Professora de religião se converte ao Evangelho e é demitida de sua função em escola pública

12

Uma professora de religião que se converteu ao protestantismo foi demitida de sua função pela direção de duas escolas públicas após mais de 13 anos na função.

O caso foi registrado na cidade de Menorca, na Espanha e a professora não teve sua identidade revelada.

Ela lecionava sobre religião e também sobre os fundamentos da Igreja Católica desde setembro de 2001, após ter sido aprovada pelo bispado da região como uma pessoa idônea, requisito exigido pelo Ministério da Educação espanhol para professores.

A professora dava aulas em duas escolas públicas da cidade sob um contrato anual, que era renovado de maneira automática ao final de sua vigência.


De acordo com informações do site do jornal Menorca, em outubro de 2012 a professora foi reavaliada pelo bispo da cidade, Salvador Giménez. Na conversa, ela revelou que havia se convertido a uma igreja evangélica, mas se comprometeu a não fazer proselitismo junto aos alunos.

O bispo informou o caso ao Ministério da Educação sobre o caso, e ao final do último ano letivo, o contrato da professora não foi renovado, porque Giménez não incluiu seu nome na lista de professores aptos para lecionar os fundamentos da Igreja Católica.

Uma batalha judicial foi iniciada devido à demissão injustificada de uma das funções, e a professora solicitou indenização por sua redução de ganhos.

Na primeira instância, o Tribunal do Trabalho havia negado provimento ao pedido de demissão da professora e ordenado a administração regional das escolas públicas de Menorca a indenizá-la em € 46,9 mil.

Agora, a Justiça decidiu que o fim do vínculo empregatício aconteceu apenas porque o contrato havia sido encerrado, e que o cargo de professora de fundamentos católicos exige uma “objetividade especial”, legalizando de forma indireta a perseguição religiosa.

12 COMENTÁRIOS

    • Boa tarde Clamando!
      A matéria ficou muito vaga em relação a opinarmos ou não. Concordo com você, mas devia ser mais completa para expressarmos nossa opinião. Uma das dúvidas que fica é se era automático ou não, pois se era automático, como diz a matéria porque então fazer exame depois da transformação da vida dela por Jesus? ficou estranho essa matéria

      • BOA NOITE MARCIO CLEICK
        Pelo que entendi era automático a renovação , mas provavelmente o boato que a professora se tornou protestante chegou aos ouvidos do bispo , que a reavaliou , e ela confessou que havia se convertido , ate prometeu não fazer prosélitos ,bom e´uma escola publica aonde o poder da igreja católica reina . ATE MAIS .

      • MARCIO GLEICK
        De acordo com informações do site do jornal Menorca, em outubro de 2012 a professora foi reavaliada pelo bispo da cidade, Salvador Giménez. Na conversa, ela revelou que havia se convertido a uma igreja evangélica, mas se comprometeu a não fazer proselitismo junto aos alunos.

        O bispo informou o caso ao Ministério da Educação sobre o caso, e ao final do último ano letivo, o contrato da professora não foi renovado, porque Giménez não incluiu seu nome na lista de professores aptos para lecionar os fundamentos da Igreja Católica

    • Boa tade Lucca!
      Concordo com você. Pela matéria ficou confuso se era automático a renovação dos últimos 13 anos seguidos ou se a cada ano havia entrevista ou se foi depois do fato dela reconhecer o Senhoria de Cristo. Se havia ou não alguma cláusula ficou muito vago a matéria. A minha dúvida é se esse exame acontecia antes ou se foi depois dessa transformação na vida dela.

  1. pelo que li no texto e´escola publica ,que ensina so o catolicismo , isso mostra o poder que a igreja católica tem ainda ,bom se fosse uma escola particular tudo bem , mas escola que funciona com o dinheiro do contribuinte , e isso esta acontecendo em um pais de primeiro mundo na ESPANHA

  2. Tem histórias de padres e pastores que não acreditam muito em Deus,

    Bom, se assim é, vamos ter que dar as contas aos pastores e padres.

    Fico a imaginar aqui, pois possível a qualquer ser humano, o duvidar da fé momentânea, as igrejas vão demitir os professores, padres e pastores?

    Sugiro de já uma aparelho de detectar mentira. Tenho que muitos mais vão ficar sem trabalho.

    Parece o Brasil da ditadura: Ame-o ou deixe-o!!!!!

    • Levi Varela o que está em causa são os fundamentos de cada Igreja, pois bem sabes que igrejas há que usa aplicadamente imagens e santuários de modo diferente de outras. Se fosse professora de uma disciplina

  3. “E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.” (Apocalipse 18:4)

    Apesar de não ser na “igreja”, a mulher trabalhava para uma instituição que adota para si as mesmas convicções doutrinárias equivocadas. Que bom que ela saiu, mas tomara que não seja para ser vítima de uma de suas filhas.

    Quem é a mulher de Apocalipse 18, da qual os homens devem sair? A Bíblia responde:

    “E o anjo me disse: Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres. (…) Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada.” (Apocalipse 17:7-9)

    E qual é a mulher (igreja) que está assentada sobre as sete cabeças, que são o “sete montes”?

    Pode pesquisar à vontade, mas a única cidade mundialmente conhecida pelos seus sete montes (ou sete colinas) é Roma.

    Para um bom entendedor, nem será preciso dizer mais nada. Mas para facilitar, eu digo: é a Igreja Católica Apostólica Romana.

    “Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto.” (Apocalipse 18:7)

    Se você não consegue compreender isso, é porque está debaixo de uma terrível maldição, presente no Salmos 115.

    “Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem. Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.” (Salmos 115:4-8)

    Só tem um jeito para escapar dessa maldição: receber o Senhor Jesus Cristo como ÚNICO, SUFICIENTE e ETERNO salvador de sua vida.

    Convido o nobre leitor, inclusive evangélico, a conhecer um grande erro disseminado pelo catolicismo romano e que é aceito em muitas denominações evangélicas do Brasil e do mundo (o que justifica o uso do termo “filhas”).

    Acesse o estudo “O erro encoberto na doutrina da trindade”, disponível na página principal de Evangelismo.blog.br e descubra porque o inferno não quer que você seja batizado no nome do Senhor Jesus Cristo, mas em nome de títulos.

  4. Ou seja; a cada dia que passa temos a plena convicção que Jesus está voltando, quem quiser acreditar que acredite.. pois quando Noé falava para o povo do diluvio ninguém lhe dava ouvidos e ainda o chamavam de louco, e deu no que deu, hoje não e diferente estamos anunciando que Jesus ira voltar mas muitos não querem saber de nada e também assim como foi no tempo de Noé nos chamam de loucos mas um dia veremos quem e louco mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA