Quarto de hotel é destruído por incêndio, mas bombeiros encontram Bíblia intacta no local

2

Um incêndio em um quarto de hotel desativado gerou um fato curioso na cidade de Marília, interior de São Paulo: um exemplar da Bíblia Sagrada, que estava no local, ficou intacta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado na última quinta-feira, 17 de dezembro, para apagar o incêndio que destruía um dos quartos do hotel. Três viaturas do batalhão da cidade foram mobilizadas para o atendimento da ocorrência.

Ao chegarem ao local, os bombeiros combateram as chamas rapidamente e após o rescaldo, entraram no espaço para identificar a origem do fogo, e encontraram a Bíblia, com a capa chamuscada, mas todas as páginas intactas.

Segundo informações do portal G1, o Corpo de Bombeiros estipula que o incêndio tenha sido causado por um curto circuito. Como o incêndio ficou restrito ao quarto desativado, as outras áreas do hotel não sofreram danos e nenhuma pessoa ficou ferida.


À prova de fogo

Nos últimos anos, se acumulam os relatos de exemplares da Bíblia Sagrada que resistiram a incêndios que destruíram casas, restaurantes e até carros.

Em agosto desse ano, uma Bíblia foi encontrada intacta entre os destroços de uma churrascaria que sofreu um incêndio. O livro estava no escritório do estabelecimento.

Funcionários disseram que o incêndio começou em uma das churrasqueiras, e após terem controlado o fogo com os extintores da casa, perceberam que ainda haviam chamas por trás do equipamento e que elas haviam se espalhado pelo teto do local.

A evacuação do espaço foi feita rapidamente, e nenhum funcionário ou cliente se feriu, de acordo com testemunhas. A extensão das chamas colocou um estabelecimento comercial vizinho sob risco, mas o Corpo de Bombeiros, que já havia sido acionado, conseguiu controlar o incêndio antes que maiores danos fossem registrados. Durante o ápice do incêndio, dois botijões de gás explodiram, mas a Bíblia, resistiu.

Saiba de outros casos neste link.


2 COMENTÁRIOS

  1. Relação de pastor com menina de 13 anos veio à tona após flagra de esposa
    A relação amorosa entre um pastor de 46 anos e uma adolescente de 13, só foi descoberta depois que a esposa dele seguiu os dois em um encontro, e os flagrou entrando num motel. O caso ficou conhecido no dia 25 do mês passado, quando a mãe da adolescente denunciou o homem à polícia.
    Conforme o delegado responsável pelo caso, Paulo Sergio Lauretto, titular da Depca(Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente), o pastor contou em depoimento que foi a esposa dele que descobriu o caso após seguí-los até o motel. A mulher teria contado tudo para a mãe da adolescente, que decidiu questionar a garota, após confirmar na escola que ela estava matando aula.
    O pastor, que não teve o nome revelado para preservar a vítima, ainda disse a polícia que conhece a garota há cerca de quatro anos e “não se preocupou em perguntar a idade dela”, mas “achava” que a menina tinha 15 anos.
    Os dois mantinham um relacionamento desde outubro, período em que se encontraram pelo menos uma vez por semana, sempre a tarde. Segundo a polícia, a menina matava aula e passava todo o período em um motel com o pastor, depois seguia para casa normalmente.
    O pastor, que é casado e tem filhos, disse a polícia que só se aproximou da menina porque estava com “problemas conjugais”. Apesar do consentimento da garota, o caso é caracterizado como estupro de vulnerável. O homem responde a acusação em liberdade.
    Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA