Internacional

Pastor ativista social é morto por grupo extremista muçulmano ligado ao Boko Haram

Comentários (5)
  1. levi varela disse:

    Os muçulmanos não querem vê que se tratam esses grupos de bumerangues.

    Do jeito que fazem com os cristãos, os matando, breve e breve mesmo, estarão assassinando os próprios muçulmanos.

    Tudo que é feito por grupos radicais a anarquicos, termina indo de encontro ao estado organizado.

    Aqui no Brasil, visando levar o comunismo, existiu grupos que assim procederam sobe coordenação de Júlio Prestes, mas também existiram algo parecido, só que uma mistura de justiceiros e baderneiros/pistoleiros, onde prevaleceu o terror.

    Precisa haver da parte dos muçulmanos essa filosofia arcaica de perseguição aos outros credos, pois terminaram fabricando filhos intolerantes, que agora fazem o que fazem com as pessoas, cristãs, muçulmanas, judias e budistas e demais credos.

    Decepção com nossos irmãos muçulmanos.

  2. delldellphone disse:

    Ainda tem pessoas que acham que conversar com muçulmano é coerente. É mais ou menos convencer uma aberração gay que ku foi feito pra cagar. Não adianta e quem achar que conversando com esses demonios resolve, aproveita e leva a dilma junto.

  3. nemeu disse:

    há várias interpretações ao alcance de qualquer mente pensante sobre a passagem abaixo:
    Porque está escrito: Alegra-te, estéril, que não dás à luz; Esforça-te e clama, tu que não estás de parto; Porque os filhos da solitária são mais do que os da que tem marido.
    Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque.
    Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora.
    Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre.
    De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.
    Gálatas 4:27-31
    Filhos de Ismael – descendência árabe – muçulmanos.
    Filhos de Isaac – descendência hebréia – judeus. Num contesto espiritual, são os filhos de abraão na fé.
    Desta forma observa-se a grande perseguição realizada aos cristãos – filhos de abraão, pelos islamitas.

  4. EFP disse:

    O que está sendo feito com os Crentes no mundo hoje, não é nada ao que foi feito na “santa inquisição” e por sua vez menos ainda o será após o arrebatamento da Igreja, com uma diferença: não haverá mais salvação ou quase salvação!
    E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.
    E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte.
    Apocalipse 12:10-11
    E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.
    Apocalipse 14:13
    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

    Apocalipse 21:8

    1. Diego Silva disse:

      A “santa inquisição” não matou “crentes” (evangélicos), pois ainda não existiam. O que passou a existir a partir de 1517 além dos católicos, foram protestantes luteranos. O que a inquisição mais matou na verdade, foram pessoas acusadas de bruxaria. Estudar faz bem!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO