Brasil

Pastor é investigado por lesão corporal dolosa após surrar a filha adolescente

Comments (29)
  1. STARDUST disse:

    Ao menos reconheceu o erro perante a sociedade. Não se escondeu atrás da bíblia como muitos pastores fazem.

  2. josecarvalho disse:

    Na verdade a vida de pastor, não é fácil, a cobrança é tremenda tenho pena deles.

    1. Alex disse:

      Tá mas eles cobram dos fieis né. Então pra cobrar tem que ser exemplo

    2. Pitagoras disse:

      A vida de ninguém é fácil e todos são cobrados. Porque haveria de ser diferentes com pastores ? Porque se acham superiores ? Vc. só tem pena deles ? Os outros não merecem sua consideração ?

  3. felipe disse:

    Um espanca a mulher, o outro espanca a filha . . .
    realmente uma maravilha esses pastores do Brasil

    1. Anara disse:

      Puro exemplo da bondade de cristo. sqn

    2. Rafer disse:

      Bater de cinto é espancar???
      Na minha infância e adolescência sempre fui corrigido pelos meus pais com palmada e se preciso for tinha até “cintadas”…

      Hoje sou um ser humano melhor graças a Deus e pelos meus pais….Agradeço a todos pela educação que tive.

  4. luciano disse:

    É muito difícil ser pastor com uma esposa iracunda e uma filha rebelde.

    1. Pitagoras disse:

      E é muito mais difícil ser uma boa esposa e boa filha com um pai desse quilate.

    2. Mary disse:

      Luciano!
      O que vc tem contra as mulheres?
      Em todos os tópicos com assunto de violência do homem, vc sempre defende o homem e joga a culpa nas costas da mulher! Assim não dá pra continuar lendo seus comentários machistas!
      Parei, viu!

      1. Anara disse:

        Quem disse que ela é rebelde? Nem foi dito qual o “erro” que ela cometeu.
        além disso, ela já tem mais de 16, é relativamente incapaz e não absolutamente. Ela tem direito de pensar e de se expressar contrariamente ao pai e este tinha o dever de educar em prol da filha, para o bem exclusivo dela, e não de seus interesses como pastor

      2. Anara disse:

        Quem disse que ela é rebelde? Nem foi dito qual o “erro” que a menina cometeu. Ela já é quase maior de idade, relativamente incapaz e não absolutamente (maior de 16, pra quem não conhece o Código Civil), pode pensar e se expressar independente da opinião do pai, pode professar outra crença, adotar outras ideologias…
        E se de fato foi um erro alguma conduta, ele tinha o dever de educar, não de agredir a menina, em prol unicamente do bem dela e não da imagem dele perante suas ovelhas.

        Realmente, deixe de ser machista. Nem foi falado nada da esposa.

  5. Marcos Oliveira disse:

    “O fato de eu ser pastor de uma igreja sou ainda mais cobrado e ela precisava se comportar em determinadas atitudes.”

    Mais um aprisionado ao sistema religioso que prefere dar satisfação para a congregação do que cuidar da própria casa.

    Resumindo, o camarada adverte a filha por estar preocupado com a opinião dos outros e não por amá-la e querer o melhor para ela, me poupe.

    Infelizmente está cheio de gente assim.

    1. Anara disse:

      Fantástico o comentário.
      Até onde consta, o dever de educar e o consequente dever de corrigir dos pais deve ser exercido no interesse do filho menor, e não pra resguardar a imagem do pai perante um grupo.

      1. Edson Souza disse:

        4 Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia;
        5 (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?) I Timóteo 3:4;5

      2. Pitagoras disse:

        Então, que não sabe gerir uma casa, não case, e se não sabe comandar um igreja, não se torne pastor (ia sobrar bem poucos)

  6. Pitagoras disse:

    Mas que tremenda hipocrisia desse cara! Ele pode errar porque é humano, mas a filha não. Por acaso ele apanhou de cinta quando errou ???

    1. Gabriel disse:

      Mas ela ja tinha sido advertida antes pelo mesmo erro cara… Se fosse a primeira vez beleza, mas duas vezes sendo que já sabia? Isso me parece implicância da parte dela.

      1. Pitagoras disse:

        E vc. garante que o pai dela errou uma vez só ? – Vcs. estão procurando desculpas esfarrapadas para defender o machão.

    2. Adalberto Fraga Verissimo disse:

      Quando o pai adverte sendo ou não pastor isso não vem ao caso, o pai adverte com amor e carinho, aliais so faz isto quem realmente se preocupa com a pessoa, outro deicharia avontade, porém quando a disciplina vem pelo lado das autoridades, ela vem seca sem nada a não ser correção as vezes esta correção mata quando é a policia que esta no comando é so ver as materias de quantas crianças são mortas em tiroteio com a policia, faltou pai e mãe, nesta disciplina de imposição de limites, este pai tem sim meu apoio, pois como ele sou também pai, e amo, meus filhos………..

      1. Pitagoras disse:

        Pai que ama seus filhos não os corrige a cintadas. Há uma palavra que certos pais desconhecem, que é o diálogo.

        1. Do contra... do contra-baixo disse:

          Você tem filhos? Se não, não fale daquilo que apenas “ouviu falar”, pois muitos vêm com muitas teorias, mas não tem a vivência pessoal para fundamentar suas ideias.

  7. julia disse:

    pelo jeito essa filha é rebelde ela ja estava aprontando antes de sair de casa aproveitou a desculpa da cintada pra fugir. no caso do pai bater ele fez certo sendo pastor ou não, importante que ele esta corrigindo sua filha, se ela aprontar pega a cinta de novo se te denucia,poe nas mãos de DEUS dai ela vai ver o que é sentir dor de verdade…

  8. Rafer disse:

    Bater de cinto é espancar???
    Na minha infância e adolescência sempre fui corrigido pelos meus pais com palmada e se preciso for tinha até “cintadas”…

    Hoje sou um ser humano melhor graças a Deus e pelos meus pais….Agradeço a todos pela educação que tive.

    1. Pitagoras disse:

      Eis o grande mal da humanidade, se achar melhor, e julgar que não precisa evoluir.

    2. alice disse:

      Rafer tem razão. Seus pais certamente o souberam criar.

  9. Edson Souza disse:

    Melhor levar umas cintadas e se corrigir ou ir para o mundo e apanhar dos outros.
    Concordo com o pastor, ta corrigindo sua filha.

    Dependendo da situação faço o mesmo.

    1. Pitagoras disse:

      Eita amor cristão ! Nada de diálogo, é na cintada ! Depois quando o menor se rebela, o pai tira o dele da estaca e se lamenta dizendo não entender como aquilo acontece com seu filhinho.

      1. marcos vinicius disse:

        Meu amigo matemático Pitágoras, houve um diálogo na prmeira vez, mas a menina insistiu na afronta à autoridade do pai. O homem já se entendeu com a filha. Já pediu perdão e reconciliou. Eu apanhei muito de meu avô, não tive um pai para me bater e conversar. Graças a Deus ele me disciplinou quando precisei. A história é comprida.
        Não acho que adolescente precisem de castigo físico, já passaram desta fase. Concordo com vc, nesta idade só o exemplo e o DIÁLOGO contínuo, diário. Temos que lembrar que já fomos adolescentes e por vezes afrontamos nossos pais. Abraço.

  10. Fai disse:

    Olha acredito que, bater para corrigir não é errado. Nos dias de hoje esses meninos não querem nada de nada e com certeza essa menina andou aprontando e sim, a vida de um pastor é muito cobrada e vista como exemplo, e se ele fez isso é porque ele sabe as consequências da sua imagem para com sua igreja uma questão de exemplo.

  11. anonimo disse:

    Chorei de rir Sonildo….Mas a verdade é que não conhecemos os dois lados da moeda…não dá para julgar, ele reconheceu o erro e ela também e fizeram as pazes. Final feliz!

  12. felipe disse:

    e os crentes ainda são contra a lei da palmada

    que absurdo,
    será que isso é preguiça de educar com o dialogo ??/

  13. Pr.Roni disse:

    Pitágoras,
    Não minta! Você tem respeitado seu pai e, principalmente, sua mãe?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *