“Poder emana de Deus”: Deputado desafia PSOL e reapresenta projeto que muda Constituição

17

O deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o cabo Daciolo (PSOL-RJ) reapresentou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que altera o texto da Constituição Federal e confere a origem do poder das autoridades brasileiras a Deus, e não ao povo.

A iniciativa havia sido amplamente criticada pelos colegas de partido do cabo Daciolo, que terminou por arquivar a proposta. No entanto, seu colega de legenda, o deputado e ativista gay Jean Wyllys (PSOL=RJ) reapresentou um projeto que legaliza o aborto no Brasil na última terça-feira, 24 de março.

Como reação, o parlamentar da bancada evangélica desafiou os colegas de partido e reapresentou a PEC 12/2015. A justificativa apresentada pelo cabo Daciolo expressa claramente sua influência religiosa na criação do projeto.

“Como cristão não tenho receio em declarar que a Bíblia é, e sempre será, a minha única regra de fé e prática. Nas Sagradas Escrituras, de cláusulas pétreas do seu início ao fim, está escrito em Romanos 13.1 que: “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus”, argumenta o deputado.


Daciolo argumenta ainda que a própria Constituição Federal já reconhece em seu texto que foi concebida “sob a proteção de Deus”, e cita a tradição do Congresso Nacional de iniciar os trabalhos reconhecendo a autoridade divina, e por isso, seria um passo lógico reconhecer que o “poder emana de Deus”.

“A legitimidade do povo para votar e exercer a cidadania conquistada através do instrumento da democracia não exclui a autoridade de Deus sobre as nossas vontades e desígnios. Como proponho nesta Proposta de Emenda à Constituição, todo o poder emana de Deus e nada pode alterar essa verdade. Se Deus pode nos proteger de algum mal, logo subtende-se que o poder está em suas mãos”, pontua o parlamentar.

Mal-estar

A postura de ênfase dos princípios religiosos adotada por Daciolo tem causado mal-estar no PSOL, e o diretório estadual do partido no Rio de Janeiro quer sua expulsão, o que geraria complicadores para seu mandato.

Em uma reunião com funcionários da Câmara, Daciolo usou a fala para fazer uma oração por seus colegas de partido: “Gostaria de fazer uma oração para o PSOL do Rio de Janeiro, em especial. Senhor, meu pai, ilumina todos eles, enche eles da tua paz, do teu amor, coloca no coração deles que o cabo Daciolo não é inimigo, que nós queremos o crescimento do nosso país, uma saúde, uma educação de qualidade. Obrigado, senhor. Coloco todos aqueles que me perseguem em tuas mãos. Bem-aventurados são aqueles que têm fome e sede de justiça e o que nós queremos é justiça para os trabalhadores do nosso país”.

O líder do PSOL na Câmara, Chico Alencar, disse que o comportamento do deputado evangélico “destoa” dos demais da bancada, e que por isso, sua situação é “muito complicada” dentro do partido.


17 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns deputado, continue colocando DEUS em primeiro lugar, é assim que tem que ser, esta escrito, que nenhuma autoridade teria algum poder se do céu não lhe fosse dado.
    o ser humano tem que apreender a se recolher a sua insignificância, porque esta escrito em JEREMIAS. 9; 23. Que , conhecer a DEUS constitui a Glória do homem.
    Assim diz o senhor, não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte , na sua força, nem o rico na suas riquezas, mas o que se gloriar, gloria-se nisto em me conhecer e saber que Eu sou o Senhor e faço misericórdia, juizo e justiça na terra, porque desta coisas me agrado diz o Senhor..
    toda honra toda glória tem que ser dada a DEUS que é todo Poderoso, mais o ser humano tem se tornado estúpido querem glória e mais glória pra sim próprio.
    volta a repetir, todos os pecadores, miserável, cego e nu, recolha-se na sua insignificância..

    • Sandro,até agora eu não entendo,pois o PSOL representa a extrema esquerda do País e
      esse Deputado da bancada evangélica – que representam a extrema direita, ser aceito
      pelo PSOL.Acho que esse deputado tem o coração socialista de JESUS mesmo vivendo
      no seio da ganância,do egoísmo,da mesquinharia e de toda sorte preconceitos.Ele deve
      ser o trigo solitário e sufocado no meio do joio.Ms isso prova que o PSOL é um partido
      democrático,aberto ao diálogo e não representa um perigo à sociedade como dizem
      os defensores da extrema direita.

  2. Pobre contribuinte brasileiro tendo de arcar com os altos custos que esse parlamentar representa. Com certeza não tem nada para fazer no Congresso, nenhuma ideia, nem um projeto, nada; por isso fica jogando pra torcida crente e tentando justificar os milhares de votos que obteve – votos perdidos.

  3. É cada um que aparece.
    Esse ignorante devia agradecer ao Homem por todo poder emanar do povo, não fosse assim ele não seria eleito. Se o poder fosse de Deus o deputado não estaria ocupando lugar na Câmara para propor esse tipo de emenda besta.

  4. Porque esse espanto? ele está certo ou não está? Pois e verdade “TODO PODER EMANA DE DEUS” Ele tem todo o poder nas mãos, tudo que acontece no mundo tem que ter a sua permissão. Não vejo ninguém falar dos projetos do Jean no que diz respeito a eles, A Bíblia diz que nós! todos nós ´só estamos vivos por causa da infinita misericordia de Deus

  5. Engraçado, sinceramente, não da pra entender certo tipo de cristãos, quando um evangélico entra na politica é criticado pelos próprios que se dizem evangélicos, muitos que se dizem crentes, não aceitam que outro crente entre na política, chega no dia de votar, vão todos com o rabo no meio das pernas até as urnas e votam em pertubados, votam em demoniados, votam em cachaceiros, mais quanto se trata de votar no próprio crente ai vem a falta de dissernimento, usam a língua pra criticar, dizendo que crente não deve se envolver na política que Deus não se deve misturar com política, esquecem do que esta escrito na Bíblia que lê, porque esta escrito que toda autoridade é constituída por DEUS, que quanto o ímpio governa o povo sofre, mais quando o justo governa o povo sente alegria.
    olha, como pode uma criatura dizer que é evangélico e preferia votar no pertubado do que no próprio irmã de fé.
    é por isso que as leis banais estão cada vez mais fortalecidas, legalização da prostituição, legalização do aborto, casamento gay, legalização da maconha e por ai vai.
    os próprios evangélicos contribuem para isso,. criticam essas leis mais ao mesmo tempo contribui que elas sejam aprovadas porque votam nos parlamentares que não tem temor de DEUS, preferem ser governados por um ímpio do que pelo justo que tem temor de DEUS.
    realmente verdadeiros fariseus….
    a Bíblia ensina, que todos os projetos humanos tem que estar entregue nas mãos de Deus, temos que dizer se Deus quiser esse projeto, esse meu ideal vai dar certo,,
    o deputado esta sendo criticado pelos que se dizem evangélicos porque quer que a honra da origem do poder das autoridades seja dada a DEUS.
    pergunto, que crente são esses? , que crente são vcs. ?…………

  6. o problema do brasileiro é que tudo que tem o nome deus se acha que é uma referencia ao DEUS da biblia…. temos que entender que deus qualquer um pode ser. Agora CRIADOR, SALVADOR e REI s-o existe um.

  7. É cada um que aparece.
    Esse ignorante devia agradecer ao Homem por todo poder emanar do povo, não fosse assim ele não seria eleito. Se o poder fosse de Deus o deputado não estaria ocupando lugar na Câmara para propor esse tipo de emenda besta.

  8. Este deputado não tem o que fazer, não? O idiota quer misturar política com religião & fé. Talvez faça isso por desconhecer a Bíblia. Tiago e João, inspirados por Deus, falaram: “Meu governo não faz parte desse mundo. Amigo do mundo é inimigo de Deus” (João 15:18,19; 17:14; 18:36; Tiago 4:4) A Bíblia manda ter respeito a autoridade terrestre, mas não intervém em política, isso fica sob o domínio humano. Salomão manda um recado para esse falso profeta: “É melhor se ouvir a censura de um sábio, do que ouvir a palavra mansa dos estúpidos” igual a desse deputado. (Eclesiastes 7:1)

DEIXE UMA RESPOSTA