Apadrinhe: projeto oferece tratamento especializado para dependentes químicos

3

O projeto Apadrinhe é voltado à oferta de tratamento para dependentes químicos, de todas as idades, e que vivem em situação de vulnerabilidade social.

De acordo com o psicólogo Eduardo Abbondanza Morad, o projeto surgiu da detecção da necessidade de oferta de alternativas a pessoas sem condições financeiras para realização de tratamentos.

A equipe do Apadrinhe é formada por psicólogos, psiquiatras, enfermeiras, conselheiros e terapeutas ocupacionais, entre outros, que atuam voluntariamente.

Recém-criado, o Apadrinhe ainda não possui parceiros que contribuam com as atividades do programa de recuperação e independência química. A Redação do Gospel+ conversou com Eduardo Abbondanza Morad para detalhar as ações do projeto social. Confira:


Quais as áreas de atuação e público alvo do projeto?

Atuamos na área de tratamento para dependentes químicos, homens e mulheres de todas as idades. O público alvo do projeto é a população que não possui condições financeiras para arcar com as despesas de um centro de tratamento, contudo, necessitam de ajuda imediata. Sabemos que nosso país está doente e não se encontram locais especializados para o tratamento, nós, somos uma equipe multidisciplinar bem organizada e profissional, que conta com psicólogos (as), psiquiatras, enfermeiras, coordenadores (as), conselheiros (as), monitores (as), terapeutas ocupacionais etc.

Qual o tempo de atuação do projeto? Poderia contar um pouco da história?

Na realidade, este projeto foi criado há alguns meses por mim, Eduardo Abbondanza Morad, psicólogo clínico e atuante no seguimento de tratamentos diversificados para dependentes químicos e outras comorbidades. A ideia surgiu, pois através de minha experiência diante desta realidade, percebo que há muita busca por ajuda e internações, com o intuito de retirar as pessoas de situações e locais de risco, contudo, tal necessidade se torna demasiadamente difícil ao ponto que muitas destas pessoas não podem pagar por um tratamento digno, desta forma, criei o projeto com o objetivo de encontrar pessoas, entidades, empresas e empresários que possam contribuir com este trabalho, financiando o tratamento dessas pessoas em situação de desespero, ajudando assim a diminuir ou cessar o ciclo de violência e o sofrimento causados pelo uso e abuso das drogas, juntamente com todas as consequências físicas, mentais e sociais que são ocasionadas.

Quais os parceiros que o projeto possui?

Por se tratar de um projeto recente, ainda não possuímos nenhum parceiro efetivo, através de contatos pessoais, conseguimos doações de roupas e produtos de limpeza, para disponibilizar para os internos (as), buscando melhorar a autoestima e o dia a dia de cada uma das pessoas que acolhemos. Trata-se de uma ideologia que visa proporcionar opções e novas oportunidades para aqueles que necessitam de ajuda. 

Poderia contar um ou mais testemunhos de pessoas que foram beneficiadas pelo projeto?

Até o presente momento, ainda não podemos dispor de tais pessoas, pois não temos pessoas efetivamente beneficiadas pelo projeto, temos muitas pessoas na fila de espera para receberem tratamento e conhecerem uma nova e saudável maneira de viver, porém, não temos condições para acolhê-las, pois existem custos que não podemos arcar, por isso a ideia do projeto “Apadrinhe” um Adicto/Dependente Químico.

Poderia informar os contatos de e-mail e telefone?

O e-mail para contatos é independenciaquimica@yahoo.com.br, e meus números de telefone são (11) 98120-5285 / 7866-8182.

Quais as formas de contribuição e necessidades do projeto?

O projeto necessita de auxílio financeiro mensal que gira em torno de R$1.500,00 por pessoa em tratamento, tal valor engloba toda alimentação do mês, balanceada por nutricionistas especializadas, atendimentos psicológicos semanais individuais e em grupos, terapia ocupacional, reuniões, atividades diversas e avaliações com o objetivo de conhecer e analisar as dificuldades de cada ser humano, buscando sanar da melhor maneira possível a dor e sofrimento causados pelo uso de drogas e pela vida descontrolada que vivia, atendimento psiquiátrico quinzenal ou mensal, atendimento diário do corpo de enfermagem, acompanhamento para família em um local específico em São Paulo todas as semanas, monitoramento 24 horas de profissionais e monitores para garantir a segurança de nossos(as) residentes, além de disponibilizarmos literatura pertinente à metodologia de trabalho utilizada, baseada em Narcóticos e Alcoólicos Anônimos, um programa de recuperação reconhecido mundialmente que demonstra resultados verdadeiramente positivos.

As contribuições podem ser feitas mensalmente ou, da forma mais comum, na totalidade do tratamento, ou seja, quando se trata de um tratamento de 4 meses, assina-se o contrato de permanência e se paga o valor total.

Necessitamos também de doações de beliches para acomodarmos da melhor maneira possível a maior quantidade de gente em nossos recintos, aumentando assim a possibilidade de atingir o maior número de pessoas em suma necessidade. Além de doações de cestas básicas para suprimos as necessidades também daquelas pessoas que não possuem condições de arcar com todas as despesas deste trabalho oferecido.

Justificativa: de acordo com a Resolução – RDC n.º101, de 30 de maio de 2001 da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) buscamos realizar o trabalho de atenção às pessoas com transtornos decorrentes do uso ou abuso de substâncias psicoativas a partir de uma estrutura física adequada, bem como de metodologia terapêutica devidamente acompanhada por equipe técnico/profissional capacitada.

Toda a abordagem terapêutica parte da visão da dependência como uma doença que afeta todas as áreas da vida do indivíduo. Portanto, são atendidas as necessidades físicas, emocionais e de qualidade de relacionamento interpessoal e com a vida cotidiana. Atividades físicas, exercícios escritos de conscientização, palestras, acompanhamento médico e atendimentos psicológicos em grupo e individuais visam oferecer o preenchimento das necessidades holísticas de cada indivíduo.

Por fim, contribuímos para a diminuição ou fim do ciclo de violência causado pelo uso de drogas, venda de drogas e deterioração do ser humano que adentra neste mundo.

Gostaria de deixar uma mensagem para os leitores?

Queridos leitores, gostaria de deixar expressa aqui a minha profunda gratidão pela atenção e respeito pela necessidade de ajudarmos uns aos outros. Compreendo que se trata de um projeto inovador e de extrema relevância social, pois se busca sanar dificuldades reais que permeiam nossa sociedade.

Tenho uma visão ampla e otimista sobre a vida e sobre as possibilidades de mudança e melhora do ser humano. Idealizei este projeto, após muito estudo e muitas experiências boas e ruins no ramo de tratamento para dependentes químicos, após perceber com tristeza e emoção o desespero de milhares de pessoas para se livrarem da dor e do sofrimento ocasionados pelo mundo obscuro das drogas, contudo, pessoas sem condições reais para tal.

A realidade mostra que não há locais que oferecem uma estrutura digna para um tratamento efetivo, que milhares de pessoas estão morrendo e destruindo suas famílias devido ao uso de drogas e suas consequências e, por este motivo, criei locais bem estruturados, com equipes bem preparadas, coordenas e monitoradas para oferecer o que há de melhor em tratamento e reestruturação do indivíduo.

Disponibilizo toda minha atenção e profissionalismo no intuito de formarmos uma rede de apoio efetiva no combate aos males que permeiam os usuários de drogas e toda realidade cruel que envolve nossa sociedade.

 Muito obrigado!

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Ciente de seu papel junto à sociedade, o Gospel+ disponibilizou um espaço voltado para divulgação de projetos sociais focados em ajudar ao próximo.

Acreditamos que a transformação da sociedade acontece não só através da palavra, mas também de ações efetivas e eficazes, com demonstração de amor ao próximo.

Se você conhece ou desenvolve um projeto social que precise de divulgação, entre em contato conosco através do endereço redegmais.com.br/contato e nos conte! Informe as áreas de atuação, formas de colaboração, meios de contato e visitas, para que possamos colaborar e servir ao Pai, servindo seus filhos.


3 COMENTÁRIOS

    • Olá Alex, acredito que o dízimo tenha grande relevância para desenvolver-se trabalhos de ajuda etc, meu projeto, por isso mesmo, é uma busca de captar recursos para viabilizar um trabalho efetivo para o dependente químico, através de equipe multidisciplinar qualificada.
      Agradeço seu comentário e lhe desejo um dia cheio de luz e amor.

DEIXE UMA RESPOSTA