Ativista cristã denuncia abusos de seita que obriga pais a tatuarem crianças com o 666; Assista

6

Uma Organização Não-Governamental (ONG) do Peru, liderada por uma ativista social cristã, está se esforçando para que autoridades intervenham e proíbam a seita religiosa King Of Salem de tatuar crianças com o número 666.

King Of Salem é o novo nome da seita Crescendo em Graça, criada pelo líder religioso autointitulado “Jesus Cristo Homem”, o já falecido José Luis de Jesús Miranda.

A denúncia feita pela ONG foi veiculada pelo programa Reporte Semanal, do canal Latina, de Lima, capital do país. Os seguidores da seita, agora renomeada, continuariam levando seus filhos com idades a partir dos cinco anos para serem tatuados com o número 666 a pedido dos líderes da religião.

Veronica Pachas, enfermeira e diretora da ONG, há sete anos luta contra a seita para que as práticas deixem de ser feitas com crianças. Outro objetivo é forçar a religião a sair do país, segundo declarações dela ao programa de TV.


A seita prega que o número 666, atribuído por muitos à besta do Apocalipse, seria na verdade um símbolo de prosperidade e as tatuagens expressariam sua devoção ao “papito”, termo usado para se referir a Miranda, o fundador da crença.

Entre os fiéis, há que opte por tatuar a sigla SSS (Salvo, Sempre Salvo), que seria uma saudação a Miranda, encarado por seus seguidores como uma divindade. Atualmente, a seita é dirigida pela viúva do autointitulado “Jesus Cristo Homem”, que agora se define como o “arcanjo Miguel”.

Uma das principais reclamações da diretora da ONG é que a tatuagem causa dor às crianças, que são forçadas pelos pais a fazer a marcação na pele, e terão que conviver com as inscrições pelo resto de suas vidas.

Assista à reportagem (em espanhol) da emissora peruana sobre a denúncia feita pela cristã Verônica Pachas contra a seita King of Salem (antiga Crescendo em Graça):

Assine o Canal

6 COMENTÁRIOS

  1. Meu irmão é dessa seita,tem o número 666 tatuado no pulso, colocou adesivos com este mesmo número no seu carro, enfim, nós já conversamos com ele mas ele não quer sair de jeito nenhum dessa seita, e o pior, vive numa tristeza total, oprimido por Satanás, nada está bom pra ele.
    O que nos resta fazer como família é orar por ele, só isso!

  2. Pastor é preso suspeito de abusar de duas adolescentes em Formosa, GO
    Homem cometia os crimes ao visitar as casas das garotas, diz polícia.
    Segundo delegada, ele ‘parecia muito frio’ e negou ter cometido os estupros.
    A Polícia Civil prendeu um pastor suspeito de abusar sexualmente de duas adolescentes, ambas de 14 anos, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a polícia, o homem, de 43 anos, aproveitava a confiança que tinha das famílias para cometer o crime na casa das próprias garotas. Em depoimento, ele negou os estupros.
    A prisão foi feita na terça-feira (30 de junho/2015), na casa do suspeito. Porém, a delegada responsável pelo caso, Fernanda Lima, informou que ele já era investigado desde dezembro do ano passado, quando surgiu a primeira denúncia.
    “O estupro aconteceu quando a menina tinha 12 anos. Ele foi visitar a família da vítima, que frequentava a igreja dele, e em um momento de descuido dos pais, ele ficou sozinho com a menina e abusou dela”, contou a investigadora.
    Segundo a delegada, ele sempre pedia para as vítimas não contarem nada, dizendo que era algo normal e que ele fazia isso com todas as pessoas, até mesmo com os filhos dele.
    Após ficar sabendo do abuso pela própria filha, a mãe da adolescente procurou a delegacia e denunciou o caso. Com as investigações, uma nova vítima foi localizada e também disse ter sido abusada pelo religioso.
    Perdão
    “Os pais já sabiam do abuso, mas não denunciaram o pastor porque falaram que o perdoaram, estavam exercitando o perdão ao próximo e, como o suspeito prometeu não fazer de novo, eles decidiram esquecer o caso”, disse a delegada.
    Nessa segunda denúncia, a polícia já concluiu que aconteceram, pelo menos, dois abusos. “Um deles foi na casa da vítima, assim como no primeiro caso. Em outra vez, no entanto, os atos libidinosos foram na própria igreja”, afirmou Lima.
    Ele foi preso preventivamente na casa dele. Segundo a polícia, ele não esboçou nenhuma reação à prisão. A delegada disse que o suspeito “parecia muito frio” e que negou o crime, dizendo que só iria dar esclarecimentos em juízo.
    O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Se condenado, pode ficar preso por até 15 anos. Ele foi encaminhado para o presídio municipal de Formosa, onde vai aguardar julgamento.
    Com a prisão do suspeito, a polícia espera que novas vítimas procurem a delegacia para denunciar abusos que possam ter sido cometidos pelo pastor.
    Fonte: globo.com

  3. Auxiliar de pastor é preso acusado de roubo, extorsão e homicídio

    Um auxiliar de pastor foi preso na noite dessa terça-feira (30 de junho/2015 ) em um culto na Igreja Assembleia de Deus do bairro Conceição 3, em Paulista, no Grande Recife. Márcio José da Silva, 39 anos, é acusado de extorsão mediante sequestro, roubo e homicídio nas comarcas de Igarassu, Surubim e Orobó, de acordo com a Polícia Civil.

    Conhecido como “Bragadá”, Márcio usava o nome de Wendel Fenix no Facebook e era procurado pela Polícia Civil desde 2009. Antes de entrar para a igreja, ele teria participado de uma quadrilha, de acordo com o delegado do Grupo de Operações Especiais (GOE) Cláudio Castro.

    Segundo o delegado, o grupo de quatro pessoas atuava no interior de Pernambuco, principalmente em Surubim, no Agreste; Orobó, no Sertão; e Igarassu, no Grande Recife. Eles tinham como alvo comerciantes e eram violentos na abordagem, ainda segundo Cláudio Castro, que não deu detalhes sobre como chegou ao suspeito, mas ressaltou que “nunca deixou de acompanhá-lo”.

    Polícia divulgou carteira da igreja de Márcio José Foto: Polícia Civil/Divulgação
    Márcio José responde a quatro inquéritos no GOE (2 roubos e 2 extorsões) e um por homicídio em Igarassu. Ele teria participado da execução de Rodrigo Bonfim Tertuliano, com mais duas pessoas, em 2008, que lhe rendeu mandado de prisão naquele ano. Em 2007, ele já havia sido autuado por porte ilegal de armas, mas não chegou a ir para o presídio.

    Um dos homens da quadrilha, Givanildo José de Oliveira, foi preso em 2010. Os outros dois integrantes, um homem e uma mulher, seguem foragidos.

    De acordo com o delegado, Márcio confessa alguns dos crimes e nega outros. O preso teria dito ainda que, quando entrou para a igreja, pensou em se entregar, mas não o fez. Ele será encaminhado ao Centro de Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.
    Fonte: noticias.ne10.uol

  4. Manu, conhece Búzios? Casas Brancas Boutique Hotel & Spa, você vai adorar (♥♥,)

    Fica no centro de Búzios, você vai ver um pôr do Sol maravilhoso, e se ficar na suíte, tem piscina na varanda (╯▽╰) Tudo de bom. No Spa você vai receber a melhor massagem da sua vida.

    Tá precisando relaxar amiga..

DEIXE UMA RESPOSTA