A “Nova Era” é a religião do anticristo que distorce a imagem de Deus, alerta jovem

Um jovem blogueiro dedicava sua vida para escrever sobre ocultismo e nova era, mas após se converter ao cristianismo passou a alertar sobre os perigos e enganos desse movimento, que segundo ele tem distorcido a imagem de Deus

0

Um ex-blogueiro que se dedicava a compartilhar e produzir textos sobre o movimento Nova Era tem chamado atenção de algumas mídias cristãs, após fazer diversos alertas sobre esse movimento, afirmando que a Nova Era é a religião do anticristo, mascarada na Nova Ordem Mundial, com o propósito de desconstruir a imagem de Deus e Jesus Cristo na terra para criação de um governo único.

Para muitos cristãos, assuntos como “governo único”, “anticristo”, “illuminati” e outros não passam de ficção ou, no máximo, boas tramas do cinema. Todavia, o que Steven Bancarz alerta, de fato, é mais real e atual no que parece.

A Nova Era é conhecida mais como um movimento místico, repleto de ensinos e filosofias desenvolvidas por ocultistas como Aleister Crowley e Helena Petrovna Blavatsky desde o século XIX ou, mais precisamente, de 1875, quando foi fundada a “Sociedade Teosófica”. Ela reúne um conjunto de doutrinas místicas, basicamente, fundamentadas no espiritismo originado no Hinduísmo e Taoísmo.

“Podemos perceber que existe uma falsa paz, uma Nova Ordem Mundial e um governo ou religião mundial sob idolatria espiritual. Existe um ressurgimento das crenças e práticas da Babilônia, hoje. E isso foi predito no livro de Daniel e Apocalipse há milhares de anos. Jesus advertiu especificamente sobre isso”, escreveu Steven.


Ele alerta sobre a ênfase de um “despertar” espiritual que o movimento prega, informando que muitos, incluindo cristãos, estão se envolvendo com o ocultismo da Nova Era sem perceber:

“A coisa mais irônica disso tudo é ver que as pessoas que começaram a mergulhar no ocultismo estão condicionadas a se verem como pessoas que despertaram espiritualmente. Mas, elas estão entrando mais fundo nas crenças e valores da Nova Ordem Mundial, que eles acreditam ser contra”, disse ele, sugerindo que o “despertar” pode significar algo relacionado ao conhecimento, apologia à determinadas doutrinas ou filosofias que na prática contrariam os ensinos bíblicos.

Para Steven, a religião da Nova Era consegue enganar a muitos porque não deixa de falar sobre Jesus Cristo. Contudo, o Jesus da Nova Era não é o Deus da Bíblia. Ele é descaracterizado, retirado sua autoridade como único Salvador e Filho de Deus, para se transformar numa espécie de “mestre” e “guia espiritual” ou apenas um personagem histórico qualquer:

“Observe como os mesmos sites que falam sobre o ‘despertar espiritual’ e ‘Nova Era’ são os mesmos que tentam espalhar informações erradas sobre o histórico de Jesus, a Bíblia ou a história cristã. É estranho. Aqui está a verdade sobre Deus e a vida após a morte. Aqui está a verdade sobre a sabedoria dos antigos que esquecemos.”, disse ele, alertando para a crença principal de alguns grupos místicos sobre Jesus, acrescentando:

“Ignore o fato de que os Illuminati acreditam no que acreditamos e usamos o mesmo Simbolismo. Para eles, Jesus nunca existiu. A propósito, Jesus era só um profeta que ensinava o caminho para se chegar a Deus. Era apenas um mestre que ensinou misticismo. Não acreditem nisso”, informou Steven ao Charisma News.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA