Pastor é morto a tiros na frente da família após sair da igreja

O pastor Antônio de Almeida Carvalho, de 58 anos, vinha de um culto com sua esposa, filha e dois netos, quando foi assaltado e morto com dois tiros na frente da família. Os criminosos ainda não foram encontrados

0

O caso aconteceu no último domingo, dia 22, em em Itaquera zona leste de São Paulo, quando o pastor Antônio de Almeida Carvalho, de 58 anos, estacionou em frente ao condomínio da filha, por volta das 21h, sem seu carro FIAT “Idea”, onde estavam sua esposa de 54 anos, uma filha (30) e dois netos, de 2 e 6 anos de idade, quando foram abordados por seis bandidos em três motos que anunciaram o assalto.

A esposa e a filha com os netos desceram do carro, mas o Pastor Antônio ficou no carro. Segundo a esposa, ele tentou retirar o cinto de segurança, o que pode ter provocado a reação do assaltante. O chefe de segurança do condomínio onde mora a filha de Antônio contou numa entrevista a Rede Globo que os criminosos eram muito violentos, assista:

Assine o Canal

“O que tava com a arma, ele gritava muito; ‘perde, perdeu, perdeu, tiozão desce, tiozão desce’, e o outro que estava na moto, pilotando a moto, gritava ‘mata, mata, mata'”, contou na entrevista. Pastor Antônio então levou dois tiros, um na cabeça e outro no ombro. Os assaltantes fugiram sem levar nada, enquanto a vítima foi socorrida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.


O pastor Antônio que deixou quatro filhos e cinco netos, já havia manifestado o desejo de se mudar, pois achava o local muito violento; “Ele dizia que São Paulo era violento e queria sair daqui”, disse a esposa segundo relatos da Polícia Militar.

Infelizmente essa foi mais uma tragédia fruto da violência, em um dos momentos mais críticos e propensos para assaltos, que é a saída e chegada em casa, a pé ou de carro. Com base nisso, a Polícia recomenda sempre ficar atento a movimentos suspeitos ao redor, especialmente nessas horas, e não reagindo em caso de assalto.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA