Terrorista que matou 84 pessoas na França era gay; Malafaia questiona: “Porque a imprensa esconde?”

118

O terrorista que protagonizou o atentado na cidade francesa de Nice, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, era um muçulmano homossexual e mantinha um relacionamento com um homem de 73 anos de idade.

Mohamed atropelou e matou 84 pessoas, além de ferir outras 200, no dia 14 de julho, feriado nacional do Dia da Bastilha. O Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado no da seguinte.

As investigações sobre a vida de Mohamed – que foi morto a tiros pela polícia – descobriram que ele era viciado em sexo e mantinha perfis em sites de namoro com interesse em pessoas de ambos os sexos.

De acordo com informações do portal Daily Mail, em uma minuciosa varredura feita nos objetos encontrados no caminhão, a polícia descobriu detalhes da vida sexual do terrorista, e no celular de Mohamed havia provas de seu envolvimento com o idoso.


O homem de 73 anos foi identificado e interrogado pelos policiais, que tentavam desvendar segredos da vida pessoal do terrorista, que no dia do atentado, havia usado drogas e ingerido bebida alcoólica, o que é proibido pelo islamismo.

Duzentos policiais estão agora trabalhando exclusivamente em inquéritos relacionados a dados em seu telefone, que estava cheio de mensagens, vídeos e fotos, incluindo imagens de homens e mulheres com quem ele recentemente tinha dormido.

Omissão

O fato de Mohamed ser homossexual vem sendo omitido pela grande parte da imprensa internacional, que assim como no caso do terrorista de Orlando, pouco destaque deu às descobertas feitas pelas investigações.

O pastor Silas Malafaia usou seu perfil no Twitter para comentar as descobertas e criticar a parcialidade da imprensa quando o assunto se refere a crimes cometidos por homossexuais.

“Porque a imprensa esconde? Os assassinos das barbáries de Orlando e Nice, eram gays. Imaginem se fossem evangélicos? 1ª página muitos dias. Uma garota do candomblé, tomou uma pedrada, nunca ninguém provou que [o intolerante] era evangélico, 10 dias nas primeiras páginas dos principais jornais. Essa é imprensa, na maioria, parcial. Um pastor faz uma bobagem, vários dias na 1ª página. Se for um gay, absurdamente a notícia é escondida”, criticou.


118 COMENTÁRIOS

  1. "Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido." ( Lucas 12:2). Não adianta esconder nem aquilo que no íntimo se faz. Um dia a praça pública se torna o palco. Quanto a mídia, ela em suas várias modalidades publica ou omite segundo seus próprios interesses e até práticas. Assemelha-se a uma "casa de saliências" como outra qualquer.

  2. Que diferença faz a orientação sexual do cara? Isso faz o ato dele pior ou melhor? Se ele transava com homens e mulheres, então não era Gay, era Bissexual. E se transava com homens por dinheiro e com mulheres por vontade, então era hétero. E se o terrorista for hétero, isso faz com que nenhum hétero nesse mundo preste? Lógico que não. Realmente não dá para entender até que ponto a doença obssessiva do Malafia por homofobia pode chegar.

    • MARCELO DE ALMEIDA

      Eu não li isso…ou li?
      O cara faz sexo com homens e ainda é hétero?
      Aonde isso?
      No mínimo é bissexual…hétero nunca!
      Apesar da idéia errada de muitos homens, de que se fizerem sexo com outros no papel ativo, ainda são héteros.
      Pior, muitos são casados, traem as esposas com homens e claro, se forem ativos tudo bem, ainda são héteros, grave erro!

  3. Jurema Negrão, a cobrança sobre os ditos cristãos, os escolhidos, os salvos é maior. Afinal, "vós deveis ser santos, como é santo vosso Pai Celestial". Os ditos cristãos costumam apontar os pecados dos outros, sendo que, nos bastidores, muitos praticam pecados piores. Cunha é o mais notável exemplo disso.

    • mas é claro que vai, esta é sua obrigação descobrir a causa de sua raiva do mundo, assim como fizeram questão de mostrar os pseudos crentes que apedrejaram a menina do batuque ou então da destruição de imagens da católica.

  4. Wardi, Algum reporter vai querer saber se o terrorista é hetero ou gay?? só na cabeça deste idiota do Malacheia. Terrorista é terrorista e ponto.
    Tanto a imprensa falou que ele tá sabendo, mas é algo irrelevante quando se trata de tanta morte de inocentes.

  5. Jairo Berlim Algum reporter vai querer saber se o terrorista é hetero ou gay?? só na cabeça deste idiota do Malacheia. Terrorista é terrorista e ponto.
    Tanto a imprensa falou que ele tá sabendo, mas é algo irrelevante quando se trata de tanta morte de inocentes.

  6. Sanderson Gonçalves .. Pior do que o radicalismo islâmico é a hipocrisia cristã. Os cristãos pregam uma coisa e sempre fazem totalmente o contrário. Vejo as igrejas evangélicas se afundarem cada vez mais na heresia e contraditoriedade. A maioria das pessoas que saem do cristianismo e se converte ao Islã, fazem isso porque se desiludiram com tanta mentira e hipocrisia no meio cristão. Pregam o amor, mas seguem a Jesus por puro interesse nas coisas materiais e financeiras. Será que esses imbecis ainda não sabem que Deus odeia pessoas interesseiras?? Para os cristãos, Jesus já não é mais um fim que se encerra em si mesmo, mas é apenas um mero meio para se conseguir coisas terrenas, bens materiais e muito, muito dinheiro. E assim, se tornaram pessoas egoístas, avarentas, gananciosas, materialistas, desprezando a espiritualidade e o amor ao próximo (doutrina básica de Cristo), O meio Cristão, principalmente, o segmento evangélico, nada mais é do que apenas um grande negócio. Mercantilismo puro. Comercio da fé. Pregam por dinheiro, louvam a Deus por dinheiro, cantam por dinheiro. E ainda se acham melhor do que as pessoas das outras religiões.
    Os muçulmanos são muitos mais fieis e sinceros na pratica do Islamismo do que os Cristãos em relação ao seu cristianismo. Não é á toa que a Cristandade esta caindo em decadência com sua progressiva falta de credibilidade, enquanto o Islã caminha para se tornar a maior religião do planeta.
    Por favor, Sra. Roberta e Sr, Sandersom, Expliquem-me suas possíveis discordâncias. Quero ver se suas criticas e oposições têm alguma sustentação razoável. Vamos La.. Argumentem! Justifiquem suas criticas.. srsr
    O Islamismo esta crescendo em cima do fracasso do Cristianismo.

  7. É,mas li recentemente sobre um caso de um EX-pastor, do qual vazaram fotos em motel com uma CANTORA,que foi jogado na mídia COMO PASTOR.PASTOR pra cá, PASTOR pra lá,etc,etc "Interessante",não? Agora importou "FRISAR", ENFATIZAR que era um "pastor".É por isso que dou nota 1000 pro Silas Malafaia,eu faria o mesmo.É assim que fazem conosco os da midia.Sem dó,nem piedade.

  8. Cristãos estão sendo perseguidos implacavelmente na África, Índia, Paquistão, Arábia Saudita, Mali, etc. A mídia secular não toca no assunto, mas se uma bichona leva um susto todos ficam sabendo. Será que ninguém entendeu ainda a parcialidade ? O pior cego é o que não quer enxergar. O Malafaia está exercendo o direito de expressar sua avaliação da hipocrisia midiática. Os mesmos que o criticam, não se posicionam como investigadores da atual mídia subjetiva.

  9. Roque Oliveira como sempre falando besteira né roque? Ainda bem que Deus não leva em conta o tempo da ignorância! "Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora,porém notifica aos homens que todos, em toda parte; se ARREPENDAM; porque estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça,…….."(Atos 17.30,31), portanto não devemos julgar, este ou aquele. Cda um dará conta de seus atos a Deus.
    Um abraço.

    Roque tem um assunto pendente que você não me respondeu, lá na notícia do Dep.Marcos Feliciano, naquele episodio que vc. defendeu a Noemi Brito.Você me disse que não lê a Bíblia e sim o senhor do anéis. Lembra?

  10. Depois os nazistas gay dizem que os crentes são homofóbicos e induzem a matança, mas só nestes dias na boate e no caminhão os dois assassinos de gays são gays, logo eles gays ativistas fundamentalistas, então de saco cheio deles mesmo, ou apenas querem diminuir a concorrencia e com ódio de toda a humanidade

  11. Paulo Agnóstico Teixeira. A mídia vai relatar o histórico do cara e muitos da mídia irão se levantar dizendo: Estão vendo! Depois se diz que serve a Deus! No caso da França, o rapaz que fuzilou os gays era homossexual. Então exsite hossexual homofóbico? Se fosse um cristao seria chamado de homofóbico! A mídia veículo manipulado pelo dedo de pessoas vazias, manipuladoras e não querem nada com Deus.

  12. Ricotito, você já leu o Levítico todo? Pergunto isso porque, inadivertidamente, você pode estar praticando abominações sem saber. A prática homossexual não é a única "abominação" condenada pelo Levítico. Pretenção!

  13. Anton Mendel, pois é, depois se sentem incomodados por serem ridicularizados. Muitos crentes se ridicularizam por sí próprios, a partir do momento em que defendem líderes evangélicos da estirpe de Silas Malafaia, Marco Feliciano e outros mercadejadores da fé.

  14. ''fundamentalistas islâmicos não diferem muito dos fundamentalistas cristãos'' ops nunca vi um cristão decapitar alguem ou dar um tiro em nome de jesus , e onde esta o ''estado cristão '' cometendo genociodios com a biblia em nome de cristo …..opsss falso oque vc diz e mentira pura

    • JEFFERSON

      Um otário aí disse que o islamismo caminha pra ser a maior religião do planeta.
      Deus nos livre dessa religião do ódio, do crime, do racismo, da intolerância dessa religião diabólica que louva como “profeta” um velho ladrão, homicida, pedófilo, machista e psicopata.
      A religião falsa do falso deus Allah, que era apenas um dos deuses cultuados em Meca na era pré-islâmica.
      Podemos considerar Jesus como profeta de Deus, mas do verdadeiro, do Deus Pai infinitamente bom, justo, sábio e misericordioso…
      Não o hebraico Javé/Jeová, um deus cruel, sanguinário, vingativo, violento, racista, injusto, mandante de homicídios até de mulheres e crianças, genocida e parcial, um deus tribal, deus de um só povo, que chamava de “povo eleito”.
      Javé e Allah são idênticos, um cultuado em hebraico e outro em árabe.
      Ambas têm um profeta assassino psicopata que dizia agir do modo como agia, por ordem de seu “Deus”.
      Jesus acaso mandou matar quem não cresse nele ou em Deus?
      Ao contrário do louco Maomérda, Jesus recomendava aos judeus que perdoassem até aos romanos, justo aos romanos, que dominavam o país e o sobrecarregavam com pesados impostos.
      Já o outro mandava matar mesmo, Alcorão ou a vida, de espada em punho.
      Islamismo só cresce onde tem idiotas para acreditar em suas mentiras, entre elas a de que Allah vai recompensar quem matar “infiéis” com um palácio imenso com comida, bebida, mulheres eternamente virgens e escravos.
      Alguns desses escravos seriam “ávidos de serem objetos sexuais”!
      Esse alcorão imundo parece mais uma revista pornográfica apresentada por um “profeta” pedófilo e homicida usado pelas Trevas…
      O autor dessa imundície infame não podia ser outro, o anjo caído, blasfemo e traidor…
      Aquele que no céu era Lúcifer e no inferno é Satanás.

  15. Roque Oliveira "Dizem que a Bíblia é o livro da família." Roque você aqui afirma que realmente nunca leu a Palavra de Deus! Tudo que você fala aqui neste Site é o que você ouve falar. Porque você não começa le-La, assim você tem argumento para discutir aqui,pois eu creio que este Site é relacionado a notícias evangelicas a cristãos, ou seja seguidores de Jesus. E as pessoas que vem aqui discutir ou criticar o assunto precisam conhecer a Bíblia, para poder emitir opiniões que me parece que não é seu caso, pois você mesmo diz que só lê – " eu leio muito literatura interessante" – . Quanto aos filmes serem proibidos para menores de 14 anos, você deve direcionar a pergunta as autoridades que trata do assundo.
    Um abraço!

  16. Marco A. Pereira, seu discurso é policitamente correto, mas na prática ocorre exatamente o contrário. Nunca vi segmento para se preocupar tanto com o que os gays fazem com seu "órgão excretor" (como se as mulheres, inclusive cristãs, não fizessem isso também) como os evangélicos. Esqueçam os gays e cuidem dos seus próprios pecados.

  17. Está aí mostrada mais uma da classe dos LGBT's que querem posar de bons cidadãos "acima de qualquer suspeita". A mídia deveria informar com mais clareza porque se fosse um evangélico com certeza estaria vários dias em destaque.

DEIXE UMA RESPOSTA