Praia do Futuro: ator Wagner Moura interpretou papel de pastor em filme que estreia este ano

7

O ator Wagner Moura interpretou o papel de um pastor evangélico no filme Praia do Futuro, do diretor alemão Karim Aïnouz, que tem previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano.

Wagner é um dos atores brasileiros de maior reconhecimento por seu trabalho no cinema, e é conhecido por interpretar o Capitão Nascimento, dos filmes Tropa de Elite. Recentemente Wagner Moura entrou para o seleto grupo de atores brasileiros que possuem espaço em filmes de Hollywood, e atuou ao lado de Matt Damon no filme Elysium, que estreia no próximo mês de setembro.

O longa-metragem Praia do Futuro é uma co-produção Brasil-Alemanha, e fala de um pastor fervoroso que também atua como salva-vidas numa praia cearense. A sinopse do filme diz há referências a filmes como 007, Aquaman e SpeedRacer, e que a trama do filme gira em torno do desaparecimento do pastor Donato por dez anos.

Praia do Futuro foi rodado no Ceará e também em Berlim, capital da Alemanha, e exigiu que Wagner Moura fizesse treinamentos para salva-vidas com o Corpo de Bombeiros para interpretar o personagem Donato, segundo O Fuxico.


O orçamento de Praia do Futuro foi de R$ 6,3 milhões, e teve a produção compartilhada entre as empresas Coração da Selva e Hank Levine Film Gmb. É provável que o longa-metragem faça parte das comemorações do ano Brasil-Alemanha, que promove em 2013, intercâmbios culturais entre os dois países.

Wagner Moura foi um dos atores que se mobilizaram nos protestos contra o pastor Marco Feliciano. Antes, já havia dito que não crê em Deus como a Bíblia descreve.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

7 COMENTÁRIOS

    • Haé Marcio Moraes Leite, e se ele fizesse o papel de Jesus Cristo o que aconteceria? e se fosse o papel de Pilatos ou Judas ou um Padre, o que mudaria? vocês estão sempre fazendo um questionamento quando ha o envolvimento ou algo que se relacione com a religião de vocês, encenação é só encenação nada mais que isso.

  1. Essa notícia deve ser uma pegadinha. Assisti a pré-estreia desse filme e posso afirmar: a notícia não procede. Erraram até a nacionalidade do diretor que é brasileiro nascido no Ceará.

DEIXE UMA RESPOSTA