Toalhinha milagrosa da Igreja Mundial teria ressuscitado jovem

90

A notícia abaixo não representa a opinião do Gospel+ e de mais sites relacionados. A mesma foi republicada aqui para fins de informação e discussão.

Arrendatária da TV Brasil Oeste (canal-08), a Igreja Mundial do Poder de Deus tem feito de tudo um pouco na tentativa de conseguir novos fiéis em Mato Grosso.

Nos últimos dias, a congregação tem apelado na divulgação de uma suposta ressurreição do seguidor cuiabano André Silva Santos, de 21 anos.

Em um um documentário exibido por várias vezes durante o dia, o bispo Sidney Furlan, o principal líder da igreja em Mato Grosso, narra todos os fatos. Ele conta que no dia 20 de março deste ano, a mãe do jovem o procurou num culto realizado na sede da igreja na rua Barão de Melgaço, em frente a praça Rachid Jaudy, região central.


Após tomar conhecimento do estado gravíssimo de saúde do jovem, que respirava por aparelhos após ter os dois rins paralisados e os pulmões enchidos de água, Sidney Furlan teria entregue uma toalha com as inscrições da Mundial do Poder de Deus a mãe do jovem. “A senhora pode levar esta toalha e colocar ao lado do seu filho que o milagre vai acontecer”, contou.

No dia seguinte, a mãe do jovem foi a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do hospital Santa Helena para se “despedir” do filho. Todavia, conta a mãe na televisão, o jovem segurou a sua mãe e voltou a emitir sinais vitais, tanto é que dias após deixou a unidade hospitalar.

O bispo define que o jovem é um “ex-morto”. Sidney Furlan ainda afirma perante uma multidão que consegue fazer outros milagres “como transformar um pobre em rico”.

Igreja Mundial em Mato Grosso

A igreja Mundial do Poder de Deus em Mato Grosso foi denunciada ao Ministério Público Federal por charlatanismo. O MCCE (Movimento Cívico de Combate a Corrupção Eleitoral) quer saber o parâmetro do contrato de arrendamento.

Informações divulgadas há cerca de um mês pela revista Época revelam que a Mundial do Poder de Deus fatura cerca de R$ 1 milhão em Mato Grosso. Deste valor, R$ 500 mil são consumidos com o pagamento mensal de aluguel da emissora de televisão.

Fonte: Folha Gospel / Gospel+
Via: Creio

90 COMENTÁRIOS

  1. Andréia

    Vou perguntar-lhe o seguinte:
    Quando Jesus curava ou qualquer profeta tambem curava alguem, essa pessoa aguardava alguns dias ou a cura era imediata?

  2. henrk,

    Cristo é o CARA, tinha que ser na hora.

    Se eu, você ou outra pessoa que tenha o mínimo de sabedoria, ia pedir a Deus que o milagre se desse pós as nossas súplicas, isso evita que fiquemos soberbos demais. Meu caro, posso garantir que se eu tivesse tanta ligação com Deus para a resposta de um pedido se confirmar na mesmo instante, eu ia ficar um pedante, mais a mais a multidão menos provida de sabedoria tenderia a me endeusar, confundir.

    Não é por acaso que Deus não opera visivelmente para todos verem, tem suas razões. Um dos milagres que Cristo fez, no caso da ressurreição de uma criança, ele operou sem a presença da multidão.

  3. anderson,

    continue a lê que você vai vê ele curando com barro e cuspe.

    Se continuar lendo, vai vê que a roupa dele curou a mulher hemorrágica.

    Tanto um quanto o outro citados, claro que não foi a roupa, o barro e nem o cuspe, sim a manifestação da fé, sendo que Cristo usa isso apenas como um marco, como prova de que a coisa se deu milagrosamente por estar ligada ao nome dEle, a partir de data x, em vista de movimento de fé que você manifesta.

  4. reinaldo,

    O que você falou eu transfiro para a cruz de Cristo, afinal não sou melhor que Ele, entretanto passou por coisa bem piores.

    Também quanto a ficar defendendo calhordas, eu estou fazendo igual a Cristo que veio morrer em prol dos politicamente não corretos.

    Enquanto você fica a defender os direitos, eu permaneço ma mesma linha de Cristo, na defesa dos perdidos, em especial a esses que você se refere pelo fato de que já estão com meia banda da alma salva em face de que pregam a Cristo.

    Quando deixarem, ou ficarem na porta sem entrar e impedindo quem queira, como voçê e a muitos que frequentam este site, aí sim eu os chamarei di hipócritas, coisa que Cristo fez.

    Quero em tudo ser parecido, igual nunca, afinal Ele é que o filho de Deus. Já você, é o Deus, de tanto julgar.

  5. Maria Aparecida,

    Ficas com raiva de quem defende um pecador? Então deves possuir muito rancor a Cristo que não apenas defendeu como morreu.

    Desculpe, Maria, estou fazendo o que Cristo orientou. Lembras da parábola do mau gerente da fazenda? Lembras que os discípulos tiveram postura igual a tua quando encontraram pessoas pregando sobre Cristo quando nunca estiveram no meio deles? Quem não é contra, é a favor.

    Outra coisa, o advogado é Cristo, o condenador é satanás, o juiz é Deus. Cristo aconselhou que nós fossemos santos como ele é santo, bem assim se disse nosso adogado. Paulo sugere que o imitemos, pois ele imitava a Cristo.

    Se assim é, então sejemos o advogado, nunca o acusador e julgador, pois assim fazendo passas a ser instrumento do diabo, bem assim usurpas o poder de Deus, que é o de julgar, que tem condições reais de um julgamento imparcial.

  6. Levi Varela
    Leia a bíblia e esqueça o que os seus “pastores” dizem sobre curas e milagres.
    Esse negócio de lencinho, toalhinha e outros inhos e inhas não passam de amuletos e a bíblia condena.
    Se fosse bom, a serpente levantada não teria sido destruída devido a idolatria do povo.
    Uma coisa é pedir em oração a Deus aquilo que você necessita naquele instante e outra coisa é esses curandeiros de plantão transferir poderes sobrenaturais a objetos.
    A sua oração pode demorar a ser respondida porque nem tudo que pedimos é realmente necessário para nós.
    Mas uma pessoa afirmar que tal objeto traz cura, então deve ser de imediato e caso contrário só servirá para enxugar o suor do rosto.

  7. Me da vontade de vomitar cada vez que leio um comentário desse Levi Varela. Cristo não defendia os calhordas, Cristo tentava mudar o caminho e salvar os calhordas. Quando você defende esses bandidos você está apoiando suas práticas que vão contra os ensinamentos de Cristo, então seu merda, acho melhor você rever seus conceitos do que é o caminho de Jesus e o que não é.

  8. Henri,

    Deixa os curandeiros de plantão agirem, afinal estão usando o nome de Cristo, se tivesse fazendo isso em nome de belzebu, como muitos fazem, razão existiria em você se preocupar.

    Cristo não orientou que deixasse quietos aqueles que fazem as coisas usando o seu nome?

    Então, por ordem de Cristo, se você é cristão na íntegra, deve parar de se escandalizar: tolhinha, velinha,cuspinho, barrinho, Ele mesmo não fez uso de cuspe e barro.

    Meu filho, o evangelho é para ser deglutido no todo, não apenas o que o seu pastor diz e interpreta, o seu preconceito tem como bom, a sua forma de atentar as coisas ti dirigem. Cristo opera como quer, entendeu?

  9. Reinaldo,

    Cristo defendeu os calhordas, sim. O que Ele não defendia eram as práticas criminosas dos calhordas.

    A prova que Cristo defendia os calhordas é que veio morrer por eles. Você, já é correto, direito, cumpridor das suas obrigações, então és são, descarecendo que Cristo retorne à cruz para de novo morrer por ti. Já para esses calhordas, Cristo todo dia se dá em sacrifício, morre quantas vezes precise até se salvarem.

    Não se preocupre, meu caro, Cristo também foi considerado calhorda por não cumprir ao pé da letra a lei de Moisés, seja quanto ao sábado, seja da morte dos adúlteros, seja do cear com gente de caráter duvidoso(zaqueu, mateus).

    Assim como você, muitos confundem o verdadeiro mister de Cristo, tanto que o criticaram, tanto que o crucificaram, sendo a pricipal acusação, vejam só, se dizer filho de Deus quando na verdade por teoria todos somos.

    Então, meu caro, não se preocupe, afinal estás acompanhado de muitas pessoas que também até agora não sabem o significado do verdadeiro ministério de Cristo.

  10. Levi
    Bem que você disse que esses curandeiros estão usando o nome de Cristo e na realidade eles estão usando de forma fraudulenta.
    Se você dissesse que eles estariam agindo em o nome de Cristo, eu discordaria.
    Certamente o belzebu esteja estribuchando de tanto rir com o sincretismo praticado por eles e muito satisfeito porque muitos ainda os ouvem inclusive você.
    Evangelho não é macumba, vodu e nem simpatia.
    Evangelho é a Boa Nova que transforma vidas e leva o homem para próximo do Eterno.

    É como o Apóstolo Pedro em sua segunda epístola escreveu:
    2Pedro 2.1-3:

    1-Assim como no meio do povo surgiram falsos profetas, assim também haverá ente vós falsos mestres, os quais introduzirão dissimuladamente heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.
    2-E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade;
    3-também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo não tarda, e a sua destruição não dorme.

    veja que só nestes três versículos o apóstolo já naquela época alertava a igreja e hoje não poderia ser diferente daquela.

    Temos neste texto algumas palavras-chaves que são essenciais para entendermos o que ocorre hoje:

    -“Heresias” que seria ensinamento falso.

    -“Infamado”.Neste caso, “infamado o caminho da verdade”, seria coisa que: colocar em descrédito, desonrar ou por em má reputação o caminho da verdade.

    -“Avareza”. Apego ao dinheiro e às riquezas.

    -“Comércio”.Nem preciso dizer o que é, pois todos sabem muito o que se trata.

    Escrevo tudo isto porque talvez tenha passado despercebico por você e não estou escandalizado por essas coisas, mas muitos que não conhecem essa verdade poderiam ficar escandalizados.
    Apenas faço minha parte de alertar àqueles que não tem cautela.

    O Evangelho não é para ser deglutido, mas é para ser anunciado.

  11. Henrjk,

    Há 500 anos os católicos vem pregando que os protestantes são hereges, todavia, a julgar pela palavra de Paulo de que findariam, até a presente data permanecer todos os seguimentos evangélicos, sendo que nenhum retornou para o catolicismo, do contrário, todo dia surgem novas denominações.

    Comércio, todos nós sabemos que existem em qualquer igreja. A Assembleia de Deus onde resido tinha uma livraria para vender livros e demais coisas de cunho religioso vizinho, podendo-se dizer que era no mesmo terreno, inclusive com um portão para o terreno da igreja.

    Meu amado, o que há de errado é a exploração, a valorização exarcebada. O atrito de Cristo com os vendedores foi proposital, queria afrontar, como afrontou, aos líderes religiosos, pois Ele entendia que chegara a hora de sua morte, coisa que também o fizera com os líderes seculares ao adentrar a Jerusalér recebendo as honras de um rei.

    Numa época de festa, em que muitas pessoas se destinavam a Jerusalém, era comum o tumulto, daí a permissão precária da negociação intra muros da templo, afinal muitos não dispunham de animais para oferecer em sacrifío por residirem longe.

    Cristo já estivera em Jerusalém antes e nunca houvera afrontados simplórios comerciantes que ao tempo que auferiam algumas moedas com a venda, fazia o povo feliz em vender uma pomba, um carneiro, portanto o dever religioso cumprir.

    O fato de Cristo derrubar as bancas, isto tem um significado mais simbólico do que em real. É que ele dá a entender que não mais seria necessário sangue animal daquela data em diante, afinal estaria se oferecendo em sacrifício.

    Quanto à avareza, cuidado, ela não diz respeito apenas a bens materiais, isso também se estende a outras coisas, como: avareza em não repassar a outrem o que sabem; avareza quanto ao tempo em que dixa de assistir a quem precisa, face a pressa; avareza na demostração de amor, de afeição, guarda tudo para si, fecha-se; avareza na atenção ao próximo; digo isso, pelo fato de que são coisas que estão à nossa disposição, temos o domínio, todavia não a distribuimos, não a repassamos para quem carece.

    Do que sei, a igreja citada está passando à frente o que entendem enquanto evangelho, se errado ou certo, Deus pode fazê-los mudar de rumo ou então um dia pedir conta. O que não pode é eu instigar toda a hora o debate debochador, afinal falam e pregam a Cristo. Se esse evangelho está vindo com camisinha, tijolinho, fradinha, aí meu caro isso para mim e para Deus não importa, assim entendo.

    Deus, ante a falta dos que se prontificam, recebe a todos que demonstrem interesse em proclamar o evangelho, inclusive ladrões, como você julga tais pessoas. Eu já sou mais comedido no julgar, no maldar, não que seja santo, apenas um perfil meu que acho firmado no que Cristo falou, basta vê a parábola do mau gerente, bem assim da orientação de que não julgássemos.

    Podem até estar roubando, isso eu não ponho a mão para dizer que são corretos, tal não faço. Mas daí fazer um juízo de valor, eis que não tenho essa heresia.

  12. Levi

    A respeito de “Comércio”, não é sobre livros ou cd’s.
    A questão do comércio vai além disso e é muito pior.
    Pedir dinheiro ou quaisquer objetos para receber um favor divino é o que quero dizer.
    Você já deve estar sabendo sobre determinados pastores que pedem dinheiro em troca de bençãos ou até mesmo de um determinado pastor(aqui mesmo no site) pedindo o dinheiro do aluguel e fazer da igreja curral eleitoral para obter favores políticos, estas coisas é que são comércio como tambem cobrar cachê para cantar dizendo que está pregando ou até mesmo exigir pagamentos para pregar a palavra.

    O problema do Templo é que os pobres eram explorados pelos vendedores e cambistas.
    Aquilo que devia ser feito por temor era feito com fins lucrativos.
    Os sacríficios estavam vigentes naquela, pois o Templo estava ainda em pé e cada um oferecia sacrificios de acordo com suas posses. De repente alguem lançaria mão de um sacrifício maior do que as suas posses e os vendedores estavam prontos a lucrar com a fé do povo e hoje não parece muito diferente daquele momento.

    Avareza tem a ver com valores materiais, você deve estar confundindo com egoismo.

  13. Levi Varela, você é engraçado…E me lembra aqui no hospital quando descobrimos que quem pegava emprestado as coisas alheias(eufemismo) era um funcionário controlador do oxigênio. Todo o contingente de funcionários do hospital se revoltou com tal elemento, já que a atitude dele comprometia a todos. Aliás, somente uma gaiata tentou pôr panos quentes, alegando ser ele um ser humano falho que talvez não tenha tido a sorte de se educar e muitos “etcéteras” pela frente. A princípio todos desconfiaram que ela ajudava tal elemento devido à veemência de sua defesa. É lógico que o mandamos embora! Poucos dias depois, a gaiata que defendia os malandros e espertalhões descobriu que seu nome estava no Serasa e SPC devido a três cheques sem fundo de valores bem acentuados e que tal ex funcionário foi quem roubou as folhas. Está desesperada até hoje.
    Levi Varela, eu não ressuscito ninguém porque não sou nenhuma divindade e não acredito que nenhum mortal de espírito tão baixo e espertalhão tenha condição de fazê-lo. Acredito só no espírito evoluído de Jesus e em Deus. Ponto final!
    Continuo dizendo, só defende bandido quem faz parte da quadrilha ou é idiota.

  14. Maria Aparecida,

    Lugar de ladrão é na cadeia. Sucede que até o poder judiciário para levar alguém à cadeia carece de provas, de dar o direito de defesa.

    Lembra-se que há um ano um piloto brasileiro que corre nos EUA foi acusado de sonegador fiscal?

    Pois é, depois que o Judiciário americando apurou viu que não se tratava de sonegação como o fisco americano havia afirmado.

    Filha, quantos homens de bem passam a ser xingados pós iniciar o exercício de síndico? Aliás, quando alguém se propõe logo vem as insinuações, queres ter certeza? Se candidate, ganhe, inicie o teu período e faça uma averiguação, que será confirmado ser você uma ladra.

    Não é porque dizem ser tais pastores ladrões que eles são.

    O problema é que Cristo sabendo das críticas que geralmente são feitas aos que exercem atividade que manuseie o dinheiro público, logo saiu em defesa, se não ninguém haveria de aceitar o cargo administrativo.

    Põe teu pai, teu filho, tua mãe a ser síndico, ou venham eles ou tu mesma a ocupar um cargo religioso que logo a desconfiança passa a reinar, bem assim as afirmações.

    Por favor, não sai do ventre da minha mãe já fazendo tais acusações, como vejo aqui boa parte fazendo: ladrão é fulano, ladrão é sicrano.

    Quanto a tua história, eu sempre espero o pior dos outros, o que não posso é estar afirmando sem dispor de provas, seria mais criminoso que os supostos acusados.

  15. Maria Aparecida,

    Voltei só para fazer uma constatação.

    Se vocês tinham provas suficientes contra o ladrão do hospital não deveriam abrir inquérito policial?

    Engraçado não é quem defendeu os ladrõres, que depois veio a ser prejudicada por eles, engraçada é inércia do teu hospital, afinal apenas o despediu quando dispunha de provas ´para incriminá-lo.

    Quero dizer, minha cara, que sua colega foi vítima do próprio hospital que deveria ter feito o registro policial, não do ato dela em pedir clemência, pois ela apenas pediu, o hospital é que deu.

    Se você tem provas suficentes para incriminares os pastores, que não faça como o seu local de trabalho, vá e denuncie, aliás, como falas, ou seja, dá entender que tendes todas as provas contra os pastores, então és tú agora que estarás prejudicando os membros dessa igreja e a sociedade.

    Quando a gente não tem provas do que fala, todavia espalha aos ventos, a isso se dar o nome de injúria, calúnia e difamação, cujo erro Deus vai cobrar de todos que aqui espalham tais mexericos.

    Não esqueças da célebre fala de Cristo: “quem comigo não junta, espalha”

  16. Levi Varela, mais uma vez eu digo: Você está confundindo Zé carroceiro com o Zéca roceiro… Mandamos o funcionário embora sim, porque qualquer inquérito policial demora muito a ser concluído, portanto, o meliante continuaria fazendo das suas. A funcionária que foi prejudicada denunciou-o e aguardará um tempão para ter seu problema do cheque resolvido.
    Vamos ao ladrão religioso: (qualquer denominação religiosa)O pilantra “trabalha” com os milagres, com a venda de óleos, terras santas, toalhas milagrosas, hóstia consagrada e tantas outras coisas. Diz ser milagroso, onde a polícia pode entrar nisso? Agora, quando ele se enriquece assustadoramente sem nenhum trabalho a não ser fazendo “milagres” e sai comprando canais de TVs, aviões e tantas outras coisas, somente ele fazendo algum tipo de besteira que prejudica o fisco é que será indiciado criminalmente. E pode colocar tempo para a conclusão disso, muito tempo mesmo.
    Não há nenhuma necessidade de ser inteligente para se chegar à conclusão que ninguém fica rico rápido e sem roubar. Façamos uma comparação hipotética: Uma pessoa sem capital, inicia uma indústria de fazer parafusos ou qualquer outra coisa tendo ao seu lado somente seus dois filhos para ajudá-lo. Primeiro, vai a um contador para saber quais seus encargos fiscais, quando tem que recolhe-los e tudo o mais que seja inerente ao trabalho de uma indústria. Depois, ele e seus filhos trabalharão dias a fio e noites também para após um ano exaustivo poder colocar mais dois funcionários para ajudá-los e após dez anos terão no máximo trinta funcionários e isso se as vendas forem boas. O dono terá melhorado as instalações da indústria, melhorado sua casa equipando-a e comprado um carro um pouco melhor. Veja bem, depois de dez anos. É lógico que as folhas de pagamentos, fundo de garantia, imposto de renda e outros impostos não permitiram que eles se enriquecessem assustadoramente em dez anos. Por outra, um cara sem nenhum capital funda uma igreja pequena, tipo, “pequenas igrejas grandes negócios” inicia fazendo milagres, vendendo terra e óleo mais toalhas que ressuscitam mortos; com um ano de atividade, já com dez igrejas espalhadas ele tem um carro de dois anos de uso; com três anos de atividades, vinte igrejas espalhadas um carro zero e casa de aluguel boa; com cinco anos, casa própria, mobiliada do último gosto, carro mais moderno e novo; com dez anos, trinta igrejas ou mais, programa na rádio e na televisão, viaja para o exterior, e com vinte anos, compra canal de TV, avião, mansões e tantas outras coisas a mais. Uma pergunta: O industrial é burro porque não enriqueceu pagando tantos impostos ou o dono da igreja é espertalhão e desonesto, que aproveitando ser isento de tudo, inclusive fiscalização, abusou da fé e boa fé dos humildes e se enriqueceu? Se o primeiro usa de má fé, o fiscal do trabalho, o imposto de renda, a receita fazendária, o sindicato e tantas outras organizações e posteriormente a polícia acabarão com ele. Como acusar ao o espertalhão religioso, que mexe com o abstrato a não ser por um erro dele muito grande?
    O Zé carroceiro é o que trabalha com a carroça. O Zéca Roceiro, é o que trabalha na roça. Não confundi-los!

  17. Maria Aparecida,

    Das vezes em que parei para assistir ao programa dessa igreja, confesso não ter visto a venda de toalhas, óleo…, bem assim que o seu lider proclama a si próprio como milagreiro, vi ele mencionando que Cristo cura, bastando ao interessado ter a fé.

    Chamo a tua atenção para registrar com imagem e som as passagens em que ele atribui a si a operação divina dos milagres, enviando-a depois às autoridades constituídas para fins de enquadrá-lo como charlatão e da do exercício ilegal da medicina.

    Quanto ao fato do judiciário demorar, demonstra aí uma descrença em um dos poderes que dão estrutura e baliza a democracia, então não é apenas a essa igreja que estás satisfeita.

    Mesmo assim, que faças os registros, pois é melhor uma justiça tardia a um engano demorado e injusto, em especial quando se usa pessoas que você no alto da sua sapiência os julga como coitadinhos.

    Melhor você investeria se denunciasse os padres pedófilos, os que abusam de crianças, cujos pais até agora não atentaram para o que ocorre na igreja católica, justo pela inércia de gente como você que percebe as coisas, tem um sexto sentido, todavia permanece inerte.

    Quanto ao ladrão do seu hospital, importa consultar a assessoria jurídica, posto que ao demitir por justa causa e abrir inquérito policial por roubo ninguèm é obrigado a ter sob o mesmo teto indivíduo de mal caráter, nossa legislação tem suas sabedorias e com certeza não exige de ninguém o tolerar a criminosos.

    O hospital por conveniência ou por falta de provas cabais deva ter renunciado ao direito de processá-lo, tudo visando a evitar escãnda-los ou prejuízos de responder por afirmar algo que não tem provas, como ora ocorre com você. Sinceramente? Acho que pegastes a doença do teu hospital: o afirmar sem provas.

  18. Nossa que isso!

    Deus não precisa de toalhinhas, para manisfestar seu poder
    Ele nunca fez isso!
    porque agora é essa depravação da palavra!
    Jesus, quando curava clamava, orava a Deus, e colocava sua mão sobre a pessoa, quando ressucistou a Lázaro, ele só falou!!
    Deus manifesta seu poder em curar as seus filhos, não em objetos…

    Esses são os falsos profetas, que diz “que farão tudo em nome do Senhor” papo…

    e outra e a fé, para que existe, não é para termos plenamente confiança em Deus.

    ah! e outra nem sabemos onde ele passou essa toalha!!sei não hein…

    só sei que devemos estar na palavra e pronto!

  19. Não sei por que algumas pessoas ficam criticando fatos que acontecem. Contra fatos, não há argumentos cabíveis. É tão simples!
    Investiguem junto ao médico responsável pelo tratamento do rapaz. Se ele confirmar que o rapaz estava quase sem vida na UTI e por causa da fé que a mãe depositou em Jesus ou na toalhinha, ele voltou a viver, foi um milagre! Um milagre também é um fato!
    Quem não acredita hoje em milagres, é por que está muito atrazado espiritualmente. Tudo é possível. O que o homem não consegue fazer, Deus faz!
    E não adianta nada vocês ficarem se esperniando de raiva por que os milagres vão continuar acontecendo cada vez mais e mais forte!
    “Não tornem impuro o que Deus purificou”
    valeu?

  20. Fácil é Criticar uma Pessoa que tem fé, Difícil é Você ter a fé que a pessoa Tem! Se coloquem no Lugar do Jovem se o Bispo Ressuscita-se um de vocês que estivessem naquele estados, o que iriam dizer que Milagre não acontece? pode não ter sido a Toalha, Como pode ter sido, Mas a fé que mãe dele teve foi incrível Saiba usar a Bíblia antes de sair postando sobre falsos profetas. Deus Abençoe a Todos Ricamente.

DEIXE UMA RESPOSTA