Pastor afirma que Deus aceita os homossexuais: “Temos que receber todos que estão em Seu caminho”

88

O televangelista Joel Osteen, pastor da megaigreja Lakewood Church, em Houston, estado norte-americano do Texas, é conhecido por suas ministrações e declarações pouco ortodoxas.

Numa entrevista recente ao apresentador Josh Zepps, Osteen afirmou que Deus aceita os gays, e que o impasse entre igreja e a comunidade homossexual é um dogma eclesiástico.

Osteen está lançando o livro Break Out: 5 Keys to Go Beyond Your Barriers and Live an Extraordinary Life, que pode ser traduzido como “Recomeço: 5 chaves para superar suas barreiras e viver uma vida extraordinária”.

O apresentador Zepps leu um trecho da publicação que diz “Não importa o quanto você goste ou não goste, o que importa é que Deus te ama e te aceita como você é. Ele te aprova”, e aproveitou para questionar a Joel Osteen se esse trecho se aplicaria também aos homossexuais.


“Absolutamente. Eu acredito que Deus soprou vida em cada pessoa. Estamos todos em uma viagem. Ninguém é perfeito”, afirmou o pastor, acrescentando: “A Bíblia diz que o pecado é a soberba, que a ambição pessoal é pecado. Temos a tendência de mexermos com certas coisas, mas creio que cada pessoa é feita a imagem de Deus, e temos que aceitar como são os que estão em seu caminho”.

De acordo com Osteen, a função dos cristãos é anunciar o amor de Jesus: “Uma vez mais, a Bíblia diz que devemos ensinar o caminho às pessoas, que é o amor pelos demais, e, portanto, não estou pregando o ódio, afastando as pessoas. Não estou aqui para dizer a todos o que elas estão fazendo de errado”, concluiu.

Sobre teologia da prosperidade, da qual é adepto, Osteen foi criticado por um dos telespectadores e aceitou a opinião, dizendo que a ênfase da vida cristã não deve ser a busca pelo acúmulo de bens: “Não acredito que você deva passar sua vida orando por coisas materiais, mas acredito que você deve dar graças a Deus por tudo o que Ele tem te dado […] Creio que a Escritura nos ensina que podemos orar pelo nossos sonhos, orar por coisas grandes […] Não é um Deus pequeno, este Deus é incrível”, afirmou, segundo informações do WND.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

88 COMENTÁRIOS

    • Qual o Jesus que esse bosta anuncia? O Jesus hippie paz e amor,o Jesus da comunidade alternativa?
      Ou esse Jesus é um protótipo do seculo 21,criado por insanos? Hoje muitos estão criando Jesus ao seu estilo e modelo,um Jesus que se adapte ao seu conceito e estilo de vida,modelaram Jesus ao seus gosto.
      Mas o Cristo das escritura,é bem diferente,esse ninguém quer mas ele veio para:
      1-Evangelizar os pobres.
      2-Curar os quebrantados de coração.
      3-Proclamar liberdade aos cativos-cativos dos vícios,cativos do homo sexualismo etc.
      4-Dar vistas aos cegos-cegueira física,cegueira espiritual- exem: Religiões ,dogmas,crenças criadas por demônios,espiritismo,umbanda,candomblé,Iurd,casa da benção,Quadrangular,avivamento da fé etc,que levam pessoas distantes do Deus verdadeiro.Nova era,teosofia,hinduísmo,islamismo.
      5-Por em liberdade os oprimidos- Opressão espiritual,vultos,visões,depressões,tristezas,calamidades sem causas,desanimo excessivo,loucura,demência.
      6-Anunciar o ano aceitável do Senhor.

      Essa é a missão do Ungido do senhor,o Cristo LC 4:18
      A missão do discípulo ao anunciar o salvador é: Arrependei-vos,pois,e convertei-vos -Atos 3:19. o resto é resto.

  1. Grande novidade, que novidade tem ai nestas falas não existe novidade alguma, O Deus Santo Único e Verdadeiro realmente aceita qualquer ser humano e o adota como filho, POREM tem regras estatutos A SER SEGUIDOS, se não fizer como ele nos ordena nada feito, com Deus não existe barganha ele aceita por inteiro e não pelas metades, QUER SER FILHO ADOTIVO DE DEUS? SIM EU QUERO, ENTAO FASSAS tudo o que ele te ORDENARRRRRRRRRRR, do contrario pode tirar o cavalo da chuva, ou obedeça o que ele estabeleceu como estatuto e regras e cumpre, ou do contrario pode esquecer e continuar do jeito que estas, porque como já desse com Deus não se brinca com Deus não tem essa de pelas metades, tamos entendido?

    • Que Deus aceita eu não tenho dulvidas. O grande problema é continuar na prática pecaminosa que é o homossexualismo. O que Jesus fez com a mulher adultera? Vai filha eu te perdoo, eu não te condeno, mas portanto todavia ele recomendou a mesma a não pecar mais. Deus aceita o gay, mas não aprova a vida deles. É preciso abandonar suas relações sexuais com o mesmo sexo.

  2. Ser feliz ñ é pecado pra mim. Pecado é fazer o mal. Burro são aqueles que renunciam seu ideal de felicidade por causa da opinião dos outros. Fica doente e descobre se essas pessoas que se intrometem na sua vida vão te estender a mão…

    • COMO ALGO CONTRARIO A NATUREZA PODE TRAZER FELICIDADE, DESDE QUANDO LUGAR DE EXCREMENTO É LUGAR PARA SE PRATICAR SEXO…FELICIDADE E ALEGRIA SOMENTE ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER..AI SIM TEM PRAZER E ALEGRIA…O RESTO É UMA M….

      • Clamando
        De vez em quando você vem dando nos “RINS” dos gays.
        LITERALMENTE.KKKKKKK
        CUIDADO o Roberto doo Recife vai te pedir bis?
        Aiiiiiiioooiiiiiii como ela é grande!!!!
        Ai Clamando aproveita e leva a Roberta para passear de barquinho.

        • Já foi comentado antes aqui e todos sabem a tendência dos que ficam só naquele papai-mamãe sem graça: CHIFRE NA TESTA. Em fevereiro, um evangélico se suicidou na minha cidade ao descobrir que sua esposa o traía com o próprio pastor. O cara aparentava ser meio “sexo tradicional” e a viúva não perdeu tempo. Pegou um pastor Marcos Pereira da vida e mandou ver. Até hoje mantém aquela cara de safada que deus lhe deus. Mesmo assim, é uma “mulher de deus”.

        • E quem falou que malafaia e digno de aprovar ou desaprovar alguma coisa?
          QUEM DISSE QUE MALAFAIA E JUIZ PARA DELIBERAR OU NÃO O QUE É PECADO?

          SEXO ANAL É PECADO GOSTE VC OU NÃO.
          É SE ALGUM DITO CRISTÃ ESTA PRATICANDO ELE ESTA PRATICANDO ATO ABOMINAVÉL, E SE TORNOU PIOR DO QUE OS HOMOSSEXUAIS…

          O ato sexual entre homem e mulher casados, Conforme manda a natureza.
          E COMO UMA OFERTA A DEUS. Pois foi dessa junção que gerou a maior oferta de abraão, seu filho isaque.
          A POSIÇÃO MEU CARO ELES PODEM FAZER ATÉ DE CABEÇA PARA BAIXO NÃO IMPORTA. Porém se fizerem sexo anal isso se torna OFERTA AO DIABO POIS É CONTRA A NATUREZA….

          A opinião do malafaia nesse sentido e PORCA E PECADORA.
          E ELE ESTA PERMITINDO O PECADO DENTRO DA IGREJA DELE.

          Não adianta diogo…
          SE VC É HOMOSSEXUAL, TODA VEZ QUE VC SE RELACIONA COM OUTRO HOMEM, SEJA PASSIVO OU ATIVO, ISSO É OFERTA AO DIABO, QUE VAI LHE GERAR DOENÇAS, MALDIÇÕES FRUSTRAÇÕES.
          E MORTE ETERNA,

        • O MALKAFAIA NÃO É CRENTE ELE É TELE EVANGELISTA DINHEIRISTA DA SILVA PERIGA ATÉ ELE DAR POR UNS MILHÕES, MAS A VERDADE SEJA DITA, EU NÃO ACREDITO QUE O PR, SILAS TENHA FALADO ISTO

      • E bicho bao bicho bao e muie quanto mais agente tem muito mais agente que, e trem bao sor nois gosta e de muie nois gosta e de muie, muie e bao dimais elas não vive sem nois e nois num vive sem as danada, e trem bao trem bao e muie nois num vive sem muie nois num vive sem muie, esses caras qui num gosta de muie sem não viu, eu acho qui esses home qui num gosta de muie sei não viu eu acho qui eles e assim mei boiola num sera não sor, sei não home qui num gosta de muie so pode ce borboleta cor de rosa, agora nois não nois gosta e de muie, VEM NI MIM TREM BAO, OS BOILAS QUI NUM GOSTA PODE MANDA ELAS TUDO PRA MIM, ETA NOIS NOIS E NOIS E JACARE E UM BICHO SOR, HOME QUI E HOME ANDA LEGUAS PUR CAUSA DE UMA XANA SOR, E TREM BAO TREM BAO E MUIE, SE TIVER ARGUEM AI QUI NUM GOSTA MANDA PRA EU, QUI EU LEVO A DANADA, NO MEU APE DE 34 RODAS UMA INTERCULLER MUITO DOIDA, ETA NOIS E VAMO QUI VAMO

          • A não e memo num aquidito, ce ta doido so cururuis credo, ai eu num guento sor se um trem desse acontecer cum eu sei não viu e perigoso eu dar uma sartada duma cerca sacumu ne a carne e fraca e a tentação deste jeito ai qui tu ta falando ai e dimais uai kkkkkk

          • Diogo
            Se sua prima for parecida com você nem colocando a bandeira do Brasil na cara dela né?
            Deve ser feia de bater com pau.hehe.
            Porque você é feio hein?
            Deve ser por isso que virou gay.
            kkklkkkkkkkkkkk

    • Caracomo esse povo é atrasado !!!

      O CARA TEM A CARA DE PAU DE DIZER QEU SER HOMOSSEXUAL É UM IDEAL.
      Meu DEUS a que ponto chega esses caras.
      por causa do orgão sexual, do outro, ….

      SO UMA PESSOA POSSESSA CHAMA DE IDEAL, SER GAY…

      • Cada pessoa tem seu ideal de felicidade, eu tenho o meu e vc o teu! Cada um é feliz a sua maneira e ser homossexual ñ significa sexo 24 horas, há o afeto tbm, o amor, o carinho, o compromisso, a cumplicidade, a amizade, é a coisa mais normal do mundo.

        • Diogo, na mente deles, homossexual passa 24 horas transando. Ledo engano porque, enquanto eles passam o tempo todo decorando capítulos e versículos, o que deve exigir um esforço hercúleo, dada a limitação de neurônios, os gays (ô classe pra ter bom gosto!) viajam em cruzeiros pelo Mediterrâneo e Caribe, conhecem as cidades do Velho Mundo, jantam em bons restaurantes, visitam museus, assistem a boas peças de teatro, exposições de arte, concertos de música clássica, ballet do nível de Bolshoi, Tolstoi e da Companhia Ópera de Paris, frequentam bons cafés e teatro do nível do Scala, Metropolitan e Cólon, de Buenos Aires. É por isso que a classe que tem por lema a liberdade incomoda tanto os que optam pela repressão.

          • KKKKKK
            E verdade existem gays que viajam, em cruzeiro para o mediterraneo.
            MAS NÃO DEMORA MUITO ELES VÃO PARA O SUBTERRANEO…

            Quantos gays que vivem viajando? KKKKKKK
            A maioria vivem na miseria, se deitando com caminhoneiros, procurando jovens para fazer eles terem prazer, sendo humilhados.
            A MAIORIA VIVEM EM COMPLETA MISERIA, E FRUSTRAÇÃO.
            A MAIORIA TEM DOENÇAS VENEREAS.
            A maioria é frustrado por violentarem a si mesmo,
            a MAIORIA CARREGAM DENTRO DE SÍ A DOR DE TEREM SIDO VIOLENTADOS, PELOS TIOS, PRIMOS, ETC.
            A MAIORIA CARREGAM A DOR DO PRECONCEITO DENTRO DE SÍ.
            A MAIORIA DOS QUE NÃO FORAM ABUSADOS E VIOLENTADOS.
            Se tornaram gays, PORQUE TEM O PIT, Pequeno, e por vergonha de mulheres, se tornaram gays….
            ESSA É A CLASSE MAIS FRUSTRADAS DE TODAS, POR ISSO VIVEM A QUERER APARECER,…

          • KKKKKK
            E verdade existem gays que viajam, em cruzeiro para o mediterraneo.
            MAS NÃO DEMORA MUITO ELES VÃO PARA O SUBTERRANEO…

            Quantos gays que vivem viajando? KKKKKKK
            A maioria vivem na miseria, se deitando com caminhoneiros, procurando jovens para fazer eles terem prazer, sendo humilhados.
            A MAIORIA VIVEM EM COMPLETA MISERIA, E FRUSTRAÇÃO.
            A MAIORIA TEM DOENÇAS VENEREAS.
            A maioria é frustrado por violentarem a si mesmo,
            a MAIORIA CARREGAM DENTRO DE SÍ A DOR DE TEREM SIDO VIOLENTADOS, PELOS TIOS, PRIMOS, ETC.
            A MAIORIA CARREGAM A DOR DO PRECONCEITO DENTRO DE SÍ.
            A MAIORIA DOS QUE NÃO FORAM ABUSADOS E VIOLENTADOS.
            Se tornaram gays, PORQUE TEM O PIT, Pequeno, e por vergonha de mulheres, se tornaram gays….
            ESSA É A CLASSE MAIS FRUSTRADAS DE TODAS, POR ISSO VIVEM A QUERER APARECER,… …

  3. Acredito que a tarefa de quem prega o evangelho é levar a mensagem de Cristo à todos quanto puderem. Homo ou héteros, não importa. Agora se não querem crer, aí já não se pode fazer mais nada, a não se colocar nas mãos de Deus.

  4. Lobo em pele de ovelha! “…pastores que se apascentam a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos; são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarreigadas”, Judas 1:12

  5. É REALMENTE AQUELE NEGÓCIO DE ACEITAR A JESUS E SE BATIZAR SER NOVA CRIATURA E DEIXAR AS COISAS VELHAS PASSAREM, HOJE JÁ NÃO SERVE MAIS SEGUNDO ESTE EVANGELISTA, NÃO PRECISA MUDAR? DEUS TE ACEITA COMO ÉS? NASCER DE NOVO NADA É

    • O problema da grande maioria das pessoas, é que elas querem seguir JESUS, e permanecer suja é imunda, na pratica das coisas imundas. e isso DEUS não aceita…

      DEUS ACEITA A PESSOA DO JEITO QUE ELA ESTA, SEJA homossexual, ou não, pedofilo, estuprador, etc.
      POR outro lado ela também tem que aceitar DEUS limpa-la de todas essas imundicias, principalmente do homossexualismo.
      ORA A MAIOR PROVA DISSO FOI O QUE JESUS DISSE PARA PEDRO: Se vc não me deixar te lavar, ENTÃO NÃO TEM PARTE COMIGO…
      E olha que JESUS estava querendo lavar apenas os pés de pedro.
      UMA COISA É DEUS ACEITAR O IMUNDO,OUTRA COISA É ELE ACEITAR O IMUNDO ANDAR COM ELE PRATICANDO A IMUNDICIA.

      Se as pessoas querem continuar imundas, elas podem continuar, PORÉM ELAS NÃO TEM PARTE COM JESUS.

      • Ter parte com Jesus é uma coisa. Não ter parte com o apóstolo Paulo, Levítico e outros livros que condenam a homossexualidade é outra totalmente diferente. Me diga em que parte da Bíblia Jesus condena a homossexualidade. Eu quase não leio a Bíblia, mas, pelo jeito, conheço-a mais do que certos cristãos.

        • O roberto JESUS DISSE:E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento;
          Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.
          Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,
          E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne.
          Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.

          Marcos 10:5-9

          A ONDE ESTÁ ESCRITO QUE DEUS FEZ homossexuais?
          ELE DISSE BEM CLARO: NO PRINCIPIO DEUS FEZ MACHO E FÉMEA…

          Por isso Deixará o HOMEM, pai e mãe, e UNIR-SE-A A SUA MULHER, E tornar-se ão uma só carne.
          A ONDE ESTA ESCRITO QUE DEIXARÁ O HOMEM SEU PAI E SUA MÃE E SE TORNARAM UMA SÓ CARNE?

          E ele conclui: O QUE DEUS JUNTOU NÃO SEPARE O HOMEM.
          DEUS junta homem com mulher, e mulher com homem.

          MAS O DIABO JUNTA HOMEM COM HOMEM E MULHER COM MULHER…

          Pois é impossivém um homem se juntar a outro homem é se tornarem uma só carne, POIS É IMPOSSIVÉM UM HOMEM ENGRAVIDAR OUTRO HOMEM, E GERAR DOS DOIS UMA PESSOA.

          Por isso os que adotam essa aberração, também procuram adotar filhos.
          POIS ESTA ABERRAÇÃO NÃO PODE GERAR UMA NOVA VIDA, POIS É CONTRA A NATUREZA.

          • Acho que você não me ententeu e me vejo obrigado a repetir a minha pergunta: em que parte da bíblia Jesus condena a homossexualidade?

          • Já que somos aberrações da natureza e filhos do diabo, ñ precisamos seguir a bíblia e já que vamos pro inferno, o problema é nosso rs

          • Mas os homossexuais não são aberrações, de maneira nenhuma.
            ELES SÃO SERES HUMANOS Como qualquer outro, ser humano, formado da mesma materia, e sujeito aos mesmos problemas de todo o mundo.
            ABERRAÇÃO SÃO SUAS PRATICAS, Quando me refiro a aberrações me refiro a praticas.
            SUAS PRATICAS SÃO ABERRAÇÕES ASSIM COMO A PEDOFILIA, A ZOOFILIA, ETC.
            ISSO É ABERRAÇÃO.

  6. O problema da grande maioria das pessoas, é que elas querem seguir JESUS, e permanecer suja é imunda, na pratica das coisas imundas. e isso DEUS não aceita…

    DEUS ACEITA A PESSOA DO JEITO QUE ELA ESTA, SEJA homossexual, ou não, pedofilo, estuprador, etc.
    POR outro lado ela também tem que aceitar DEUS limpa-la de todas essas imundicias, principalmente do homossexualismo.
    ORA A MAIOR PROVA DISSO FOI O QUE JESUS DISSE PARA PEDRO: Se vc não me deixar te lavar, ENTÃO NÃO TEM PARTE COMIGO…
    E olha que JESUS estava querendo lavar apenas os pés de pedro.
    UMA COISA É DEUS ACEITAR O IMUNDO,OUTRA COISA É ELE ACEITAR O IMUNDO ANDAR COM ELE PRATICANDO A IMUNDICIA.

    Se as pessoas querem continuar imundas, elas podem continuar, PORÉM ELAS NÃO TEM PARTE COM JESUS……

  7. VAI ARREBENTAR (que pseudônimo de mais baixo nível!), eu perdoo sua ignorância porque, pelo que que se nota, você só interage com as bichinhas quá-quá-quá plantonistas de porta de banheiros de rodoviárias e travestis drogados que se escondem durante o dia e se prostituem na madrugada sombria. Nas horas de folga, vá a uma Livraria Cultura ou à exposição “Mestres do Renascimento” que está em São Paulo. Nesses ambientes você terá oportunidade de conhecer gays de verdade: chiques, finos, cultos, educados, bem vestidos e discretos.

    • MAIS eu não interajo com nenhum gay, vc eta muito equivocada…

      EU SÓ MOSTREI A DURA REALIDADE DA MAIORIA DE VCS. OU Seja menos de 5% de vcs ão finos, inteligentes, e culturais.
      ISSO SE DA EM QUALQUER MEIO.

      Isso é baseado em estudos, APENAS 5% DE QUALQUER CLASSE SE DESTACA REALMENTE, Seja no meio evangelico, seja no meio dos professores, seja no meio de advogados, doutores, escritores, jogadores de futebol e atletas etc. SOMENTE 5% SE DESTACAM E FAZEM A DIFERENÇA.

      No caso de vcs, isso cai PARA 2% Por motivos da maioria ser frustrado por terem sido abusados, maltratados, e carregar o complexo e inferioridade dentro de sí, entre outras frustrações de não terem conseguido SER FELIZ COM O SEXO OPOSTO, partiram para um do mesmo sexo, para ter no minimo companherismo, e alguém que é como ele é para que o entenda é o ame, PORÉM É COMO UM GEGO TENTANDO GUIAR OUTRO CEGO…

      No brasil tem mais de 5 milhões de gays.
      e CITA AI PELO MENOS 2% Deles que estão nos lugares bons dos quais vc citou.
      OU SEJA CITA AI PELO MENOS 200 MIL que estão em bons lugares dos quais vc citou
      talvez esses numeros são muitos, então CITA PELO MENOS 0,2%

      E OUTRA , A MAIORIA MORREM TRAGICAMENTE, E DOENTES TERMINAIS SOFRENDO MUITO,

      • Nooooossa! estou impressionado como este assunto lhe interessa tanto. Nem eu sabia de todas estas estatísticas que você aponta. Impressionante! Olha, eu estou beeeeeege… Isso só demonstra uma coisa – eu acho que quem mais se enquadra no perfil de ser frustrado por ter sofrido abusos na infância é exatamente você.

        • Por incrivél que pareça o roberto.
          Eu nunca sofri nenhum tipo de abuso, na minha infancia.
          e DOU graças a DEUS, por isso, pois vejo que hoje como o assunto e muito comentado, existem milhares de meninos,e meninas que foram abusados, até pelos proprios pais..

          e EM uma familia onde meu pai tem mais de 11 irmãos e minha mãe mais de 9 irmãos, até hoje so sabemos de uma pessoa da familia que gosta de outra do mesmo sexo.
          é essa e mulher…
          pelo menos é a unica declarada.
          SOU DE FAMÍLIA ONDE SE PREZA A A FAMÍLIA.
          E Os pais aprenderam a respeitar os filhos, e sobrinhos etc.
          ESSE É UM DOS PRINCIPAIS MOTIVOS DE NÃO TER HOMOSSEXUAIS, em grande nº no nosso meio.

          FOMOS MUITO BEM INSTRUÍDOS, QUE HOMEM É HOMEM, E MULHER É MULHER.
          e que amor onde se envolve sexo, e só pelo oposto.

          TODA CRIANÇA NASCE PRONTA PARA APRENDER.
          E se os pais não ensinam o mundo ira ensinar.

          • Pois pode procurar que tem muita bicha encubada na sua família. Só não force muito a barra para descobrir senão algum pode se suicidar

          • O seu problema e achar que todo mundo e igual a vc…

            A MAIOR PROVA QUE NEM TODO MUNDO É igual a vc, esta nas estatísticas.
            VC SO GOSTA DE HOMENS, PORQUE TEM UM DEMONIO DENTRO DE VC. O dia que este demonio sair, ai esse desejo por macho vai sumir de vc. ai vc vai ver mulher com outros olhos…
            OS DEMONIOS QUE ESTÃO EM SEU CORPO, A POMBA GIRA.
            IMPEDE VC DE SER HOMEM DE VERDADE.

    • Roberto, é melhor ignorar esse tal de arrebentar, ele tem o direito de seguir a sua crença que tem o direuto de passar dados falsos da realidade! Agora que ele ñ interage com gay, essa boa, só se ele ñ tiver vida social porque ninguém tem escrito na testa “sou gay” ou seja “gosto de pessoas sexo mas isso ñ significa que sou drogado, bêbado que tenho aids, que me prostituo, que sou pedófilo, marginal, criminoso, assassino, delinquente e que ñ sou o Osama Bin Laden que arquitetou o ataque terrorista contra o World Trade Center”.

  8. Que Deus aceita eu não tenho dulvidas. O grande problema é continuar na prática pecaminosa que é o homossexualismo. O que Jesus fez com a mulher adultera? Vai filha eu te perdoo, eu não te condeno, mas portanto todavia ele recomendou a mesma a não pecar mais. Deus aceita o gay, mas não aprova a vida deles. É preciso abandonar suas relações sexuais com o mesmo sexo.

  9. E trem bao e trem bao e muie quanto mais agente arruma quanto mais agente que, muie e bao de mais sor, cumae qui esses home fala qui num gosta de muie sor, qui zome fresco e esses gente pra num gosta de muie um trem bao desse sor, nois num vive sem muie e as danada briga pur nois uai, um home de verdade anda léguas pru mode uma xana, cumae qui esses zome num gosta de uma xana ta doido sor o trem e bao dimais uai, eu trabaiava numa fazenda nois andava treis légua pra ir na currutela atrais do trem, e esses boiola num gosta do trem, e um trem atrapaiado sor um trem desse uai, isso e armadia do pemba pra faze esses zome num gosta duma xana num e memo sor , e trem bao e uma xana sor

  10. PRECISA DESENHAR?

    O HOMOSSEXUALISMO E CONDENADO DO INICIO AO FIM DAS ESCRITURAS.
    E não ha uma parte se quer que o apoie.

    TANTO É QUE NA EPOCA DE JESUS, ELES NÃO ENCONTRARAM NENHUM HOMOSSEXUAL, PARA LEVAR DIANTE DELE, Para tentar pega-lo em contradição.
    Pois na lei mandava apedreja-los, assim também como a mulher adultera.
    PORÉM A LEI ERA TÃO SEVERÁ, QUE AINDA QUE EXISTISSE, NÃO ENCONTRARAM NENHUM, PARA LEVA-LO DIANTE DELE.

    Só o fato de JESUS, reafirmar que DEUS FEZ MACHO E FEMEA, E QUE O HOMEM DEVE SE UNIR A UMA MULHER, SÓ AI ELE JA CONDENOU O HOMOSSEXUALISMO.
    VEJA que ele nem se da o trabalho de cita-los.
    pois DEUS NÃO FEZ UM 3º SEXO. Isso ja foi comprovado cientificamente.

    • Desculpe. VOCÊ ESTÁ ERRADO. Pelo visto é MAIS UM que nunca procurou saber dos ORIGINAIS de sua bíblia.

      ESTUDO COMPROVA QUE ORIGINAIS EM GREGO E HEBRAICO DA BÍBLIA NUNCA CONDENARAM A HOMOSSEXUALIDADE

      • JEAN NÃO PERCA TEMPO COM ESSE MOÇO O ANDRE,ELE DISSE QUE DENTRO DAS IGREJAS TEM ESSE TIPO DE PESSOAS PORQUE ELE JULGA OS OUTROS POR SI PRÓPRIO,ESTOU A 13 ANOS SERVINDO A DEUS E JA VI CASOS HOMOSSEXUAIS NA IGREJA, VÁRIOS ONDE OS DEMONIOS FORAM EXPULSOS E AS PESSOAS LIVRES,ELE DEVE TER FREQUENTADO UMA IGREJA QUE SÓ TINHA NOME DE IGREJA,DEIXA ELE PISAR LA NA MINHA PRA VER SE ELE NÃO VIRA HOMEM.A PALAVRA HOMOSSEXUALIDADE PODE TER SIDO CRIADA SECULO PASSADO NÃO INTERESSA,O QUE PRA NÓS INTERESSA QUE O SENHOR DIZ EM SUA PALAVRA QUE O HOMEM QUE SE DEITA COM O OUTRO OU A MULHER É ABOMINÁVEL AOS OLHOS DELE,E PONTO FINAL.OS BICHAS NÃO SABEM QUE TEEM PROBLEMA ESPIRITUAL,NÓS COMO CRISTÃOS DEVEMOS ORAR A DEUS PARA LIBERTAR TANTO OS DE FORA DA IGREJA COMO OS DE DENTRO COMO ESSE AÍ QUE ESTÁ DANDO UM PÉSSIMO TESTEMUNHO!!

    • Seguindo o seu raciocínio, então Jesus também condenou os que não se casam. Já que a ordem foi se unir a uma mulher, quem fica solteiro está pecando. E mais: Paulo então foi contra Jesus ao dizer que seria melhor se todos ficassem solteiros. Não faz sentido.

    • Agora somos seres humanos mas horas atrás eramos frustrados que foram violentados que vivem na miséria, que se deitam com caminhoneiros, atrás de prazer e sempre sendo humilhados, cheios de doenças venérias que tem mortes trágicas! Será que vc vê os homossexuais como seres HUMANOS mesmo? Não me importa a sua Bíblia, estou falando da convivência social. Acabo de descobrir que sou mais cristão que você, pois nunca iria humilhar outro ser humano por me lembraria que também sou um e que todos nós temos sentimentos. Você é perfeitamente representado por Feliciano e Malafaia pois o papel de cristão da atualidade é ser contra a homossexualidade, isso é o mais importante. E não me venha com o que diz a Bíblia porque a questão saiu do tema religião faz tempo, essa Bíblia que você tem é só uma forma de justificar o próprio preconceito seu e de muitos “cristãos”. O preconceito não está na Bíblia, está em você porque independente da Bíblia, a idéia de dois homens andando de mãos dadas, se beijando ou fazendo sexo TE incomoda..

      • Diogo, esse povo é louco e não mede as palavras na hora de vomitar seus preconceitos. Por isso falam tantas besteiras. Logo em seguida se contradizem, e nem se dão conta das asneiras que acabaram de declarar. Só os loucos se comportam desta maneira… Então, o melhor a fazer é não dar ouvidos. Afinal, os cães ladram mas não conseguem impedir que a caravana prossiga.

  11. Enquanto muitos se preocupa com a vida dos outros a propria salvacao ta inu pro saco… Intao em vez de preocupa com as escolhas dos outros cuidem de suassalvacao pq o tempo esta akbando e Jesus esta voltando.
    So uma coisa SOU EXTREMAMENTE CONTRA OS VIADOS

  12. Peço paciência aos nobres colegas e que leiam e tentem entender a mensagem abaixo. É bem esclarecedora a respeito do homossexualismo, tanto masculino como feminimo! Peço especial atenção ao último parágrafo do texto!

    Karl Heinz Kepler: O Homossexual de Romanos 2

    Romanos 1.16-32

    16 Eu não me envergonho do Evangelho, pois é o poder de Deus para salvar todos os que crêem; primeiro os judeus, e depois os não-judeus. Porque o Evangelho mostra que Deus nos aceita por meio da fé, do começo ao fim. Como dizem as Escrituras Sagradas: “Viverá aquele que, por meio da fé, é aceito por Deus”.

    18 Nós vemos que o castigo de Deus cai do céu contra todo pecado e contra toda maldade dos seres humanos que, por meio das suas más ações, não deixam que a verdade seja conhecida. Deus os castiga porque o que eles podem conhecer a respeito dele está bem claro, pois foi o próprio Deus que mostrou isso a eles. Desde que Deus criou o mundo, as suas qualidades invisíveis, tanto o seu poder eterno como a sua natureza divina, têm sido vistos claramente. Os seres humanos podem ver tudo isso no que Deus tem feito e, portanto, eles não têm desculpa nenhuma. Embora conheçam a Deus, não lhe dão a honra que merece e não lhe são agradecidos. Ao contrário, acabaram pensando só em tolices, e as suas mentes vazias estão cheias de escuridão. Eles dizem que são sábios, mas são loucos. Em vez de adorarem ao Deus imortal, adoram ídolos que se parecem com seres humanos, ou com pássaros, ou com animais, inclusive os que se arrastam pelo chão.

    24 E, porque esses seres humanos são assim tão loucos, Deus os entregou aos desejos dos seus corações para fazerem coisas sujas e para terem relações vergonhosas uns com os outros. Eles trocam a verdade de Deus pela mentira e adoram e servem o que Deus criou, em vez de adorarem e servirem o próprio Criador, que deve ser louvado para sempre. Amém.

    26 Por causa do que essas pessoas fazem, Deus as entregou às paixões vergonhosas. Pois até as mulheres trocam as relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens têm relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmos o castigo que merecem por causa da sua maldade.

    28 E, como não querem saber do verdadeiro conhecimento a respeito de Deus, ele os entregou aos seus maus pensamentos para que façam o que não devem. Estão cheios de perversidade, maldade, avareza, vícios, ciúmes, crimes, lutas, mentiras e malícia. Difamam e falam mal uns dos outros. Odeiam a Deus e são atrevidos, orgulhosos e vaidosos. Inventam muitas maneiras de fazer o mal, desobedecem aos pais, são imorais, não cumprem a palavra, não têm amor por ninguém e não têm pena dos outros. Eles sabem que a Lei de Deus diz que quem vive assim merece a morte. Mas mesmo assim continuam a fazer essas coisas e, pior ainda, aprovam os que agem como eles.

    Romanos 1.18-32 é o texto bíblico mais utilizado quando se fala de homossexualismo no contexto cristão. O que ele ensina?

    Resumidamente, ele mostra uma “escada descendente, da degradação humana”, uma seqüência de quedas — que só pode mesmo terminar na morte. Esse processo é quase automático, desencadeado pela “ira de Deus contra todo pecado” humano. É parecido com a degradação do mundo rumo ao fim, descrita no Apocalipse: o modo de viver sem Deus já traz embutido a consequente degradação, que nada mais é do que a morte-salário do pecado.

    Provavelmente por isso é que Paulo, antes de descrever a “escada da morte em vida”, afirma que “a vida é pela fé”, único jeito de alcançar justiça perante Deus.

    Visto nesse trecho, o homossexualismo aparece realmente como uma das consequências do modo de vida humano, do “viver sem reconhecer Deus”. As relações entre homens são descritas como “vergonhosas” e acompanham outras “coisas sujas”, e é no próprio corpo que aparecem sinais da merecida condenação de Deus sobre a maldade. Isso tudo é verdade, mas não é tudo, especialmente se quisermos achar resposta para a pergunta: Como tratar os homossexuais no contexto cristão?

    Acho que aqui fomos traídos pela divisão em capítulos e em subtítulos, que não fazem parte do texto bíblico original. Todo comentarista diz que esse capítulo 1 de Romanos mostra como os gentios, pagãos, estão inquestionavelmente debaixo do pecado, e que no capítulo 2 Paulo mostra que os judeus também são demonstrados como pecadores indesculpáveis. Novamente, isso tudo é verdade. Mas a colocação de uma divisória entre o capítulo 1 e 2 nos atrapalha de entender toda a mensagem, que na verdade começou com 1.16 e 17, sobre o poder salvador do evangelho e a vida e justiça unicamente pela fé. Vejam os versículos imdediatamente seguintes, do início do cap. 2:

    2.1-3 Meu amigo, você julga os outros? Não importa quem você seja, não tem desculpa de jeito nenhum. Porque, quando julga os outros e faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo. Nós sabemos que Deus é justo quando condena os que fazem essas coisas. Mas você, meu amigo, faz as mesmas coisas que condena nos outros! Você pensa que escapará do julgamento de Deus?

    É muito cômodo nos distanciarmos da situação por nos referirmos aos gentios e aos judeus. Só que esse texto é dirigido também a nós, cristãos, que conhecem a palavra de Deus e procuram observá-la em seu viver (tal qual os judeus piedosos tentavam fazer também). Acho que esse questionamento de Paulo (que sublinhei no texto) nos ajudará a entender o espírito do texto todo, de Romanos 1 e 2. Como é que Deus pode dizer que “você faz as mesmas coisas que condena nos outros”?!

    Aplicado especificamente para o homossexualismo descrito — e condenado — versículos antes, isso quereria dizer: “você que condena o homossexualismo faz as mesmas coisas que os homossexuais”! (e o mesmo se aplica a todos os outros pecados mencionados; injustiça, avareza, contenda, calúnia….).

    Foi assim que voltei ao capítulo 1 para ver se o texto daria base para essa interpretação. O primeiro pecado do homem, na escada descendente, é a recusa a reconhecer Deus, o Criador, o que os levou a criar um “sabedoria louca” (1.20-23), que tenta criar substitutos para a imagem de Deus. A partir desse ponto o vs. 24 diz: ” por isso Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si” e reforça no vs. 26: “Por causa disso Deus os entregou a paixões infames…” e aí descreve a relação sexual homossexual, tanto de homens como de mulheres. Logo depois, no vs. 28, novamente diz que “Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes…” e aí vem a lista de vários pecados, da injustiça à falta de misericórdia.

    O que chama a atenção é que Rm 1 confirma, sim, a afirmação de Rm 2.3. Todos esses pecados, o homossexualismo entre eles, são descritos como alguma coisa que brota de dentro, do nosso próprio coração. A ira castigadora de Deus apenas “solta, libera” os homens para caírem na maldade que eles desejam praticar (e que traz a morte como consequência final, como “salário”). É por isso que Paulo pode nos acusar de sermos indesculpáveis quando julgamos quem quer que seja. O nosso coração é tão ruim, corrupto e pervertido quanto o dos avarentos, dos invejosos e também dos homossexuais. No sentido explícito de Rm 2.3, todos nós somos homossexuais! A diferença quanto ao nosso nível de comprometimento deve-se apenas à graça de Deus que nos segura, e à bondade de Deus que nos reaproxima do arrependimento.

    Por isso, mesmo sem chegarmos a todas as conclusões que gostaríamos, acho que temos bem explicada a atitude inicial necessária, tanto para discutir homossexualidade quanto para lidar com pessoas homossexuais: conforme Romanos 2 somos todos homossexuais, de coração.

    Karl Heinz Kepler é pastor, psicólogo clínico, editor de revista e atual presidente do CPPC (Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos – http://www.cppc.org.br)

  13. Peço paciência aos nobres colegas e que leiam e tentem entender a mensagem abaixo. É bem esclarecedora a respeito do homossexualismo, tanto masculino como feminimo! Peço especial atenção ao último parágrafo do texto (Duro é esse discurso! Quem o poderá suportar?)

    O Homossexual de Romanos 2

    Leiam Romanos 1.16-32

    Romanos 1.18-32 é o texto bíblico mais utilizado quando se fala de homossexualismo no contexto cristão. O que ele ensina?

    Resumidamente, ele mostra uma “escada descendente, da degradação humana”, uma seqüência de quedas — que só pode mesmo terminar na morte. Esse processo é quase automático, desencadeado pela “ira de Deus contra todo pecado” humano. É parecido com a degradação do mundo rumo ao fim, descrita no Apocalipse: o modo de viver sem Deus já traz embutido a consequente degradação, que nada mais é do que a morte-salário do pecado.

    Provavelmente por isso é que Paulo, antes de descrever a “escada da morte em vida”, afirma que “a vida é pela fé”, único jeito de alcançar justiça perante Deus.

    Visto nesse trecho, o homossexualismo aparece realmente como uma das consequências do modo de vida humano, do “viver sem reconhecer Deus”. As relações entre homens são descritas como “vergonhosas” e acompanham outras “coisas sujas”, e é no próprio corpo que aparecem sinais da merecida condenação de Deus sobre a maldade. Isso tudo é verdade, mas não é tudo, especialmente se quisermos achar resposta para a pergunta: Como tratar os homossexuais no contexto cristão?

    Acho que aqui fomos traídos pela divisão em capítulos e em subtítulos, que não fazem parte do texto bíblico original. Todo comentarista diz que esse capítulo 1 de Romanos mostra como os gentios, pagãos, estão inquestionavelmente debaixo do pecado, e que no capítulo 2 Paulo mostra que os judeus também são demonstrados como pecadores indesculpáveis. Novamente, isso tudo é verdade. Mas a colocação de uma divisória entre o capítulo 1 e 2 nos atrapalha de entender toda a mensagem, que na verdade começou com 1.16 e 17, sobre o poder salvador do evangelho e a vida e justiça unicamente pela fé. Vejam os versículos imdediatamente seguintes, do início do cap. 2:

    2.1-3 Meu amigo, você julga os outros? Não importa quem você seja, não tem desculpa de jeito nenhum. Porque, quando julga os outros e faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo. Nós sabemos que Deus é justo quando condena os que fazem essas coisas. Mas você, meu amigo, faz as mesmas coisas que condena nos outros! Você pensa que escapará do julgamento de Deus?

    É muito cômodo nos distanciarmos da situação por nos referirmos aos gentios e aos judeus. Só que esse texto é dirigido também a nós, cristãos, que conhecem a palavra de Deus e procuram observá-la em seu viver (tal qual os judeus piedosos tentavam fazer também). Acho que esse questionamento de Paulo (que sublinhei no texto) nos ajudará a entender o espírito do texto todo, de Romanos 1 e 2. Como é que Deus pode dizer que “você faz as mesmas coisas que condena nos outros”?!

    Aplicado especificamente para o homossexualismo descrito — e condenado — versículos antes, isso quereria dizer: “você que condena o homossexualismo faz as mesmas coisas que os homossexuais”! (e o mesmo se aplica a todos os outros pecados mencionados; injustiça, avareza, contenda, calúnia….).

    Foi assim que voltei ao capítulo 1 para ver se o texto daria base para essa interpretação. O primeiro pecado do homem, na escada descendente, é a recusa a reconhecer Deus, o Criador, o que os levou a criar um “sabedoria louca” (1.20-23), que tenta criar substitutos para a imagem de Deus. A partir desse ponto o vs. 24 diz: ” por isso Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si” e reforça no vs. 26: “Por causa disso Deus os entregou a paixões infames…” e aí descreve a relação sexual homossexual, tanto de homens como de mulheres. Logo depois, no vs. 28, novamente diz que “Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes…” e aí vem a lista de vários pecados, da injustiça à falta de misericórdia.

    O que chama a atenção é que Rm 1 confirma, sim, a afirmação de Rm 2.3. Todos esses pecados, o homossexualismo entre eles, são descritos como alguma coisa que brota de dentro, do nosso próprio coração. A ira castigadora de Deus apenas “solta, libera” os homens para caírem na maldade que eles desejam praticar (e que traz a morte como consequência final, como “salário”). É por isso que Paulo pode nos acusar de sermos indesculpáveis quando julgamos quem quer que seja. O nosso coração é tão ruim, corrupto e pervertido quanto o dos avarentos, dos invejosos e também dos homossexuais. No sentido explícito de Rm 2.3, todos nós somos homossexuais! A diferença quanto ao nosso nível de comprometimento deve-se apenas à graça de Deus que nos segura, e à bondade de Deus que nos reaproxima do arrependimento.

    Por isso, mesmo sem chegarmos a todas as conclusões que gostaríamos, acho que temos bem explicada a atitude inicial necessária, tanto para discutir homossexualidade quanto para lidar com pessoas homossexuais: conforme Romanos 2 somos todos homossexuais, de coração.

  14. Agora somos seres humanos mas horas atrás eramos frustrados que foram violentados que vivem na miséria, que se deitam com caminhoneiros, atrás de prazer e sempre sendo humilhados, cheios de doenças venérias que tem mortes trágicas! Será que vc vê os homossexuais como seres HUMANOS mesmo? Não me importa a sua Bíblia, estou falando da convivência social. Acabo de descobrir que sou mais cristão que você, pois nunca iria humilhar outro ser humano por me lembraria que também sou um e que todos nós temos sentimentos. Você é perfeitamente representado por Feliciano e Malafaia pois o papel de cristão da atualidade é ser contra a homossexualidade, isso é o mais importante. E não me venha com o que diz a Bíblia porque a questão saiu do tema religião faz tempo, essa Bíblia que você tem é só uma forma de justificar o próprio preconceito seu e de muitos “cristãos”. O preconceito não está na Bíblia, está em você porque independente da Bíblia, a idéia de dois homens andando de mãos dadas, se beijando ou fazendo sexo TE incomoda..

  15. DE FATO DEUS ACEITA O HOMOSSEXUAL COMO TAMBEM O PEDÓFILO, O TARADO, O ESTRUPADOR, A LÈSBICA. MAS ABOMINA A PRATICA DESSES ATOS.
    NAO PRECISO DE ARGUMENTOS BÍBLICOS PARA ENTENDER QUE, PEDOFILIA,HOMOSSEXUALISMO,VAMPIRISMO,TARA, ZOOFILIA OU QUALQUER TIPO DE SEXO
    DETURPADO ESTAO AS MARGENS DA LEI, DA MORAL, DOS BONS COSTUMES, ETC…

    • Assim como o divórcio, não é, Jairo Almeida? Não são vocês que fazem discursos a favor da família tradicional? Então me explique, por que o divórcio é tolerado no meio evangélico? Vocês condenam o casamento gay, mas eu não tenho medo de afirmar que o divórcio é o pior câncer da sociedade, porque afeta diretamente os filhos do casal. Eu não conheço nenhum filho de pais separados que não seja problemático. Aliás, pesquisas demonstram que 85% dos jovens infratores são filhos de pais separados. Mas deste fato o senhor se esquece, ou faz que não está vendo, não é? Sabe qual é o mal da maioria dos evangélicos? HIPOCRISIA. Não se esqueça de que seu próprio mestre Jesus alertou: “AI DE VÓS, HIPÓCRITAS!”

      • caro colega roberto primeiro nao precisa me chamar de senhor obrigado pelo respeito mas ainda me sinto um garito mesmo na casa dos 30.
        quero lhe informar que a igreja de cristo nao tolera o divorcio salvo em caso de prostituiçao, pois nenhuma mulher deve se sentir obrigada a conviver com um homen
        infiel prostituto correndo o risco de contrair aides, voce acha que uma esposa dedicada
        merece ser espancada todos os dias por um marido cahaceiro adùtero simplismente porque esta presa a um papel? caro colega vc usou o termo certo certo: o divorcio
        è tolerado na biblia, e nao permitido por motivos alheio.
        em relaçao a uniao gay vc tem que questionar a deus e biblia eu nao tenho
        nada com isso nao è pra mim que voce tem que se justificar, existe varias religioes
        outros dògmas, outras linhas de fiosofias , e atè outras igrejas que supostamente
        se intitulam evangelicas vc pode aderir umas delas e ser feliz…
        um abraço cordial meu caro amigo.
        jairo

    • Jesus afirmou a autoridade dos apóstolos. Ele prometeu enviar o Espírito Santo, o qual os guiaria para revelar toda a verdade (João 14:26; 15:26,27; 16:12,13). Enviou os apóstolos com a missão de lhe servirem como porta-vozes e representantes (João 20:21; Mateus 28:19,20; Atos 1:8). Os próprios apóstolos afirmaram ter recebido a sua mensagem por revelação de Deus (Efésios 3:3-5; 1 Tessalonicenses 4:2; 1 Coríntios 2:10-13). Logo se Paulo condenou algo, ele condenou por revelação divina.

      • O fato de afirmar autoridade não garante que as palavras originais sejam reveladas pela verdade, sem serem deturpadas pelos “ungidos de deus”, tipo Silas Malafaia e Marco Feliciano, que se declaram escolhidos. Ah, e Paulo era um psicopata que perseguia e matava os cristãos, portanto, suas palavras para mim não tem valor. Em que parte da bíblia Jesus condenou a homossexualidade?

        • Saulo como vc bem falou ERA perseguidor dos cristãos, até que num belo dia conheceu a Jesus e se converteu, passou a ser chamado Paulo.

          Com respeito a Malafaia e Feliciano, a bíblia nos ensina que devemos comparar tudo que é dito com as escrituras. Davi era ungido de Deus e mesmo assim caiu em adultério, ser ungido não quer dizer que é infalível, sem pecado, etc… apenas uma consagração para o serviço ministerial.

          Se a palavra de Paulo pra vc não tem valor, imagino que se Jesus dissesse que a prática do ato homossexual é errado, vc diria o mesmo dele, estou certo ?

          • Vou perguntar pela última vez: em que parte da bíblia Jesus condena diretamente a homossexualidade?
            Eu sei que os evangélicos costumam seguir as palavras dos “ungidos”, mesmo que tenham passado (e até presente) mais sujo do que pau de galinheiro, mas não me dou a este propósito. Jamais aceitaria que pessoas como a pastora Suzane Richtoffen e o pastor Guilherme de Pádua (sem contar todos esses ex-viciados e traficantes de drogas) venham cantar de galo em cima de mim, depois de terem praticado as maiores barbaridades contra a pessoa humana. E sabe por quê? porque constatei que as pessoas podem até abandonar a criminalidade, mas a criminalidade não abandona a pessoa. É por isso que muitos se convertem, aceitam Jesus, mas vivem da extorsão de pessoas ingênuas (quem não conhece o caso do cartão sem a senha?). Em suma, a pessoa para definir minhas normas de conduta tem que ser, no mínimo, perfeita. Pessoas como você são acostumadas a conviver com mentiras, fábulas, mitos, e esperanças em uma coisa que nunca vai acontecer. Mas eu, que desde cedo aprendi a ter o pé no chão, não consigo conviver com esta situação. Eu vou à luta para alcançar meus objetivos, sem proteção divina. Ah, ia me esquecendo, quem me protege são os demônios que se apossaram de mim desde que me entendo por gente.

  16. Vai Arrebentar, você diz que eu tenho um demônio dentro de mim. Então deixa ele aí. Até hoje este demônio só me deu “benças”. Desde adolescente eu aprendi a me virar sozinho: faculdades, aprovação em concursos, bons empregos, talentos artísticos. Então não tenho do que me queixar deste demônio que me possuiu. Por outro lado, ontem mesmo eu estava vendo a situação da faxineira do meu prédio que paga o dízimo religiosamente. Não tem como comparar a situação dela com a dos outros gays que moram no meu prédio. Ah, e pense num demônio inteligente este que me possuiu… O problema dos evangélicos é baixa autoestima. Quem se ama e tem iniciativa não precisa de proteção divina para vencer os obstáculos que a via impõe. O Silas Malafaia, péssimo evangélico mas excelente pregador de palestras motivacionais, está batendo nessa tecla direto.

    • JEAN NÃO PERCA TEMPO COM ESSE MOÇO O ANDRE,ELE DISSE QUE DENTRO DAS IGREJAS TEM ESSE TIPO DE PESSOAS PORQUE ELE JULGA OS OUTROS POR SI PRÓPRIO,ESTOU A 13 ANOS SERVINDO A DEUS E JA VI CASOS HOMESSEXUAIS NA IGREJA, VÁRIOS ONDE OS DEMONIOS FORAM EXPULSOS E AS PESSOAS LIVRES,ELE DEVE TER FREQUENTADO UMA IGREJA QUE SÓ TINHA NOME DE IGREJA,DEIXA ELE PISAR LA NA MINHA PRA VER SE ELE NÃO VIRA HOMEM.A PALAVRA HOMSSEXUALIDADE PODE TER SIDO CRIADA SECULO PASSADO NÃO INTERESSA,O QUE PRA NÓS INTERESSA QUE O SENHOR DIZ EM SUA PALAVRA QUE O HOMEM QUE SE DEITA COM O OUTRO OU A MULHER É ABOMINÁVEL AOS OLHOS DELE,E PONTO FINAL.OS BICHAS NÃO SABEM QUE TEEM PROBLEMA ESPIRITUAL,NÓS COMO CRISTÃOS DEVEMOS ORAR A DEUS PARA LIBERTAR TANTO OS DE FORA DA IGREJA COMO OS DE DENTRO COMO ESSE AÍ QUE ESTÁ DANDO UM PÉSSIMO TESTEMUNHO!!

  17. Sou cristão mas devo admitir que na maioria das vezes o Diogo e o Roberto têm mais razão e mais argumentos que a maioria dos “irmãos” que postam seus comentários aqui! E depois que o Malafaia liberou o anal nas irmãzinhas casadas, muitos admiradores dele perderam o chão…
    É pecado homem dormir com homem mas não é pecado sexo anal entre casais evangélicos? É isso mesmo ou o Malafaia precisa desenhar?…O homossexualismo não se resume apenas em relação anal… o problema é bem mais complexo… Conheço uma garota de família evangélica que é hermafrodita! Imagina a cruz que essa criatura vai carregar pela vida toda! É facil dar pitaco quando a pimenta não é em nossos olhos…
    Quanto às opiniões esdruxulas do “vai arrebentar”, eu pergunto: Bíblia também não relata especificamente nenhum caso de Jesus ter se encontrado e curado algum canceroso, diabético, hermafrodita, pessoas com insuficiencia renal, tuberculoso, mal de Parkinson, sindrome de Daw…. só porisso essas doenças não existiam no antigo Israel?
    “Jesus fez também muitas outras coisas. Se cada uma delas fosse escrita, penso que nem mesmo no mundo inteiro haveria espaço suficiente para os livros que seriam escritos.” – João 21:25.

  18. que todo cristão deve saber sobre homossexualidade

    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!” (João, 8:32)

    1) Não há, na Bíblia, nenhuma só vez as palavras homossexual, lésbica ou homossexualidade. Todas as Bíblias que empregam estas expressões estão erradas e mal traduzidas. A palavra homossexual só foi criada em 1869, reunindo duas raízes lingüísticas: Homo (do Grego, significando “igual”) e Sexual (do latim). Portanto, como a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás, não poderiam os escritores sagrados terem usado uma palavra inventada só no século passado. Elementar, irmão!

    2) A prática do amor entre pessoas do mesmo gênero, porém, é muito mais antiga que a própria Bíblia. Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth. Segundo o poeta e escritor Goethe, “a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade”. Certamente, cada tempo com sua experiência singular, mas com o mesmo direcionar de desejo: o igual.

    3) No antigo Oriente, a homossexualidade foi muito praticada. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel, havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo). Como explicar, então, que, entre as abominações do Levítico, apareça esta condenação: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12). Segundo os Exegetas (estudiosos das escrituras sagradas), fazia parte da tradição de inúmeras religiões de localidades circunvizinhas à Israel, a prática de rituais homoeróticos, de modo que esta condenação visa fundamentalmente afastar a ameaça daqueles rituais idolátricos e não a homossexualidade em si. Prova disto é que estes versículos condenam apenas a homossexualidade masculina: teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado? Considerando que, do imenso número de leis do Pentateuco, apenas duas vezes há referência à homossexualidade (e só à masculina), concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé, do mesmo modo que inúmeras outras abominações do Levítico, como os tabus alimentares (por exemplo, comer carne de porco) e os tabus relativos ao esperma e ao sangue menstrual, hoje completamente abandonadas e esquecidas. Por que católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor?. Intolerância machista e ignorância que Freud explica!

    4) Se a homossexualidade fosse prática tão condenável, como justificar a indiscutível relação homossexual existente entre David e Jônatas?! Eis a declaração do salmista para seu bem-amado: “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26). Alguns crentes argumentarão que se tratava apenas de um amor espiritual, ágape. Preconceito primário, pois só as coisas materiais são referidas com a expressão “delicioso”, e não resta a sobra da menor dúvida que David, em sua juventude, foi adepto do “amor que não ousava dizer o nome”. Não foi gratuitamente que o maior escultor de nossa civilização, Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália. Negar o amor homossexual entre estes dois importantes personagens bíblicos (“amizade mais maravilhosa que o amor (Eros) das mulheres”) é negar a própria evidência dos fatos. “Tendo olhos, não vedes? E tendo ouvido, não ouvis?!” (Marcos, 8:18).

    5) Pelo visto, embora o Levítico fosse extremamente severo contra a prática da cópula anal (determinando igualmente a pena de morte contra o adultério e o bestialismo), outros livros sagrados revelam maior tolerância face ao homoerotismo. O Eclesiastes ensina: “É melhor viverem dois homens juntos do que separados. Se os dois dormirem juntos na mesma cama se aquecerão melhor” (4:11). Num país quente como a Judéia, o interesse em dormir junto só podia ser mesmo erótico. Portanto, na teoria o Levítico era uma coisa e a prática, desde os tempos bíblicos, parece ter sido outra. “Deus nos fez ministros da nova aliança, não a da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6)

    6) A destruição de Sodoma e Gomorra? Indagarão alguns. Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas que, em geral, são propositadamente escondidas e desconhecidas pelos cristãos: 1) não há evidência histórica ou arqueológica que confirme a real existência dessas cidades; 2) este relato é obra dos “Javistas” (escritores bíblicos do século X a.C.), que se apropriaram de relatos mitológicos de outros povos anteriores aos judeus; 3) a própria destruição da suposta intenção homoerótica dos habitantes de Sodoma em relação aos três visitantes de Abraão (anjos ou homens?) apresenta dificuldades sérias de interpretação, pois quando os habitantes de Sodoma declararam desejar conhecer os visitantes, maliciosamente se interpretou o verbo “conhecer” como sinônimo de “ato sexual”. Segundo os exegetas, das 943 vezes que aparece esta palavra no Antigo Testamento (“yadac” em hebraico), em apenas 10 ela tem significado heterossexual – nenhuma vez o sentido homossexual. A associação do pecado dos “sodomitas e gorromitas” com a homossexualidade é um grave erro histórico, que tem sua oficialização pela igreja católica apenas na Idade Média, a “idade das trevas”.

    7) A própria Bíblia e o filho de Deus nos dão a chave para corrigir esta maliciosa identificação de Sodoma e Gomorra com a homossexualidade. Segundo os mais respeitados estudiosos das Sagradas Escrituras, o pecado de Sodoma é a injustiça e a anti-hospitalidade, nunca a violação homossexual. Prova disto, é que todos os textos que aludem à Sodoma no Antigo Testamento atribuem sua destruição a outros pecados e não ao “homossexualismo”: falta de justiça (Isaías, 1:10 e 3:9), adultério, mentira e falta de arrependimento (Jeremias, 23:14); orgulho, intemperança na comida, ociosidade e “por não ajudar o pobre e indigente” (Ezequiel, 16:49); insensatez, insolência e falta de hospitalidade (Sabedoria, 10:8; 19;14; Eclesiástico, 16:8). No Novo Testamento, não há qualquer ligação da destruição de Sodoma com a sexualidade e, muito menos, com a homossexualidade (Mateus,10:14; Lucas, 10:12 e 17:29). Só nos livros neotestamentários tardios de Judas e Pedro, é que aparece em toda a Bíblia alguma conexão entre Sodoma e a sexualidade (Judas, 6:7, Pedro, 2:4 e 6;10). Mesmo aí, inexiste relação com o “homoerotismo”.

    8) Dirão, agora, os crentes mais intolerantes: e as condenações de São Paulo aos homossexuais? Autoridades exegetas protestantes e católicas – como Mcneill, Thevenot, Noth, Kosnik, e muitos outros -, ao examinarem, cuidadosamente, na língua original, os textos das Epístolas aos Romanos 1:2, I Coríntios 6:9, Colosences 3:5 e I Timóteo 1:10, concluíram que, até agora, os cristãos têm dado uma interpretação errada a estas passagens. Quando Paulo diz que certas categorias de pecadores não entrarão no Reino dos Céus – ao lado dos adúlteros, bêbados, ladrões etc… – muitas Bíblias incluem nesta lista os “efeminados” e “homossexuais”. Logo de início, há uma condenação injusta, pois muitos efeminados (como muitas mulheres masculinizadas no comportamento) não são necessariamente homossexuais. As mais modernas e abalizadas pesquisas exegéticas concluem que, se Paulo de Tarso quisesse condenar especificamente os praticantes do homoerotismo, teria empregado o termo corrente em sua época e de seu perfeito conhecimento, “pederastas”. Em vez desta palavra, Paulo usou as expressões gregas “malakoi”, “arsenokoitai” e “pornoi” – que as melhores edições da Bíblia em português traduzem por “pervetores”, “pervertidos” e “imorais”. Portanto, foram estes pecadores que Paulo incluiu na lista dos afastados do Reino dos Céus, e não os “pederastas”, e muito menos os “homossexuais”, palavra desconhecida na Antigüidade. Segundo os historiadores, vivendo São Paulo numa época de grande licenciosidade sexual – tempo de Calígula, Nero e de Satiricon -, esperando o próximo retorno do Cristo e o fim do mundo, ele condenou, sim, os excessos e abusos sexuais dos povos vizinhos, mas nunca o amor inocente e recíproco, tal qual o de David e Jônatas. Há teólogos protestantes que chegam a diagnosticar Paulo de Tarso como homossexual latente (alusão feita por ele próprio ao misterioso “espinho na carne” que tanto o preocupava, além de sua manifesta e cruel “misoginia” ou ódio às mulheres). E, se a condenação paulina inclui também os bêbados, corruptos, caluniadores, por que atirar tanta pedra somente nos homossexuais? Também aqui, Freud explica! E tem mais: o próprio Filho de Deus disse que “há eunucos que assim nasceram desde o seio de suas mães” (Mateus 19:12), ensinando, num sentido figurado, que faz parte dos planos do Criador que alguns homens tenham uma sexualidade não reprodutora biologicamente. Todos somos imagem de Deus!

    9) O maior argumento para se comprovar que as Escrituras Sagradas não condenam o amor entre pessoas do mesmo gênero, é o fato de Jesus Cristo nunca ter falado nenhuma palavra contra os homossexuais! Se o “homossexualismo” fosse uma coisa tão abominável, certamente o Filho de Deus teria incluído esse tema em sua mensagem. O que Jesus condenou, sim, foi a dureza de coração, a intolerância dos fariseus hipócritas, a crueldade daqueles que dizem Senhor, Senhor!, mas esquecem da caridade e do respeito aos outros (Mateus, 7:21). E foi o próprio Messias quem deu o exemplo de tolerância em relação aos “desviados”, andando e comendo com prostitutas, pecadores e publicanos. E tem mais: Jesus Cristo mostrou-se particularmente aberto à homossexualidade, revelando carinhosa predileção por João Evangelista, “o discípulo que Jesus amava”, o qual, na última Ceia, esteve delicadamente recostado no peito do Divino Mestre. Há teólogos que chegam a sugerir que Jesus era homossexual, pois além de nunca ter condenado o homoerotismo, conviveu predominantemente com companheiros do seu próprio gênero, manifestou particular predileção pelo adolescente João e nunca se casou, além de revelar muita sensibilidade com as crianças e com os lírios do campo, comportamentos muito mais comuns entre homossexuais do que entre machões. O ensinamento do discípulo que Jesus amava não podia ser mais claro: “Filhinhos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e tudo o que é amor é nascido de Deus e conhece a Deus” (I João, 4:4).

    10) A Bíblia é um livro muito antigo, repleto de imagens simbólicas, parábolas e figurações. Interpretar as Escrituras ao pé da letra é ignorância, fanatismo e até pecado, pois o próprio Filho de Deus garantiu: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora.
    Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á a verdade” (João, 16:12). Do mesmo modo como Galileu ensinou-nos a verdade a respeito da Astronomia, corrigindo a Bíblia e opondo-se à crença dos cristãos de sua época, assim também hoje todos os ramos da Ciência garantem que a homossexualidade é um comportamento normal, saudável e tão digno moralmente como a orientação sexual da maioria das pessoas. Negar esta evidência científica é repetir a mesma ignorância intolerante do Papa que condenou Galileu. Não devemos temer a verdade que liberta, pois o próprio Jesus nos mandou imitar “o escriba instruído nas coisas do Reino dos Céus, que como um pai de família, tira de seu tesouro coisas novas e velhas” (Mateus, 13:52). Mesmo que o Papa ou os pastores continuem a negar os direitos humanos dos gays e lésbicas, mesmo que cristãos ignorantes continuem a repetir as ultrapassadas abominações do Velho Testamento, para os verdadeiros crentes o que vale é o exemplo do Filho de Deus, Jesus Cristo, que nunca condenou a prática da homossexualidade. “E conhecereis a verdade, a verdade vos libertará!” (João, 8:32).

  19. que todo cristão deve saber sobre homossexualidade

    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!” (João, 8:32)

    1) Não há, na Bíblia, nenhuma só vez as palavras homossexual, lésbica ou homossexualidade. Todas as Bíblias que empregam estas expressões estão erradas e mal traduzidas. A palavra homossexual só foi criada em 1869, reunindo duas raízes lingüísticas: Homo (do Grego, significando “igual”) e Sexual (do latim). Portanto, como a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás, não poderiam os escritores sagrados terem usado uma palavra inventada só no século passado. Elementar, irmão!

    2) A prática do amor entre pessoas do mesmo gênero, porém, é muito mais antiga que a própria Bíblia. Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth. Segundo o poeta e escritor Goethe, “a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade”. Certamente, cada tempo com sua experiência singular, mas com o mesmo direcionar de desejo: o igual.

    3) No antigo Oriente, a homossexualidade foi muito praticada. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel, havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo). Como explicar, então, que, entre as abominações do Levítico, apareça esta condenação: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12). Segundo os Exegetas (estudiosos das escrituras sagradas), fazia parte da tradição de inúmeras religiões de localidades circunvizinhas à Israel, a prática de rituais homoeróticos, de modo que esta condenação visa fundamentalmente afastar a ameaça daqueles rituais idolátricos e não a homossexualidade em si. Prova disto é que estes versículos condenam apenas a homossexualidade masculina: teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado? Considerando que, do imenso número de leis do Pentateuco, apenas duas vezes há referência à homossexualidade (e só à masculina), concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé, do mesmo modo que inúmeras outras abominações do Levítico, como os tabus alimentares (por exemplo, comer carne de porco) e os tabus relativos ao esperma e ao sangue menstrual, hoje completamente abandonadas e esquecidas. Por que católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor?. Intolerância machista e ignorância que Freud explica!

    4) Se a homossexualidade fosse prática tão condenável, como justificar a indiscutível relação homossexual existente entre David e Jônatas?! Eis a declaração do salmista para seu bem-amado: “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26). Alguns crentes argumentarão que se tratava apenas de um amor espiritual, ágape. Preconceito primário, pois só as coisas materiais são referidas com a expressão “delicioso”, e não resta a sobra da menor dúvida que David, em sua juventude, foi adepto do “amor que não ousava dizer o nome”. Não foi gratuitamente que o maior escultor de nossa civilização, Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália. Negar o amor homossexual entre estes dois importantes personagens bíblicos (“amizade mais maravilhosa que o amor (Eros) das mulheres”) é negar a própria evidência dos fatos. “Tendo olhos, não vedes? E tendo ouvido, não ouvis?!” (Marcos, 8:18).

    5) Pelo visto, embora o Levítico fosse extremamente severo contra a prática da cópula anal (determinando igualmente a pena de morte contra o adultério e o bestialismo), outros livros sagrados revelam maior tolerância face ao homoerotismo. O Eclesiastes ensina: “É melhor viverem dois homens juntos do que separados. Se os dois dormirem juntos na mesma cama se aquecerão melhor” (4:11). Num país quente como a Judéia, o interesse em dormir junto só podia ser mesmo erótico. Portanto, na teoria o Levítico era uma coisa e a prática, desde os tempos bíblicos, parece ter sido outra. “Deus nos fez ministros da nova aliança, não a da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6)

    6) A destruição de Sodoma e Gomorra? Indagarão alguns. Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas que, em geral, são propositadamente escondidas e desconhecidas pelos cristãos: 1) não há evidência histórica ou arqueológica que confirme a real existência dessas cidades; 2) este relato é obra dos “Javistas” (escritores bíblicos do século X a.C.), que se apropriaram de relatos mitológicos de outros povos anteriores aos judeus; 3) a própria destruição da suposta intenção homoerótica dos habitantes de Sodoma em relação aos três visitantes de Abraão (anjos ou homens?) apresenta dificuldades sérias de interpretação, pois quando os habitantes de Sodoma declararam desejar conhecer os visitantes, maliciosamente se interpretou o verbo “conhecer” como sinônimo de “ato sexual”. Segundo os exegetas, das 943 vezes que aparece esta palavra no Antigo Testamento (“yadac” em hebraico), em apenas 10 ela tem significado heterossexual – nenhuma vez o sentido homossexual. A associação do pecado dos “sodomitas e gorromitas” com a homossexualidade é um grave erro histórico, que tem sua oficialização pela igreja católica apenas na Idade Média, a “idade das trevas”.

    • André, em resposta aos seus questionamentos…

      1) Uma coisa tem que ficar clara, a bíblia não condena SER homossexual, mas condena sim o ATO sexual entre pessoas do mesmo sexo. Sentir atração por alguém do mesmo sexo não é pecado. Sendo assim, um homossexual pode sim ser salvo. Mas da mesma forma que eu luto com alguns pecados, o homossexual deve lutar também por outros pecados, nesse caso abster-se.

      2) A bíblia realmente cita casos de homossexualidade, mas em nenhum deles Deus aprova.

      3) Com a Nova Aliança feita com o povo de Deus através da crucificação de Jesus, as leis e ordenanças de Moisés passam a não valer mais (Hebreus 8:13), dessa forma as leis e ordenanças de levíticos passam a “não valer”. No entanto, na Nova Aliança, Paulo reafirma essa questão, condenando essa prática, da mesma forma que os 10 mandamentos são reafirmados (exceto o do sábado) por Jesus.

      4) Com relação a II Samuel 1:26 há algumas traduções erradas, as mais atuais traduzem como “Sua AMIZADE me era mais preciosa que o amor das mulheres”. Em nenhum momento cita uma relação homossexual entre Davi e Jonatas, não passa de suposição.

      5) Eclesiastes 4 trata a respeito de solidão, não de questão de relacionamento sexual, é tirar o texto fora de contexto.

      6) Há sim provas, as cidades de Sodoma e Gomorra localizam-se onde hoje é o Mar Morto. Pesquise um pouco no google.

      • Se Sodoma é no mar morto é ou não, não interessa, mas sim o fato de utilizar este passagem pra condenar os homossexuais, é ridículo, trata-se de homens que tinham o costume de estuprar forasteiros, eram xenófobos, e pior ao fim ficarão com as filhas de Ló, que estranho não eram gays?
        Gays, que estupram homens com o ativos, é ridículo, hoje homens em prisões estupram os mais fracos, coisa de hétero inescrupulosos.

      • Tenho pena de você, a letra te matou, e o pior nem existia na bíblia a palavra homossexual, e Jesus a personificação de DEUS, nunca condenou os eunucos (gays da época), peno contrário quando disse, que os eunucos nascidos de mãe não necessitavam se casar, saiu em nossa defesa.
        Eunucos que se fizeram eunucos pelo reino dos homens (pobres meninos castrados) que com isso tem seu corpo invadido de hormônio feminino, estranho a criação perfeita fazer isto com um varão não acha,.
        Eunucos que se fizeram eunucos pelo reino dos céus, sacerdotes que por não possuir desejo por mulher, nunca se casavam.
        E eunucos nascidos de mãe. Jesus já a muito tempo disse que a homossexualidade é de nascimento.

      • Eunucos que se fizeram eunucos pelo reino dos homens (pobres meninos castrados) que com isso tem seu corpo invadido de hormônio feminino, estranho a criação perfeita fazer isto com um varão não acha,.
        Eunucos que se fizeram eunucos pelo reino dos céus, sacerdotes que por não possuir desejo por mulher, nunca se casavam.
        E eunucos nascidos de mãe. Jesus já a muito tempo disse que a homossexualidade é de nascimento.

  20. A epigenética, está a um passo de provar que a homossexualidade é causada pelo interferência do hormônios femininos ou masculinos, do bebê em sua forma embrionária, onde proteínas ao se ligar a testosterona ou progesterona, alteram o desejo que se manifestara no bebê.
    Muitos homens e mulheres, desde sua infância já se percebem atraídos pelo mesmo sexo.
    E muitos até se sentem estar no corpo errado. Outras tentam suprimir seu desejo e o escondem até por décadas ou uma vida toda.
    Motivo? Medo de sofrer, discriminação e ser rejeitado pelos pais.
    Mas quando a epigenética provar, o que já é claro, pois a homossexualidade está presente em todo o reino animal, principalmente mamíferos ( e olhe que tudo que DEUS CRIOU É bom, e que todos sabemos que leões e pardais, não tema a capacidade de opção sexual, é no mínimo ridículo tal coisa.
    Quando a ciência trazer luz as trevas dos fundamentalistas, todos terão de prestar contas a Jesus, por afastar essas pessoas do amor de Cristo,
    E ai BODES!!!! (clamando, vai arrebentar, Kelly, Marconi, TOUR NATRAK, ETC.o dia de vocês está chegando, e vocês sabem pra onde vão os bodes.

  21. alando mais sobre a pesquisa feita por William Rice, Urban Friberg e Sergey Gavrilets, ela parte da ideia de que, como os homossexuais produzem, por métodos naturais, menos prole (ou filhos) do que os heterossexuais, de acordo com a teoria de Darwin eles deveriam ser selecionados negativamente e, assim, excluídos da sociedade. A seleção natural evolui para excluir da natureza qualquer tipo de fenótipo que não favoreça a continuidade da espécie, por isso, genes que determinam algumas doenças só aparecem na população por mutação genética, já que seus portadores morrem antes de se reproduzir. No entanto, como nós sabemos, isso não ocorre com os homossexuais que estão presentes em todas as raças, culturas e durante toda a história da humanidade. Além disso, eles levaram em consideração o fato de que com certeza existe um caráter genético para a homossexualidade que nunca foi relacionado à herança de genes, já que em pares de gêmeos monozigóticos (aqueles idênticos, que são clones) quando um é gay, o outro pode não ser. Esses fatos os levaram a pensar que a epigenética poderia responder ao tipo caráter hereditário apresentado pela homossexualidade.

    Desse modo, segundo o modelo desenvolvido na pesquisa, a epigenética atua por meio de epimarcas que agem no DNA e sinalizam aos genes se eles devem se expressar ou não e o quanto eles devem fazê-lo. Esses marcadores não causam nenhum tipo de alteração fisica em partes do genoma humano, mas fazem uma grande diferença no funcionamento dos genes. Como essas epimarcas são formadas de forma independente em cada pessoa durante a gestação, pares de gêmeos idênticos podem ter características ou doenças diferentes.

    Indo ainda mais fundo na pesquisa, percebemos como as epimarcas podem ser capazes de determinar a homossexualidade em algumas pessoas. Para isso, precisamos entender que o que determina se um feto vai ser menina ou menino é basicamente a existência do cromossomo Y (mulheres tem os cromossomos sexuais XX e homens possuem XY): se existe esse cormossomo, ele determina a formação de testículos que irão produzir um hormôminos masculinizante, a testosterona. Basicamente, a falta do mesmo determina o desenvolvimento em menina. Como a existência desse hormônio resulta nas várias características do desenvolvimento do feto em menino, podemos imaginar que se ele não funcionar, ou se a sensibilidade a ele for nula, o feto, mesmo tendo o cromossomo Y, se torna uma menina. Isso é demonstrado numa doença rara na qual o indivíduo, apesar de ser geneticamente um menino, não possui sensibilidade para a testosterona e, assim, vira uma menina.

    Desse modo, as características que mantém todo o processo de diferenciação em menino ou menina funcionando corretamente são várias modificações epigenéticas sexo-específicas que reduzem a sensibilidade à testosterona em fetos que são XX e aumentam essa sensiblidade em fetos XY por vários métodos diferentes, o que diminui a chance de “falha”. Além disso, as epimarcas evoluem para gerar um desenvolvimento sexual que é transmitido de pai para filha ou mãe para filho. No artigo, os autores fazem questão de ressaltar que esse modelo pode também ser aplicado à transexualidade, apesar de eles não desenvolverem a aplicação no trabalho apresentado.

    Essa nova teoria abrange todas as outras explicações científicas sobre a homossexualidade, desde a que afirma que para ela existe, ao menos em alguma parte, um componente hereditário, até a que diz que ela é causada por diferenças no cérebro de homossexuais e de heterossexuais. Esta última, por exemplo, demonstra que o cérebro de uma mulher gay se assemelha ao de um homem heterossexual e o cérebro de um homem gay se parece com o de uma mulher heterossexual.

    O modelo da epigenética nos mostra que epimarcas hereditárias seriam as responsáveis por alterar e regular a sensibilidade à testosterona em fetos quando eles estão sendo formados no útero materno. Assim, apesar de fetos XX e XY serem expostos à testosterona, a epigenética faria com que o corpo (incluindo o cérebro) dos meninos fosse mais sensível e, assim, mais influenciado por ela, enquanto as meninas praticamente não o seriam. Segundo os autores, além das modificações físicas, essa exposição à testosterona é o que poderia também influenciar na orientação sexual do indivíduo.

    Toda essa conclusão é baseada em experimentos feitos com fetos. Os fetos XY (que seriam meninos), quando são expostos a substâncias que tornam a ação da testosterona nula, desenvolvem genitália, cérebro e comportamento femininos, ao passo que fetos XX (que seriam meninas), quando colocados em contato com altas concentrações de hormônios masculinizantes desenvolvem todas essas características masculinas. No entanto, há um grande número de mecanismos que podem enfraquecer ou fortalecer a ação da testosterona no corpo dos fetos. Desse modo, quando uma epimarca não é eliminada entre uma geração e outra, um pai pode transmitir os marcadores que o fizeram mais sensível à testosterona para um feto feminino, tornando-o mais sensível à testosterona, ou vice versa. Como essa sensibilidade pode ser maior ou menor, a criança pode se tornar bissexual, homossexual ou transexual.

    Apesar de tudo isso, os pesquisadores salientam que ainda não é possível afirmar com toda a certeza que a epimarca responsável pela sensibilidade à testosterona é hereditária. E, ainda assim, eles não descartam que outros fatores (ambientais, ou emocionais) poderiam influenciar na determinação da homossexualidade, já que vários deles também alteram a epigenética. “A hereditariedade explica apenas parte da variação na preferência sexual. As razões, que podem ser sociais, culturais e do ambiente, permanecerão como um tópico de intensa discussão”².

    Como nos dias de hoje muitas pessoas acreditam que a homossexualidade é uma escolha individual e que, por isso, pode ser mudada, pesquisas como essa ajudariam no entendimento da sexualidade e, quem sabe, também na aceitação daquilo que é diferente da heterossexualidade.

    Se isso for mesmo provado, como a sociedade e nossos pais irão poder nos culpar por sermos gays? Seria a mesma coisa de declararem guerra contra qualquer pessoa só porque ela nasceu com os olhos castanhos ou com o cabelo liso. Simplesmente não teria a menor lógica eles nos culparem por herdar as características deles mesmos! Assim, esse seria um ótimo argumento contra toda a intolerância e a violência que os gays sofrem.

  22. Amigo, durante 5 anos expulsei demônios, falava em línguas, dom de profecia, etc. etc.
    Sempre me senti cheio do Espírito Santo, e sempre fui gay, mesmo tendo ficado mais de 10 anos de minha vida adulta sem sexo, ainda era gay.
    Conheço vários pastores e lideres de louvor gays, que falam em línguas, expulsão demônio etc.
    E vivem um casamento de mentira ou nunca se casam. e fingem pra igreja serem héteros para serem aceitos.
    Nunca vi um só demônio gay, o espírito de prostituição é comum em homem e mulher, e não tem nada a ver com homossexualidade que é uma manifestação da sexualidade humana, feita por DEUS.
    O espírito de pomba gíria age tanto no heterossexual como no homossexual, levado a praticar sexo com muita gente e a todo tempo, ou seja prostituição.
    Não confunda e deturbe as coisas homem, para de mentir.

  23. Realmente Vai arrebentar, a única coisa que você arrebentando é a Língua Portuguesa?
    OBS: Sabe qual é o seu problema: deve ser um gay enrustido. Tem despeito de quem tem coragem de ser o que é de verdade. O que adianta um homem que é gay se casar com mulher? Ele pode até transar com ela, caso consiga é claro. Mas nunca a amará de forma completa. Relacionamentos bons não são héteros, mais sim relacionamentos pautados no amor.
    O MUNDO PRECISA DE AMOR! ALGO QUE VOCÊ, UM SER HUMANO ENERGÚMENO NUNCA SABERÁ O QUE É!
    E pra terminar, lhe deixo as palavras de um grande escritor brasileiro, Paulo Coelho:
    “Todos nós precisamos de amor. O amor faz parte da natureza humana – tanto quanto comer, beber e dormir. Muitas vezes sentamos diante de um belo pôr do Sol, completamente sós, e pensamos: ‘nada disto tem importância, porque não posso compartilhar toda esta beleza com alguém.’
    Nestes momentos, vale a pena perguntar: ‘quantas vezes nos pediram amor, e nós simplesmente viramos o rosto para o outro lado? Quantas vezes tivemos medo de nos aproximar de alguém, e dizer, com todas as letras, que estávamos apaixonados?’
    Cuidado com a solidão. Ela vicia tanto quanto as drogas mais perigosas.
    Se o pôr do Sol parece não ter mais sentido para você, seja humilde, e parta em busca do amor. Saiba que, assim como outros bens espirituais, quanto mais estiver disposto a dar, mais você receberá em troca.”
    “Como é fácil ser difícil. Basta ficar longe dos outros e, desta maneira, não vamos sofrer nunca.
    Não vamos correr os riscos do amor, das decepções, dos sonhos frustrados.
    Como é fácil ser difícil. Não precisamos nos preocupar com telefonemas que precisam ser dados, com pessoas que pedem nossa ajuda, com a caridade que é necessário fazer.
    Como é fácil ser difícil. Basta fingir que estamos numa torre de marfim, que jamais derramamos uma lágrima.
    Basta passar o resto de nossa existência representando um papel.
    Como é fácil ser difícil. Basta abrir a mão do que existe de melhor na vida.”

    Maktub, Paulo Coelho.

DEIXE UMA RESPOSTA