Presidente Dilma receberá lideranças evangélicas para discutir protestos; Silas Malafaia, Marisa Lobo, Márcio Valadão e Ezequiel Teixeira estão entre os convidados

27

O ministro Gilberto Carvalho afirmou na última quarta-feira, 3 de julho, que a presidente Dilma Rousseff receberá lideranças evangélicas para uma reunião na próxima semana, a fim de debater “o momento nacional”.

A reunião para discutir os protestos sociais que estão acontecendo por todo o Brasil foi anunciada após parte dos líderes cristãos terem criticado a presidente por receber ativistas gays no Palácio do Planalto para ouvir suas exigências.

A psicóloga cristã Marisa Lobo publicou em sua coluna neste portal uma carta aberta à presidente, pedindo que as lideranças evangélicas fossem ouvidas pelo governo no momento em que o país clama por mudanças.

A própria Marisa, além dos pastores Silas Malafaia, Márcio Valadão, Ezequiel Teixeira e o apóstolo Renê Terra Nova são nomes já confirmados para a reunião.


Gilberto Carvalho afirmou que a postura da presidente é atender a todos os setores da sociedade: “Seria um ciclo novo que estamos abrindo, além dos que já fizeram, sempre nessa perspectiva da importância de ouvir a sociedade, as demandas, aquilo que as ruas manifestaram. É um momento da presidenta ouvir diretamente questões, sugestões, análises do movimento sobre o momento nacional e, claro, apresentar as suas demandas, que, na medida do possível, serão tratadas depois pelo governo”, disse, segundo informações da Folha de S. Paulo.

O convite foi bem recebido dentro do meio evangélico. O pastor Vanderlei Miranda afirmou ao site da Igreja Batista da Lagoinha (IBL) que essa é uma oportunidade para os representantes evangélicos apresentarem de maneira explicita a postura da Igreja sobre as questões sociais.

Segundo Miranda, no entanto, é necessário cautela: “Esse encontro vem em boa hora, mas não pode ser em concorrência à atenção dada a outros grupos sociais e sim em respeito ao 1/4 da sociedade que professa ser cristã, e colabora com os cofres públicos quando ajuda viciados em bebidas a não darem gastos com a saúde; drogados a não serem presos ou reclusos em clínicas de reabilitação. Enfim, o governo deve ouvir os anseios dos evangélicos, garantir e reconhecer direitos que a Igreja tem e ajudá-la não com dinheiro, mas retirando percalços que existem diante das ações sociais cristãs, como a dificuldade de capelães em entrar nos hospitais e a proibição de uso dos espaços públicos para eventos”, ponderou.

Já o pastor Charles Campos, diretor de Comunicação da IBL, afirmou que essa oportunidade deve ser usada para unir a Igreja em favor do país: “Uma oportunidade para a Igreja se apresentar e mostrar a consciência cristã que também se importa com a vida política do país. Pois não é porque somos crentes que vamos pensar somente nas coisas do Céu, precisamos ser tolerantes e saber dialogar sobre o que acontece em nossa sociedade. Até mesmo para a presidente Dilma saber que oramos por ela e nos importamos com o nosso Brasil. Que este seja o momento da Igreja estar unida em busca do agir de Deus nesta transformação, que é fruto de uma busca de jejum e oração há muitos anos”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Atualização: O Pastor Silas Malafaia também será convidado para a reunião com a presidente Dilma Rousseff. Outros nomes ainda serão confirmados em breve.


27 COMENTÁRIOS

  1. E isso ai Marisa Lobo vai la e fala para a presidenta que nos os evangélicos deste pais chamado brasil que nos somos legitimamente brasileiros natos que devemos ser ouvidos tanto quanto as outras Classes de brasileiros que temos um potencial para decidir qualquer eleição e que somos bons nisso que deseijamos e pais forte e bom pra todos

    • Tá! Mas fala aí,brother!!! O que eles devem colocar como prioridades, dentro do atual contexto de mudanças que o país necessita em caráter urgencial?

      Será que vai ser a mesma bobajada de casamento gay, aborto, nascituro e etc, etc, etc…?

      Tem evangélico decidindo eleição? Sim, lógico que tem! mas tá na hora de nossos representantes evangélicos que vão lá pra Brasília apresentar propostas que mudem o rumo de nosso país, ao invés de ficar cerceando a liberdade daqueles que não pertencem à sua doutrina religiosa.

      Quero o melhor para o meu país! E quero todo mundo empenhado nisso! pouco me importa a religião de quem vai mudar nosso país para melhor, eu só quero que mude.

  2. vocês reclama de tudo se ela não chama fica tudo de cara feia e não chamou os evangélicos -a danada chama vocês já ta falando mal- então porque não vao la se não vao deixa que os que estão indo fazer o que tem de fazer OH Pastor Elias Farias você não e crente não prefere ficar em cima do muro ou ficar do lado dos não crentes não me venha falar a eu não apoio o Feliciano -eu não gosto do malafaia e dai o não gostar de um não justifica ficar contra os evangélico que porventura os apoia afinal os crentes são irmãos em CRISTO ou não são e por isso que esta esse desvaneio todo e igreja competindo com igreja para ver qual e a melhor qual e a mais santa e por ai vai E O SENHOR JESUS ESTA SO DE OLHO VENDO TUDO ISSO

  3. se eu fosse falar todas as prioridades emergenciais aqui creio eu que não caberia porque estes governos que ai estão deixou a abobora lastrar de uma maneira tao ordinária que na verdade mesmo esta merecendo e as forças armadas tomar o poder e fazer uma nova constituição porque esta que esta ai e uma disgraça que so apoia bandido corruptos ladroes e so da o direito a quem não pode dar esta e que e a verdade esta constituição deveria ir para os banheiros servir de papel higiênico seria de melhor préstimo subverte o direito e incobre as injustiças -eu também estou pouco ligando para quem vai estar la o q

  4. Marisa Lobo? Silas Malafaia? vão lá discutir o quê? já sei: HOMOSSEXUALIDADE, aposto! Marisa vai falar da “ditadura gay”, Silas vai pedir para anular o casamento gay e muito mais, alguém dúvida? A Marisa tava com birra ” A Dilma recebeu os gays e não me recebeu, me sinto humilhada”! PATÉTICA!

  5. Se ela convocou determinados grupos da sociedade que foram la pressioná-la para aprovação de seus prejetos de priveligiação diante de toda uma sociedade, porque não convocar as lideranças evangélicas? somos cidadãos deste país, pagamos impostos, preenchemos lacunas em areas sociais em que o governo não consegue atender. A verdade é que muitos não engolem é que a igreja se manifeste ou que participe do processo politico do país, a igreja não vai mais ficar fechada em quatro paredes.

    • Prezado Ronaldo. Gostaria de lembrar-lhe que as igrejas evangélicas são largamente utilizadas para sonegar impostos, seja por empresas/imóveis/veículos ou o que for em nome das igrejas ou citadas como “doações”. Gostaria de lembrar-lhe também que os evangélicos pagam bem menos impostos que os demais cidadãos, pois participam de comércios fechados (planos de saúde, seguros, mercados inter-crentes), então por favor, tenha cuidado ao dizer “pagamos nossos impostos” o correto seria dizer, ajudamos a sonegar impostos e mamamos nas tetas do país enquanto usamos nosso capital transgressor da ética para tentar implantar uma teocracia fascista tendenciosa no país.

      A propósito, gostaria ainda de lembrar que as igrejas evangélicas são atualmente a maior fonte de preconceito, ódio e violência contra determinados grupos da sociedade, atacam diariamente a laicidade do estados enquanto cometem crimes e abusos. (sonegação fiscal, discurso de ódio, racismo, utilizar a liberdade religiosa para ofender e difamar…)

      Resumindo, convocar tais “lideranças” não passa de uma manobra governista para manter os “rebanhos” deles, e vão diretamente contra todo e qualquer objetivo de mudar o país. Chamá-los é uma ofensa a quem esteve nos protestos nas ruas, pois quem estava lá e levou bala de borracha no corpo, quase sufocou na fumaça do gás e apanhou de policiais não estava lá pra piorar o país. Pois não se conserta nada tirando um ladrão e colocando ditadores teocráticos, a idade média é um exemplo claro disso, o países árabes também, então por favor, meça melhor suas palavras antes de defendê-los.

      Att J. Folkers

  6. Sera q a a presidente vai receber os neo nazistas e a ku klux klan tambem?. esse evangélicos sempre fotam um atraso.querem transformar o Brasil no irã.

  7. Só chamou pastor pentecostal e neopentecostal. Tinha que chamar lideres de igrejas tradicional.

    Por exemplo: Pastores presbiterianos, luteranos, metodistas, batistas, congregacionais. São igrejas Históricas. Que tem uma base ética e uma boa teologia. Chamar lideres neopentecostais que não tem uma ética.

  8. Essa noticia e falsa, ja foi desmentida pela Marisa lobo no seu Twitter hj, mas antes mesmo, esta noticia ja parecía estranha com alguns nomes que foram citados. Alguem poderla me informar quando que a Marisa lobo foi promovida a líder ?

  9. PR SILAS MALAFAIA E CIA LIMITADA NÃO PODEM FALAR EM NOME DOS EVANGELICOS ELES PODEM SIM FALAR EM NOME DE SEUS MINISTERIOS EM NOME DOS EVANGELICOS NUNCA .ELES NÃO REPRESENTAM OS DEMAIS SEGUIMENTOS .FICA A DICA.

    • Uma musica que eu ouvia dizia : alegrai-vos quando forem humilhados por causa de JESUS SE VOCES NAO GOSTAM DOS ENVANGELICOS PROBLEMA VOSSO OS ENVANGELICOS NAO VAO CUSPIR NA CARA DE NINGUEM COMO DIZIA O OUTRO ELES QUEREM QUE OS PROTESTOS SEJAM PACIFICOS E QUEREM QUE OS DEPUTADOS PENSEM NO POVO E NAO SÓ NELES PROPRIOS. E QUE DILMA SE CONVERTE-SE

  10. FLAVIO BECKER QUE DISSE QUE O MUNDO ESTAR EVOLUINDO PELO CONTRARIO ESTAMOS VOLTANDO AOS TEMPOS MEDIAVAIS COMO EM SODOMA E GOMORRA AONDE O SEXO COM ERA LIVRE COMO ANIMAIS PRINCIPALMENTE O HOMOXESUAL ERA UMA OGIA SÓ NA GRECIA A ADORAÇÃO AOS DEUSES ERAM REGIDA A SEXO E OGIAS AS CRIANÇAS OS MENINOS ERAM ABUSADOS PARA SE TONAREM GAYS OU BISEXUAL NA ROMA ANTIGA TAMBEM GAYS ERAM COMUNS A OGIA HOMOSESUAL ERAM COMUM AGORA TER PERGUNTO CADE A EVOLUÇÃO SE HOMOSEXUAIS JÁ DOMINARAM A TERRA E HOUVE UMA EVOLUÇÃO O POVO CONSEGUIO MUDAR ISTO E ESTAMOS QUERENDO VOLTAR AO PASSADO AONDE ESTAR A EVOLUÇÃO NA VERDADE QUEREM RETROAGIR AOS TEMPOS MEDIAVAIS.

  11. Uma grande lista de “nãos” a votar

    Artigo no Alerta Total
    Por Luiz Sérgio Silveira Costa

    Seja Plebiscito ou referendo, votamos “NÃO” para:

    1- a inflação;
    2- a maioridade penal aos 18 anos;
    3- Feliciano e a cura gay;
    4- as férias de 60 dias de políticos e juízes;
    5- tantos deputados e senadores por estado;
    6- partidos nanicos;
    7- a desfaçatez dos petistas;
    8- planilhas de custos de transportes públicos escondidas;
    9- o conluio de empresários com o governo;
    10- financiamentos públicos e privados de campanhas políticas;
    11- o voto fechado, em lista;
    12- o senador suplente sem voto;
    13- os atos secretos no Senado;
    14- a lerdeza, agravos e embargos da Justiça;
    15- os marajás do serviço público;
    16- Sarney, o homem incomum;
    17- a “presidenta” e o menor “apreendido”;
    18- o politicamente correto;
    19- o coeficiente eleitoral;
    20- o populismo;
    21- a péssima infraestutrura;
    22- os professores malpagos;
    23- a insegurança pública;
    24- hospitais públicos desumanos;
    25- ONGs recebendo dinheiro público;
    26- invasões e depredações de propriedades;
    27- o radicalismo ecológico;
    28- as passeatas gays;
    29- o BBB;
    30- o descaso com os aposentados;
    31- o horário eleitoral;
    32- a miséria dos cortadores de cana e dos que sofrem com as secas;
    33- o pré-sal inalcançável;
    34- a desobrigação com o superávit primário;
    35- o assento no Conselho de Segurança da ONU;
    36- 39 ministérios;
    40- 22 mil cargos comissionados;
    41- as visitas e empréstimos a Cuba;
    42- as embaixadas em países desimportantes na África;
    43- o ministro Mantega e seu falso otimismo;
    44- o Foro de São Paulo no Brasil;
    45- Gilberto Carvalho e Marco Aurélio “top top”;
    46- os mensaleiros soltos;
    47- Genoino e João Paulo no Congresso;
    48- Renan, presidente do Senado;
    49- o auxílio-alimentação aos juízes;
    50- Cabral e seus imóveis incomprovados e alaranjados;
    51- o caso Rosemary não desvendado;
    52-as CPIs que acabam em pizza;
    53- os médicos cubanos;
    54- empréstimos a países africanos;
    55- Battisti no Brasil;
    56- a invocação de direitos humanos para aqueles que desrespeitam os direitos humanos;
    57- a aposentadoria para políticos;
    58- os penduricalhos salariais que varam o teto constitucional;
    59- as obras inacabadas, superfaturadas, malfeitas e não fiscalizadas;
    60- a presunção da inocência;
    61- a progressão da pena;
    62- o progresso continuado nas escolas;
    63- o limite de 30 anos de prisão;
    64- Cavendish e Cachoeira;
    65- juízes corruptos aposentados, em vez de demitidos;
    66- o foro privilegiado;
    67- auxílio-reclusão;
    68- a extinção de punibilidade para quem tem mais de 70 anos;
    69- os palácios na Justiça;
    70- cargos iguais com salários desiguais entre os poderes;
    71- as reservas indígenas contínuas;
    72- o subsídio a fundo perdido;
    73- a cultura da mentira por políticos e seus advogados;
    74- as notas frias;
    75- as verbas de gabinete de deputados e senadores;
    76- a elevada carga tributária;
    77- a contabilidade criativa das contas públicas;
    78- a proibição de uso de algemas nos bandidos;
    79- o trem da alegria;
    80- índios inimputáveis;
    81- os celulares nos presídios;
    82-a aposentadoria sem contribuição anterior;
    83- dinheiro nas meias, cuecas e quartos de hotel;
    84- as balas perdidas;
    85- os gastos secretos na Presidência da República;
    86- os cartões corporativos;
    87- o plano de saúde vitalício para senadores, ex-senadores e familiares;
    88- a nomeação de políticos derrotados nas urnas para cargos públicos;
    89- o aumento no número de municípios e seus vereadores;
    90- a cooptação, à custa de recursos financeiros, de sindicatos, movimentos sociais e de estudantes;
    91- as milícias nas favelas;
    92- 20 mil funcionários no Congresso;
    93- a contribuição sindical obrigatória;
    94- os livros escolares nas escolas públicas exaltando o socialismo e criticando o capitalismo;
    95- as licitações combinadas e superfaturadas;
    96- padres pedófilos;
    97- o pagamento de horas extras não trabalhadas a funcionários do Congresso;
    98-o vice-presidente da República sem funções administrativas;
    99- congressistas ganhando 15 salários anuais e outros adicionais;
    100- as compras sem licitação;
    101- o nepotismo direto e cruzado;
    102- o encanto com as ditaduras de esquerda;
    103- o Mercosul;
    104- a (C)Omissão da Verdade;
    105- políticos se tratando no Sírio e Libanês com recursos públicos;
    106- os recursos não contabilizados (Caixa 2);
    107- o “nosso guia”, “Lula é Deus” e “brigou com Lula brigou comigo”;
    108- ministros participando em conselhos de administração de empresas públicas;
    109-s estrelas do PT em jardins;
    110- a ubiquidade da corrupção;
    111- a utopia de uma sociedade sem classes;
    112- a desordem urbana;
    113- o indecoro parlamentar;
    114- o partido em vez de o País;
    115- Dirceu em liberdade;
    116- os latrocínios desumanos;
    117 – o uso inapropriado dos jatinhos da FAB;
    118- a deterioração das contas externas;
    119- a falta de rigor fiscal;
    120- a desvalorização do câmbio;
    121- o uso político da Petrobrás;
    122- o analfabetismo;
    123- contrabando de armas e drogas;
    124- o controle da mídia;
    125- dar dinheiro para construir hospital na Palestina;
    126- a evasão escolar;
    127- as filas nos hospitais;
    128 – pais dormindo nas ruas para matricular seus filhos em escola públicas;
    129 – mensaleiros, cuequeiros, aloprados, sanguessugas,,,,,,,,;
    130- o “Volta Lula”;

    Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante reformado.

  12. igrejas- presbiterianas-metodista luteranos batista -principalmente as renovadas -so Jesus na causa são as defensoras do modernismo em porto nacional to onde morava os membros da batista presbiteriana estavam nas praias do mesmo jeito do mundão e estas as conservadoras -aqui na rua onde moro tem uma presbiteriana so diferencia dos católico que não são idolatras mas todo o resto não se diferencia em nada com o mundão são estas as tradicionais cada uma e mais mundana que a outra e essas que são as tradicionais-são as que em muito casos estão apoiando o mundo com seus desvaneios são estas que são as tradicionais com seus liberalismos e suas modernidades uma igreja que não presa os bons costumes e o pudor e não e não seguem os estatutos que DEUS nos ordenou –eu sou um pentecostal e sigo o evangelho do SENHOR JESUS e em minha igreja presamos os bons costumes e andamos neles conforme os estatutos que DEUS nos ordenou nossos lideres também não estão la mas i dai agora vamos ficar reclamando porque nossos lideres também não foram chamados não generalizem-minha igreja e uma igreja pentecostal e não somos como estes por ai são somos bastante diferente deles porque nos e quem somos os tradicionais nos e quem andamos segundo o EVANGELHO que JESUS nos mandou seguir não mudamos o Evangelho para moderniza-lo como se o Evangelho e que tem de se adequar aos tempos modernos pelo contrario esta modernidade e que tem de se adequar ao Evangelho DEUS NAO MUDOU E NEM NUNCA MUDARA o que nos foi ordenado

  13. Legal chamar os líderes evangélicos… mas que sejam LÍDERES de VERDADE. Alguns desses ai nem o apoio das principais e mais conceituadas congregações protestantes têm. São sujeitos que são sabem usar o poder da mídia a seu favor. Manipuladores da opinião! Pq não chamam os líderes de verdade? Aqueles que estão na luta por um mundo melhor para TODOS e não por dízimos melhores? Líder evangélico de verdade tem e muito por ai, não são esses demagogos e mercenários da fé!

  14. Pessoas, desde quando a Marisa lobo e líder de alguna coisa ? Hj entre nos evangélicos, basta falar contra os gays, aborto e a favor da familia, mesmo de modo impulsivo, falando um monte de besteiras que as pessoas comecam segui-las e nomea-las de lider, de nosso representante. Acordam, povo de Deus,precisamos ser mais criteriosos na escolta de nossos representantes, separando-os dos que apenas sao oportunistas, que se aproveitando de uma lacuna, para se promoverem a nossas custas. Na proxima eleicao temos que escolher melhor os nos representantes, para que realmente nos represente e que proponham leis uteis para a sociedade e nao projetos absurdos, porque os que nos presentam hj no congresso ate agora so faziram leís absurdas, se corromperam, agitaram ,fizeram polémicas e nos ridicularizaram como evangélicos. E agindo assim , que queremos conquistar o respeito dos outros e de sermos ouvidos pelos nossos governantes.

  15. resumindo: dilma, se não fizer o que queremos não tem mais voto nosso na proxima eleição.

    por que fazer chantagem com voto mostra exatamente que tipo de pessoas são esses evangelicos.

    • Exato, se Dilma não resolver essa tentativa de teocracia agora… vai se ferrar na próxima eleição ou antes mesmo dela chegar. NÃO VAMOS ACEITAR UMA PRESIDENTA OMISSA ATÉ NESSE PONTO RIDÍCULO RELACIONADO AOS PASTORES.

DEIXE UMA RESPOSTA