Malafaia comemora redução da maioridade e cita aumento da violência nos governos do PT

55

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite da última quarta-feira, 01 de julho, a redução da maioridade penal de 18 para 16 em casos de crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.

No dia anterior, uma proposta mais ampla havia sido rejeitada. No entanto, uma manobra usando artifícios previstos no regimento interno da Casa permitiu a retirada dos pontos de discórdia e uma nova votação, que conseguiu 323 votos a favor, 115 contrários e 2 abstenções.

Como se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a aprovação dependia dos votos de ao menos 308 deputados. Agora, o texto deverá ser submetido a uma segunda votação após análise de detalhes por parte dos parlamentares, antes de seguir para o Senado e também ser apreciado em dois turnos.

Se aprovado no Senado sem alterações, o texto segue para sanção ou veto da presidente Dilma Rousseff (PT).


Os parlamentares de esquerda criticaram a manobra regimental usada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ): “A proposta de redução [da maioridade penal] perdeu. O que está sendo feito hoje é um golpe, uma farsa”, afirmou Ivan Valente (PSOL-SP).

Outros parlamentares, incluindo petistas, afirmaram que a manobra foi um gesto típico de “ditadura”. Cunha respondeu dizendo que as críticas demonstravam incoerência por parte dos esquerdistas: “Acho muito engraçado. Quando dou interpretação às matérias do governo, como projeto das desonerações ou as medidas do ajuste fiscal do governo, ninguém reclamava que a interpretação poderia ser duvidosa. Agora, quando é matéria de interesse deles, de natureza ideológica, eles contestam. Eles têm dois pesos e duas medidas”, pontuou.

Confira o voto de cada deputado a respeito da redução da maioridade penal aqui.

Malafaia

O pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para parabenizar ao Congresso pela decisão tomada e também criticou os “esquerdopatas” do governo, lembrando que o PT está no poder há doze anos e no período os índices de criminalidade só aumentaram.

Rebatendo o argumento usado pelos deputados governistas de que “lugar de menor é na escola”, Malafaia ressaltou que nos últimos três mandatos nenhum projeto de ressocialização de menores infratores foi apresentado pelo governo em âmbito nacional.

“Parabéns ao parlamento brasileiro que derrotou a hipocrisia dos esquerdopatas, baixando a maioridade penal. Os esquerdopatas são bons de discurso, fazer são um desastre. 13 anos no poder e a violência aumenta, nenhum programa de recuperação de menores”, escreveu Malafaia.


55 COMENTÁRIOS

  1. A redução da maioridade penal ainda não esta definitivamente aprovada. Tem ainda muito chão pela frente. Só gostaria de saber como ficará o Brasil cujo sistema carcerário esta totalmente falido e as penitenciárias se tornaram universidades do crime. Com certeza ficarão ainda mais abarrotadas de pessoas pobres, negras e em situação de abandono.

    • Sandro,

      Vc não é político pra ficar com esse falso discurso, meu caro.

      O Brasil é de maioria pobre, 90%. E de maioria negra, mais da metade. Aí você quer que a maioria nas cadeias seja loura e rica?

      Por favor.

      Meu caro, temos que soltar os bandidos como um todo, pois venho dizendo que são medievais.

      Ora,tem dinheiro para fazer cadeias dignas, pois a carga de impostos do brasileiro é grande;

      Outra coisa, temos a quarta maior população encarcerada do mundo, todos dizem como se fosse algo doutro mundo. Primeiro, se tem muita gente, é que o governo não está sabendo lidar com o assunto, em especial quando deixa crianças nas ruas e depois as prende ao completar dezoito anos. Sim, e quanto ao número, eis que é proporcional, haja vista que o país possui a quinta ou sexta maior população do mundo: china, india, EUA, Brasil….

      A gente tem que ouvir cada coisa, não é meu caro. Bom, se antes um menor não me matar e matar os policias que vierem fazer a inspeção criminal do crime deles. Voc~e também, enfim, todos nós, pois estamos mais que vulnerávais.

      Os menores obedecem em casa aos pais, mas nas ruas aprontam, visto que a ele tudo é permitido.

      Que incongruência deste país, achando eu que não tem nenhum outro com esse perfil, pois se tiver, melhor que a sociedade se declare perdida, totalmente incapaz e burra.

      • Levi Varela, os estudos e estatísticas não mentem: negros e pobres são excluídos da sociedade através da prisão. Só para citar um único exemplo de como os negros são discriminados, me responda aí: quantos médicos(as) negros(as) você já viu em sua vida? Cara, eu não vi nenhum. Choro em dizer isso (só para esclarecer gostaria de informar que sou polaquinho, amo os negros e já tive a felicidade de ter dois namorados negros, um namorado loiro e sendo que meu atual namorado, com quem vou me casar, é moreno), mas eu nunca vi um(a) médico(a) negro(a), mas as prisões estão repletas de negros que são discriminados por uma sociedade machista, homofóbica e ainda profundamente racista. Essa é a verdade, o resto é ficção.

        • Sandro,

          Existe um sistema de quotas nas universidades em prol dos negros e dos pobres(alunos das escolas públicas), então a nossa sociedade tenta corrigir os erros do passado. Terras indígenas estão sendo demarcadas e protegidas, outra correção de erro cometido pela sociedade. O Brasil, como seja, nós pagamos a maior carga de impostos do mundo, mas com políticas sociais ainda incipientes. Tem-se uma política paulatina de divisão de terras, onde o estado, nós, compramos/desapropriamos terras e doamos aos sem terra, desde os anos noventa.

          Meu caro, a sociedade progride ao seu tempo, o que não pode é crianças permanecerem cometendo crimes como se não vivêssemos num estado organizado, sim uma barbárie. Quem quer que seja não tem o direito de matar, muito menos em face de questões sociais, senão a Índia seria uma carnificina. Não devemos justificar os atos bárbaros em razão da sorte, da situação momentânea, ou de de outra tese. Não convalido teses de se matar o próximo com vistas a tomar um tênis de marca, um celular, temos que ensinar os nossos filhos e as nossas crianças a saber esperar.

          E a principal pérola contida na lei não é a punição, sim a educação. Que educação? A que eu sou ensinado de que ao causar morte e outros danos, pagarei, portanto inibição aos modos que nossos pais nos ensinaram, nos repassaram, o gerar do temor, o freio, a preocupação.

          Uma pena que inúmeros parlamentares não consigam enxergar o fator pedagógico contido na lei, e imaginar que essas figuras que votaram contra são legisladores, não sendo atoa que esse país esteja indo de ladeira abaixo, pois de gente superficial e que não sabe o resultado do seu trabalho, o seu fiar legal. Causa espécie, meu caro, pois anafafuncionais como parlamentares.

          • “fator pedagógico contido na lei”

            Com certeza: entra menor delinquente, sai maior diplomado na universidade do crime e com os melhores professores.

            Levi Varela, acho que você pensa que vive na Suiça. Só pode.

          • Jânio,

            Por ser cristão, deva se mobilizar para que as prisões não sejam isso que você está falando, E vou mais longe, como cristão, você deveria até mesmo exigir que o estado libertasse imediatamente os apenados que estão se doutorando nas penitenciárias;

            Esse assunto de cadeia, sou dos únicos que aqui falo, e não é de hoje, e muitas das minhas intervenções sobre o tema são censuradas, ou seja, é como se fosse proibido falar o que Cristo falou, isto num site que se diz evangélico. Cristo quando chama a atenção da não visita ao encarcerado não é da presença pessoal diária de nós outros la, mas no assisti-los e reivindicarmos do estado aquilo que é básico ao ser humano, estudos, trabalho, ambiência, conforto térmico e de espaço, mas principalmente salubridade.

          • Jânio,

            Por ser cristão, deveria você se mobilizar para que as prisões não sejam isso que estão falando,

            E vou mais longe. Como cristão, você deveria até mesmo exigir que o estado libertasse imediatamente os apenados que estão se doutorando nas penitenciárias;

            Esse assunto de cadeia, sou dos únicos que aqui fala, e não é de hoje, embora muitas das minhas intervenções sobre o tema sejam censuradas.Ou seja, parece que é proibido falar o que Cristo falou, isto num site que se diz evangélico.

            Cristo quando chama a atenção da gente não visitar o encarcerado não é da presença pessoal diária de nós outros a eles, mas sim no assisti-los e reivindicarmos do estado aquilo que é básico ao ser humano, como: estudos, trabalho, ambiência, conforto térmico e de espaço, mas principalmente salubridade, tudo relegado e a segundo plano, em verdade, inexistente.

          • oh levi varela pra começa num era nem pra existir essa palhaçada de cota nas faculdades brasileiras pois a mesma porcentagem que existe pra baranco deveria existir para negros,poie branco nenhum e melhor ou mais humanos que os negros somos todos iguai s deinte de DEUS

          • Marina.

            Minha família veio da europa por querer, por força de perseguição religiosa, emprego, oportunidade…

            Já os negros foram obrigados a virem pra cá, e o que é pior, sob escravidão por mais de trezentos anos.

            Somos iguais? Que igualdade é essa em que as condições não são as mesmas desde o nascedouro,ou seja, sequestrados e colocados feito carga dentro dos sotões dos navios?

  2. Gostaria de perguntar às autoridades deste país quando é que vão agir conforme a lei e contra os estelionatários da fé, patifes vendilhões do Evangelho de Cristo, mercenários exploradores no sórdido balcão de negócios escusos em nome de Jesus; gente sem moral e sem caráter algum e que enriquecem através de charlatanismo e curandeirismo.

      • Cidadão, como eu disse acima, ainda há outras fases antes que o projeto vire lei definitivamente falando, e incluindo a Suprema Corte que poderá decidir pela incostitucionalidade. Além disso, o que eu disse aqui é um fato: a redução trará muitos problemas para o Brasil, inclusive com ações que irão pedir, e com total chance de aprovação, diminuição da idade para dirigir e até mesmo para manter relações sexuais com quem hoje é menor. Com certeza devem haver muitos exploradores do mercado do sexo, incluindo pedóficos, defendendo a redução até mesmo para poder transar com meninas e meninos de 16 anos, já que, reduzindo a maioridade penal para 16 anos, muita coisa decorrerá daí. Espere, Carlos, que, passando a mudança da lei em todas as fases, o futuro demonstrará o erro que foi essa decisão.

      • Elimarem “os párias da sociedade”? Pensei que Jesus mandou amar e acolher os párias, não eliminá-los. Você é ateu ou satanista: cristão é que você não é!

        • não Jesus mandou dizer que os efeminados vão ficar de fora, que seu pai o senhor Deus abomina homem que deita com outro homem como se fosse mulher, e disse para paulo que foi por isto que Deus os abandonou as suas paixões infames, por isto não só eles mais também aqueles que concordam com eles são dignos de morte, foi isto que ele ensinou, e para finalizar disse jesus passará céus e terra mas nem um til ou um jota caíra até que se cumpra tudo.

      • Nossa so por que voce nao cocorda com a reduçao,parem com esse jeito de ver as pessoas,serve pra voce Sandro e pra o pastor Silas,acho que voce isso com os evangelicos por falta de conhecimentos,mais o pastor Silas e muitos evangelicos aquir Falam das pessoas dessa maneira por que,sera que nao tava na hora de ver que tudo isso esta na palavra de Deus,que no final dos tempos veremos tudo isso que estamos vendo,e pai contra filhos,filho contra pais,reino comtra reino,naçao contra naçao,ver isso vindo de uma pessoa que nao conhece ate que nao e de se estranhar,quando vem de alguem que nao conhece a palavra de Deus.agora ver daquele que conhece e muito triste mesmo,a palavra de Deus fala aquele que prega,que pregue com amor,aquele que serve que sriva com amor para que em tudo Deus seja louvado,pois cada um sirva a Deus com o dom que ele deu,e tenho absoluta certesa que esse dom de muitos aquir nao vem de Deus,paz

    • Nossa so por que voce nao cocorda com a reduçao,parem com esse jeito de ver as pessoas,serve pra voce Sandro e pra o pastor Silas,acho que voce isso com os evangelicos por falta de conhecimentos,mais o pastor Silas e muitos evangelicos aquir Falam das pessoas dessa maneira por que,sera que nao tava na hora de ver que tudo isso esta na palavra de Deus,que no final dos tempos veremos tudo isso que estamos vendo,e pai contra filhos,filho contra pais,reino comtra reino,naçao contra naçao,ver isso vindo de uma pessoa que nao conhece ate que nao e de se estranhar,quando vem de alguem que nao conhece a palavra de Deus.agora ver daquele que conhece e muito triste mesmo,a palavra de Deus fala aquele que prega,que pregue com amor,aquele que serve que sriva com amor para que em tudo Deus seja louvado,pois cada um sirva a Deus com o dom que ele deu,e tenho absoluta certesa que esse dom de muitos aquir nao vem de Deus,paz

  3. Quem votou no “não” é que gosta de aventuras.

    Até um animal doméstico quando apresenta distúrbio comportamental, o proprietário o separa dos outros dos humanos.

    Essa turma do “não” quer que a gente seja executado.

    Observar o grau de risco, isso é o correto à sociedade, podendo ser reeducado depois ou na cadeira, porém nunca solto, matando e zombando da sociedade.

    Outra coisa, deixaram ainda os menores nas mãos dos traficantes, pois vão continuar fazendo deles suas “mulas”. Erro grave, pois a droga é um dos grande vilões disso tudo.

    • lucianta,nada a ver,burro.Nas prisões tem mais filhos de falsos crentes,principalmente das
      milhares e milhares placas das assembléias que,mesmo sendo um partido político,os
      fariseus dizem que é de DEUS.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkCegos,das trevas.

    • Não é burrice não ter opinião ainda formada; burrice são os que não pensam por si mesmos, Celia Mulata, os que não analisam por si próprios, mas vão pela cabeça dos outros, o que não é o seu caso.

  4. Sei não. Sou contra a redução da maioridade penal, porque o sistema prisional aqui não funciona. Vão entrar jovens bandidos e sair terrorista, até porque criminoso aqui no Brasil não fica muito tempo preso, independente de idade ou condenação. Brasil.

  5. Malaffaia comemora a a aprovação do congresso na questao da maioridade penal que piada, como se isso fosse resouver, lá no rio bandidos metralham a policia com armamentos pesados, pobres policiais , com suas armas enferrujadas, viaturas quebradas , e salarios de miseria, enquanto seus chefes estao seguros em grande conforto, esses pais de familia arriscam suas vidas pra enfrentar força desproporcional, sem falar na corrupcao em todos os lugares, existe motivo pra comemorar?por favor pessoal do site gospel mais, estou aqui aguardando os meus comentarios passarem pela moderacao, pois nao há palavrões neles, desde já muito obrigado.

    • Excelente comentário, Jeca. A propósito, são certas palavras que não passam no sistema. Por exemplo: d e p u t a d o / r e p u t a ç ã o (observou que ambas as palavras têm p/u/t/a no meio? rsrs)

  6. Ja viram ricos presos?E politicos e empresarios que roubam milhoes?engana se aquele que pensa que os bandidos pé de chinelo que mata e rouba um par de sapato pra comprar pedra é o maior vilao, os piores bandidos sao os de colarinho branco que fazem as coisas no escuro e sao muitos, nao haveria presidio que bastasse pra colocar tanto corrupto.

    • Qual a sua sugestão?

      Deixar na rua bandidos de toda a natureza, ricos e pobres?

      Ora, quer dizer que se a justiça não é completa e como eu acho que deva ser, então que não se aplique justiça alguma?

      Então precisamos ter sete vidas iguais a gatos, modo de sermos mortos toda hora, como seja, ser morto por rico e depois por pobres;

      Se não prende o pequeno, então como vamos prender os grandes, ou então tentar moralizar o sistema se justiça alguma for aplicada?

      Não devamos ser favoráveis do 8 ou 800, mas sim de uma justiça plena, mas que nessa busca não venhamos nos perder das reais metas.

      .

      • O problema é que a lei brasileira precisa de uma revisão, e não só ela, mas aqueles que a cumprem também. Só a redução da maioridade penal é insuficiente, acho que não dá nem para dizer que é profilático, é apenas um “movimento” político. Aqueles que apoiam essa “onda”, ficaram muito satisfeitos, e como há tanto menores infratores, essas pessoas não são poucas. Houve uma época que eu realmente achava que só com um investimento pesado e verdadeiro em educação isso poderia mudar, mas hoje percebo que os principais responsáveis pelo estado (economicamente ruim) atual do Brasil são aquelas pessoas de Brasília, cuja maioria tem faculdade, ganham um salário que é mais de 10x maior que o meu e ainda tem a discrepância de desviar dinheiro público. Eu acho hoje que a lei é aplicada somente para alguns, outros conseguem “se safar”, seja pq tem dinheiro ou influência. O que de fato precisa ser revisto é o sistema carcerário, isso sim seria mais importante do que a maioridade penal ser 14, 16 ou 18 anos. O Estado só gasta nesse sistema, mas o que o detento ganha além de abrigo da chuva e comida grátis? Aprende algo para que possa sair desta vida? Têm um trabalho reeducacional? E os de colarinho branco? Quando vão começar a pagar de fato por seus crimes? Aquele bandido que você tanto despreza talvez se espelhe naquele político que tanto frauda, talvez em um sonho torpe de um dia ser “quase intocável” igual a ele. Enfim, só a redução da maioridade penal será totalmente ineficaz. E para aqueles que acham que por causa disso os chefões do morro vão começar a contratar adolescentes mais novos de 16 anos por causa disso, ta atrasado, pq isso já acontece faz tempo. Adolecentes de 14/13/12/11 anos já envolvidos com o tráfico, as vezes já até andando com pistola (que ve-se claramente que caso a disparem sua clavícula nem vai aguentar o tranco)

        • Thiago,seu texto é sábio,inteligente,tem embasamento na realidade e merece
          parabéns.Gente letrada e do bem como você,basta comentar para prestar um bom serviço
          à sociedade.Este texto deveria ser lido no Congresso para a bancada evangélica e também
          parta a bancada da bala para desmascará-los.

  7. Malafaia não crê na transformação de um adolescente infrator senão através da cadeia, e depois ainda se intitula “pastor”. Cada dia mais entendo o porquê do Caio Fábio haver dito que Malafaia “é um ateu que aprendeu a papagaiar o Evangelho”.

  8. Agora os chefões do crime vão recrutar meninos de 15 anos. Vão diminuir a maioridade?
    Ok, então eles diminuirão a idade para cooptação até o dia em que um garoto de 12 anos apontará uma arma para a sua cara. Reduzir não é solução, pelo contrário, vai gerar ainda mais violência. Felizmente, se essa proposta passar na Câmara, no Senado não passará, e, se, passar, será então derrubada pela Suprema Corte que a terá por inconstitucional.

    • SANDRO
      TU É O PRÓPRIO JECA TATU, E NÃO O MAZZAROPI É CLARO POIS ESTE É ESPERTO,AS CRIANÇAS COMEÇAM BEM PEQUENAS COM 7 OU 8 NO TRAFICO, COMO AVIÃOZINHO E OS QUE FICAM VIVOS VÃO SENDO PROMOVIDOS, NÃO FALE BESTEIRA VC. DEVERIA FICAR LONGE DE QUALQUER ASSUNTO SÉRIO, TU É MUITO BURRO

        • Clamando, você é tão burro que não entendeu o que eu disse: não adianta diminuir a maioridade já que o crime que era praticado por garotos de 17 anos passarão a ser praticados por aqueles de 15 anos, ou você acha que os criminosos que usam meninos usarão moleques de 16 e 17 anos? Não seja tolo, homem.

  9. Em que pese inúmeras constatações, a verdade é que a realidade fática, principalmente no direito, enquanto ciência humana que deve acompanhar as mudanças que emanam do seio social, denota uma notória necessidade de adequação dos paradigmas legais, já que torna-se cada vez mais inegável a indústria do crime que se materializa entre os menores infratores, que, ao contrário do que consta nos diplomas legais brasileiros, vê-se que estes delinquentes possuem sim o discernimento necessário e a preparação psicológica acerca da prática e das consequências de seus atos, se aproveitando da condição de inimputáveis e, principalmente, da gritante falha na aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente, para praticar uma infinitude de crimes, que, apesar de não se constituírem, em sua maioria, como graves delitos, contribuem de forma decisiva para a situação de insegurança da população brasileira, até porque na grande maioria das vezes restam impunes.

    Em outras palavras, mesmo sendo os menores delinquentes estatisticamente uma minoria, a verdade é que são indivíduos preparados e conscientes das suas atitudes, conscientes inclusive da situação de impunidade que paira sobre seus atos delituosos. Por isso, sem mais me alongar, é que entendo que a verdadeira solução seria uma reformulação do Estatuto da Criança e do Adolescente, inclusive com o endurecimento das penas, de modo que fosse trazida uma real efetividade a esse diploma. Como não vislumbro hoje capacidade, nem atitude por parte do Poder Legislativo para dar andamento a estas profundas mudanças, bem como trazer a efetividade que o ECA precisa, não podendo a população conviver com esta situação de flagrante impunidade, é que vejo a redução da maioridade penal como um “mal necessário”.

  10. Na verdade seria muito bom se os jovens tivessem mais acesso à educação, pois evitaria consideravelmente muitos crimes, mas infelizmente as coisas não são desta forma, e o governo não se preocupa nem um pouco com isso . Mas também penso que é uma hipocrisia achar que um jovem de 16

    • Cont: pode votar, fazer filhos e de acordo com uma lei que querem aprovar, até mesmo mudar de sexo sem a autorização de seus pais, não pode responder como adulto pelo crime cometido, isso é um absurdo! Espero que essa lei seja aprovada logo.

DEIXE UMA RESPOSTA