Pastor chama atenção por misturar lições sobre a Bíblia com aulas de tiro

3

Na pequena cidade de Beuamont, o estado norte americano do Texas, James McAbee, pastor de uma igreja Pentecostal, começou a chamar atenção d imprensa depois com começou a ensinar dois adolescentes que roubaram uma construção a disparar uma arma.

Há dois anos o pastor começou a dar as aulas para os dois adolescentes, depois que eles foram condenados por um juiz a freqüentar um programa de recuperação. O pastor assumiu a recuperação dos jovens, e disse que iria ensiná-los lições sobre a Bíblia e também os daria aulas de tiro

Depois disso, ele ficou conhecido como “o pastor atirador”, e decidiu usar essa fama dando lições de tiro para todos que se interessassem, juntamente com lições bíblicas. Atualmente, mais de 100 pessoas freqüentam as aulas pastor, que custam US$ 50 por aluno. Ele desenvolveu também um aplicativo para celulares e tablets, onde ele ensina as pessoas a usar uma arma. O custo é o mesmo e tem “alunos virtuais” em todo o país.

Com sua Glock .40 em uma mão e a Bíblia na outra, o pastor cita as Escrituras para justificar sua decisão de ensinar as pessoas a usar armas. “Bendito seja o Senhor, minha rocha, que treina as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a batalha” Salmo 144:1 e Lucas 22:36 “Mas agora, aquele que tiver bolsa, tome-a, e também o alforje; e o que não tem espada, venda a sua capa e compre uma”.


De acordo com o jornal LA Times, o pastor conta que cresceu em Clover, uma área rural da Carolina do Sul, onde seu avô lhe ensinou a caçar ainda na infância. Sua mãe era policial e sempre estava armada, então, para ele, viver com as armas sempre foi uma coisa normal.

Quando ele tinha 9 anos, sua mãe foi baleada e acabou paralisada. Ele cresceu e logo caiu nas drogas e no crime. Aos 18 anos foi condenado a dois anos de prisão por invadir uma casa e agredir o proprietário. Na penitenciária, ele começou a ler a Bíblia que seu avô lhe tinha dado e começou a participar de reuniões de estudos bíblicos.

Mais tarde, estudou teologia e, ao sair da cadeia, McAbee foi ordenado pastor das Assembléias de Deus, casou-se e teve filhos. Ele então entrou com duas ações judiciais para limpar seu nome e, em 2009, recebeu do governo permissão para registrar armas em seu nome. A primeira delas foi um rifle, porque ele gosta de caçar veados. Além do rifle de caça, o pastor tem também um revólver calibre 38, uma pistola .40 e um fuzil AR-15. Sua esposa também anda sempre armada, e ambos vão armados para a igreja.

Líder de uma congregação de 30 membros, James McAbee é freqüentemente criticado por ensinar as pessoas a usarem armas, mas se defende afirmando acreditar que a Bíblia ensina a paz, mas que ele não vai deixar outras pessoas o machucarem.

– As pessoas pensam que eu sou apenas mais um tolo que carrega uma arma, mas não é. Eu não quero magoar ninguém. Eu acredito que a Bíblia ensina a paz. Mas isso não significa que eu vou deixar outras pessoas me machucarem – explica o pastor.

Por Dan Martins, para o Gospel+

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA