.html

          • SP: PASTOR ACUSADO DE ESTUPRAR OITO CRIANÇAS EM IGREJA NEGA CRIMES: “ELAS DORMIAM NA CAMA E EU NO ALTAR”
            goo.gl/TKnkD5

            SP: PASTOR É CONDENADO A 7 ANOS DE PRISÃO POR ESTUPRO DE JOVEM
            paulopes.com.br/2013/11/pastor-eh-condenado-por-estupro-de-adolescente.html

            PASTORES DA IGREJA UNIVERSAL SUSPEITOS DE ABUSAR E MATAR MENINO QUEIMADO VIVO NÃO SERÃO LEVADOS A JÚRI
            goo.gl/wAf3pS

          • BA: PASTOR QUE ESTUPROU ADOLESCENTE EM SERRA DOURADA ESTÁ FORAGIDO
            bocaonews.com.br/noticias/policia/policia/74186,pastor-que-estuprou-adolescente-em-serra-dourada-esta-foragido.html

            PR: PASTOR E BISPO EVANGÉLICOS SÃO PRESOS EM MOTEL ACOMPANHADOS DE ADOLESCENTE COM PROBLEMAS MENTAIS
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-bispo-evangelicos-sao-presos-em-motel-com-adolescente-62541.html

            SP: PASTOR É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE CRIANÇA DE 3 ANOS
            noticias.terra.com.br/brasil/policia/,5b64b23854b02410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

          • Maranhão: PASTOR É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL DE MENORES; VÍTIMAS SERIAM ADOLESCENTES FREQUENTADORES DE SUA IGREJA
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-acusado-abuso-sexual-adolescentes-igreja-60661.html

            MISSIONÁRIO AMERICANO ADMITE TER ABUSADO DE CRIANÇAS NO AM
            paulopes.com.br/2013/09/missionario-americano-admite-abuso-de-crianca-no-amazonas.html

            POLÍCIA FEDERAL APREENDE IMAGENS DE PORNOGRAFIA INFANTIL EM SEDE DE ONG MISSIONÁRIA NO AMAZONAS
            noticias.gospelmais.com.br/pornografia-infantil-ong-missionaria-policia-federal-apreende-imagens-60515.html

          • PASTOR PRESO POR ESTUPRO ALEGA TER RECEBIDO ORDENS DE DEUS PARA ABUSAR DE MENINA DE 13 ANOS
            gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/06/noticias/cidades/gazeta_online_norte/1448658-pastor-abusa-de-menina-de-13-anos-e-justifica–fiz-a-mando-de-deus.html

            POLICIA PRENDE MISSIONÁRIO QUE ABUSAVA SEXUALMENTE DAS FILHAS EM MEDIANEIRA. Vítimas tinham idades entre 10 e 15 anos.
            guiamedianeira.com.br/noticia/5689/Policia+prende+missionario+que+abusava+sexualmente+das+filhas+em+Medianeira

            PASTOR É PRESO POR MOLESTAR SEXUALMENTE NETA DE 2 ANOS DE UM FIEL
            g1.globo.com/goias/noticia/2013/04/pastor-e-suspeito-de-abusar-da-neta-de-fiel-que-o-hospedou-em-casa.html

          • PASTOR É PRESO POR SUSPEITA DE ABUSO SEXUAL DE JOVENS EM RITO
            g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2013/03/pastor-e-preso-por-suspeita-de-abuso-sexual-de-jovens-em-rito-espiritual.html

            PASTOR EVANGÉLICO É PRESO NO INTERIOR DE GOIÁS; ELE DIZIA QUE SEU PÊNIS ERA ‘ABENÇOADO’
            pavablog.com/2013/01/08/pastor-evangelico-e-preso-no-interior-de-goias-ele-dizia-que-seu-penis-era-abencoado/

            PASTOR É PRESO SOB ACUSAÇÃO DE ABUSAR DE FILHA, ENTEADA E CÃO
            paulopes.com.br/2013/01/pastor-eh-acusado-de-violentar-filha-enteada-eh-cachorro.html

          • PASTOR EVANGÉLICO ESTUPRA E TOCA FOGO EM MENINA DE 10 ANOS – CUIDADO, IMAGENS FORTÍSSIMAS
            tribunadebarras.com/2011/10/pastor-evangelico-estupra-e-toca-fogo.html

            RS: FALSA PASTORA MISTURAVA SEXO COM MENORES E DROGAS EM CULTOS
            guiame.com.br/noticias/gospel/mundo-cristao/falsa-pastora-misturava-sexo-com-menores-e-drogas-em-cultos.html

            PB: PASTOR ENGRAVIDA DUAS JOVENS E DIZ QUE FOI OBRA DO ESPIRITO SANTO E DE DEUS
            http://www.youtube.com/watch?v=ZrVT6CultgY#t=20

          • PASTOR EVANGÉLICO ESTUPRA E TOCA FOGO EM MENINA DE 10 ANOS – CUIDADO, IMAGENS FORTÍSSIMAS
            tribunadebarras.com/2011/10/pastor-evangelico-estupra-e-toca-fogo.html

            RS: FALSA PASTORA MISTURAVA SEXO COM MENORES E DROGAS EM CULTOS
            guiame.com.br/noticias/gospel/mundo-cristao/falsa-pastora-misturava-sexo-com-menores-e-drogas-em-cultos.html

            PB: PASTOR ENGRAVIDA DUAS JOVENS E DIZ QUE FOI OBRA DO ESPIRITO SANTO E DE DEUS
            youtube.com/watch?v=ZrVT6CultgY#t=20

          • VÍDEO: CASAL DE PASTORES FAZIA SEXO COM ADOLESCENTES ENTRE 12 E 17 ANOS
            youtube.com/watch?v=PMW_Rln7atU

            PASTORA EVANGÉLICA MANTINHA CRIANÇA INDÍGENA COMO ESCRAVA EM GOIÁS
            camaraempauta.com.br/portal/artigo/ver/id/1537/nome/Pastora_evangelica_mantinha_crianca_indigena_como_escrava_em_Goias/termo/serviços+públicos

            PASTOR DA UNIVERSAL É PRESO ENQUANTO TRANSAVA COM MENINA DE 13 ANOS
            escandalodagraca.blogspot.com.br/2010/05/pastor-evangelico-foi-indiciado-por.html

          • PASTOR SIMULA SEQUESTRO DE ADOLESCENTE DE 15 ANOS PARA ESCONDER RELACIONAMENTO AMOROSO
            noticias.gospelmais.com.br/pastor-simula-sequestro-adolescente-esconder-relacionamento-47156.html

            PRESO PASTOR ACUSADO DE EJACULAR ‘ESPERMA DE DEUS’ EM OBREIRAS
            paulopes.com.br/2012/08/policia-prende-pastor-acusado-de-ejacular-esperma-de-deus-em-obreiras.html

            POLÍCIA DE SP PRENDE PASTOR QUE ESTUPROU GAROTA A MANDO DE DEUS
            paulopes.com.br/2012/08/policia-prende-pastor-que-estuprou-menina-em-nome-de-deus.html#ixzz23m1MMudM

          • EM SERGIPE, POLÍCIA PRENDE PASTOR ACUSADO DE ESTUPRAR TRÊS FIÉIS
            paulopes.com.br/2011/08/em-sergipe-policia-prende-pastor.html

            JOVEM EM RETIRO ACORDA ASSUSTADO: O PASTOR ESTAVA EM SUA CAMA.
            paulopes.com.br/2012/07/pastor-assedia-jovem-em-retiro-espiritual.html

            PASTOR E MISSIONÁRIA SÃO ACUSADOS DE ESTUPRO DE SETE MENINAS
            paulopes.com.br/2012/03/pastor-e-missionaria-sao-acusados-de.html

          • Francisco,

            O mal se espalha mesmo.

            Agora o dema está infiltrando os teus irmãos católicos nas evangélicas.

            É nisso que dá quando não se combate. Ficam escondendo, pagando indenizações…., aí se multiplica e pula pra casa vizinha.

          • Francisco,

            O mal se espalha mesmo.

            Agora o dema está infiltrando os teus irmãos católicos nas evangélicas.

            É nisso que dá quando não se combate. Ficam escondendo, pagando indenizações…., aí se multiplica e pula pra casa vizinha.

      • JANETE QUE NA VERDADE É UM GAY POSTANDO AQUI E EMANUELLE
        VCS SEUS DEPRAVADOS, GOSTAM E ESTÃO ATIRANDO PEDRAS EM LUGAR ONDE SE REUNEM OS CRISTÃOS, PORQUE VCS. NÃO ESTÃO EM SITE ATEU OU GAY OU CATÓLICO, PORQUE VCS. NÃO EST~
        AO POSTANDO ASSIM COMO FAZEM AS ONGS AMERICANAS CONTRA A SAFADEZA DE FRANCISCO PEDÓFILO QUE SUMIU COM CENTENAS DE CRIANÇAS NA DITADURA ARGENTINA, ONDE ENCHEU OS PÓRÕES DA PEDOFILIA, OU ENTÃO BENTO QUE NÃO PODE NEM SAIR DO CONVENTO PARA NÃO SER PRESO, NÃO SÓ POR PEDOFILIA BEM COMO PROTETOR DE PEDÓFILOS, SEM FALAR NA ALA GAY QUE USURPOU MILHÕES DE EUROS PARA COMPRA DE PRÉDIO COM SAUNA GAY? V~
        AO PROCURAR CARNIÇA ONDE TEM É SÓ IR NUM DESTES DEPÓSITOS DE GAYS QUE É A CATÓLICA

      • Janete a próxima vitima da Emanuelle,é logo estará mentindo do mesmo jeito,na hora de responder vai deixar ela sozinha e sair fora como fez com os demais, como é dissimulada vai fazer de conta que não é nem com ela,e deixa os outros no buraco.. Obs: Sonsa as minhas respostas.

  8. Babilônia, símbolo da apostasia espiritual.
    Pregunta: Que tragédia deixa descoberto a proclamação das três mensagens angélicas? Resposta em Apocalipse 14:8 “Caiu! Caiu!Caiu! a Grande Babilônia.
    Nota: Aqui está falando de uma Babilônia mistica ou símbólica. pois a literal já havia sido destruída nos tempos antigo do Antigo Testamento e Isaias 13:19-21 declara que nunca mais seria habitada. É interessante notar que a Bíblia de Jerusalém(tradição católica com imprimatur), comentando Apocalipse 17:5 diz que Babilônia é o nome símbólico de Roma papal. Devido ao sentido eminentemente religiosos da mensagem dos três anjos(Apocalipse 14:6-12), devemos minterpretar esta caída como espritual ou religiosa. O comentário da Bíblia de Jerusalém diz que Roma papal(Icar medieval) arrastou todas as nações à idolatria.

  9. Babilônia, símbolo de Apostasia Espritual.
    02) Pergunta: Que ordem de Deus aos sinceros que ainda estão em Babilônia demonstra que sua caída religiosa é grave? Apocalipse 18:2-4
    Resposta: “Ouvi outra voz do Céu, dizendo: Sai dela(Roma papal medieval) povo meu, para não serdes participantes em seus pecados e para não incorrer em seus flagelos.”
    Nota: Esta solene declaração divina demonstra que há pessoas bem-intencionadas dentro de Babilônia(Roma papal – Icar), os quais demonstrarão sua sinceridade obedecendo à ordem de Deus de sair dela(Icar medieval).

  10. OS CRIMES DA IGREJA CATÓLICA

    Poucas instituições no mundo ao longo da história são responsáveis por tantos crimes e acobertamentos de crimes como a Santa Igreja Católica. O farto cardápio inclui desde mortes na fogueira a pedofilia. Para o imaginário popular, a Igreja é imaculada e se situa num patamar de santidade, portanto, imune aos pecados temporais. Isso se deve em parte à imagem que a instituição forjou ao longo dos tempos, algumas vezes cobrando preço de sangue e traumas
    irrecuperáveis.
               Vamos aos fatos. Com a invenção das famigeradas cruzadas, os cavaleiros da fé saquearam, torturaram e mataram milhares de seres humanos. Eliminaram os homens do mau para impor a Santa Verdade. Em 1099, por exemplo, ao entrar em Jerusalém para expulsar os muçulmanos, os líderes da cruzada, massacraram 70 mil pessoas. O rei Luiz, da França, tido como um santo católico tinha uma prática mais sutil: levava os blasfemadores a pelourinhos e os matava com ferros em brasas, que transpassavam suas línguas. Segundo ele, esses não voltariam a
    blasfemar.
                Em 1231, a Igreja fundou a sua máquina de extermínio: a Santa Inquisição. Por ela passaram quase 1 milhão de pessoas, essencialmente hereges, judeus, muçulmanos e “bruxos”. Precursor de Hitler, o religioso Diego Rodrigues Lucero queimou vivos 107 judeus convertidos ao cristianismo. Isso sem falar na cobrança de indulgências, loteamento do céu e aplicação de preços monetários para que os fiéis chegassem ao Paraíso. Tudo em nome de Deus.
                Na Idade Média, a Igreja havia proibido que mulheres cantassem no coral das igrejas.
    Para não ficar sem as necessárias vozes sopranos, os representantes de Deus encontraram uma solução ungida: castrar jovens meninos cuja voz tenha sido considerada bela. Assim, nos corais da Santa Igreja não faltariam nunca os sopranos e contraltos.
                Mas não é só sob o manto do passado que se esconde a ficha criminal da Santa Sé. Adaptada ao presente, o único senão é a proibição de mandar gente para a fogueira. Duas modalidades veneradas por padres atualmente são a pedofilia e o abuso sexual de mulheres. Só nos Estados Unidos, recentemente foi constatado que 1,2 mil sacerdotes teriam abusado
    de mais de 4 mil crianças. O lamaçal que envolveu 161 dioceses, desmoronou algumas delas, que tiveram que ser fechadas para pagar indenizações às vítimas. O abuso à mulheres também é comum nas paróquias mundiais. A socióloga da religião, Regina Soares Juskewicz lançou um pouco de luz nas trevas paroquiais. Num aprofundado estudo, ela analisou 21 casos de abusos dessa natureza e constatou que a prioridade da Igreja nesse tipo de crime é acobertá-lo a qualquer custo. Há até um decálogo que ensina os líderes a agir em face de abusos sexuais envolvendo padres. Nele inclui subornar a vítima em troca do silêncio,
    desqualificação pública da vítima e exaltação das qualidades do agressor, como bom prestador de serviços à comunidade. No último mandamento, a Igreja se posiciona do lado do agressor e faz todos os esforços para que o crime seja jogado no mar do esquecimento.
                 A Igreja não se importa de conviver com um rosário de pecados. O importante é não gerar escândalo. Em outras palavras: peque, mas esconda a sete chaves. O problema é que abuso de mulheres e crianças não é simplesmente pecado contra as leis divinas. É crime, sujeito a punição terrena, que inclui prisão e indenização da vítima.

                Ainda vivo João Paulo II pediu perdão pelos “erros” da Igreja Católica ao longo dos tempos. Pronto. Num ato, a Santa Sé se redimiu para sempre com os milhões de injustiçados em séculos de história.

    FONTE:RECANTO DAS LETRAS.

  11. OUTRA FIGURA DA DEGRADAÇÃO RELIGIOSA DA BABILÔNIA MÍSTICA(ROMA PAPAL – ICAR).
    03) Pergunta: Sob que outra figura de degradação Deus apresenta a Igreja caída? Apocalipse 17:1-5 Resposta:”…grande prostituta…”(Apocalipse 17:1)”…vi uma mulher(igreja) montada numa besta de escarlate, repleta de nomes de blasfêmia com sete cabeças e dez chifres…”(Apocalipse17:3) “na sua fronte achava-se escrito um nome, mistério a grande babilônia a mãe(tem filhas: igreja evangélicas apostatadas, e outras mais) das prostituições(doutrinas metirosas e enganosas)…”(Apocalipse17:5)
    NOTA: Assim como em Apocalipse 12 uma mulher pura é símbolo adequado da igreja fiel, aqui aparece uma meretriz como símbolo de uma igreja que se prostituiu; que teve uma queda doutrinária. A Bíblia de Jerusalém comenta que a prostituição é o símbolo da idolatria. Um antecedente bíblico ajuda a entender este ponto de vista, encontramo-lo em Ezequiel 16:15 :”Confiaste na tua formosura, e te entregaste à lascívia, graçs à tua fama; e te ofereceste a todo o que passava para seres dele.” Outro exemplo: ” com seus ídolos adulteraram.. ainda Me fizeram…profanaram os Meus sábados.”(Ezequiel 23:38 e 23:38)

  12. OUTRA FIGURA DE DEGRADAÇÃO RELIGIOSA DA BABILÔNIA MÍSTICA(ROMA PAPAL – ICAR)
    04) Pergunta: Onde a igreja caída teria sua sede? Apocalipse 17:3, 4, 7, 9, 15
    Resposta:”…Montada numa besta..que tinha sete cabeças e dez chifres”…”As sete cabeças são sete montes nos quais a mulher(igreja) está sentada…”…”As águas que viste onde a meretriz está assentada, são povos e multidões, nações e línguas.
    NOTA: “As sete cabeças são as sete colinas de Roma”(Comentário da Bíblia de Jerusalém, Apocalipse 17:3). A besta(Roma papal) leva sentada sobre si uma igreja prostituída, o que dá e entender claramente que teria sua sede em Roma, a cidade dos 7 montes. Outra revelação que nos faz Deus neste capítulo de Apocalipse é que essa igreja de Roma seria católica(universal), pois estava sentada sobre muitas águas que significam povos, multidões, nações e línguas.”(Apocalipse 17:15)

  13. Investigação sobre padres pedófilos na Austrália cria conflito no Vaticano

    Cardeal George Pell ameaçou processar membro de comissão da Santa Sé. Ele foi acusado de querer acobertar escândalos de pedofilia em seu país.

    01/06/2015 09h17 – Atualizado em 01/06/2015 09h17

    Da France Presse

    O cardeal australiano George Pell em foto de 6 de
    março de 2013 (Foto: Reuters/Tony Gentile)

    O ex-líder da Igreja católica australiana George Pell ameaçou nesta segunda-feira (1º) processar um membro da comissão vaticana de proteção de menores que o acusou de querer acobertar escândalos de pedofilia em seu país.

    O cardeal australiano se declarou disposto a comparecer ante a comissão de investigação que analisa há meses os abusos sexuais cometidos pela Igreja na Austrália nos anos 1970, depois que a vítima de um padre pedófilo de seu país o acusou de querer comprar seu silêncio.

    Embora Pell tenha negado os fatos, Peter Saunders, membro da comissão vaticana de proteção de menores, o criticou duramente em uma entrevista divulgada no domingo pelo canal australiano Nine.

    O cardeal australiano agiu com “frieza e indiferença, diria inclusive que como um sociopata”, em relação às vítimas de agressões sexuais, declarou o britânico, que exigiu a renúncia do tesoureiro.

    “George Pell é cardeal da Igreja e sua autoridade é, portanto, imensa no Vaticano. Seria uma enorme pedra no sapato do papa Francisco se fosse autorizado a permanecer em seu cargo”, acrescentou Saunders, que foi vítima de abusos sexuais durante sua infância.

    “É vital que seja afastado, reenviado à Austrália e que o Papa tome as medidas mais severas contra ele”, acrescentou.

    A secretaria de Pell declarou em um comunicado que “o cardeal não tinha outra opção a não ser consultar seus advogados” após estas “alegações falaciosas”.

    Suas primeiras medidas como arcebispo foram “colocar em andamento procedimentos para apresentar denúncias e realizar investigações independentes”, afirma o comunicado.

    A comissão de investigação australiana criada em 2013 examina agora os crimes de Gerald Ridsdale, um padre condenado por ter agredido sexualmente 50 meninos entre os anos de 1950 e 1980, em várias igrejas do Estado de Victoria, no sul da Austrália.

    O religioso abusou inclusive de seu sobrinho David Risdale, que tinha 11 anos no momento do crime. Este último declarou ante a comissão que havia explicado o ocorrido a Pell, um amigo da família, em 1993.

    Segundo seu testemunho, o cardeal australiano lhe perguntou na época quanto custaria seu silêncio.

    David Risdale também acusa Pell de ter protegido seu tio, transferindo-o várias vezes de uma igreja para outra.

    O tesoureiro do Vaticano negou categoricamente ter tentado comprar o silêncio da vítima, e Gerald Risdale declarou que não havia tido muito contato com Pell.

  14. Francisco, É certo isto que você postou?,Esta de acordo com a bíblia? Deus mandou alguém fazer tal coisa em nome dele? Qualquer destes atos que for cometidos,por quem quer que seja independente de sua religião é errado? o que merece quem praticou tal ato? Não diga que DEUS é quem vai julgar,porque quando você expôs já fez o seu julgamento,falta anunciar o seu veredito. Aguardo a sua resposta, para que possamos ajudar no conhecimento das causas de Cristo,e assim abrir os olhos de muitos, e em nome de Jesus Cristo ajudar a retira-los das fileiras do inferno.

  15. Janete,se para você não for considerado errado para todos lados que cometeram tais atos então fique calada,porque caso formos ver os arquivos,você saberá quem esta muito adiante a seculos,eu falei seculos,agora se você vê erro pelos dois lados então cite-os.Pois tudo o que você poderá falar dos pastores não só Brasileiros, mas do mundo,será de 1550 para cá,só que da igreja católica nos vamos começar do seculo 3 para cá, e não tinha interferência de evangélicos não.Então você saberá realmente a quem você defende,sem continuar a ser enganada. Obs: A própria igreja católica é quem guarda os arquivos, muitos escritos são da época, ai você vai tomar conhecimento,porque os últimos papas tem pedido perdão ao povo,aos protestantes e a todos os quais foram injustiçados pela igreja católica,certo.

      • Emanuelle,você falou de baca furada,veja só o quanto você sabe da sua barca furada nem para você disseram,que os seus papas últimos,é quem tem feito pedido de perdão e desculpas, e desde quando os protestantes,andaram,afogando,queimando e praticando tantos horrores,aos católicos em nome da crença !,realmente estão desnorteados,peça ao bispo antes de fazer perguntas porque você e os outros que apareceu ai para ti ajudar,tá difícil saber que é o menos pior.Será que nenhum de vocês sabem pelo ao menos ler, porque intender é impossível.

        • Ou você é mal informado ou se faz de bobo para viver. Só pode! Se você fosse inteligente saberia muito bem sobre a inquisição protestante. Já sei: você preferem fingir que não existiu.

          • Emanuelle, vejam só, quando esta faltando barro ou madeira para vocês fazerem os seus santos,ai acusam os outros pelos seus próprios erros reconhecidos e vindo acompanhado do pedido de perdão, pelos deuses de vocês que são os papas, quantos caso você tem conhecimento que qualquer outra religião matou o católico baseado,na inquisição, a inquisição foi uma criação do seu papa,para fazer os opositores se calarem e roubar os seus bens,para o enriquecimento da igreja católica. Obs: mas não se esqueça das minhas respostas,sonsa dissimulada.

          • Emanuelle.

            Antônio tá ficando com o cérebro fritado mesmo, tudo por conta do calor.

            Ele disse que foi o papa criador da Santa Inquisição. Mas como? Os papas são infalíveis.

            Na verdade, quem criou tão glamorosa instituição de morte foi a Santa Igreja Romana.

            Se bem que eu já não entendo mais nada. A igreja não é pecadora, sim seus membros. Mas aí vem a história de infalibilidade de papa. Acho que eles cometem erros como qualquer outro, mas não nas matérias da santa doutrina, não errando em nada as decisões católicas.

            Se as decisões da católicas não advém de erros, bem como a igreja é santa, e nesse mesmo sentido o papa é infalível, ora, então quem foi que instituiu essa instituição de matar gente?

            Teria sido o capeta? Teria sido o capeta que conseguir fazer com que papa após papa a confirmasse?

            Mas as portas do inferno não prevalecem contra a igreja de Cristo. Ora, então quem foi que fez isso?

            Não é só Antônio que está com o cérebro fritando, mas muita gentem da tua igreja, e desde o início dela no 4º século.

          • Emanuelle,

            Sim, houve a inquisição protestante.

            Os católicos que debandaram da tua igreja possuíam pleno conhecimento das barbaridades cometidas pela inquisição da tua, aí criaram uma também.

            Agora eu pergunto. O que tem a ver os evangélicos com a reação dos teus irmãos católicos?

            A escola nesse sentido foi tua igreja católica.

            Os evangélicos nunca mataram, apenas morreram.

            Sabe-se que muitos desses protestantes engrossaram depois as fileiras evangélicas, mudando, pois, a natureza católica intrínseca dentro de cada, tornando-se verdadeiros santos.

            Mas é bom saber separar as coisas. A técnica de matar, essa era ensinada na tua igreja.

        • A inquisição protestante:

          – Registre-se o massacre dos monges da Abadia de São Bernardo de Brémen, no séc. XVI: os monges foram assassinados ou desfolados, atirando-lhes sal na carne viva, sendo a seguir pendurados no campanário por bandos protestantes.

          – Seis monges cartuxos e o bispo de Rochester, na Inglaterra protestante, foram enforcados em 1535.

          – Henrique VIII mandou queimar milhares de católicos e anabatistas no séc. XVI (mas foi sua filha católica, Maria, que acabou recebendo o título de “Maria, a sanguinária”!).

          – João Servet, o descobridor da circulação do sangue, foi queimado em Genebra, por ordem de Calvino (porém, é comum se recordar apenas do “caso Galileu”, o qual NÃO foi justiçado!).

          – Quando Henrique VIII iniciou a perseguição protestante contra os católicos, existiam mais de 1.000 (mil) monges dominicanos na Irlanda, dos quais apenas 02 (DOIS) sobreviveram à perseguição.

          – Na época da imperadora protestante Isabel, cerca de 800 (oitocentos) católicos eram assassinados por ano.

          – O historiador protestante Henry Hallam afirma: “A tortura e a execução dos jesuítas no reinado de Isabel Tudor foram caracterizadas pela selvageria e o dano [físico]”.

          – Um ato do Parlamento inglês decretou, em 1652, que: “Cada sacerdote romano deve ser pendurado, decapitado e esquartejado; a seguir, deve ser queimado e sua cabeça exposta em um poste em local público”.

          – Na Alemanha luterana, os anabatistas eram cozidos em sacos e atirados nos rios.

          – Na Escócia presbiteriana de John Fox, durante um período de seis anos, foram queimadas mais de 1.000 (mil) mulheres acusadas de feitiçaria.

          – Nas cidades conquistadas pelo “Protestantismo”, os católicos tinham que abandoná-las, deixando nelas todas as suas posses ou então converter-se ao Protestantismo; se fossem descobertos celebrando a Missa, eram apenados com a morte.

          É um mito a afirmação de que a prática da tortura foi uma arma católica na Inquisição. Janssen, um escritor desse período, cita uma testemunha que afirma:

          “O teólogo protestante Meyfart descreve a tortura que ele mesmo presenciou: ‘Um espanhol e um italiano foram os que sofreram esta bestialidade e brutalidade. Nos países católicos não se condena um assassino, um incestuoso ou um adúltero a mais de uma hora de tortura. Porém, na Alemanha [protestante] a tortura é mantida por um dia e uma noite inteira; às vezes, até por dois dias (…); outras vezes, até por quatro dias e, após isto, é novamente iniciada (…) Esta é uma história exata e horrível, que não pude presenciar sem também me estremecer”.

          O mesmo Janssem nos fornece este outro dado:

          “Em Augsburgo, na Alemanha, no ano 1528, cerca de 170 anabatistas de ambos os sexos foram aprisionados por ordem do Poder Público. Muitos deles foram queimados vivos; outros foram marcados com ferro em brasa nas bochechas ou suas línguas foram cortadas. [Ainda] em Augsburgo, no dia 18 de janeiro de 1537, o Conselho Municipal publicou um decreto em que se proibia o culto católico e se estabelecia o prazo de 8 dias para que os católicos abandonassem a cidade; ao término desse prazo, soldados passaram a perseguir os que não aceitaram a nova fé. Igrejas e mosteiros foram profanados, derrubando-lhes as imagens e os altares; o patrimônio artístico-cultural foi saqueado, queimado e destruído”.

          Frankfurt, também na Alemanha, emitiu uma lei semelhante e a total suspensão do culto católico foi estendida a todos os estados alemães (e depois se tacha a Igreja Católica de intransigente!).

          – Em 1530, em seus “Comentários ao Salmo 80”, Lutero aconselhava aos governantes que aplicassem a pena de morte a todos os hereges.

          – No distrito de Thorgau (Suiça), um missionário zwingliano, liderando um bando protestante, saqueou, massacrou e destruiu o mosteiro local, inclusive a sua biblioteca e o acervo artístico-cultural.

          – Erasmo [de Roterdan] ficou aterrorizado ao ver fiéis piedosos excitados por seus pregadores protestantes: “[Eles] saem da igreja como possessos [do demônio], com a ira e a raiva pintadas no rosto, como guerreiros animados por um general”. O mesmo Erasmo comenta em uma carta que escreveu para Pirkheimer: “Os ferreiros e operários arrancaram as pinturas das igrejas e lançaram insultos contra as imagens dos santos e até mesmo contra o crucifixo (…) Não restou nenhuma imagem nas igrejas nem nos mosteiros (…) Tudo o que podia ser queimado foi lançado ao fogo e o restante foi reduzido a cacos. Nada se salvou”.

          Assim, o Protestantismo destruiu parte do patrimônio cultural europeu, que era protegido e aumentado pelos monges e fiéis católicos.

          – Na Zurique protestante, foi ordenada a retirada de todas as imagens religiosas, relíquias e enfeites das igrejas; até mesmo os órgãos foram supressos. A catedral ficou vazia como continua até hoje. Os católicos foram proibidos de ocupar cargos públicos; a assistência à Missa era castigada com uma multa na primeira vez e com penas mais severas nas reincidências.

          – Em Leifein, no dia 4 de abril de 1525, 3.000 camponeses liderados por um ex-sacerdote [católico] tomaram a cidade, saquearam a igreja, assassinaram os católicos e realizaram sacrilégios sobre o altar, profanando os sacramentos de uma forma inenarrável.

          – Um fato que pareceria nunca ter ocorrido – se não tivesse sido tão bem documentado – foi o “Saque de Roma”. Até mesmo muitos católicos não sabem que tal fato aconteceu. O que foi o Saque de Roma?

          O Saque de Roma foi um dos episódios mais sangrentos do Renascimento. No dia 6 de maio de 1527, os membros das legiões luteranas do exército imperial de Carlos V promoveram um levante e tomaram de assalto a cidade de Roma. Cerca de 18.000 lansquenetes foram lançadas durante semanas contra a pior das repressões, ocasionando um rio de sangue costumeiramente “esquecido” pelos historiadores, que não lhe prestam a devida atenção. Um texto veneziano [contemporâneo] afirma sobre este saque que: “o inferno não é nada quando comparado com a visão da Roma atual”. Os soldados luteranos nomearam Lutero “papa de Roma”.

          Eis mais alguns fatos [desse episódio] que a história de alguns “eruditos” se omite covardemente:

          – Todos os doentes do Hospital do Espírito Santo foram massacrados em seus leitos.

          – Dos 55.000 habitantes de Roma, sobreviveram apenas 19.000.

          – O resgate foi da ordem de 10 milhões de ducados (uma soma astronômica naquela época).

          – Os palácios foram destruídos por tiros de canhões com os seus habitantes dentro.

          – Os crânios dos Apóstolos São João e Santo André serviram para os jogos [esportivos] das tropas.

          – O rio [Tibre] carregou centenas de cadáveres de religiosas, leigas e crianças violentadas (muitas com lanças incrustadas em seu sexo).

          – As igrejas, inclusive a Basílica de São Pedro, foram convertidas em estábulos e missas profanas com prostitutas divertiam a soldadesca.

          – Gregóribo afirma a respeito: “Alguns soldados embriagados colocaram ornamentos sacerdotais em um asno e obrigaram a um sacerdote a conferir-lhe a comunhão. O pobre sacerdote engoliu a forma e seus algozes o mataram mediante terríveis tormentos”.

          – Conta o Pe. Mexia: “Depois disso, sem diferenciar o sagrado e o profano, toda a cidade foi roubada e saqueada, inexistindo qualquer casa ou templo que não foi roubado ou algum homem que não foi preso e solto apenas após o resgate”.

          – Erasmo de Roterdan escreve sobre este episódio: “Roma não era apenas a fortaleza da religião cristã, a sustentadora dos espíritos nobres e o mais sereno refúgio das musas; era também a mãe de todos os povos. Isto porque, para muitos, Roma era a mais querida, a mais doce, a mais benfeitora do que até seus próprios países. Na verdade, o saque de Roma não foi apenas a queda desta cidade, mas também de todo o mundo”.

          Ninguém fala deste horror brevemente expresso nas linhas acima. Mas basta consultar qualquer livro honesto e transparente sobre a história documentada. O mundo se cala – como se cala ainda perante o assassinato silencioso de milhares de católicos por fundamentalistas muçulmanos, hindus, sikis etc, não excluindo os [assassinatos] ocasionados pelo totalitarismo de [Fidel] Castro, o genocídio de Pol-Pot e a pérfida perseguição [das autoridades da] China.

          É [realmente] elegante falar mal da Igreja de dois mil anos de história humana, como se apenas os católicos fossem os geradores das notícias escandalosas, algumas vezes verdadeiras, mas outras vezes simplesmente inexistentes…

          • “As mentiras protestantes sobre Padre Cícero – Refutadas”, Fim da Farsa.

            > O Fiel Católico
            > Apologistas Católicos
            > O Catequista
            > Veritatis Splendor
            > Permanência
            > Respostas Católicas
            > Berakash
            > Montfort
            > ECCLESIA MILITANS
            > Ciência confirma a Igreja
            > Christo Nihil Praeponere
            > Pergunte e Responderemos
            > MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA
            > Cai a Farsa
            > Fim da Farsa
            > Deus lo Vult
            > Cris Macabeus
            > Bizarrices Protestantes
            > Mentiras Protestantes
            > Pio XII Caluniado
            > Cleofas
            > Blog da Família Católica
            > Fratres in Unum
            > Pensamentos de Deus
            > Flores da Modéstia
            > Lepanto
            > A Fé Explicada
            > Paraclitus

        • Vejamos agora a opinião dos “Grandes Reformadores Protestantes” sobre o emprego da violência:

          [Iniciemos, observando que] uma das bases da Reforma Protestante – a [doutrina das] indulgências – foi mal interpretada pelos reformadores ou pelo povo que não tinha formação religiosa (basta fazer um estudo sincero e imparcial).

          No ano de 1518, o Santo Padre o Papa Leão X emitiu uma Bula Pontifícia em que esclarecia [a doutrina das] indulgências e o seu uso. Nesta [bula] eram rejeitados muitos dos méritos que atribuíam [às indulgências]. As indulgências NÃO perdoavam os pecados nem as culpas, mas apenas as penitências terrenas que a Igreja (não um governante secular) havia imposto. Quanto a livrar as almas do Purgatório, o poder do Papa se limitava às oraçães em que suplicava a Deus que aplicasse à alma de certo defunto o excedente dos méritos de Cristo e dos Santos (“A Reforma na Alemanha”, Will Durant).

          De nada adiantou [tal bula], pois a Reforma seguiu o seu curso. A maneira de pensar dos Reformadores foi extremamente violenta e, muitas vezes, uma [verdadeira] apologia ao crime.

          Com efeito, em 1520, vemos Lutero escrever em sua “Epitome”:

          “Se Roma assim crê e ensina, conforme os papas e cardeais, francamente declaro que o verdadeiro anticristo encontra-se entronizado no templo de Deus e governa em Roma (a empurpurada Babilônia), sendo a Cúria a sinagoga de Satanás (…) Se a fúria dos romanistas não cessar, não restará outro remédio senão os imperadores, reis e príncipes reunidos com forças e armas atacarem a essa praga mundial, resolvendo o assunto não mais com palavras, mas com a espada (…) Se castigamos os ladrões com a forca, os assaltantes com a espada, OS HEREGES COM A FOGUEIRA, por que não atacamos com armas, com maior razão, a esses mestres da perdição, a esses cardeais, a esses papas, a todo esse ápice da Sodoma romana, que tem perpetuamente corrompido a Igreja de Deus, lavando assim as nossas mãos em seu sangue?”

          Em um folheto intitulado “Contra a Falsamente Chamada Ordem Espiritual do Papa e dos Bispos”, de julho de 1522, disse:

          “Seria melhor que se assassinassem todos os bispos e se arrasassem todas as fundações e claustros para que não se destruísse uma só alma, para não falar já de todas as almas perdidas para salvar os seus indignos fraudadores e idólatras. Que utilidade tem os que assim vivem na luxúria, alimentando-se com o suor e o sangue dos demais?”

          Em seu folheto “Contra a Horda dos Camponeses que Roubam e Assassinam”, Lutero dizia aos príncipes:

          “Empunhai rapidamente a espada, pois um príncipe ou senhor deve lembrar neste caso que é ministro de Deus e servidor da Sua ira (Romanos 13) e que recebeu a espada para empregá-la contra tais homens (…) Se pode castigar e não o faz – mesmo que o castigo consista em tirar a vida e derramar sangue – é culpável de todos os assassinatos e todo o mal que esses homens cometerem”.

          Em julho de 1525, Lutero escrevia em sua “Carta Aberta sobre o Livro contra os Camponeses”:

          “Se acreditam que esta resposta é demasiadamente dura e que seu único fim e fazer-vos calar pela violência, respondo que isto é verdade. Um rebelde não merece ser contestado pela razão porque não a aceita. Aquele que não quer escutar a Palavra de Deus, que lhe fala com bondade, deve ouvir o algoz quando este chega com o seu machado (…) Não quero ouvir nem saber nada sobre misericórdia”.

          Sobre os judeus, assim dizia em suas famosas “Cartas sobre a Mesa”:

          “Quem puder que atire-lhes enxofre e alcatrão; se alguém puder lançá-los no fogo do inferno, tanto que melhor (…) E isto deve ser feito em honra de Nosso Senhor e do Cristianismo. Sejam suas casas despedaçadas e destruídas (…) Sejam-lhes confiscados seus livros de orações e talmudes, bem como toda a sua Bíblia. Proíba-se seus rabinos de ensinar, sob pena de morte, de agora em diante. E se tudo isso for pouco, que sejam expulsos do país como cães raivosos”.

          E a Igreja Católica é que é acusada de antisemitismo, classificando-se de “frouxas” as palavras de perdão do Papa [João Paulo II] em 2002… Algum representante da igreja luterana já pediu perdão aos judeus?

          Willibald Pirkheimer afirmou, em 1529, sobre a Reforma:

          “Não nego que no princípio todas as atitudes de Lutero não pareciam ser vãs, pois a nenhum homem comprazia todos aqueles erros e imposturas que foram graduamente acumulados no Cristianismo. Por isso eu esperava, junto com outros, que era possível aplicar algum remédio a tão grandes males; porém, fui cruelmente enganado, pois antes que se extirpassem os erros anteriores foram introduzidos muitos outros, mais intoleráveis que, comparados com os outros, faziam estes parecer jogos de crianças (…) As coisas chegaram a tal ponto que os defensores papistas parecem virtuosos quando comparados com os evangélicos (…) Lutero, com sua língua despudorada e incontrolável, deve ter enlouquecido ou ser inspirado por algum espírito maligno”.

          [Passemos agora para o] pensamento e a obra de outros pais da Reforma. Calvino também não foi um exemplo de caridade, como vemos em [sua Carta ao Duque de Somerset, protetor da Inglaterra durante a minoridade de Eduardo VI]:

          “Pessoas que persistem nas superstições do anticristo romano (…) devem ser reprimidas pela espada [que lhe foi confiada]”.

          Em 1547, James Gruet se atreveu a publicar uma nota criticando Calvino e foi preso, torturado no potro duas vezes por dia durante um mês e, finalmente, sentenciado à morte por blasfêmia; seus pés foram pregados a uma estaca e sua cabeça foi cortada.

          Os irmãos Comparet, em 1555, foram acusados de libertinagem e executados e esquartejados; seus restos mortais foram exibidos em diferentes partes de Genebra.

          Melanchton, o teólogo da Reforma [luterana], aceitou ser o presidente da inquisição protestante que perseguiu os anabatistas. Como justificativa, disse: “Por que precisamos ter mais piedade com essas pessoas do que Deus?”, convencido de que os anabatistas arderiam [no fogo] do inferno…

          A inquisição luterana foi implantada com sede na Saxônia, com Melanchton como presidente. No final de 1530, apresentou um documento em que defendia o direito de repressão à espada contra os anabatistas; e Lutero acrescentou de próprio punho uma nota em que dizia: “Isto é de meu agrado”.

          Zwínglio, em 1525, começou a perseguir os anabatistas de Zurique. As penas iam desde o afogamento no lago ou em rios até a fogueira.

          John Knox, pai do presbiteranismo, mandou queimar na fogueira cerca de 1.000 mulheres acusadas de bruxaria na Escócia.

          Acerca da Reforma [Protestante], disse Rosseau:

          “A Reforma foi intolerante desde o seu berço e os seus autores são contados entre os grandes repressores da Humanidade”.

          Em sua obra “Filosofia Positiva”, escreveu:

          “A intolerância do Protestantismo certamente não foi menor do que a do Catolicismo e, com certeza, mais reprovável”.

          A violência não foi exercida apenas contra os católicos; na verdade, os reformadores foram enormemente violentos entre eles mesmos, como percebemos nas opiniões que emitiram entre si:

          – Lutero diz: “Ecolampaio, Calvino e outros hereges semelhantes possuem demônios sobre demônios, têm corações corrompidos e bocas mentirosas”.

          – Por ocasião da morte de Zwínglio (1531), Lutero afirmou: “Que bom que Zwínglio morreu em campo de batalha! A que classe de triunfo e a que bem Deus conduziu os seus negócios!”, e também: “Zwínglio está morto e condenado por ser ladrão, rebelde e levar outros a seguir os seus erros”.

          – Zwínglio não ficou atrás e dizia acerca de Lutero: “O demônio apoderou-se de Lutero de tal modo que até nos faz crer que o possui por completo. Quando é visto entre os seus seguidores, parece realmente que uma legião [de demônios] o possui”.

          [A inquisição evangélica] suspendeu sistematicamente o Catolicismo nas áreas protestantes.

          – Em Zurique, na Suiça, o comparecimento aos sermões católicos implicava em penas e castigos físicos. Mesmo fora do perímetro da cidade, era proibido aos sacerdotes celebrar a Missa e, sob a ordem de “severas penas”, era proibido ao povo possuir imagens e quadros religiosos em suas casas.

          – Ainda em Zurique, a Missa foi prescrita em 1525. A isto, seguiu-se a queima dos mosteiros e a destruição em massa dos templos [católicos]. Os bispos de Constança, Basiléia, Lausana e Genebra foram obrigados a abandonar suas cidades e o território. Um observador contemporâneo, Willian Farel, escreveu: “Ao sermão de João Calvino na antiga igreja de São Pedro seguiu-se desordens em que se destruíram imagens, quadros e tesouros antigos das igrejas” (ou seja: novamente uma parte do patrimônio histórico-cultural da Europa foi destruído, desta vez por instigação direta ou indireta de João Calvino).

          – Strasburgo, 1529: o Conselho da Cidade ordenou a destruição dos altares, imagens e cruzes, além das igrejas e conventos. O mesmo ocorreu em Franckfurt. Na convenção de Hamburgo, em abril de 1535, os concílios dos povos de Lubeck, Brémen, Hamburgo, Luneburgo, Stralsund, Rostock e Wismar decidiram pelo enforcamento dos anabatistas e açoitamento dos católicos e zwinglianos.

          – Na Escócia, John Knox, pai do presbiterianismo, proibiu a Missa sob pena de confisco de bens e açoites públicos. Ocorrendo a reincidência, a pena capital era aplicada ao infrator.

          Poderíamos continuar falando, pois há muito material a respeito, porém, cremos que bastam estes exemplos para demonstrar que a Reforma Protestante não foi pacifista, nem foram os reformadores vítimas inocentes. A intolerância e a violência foram parte integrante de suas vidas.

          • Fábio,

            Critique a reforma protestante, pode criticar mesmo.

            Se o povo que saiu insatisfeito com tua igreja estava indignado com a santa inquisição, pergunto eu, então pra que esses rebelados da tua igreja terem criado confusões?

            Era para não se rebelar, era para serem mortos pela inquisição como fizerem os evangélicos, mas nunca e jamais usar as mesmas armas do inimigo. Cristo deu a vida, nunca matou ninguém.

            Mas tem um ditado que diz, casa de pai, escola de filhos. Como tua igreja ensinou a eles a truculência, então eles usaram o mesmo método.

            Depois, muito depois que vieram fazer parte, evidentemente arrependidos, das igrejas evangélicas. Se bem que em algumas, esses rebelados católicos ainda influenciou.

            Agora não adianta nada teus papas tentarem dizer a eles que não eram violentos, eles não acreditaram, aí sacolejaram com tudo mesmo.

            Quem semeia, colhe.

          • Nossa! Tô lendo nesta mesma página uma lista destes arrependidos que depois, muitos anos depois da inquisição protestante, vieram fazer parte das igrejas evangélicas.

          • Fabio,vocês católicos ao que posso ver,recebem um selo que identifica a quase todos vocês,com apenas,pequenas exceções, todos os católicos que tem se manifestado neste sem nenhuma exceção incluindo você,fazem uso da mesma tática,destorcem os assuntos, mentem,se fazem de sonsos,mal entendidos,dissimulados,e cínicos;porque: o que você postou,foi uma tentativa,de justificar uma situação de vitima,onde a sua igreja é réu,para você falar do que falou,você leu as demais,postagens,mas não quis responder as perguntas feitas a respeito da sua igreja católica, porque é de mais fácil acesso e a verdade é mais fácil de ser comprovada, isolou trecho condenatórios a igreja católica,então procurou distorcer a verdade em cima de um assunto que poucos tem conhecimento ou acesso,eu falei poucos mas não são todos,porque em momento nenhum você completou o assunto,que é a resposta do famoso, porque,porque aconteceu isto? porque foi assim? esta parte você omitiu.Já que você mostrou o que lhe interessava que não corresponde com a verdade; Para chegarmos a verdade dos fatos,vamos começar com três perguntas, e todas elas sejam respondidas conforme a verdade,não minha,não sua,que possa ser comprovada,mesmo que envergonhe a mim ou a você,mas a verdade. 1 – Porque aconteceu a reforma protestante? 2 -Sendo Martin Lutero,monge da igreja católica,porque ele se rebelou e não aceitou se retratar,de forma nenhuma nem mesmo sob ameaças? 3 – Quem era estes protestantes e outros,que se rebelaram (razões) contra a igreja católica?, Estas perguntas são básicas para o esclarecimento dos fatos se não soubermos como iniciou,não saberemos o acontecido,e o que acontece,espero não ficar sem respostas,assim como tem acontecido da parte dos católicos,entre eles Emanuelle,a sonsa,Cristão Católico,o dissimulado. espero não ser você mais um entre eles,porque temos muito o que esclarecer,a respeito do catolicismo,e o protestantismo.(Obs: Não sou protestante,sou na favor só da verdade doa a quem doer.)

          • Fábio,

            E eu estou vendo neste site os que foram inquisidores, os justiceiros com mão própria, os lampiões que mataram os próprios católicos, no caso os que divergissem ou apenas perguntasse algo.

          •  Padre Cícero chegou a Juazeiro, no ano de 1872. Era de baixa estatura, pele clara, olhos azuis, acompanhado sempre de seu cajado, usava uma batina preta e um chapéu redondo da mesma cor. Mais conhecido como o “Meu Padrinho Padre Cícero”, carinhosamente chamado de Padim Ciço. Aos poucos começou correr a notícia de que ele operava milagres, e milhares de romeiros passaram a procurá-lo em busca de solução para seus problemas. Bem, o fato é que o reboliço foi tanto que o pequeno povoado transformou-se em lugar de romaria. O bispo cearense Dom Joaquim e até o Papa Leão XIII, em
            Roma, tiveram de investigar os milagres Juazeiro. O Padrinho chegou a ser recebido pelo papa no Vaticano. O bispo cearense e o papa não reconheceram os milagres e o Padre Cícero Romão foi punido com uma suspensão.

                  Apesar de proibido de celebrar missas, sua residência passou a ser freqüentada por muitos romeiros. Apesar da Igreja Católica não considerar o Padre Cícero um santo, ela não censura os milhões de devotos que o consideram um santo.

                  O Padim Ciço realizou boas ações para a população menos
            favorecida. Organizou mutirões e conseguiu construir pequenos postos de saúde, escolas e orfanatos, além de reformar e construir algumas igrejas católicas.

                  Por outro lado, ele era amigo do peito de vários latifundiários da região, conhecidos como “os coronéis”. Esses senhores ilustres eram opressores dos pobres, marginalizavam os sertanejos, excluindo-os do direito à saúde, aos alimentos e até à vida. Pasme, o Padim Ciço pertencia a essa espécie de liga de coronéis do Ceará e a defendia.

                  Enquanto o Padim Ciço
            destacava-se no Ceará com sua influência político-religiosa, o cangaceiro Lampião e seu bando amedrontavam os poderosos dos sertões nordestinos. O “Rei do Cangaço” era devoto do Padre Cícero. O Padre Cícero articulou para que o cangaceiro Lampião recebesse a patente de capitão dos Batalhões Patrióticos. Por volta de 1926, Padre Ciço já era mais político do que religioso, sendo anticomunista de carteirinha. Aproveitando a fidelidade do bandoleiro à sua pessoa, o pároco juntou-se com seus amigos fazendeiros e doaram armas e munição para o cangaceiro e seu bando atacarem “o revoltoso” Luiz
            Carlos Prestes e sua famosa “Coluna”. O curioso é que (dizem que a pedido do próprio Padim Ciço) Lampião nunca atacou os coiteiros ricos, os fazendeiros safados e os políticos corruptos do Ceará. Isso é que é amizade fiel!

                  O Padim Ciço, do Juazeiro do Norte, é um ídolo nos lares de milhões de católicos. Em algumas casas, ele está presente no móvel da sala, na penteadeira do quarto, na parede do corredor e em cima do refrigerador da cozinha.

                  No Velho Testamento, o primeiro e o segundo mandamentos são um
            “não” à idolatria (Êxodo 20.3-6). E mais: o idólatra deveria ser morto (Dt 17.1-7). Já no Novo Testamento, a punição é a morte eterna: “Quanto, porém,… aos idólatras… a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte” (Ap 21.8). Entre aqueles que ficarão fora da Cidade Celestial estão os idólatras (Ap 22.15).

                  Queridos irmãos e amigos, assimilemos o mesmo consolo e a mesma recomendação contida no final da Primeira Epístola de João: “Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos
            o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna. Filhinhos guardai-vos dos ídolos” (1 Jo 5.20-21).

  16. Francisco,

    O mal se espalha mesmo.

    Agora o dema está infiltrando os teus irmãos católicos nas evangélicas.

    É nisso que dá quando não se combate. Ficam escondendo, pagando indenizações…., aí se multiplica e pula pra casa vizinha.

DEIXE UMA RESPOSTA