Lideranças evangélicas expressam pesar pela tragédia da Chapecoense e pedem que Deus console famílias

0

O acidente com o avião da Chapecoense pôs fim à vida de 71 pessoas e deixou ferimentos gravíssimos em três jogadores e um jornalista mobilizou as lideranças evangélicas brasileiras em oração para que Deus alcance o coração das famílias enlutadas.

Os pastores assembleianos Silas Malafaia, Marco Feliciano e Samuel Câmara se manifestaram, assim como Silmar Coelho, Ed René Kivitz e a Igreja Universal do Reino de Deus.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) usou o Twitter para se manifestar: “Clamemos a Deus pelo consolo das famílias q perderam seus queridos na queda do avião que levava a equipe do Chapecoense para a Colômbia”, escreveu.

“Mais uma tragédia. A família brasileira está em Luto. Minha solidariedade e orações para Chapecó em meu querido estado de Santa Catarina”, escreveu o pastor Marco Feliciano. Posteriormente, em um discurso na Câmara dos Deputados, Feliciano mencionou a promessa de vida eterna para quem está em Deus. Assista:


No Facebook, o pastor Samuel Câmara, da Assembleia de Deus em Belém, usou sua página para pedir oração pelos familiares e contou que visitou Chapecó há pouco tempo: “Estou acompanhando pela televisão a tragédia que aconteceu nesta madrugada. Peço a todos que me acompanham aqui, para orar pelos familiares e amigos das vítimas da queda do Avião que transportava o time do Chapecoense, e vários outros passageiros. Estive na Cidade de Chapecó a mais ou menos 3 semanas atrás. Uma linda cidade, um lindo povo que hoje irá acordar em luto. Deus console o coração desta cidade e de todas pessoas que tem conhecidos, e familiares neste acidente. Deus é o nosso Refúgio e Fortaleza, Socorro bem presente na angústia. Salmos 46:1. Vocês estarão em nossas orações”.

O pastor Silmar Coelho lamentou que tal infortúnio tenha se imposto sobre o clube catarinense: “O Brasil acorda sob o peso da tragédia. Chocado, o povo brasileiro chora com as famílias de Chapecó. O terrível acidente aéreo destruiu sonhos, terminou carreiras promissoras, matou jogadores, dirigentes, jornalistas e celebridades, enchendo de dor os corações das famílias de todo país […] Mesmo quem não acompanha futebol chora e, consternado, está em choque, escutando notícias que não param de chegar, buscando explicar o inexplicável. O sucesso estava tão perto e num instante ficou tão longe”.

Ed René Kivitz, pastor da Igreja Batista de Água Branca (IBAB), também falou sobre a esperança no momento de dor: “Palavras do Apóstolo Paulo para um dia de luto: ‘Agora, irmãos, não queremos que ignorem o que acontecerá aos que adormeceram, para que não se entristeçam como aqueles que não têm esperança. Porque cremos que Jesus morreu e foi ressuscitado, também cremos que D’us trará de volta à vida, com Jesus, todos os que já morreram’ [1 Tessalonicenses 4.13,14] #ForçaChape”, publicou.

A Igreja Universal do Reino de Deus posicionou-se de forma oficial, divulgando uma nota em que “manifesta profundo pesar pelo falecimento dos atletas e comissão técnica da Associação Chapecoense de Futebol, além de jornalistas, tripulantes e outros passageiros da aeronave que se acidentou hoje, na Colômbia”. Na sequência, o texto destaca que a denominação compartilha do luto: “Nossas orações também se elevam pelos familiares e amigos dos vitimados na tragédia, bem como pelo povo de Chapecó. A dor de cada um deles é a nossa dor”.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA