Pastor reconhece motivos que levam fiéis a se tornarem desigrejados, mas alerta: “Está errado”

85

O movimento moderno de desigrejados vem ganhando certo destaque entre os evangélicos após a detecção, pelo IBGE em 2010, da existência do que o instituto chamou de “evangélicos não-praticantes”. E como não poderia deixar de ser, o tema é delicado, pois envolve inúmeras questões paralelas. Por outro lado, não pode ser minimizado, muito menos ignorado.

O reverendo Augustus Nicodemus Lopes, da Igreja Presbiteriana, fez um vídeo comentando a questão, e de forma equilibrada, tratou de abordar os motivos que levam as pessoas a se tornarem desigrejadas.

Lopes apontou que em muitos casos, o afastamento do fiel da comunidade de fé acontece por um aborrecimento, e em outros, por protesto contra o superdimensionamento da instituição.

“Vamos começar definindo os desigrejados […] Esse termo é muito amplo e há diversos tipos de desigrejados. Você pode chamar de desigrejado aquela pessoa que frequentou alguma igreja e teve uma decepção ou receou-se ou se frustrou com alguma coisa, algum problema pessoal e se afastou da igreja. Está desiludida da igreja. Prefere ficar em casa, em casa lê a bíblia e ora. Tenta levar a vida cristã sozinha. Ela se alimenta do que ela ouve na internet, sermões, vídeos, pregações, mas ela não quer saber de frequentar uma igreja por causa dessa decepção que ela teve”, disse, deixando claro que esses cristãos não são apóstatas.


No caso das pessoas que protestam contra os escândalos causados por líderes inescrupulosos, o reverendo ponderou que a situação termina com dois erros de partes distintas: o primeiro, da instituição religiosa, que se torna um fim em si mesma; e um segundo, dos que se afastam, e terminam por deixar de observar alguns mandamentos bíblicos.

“O termo desigrejado também é usado hoje por um movimento que conscientemente ataca a igreja como instituição, que diz que a igreja é uma instituição humana; que ela tem origem em Constantino – o imperador que ‘legalizou’ o cristianismo como religião oficial no Império Romano -; que a igreja acabou virando quase que uma empresa, porque ela está presa a um templo, está presa a um CNPJ, ela tem regulamento, ela tem pessoal pago, ela pede o dízimo, ela vive de ofertas dos fiéis”, enumerou. “E ai há muitas críticas que são feitas à igreja como instituição. E esses desigrejados se reúnem em casas, se reúnem em grupos em qualquer lugar, em qualquer situação e evitam a institucionalização desse grupo”, acrescentou.

De acordo com o reverendo, essa ideia de igreja minimamente estruturada “não é nova”, e já marcou presença no tempo: “Na história da igreja, nós encontramos grupos dentro da Reforma Protestante que queriam uma organização informal ou com quase nenhuma organização em suas comunidades e assim por diante […] O que nós dizemos é o seguinte: sem dúvida nenhuma, na hora que as igrejas se institucionalizam e viram empresas, alguma coisa está errada. Mas, a comunidade de cristãos precisa de um mínimo de organização. Jesus mandou batizar, Jesus mandou discipular, Jesus disse que tinha de ter disciplina, que se o irmão pecasse e não se arrependesse tinha de ser excluído, Jesus falou da liderança da igreja, o apóstolo Paulo constituía presbíteros e diáconos. Então, tudo isso implica um mínimo de estrutura para que você obedeça essas ordens do Senhor Jesus”, explicou.

Por fim, Lopes resume o tema dizendo que “viver sem igreja está errado”, mas não minimiza o problema: “Criticar a igreja organizada, como se ela fosse a mãe de todos os males, tá errado, é ingratidão e desconhecer a história da igreja, também. O que devemos fazer é reconhecer a necessidade de estarmos juntos com nossos irmãos e obedecemos o que Jesus mandou em termos de membresia. Nos edificar mutuamente, termos nossos mestres que ensinam a palavra de Deus, contribuir para o funcionamento da comunidade e assim por diante, mas jamais deixar a igreja e achar que ela é desnecessária para a vida do Cristão”, concluiu.

Assista:

Assine o Canal

85 COMENTÁRIOS

  1. A igreja primitiva não adotava esse modelo de templos com pessoas sentadas passivamente enquanto um sujeito faz um longo e cansativo sermão expondo suas ideias e pontos de vista. No tempo de Jesus e dos apóstolos, a igreja funcionava nas casas dos devotos, e era um evento onde as pessoas cantavam, dançavam, liam salmos, davam testemunhos, e até mesmo comiam.

    O modelo atual faz das igrejas cristãs nada mais que instituições parecidas com partidos políticos e destinadas a manter, com salários e regalias, toda uma casta de gente que vive do suor alheio, e tudo regado a nepotismo, pois filhos e parentes próximos de pastor são sempre privilegiados.

    Jesus disse: “Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estarei entre eles”

    Prefiro estar com Jesus, Buda e Krishna à sombra de uma árvore, diante do mar, no conforto de um lar a estar em organizações onde sei que interesses de manipulação, nepotismo e dominação ocupam o lugar dos interesses maiores da alma e que é a realização de Deus, a volta ao Supremo.

    Falei alguma mentira?

    • TODAS
      COMEÇANDO EM DIZER QUE A IGREJA PRIMITIVA NÃO ADOTAVA O SISTEMA QUE HOJE AI ESTÁ. E COMO PODERIA POIS SE REUNIAM EM CAVERNAS, FUGINDO DA PERSEGUIÇÃO ROMANA EM CASAS ONDE MUITAS VEZES INVADIDAS, MAS COM O CRESCIMENTO DA IGREJA ..42 Eles de dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. 43 Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. 44 Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. 45 Vendendo suas propriedades e bens e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. 46 Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, 47 louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos. NÃO SOMENTE ISTO O PRÓPRIO CRISTO FAZIA O USO DE VIVER DO DINHEIRO DOS IRMÃOS, OU SEJA O SUMO PASTOR DEIXOU CLARO, QUE QUEM DEVE MANTER O MINISTÉRIO É A IGREJA.
      ENCERRANDO VC. PREFERE ESTAR COM SATÃ TEU PAI, JESUS NÃO TEM NADA HAVER COM ENTIDADES MISTICAS COM FORMAS DE ANIMAIS MUITO MENOS DE HOMENS

      • SÓ PARA NÃO VC. NÃO PODER ESCAPAR DEIXO REGISTRADO ESTE VERSÍCULO DENTRE OS OUTROS…QUE FALA ONDE ELES SE REUNIAM, E ISTO PARA VC. NÃO MENTIR MAIS
        . 46 Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, 47 louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos. TODOS OS DIAS SE REUNIAM NO TEMPLO

        • Clamando,ensinar você pode,mas nem precisa humilhar tanto esta criatura do mal porque já esta perdida,esta criatura já se entregou,chegou ao fundo do poço,só o fato de querer igualar,o filho de DEUS,com estas criaturas diabólicas,mostra o tamanho do seu desequilíbrio, só sendo filho de satanás,para agir com tamanho desiquilíbrio mental,esta criatura abominável,horrenda e nojenta vulgo( Sandro),que já perdeu a esperança da salvação,esta na situação, que quanto pior melhor,mas nem por isto, precisa arrastar os incautos para o caminho da perdição.

          Hebreus 10:25-27 – Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
          PORQUE SE PECARMOS VOLUNTARIAMENTE,DEPOIS DE TERMOS RECEBIDO O CONHECIMENTO DA VERDADE,JÁ NÃO RESTA MAIS SACRIFÍCIO PELOS PECADOS.
          Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários.
          OBS: É só fechar a conta,porque já sabe o seu destino.

          • Antonio Henrique,

            a palavra “congregação”, em sua etimologia, significa uma reunião de pessoas, e essa reunião, ou assembleia, ou congregação pode se dar em qualquer lugar, até mesmo dentro de uma casa. Assim, os cristãos primitivos não construíam igrejas, não pagavam pastores, nem tinham hierarquia, pois, conforme disse Cristo, o maior seja o menor.

          • sandrosandiabotravestidodegayateuativistadesconstrutordaverdadeemmentira
            A definição bíblica do dinheiro: a Bíblia diz “onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. Só liberamos nosso dinheiro onde reconhecemos que há valor. Ao investir na Obra de Deus damos provas efetivas sobre qual espécie e dimensão é o reconhecimento que dispensamos à Igreja do Senhor. Quanto custa para você o ministério onde serve a Deus? (Mateus 6.21).
            .

            Administração de ofertas: Jesus tinha seu tesoureiro no ministério, Judas administrou o dinheiro arrecadado (João 12.4-6).
            .
            Ofertas recebidas: Jesus e seus discípulos foram sustentados financeiramente durante o ministério itinerante de três anos e meio. Mulheres seguidoras de Jesus o serviam com seus bens, inclusive a esposa do procurador de Herodes, que pertencia à classe sócio-econômica alta daquela época (Lucas 8.1-3).
            .
            Ofertas usadas: Jesus usava o dinheiro para pernoitar em pousadas (Lucas 9.52).
            .

            Administração de ofertas na Igreja Primitiva: Os apóstolos escolheram Matias para substituir a Judas no ofício de tesoureiro da Igreja recém estabelecida (Atos 1.21-26).
            .
            Obra missionária: Paulo recebeu salário de uma igreja abastada para pastorear outra mais pobre (2ª Coríntios 11.8).
            .

            Sustento de obreiros: Paulo afirmou que o obreiro é digno de seu salário, e que quem ensina merece honorários em dobro (1ª Timóteo 5.17-18).
            .

            Auxílio aos cristãos necessitados: O dinheiro era usado para obras sociais entre os membros da Igreja (Atos 6.1-6; 1ª Timóteo 5.16).

      • Esse “Templo”, em nada se assemelhava às “igrejas” de hoje (que seriam mais parecidas com as sinagogas), era o Templo de Jerusalém, que Jesus disse que seria destruído, local de adoração dos judeus, citado pela samaritana, para a qual Jesus respondeu, que Deus não seria adorado nem em Jerusalém (no Templo) e nem na Samaria (Monte Gerizim), mas em “espírito e verdade”. O “Templo” hoje, segundo Paulo (para quem considera o que ele escreve, sagrado), é esse:

        “não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo”

        “Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. 44 Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. 45 Vendendo suas propriedades e bens e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade”

        Certamente, nenhuma igreja faz isso, elas não distribuem o que recebem, conforme as necessidades das pessoas, mas acumulam tudo nos bolsos dos pastores.

        • Eduardo,

          Tire o nobre do seu nome, pois quem é assim, nobre, tem conhecimento acima da média. Vc agora pegou feio,meu caro,

          Cristo previu não foi a destruição da igreja judaica apenas, meu caro, sim de uma nação, onde o agressor imperialista, de tanto ódio, destruiu a cidade como um todo. Aí você queria que deixasse justamente o prédio onde eles se reuniam em adoração a um deus diferente do deles e que nesse prédio as discussões de ordem política certamente eram discutidas nos seus átrios?

          Tá vendo que o EI está destruindo igrejas que antecedem ao templo de Jerusalém como forma de aniquilar aquelas culturas que ali se fixaram antes?

          Onde é que vocês estudam, heim?

          Desde quando Cristo queria acabar com o judaísmo, meu caro?

          Por favor.

          Sim um novo norte, sim um trabalho de conscientização, tendo criado mais uma, digamos, seita dentro dele(judaísmo), no caso o cristianismo, que desse gerou outros ismos, inclusive o catolicismo, 300 depois.

          Macacada, voltar à escola. Tá feio. E o que é pior, liberando essa ignorância a todos os cantos da terra, e o que é pior, dependendo dos povos que moram noutras estrelas disporem de sistemas melhor que os da internet, chegando no mundo todo. Vão achar que a gente é tudo desinformado.

          • O Eduardo Nobre disse fatos que a história corrobora, Levi Varela.

            Os seguidores de Jesus continuavam indo no templo judaico, assim como seu Mestre havia feito, e reuniam-se em casa para o partir do pão, que, aliás, era bem diferente de hoje, pois tratava-se de um banquete.

            Templos e ritos surgem com o catolicismo, que adaptou, para a Igreja, o modelo de governo de Roma Imperial, inclusive as hierarquias.

          • Sandro,

            Ora, e as profetizas apregoadas pela história. Os templos mais diversos construídos antes até do judaísmo. O templo da capital grega, de outras inúmeras cidades, onde ainda há ruínas.

            Só pra seu descontentamento, os próprios judeus construíram seu templo principal em Jerusalém três vezes, sendo que o primeiro o seu construtor foi Salomão.

            Meu caro, é você mesmo? Pergunto em face de que é tanta gente aqui se dizendo copiado, sobrepairando a falsidade ideológica, que em face dessa argumentação pueril atribuindo ao catolicismo a construção de prédios visando cultos, que resta apenas imaginar ser você plagiado, imitado, fraudado também.

          • Caro Levi Varela,

            os templos aos quais você se refere eram de religiões “pagãs”, além da judaica – não eram de cristãos primitivos, pois estes não construíram templos. Foi a Igreja católica que iniciou, sim, esse processo.

          • Sandro,

            “Templos e ritos surgem com o catolicismo, que adaptou, para a Igreja, o modelo de governo de Roma Imperial, inclusive as hierarquias.”

            Primeiro, o judaísmo não é religião pagã, e nele já havia templos e também hierarquia.

            Segundo, o apóstolo Paulo fala de uma estrutura hierárquica, onde figuram diáconos, presbíteros bispos….

            Tô entendendo você não, Sandro. Defende os sistemas anárquicos? Sempre o ser humano foi tocado por líderes, faz parte da nossa cultura, o que não faz é a opressão dos líderes, pois muitos findam pregando o anarquismo.

            Cristo liderou os apóstolos; Cristo sugeriu a Pedro que exercesse esse papel seja sozinho seja em conjunto com o outro discípulo, mas que precisaria sempre da palavra final, isso precisa, meu caro.

            É da índole humana, e muitos animais também agem sob o poder de uma hierarquia, como lobos, macacos, leões,…seja pra sobreviverem seja pra impor ordem nas coisas(se bem que nem sempre essas ordens são sadias em caso dos submissos)

        • Essa foi uma ideia equivocada dos apóstolos em face das palavras de Cristo, Acharam que Cristo logo vinha, então sugeriam aos novos cristãos que vendessem o que possuíam e permanecesse no templo aguardando o seu retorno.

          Engando como o seu que acima rebati. Não que fossem comunistas ao estilo de Max. Solidários, sim!

        • Você esta certo, Eduardo Nobre. Os cristão primitivos eram comunistas. Não no sentido – e você sabe disso, mas os crentes bitolados não entendem – visão de Estado, como os comunistas da antiga URSS (o que seria anacronismo), mas de ter entre eles tudo em comum e ninguém passar necessidade.

      • Clamando, o templo que a passagem refere não é uma igreja, mas o templo judaico.

        Os primeiros cristãos continuavam indo ao templo – Cristo também ia – onde falavam de Jesus, mas como uma comunidade eles se reuniam em suas próprias casas. Você não quer que os cristãos passem a frequentar o templo judaico. Quer?

        Fica na paz.

  2. O aumento de desigrejados deve se muito a pessoas como Clamando,Vanessa ,Manuel defensores de pastores malandros que querem amontoar riquezas abusando da fé dos outros ,que fazem de “altar” verdadeiros palanques.

    • Oi

      A igreja católica diz que não mais faz palanque, todavia o fez no passado, mandou e desmandou.

      Mas hoje se diz longe. Apesar disso o número de católicos que não vão à igreja é muito. Ou seja, os católicos quando não vão à igreja não diz respeito a exploração por parte dos padres e nem de politicagem dentro dela.

      Dois pesos e duas medidas pra analisar o mesmo fenômeno, meu caro?

      Como observador dos fatos humanos você vai passar fome, mas muita forme mesmo. Errou distante.

        • Oi,

          Realmente. Você não tem nada com a igreja católica, mas tem tudo contra as evangélicas. por isso falei.

          Mais que desconfiável a sua postura em sentar a pua nos pastores sem sequer dizer os nomes. Mais a mais não sou obrigado a aceitar o seu mau humor com os pastores que você julga que são aproveitadores. Acaso os seus membros precisam de seu colo? Não teriam eles outra igreja pra frequentar se confirmada a tal enrolação? Dê esse recado pros teus irmãos catálicos, no caso aqueles que acreditam que somente por meio da igreja católico se salvam.

          Vc não quer vê o trabalho dessas igrejas, ou seja, o que sai em termos de compromisso financeiro, apenas o que entra(as doações), esquecendo que as evangélicas possuem prestação de contas mensais das receitas e despesas, aprovadas por conselhos.

  3. “E esses desigrejados se reúnem em casas, se reúnem em grupos em qualquer lugar, em qualquer situação e evitam a institucionalização desse grupo”

    Só discordo nesse ponto. Como pode pessoas que se reunem em casas serem chamados de desigrejados, só pq não frequentam um templo? A igreja primitiva geralmente se reunia em casas. Realmente não entendi esse ponto ou ele não se expressou direito. Igreja não é templo físico, igreja é o corpo de Cristo, são pessoas que aceitaram a Cristo.

    • Stardust,

      Rapaz, do jeito que você falou, num é que acabei caindo em mim,

      Sim, sempre falei em igreja primitiva, a contextualizada em atos dos apóstolos.

      O problema é que quando vi você se referindo me veio a cabeça a da Moisés como igreja primitiva, ou seja, simplesmente a gente faz igual aos católicos, tudo é deles, tudo foi a partir deles. Que grande erro e engano.

      Igrejas antecedem até mesmo a figura de Moisés.

      Igreja é lugar de culto, tendo ou não nesses lugares objetos considerandos sagrados ou coisa que o valha.

      Temos que acabar com essa exclusão dos outros cultos, das outras igrejas….sejam ou não cristãs, judaicas…

      .

  4. Estarmos juntos?
    A igreja e chamada a viver em KOINONIA E NÃO EM ECLÉSIA.

    ECLÉSIA E ESTA ORGANIZAÇÃO CORRUPTA,LITÚRGICA,RELIGIOSA E MORTA QUE IMPERA NA IGREJA INSTITUCIONAL, dominam sobre o povo através da ignorância e do medo

    KOINONIA E A VERDADEIRA COMUNHÃO ENTRE OS IRMÃOS E QUE AGRADA DEUS. Esta comnunhão vem naturalmente pela obra do Esprito Santo, e isto meus irmão assusta os donos das igrejas institucionais.

  5. O aumento do número de desigrejados evangélicos no Brasil

    “Saiu nos jornais o resultado de uma pesquisa do IBGE com dados interessantes sobre a realidade evangélica no Brasil. O dado que mais nos chamou a atenção é o que diz respeito à categoria evangélica que mais cresce: o ‘evangélico sem igreja’. A maior parte desse grupo não é de
    evangélicos ‘nominais’ (os que se autodenominam evangélicos, mas não frequentam uma igreja); antes, é composta pelos que se consideram evangélicos, mas não se identificam com denominação alguma. Longe de ser ‘nominal’ ou ‘não-praticante’, o evangélico sem igreja talvez frequente várias igrejas sem se definir por uma; ou pode ser que assista a uma igreja durante alguns meses, antes de passar facilmente a outra. Com isso, não chega a se sentir assembleiano ou batista ou presbiteriano ou quadrangular. Existe, então, um setor crescente de pessoas que se identificam como evangélicas, mas não como
    pertencentes a uma determinada denominação.”

    Voltei
    Apesar da Bíblia não conter um mandamento explícito para uma pessoa pertencer formalmente a uma igreja, ela está permeada de passagens que indicam a necessidade de pertencer a uma igreja. A base bíblica pode ser vista claramente no exemplo da igreja primitiva, na existência de liderança na igreja e no exercício da disciplina bíblica.

    O exemplo da igreja primitiva
    Na igreja primitiva, se tornar cristão significava pertencer à igreja. Os
    cristãos eram batizados, adicionados à igreja (Atos 2.41, 47; 5.14; 16.5). Mais que simplesmente viver uma vida privada compromissada com Cristo, ser cristão significa juntar-se formalmente com outros cristãos em uma assembleia local e devotar-se ao ensinamento dos líderes, a comunhão, ao partir do pão e as orações (Atos 2.42). Há evidências no Novo Testamento que assim como havia uma lista de viúvas elegíveis para o suporte financeiro (1 Timóteo 5.9), assim também havia uma lista de membros que aumentava conforme pessoas eram salvas. De fato, quando um cristão se mudava para
    outra cidade, a sua igreja frequentemente escrevia uma carta de recomendação para a sua nova igreja (Atos 18.27; Romanos 16.1; Colossenses 4.10).

    A liderança da igreja
    A igreja possui uma pluralidade de líderes que supervisionam um grupo de crentes. As tarefas que os líderes possuem pressupõe um grupo definidos de pessoas as quais estão sob os seus cuidados. As Escrituras ensinam que os pastores irão prestar contas a Deus por cada individuo sob o seu cuidado (Hebreus 13.17). Os pastores somente podem prestar contas a Deus por pessoas que eles
    sabem que estão no seu rebanho. Por outro lado, as Escrituras ensinam que os cristãos devem se submeter aos seus líderes. Se uma pessoa é desigrejada, surge a pergunta: “Quem são os seus líderes?”.

    Disciplina na igreja
    Mateus 18.15-17 estabelece a disciplina na igreja. O exercício da disciplina pressupõe que os líderes da igreja saibam quem são os membros da igreja. 

    Concluindo
    Não é possível biblicamente ser um cristão desigrejado.

  6. Aos senhores Clamando e Antonio Henrique:

    Clamando, o templo a que a passagem por você citada não era uma igreja, mas o templo judaico.
    Os primeiros cristãos continuavam indo ao templo – Cristo também ia – onde falavam de Jesus, mas como uma comunidade cristã eles se reuniam em suas próprias casas. Você não quer que os cristãos passem a frequentar o templo judaico? Quer?

    Antonio Henrique, a palavra “congregação”, em sua etimologia, significa uma reunião de pessoas, e essa reunião, ou assembleia, ou congregação, pode se dar em qualquer lugar, até mesmo dentro de uma casa. Assim, os cristãos primitivos não construíam igrejas, não pagavam pastores, nem tinham hierarquia, pois, conforme disse Cristo, o maior seja o menor.

    Concluindo, ouçam o vídeo abaixo, pois os ajudará a lidar com o ódio que vocês têm de mim.



    Assine o Canal
    • Criatura abominável horrenda e nojenta vulgo (Sandro),a sua procura desenfreada por homens cauterizou a sua mente,ao chegando ao ponto,de um desequilíbrio total,de apenas querer falar não importa o que,agora você sabe quem precisa de um psiquiatra,perdeu a noção por completo,em 3,5 você queria que os cristãos edificassem, quantos templos ,se até mesmo para se reunirem eram escondidos,em cavernas catacumbas,casas,para não serem presos,e muitos até mesmo mortos.? O ministério de Jesus,quem eram as pessoas que mais ajudavam,o que Jesus fala da viúva pobre,e dos outros? Quem era o tesoureiro do ministério de Jesus?

      1 Coríntios 9:14 – Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.

      Sabemos que exitem muitos falsos pastores que usam da palavra de DEUS para se enriquecer,mas não são todos,ainda temos muito que são fieis a DEUS,então quando quiser falar das coisas de DEUS,procure o psiquiatra que você recomenda aos outros porque o seu caso já esta passado. Você já não sabe a diferença entre uma galinha e um elefante.

  7. As igrejas evangélicas como um todo precisam agir com mais respeito ao ser humano.

    O som geralmente ou é alto e grave, destruindo as vias sonoras dos participantes. Os glórias a Deus e aleluias dados pelos participantes na ora da pregação, tendem a ofuscar palavras da pregação ou seja, numa frase, as palavras centrais ficam inaudíveis por conta de um louvor a destempo. Cadê o respeito pregado por Paulo que aconselha controlar o espírito?

    As igrejas protestantes aqui do Brasil, do que se vê, poucas climatizaram os seus templos. Ora até a rica igreja católica não climatiza. Comum vê na tv uma missa do estado de Goiás,os católicos, coitados, é um abana/abana e abana. Fico a imaginar se os padres colocam gelo dentro da batina ou então é milagre, mas milagre só pra eles, visto que os participantes pegando fogo com o calor e em bancos duros.

    E ainda reclamam, todas, que os jovens sumiram.

    Tem mais coisa. Virou um besteirol não sabendo quem copiou quem, o tal de cumprimento mútuo, onde ao invés disso deveriam arranjar meios dos jovens se conhecerem, se conversarem, quem sabe para fins de futuras alianças em termos de casamento.

    Práticas sociais não existem e muito menos desportivas e de lazer, afinal não se vive apenas de trabalho, pregação, o culto, em si, como seja, sendo que é a juventude quem mais se perde pela falta de entrosamento, diferente do mundo, em que o diabo é nota 1000, construindo em cada cidade do interior estruturas de danças para acolher bandas que começam o show a partir de uma hora da manhã onde todos já bêbados e drogados, onde o tráfico imperou, onde os pais foram embora pra casa que ja não aguentavam mais de sono, tendo deixados seus filhos de menor nos cuidados, vejam só de quem, traficantes e de embriagados. Povo de Deus é muito burro mesmo. Mas reclamam da astúcia do diabo, isso sem nada fazer pra enfrentá-lo.

    Tem mais coisas, há pastores que ficam o tempo todo tomando conta da vida dos membros de sua igreja. Cristo criou a igreja dele para os doentes, uma vez que as outras igrejas já estavam cheias das pessoas boas, sem pecados. Aí esse povo ao invés de procurar essa igreja sem pecado pra ser pastor, vem pra de Cristo, exigir santidade. Cristo não exigiu santidade de Pedro, de Judas…, do contrário, pediu de forma especial a Pedro, o torto, que pastoreasse a igreja dele, Um torto pastoreando a vida dos tortos cristãos. Tem igreja que quando a pessoa confessa seguir aquela denominação, no dia seguinte é nomeado ou então vai sem nomeação mesmo os examinadores da vida dos novos convertidos, criticando por não uso de roupa x, abandono de cigarro, bebida, segunda mulher, corte de cabelo, roupa imprópria,o recrutamento sem pena, afugentando qualquer doente espiritual, pois o Deus deles opera na hora da conversão, sendo que Pedro passou muito tempo pra se converter.

    Tem igrejas que vendo você como novato, todos pregam olhando pra você, espantando o coitado que chegou como visita, mas de tanto importunado, sequer na rua mais passa com medo de ser agarrado pela mão à conversão pra dentro da igreja.

    Tem igrejas que vendo pessoa que pode ir embora, pois assistindo ao culto de lado de fora, sequer muda um pouquinho a liturgia, em que a palavra fosse dada por primeiro, invertendo a ordem pra falar de Jesus. Não são três hiinos da harpa, todos os conjuntos cantando duas três vezes, as ofertas, oito/nove/dez levanta e senta pra ora a ponto de, se fosse eu o pastor, mandava gravar a oração, pois repetitiva, insossa, apenas ritos.

    Iluminação precária da igreja, ora sendo pouca luz e ora muita. Luminosidade diferenciada dentro da nave da igreja, as raus em derredor da igreja mal iluminadas podendo a igreja comprar lâmpadas e fortes e repor as queimadas e as fracas, pois os governos não se preocupam com isso, as igrejas com seus fieis, também não. Que venha no escuro, que a igreja tenha sua faixada e derredores escuros.

    Igrejas muito apertadas, mas que não procuram comprar os imóveis que ladeiam visando ampliar, estacionamento, equipamentos de lazer e esportes, salas de apoio.

    Cristo, homem organizado, logo tratou de formar uma equipe, não saiu sozinho no deserto, cidade e ruas, do contrário, doze homens o acompanhando, servindo de companhia e de segurança uns aos outros; instituiu um tesoureiro, criou uma carteira de colaboradores financeiros, fez uso de barcos, conversou com todos, esteve em todos os lugares levando a sua palavra; como marketing da sua palavra operou milagres de curas, expulsão de demônios, ressurreição de mortos, visitou os templos e casas de oração, estabeleceu a meta de evangelizar o mundo todo, disse como haveria de conseguir recursos para tanto; lembrou que quem fosse solteiro pregaria mais e mais longe; aceitou casados e solteiros no seu discipulato, mulheres também; ensinou até a orar; ensinou a pregar; ensinou a fugir pra não ser preso; ensinou a não se jogar dentro de buracos e armadilhas; ensinou a despistar; ensinou a enfrentar; ensinou a calar;ensinou a tratar com pobres, ricos, mulheres, aleijados; ensinou a usar as situações de fragilidade das pessoas que o procuravam, pra ensinar a sociedade como um todo que não se deve excluir, subestimar, superestimar, ensinou a não perder tempo com discussões teóricas/teológicas/intelectualiadas, ensinou que todos que pregam o seu nome é por Ele, ensinou a não se ater a vestimentas e a costumes,

    Como seria bom se as igrejas aprendessem todas essas lições e na íntegra com Ele. Mais ainda, se todos nós também.

  8. Como disse anteriormente, os cristãos primitivos não conheceram o modelo de igrejas com bancos e um púlpito na frente, com uma plateia assistindo passiva às prédicas deste ou daquele individuo.

    Também não assalariava “pastores” e não tinha essas políticas mundanas que transformam igrejas em empresas lucrativas para toda uma casta de privilegiados que, ainda por cima, são nepotistas.

    Quanto a Bíblia diz que eles iam ao templo, o templo era o judaico, onde iam para falar de Jesus.

    E mesmo que desejassem, os cristãos não poderiam construir igrejas, pois eram perseguidos e até mesmo assassinados. Assim, eles se reuniam em suas casas, e não em templos, como acreditam o Clamando e Antonio Henrique. Observe que Paulo refere uma dessas igrejas em casa ao dizer:

    “Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, também nosso colaborador, e à irmã Áfia, e a Arquipo, nosso companheiro de lutas, e à igreja que está em sua casa, graça e paz a vós outros, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.” Fil. 1:1

    Mas entendo o Clamando. Talvez ele seja um desses “pastores” assalariados pela igreja.

    • Sandro,

      Era de desconfiar da hombridade dos cristãos se acaso conseguissem dinheiro com dois gatos pingados de cristãos, ou seja, no início da evangelização já construindo templos?

      Não, meu caro. Os evangélicos são assim mesmo. Começam pregando nas próprias casas, praças, ruas, alugam casas, juntam dinheiro e depois constroem.

      Não é justo sua mulher em estado de convalescência de um parto e com um recém nascido receber todas as noites milhares de pessoas. Tua casa cabe o povo da igreja adventista que você participou?

      Tem banheiros pra todos? Tua rua tem estacionamentos? Os evangélicos quando estacionam na frente da casa dos teus vizinhos, eles gostam? Sistema de fossa da tua casa permitem uso pra quantos meses, afinal construída pro cinco pessoas, mas recebendo centenas todos os dias. Uma banda e seus instrumentais, a tua casa tem sala grande o suficiente? Aliás, qual o tamanho da tua sala? Na tua casa já destelharam-na pra fazer descer pessoas em busca de milagres? Teus vizinhos são santos, pois os das igrejas se sentem incomodados com o barulho, exceto se tua casa tenha uma acústica pra impedir o vazamento do barulho. A polícia interdita a rua? Na minha cidade, quando há culto nas casas, tal é feito.

      Sandro, sandro, não haja como se bodega o fosse o que tem suporte pra ser supermercado.

  9. Aos sinceros que desejam saber a verdade sobre templos e outras questões, leiam a obra

    “Cristianismo Pagão”, de Frank Viola.

    Remova os cerquilhos (jogo da velha) e baixe o texto:

    w#w#w.#souescolhido.#com#/public/Cristianismo#_Pagao.#pdf

  10. Aos senhores Clamando e Antonio Henrique:

    Clamando, o templo a que a passagem por você citada se refere, não era uma igreja, mas o templo judaico. Os primeiros cristãos continuavam indo ao templo – Cristo também ia – onde falavam de Jesus, mas como uma comunidade cristã eles se reuniam em suas próprias casas e onde partiam o pão (era uma saborosa refeição, e não apenas uma hóstia e um golinho de vinho).

    Antonio Henrique, a palavra “congregação”, em sua etimologia, significa uma reunião de pessoas, e essa reunião, ou assembleia, ou congregação, pode se dar em qualquer lugar, até mesmo dentro de uma casa. Assim, os cristãos primitivos não construíam igrejas, não pagavam pastores, nem tinham hierarquia, pois, conforme disse Cristo, o maior será o menor.

    Agora, que tal vocês agirem como adultos e se esforçarem por vencer o ódio que sentem de mim?

    • sandro
      vc. não apreendeu nada mesmo…templo ou igreja prédio é tudo a mesma coisa, na verdade a igreja é o corpo de Cristo, logo onde 2 ou mais estiverem reunidos ali ele estará.
      Diferença que não tem como ajuntar 10 mil 20 mil ou mais em casas ou em praças, por isto construímos prédios para abrigar a igreja do sr. e quando vc. passa em algum templo e ve o nome de qualquer instituição evangélica, o nome não é do prédio ou templo, mas sim do corpo que se reúne ali, como diz a bíblia ele juntará de todos os povos tribos e línguas. e nações

      • E quem disse que é necessário ajuntar milhares de pessoas em um só lugar?

        Não disse Jesus que o caminho é estreito e são muito poucos os que o acertam?

        E não venha com essa falácia de placa de igreja, pois cada placa tem dogmas diferentes.

        • 7 bilhões de pessoas povoam a terra hoje, contra alguns milhões no tempo de jesus, logo comparar a igreja primitiva com a de hoje, no minimo é burrice, vc. condicionou a porta chamada pecado com a porta dos céus, kkkk como sempre falando bobagem

    • Depois de seus ataques gratuitos, Stardust (agora nem sei com qual stardust falo), até teria, mas desabafar a gente desabafa com amigos, com pessoas que nos amam, coisa que aqui é raro ter.

      Meu desabafo será em oração, com Deus, onde irei orar pelos que falaram mal de mim. Abraços.

      • césarr7

        Não fui eu que escrevi esse comentário ao sandro. Mas já que vc tocou no assunto, rebeldia é a sua universal que pratica, pois é fruto de uma separação de 5 descontentes da igreja nova vida. E porque eu tenho que ter vergonha na cara? eu não sou a universal.

  11. As igrejas como um todo precisam agir com mais respeito com o ser humano.

    O som geralmente é alto e grave, destruindo as vias sonoras dos participantes.

    Os glórias a Deus e os aleluias dados pelos participantes na ora da pregação, tendem a ofuscar palavras da pregação, ou seja, numa frase, as palavras centrais ficam inaudíveis por conta de um louvor a destempo. Cadê o respeito pregado por Paulo que aconselha controlar o espírito?

    As igrejas evangélicas aqui do Brasil, do que se vê, poucas climatizaram os seus templos.

    Até a rica igreja católica não climatiza.

    Comum vê na tv uma missa do estado de Goiás,os coitados dos católicos num abana, abana e abana.

    Fico a imaginar se os padres acaso colocam gelo dentro da batina ou então é milagre por não suarem, mas se for milagre, só pra eles, visto que os participantes ficam a pegar fogo com o calor e em sentados em bancos duros.

    Engraçado mesmo é que ainda reclamam, todas elas, que os jovens sumiram.

    Tem mais coisa.

    Virou um besteirol não se sabendo quem copiou, o tal de cumprimento mútuo, bem assim sugerir que os participantes fiquem falando uns para os outros palavras de apoio, de repreensão, profética, tá feia a coisa.

    Invés disso deveriam arranjar meios dos jovens se conhecerem, se conversarem, quem sabe para fins de futuras alianças em termos de relacionamento e casamento, afinal são as maiores vítimas da falta de preparo das igrejas para com eles. Do não abrir discussões aos temas de suas agendas enquanto jovens e carências numa integração entre si, pois, por temor, fogem de se relacionar com os de fora, mas não conhecem os de sua igreja, a não por breves olhares.

    Práticas sociais não existem.

    Muito menos as desportivas e de lazer também como pauta das igrejas.

    As igrejas vivem no exercício da fé e a propagação da palavra em busca de novos fieis e da firmação dos que lá se encontram, ou seja, tudo trabalho, ( pregação e o culto), nisso esquecendo a juventude, tudo por falta falta de entrosamento entre eles.

    Já o mundo, o diabo é nota 1000. Construindo em cada cidade do interior estruturas de danças p/ acolher bandas que começam os shows a partir de uma hora da manhã onde todos já bêbados e drogados, o império do tráfico. Os pais vão embora pra casa antes do findar, já que não se aguentam mais de sono, deixados os filhos de menor de idade ou não aos cuidados, vejam só de quem, traficantes e de embriagados.

    O “povo de Deus” é muito burro mesmo. Mas gostam de reclamar da astúcia do diabo, embora nada façam pra enfrentá-las.

    Tem mais coisas, há pastores que ficam o tempo todo tomando conta da vida dos membros de sua igreja.

    Sabe-se que Cristo criou a igreja Dele p/ os doentes. As outras igrejas já estavam cheias das pessoas boas e sem pecados esquecendo dos pecadores.

    Aí esse povo(pastores rígidos, pois Cristo era de jugo suave) ao invés de procurar essas igrejas sem pecados pra serem pastores, vem para a de Cristo exigir santidade.

    Cristo não exigiu santidade nem de seus discípulos, que o diga Pedro, de Judas…

    Do contrário, pediu de forma especial a Pedro, o todo torto, que pastoreasse a igreja dele. Ora vejam, um torto pastoreando a vida dos tortos cristãos.

    Tem igreja que quando a pessoa confessa seguir aquela denominação, no dia seguinte é nomeada ou então vai sem nomeação mesmo assim comissão de examinadores da vida dos novos convertidos. Criticam por não uso de roupa x, não abandono de cigarro e da bebida e da segunda mulher. O corte de cabelo tem que ser padrão x, roupas impróprias jogadas fora,é um recrutamento sem pena, o que finda afugentando qualquer doente espiritual, e o que é pior, dizendo eles que o Deus deles opera na hora da conversão.Pedro, discípulo de Cristo, passou muito tempo pra se converter. e acho que até na hora da morte, querendo ser humilde, findou pedindo uma morte pior que a de Cristo. Será mesmo que se converteu?

    Tem igrejas que vendo você como visitante, todos pregam olhando e si dirigindo pra você, portanto, espantando o coitado que chegou como curioso. Depois desse dia, de tanto ter sido importunado, sequer na rua daquela igreja passa, pois com medo de ser agarrado pela mão à força pra dentro da igreja, numa conversão destemperada.

    Há igrejas que vendo pessoa que pode ir embora do seu culto, pois assistindo do lado de fora, sequer mudam um pouquinho a liturgia, sendo a ministração da palavra por primeiro, ou seja, invertendo a ordem visando falar de Jesus.

    Que nada, são três hinos da harpa, cânticos por parte de todos os conjuntos duas três oportunidades, as ofertas, oito/nove/dez orações num levanta e senta que se eu fosse o pastor, mandava gravar a oração, de tão repetitiva, insossa, apenas ritos.

    Tem mais, é Iluminação precária das igrejas.

    Ora algumas apresentam pouca luz e ora muita. Outras são a luminosidade diferenciada dentro da nave da igreja.

    As raus em derredor das igrejas são geralmente mal iluminadas, sem que elas procurem comprar lâmpadas e fortes visando repor as queimadas e as fracas, afinal os governos não se preocupam, e as igrejas também, ao que parecem com seus membros/fiéis, também não. Que venham no escuro, bem assim cheguem em suas igrejas c/ faixadas e ruas em derredor escuros.

    Igrejas muito apertadas, mas que não procuram comprar os imóveis(casas e terrenos) que as ladeiam visando ampliar os templos, criar estacionamentos, construir equipamentos de lazer e esportes, bem assim salas de apoio.

    Cristo, homem organizado, logo tratou de formar uma equipe.

    Ele não saiu sozinho no deserto, nas cidades e ruas. Do contrário, arrebanhou doze homens no seu acompanhamento diário, servindo seja de companhia, seja de segurança uns para com os outros.

    Ele instituiu um tesoureiro; criou uma carteira de colaboradores financeiros; fez uso de barcos e outros meios de transporte; conversou com todos; esteve em todos os lugares levando a sua palavra; como marketing operou milagres de curas, expulsão de demônios e ressurreição de mortos; visitou os templos e casas de oração; estabeleceu como meta a evangelização do mundo todo; sugerir como conseguir recursos para tanto; lembrou que quem fosse solteiro pregaria mais e mais longe; aceitou casados e solteiros no seu discipulato, mulheres também; ensinou a orar e a pregar; ensinou a fugir pra não ser preso; ensinou a não se jogar dentro de buracos e armadilhas; ensinou a despistar; ensinou a enfrentar; ensinou a calar;ensinou a tratar com pobres, ricos, mulheres, aleijados; ensinou a usar as situações de fragilidade das pessoas que o procuravam, pra ensinar a sociedade como um todo que não se deve excluir, subestimar, superestimar, ensinou a não perder tempo com discussões teóricas/teológicas/intelectualiadas, ensinou que todos que pregam o seu nome é por Ele, ensinou a não se ater a vestimentas e a costumes,

    Como seria bom se as igrejas aprendessem todas essas lições e na íntegra com Ele. Mais ainda, se todos nós também.

  12. Gracas a Deus e pela sua imensa misericordia eu e minha familia nunca mais pisamos em uma igreja evangelica , pois se estivessemos continuado la, estariamos a caminho do inferno. A igreja evangelica tupiniquim a muitos anos afastou-se do cristianismo e do simples evangelho do Senhor e Salvador Jesus Cristo e, em nada tem a haver com o evangelho pregado e vivido pelos Apostolos de Cristo, pois nas igrejas tradicionais vemos a maconaria, a frieza com o Espirito Santo e seus dons , nas igrejas pentecostais, vemos a malandregem, a roubalheira, a hipocrisia, o falso evangelho da prosperidade e do triunfalismo, onde 90 por cento e pura malandragem e dez por cento e a forca da mente em acao. Como bem disse o Cristo, o filho de Deus, quando nos ensina e nos exorta que quando da sua volta encontraria fe na terra? Essa profecia de Jesus Cristo esta sendo cumprida cabalmente nessa igreja apostata dessa geracao.

    • esse é daqueles que se acha tão santo, que não existe aqui na terra um lugar que merece a presença dele…
      O APOSTOLO PAULO FALOU DE PESSOAS COMO VOCÊ MARCOS,
      Ele disse que pessoas assim tem —RIGOR ASCETICO—
      Se acham melhor do que todo mundo….

      SERÁ QUE VOCÊ VIVERIA DA IGREJA Do passado? será que você conviveria no meio dos apostolos? vendo pedro negar JESUS tres vezes, vendo tome sendo incredulo, vendo os discipulos discutindo para ver quem era maior, vendo joão pedidndo JESUS permissão para orar e descer fogo nos samaritanos, vendo judas roubar de JESUS descaradamente, vendo os discipulos querendo impedir as crianças de chegarem a JESUS,,,
      Será que você viveria na igreja primitiva? vendo ananias e safira, sendo infieis e morrendo por isso, vendo paulo e pedro se desentender, por questões de fé, vendo falar de filho que se deita com a mulher do proprio pai…
      OLHA MARCOS O PROBLEMA DE PESSOAS COMO VOCÊ, É QUE SE ACHAM MAIS SANTOS DO QUE TODO MUNDO…

  13. Unipensar…com o avanço da ciência e advento da internet (que não sabemos se é o anti cristo ou grande irmão ) …as coisas clarearam ,mas obscureceram…pois sabemos que a bíblia é verdadeira ,mas e os pontos que não batem ??? hoje não podemos simplesmente dizer tenha fé ,acredite que é assim !!!

    depois são muitos os maus exemplos de todos os lados e tipos & perceberam que quem tem fé / crê vive , e quem não tem fé vive melhor ainda !!!

    agora cá entre nós : com um deuszinho é melhor ,nunca estamos solitários ,fortalece nas fraquesas ,anima nos desânimos !!!

    • Mas isso é algo que sempre vai acontecer, o proprio JESUS disse isso.
      ELE DISSE:
      O escravo não fica para sempre na casa, mas o filho sim PARA SEMPRE…
      Ou seja as pessoas que entraram na casa, (igreja) e não se libertaram de sua rebeldia, não se converteram, não abandonou as coisas erradas e continuaram escravas das coisas desse mundo, acabaram, saindi, e os que são escravos, vão sair, por um motivo ou outro.
      MAS OS QUE SE ARREPENDERAM DO SEU PECADO, Se converterm, e nasceram de novo, ESSE VAI FICAR PARA SEMPRE, Pode acontecer o maior escanda-lo do mundo, mas ela vai permanecer firme porque é filho…

      Não adianta criticar, e dar motivos porque saiu, muitos falam que é por causa de pastor, outros dizem que foi por causa de um irmão, e de outras coisas, MAS A VERDADE É QUE ELA NÃO SE CONVERTEU, E acabou sendo cortada, pelo proprio JESUS como ele disse: todo ramo que estando em mim não der fruto, será cortado e lançado fora…

      IMAGINE NOE, DENTRO DA ARCA…
      imagine o fedor, que estava ali, animais de toda especie, juntos, e fezes que não acaba mais, era um fedor insuportavél dentro da arca…
      MAS FOI MELHOR, SUPORTAR O FEDOR DENTRO DA ARCA, Do que morrer afogado no diluvio…

      A IGREJA INSTITUIÇÃO É Como a arca sas que fede, tem escanda-los, tem coisas que parecem ser insuportavés…
      MAS É MELHOR SE MANTER DENTRO DELA, Do que estar no mundo como os tais desigrejados…
      ESSES SÃO NA VERDADE FILHOS DA REBELDIA…

  14. Isso já deixou de ser igreja a tempo, virou empresa cheio de outros interesses além de simplesmente adoração a Deus. Sem falar de tantas heresias e mentiras e doideira que acontece no pentecostalismo.

      • Sandro,

        Parabenizo não. Dos males o menor. Se não fossem as igrejas, esse país ao invés de ter as 21 cidades mais perigosas do mundo teria as 51, e quem sabe, todas as 5.000 municípios.

        No meios dos discípulos de Cristo já imperava a ladroagem, os interesses, mas ele não foi radical como esse tal ex-assembleiano falador de asneira misturado com besteira.

        Sandro, é você mesmo ou é o stardust?

        Conclamo as autoridades policiais, pois são grandes os indícios que stardust matou Sandro, afinal usando o nome deste, mas sem ele reagir? Ajuda aí, polícia. Deram um fim num internauta por nome Sandro.

  15. DEFINIÇÃO DE RELIGIÃO

    “Religião é uma doença degenerativa que os mais espertos introduzem na mente dos incautos (fazendo uma lavagem cerebral) cerceando sua liberdade com regras, proibições e deveres, explorando-os em todos os sentidos e manipulando-os como fantoches em nome da fé” [Daniel Alves]
    A Bíblia é uma enciclopédia de leis e mandamentos que “foram escritos sob inspiração Divina para ensinar, orientar, repreender e disciplinar em justiça” (2Tim. 3:16), Ela diz:
    “A FÉ só prevalece com OBRAS, SEM OBRAS, a FÉ está MORTA” (Tiago 2:14-17; 2:24-26)
    Para os FALSOS PROFETAS que chamam suas IGREJAS de ‘casa de deus’, as Escrituras Sagradas responde: “DEUS, o Verdadeiro, não mora em TEMPLOS feitos PELAS MÃOS dos HOMENS. Quando quiseres ORAR, entra no teu quarto particular, e, fechando a tua porta, ORAS AO PAI QUE ESTÁ EM SECRETO, e, se merecer, ELE ti responderá” (Atos 17:24,25; Mateus 6:6,7)
    “Acautelai-vos dos FALSOS PROFETAS, MINISTROS DE SATANÁS” (Mateus 7:15; 2Cor. 11:12-15)
    JESUS FOI ENFÁTICO:
    “EVANGÉLICO, é quem tem e cumpre os meus MANDAMENTOS” (João 14:21-24)
    “Todo aquele que diz que ME CONHECE E ME AMA e NÃO CUMPRE os MEUS MANDAMENTOS é um MENTIROSO!” (1João 2:4)

  16. Antes de tudo, é necessário que se tenha em mente que igreja não é um prédio o qual temos que ornamentá-lo com o intuito de agradar a Deus. A igreja neotestamentária são grupos de PESSOAS, Paulo escreve suas cartas para grupo de pessoas.

    Viver em igreja é bom, aliás é muito bom, desde que seja uma igreja sadia, desde que seja, realmente, uma igreja em que a Palavra do Senhor é a única verdade, não sendo subjugada por doutrinas humanas, como o próprio Jesus falou, em Mc7:7-8, ao citar Is29:13 : “E EM VÃO ME ADORAM, ENSINANDO DOUTRINAS QUE SÃO PRECEITOS DE HOMENS” , e ainda, “JEITOSAMENTE REJEITAIS O PRECEITO DE DEUS PARA GUARDADES A VOSSA PRÓPRIA TRADIÇÃO” . Dessa forma, eu pergunto: Hoje, onde está essa igreja?

    É sabido que existem inúmeras igrejas; mas compartilham a mesma doutrina?!!! Não, pois possuem doutrinas divergentes entre si, como se, biblicamente, isso fosse possível; porque quando a doutrina de Cristo é lida no evangelho, ela é apresentada no singular, “TODO AQUELE QUE ULTRAPASSA A DOUTRINA DE CRISTO…” (2Jo9), e ela qualifica o pastor quando este lhe é fiel (Tt1:9).

    Porém, sempre surge a justificativa da interpretação para explicar as diferenças doutrinárias; se isso fosse aceitável, a “simples” interpretação de Himineu e Fileto sobre a ressurreição não seria condenada por Paulo, que os acusa de ” ESTES SE DESVIARAM DA VERDADE” e ” ESTÃO PERVERTENDO A FÉ…” (2Tm2: 14-19).

    Sendo assim, antes de olhar para os desigrejados, as igrejas tinham que olhar para si, procurar saber se; assim como as igrejas em Éfeso, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Laodicéia; também não estão sendo chamadas para o arrependimento(Ap2 e 3) para que não caiam em condenação.

    “PORQUE GUARDASTE A PALAVRA DA MINHA PERSEVERANÇA, TAMBÉM EU TE GUARDAREI DA HORA DA PROVAÇÃO QUE HÁ DE VIR SOBRE O MUNDO INTEIRO, PARA EXPERIMENTAR OS QUE HABITAM SOBRE A TERRA.
    VENHO SEM DEMORA. CONSERVA O QUE TENS, PARA QUE NINGUÉM TOME A TUA COROA.”(Ap3:10-11).
    QUEM TEM OUVIDOS, OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS.

  17. Aos sinceros que desejam saber a verdade sobre templos, e outras questões, leiam a obra

    “Cristianismo Pagão”, de Frank Viola.

    Remova os cerquilhos (jogo da velha) e baixe o texto:

    w#w#w.#souescolhido.#com#/public/Cristianismo#_Pagao.#pdf

  18. Jesus não mandou construir igreja nenhuma. Ele ia, aos sábados, no templo judaico, e se reunia em casa e nas montanhas com seus discípulos e seguidores. O maior sermão da história do cristianismo não foi feito em uma igreja ou templo, mas em uma montanha, onde Jesus pronunciou, entre outros sagrados ensinamentos, as bem-aventuranças. Também a santa ceia não foi feita em templo, mas em uma residência.

    Os cargos que Pedro criou (presbíteros, por exemplo) eram funções que não necessitam de um templo ou escritório, sendo exercida em casa, na beira de um lago, ou seja, em qualquer lugar onde uma comunidade de cristãos estejam reunidos, e essa comunidade pode ser um pequeno número. se for necessário reunir muitas pessoas, pode-se alugar temporariamente um local, mas esse local é temporário, não uma igreja com toda a institucionalização que vemos hoje.

    A melhor forma de praticar o cristianismo é pela devoção e pelo exemplo pessoal, e em pequenos grupos, jamais nessas instituições arrecadadoras de dízimos e transformadas em redutos eleitorais de corruptos que misturam religião com política, vendem o Evangelho e se tornam milionários.

    Durante o período em que o comunismo reinou na URSS, haviam duas igrejas: uma, oficial, controlada pelo Estado ditatorial; outra, clandestina, oculta, fiel e controlada por Deus. Se frequentar uma igreja fosse, de fato, uma obrigação do cristão, então teríamos de dizer que estavam certos os cristãos que aceitavam o controle do estado comunista sobre a Igreja e errados os que, como os cristãos nas catacumbas de Roma, preferiam viver o Evangelho em sua pureza e santidade.

    • Sandro,

      Se sua pessoa não era assim, eis que se tornou de tanto ouvir stardust, salvo engano, pois totalmente contrário às estruturas físicas, igrejas.

      Meu caro, se um prédio no formato de uma igreja não tem importância, segundo você para o cristianismo, então qual o seu temor?

      Cristo não via importância fulcral no prédio principal do judaísmo, o templo, tanto que deixou bem claro que o culto pode ser feito no próprio quarto, nos campos, nas ruas, nas casas, mas também não condenou, do contrário, por vezes esteve lá e nas Casas de Oração.

      Faça o seguinte, se junte aos que pensam assim e requeiram em juízo o fim dessas estruturas, ou então faça como os homens bombas, metam fogo. Tô brincando, vá fazer isso não.

      Meu caro, Cristo deixou bem claro que não é o templo de paredes que faz a fé, todavia nunca condenou, apenas predisse o que haveria de acontecer com todo a sociedade judaica, a dispersão no mundo, inclusive a destruição do templo. Ora, como é que uma pessoa frequenta uma coisa que não gosta, muito menos seus discípulos o repreendem?

      Esperava mais de você. Outra coisa, com ou sem templo, Judas roubou, então não ligue uma coisa a outra não. Estou achando que você não é você, sim o stardust que comprou/alugou ou lhe matou e está usando indevidamente seu nome. Ideias cada vez mais stardustinianas!!!!!

      • Meu caro Levi Varela,

        a questão não é meramente da estrutura física, por assim dizer, do templo, do prédio, mas da verdadeira babilônia que esse sistema, que transforma o cristianismo em uma empresa para faturar dinheiro e dar lucro a uma casta de aproveitadores, reproduz.

        Os devotos não estão deixando de ir à igreja por causa meramente do templo físico, dos bancos, do púlpito, dos instrumentos musicais, mas por causa do que ali dentro se pratica no sentido de desvirtuar totalmente o espírito e a mensagem do cristianismo.

    • Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.hb10-25. o que o sr me diz?

    • ô Sandro, você é excessivamente simplório nos seus comentários. Você, ainda, usa sandálias ou já evoluiu para os sapatos? Você, ainda, se move a pé ou já evoluiu para meios de transportes? Você, ainda, acha que para a pregação do Evangelho deve-se usar, apenas a voz, como no Sermão do Monte, ou já evoluiu para a utilização dos sistemas de propagação dos sons? Você sempre generaliza. Quando um figo estragado é encontrado, joga-se o figo estragado fora, mas preserva-se o cesto de figos sadios. Figos estragados sempre existiram, existem e existirão, mas esses figos estragados sempre estarão entre os figos bons. Assim aconteceu até na reunião dos Apóstolos. Lá estava Judas. Judas fois descartado, mas o colégio apostólico foi preservado. Seja um cristão de fato.

  19. Já ouvi o reverendo augustus muitas vezes e acho que já li todos os seus livros, dentre os quais muitos estão autografados na minha pequena e singela biblioteca. é muito difícil, quase impossível, discordar dos argumentos bíblicos de alguem como ele que, sem dúvida alguma, acumula um conhecimento imenso das Santas Escritura. entretanto, para analisar as razões que fazem crescer grandemente a quantidade de desigrejados, entre os quais infelizmente, estou quase a ser incluído, seria muito bom se ele refletisse, com todos os cuidados, sobre a luta de poder e vantagens que se trava nos concílios e que nada significa para a Igreja, que no entanto, sofre por ser continuadamente enganada.

  20. Alguns debatedores, dentre os quais o Clamando e o Antonio Henrique, têm afirmado que o fato dos cristãos primitivos não construírem templos deveu-se a terem os mesmos sofrido perseguição.

    Ora, isso constitui uma das razão, mas esta não é suficiente para dizer que se eles não sofressem perseguição ergueriam templos e adotariam esse sistema de organização burocrática, nepotista e que transforma as igrejas em verdadeiras empresas visando sustentar e, às vezes, como no caso dos vendilhões do Evangelho, enriquecer líderes, além de transformar igrejas em currais eleitorais de homens que misturam religião com política para fins de poder, fama e dinheiro.

    Não podemos, por exemplo, deduzir simploriamente como fazem os referidos debatedores, pois, se assim fosse, então qualquer um poderia dizer que os cristãos primitivos não participavam de torcida organizada porque naquele tempo não havia futebol. Assim, o fato de eles não construírem templos não pode ser justificado APENAS porque eles sofriam perseguição, pois eles poderiam ter outros motivos além desse, sendo que não se impõe nada baseado apenas em conjecturas de como teria sido se as circunstâncias fossem outras. O fato é que eles se reuniam em grupos e em casa, e isso de forma alguma enfraqueceu ou foi uma desvantagem para o cristianismo, sendo que justamente nesse tempo e sob esse modelo que o cristianismo viveu seu momento mais edificante e vitorioso.

    É necessário observar, ainda, que Jesus Cristo nunca mandou, por exemplo ou palavras, que seus discípulos se empenhassem em construir templos e organizar sua igreja – que é seu povo – como se empresas fossem – Jesus mandou seus discípulos pregarem as boas novas e a viverem como verdadeiros cristãos amando a Deus e ao próximo como a si mesmos.

    Para viver a mensagem de Cristo é importante ler o Evangelho, adorar a Deus, pregar ao próximo e dar o exemplo. Os devotos podem se reunir, traçar planos e fazer ativismo das muitas formas que a própria tecnologia permite, como a internet, por exemplo. Mas não devem impor hierarquia, não devem transformar a igreja – comunidade – em empresas, não devem legislar sobre o Estado, não devem impor dízimos e sustentar pessoas que não querem trabalhar, não devem transformar em doutrinas questões atinentes a costumes, não devem designar a função de batizar um novo devoto apenas a certas pessoas, pois cada cristão convertido é ele próprio um sacerdote, não devem supor que a Ceia se constitua em um pedacinho de pão e um golinho de vinho, mas em almoço ou jantar realizado com verdadeiro amor a Deus e ao próximo, sendo antes feita uma oração, lembrado o sacrifício de amor de Jesus, oferecida a Deus a ceia e, em seguida, partilhada com alimentos no modo da bondade (comida vegetariana) e suco de uva (vinho, não, pois é bebida embriagadora).

  21. Como disse ao Levi Varela, a questão não é meramente da estrutura física, por assim dizer, do templo, do prédio, mas da verdadeira babilônia que esse sistema, que transforma o cristianismo em uma empresa para faturar dinheiro e dar lucro a uma casta de aproveitadores, reproduz.

    Os devotos não estão deixando de ir à igreja por causa meramente do templo físico, dos bancos, do púlpito, dos instrumentos musicais, mas por causa do que ali dentro se pratica no sentido de desvirtuar totalmente o espírito e a mensagem do cristianismo.

    • Sandro,

      Então tá bom, é questão de desvirtuamento.

      Ora, meu caro, no ministério de Cristo ocorreu tais coisas.

      Paulo escreve as cartas sentando a pua nas igrejas que ele abriu.

      O livro de Apocalipse fala das sete igrejas, onde cada uma com problemas.

      Meu caro, você quando evangélico acaso não leu essas coisas acontecendo no seio da igreja cristã não?

      Onde há o ser humano é disso pra pior.

      Você é um cidadão adulto,portanto não deve se apegar às ladroices, sim mirar-se em Cristo.

      Ele, Cristo, previu que tais coisas iriam acontecer, iriam fazer uso pra si do nome dele, tudo indevidamente.

      Não se traduz em novidade, tanto não é que a principal igreja que se diz cristã, a católica, como eu sempre disse, prega a pobreza, mas é ela a instituição mais rica do mundo.

      Assim como não podemos justificar o mal, não podemos também generalizar, ou se não genaralizarmos, não termos cuidado no falar. Há costume de falar que pastor é ladrão. Cadê as provas, cadê a formalização da acusação nas instâncias competentes?

      • Caríssimo,

        uma coisa é haver problemas na igreja, alguns desvios pontuais, mas no geral as coisas estarem caminhando bem. Outra, muito diferente, é quando os problemas, os desvios se tornam, não a exceção, mas a regra. “Efrain esta entregue aos ídolos. Deixa-o” (Oséias 4:17). Quando a apostasia – e a igreja evangélica esta totalmente apostatada – toma conta da igreja, a condição denominacional passa a ser essa, e o Espírito de Deus se retira da instituição. Na história do judaísmo e do cristianismo Deus sempre teve um remanescente que saiu de uma maioria apostatada. Os judeus confiavam nas promessas de Deus, mas Deus sempre deixou claro que elas são condicionais. Hoje, as igrejas evangélicas estão corrompidas pela política e interesses mundanos. Cristo deixou de ser o principal. Em seu lugar entraram o culto a Mamom (dinheiro) e a politicagem (o imiscuir-se a igreja em assuntos de política partidária).

        “Se em qualquer tempo eu falar acerca duma nação, e acerca dum reino, para arrancar, para derribar e para destruir, e se aquela nação, contra a qual falar, se converter da sua maldade, também eu me arrependerei do mal que intentava fazer-lhe. E se em qualquer tempo eu falar acerca duma nação e acerca dum reino, para edificar e para plantar, se ela fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz, então me arrependerei do bem que lhe intentava fazer.” (Jerem.18:7-10)

        “O Senhor está convosco, enquanto vós estais com ele; se o buscardes, o achareis; mas se o deixardes, ele vos deixará.” (II Crônicas 15:2)

        “Se, em desafio às disposições divinas, for permitido ao mundo influenciar nossas decisões ou ações, o propósito de Deus será frustrado. Se a igreja vacilar aqui, por mais especioso que seja o pretexto apresentado para tal, contra ela haverá, registrada nos livros do Céu, uma quebra da mais sagrada confiança, uma traição ao reino de Cristo.” (Ellen White, Testemunhos para Ministros, pgs 16 e 17)

        “Quando os reformadores pregavam a palavra de Deus, não tinham ideia alguma de se separar da igreja estabelecida; os guias religiosos, porém, não toleravam a luz, e os que a conduziam eram forçados a buscar outra classe, a qual estava ansiosa da verdade. Em nossos dias, poucos dos professos seguidores da reforma são atuados pelo espírito da mesma. Poucos estão à escuta da voz de Deus, e prontos a aceitar a verdade, seja qual for a maneira por que se apresente. Muitas vezes os que seguem os passos dos reformadores são forçados a retirar-se da igreja que amam, a fim de declarar o positivo ensino da palavra de Deus. E muitas vezes os que estão à procura da luz são, pelos mesmos ensinos, obrigados a deixar a igreja de seus pais, a fim de prestar obediência”. (Ellen White, O Desejado de Todas a Nações, pg. 232)

        • Sasandro,

          Definitivamente vejo que você não se encontra bem. Será o Zika vírus?

          As igrejas evangelizam pregando o amor, o respeito, o trabalho, a não embriaguez, o não vício, a tolerância, a comunhão, o espiritual e o material, a não vaidade e a não soberba, reconhecimento da autoridade secular e clerical, a boa vizinhança, a moderação, o desapego, a esperança, a salvação, os dons do espírito, a volta de Cristo, os dons do Espírito Santo,a família, a socialização, o temor a Deus, o destemor ao mundo, a tolerância, atenção aos idosos, o dar-se em prol do próximo.

          Meu caro, se tem alguém da igreja descumprindo, e sempre terá, não se deve atribuir o descaminhar dessas às igrejas.

          Se buscam riquezas e política, cada um sabe o quão forte é pra suportar as coisas que busca e pretende ter, viver e usufruir.

          Deus deu riqueza a muitos do velho testamento, e não há mal nela e nem na política, sim o cristão que passa a fazer uso do dinheiro, inclusive se ganho de modo não honeste, bem como da política.

          Perguntinha básica. Os Estados Unidos vem aqui no Brasil buscar católicos pra reger suas políticas, seu estado, administrar o poder público?

          O Brasil possui meio a meio de católicos e evangélicos, mas os primeiros são apenas a minoria da minoria.

          Vá se preparando pra ter governos iguais aos dos americanos, suecos, pois iguais a outros, eis que todos são reconhecidamente benévolos aos seus povos, políticos predominantemente evangélicos e verdadeiramente lúcidos.

          • Sandro,

            Definitivamente vejo que você não se encontra bem.

            Será o Zika vírus?

            As igrejas evangelizam.

            Pregam o amor, o respeito, o trabalho, a não embriaguez, o não vício, a tolerância, a comunhão, o espiritual e o material(a não preguiça).

            Pregam ainda: a não vaidade e a não soberba, reconhecimento da autoridade secular e clerical, a boa vizinhança, a moderação, o desapego, a esperança, a salvação, os dons do Espírito Santo, a volta de Cristo,a família, a socialização, o temor a Deus, o destemor ao mundo, a tolerância, atenção aos idosos, o dar-se em prol do próximo.

            Meu caro, se tem alguém da igreja descumprindo, e sempre terá, não se deve atribuir o descaminhar desses às igrejas.

            Se alguns buscam riquezas e a política, cada um sabe o quão forte é pra suportar as coisas que buscam e pretendem ter, viverem e usufruírem.

            Deus deu riqueza a muitos do velho testamento, e não há mal nela e nem na política, sim o cristão que passa a fazer uso mal do dinheiro (inclusive se ganho de modo não honesto), bem como da política.

            Pergunta básica.

            Os Estados Unidos vem aqui ao Brasil buscar católicos pra reger suas políticas, seu estado, administrar o poder público?

            O Brasil possui meio a meio de católicos e evangélicos, isso enquanto população, mas os segundos acima citados são apenas a minoria da minoria quando se trata de cargos políticos.

            Vá se preparando pra ter governos iguais aos dos americanos, suecos…, pois iguais a outros países de raiz evangélica, eis que todos são reconhecidamente benévolos aos seus povos, povos geridos por políticos predominantemente evangélicos e verdadeiramente lúcidos.

  22. O reverendo, por um acaso o Reino dos céus e movido por empresa?
    Dizimo que eu saiba e esta escrito é para manter as despesa da igreja, ajudar o órfão e asa viúvas, mas o que que eles “lideres evangélicos” fazem montam empresas, compram jatinhos, carros importados, lanchas iates e tantas outras coisas: diga-me ai como podemos permanecer nessas igrejas, quando olhamos para o lado vemos muitos irmão passando dificuldades de todas as maneiras( falta de assistência medicas, escola, creches para os filhos, péssimas moradias etç) e o que é que a igreja faz: NADA.. Ai os sauduceus e fariseus de plantão diz; eles vão da conta a Deus. Mas se nos continuamos a participar com tudo isso que esta ai, também nus tornamos conivente com eles. Diga-me qual dessas denominações criou uma escola para seu filho estudar, fundo um hospital para cuidar dos doentes.Por um acaso eles prestam conta para onde vai a bolada de dinheiro que eles recebem aos membros e congregados das igrejas?

    • verdade mano, aqui na minha cidade um suposto pastor disse que veio para minha cidade pra fazer uma grande obra, ou seja foi enviado pela igreja matriz, ele fez uma grande obra mesmo um prédio comercial no inicio da cidade, comprou uns 5 apartamentos na capital, fez uma luxuosa casa de praia e ate jet-ski contando ainda com outros prédios comercias fora da cidade; cara mais isso não me surpreende, o pior é que ele pega todo dinheiro da igreja e não da relatório ele mesmo se faz o dono do dinheiro, manda 10porcento pra matriz e o resto vai pro seu bolso, mas como se isso não bastasse ainda sobe no autar da igreja e humilha os irmãos, maltratas, debocha e por fim “deus” vai te matar irmão e povo venera esse tipo de gente ou seja o povo é cego, a igreja falo membros eles odeiam a biblia pois desconhecem a DEUS

  23. DEUS,ja sabia que nos fins do tempos haveria pastores aproveitadores e mercenarios
    leia amós cap 4 verssos de 1 a 13
    e hoge vivemos dias em que os verdadeiros adoradores adoraram o pai em espirito e em verdade
    mão se casando ou se dando em casamento com essas intituição religiosoa ou digo empresarios da religião .e é por pura culpas desses lobos esses ,é que vem acontecendo esse fenonemo dos desigrejados ou de cristão que reume pouco ou quase nada ,mais que continuan a serem protestantes
    e esta utima qualidade é a que mais, os pastores ,até querem se livrar deste fieis.

DEIXE UMA RESPOSTA