Pastor de infância de Miley Cyrus sugere que críticos da cantora deveriam orar por ela: “Seria mais valioso”

0

A cantora pop Miley Cyrus tem despertado o ódio de muitas pessoas nos Estados Unidos, por seu comportamento recente, alvo de muita polêmica e críticas. Porém, seu pastor na infância deu declarações a um site de celebridades dizendo que a ex-intérprete da personagem Hannah Montana precisa de orações.

Dave Roberts, líder da Montrose Church – que fica em La Crescenta, Califórnia – afirmou que ainda mantém contato com os pais da cantora, Billy Ray e Tish Cyrus.

De acordo com Dave, muitas pessoas têm enviado mensagens iradas com Miley devido a seu comportamento: “Nós recebemos mensagens de ódio ao longo dos anos, pois é assim que as pessoas são. Meu pensamento sobre isso é que é muito fácil criticar até que você tenha vivido a pressão que ela passa”, lamentou o pastor.

“Eu costumo respondê-las para dizer: ‘Vocês estão falando de uma jovem, então talvez a oração de vocês e o apoio seria mais valioso do que a crítica. Vocês não podem imaginar como é a pressão que ela vive'”, relatou Dave Roberts em entrevista ao site Radar Online.


As complicações da juventude, os anseios e a pressão que Miley Cyrus recebe por ser jovem, bonita e talentosa são complicadores da situação, na visão do pastor. Segundo ele, embora os pais tenham uma visão diferente, nem sempre podem intervir nos caminhos escolhidos pelos filhos.

“Eu acho que, como pais, todos nós gostaríamos de escolher para os nossos filhos as coisas que eles fazem ou não fazem, mas esse não é o nosso papel. Nós temos que amar os nossos filhos, às vezes no meio de sua jornada e apesar de suas escolhas, pois alguma preocupação indevida pode prejudicá-los”, opinou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA